25/04/2019 06:58
Bem-Estar / Saúde

Casos de HIV em pessoas entre 15 a 24 anos aumentaram 700% nos últimos 10 anos

Os dados são do Boletim Epidemiológico HIV Aids 2018 divulgado pelo Ministério da Saúde

Bianca
por Bianca Stephania

O “Boletim Epidemiológico HIV/Aids”, do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais, da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde (DIAHV/SVS/MS), publicado anualmente, apresenta informações sobre os casos de HIV e de aids no Brasil, regiões, estados e capitais, de acordo com as informações obtidas pelos sistemas de informação usados para a sua elaboração.

Boletim mostra como a infecção do vírus entre os jovens aumentou em apenas dez anos. Entre 2007 e 2017, a notificação de casos de HIV de pessoas com 15 a 24 anos aumentou aproximadamente 700%. De acordo com especialistas, o aumento de ocorrências se deve à maior disponibilidade de testes e a campanhas de conscientização cada vez menos 'acanhadas'. 

Diretor-presidente da Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (Abia), Richard Parker acredita que o país vive uma epidemia de HIV. Nos últimos anos, campanhas voltadas para os públicos mais vulneráveis à infecção pelo vírus, como transexuais e profissionais do sexo, provocaram protestos entre setores da sociedade. De acordo com Parker, desde 2012, as campanhas são cada vez menos explícitas e não direcionadas ao público que mais precisa de esclarecimentos.

Parker alerta que o panorama pode piorar este ano. A duas semanas do carnaval, o site do departamento do Ministério da Saúde responsável pela prevenção e controle de HIV/aids não cita as ações especiais previstas para o feriado.

Até o momento, o Ministério da Saúde não forneceu informações sobre o investimento em campanhas contra o HIV para este ano. Só no Brasil, em 2017, foram diagnosticados 42.420 novos casos de HIV e 37.791 casos de aids.

Você pode conferir o boletim na íntegra clicando aqui. Procure o postinho mais próximo, o teste é grátis, não custa nada.

Com Informações do jornal GLOBO e do Ministério da Saúde | Imagem: FreePik

Notícias sobre:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Bem-Estar

Hospital de Goiânia utiliza arte como terapia no tratamento de pacientes

Arteterapia: pela primeira vez em sua história, HUGO promove oficina de pintura para pacientes


+ Bem-Estar

Últimos dias de inscrições para o Copa Sesc em Goiânia

Atletas de Goiânia, Anápolis e Jataí podem se inscrever em modalidades individuais e coletivas


+ Bem-Estar

Alunos da UFG produzem ovo de páscoa vegano feito com beterraba sem glúten e lactose

Deliciosa opção para quem tem alergia, intolerância alimentar ou prefere comida vegana


+ Bem-Estar

Estilo de vida responde por 63 mil mortes de câncer por ano no Brasil

Estudo é do Departamento de Medicina da Universidade de SP


+ Bem-Estar

Autismo: um mergulho em um universo infinito e particular

Não dá para limitar esse transtorno a um maior isolamento social


+ Bem-Estar

Estoque do banco de sangue do Hugol está em estado crítico; hospital pede doações

A falta do estoque de sangue em um hospital pode levar ao cancelamento de cirurgias e de procedimentos


+ Bem-Estar

Goiânia recebe palestra sobre autismo com entrada gratuita

Com o tema "Autismo: Compreendendo melhor essa condição" a palestra tem o intuito de informar as pessoas a respeito da importância de um diagnóstico precoce


+ Bem-Estar

Em 2050 o infarto será 30% maior nas mulheres

Falta de ar, desmaio e vômito estão entre sintomas apontados pelo Encore de Goiânia


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.