21/10/2018 19:16
Notícias / Listas

Confira 4 cidades do DF que entram na lista de restrições dos EUA

A recomendação é para que as cidades brasilienses sejam evitadas no período entre 18h e 6h

img
por Curta Mais

Os Estados Unidos da América fizeram uma lista de risco elaborada pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos. Quatro cidades do Distrito Federal aparecereram nela, sendo elas: Ceilândia, Santa Maria, São Sebastião e Paranoá. O documento é um alerta para turistas e autoridades norte-americanas para ameaça à segurança. De acordo com o texto, as “favelas” são “zonas de crime”.

A recomendação é para que as cidades brasilienses sejam evitadas no período entre 18h e 6h.

Além das regiões do DF, outros pontos foram considerados críticos no país, como a praia de Pina, em Recife, e comunidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre. 

Confira:

86f6525f85b2df761973a3b536e18ba7.jpg

Notícias sobre: Turistas perigo df

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

HFA abre vagas para residência médica em Brasília

São 33 vagas para inscrições a partir de 4 de novembro


+ Notícias

Jovens negras participam de desfile em shopping do Distrito Federal e são comparadas a escravas

Os comentários ofensivos foram feitos em um grupo de WhatsApp


+ Notícias

Confira o que abre e fecha no feriado em Brasília

Transporte, trânsito, bancos e serviços públicos sofreram alterações


+ Notícias

Apresentação do cantor Paulinho Moska é cancelada em Brasília

O show teria participações de Tiê e Zélia Duncan, em 20 de outubro


+ Notícias

Desempregado e com dívidas, homem acha carteira com R$ 4 mil e devolve dinheiro

Walter Hudson estava tentando conseguir um empréstimo em agência bancária quando encontrou o dinheiro. A PM retribuiu a ação com uma vaquinha para ajudar o homem; confira



+ Notícias

Senai abre 173 vagas para cursos gratuitos no Distrito Federal

As aulas presenciais serão ministradas quinzenalmente



MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.