13/12/2018 22:36
Cinema / Em cartaz

Confira programação de filmes e mostras especiais do IV Fronteira Festival em Goiânia

Exibições especiais não competitivas, homenagem a Roberto Rossellini e a cineastas na fronteira

Júlia
por Júlia Marreto

O IV Fronteira – Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental apresenta a lista completa de filmes questionadores, instigantes e inventivos de todas as partes do mundo a serem exibidos em suas diferentes mostras. Além das competitivas de curtas e longas-metragens, o festival prevê mostras especiais não competitivas, com comentários de realizadores, professores e críticos de cinema. São elas: Atualidade Rossellini, Cineastas na Fronteira – Lee Anne Schmitt + Stephen Broomer, Cadmo e o Dragão, Às Primaveras que Virão, Experimentos da Diáspora Africana, Visões da Destruição, Exibições especiais e Sessão especial com acompanhamento ao vivo da Onomatorquestra, além das sessões de abertura e encerramento do evento.

SESSÃO DE ABERTURA

165708, Josephine Massarella (Canadá, 2017, 7’)

Djamilia, Aminatou Echard (França, 2018, 84’)

COMPETITIVA INTERNACIONAL DE LONGAS-METRAGENS

Eles Ainda Queimam (Essi Bruciano Ancora), Felice D’Agostino e Arturo Lavorato (Itália / França, 2017, 93’)

Era Uma Vez Brasília, Adirley Queirós (Brasil, 2017, 99’)

Eu Sou o Rio, Anne e Gabraz (Brasil, 2017, 78’)

Mariana, Chris Gude (Colômbia, 2017, 64’)

Os Olhos da Libélula (Dragonfly Eyes), Xu Bing (China, 2017, 81’)

Ouroboros, Basma Alsharif (França / Palestina / Bélgica / Catar, 2017, 77’)

Terra Solitária (Tierra Sola), Tiziana Panizza (Chile, 2017, 107’)

Tremor – É Sempre Guerra (Tremor – Es is immer Krieg), Annik Leroy (Bélgica, 2017, 92’)

COMPETITIVA INTERNACIONAL DE CURTAS-METRAGENS

PROGRAMA 1 - ESTADOS DE EMERGÊNCIA

Anti Objetos, Ou Lugar Sem Trajeto ou Fronteira (Anti-objects or Space without Path or Boundary), Sky Hopinka (EUA, 2017, 13’)

Babilônia (Babylon), Keith Deligero (Filipinas, 2017, 20’)

Filme de Rua, Joanna Ladeira, Paula Kimo, Zi Reis, Ed Marte, Guilherme Fernandes e Daniel Carneiro (Brasil, 2017, 24’)

Miragem Meus Putos, Diogo Baldaia (Portugal, 2017, 24’)

Poço dos Desejos (Wishing well), Sylvia Schedelbauer (Alemanha, 2018, 13’)

 

PROGRAMA 2 - O MUNDO QUE FALTA

Chama (Polte), Sami Van Ingen (Finlândia, 2018, 15’)

Encontrar o 21º Dia (To Find the Day 21st), Kieko Ikehata (Japão, 2017, 13’)

Frases Fantásticas (Phantasiesätze), Dane Komljen (Alemanha, 2017, 17’)
Mondo LXXV, Rei Souza (Brasil, 2017, 7’)

Pedra Do Sol (Sunstone), Filipa César e Louis Henderson (França / Portugal, 2018, 34’)

Terra Arrasada N. 1 (Wasteland N. 1), Jodie Mack (EUA, 2017, 4’)


PROGRAMA 3 - PAISAGENS DA MEMÓRIA

O Turista No Espelho, Lourival Belém Jr. (Brasil, 2018, 26’)

Homem Negro Sem Identificação (Hombre Negro Sin Identificar), Javier Extremera Rodríguez (Espanha, 2017, 16’)

Rosa, Saif Alsaegh (EUA, 2018, 17’)

Rua dos Construtores, n. 3 (3rd Builders’ Street), Pim Zwier (Países Baixos, 2018, 13’)

Travessia, Safira Moreira (Brasil, 2017, 5’)

Nu Dem, Jennifer Saparzadeh (Áustria / EUA / Grécia, 2017, 9’)

Armadilha (Decoy), Alee Peoples (EUA, 2017, 10’)


ATUALIDADE ROSSELLINI – MOSTRA RETROSPECTIVA

Alemanha, Ano Zero, Roberto Rossellini (Itália, 1948, 75’)

Descartes, Roberto Rossellini (Itália, 1974, 162’)

India, Matri Buhmi, Roberto Rossellini (Itália, 1959, 95’)

