21/10/2018 20:10
Cinema / Matéria

Curta-metragem de autor mineiro, filmado em Portugal, terá exibição inédita no Festival de Berlim

Além desse, outros dois curtas brasileiros disputam espaço no prestigiado evento

img
Redação
por Redação Curta Mais

O curta-metragem "Russa", produzido pelo mineiro Ricardo Alves Jr. e pelo português João Salaviza, será exibido na  68ª edição do Festival de Berlim, a ser realizado em fevereiro. A competição internacional Berlinale, é um dos mais antigos e relevantes festivais de cinema do mundo.

Com 20 minutos de duração, o enredo traz a história da personagem que dá nome ao curta Russa, em seu regresso ao bairro do Aleixo, na periferia do Porto, em Portugal, para reencontrar a irmã, amigos e viznhos com quem comemora o aniversário do filho.

No clima nostálgico, Russa regressa a memória coletiva de seu bairro, onde a arquitetura do passado ainda está de pé, fazendo com que narrativas e fragmentos de intimidade se encontrem no território do Aleixo.

Ricardo Alves, natural de Belo Horizonte, também é autor do filme "Elon não acredita na morte", de 2016. No Brasil, o longa teve participação em festivais importantes como o de Brasília e a Semana dos Realizadores no Rio de Janeiro, e internacionalmente esteve presente na programação do Macao Film Festival & Awards, na China, onde ganhou a categoria Best Artistic Contribution Award.

Além de Russa, outros dois curtas brasileiros participam da Berlinale. São eles: Alma bandida, de Marco Antônio Pereira, e Terremoto santo, de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca.

VEJA TAMBÉM

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.