17/07/2019 11:37
Bem-Estar / Saúde

Casos de HIV em pessoas entre 15 a 24 anos aumentaram 700% nos últimos 10 anos

Os dados são do Boletim Epidemiológico HIV Aids 2018 divulgado pelo Ministério da Saúde

Bianca
por Bianca Stephania G Siarom

O “Boletim Epidemiológico HIV/Aids”, do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais, da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde (DIAHV/SVS/MS), publicado anualmente, apresenta informações sobre os casos de HIV e de aids no Brasil, regiões, estados e capitais, de acordo com as informações obtidas pelos sistemas de informação usados para a sua elaboração.

Boletim mostra como a infecção do vírus entre os jovens aumentou em apenas dez anos. Entre 2007 e 2017, a notificação de casos de HIV de pessoas com 15 a 24 anos aumentou aproximadamente 700%. De acordo com especialistas, o aumento de ocorrências se deve à maior disponibilidade de testes e a campanhas de conscientização cada vez menos 'acanhadas'. 

Diretor-presidente da Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (Abia), Richard Parker acredita que o país vive uma epidemia de HIV. Nos últimos anos, campanhas voltadas para os públicos mais vulneráveis à infecção pelo vírus, como transexuais e profissionais do sexo, provocaram protestos entre setores da sociedade. De acordo com Parker, desde 2012, as campanhas são cada vez menos explícitas e não direcionadas ao público que mais precisa de esclarecimentos.

Parker alerta que o panorama pode piorar este ano. A duas semanas do carnaval, o site do departamento do Ministério da Saúde responsável pela prevenção e controle de HIV/aids não cita as ações especiais previstas para o feriado.

Até o momento, o Ministério da Saúde não forneceu informações sobre o investimento em campanhas contra o HIV para este ano. Só no Brasil, em 2017, foram diagnosticados 42.420 novos casos de HIV e 37.791 casos de aids.

Você pode conferir o boletim na íntegra clicando aqui. Procure o postinho mais próximo, o teste é grátis, não custa nada.

Com Informações do jornal GLOBO e do Ministério da Saúde | Imagem: FreePik

Notícias sobre:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Bem-Estar

Segundo a ONU, cerca de 1,7 milhão de pessoas foram infectadas pelo HIV em 2018

Estudo cita avanços, mas alerta para aumento de casos em alguns países


+ Bem-Estar

Testes de Hepatite B e C são realizados de graça em Goiânia

Campanha do Dia Mundial de Combate às Hepatites oferecerá à população testagem rápida, triagem, atendimento médico, orientação e acompanhamento para tratamento


+ Bem-Estar

Já ouviu falar do STRIORT? Conheça o novo método de tratamento para estrias que está fazendo sucesso

O procedimento promete remover 80% das estrias em apenas uma sessão, de forma não invasiva, não cirúrgica e praticamente indolor


+ Bem-Estar

Conheça as alergias mais raras do mundo

Na segunda-feira (08/07) é comemorado o Dia Mundial da Alergia! Confira uma lista com as alergias mais estranhas registradas no mundo


+ Bem-Estar

Agrotóxicos provocam lesão no DNA de trabalhadores rurais goianos, segundo pesquisa da UFG

Danos são 4,5 vezes maiores que em pessoas que não têm contato direto com essas substâncias


+ Bem-Estar

Cheiro de mato pode evitar estresse, câncer e outras doenças

Odores emitidos pela natureza são verdadeiros remédios, afirma pesquisa


+ Bem-Estar

Pacientes de Hospital de Goiânia recebem terapia com cães, tirando o foco da dor estimulando a troca afetiva

Para os amantes dos animais, apenas a presença deles é suficiente para transformar e descontrair o ambiente, proporcionando mais alegria e leveza, sentimentos ideais para quem está em tratamento dentro de uma unidade de saúde


+ Bem-Estar

Ação de incentivo ao esporte e prevenção à saúde do coração é realizada de graça em Goiânia

serão oferecidas aferição de pressão arterial, teste glicêmico e exercícios físicos no ação que acontecerá no Lago das Rosas


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.