O Medo, Roberto Rossellini (Itália, 1954, 84’)

Paisá, Roberto Rossellini (Itália, 1946, 126’)

Roma Cidade Aberta, Roberto Rossellini (Itália, 1945, 100’)

Stromboli, Roberto Rossellini (Itália, 1950, 107’)

Rossellini Visto da Rossellini, Adriano Aprá (Itália, 1992, 62’)


CINEASTAS NA FRONTEIRA: LEE ANNE SCHMITT

A Trilha de Farnsworth (The Farnsworth Score), Lee Anne Schmitt (EUA, 2017, 28’)

A Última Caçada de Búfalos (The Last Buffalo Hunt), Lee Anne Schmitt (EUA, 2011, 78’)

California Company Town, Lee Anne Schmitt (EUA, 2008, 76’)

Mulher Filma a Noite (Womannightfilm), Lee Anne Schmitt (EUA, 2015, 12’)

O Expurgo da Terra (Purge This Land), Lee Anne Schmitt (EUA, 2017, 80’)

O Lago William (William’s Lake), Lee Anne Schmitt (EUA, 2015, 12’)

 

CINEASTAS NA FRONTEIRA: STEPHEN BROOMER

Águas Residuais (Wastewater), Stephen Broomer (Canadá, 2014, 1’)

Balinese Rebar, Stephen Broomer (Canadá, 2011, 3’)

Brébeuf, Stephen Broomer (Canadá, 2012, 10’)

Christ Church – Saint James, Stephen Broomer (Canadá, 2011, 6’)

Conservatório (Conservatory), Stephen Broomer (Canadá, 2013, 3’)

Correntes Selvagens (Wild Currents), Stephen Broomer (Canadá, 2015, 6’)

Espíritos da Estação (Spirits In Season), Stephen Broomer (Canadá, 2013, 12’)

Fontes de Paris (Fountains Of Paris), Stephen Broomer (Canadá, 2018, 9’)

Forma de Relevo 1 (Landform 1), Stephen Broomer (Canadá, 2015, 2’)

O Cais da Rainha (Queen’s Quay), Stephen Broomer (Canadá, 2012, 1’)

O Fantasma de Pepper (Pepper’s Ghost), Stephen Broomer (Canadá, 2013, 18’)

Potamkin, Stephen Broomer (Canadá, 2017, 67’)

Variações de um Tema de Michael Snow (Variations On A Theme By Michael Snow), Stephen Broomer (Canadá, 2015, 7’)


CADMO E O DRAGÃO

Diriti de Bdé Buré, Silvana Belini (Brasil, 2018, 18’)

Estou na Cachoeira, Lucas Matheus (Brasil, 2017, 21’)

Família S2, João Henrique Pacheco (Brasil, 2017, 6’)

Kris Bronze, Larry Sullivan (Brasil, 2018, 23’)

Sr. Raposo, Daniel Nolasco (Brasil, 2018, 22’)

Wide Awake, Rafael de Almeida (Brasil, 2018, 7’)


EXIBIÇÕES ESPECIAIS

Baixo Centro, Ewerton Belico (Brasil, 2018, 80’)

Diários de Classe, Maria Carolina e Igor Sousa (Brasil, 2017, 72’)

Hengyoro – Caminhos Estranhos (Hengyoro), Takamine Go (Japão, 2017, 81’)

Protótipo (Prototype) – 3D, Blake Williams (Canadá, 2017, 62’)


MOSTRA ESPECIAL: VISÕES DA DESTRUIÇÃO


PROGRAMA 1 - EMINÊNCIAS DA MORTE

Tão Longe, Tão Perto (Si loin si proche), Jean Claude Rousseau (França / Japão, 2016, 26’)

25 Cines/seg, Luis Macías (Espanha, 2017, 29’)

Festejo Muito Pessoal, Carlos Adriano (Brasil, 2016, 8’)


PROGRAMA 2 - JANELAS PARA O HORIZONTE

A Vila (La Villa), Jean-Claude Rousseau (France, 2017, 11’)

Aliens, Luis López Carrasco (Espanha, 2017, 23’)

Cavalgue Como um Raio, Exploda Como um Trovão (Ride Like Lightning, Crash Like Thunder), Fern Silva (EUA, 2017, 8’)

Conforto das Estações (Comfort Stations), Anja Dornieden e Juan David Gonzalez Monroy (Alemanha, 2018, 26’)

Coração da Montanha (Heart Of A Mountain), Parastoo Anoushahpour, Faraz Anoushahpour e Ryan Ferko (Taiwan / Canadá, 2017, 15’)

