21/10/2019 00:42
Turismo / Turismo em Goiás

8 cidades incríveis (e ainda pouco conhecidas) em Goiás que você precisa ir

Curta Mais encontrou oito novas cidades aqui em Goiás que merecem sua visita nessas férias

por Curta Mais

Viajar é preciso. E conhecer novos e surpreendentes destinos também. Goiás está cheio de destinos turísticos com grande potencial, algum deles ainda desconhecidos pelo público. Quer fugir de Pirenópolis e de Cavalcante e conhecer um lugar incrível, mas ainda pouco visitado? Curta Mais encontrou oito novas cidades aqui em Goiás que merecem sua visita nessas férias. Todos eles foram listados pela Goiás Turismo como possuidores de grandes potenciais turísticos no estado e são ótimas opções para viagens de carro com a família e os amigos. Então prepara as malas, faz a revisão no carro e boa viagem!

 

Paraúna – a 126km de Goiânia

Cachoeira

Cachoeira do Desengano, em Paraúna.

Foto: Goiás Turismo.

Muitos mistérios cercam Paraúna. A pouco mais de 100km de Goiânia, a cidade abriga histórias e lendas repassadas pelos moradores das redondezas, que afirmam que a região é visitada ou habitada por seres estranhos (alguns até vindos de outros planetas). O misticismo está relacionado às grandes formações rochosas e às construções antigas que a cidade abriga. Realidade ou ficção, o que se pode afirmar é que Paraúna é cheia de belezas naturais. Para os que apreciam bons banhos, vale conhecer a Cachoeira do Cervo, a Cachoeira do Desengano e o Córrego Couro do Cervo, ideais também para a prática de boia-cross, rafting e canoagem. A cidade conta ainda com a incrível Ponte de Pedra, uma formação natural com grutas e cavernas criada pelas águas dos rios Ponte de Pedra e Rio Corrente. Outro ponto muito procurado é a Serra das Galés, com suas formações rochosas rodeadas de mistérios, como a Pedra do Cálice.

PEdra

Pedra do Cálice, na Serra das Galés, em Paraúna. Formação rochosa rodeada de histórias e lendas.

Foto: Aalaorbr

Como chegar: Paraúna fica a 126km de Goiânia, com acesso pela BR-060.

Informações de hospedagem e alimentação: (64) 3957-7045

 

Cocalzinho de Goiás – a 129km de Goiânia

Gruta

Caverna dos Ecos, em Cocalzinho de Goiás, que abriga o maior lago subterrâneo da América Latina.

Foto: Alexandre Lobo

A quase 130km de Goiânia está a cidade de Cocalzinho de Goiás. Erguida às margens do Rio Corumbá, a cidade é cortada por vários córregos e rios, que criam cachoeiras como a dos Caiapós, do Morrinho dos Pireneus, do Pedro Belo e Sete Grota. Programa obrigatório na cidade é curtir a tirolesa Voo dos Pirineus, com 567 metros de comprimento. Na região também são produzidos vinhos finos e premiados com uvas europeias, na Fazenda Pirineus Vinhos e Vinhedos. Também vale conhecer a Caverna dos Ecos, que abriga o maior lago subterrâneo da América Latina.

Cachoeira

Cachoeira dos Pirineus, em Cocalzinho de Goiás.

Foto: Goiás Turismo.

Vinhedo

Uvas da Fazenda Pirineus Vinhos e Vinhedos, em Cocalzinho de Goiás.

Foto: Geyzon Lenin

Como chegar: Cocalzinho de Goiás fica a 129km de Goiânia, com acesso pela BR-060, BR-153 e BR-414.

Informações de hospedagem e alimentação: (62) 3339-1527

 

Vila Propício – a 188km de Goiânia

Lago

Lago Azul, em Vila Propício. (Imagem Do Cerrado via Youtube)

Conhecida por ter o segundo maior complexo de cavernas do Centro-Oeste, com mais de 50 cavernas e grutas que atraem turistas do Brasil e do mundo, a cidade de Vila Propício possui ainda outras belezas naturais. Dentre as cavernas mais visitadas estão a Chico Pina, Cearense, Dois Irmãos, Três Marias e a da Samambaia. A cidade abriga ainda a Cachoeira Rio dos Patos e o incrível Lago Azul, de águas azuis e cristalinas, perfeito para banho e mergulho.

Caverna

Caverna da Samambaia, em Vila Propício.

Foto: Goiás Turismo.

Como chegar: Vila Propício fica a 188km de Goiânia, com acesso pela BR-060, BR-153 e GO-338.

Informações de hospedagem e alimentação: (62) 3320-0184

 

São João D’Aliança – a 355km de Goiânia

Bocaina

Bocaina do Farias, em São João D’Aliança.

Foto: Goiás Turismo.

Entrada da Chapada dos Veadeiros mais próxima de Brasília, a cidade de São João D’Aliança está repleta de cachoeiras e cânions. Na cidade, vale conhecer o impressionante cânion Buraco do Farias. Entre as cachoeiras, vale visitar a Cachoeira das Andorinhas, a Cachoeira do Label, a Cachoeira do Mingau, a Cachoeira São Cristóvão, a Cachoeira São Pedro e a Cachoeira do Cantinho, com quatro quedas d’água. A cidade abriga ainda a comunidade quilombola Quilombo do Forte.

Cachoeira

Cachoeira do Cantinho, em São João D’Aliança.

Foto: Naty_Chocolate

Como chegar: São João D’Aliança fica a 355km de Goiânia, com acesso pela BR-020 até a DF-345, finalizando pela GO-118.

Informações de hospedagem e alimentação: (62) 3438-1161

 

Serranópolis – a 372km de Goiânia

Cachoeira

Cachoeira Canguçu, em Serranópolis.

