15/12/2019 09:29
Curiosidades / Histórias

10 coisas que você provavelmente não sabia sobre o Teatro Mágico

Fernando Anitelli concedeu uma entrevista ao Curta Mais e nos contou detalhes inesperados e curiosos sobre a carreira, a turnê e o show de sexta-feira em Goiânia: confere aí!

Roberto
por Roberto Carlos

Fernando Anitelli conversou com o Curta Mais sobre a carreira, as surpresas de um show intimista e detalhes inesperados e curiosos sobre o show de sexta-feira em Goiânia: confere aí!

 

Como e porquê nasceu o show Voz e Violão? 
Durante os shows do O Teatro Mágico sempre fizemos esse formato no meio do show, onde abríamos espaço pro público participar. Esse momento sempre foi um sucesso e o público pediu um show onde isso acontecesse mais, com o artista levando a canção na essência.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Teatro Mágico (@oteatromagico) em

Como é o show Voz e Violão?
O show é simples e ao mesmo tempo complexo. O violão é sem efeito, como se eu estivesse compondo tudo alí. 
Mas ao mesmo tempo, no palco, não está o compositor Fernando Anitelli, mas o artista. Estou maquiado e dentro do personagem. Conforme vou contando histórias e explicando como as músicas nasceram as pessoas vão entendendo como o show funciona e vão se soltando e se sentindo parte do show, não apenas público.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Teatro Mágico (@oteatromagico) em

Mas como funciona isso?
A participação do público é máxima durante todo o espetáculo, mas o ápice é o microfone aberto feito no meio do show. Alí o público traz poesias, sempre com grande qualidade, e principalmente as mulheres vem participar e cantar suas músicas sobre atualidades, sobre contemporaneidades, política... é muito bacana. Neste momento o show se transforma em um grande sarau.

 

E o que você pensa sobre essa diferença?
Fazer o show com banda é muito bom. O peso do baixo, da bateria… Mas normalmente esses shows são em grandes palcos de 2 metros de altura. Isso acaba afastando o público do artista. Voltar a origem do Teatro Mágico, trazer as pessoas pra cantar junto, estar a 1 metro de distância e até colocar as pessoas pra cantar no palco é sempre uma emoção diferente a cada show. Não tem ensaio, não tem roteiro. 

Só estando ali pra sentir; pra saber.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Teatro Mágico (@oteatromagico) em

 

E já foram quantos shows dessa tour?
O projeto começou com apenas 10 shows, era só uma tour especial... Mas deu tão certo que mais cidades começaram a pedir datas e transformamos em turnê. Agora já estamos chegando a 200 shows, todos lotados e viscerais. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Teatro Mágico (@oteatromagico) em

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Teatro Mágico (@oteatromagico) em

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Teatro Mágico (@oteatromagico) em

 

E o de que mais legal já aconteceu em um show e o que espera que aconteça em Goiânia?
No último show, em Fernandópolis (domingo 14/07) um cara gritou do meio do público: Anitelli, deixa eu falar uma coisa, e subiu no palco, tirou uma aliança do bolso e pediu a namorada em casamento. Pra você fazer esse tipo de coisa você precisa se sentir à vontade, próximo, se sentir querido alí. Parece ensaiado do tanto que essas cenas são comuns nos shows do Teatro Mágico. Nossos shows parecem um grande encontro de amigos e sentir esse carinho do público não tem preço. Pra ter uma idéia, nunca aconteceu uma briga em um show nosso.
E sobre o acontecerá em Goiânia, olha, apósto em muita emoção. Goiânia, conto com vocês!

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Curta Mais® (@guiacurtamais) em

 

E o DVD Fernando Anitelli apresenta O Teatro Mágico Voz e Violão, quando sai?
Gravamos há pouquíssimo tedmpo no Sesc Paládium, em Belo Horizonte. Um show para 1200 pessoas que esgotou duas semanas antes do show. Foi muito lindo!

Veja alguns trexos do dvd, gravados pela platéia.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Roberta Impellizieri (@robertaimpellizieri) em

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Iva Carla Soares Prates (@ivacarlaprates) em

 

Na última entrevista ao Curta Mais você falou de Sigur Ross. Já aprendeu as letras?
Adoro Sigur Rós. Me casei há 3 semanas ao som da banda. Nos ensaios costumamos fazer essa brincadeira de esticar as músicas, brincar com o som e criar efeitos inesperados. É uma pena que não conseguimos trazer tudo isso pro show, passaríamos de 4h de espetáculo.

Mas apesar de ser muito fã, não sei nem pesquisar na internet como se escreve as músicas. Cantar então, impossível. Mas eu sinto que o que eles passam é uma coisas muito boa. Eles têm muita qualidade. 

Fernando Anitelli e Andrea Barbour

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Fernando Anitelli (@fanitelli) em

 

Me fala um pouco sobre a MPB, a música pra baixar?
O movimento surgiu de uma maneira inevitável. Todos nós artistas que não tínhamos entrada em gravadora sofríamos com onde divulgar nossas músicas. Nossa única alternativa era deixar nosso trabalho acessível a todos. A música é que nem passarinho, precisa de ar para se propagar, pra viver!

Quando surgiu o movimento a gente rodou o brasil com oficinas, encontros e debates… muitos do mercado reclamaram dessa idéia criticando sobre dar música de graça. 

Um dos que mais criticaram na época foi o Lobão e o Bonadio (Rick Bonadio, produtor que lançou Mamonas Assassinas), mas sempre batemos de frente com essa regra de a música precisar ser paga.