Entre Relacionar e Usar (Between Relating And Use), Nazli Dinçel (Argentina / EUA, 2018, 9’)

Fosfeno, David Gómez Alzate (Alemanha, 2018, 11’)

Ladridos, Yuji Kodato e Gabriela Ruvalcaba (Cuba / Brasil / México, 2017, 9’)


PROGRAMA 3 - REVIVER O MUNDO

Branco (Blanche), Marc Hurtado (França, 2017, 34’)

Luz Vazada, Mancha do Amor (Light Lick, Love Stain), Saul Levine (EUA, 2018, 3’)

Patiras, Jacques Perconte (França, 2017, 33’)

Plus Ultra, Helena Girón e Samuel M. Delgado (Espanha, 2017, 13’)

Útero (Womb), Scott Barley (Reino Unido, 2017, 16’)


MOSTRA ESPECIAL: EXPERIMENTOS DA DIÁSPORA AFRICANA

Arsênio Açucarado (Sugarcoated Arsenic), Kevin Jerome Everson e Claudrena N. Harold (EUA, 2014, 20’)

Como eu Poderia me Atrasar (How Can I Ever Be Late), Kevin Jerome Everson e Claudrena N. Harold (EUA, 2017, 4’)

Fronteiras Fluidas (Fluid Frontiers), Ephraim Asili (Canadá / EUA, 2017, 23’)

Mahogany Também (Mahogany Too), Akosua Adoma Owusu (Gana / EUA, 2018, 3’)

Nós exigimos (We Demand), Kevin Jerome Everson e Claudrena N. Harold (EUA, 2016, 10’)

O Lamento do Jazz (The Cry Of Jazz), Ed Bland (EUA, 1959, 34’)


MOSTRA ESPECIAL: ÀS PRIMAVERAS QUE VIRÃO

Ainda Maio (Joli Mai), Sylvain George, (França, 2017, 13’)

Blues do Deslocamento (Dislocation Blues), Sky Hopinka (EUA, 2017, 16’)

Informes da Nova Esquerda (New Left Note), Saul Levine (EUA, 1968 – 1982, 28’)

Lamentos da Destruição (Cry Havoc), Guli Silberstein (Reino Unido, 2017, 6’)

O Manifestante Integral (Le Passánt Integral), Léo Richard (França, 2017, 12’)

Secundas, Cacá Nazário (Brasil, 2017, 20’)

Um pouco da brasa que voa (Un Peau de Feu Que Volé), Sylvain George, (França, 2017, 11’)


SESSÃO ESPECIAL COM ACOMPANHAMENTO DA ONOMATORQUESTRA

Caminho dos Gigantes, Alois de Leo (Brasil, 2016, 12’)

Em Terra (At Land), Maya Deren (EUA, 1946, 15’)

Estudo em Coreografia para a Câmera (A Study in Coreography for Camera), Maya Deren (EUA, 1946, 4’)


SESSÃO DE ENCERRAMENTO

Arruína Teu Reino (Ruinas tu Reino), Pablo Escoto (México, 2016, 64’)

 

Serviço

IV Fronteira Festival 

Data: 12 a 21 de abril de 2018

Local: Cinema Lumière Banana Shopping – Avenida Araguaia, Centro, Goiânia

Mais info: Fronteira Festival  | Facebook

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Cinema

Goiânia recebe a 18ª Mostra Curtas com entrada gratuita

Evento traz palestras, debates, lançamentos literários e muito mais


+ Cinema

Confira a programação do DIGO 2018 em Goiânia!

Goiás é destaque mundial do cinema em festival de filmes gratuito


+ Cinema

União de Cineclubes de Goiânia faz amostra gratuita de filmes

A sessão traz alguns dos filmes vencedores da AFIC 2018


+ Cinema

20 filmes que estreiam no cinema na primeira quinzena de maio

Os filmes possuem temáticas desde musicais até guerra de monstros


+ Cinema

Escola de idiomas realiza sessões de filmes em Goiânia

Obras em alemão, espanhol, inglês, francês e italiano serão reproduzidas em seu idioma original


+ Cinema

10 filmes que falam abertamente sobre homossexualidade

Os preconceitos, os medos e as dificuldades enfrentados na vida real


+ Cinema

Ingressos para Deadpool 2 já estão em pré-venda em Goiânia; confira pôster e trailer

A pré-venda de ingressos de Deadpool 2 já está acontecendo nas principais redes de cinema da cidade


+ Cinema

Goiânia recebe programa cultural gratuito para quem gosta de cinema

Estudantes aderem ao cineclubismo para melhor aprendizagem nas universidades


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.