12/12/2018 17:11
Notícias / Conteúdo

Candidato à presidência da República promete derrubar estátuas das lojas Havan; veja o vídeo

'Cada uma que tiver na nação brasileira vai tá lá nos Estados Unidos, senão, estará fora', afirmou Daciolo em frente à loja de Anápolis

Marcelo
por Marcelo Albuquerque

O candidato à Presidência da República pelo Patriota, Cabo Daciolo, atacou a rede de lojas Havan em vídeo postado nas redes em 13 de junho.

Em vídeo, que viralizou nessa quinta-feira 13, Daciolo está em frente a loja da empresa em Anápolis (GO) e diz que as estátuas colocadas no país “vão sair uma por uma”.

“Se quiser colocar vai ser no máximo de 2 metros, e cada uma que colocar no meu país vai ter de colocar no teu país também”, disse.

“Começaram a botar isso aí no nosso país, ó, você vai ver e entender o que eu tô falando. Vai sair uma por uma, se quiser no máximo de dois metros. E a cada uma que colocar no meu país vai ter que colocar no seu país. Cada uma que tiver na nação brasileira vai tá lá nos Estados Unidos, senão, estará fora”.

Em sequência da fala onde mostra o candidato em frente à estátua, ele pede para o câmera ir para trás para mostrar a dimensão. “Mostra pro povo isso aí, mostra isso pra nação. Tá repreendido. Tirem da nação, tirem da nação. Tá certo, senhores? Vocês já estão em todos os estados da federação. Aqui estou em Goiás, mas se eu for mais à frente eu vou mostrar que eles estão colocando isso em todo o território nacional”.

O presidenciável está afastado e sem conceder entrevistas, desde o dia 5 de setembro em um retiro de 21 dias de jejum e oração.

A empresa é conhecida pelas suas lojas com fachadas similares à da Casa Branca e pelas réplicas da Estátua da Liberdade instaladas na frente da maioria das suas filiais.  A estátua de Barra Velha, SC, tem 57 metros de altura, 10 a mais do que a original americana. A rede possui 112 lojas em 15 estados.

Luciano Hang, um dos maiores empresários do país e dono da rede que fatura cerca de 5 bilhões de reais, deu uma declaração para a rede Zero Hora, de SC, afirmando que o candidato precisa saber que “a Havan é uma empresa nacional e que o dono nasceu em Brusque, SC, sendo filho de operários”. Ele ainda afirmou que a réplica da Estátua da Liberdade “é a coisa mais pedida pela população das cidades onde colocamos loja “.

É normal ouvir que as lojas pertencem a coreanos, chineses, americanos ao bispo Edir Macedo e até  a um dos filhos do ex-presidente Lula. Depois de tantos boatos, Hang estampou a campanha de Natal da rede em 2016 e ficou conhecido também participando de alguns programas de TV.

A obsessão pelos Estados Unidos começou ainda na década de 80, em suas primeiras visitas como importador de mercadorias. A primeira estátua foi instalada em 1995 em Brusque. (Com informações de Zero Hora e Exame).

Assista:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Caravana de Natal leva música e poesia para praças do interior de Goiás

Projeto Sons e Letras Brasileiras tem o intuito de valorizar a cultura local através da música


+ Notícias

Banda Baleia realiza show em Goiânia neste domingo

O espetáculo será o lançamento do primeiro capítulo de Coração Fantasma e contará com músicas inéditas


+ Notícias

Filha de João de Deus diz que sofreu abuso sexual do médium em vídeo nunca publicado

Em 2016, Dalva falou durante 20 minutos a uma rádio de Goiânia sobre o pai, o médium João de Deus, mas a entrevista nunca foi publicada


+ Notícias

João de Deus retorna para a Casa Dom Inácio Loyola pela 1ª vez após denúncias de abuso sexual

Mais de 200 mulheres procuraram o MP dizendo terem sido abusadas durante tratamentos espirituais


+ Notícias

Shopping de Goiânia promove acampamento de Natal para crianças carentes

A criançada poderá brincar à vontade na Estação Turma da Mônica, além de diversas outras atividades!


+ Notícias

Filarmônica faz apresentação especial de Natal com entrada gratuita em Goiânia

Concerto encerra a temporada 2018 com chave de ouro!


+ Notícias

McDonald's abre novo drive thru em Goiânia

Loja será a quinta neste formato na capital


+ Notícias

Eduardo Costa é processado por Fernanda Lima após ofensas em rede social

A apresentadora entrou com a ação por calúnia, injúria e difamação mesmo após pedido desculpas do sertanejo.


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.