16/10/2019 06:26
Mais Cultura / Festivais

Chapada dos Veadeiros recebe projeto que promove a vivência da cultura indígena

Aldeia Multiétnica tem como objetivo fortalecer a troca de cultura entre indígenas e civilização

Bianca
por Bianca Stephania

Já imaginou vivenciar a cultura indígena durante 7 dias dentro da aldeia? É o que promove a Aldeia Multiétnica da Chapada dos Veadeiros.

Para esta edição, o evento vai contar com representantes do Alto Xingu (MT), Kayapó/Mebengôkré (PA), Krahô (TO), Guarani Mbyá (SC), Fulni-ô (PE), Xavante (MT) e Karajá (Ilha do Bananal, TO). Outros convidados e lideranças indígenas, de outras etnias, também participarão das atividades. 

Vivemos num País com mais de 300 etnias indígenas, falantes de mais de 200 línguas distintas, onde ainda publica-se livros de história com informações ultrapassadas, como se os povos indígenas fossem os mesmos de 517 anos atrás. A idéia deste projeto é justamente unificar e realizar essa troca de culturas entre pessoas da cidade e povos indígenas.

01bb2202c0306dba8249ee866f02371f.jpgImagem: Anne Vilela/Aldeia Multiétnica

665118dcb0b56d85b2a4d7f760ccc952.jpgmagem: Aldeia Multiétnica/Reprodução

Quem se aventurar nessa experiência vai passar por oficinas, rodas de conversa e atividades diversas, em uma vivência de sensibilização e aprendizado sobre as culturas e a organização social de cada etnia participante e dos povos indígenas em geral.

Confira mais fotos das edições anteriores:

d56266c5e13cd3953307a046f9840c35.jpgImagem: Anne Vilela/Aldeia Multiétnica

3ee19583e632f99dada9144272d973b1.jpgfcc699dc4cad749c3a8545aa07e07d84.jpeg

e8ba6cdc22ec371eb7e9596bdc8f3320.jpgImagem: Marcelo Santos / Aldeia Multiétnica

58a0f0db89d3632e83ef2127b012bebf.jpgImagens: Aldeia Multiétnica. Anne Vilela e Marcelo Santos Braga/Reprodução

A edição de 2019 da Aldeia Multiétnica terá entre os seus destaques uma das festas mais tradicionais do povo Krahô: o PEMP 'KAHÀC. Até ficarem adultos, os indígenas desta etnia passam por vários rituais de iniciação, que marcam as fases da vida (assim como a maioria das etnias indígenas). Existem três modalidades de Pemp ‘Kahàc: KATYTI, HARAPERE e KUKEN-YON-TXY. As crianças devem passar por todas elas. Na Aldeia Multiétnica, será realizada a KATYTI, que significa “esteiras grandes”. As crianças aparecem enfeitadas e encobertas por duas esteiras de adultos, que no final do ritual serão entregues de presente aos seus padrinhos. Tradicionalmente, esta é também uma maneira de renovar as esteiras da aldeia.ilização e aprendizado sobre as culturas e a organização social de cada etnia participante e dos povos indígenas em geral.

Para as pessoas que não participam da vivência, é possível adquirir o ingresso da visitação diária por R$ 50,00 (R$ 35 antecipado, no site). A visitação acontece de 13 a 19 de julho, das 14h às 18h.

S E R V I Ç O

XIII Aldeia Multiétnica

De 12 a 19 de Julho de 2019
Local: Estrada do Vale Verde, Alto Paraíso de Goiás - GO, 73770-000
Inscrições e Informações: e-mail [email protected]Pacotes 
Facebook: /encontrodeculturas e /casadeculturacavaleirodejorgealeirodejorge

Capa: Aldeia Multiétnica - Vivência Kayapó Mebêngokrê /Reprodução

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Mais Cultura

Descubra a história de 'Frei Confaloni' com o mais novo Museu de Goiânia

O Frei deixou pinceladas em dois murais a sua encantadora sensibilidade artística


+ Mais Cultura

Túnel do Mutirama é revitalizado e vira Museu de Arte Urbana a céu aberto em Goiânia

A equipe do Curta Mais esteve no local, veja como ficou a revitalização do espaço


+ Mais Cultura

Goiano lança seu primeiro livro 'O Mirante da Montanha' e surpreende no gênero romance

Autor escreveu o livro em 15 dias e registrou maior parte da história no celular



+ Mais Cultura

Confira a programação gratuita do Centro Cultural Oscar Niemeyer neste fim de semana em Goiânia

Programas gratuitos que envolvem toda a família: cinema infantil, yoga, oficinas e concertos são opções de lazer na capital goiana


+ Mais Cultura

Cora Coralina 130 anos: Veja a agenda de homenagens à poetisa

20 de agosto começa o Ano Cora Coralina; 365 dias dedicados a memória e a arte de Cora


+ Mais Cultura

Incrível máquina de livros chega a Anápolis nesta sexta-feira

O projeto itinerante tem como objetivo incentivar a leitura ao redor do país de uma forma diferenciada e mágica


+ Mais Cultura

Goiânia recebe primeira exposição de artes e retratos autorais por João Moura Varanda

O artista de apenas 23 anos chama atenção com traços tortos que transmitem seu universo particular: "Quase todo artista tem um pouco de si mesmo em sua arte", conta


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.