20/01/2018 10:35
Cinema / Matéria

Curta-metragem de autor mineiro, filmado em Portugal, terá exibição inédita no Festival de Berlim

Além desse, outros dois curtas brasileiros disputam espaço no prestigiado evento

Redação
por Redação Curta Mais

O curta-metragem "Russa", produzido pelo mineiro Ricardo Alves Jr. e pelo português João Salaviza, será exibido na  68ª edição do Festival de Berlim, a ser realizado em fevereiro. A competição internacional Berlinale, é um dos mais antigos e relevantes festivais de cinema do mundo.

Com 20 minutos de duração, o enredo traz a história da personagem que dá nome ao curta Russa, em seu regresso ao bairro do Aleixo, na periferia do Porto, em Portugal, para reencontrar a irmã, amigos e viznhos com quem comemora o aniversário do filho.

No clima nostálgico, Russa regressa a memória coletiva de seu bairro, onde a arquitetura do passado ainda está de pé, fazendo com que narrativas e fragmentos de intimidade se encontrem no território do Aleixo.

Ricardo Alves, natural de Belo Horizonte, também é autor do filme "Elon não acredita na morte", de 2016. No Brasil, o longa teve participação em festivais importantes como o de Brasília e a Semana dos Realizadores no Rio de Janeiro, e internacionalmente esteve presente na programação do Macao Film Festival & Awards, na China, onde ganhou a categoria Best Artistic Contribution Award.

Além de Russa, outros dois curtas brasileiros participam da Berlinale. São eles: Alma bandida, de Marco Antônio Pereira, e Terremoto santo, de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca.

VEJA TAMBÉM

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.