22/09/2019 17:39
Curiosidades / Histórias

Conheça a artista de rua que faz acrobacias amarrada em uma árvore no Centro de Goiânia

A colombiana Alejandra Martinez usa a rua como palco de sua arte

Bianca
por Curta Mais

Curta Mais, conhecido por mostrar sempre o melhor lado de Goiânia e por estar sempre contando boas histórias, desta vez nos deparamos com uma jovem artista de rua, realizando várias acrobacias em um tecido amarrado em uma árvore, no meio da rua no centro da capital, chamando a atenção de todos que passam pelo local.

3523566cb4bf02d4f02293afaca7b082.jpgFoto: Marcos Aleotti | Curta Mais

Goiânia, que já é um celeiro de artistas de rua de várias partes do mundo, nos encontramos com Alejandra Martinez de 28 anos, natural da Colômbia e que já vive no Brasil há quase três anos.

Sua modalidade é o tecido acrobático, que é um esporte originalmente circense de acrobacia aérea executada em um longo tecido suspenso na maioria das vezes pela metade e com as duas pontas penduradas, fazendo diversas manobras como giros, inversões e quedas.

53cf8b7e598e6db5e9636ff30f67f9e4.jpgFoto: Marcos Aleotti | Curta Mais

O primeiro contato da artista foi há cerca de 8 anos, quando Alejandra morava e fazia faculdade na Colômbia, de artes plásticas. Certo dia, um amigo amarrou em uma árvore e começou a fazer acrobacias, em plena a faculdade, na mesma hora, Alejandra ficou encantada e disse: "Nossa, que demais! eu quero muito aprender a fazer isso". Logo ela pediu para o amigo a ensinar, e começou a treinar todos os dias. Já apaixonada pelo tecido, foi se aperfeiçoando a cada dia e se envolvendo cada vez mais pela arte circense.

a0a93fb812887a6e9998fa800bf9a2c1.jpgFoto: Marcos Aleotti | Curta Mais

A artista conheceu vários países da América Latina através da sua arte. Por onde passa, está sempre amarrando seu tecido em uma árvore e fazendo acrobacias, sempre chamando bastante atenção.

Sem uma rota definida, Alejandra e seu marido (que também trabalha com circo) param por acaso em Goiânia. Por aqui conheceram uma escola de circo, e a artista ficou interessada em aprender mais sobre essa arte que a acompanha.

93ffa2d083d5ff167bea15a127e66b34.jpgFoto: Marcos Aleotti | Curta Mais

A jovem já está há dois anos por aqui, exibindo sua arte pelas ruas de Goiânia e dividindo seu tempo estudando na escola de circo do Basileu França.

Por aqui não foi diferente, como em todo os outros lugares que Alejandra passou, achou uma árvore em um sinal e por lá amarrou seu tecido. A jovem costuma se apresentar sempre na Av. Goiás com a Rua 1, no Centro, as vezes revezando entre o final da manhã e no final da tarde.

5cdb47e90e8b976bac3f03d765a860a7.jpg

116e8143b632feb24774dc44775d13d1.jpgFotos: Marcos Aleotti | Curta Mais

Ela conta que a aceitação do público tem sido boa, apesar que Goiânia tem vários artista de ruas nos sinais, todos quando passam por ela, ficam admirados com sua arte, acham bem diferente, por amarrar seu tecido em uma árvore em pleno centro da capital e tendo a cidade como palco de sua arte.






Visualizar esta foto no Instagram.











Uma publicação compartilhada por Guia Curta Mais (@curtamais) em

Fotos e Pauta: Marcos Aleotti | Curta Mais

2f60fe1a65beeb3c57293c9c1194f409.png

Siga Curta Mais nas redes sociais:

Curta Mais no Facebook

Curta Mais no Instagram

Curta Mais no Twitter


NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Curiosidades

6 coisas que todo jovem dos anos 90 já fez (ou viveu)

Aquela lista nostálgica que vai matar saudade só pra quem foi jovem de verdade nos anos 90


+ Curiosidades

10 coisas para fazer com o dinheiro do FGTS se você for goiano

Na lista tem "ostentação", dicas toscas e, também, boas sugestões para ajudar os indecisos.


+ Curiosidades

Estudante de Goiânia vende bolos fitness para participar de Congresso em Portugal: 'Comecei com 100 reais'

Matheus é estudante de Direito e teve a ideia vendo a tia fazer bolos


+ Curiosidades

Governo da Itália oferece mais de 3 salários mínimos por mês pra você se mudar pra lá

A oferta é paga durante 3 anos e, em contrapartida, é preciso abrir um negócio em uma cidade italiana


+ Curiosidades

Tá quente né? Pois é, em Goiás até o vento tá 'pegando fogo'

'Tá muito quente em Goiás, né. Mas pelo menos tá ventando? Tá também'


+ Curiosidades

9 dicas de como tirar ótimas fotos usando apenas o celular

Aprenda com profissionais e não erre mais, usando dicas super simples


+ Curiosidades

20 motivos para não perder a Campus Party em Goiânia

Uso o código #CurtaMaisnaCPGOIAS e ganhe R$ 40,00 de desconto no ingresso



MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.