Certa vez  o Bonadio twitou que "quem dá música de graça é idiota". Respondi que ele não podia falar aquilo. Que existem artistas muito bons que estão fora desse mercado de gravadoras e que o púbico merece conhece-los. Ele então disse que o teatro mágico era uma exceção.
Respondi que não, O Teatro Mágico é uma possibilidade. 

E hoje, muitos anos após começarmos o movimento, o Teatro mágico nem é mais uma possibilidade, mas a regra!

Que bom que o Lobão não tinha razão!

 

Já são quantos anos de carreira?
São 15 anos de caminhada onde gravamos o que queremos, cantamos o que queremos e deixamos tudo de graça na internet. Assim nos transformamos em uma banda que faz shows lotados pelo país inteiro.

Recentemente, por exemplo, estamos fazendo 10 shows por CEUS (Centros Educacionais Unificados voltados à educação e localizados nas áreas periféricas da Grande São Paulo), onde levamos nossa música para pessoas que não tinham a possibilidade de conhecer o Teatro Mágico.

 

Agora que já conhece mais sobre o Teatro, é hora de se preparar pois sexta-feira tem Fernando Anitelli apresenta O Teatro Mágico Voz e Violão em Goiânia!

 

SERVIÇO

Fernando Anitelli apresenta: "O Teatro Mágico - Voz e Violão" em Goiânia

Quando: Sexta, 19 de julho, às 21h00

Onde: Teatro Madre Esperança Garrido (Alameda Contorno, 241 - St. Central, Goiânia )

Quanto: Segundo Lote

Assinante Grátis: VIP A (Plateia inferior) R$ 110 (inteira), R$ 60 (meia) | VIP B (Plateia Superior) R$ 90 (inteira) R$ 45  (meia)

Assinante Premium: VIP A (Plateia inferior) R$ 110 (inteira) R$ 50 (meia) | VIP B (Plateia Superior) R$ 90 (inteira) R$ 40 (meia)

Onde comprar: Site Eventim e Curta Mais do Shopping Bougainville

Informações: (62) 3931-0505 (segunda a sábado das 10:00h às 22:00h)

Classificação etária: Livre. Menores a partir de 12 anos podem entrar acompanhados dos pais e/ou responsáveis legais.

 

Venda oficial de ingressos online apenas pelos sites: clubecurtamais.com.br e eventim.com.br

BILHETERIA OFICIAL - SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Curta Mais – Shopping Bougainville (piso 1)

Rua 9, nº 1855 Setor Marista

Segunda a Sábado das 10 às 22h00

Venda e retirada de ingressos para os todos os eventos vendidos pela EVENTIM.

 

MEIA-ENTRADA E INGRESSOS PROMOCIONAIS

Confira aqui as leis de meia-entrada, identificando quem tem direito ao benefício e os documentos comprobatórios.

ATENÇÃO ESTUDANTES: de acordo com a lei 12.933 de 26 de dezembro de 2013, é OBRIGATÓRIO comprovar a condição de estudante mediante a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil – CIE. Mais informações estão disponíveis no link: www.documentodoestudante.com.br

Crianças até 01 ano completo possuem gratuidade e permanecem no colo dos pais e/ou responsáveis legais.

Crianças entre 02 e 12 anos possuem desconto de 50% sem necessidade de comprovação estudantil. A apresentação da Certidão de Nascimento ou do Documento de Identidade é obrigatória.

A partir de 12 anos é obrigatório apresentar o documento que comprova o benefício de meia-entrada estudantil.

Promoção Clube Curta Mais: o assinante premium tem desconto exclusivo (acima de 50%) sobre o valor da inteira para todos os setores mediante troca do card do Clube pelo ingresso que deverá se feita exclusivamente no Curta Mais do Shopping Bougainville. Se houver extravio ou perda do card não haverá direito a troca ou devolução.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Curiosidades

17 maiores salários das estrelas de Hollywood em 2019

Inegavelmente, a sétima arte foi uma das maiores locomotivas econômicas desse ano


+ Curiosidades

Sabrina Sato mostra o lado real da maternidade e admite: 'Não é tudo maravilhoso'

Sabrina fala da perda de apetite sexual após maternidade mas garante que o relacionamento vai bem


+ Curiosidades

Ouvir música pode reduzir estresse de quem está começando a dirigir, diz estudo

Estudo brasileiro, conduzido por pesquisadores da Unesp, incluiu apenas mulheres recém-habilitadas


+ Curiosidades

Pessoas que mais te irritam são as que mais se parecem com você, revela estudo

‘Tudo que incomoda você sobre outros seres é apenas uma projeção do que você não resolveu em si mesmo’


+ Curiosidades

Zeca Pagodinho pode substituir Roberto Carlos no especial de fim de ano da Globo: Será?

A sugestão foi dada no Twitter e até o próprio Zeca se animou com a ideia


+ Curiosidades

HaTuna ou HaKuna Matata: Qual é a expressão correta Pumba?

Entenda o que significa a frase africana que nasceu muito antes do filme O Rei Leão


+ Curiosidades

Goiano cria a nova febre do WhatsApp: os grupos de imitação

Só podia ser de Goiânia, né!


+ Curiosidades

Do tráfico ao time do Goiás: Conheça a história de Michael, o atacante destaque do Brasileirão

'Passa um filme na minha cabeça, eu não era nada', diz o jovem


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.