5 roteiros com águas naturalmente aquecidas para curtir no inverno em Minas Gerais - Belo Horizonte
17/08/2018 21:27
Turismo / Turismo em Minas Gerais

5 roteiros com águas naturalmente aquecidas para curtir no inverno em Minas Gerais

As fontes termais do estado são ótimos destinos para quem quer relaxar e recarregar as energias

Adelina
por Adelina Lima

As águas termais têm propriedades terapêuticas e medicinais que ajudam a relaxar e até melhorar lesões de pele e dores crônicas. Em Minas Gerais, alguns destinos oferecem banhos, tratamentos e terapias em águas naturalmente aquecidas. Um roteiro ideal para todas as idades, e que incluem spas com banhos de imersão, de hidromassagem e de ofurô, massagens, duchas, saunas e piscinas térmicas.

1.Araxá


Inaugurado em 1944, pelo então Presidente da República Getúlio Vargas, o Grande Hotel da rede Tauá Resorts está localizado no Parque do Barreiro, em Araxá (MG).  São 285 quartos, com uma capacidade total de 700 hóspedes, que têm opções que podem chegar até à suíte presidencial que era usada por Vargas. Num prédio anexo ao hotel, ficam as termas. Um complexo impressionante com teto vitral que conta a história da região de Araxá, no piso uma mandala de oito pontas e a cada porta que se abre uma experiência sensorial.

As termas aproveitam as propriedades de duas fontes vulcânicas diferentes. Cada uma delas tem características especiais que vão desde o relaxamento ao estímulo. Além das águas, a lama retirada do lago também proporciona um banho de imersão relaxante, além de opções de massagens.

2.Caxambu


Caxambu teve maior parte do seu desenvolvimento turístico graças a descoberta de fontes de água mineral. Após o ano de 1810 as pessoas passaram a saber da existência das águas, que foram consideradas curativas a partir de 1875. A pacata cidade é considerada a mais tradicional estância hidromineral do país. São 12 fontes de água mineral com propriedades que ajudam a curar anemia, estimulam o organismo e o funcionamento dos órgãos, atuam como calmante e controlam a pressão arterial.

3.Pocinhos do Rio Verde 


Trata-se de um balneário localizado na cidade de Caldas, ao sul do estado. O lugar conta com lindas paisagens e representa uma grande oportunidade de entrar em contato com a natureza, andar a cavalo, fazer trilhas, entre outras atividades. Em julho, acontece a tradicional Festa do Biscoito, sendo assim um ótimo período para visitar a cidade. Não se esqueça de se preparar para o frio, que costuma ser intenso nessa época do ano.

4.São Lourenço


Com mais de 45 mil habitantes, São Lourenço tem no Parque das Águas seu principal atrativo para turistas de outros estados e da região. O Parque das Águas, com seus 370 mil metros quadrados, tem nove fontes de águas minerais, com propriedades que tratam o estômago, doenças como anorexia, anemia, infecções, problemas respiratórios, alergias e quadros de estresse e depressão. Uma das mais importantes é a Fonte Vichy, com propriedades que fazem dela uma das duas únicas no mundo - a outra fica na França. A fonte alcalina é indicada para problemas gástricos e renais.

5.Poços de Caldas


Poços de Caldas está localizada dentro da cratera de um vulcão extinto, a 1.186 metros de altitude, na Serra da Mantiqueira, Sul de Minas, em posição estratégica em relação a importantes capitais brasileiras. Além do frescor da natureza - as temperaturas, de outubro a março, ao meio-dia, não ultrapassam os 21 graus -, há águas sulfurosas jorrando para os banhos a 37 graus e, no lençol freático, atingindo uma temperatura de 45 graus. Logo num primeiro momento, para o benefício do corpo e da mente, o ideal são os banhos nas Thermas Antônio Carlos ou nas Termas dos Macacos, esta última situada na praça do mesmo nome. O balneário era frequentado pelo imperador dom Pedro II, os literatos Olavo Bilac e João do Rio, a atriz Carmem Miranda e outros famosos.

Os banhos oferecidos nas Thermas Antônio Carlos têm  cerca de 20 minutos de imersão em banheiras de porcelana refratária inglesa. O prédio foi inaugurado em 1931, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1985 e restaurado por completo em 2014, em obra cujo orçamento atingiu R$ 12 milhões. 

Foto capa ilustrativa: reprodução internet

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

7 destinos incríveis e românticos em Minas Gerais para passar o Dia dos Namorados

Confira a lista com os lugares perfeitos para celebrar o amor em terras mineiras


+ Turismo

Singela e deslumbrante: menor basílica do mundo está em Minas Gerais

O local proporciona uma visão panorâmica das belas montanhas e paisagens mineiras


+ Turismo

10 lugares que todo mineiro tem que visitar ao menos uma vez na vida em Minas Gerais

Paisagens deslumbrantes e muita história para desbravar na terra do pão de queijo


+ Turismo

10 destinos charmosos, tranquilos e gelados em Minas Gerais para quem ama frio

Confira algumas cidades mineiras para apreciar um clima ameno e paisagens fantásticas no inverno


+ Turismo

10 Cachoeiras deslumbrantes que são destinos imperdíveis para conhecer em Minas Gerais

As cascatas mineiras proporcionam uma experiência revigorante, em meio à natureza


+ Turismo

32 cidades de Minas Gerais fazem parte de roteiro especial da Campanha para Semana Santa 2018

Iniciativa de fomento ao turismo convida pessoas para conhecerem a cultura e as belezas do estado


+ Turismo

Em clima de Páscoa: 4 fábricas de chocolate para conhecer em Minas Gerais

As Chocolaterias mineiras são lugares perfeitos para uma visita nessa época do ano


+ Turismo

Cachoeira dos Macacos é um passeio imperdível na região metropolitana de Belo Horizonte

O destino fica entre rios e montanhas, ideal para quem busca aventura ou tranquilidade


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.