Foto: Goiás Turismo.

Considerada uma das mais importantes regiões arqueológicas do continente, Serranópolis possui pequenas grutas com vestígios de ocupação, que atraem pesquisadores e turistas interessados nas pinturas rupestres encontradas em suas paredes e sítios arqueológicos. A cidade abriga ainda várias cachoeiras, como a do Corcovado, da Barra do Douradinho, da Ponte de Pedra e do Canguçu.

Sitio

Sítio Arqueológico Pousada das Araras, em Serranópolis, com pinturas rupestres.

Foto: Pegadas no Cerrado

Como chegar: Serranópolis fica a 372km de Goiânia, com acesso pela BR-060.

Informações de hospedagem e alimentação: (64) 3668-1114 | (64) 3668-1457

 

Chapadão do Céu – a 480km de Goiânia

Boia

Boia-cross no Rio Formoso, em Chapadão do Céu.

Foto: Goiás Turismo.

A apenas 26km do Portão Bandeira, Chapadão do Céu é a cidade mais próxima do Parque Nacional das Emas. Por lá, além de visitar as belezas do Parque e não perder o fenômeno da bioluminescência, vale conhecer os saltos do Rio Sucuriú e fazer flutuação, boia-cross, canoagem e rafting nas corredeiras do Rio Formoso, que possui até uma prainha com areia branca na margem.

Salto

Salto Sucuriu em Chapadão do Céu.

Foto: Goiás Turismo.

Como chegar: Chapadão do Céu fica a 480km de Goiânia, com acesso pela BR-060.

Informações de hospedagem e alimentação: (64) 3636-1517

 

Mambaí – a 508km de Goiânia

Cachoeira

Cachoeira do Poço Azul, em Mambaí.

Foto: Goiás Turismo.

Programa obrigatório na cidade de Mambaí é cruzar o cânion do Córrego das Dores em uma das maiores tirolesas do Brasil - são 102 metros de altura e 320 metros de extensão. A cidade também está cheia de cachoeiras, lagos, cânions e cavernas. Vale conhecer a belíssima Cachoeira do Poço Azul, com águas azuis e cristalinas propícias para o banho; a Cachoeira Paraíso do Cerrado, com três quedas d’água; e a Cachoeira do Funil. A cidade abriga ainda a sexta maior caverna do Brasil e a segunda maior do Estado de Goiás, a incrível Gruna da Tarimba.

Cachoeira

Cachoeira do Funil em Mambaí, Goiás.

Foto: Goiás Turismo.

Tirolesa

Tirolesa do Córrego das Dores, em Mambaí.

Foto: Goiás Turismo.

Como chegar: Mambaí fica a 508km de Goiânia, com acesso pela BR-060 seguindo pela BR-020.

Informações de hospedagem e alimentação: (62) 3484-1251

 

São Domingos – a 641km de Goiânia

Gruta

Grutas e cavernas do Parque Estadual de Terra Ronca, em São Domingos.

Foto: Goiás Turismo.

São Domingos abriga o Parque Estadual de Terra Ronca, constituído por inúmeras grutas de cerca de 620 milhões de anos, banhadas por águas límpidas e mornas. Visitar o complexo cavernícola do Parque Estadual de Terra Ronca é programa obrigatório na cidade. É lá que estão concentradas grutas como a de Terra Ronca (que deu nome ao parque), São Mateus e Angélica, a quinta maior caverna do país. Todas elas possuem galerias quilométricas e grande volume dos cursos d'água, fazendo do Parque Estadual de Terra Ronca um dos maiores complexos espeleológicos da América. O local é ideal para os amantes de esportes radicais como escalada, rapel e mountain bike.

Parque

Parque

Grutas e cavernas do Parque Estadual de Terra Ronca, em São Domingos.

Foto: Goiás Turismo.

Como chegar: São Domingos fica a 641km de Goiânia, com acesso pela BR-060 e BR-020.

Informações de hospedagem e alimentação: (62) 3425-1516

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

Centro histórico de Goiânia ganha nova galeria de arte a céu aberto com entrada gratuita

Espaço Ursulino Leão: antes lote baldio e destino de lixo e entulho, agora, uma galeria de arte a céu aberto


+ Turismo

Laboratório: uma trilha de Mountain Bike perfeita dentro de Goiânia que provavelmente você não sabia que existia

Localizada há 10 minutos do Centro, a Trilha do Laboratório é considerada uma das melhores dos arredores da capital goiana


+ Turismo

Descobrimos um parque que é um verdadeiro complexo esportivo em Goiânia

Parque Odilon Soares, na região sudoeste, possui a primeira quadra para a prática de tênis gratuito em Goiânia


+ Turismo

Villa Cavalcare

Um pedacinho do Velho Oeste que reúne Restaurante Bar e Centro Equestre em Goiânia


+ Turismo

Conheça o Vale do Capão, um achadinho na Chapada Diamantina na região central da Bahia

Um refúgio da correria goiana em um paraíso natural com diversas particularidades


+ Turismo

Conheça a Vila Hípica Werner Haberkorn, um paraíso para os amantes de cavalos no Brasil

Repleto de história, a hípica surgiu do amor pelos cavalos e hoje é uma das principais atrações do Resort


+ Turismo

Destinos em Goiás para se divertir e descansar em contato com a natureza

Olhar árvores pela janela, tomar um banho de cachoeira, ou ouvir o canto dos pássaros pode aliviar a tensão do dia a dia


+ Turismo

Maior praia artificial com águas naturalmente quentes do mundo se encontra em Goiás

Localizada no interior de Goiás, na cidade de Rio Quente, a Praia do Cerrado é uma atração reconhecida mundialmente


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.