12/12/2019 18:00
Notícias / Conteúdo

Família de João Gilberto começou disputa pela herança no dia do enterro cantor

O Artista morreu aos 88 anos de idade há poucos dias e no mesmo dia do enterro já se iniciaram as brigas na família pela herança milionária deixada por João Gilberto.

Marcelo
por Curta Mais

Reportagem do jornal O Globo informa que, enquanto o corpo de João Gilberto era velado no Teatro Municipal, na segunda-feira, já se davam nos bastidores as primeiras movimentações jurídicas em torno do espólio do artista. Sua filha Bebel Gilberto e Maria do Céu Harris (que se coloca como companheira do músico) entraram com pedidos de inventário naquele mesmo dia — ambas reclamando o direito de cuidar do processo. A disputa dá sequência a uma batalha judicial na qual elas já vinham em campos opostos — em 2017, Bebel solicitou a interdição de João, que Maria do Céu (aliada a João Marcelo, também filho do cantor) contestava. “Bebel, como curadora, assumiu a gestão do patrimônio do pai. Com o falecimento dele, para que ela possa cumprir com diversas obrigações que existem, agora precisa trocar a curatela pela inventariança”, argumenta Simone Kamenetz, advogada de Bebel.

De acordo com a publicação, a tentativa de Bebel e Maria do Céu gerirem o inventário de João é apenas parte das disputas que se iniciam com a morte do músico. Em 4 de setembro de 2003, ele escriturou um testamento — ao qual O GLOBO teve agora acesso exclusivo. Nele, determinou que seus bens fossem partilhados entre os filhos João Marcelo e Bebel (à época, sua caçula Luisa, filha de Cláudia Faissol, hoje com 15 anos, ainda não era nascida) e Maria do Céu — apesar de o documento trazer a informação de que “o testador declara, por fim, que não tem companheira”.

Como a lei afirma que 50% da herança têm que ser divididos entre os filhos, João dispôs dos outros 50% repartindo-o em partes iguais entre Maria do Céu e os filhos. Em conversas com advogados ontem, Cláudia disse estar preparada para enfrentar e contestar uma eventual ação de reconhecimento de união estável movida por Maria do Céu. Cláudia teria conseguido ainda, em 2017, a revogação do testamento, completa o Jornal O Globo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Pesquisas revelam que Pequi é um forte aliado contra o Lúpus e Diabete

O fruto foi transformado em remédio medicinal à base de cápsulas e age contra diversas doenças


+ Notícias

Coletivo Tremma reúne arte, moda e experiências com entrada gratuita em Goiânia

O evento que prioriza o ‘conforto’ reúne moda e arte em rodas de conversa junto à marcas autorais


+ Notícias

UEG abre processo seletivo para professores e intérpretes de Libras em Goiás

As inscrições devem ser feitas até o dia 29 de dezembro


+ Notícias

Justiça Federal determina que PRF volte a usar radares nas rodovias

Decisão derruba ordem do governo federal, que havia suspendido uso dos aparelhos


+ Notícias

Whindersson Nunes e Priscilla Alcantara lançam a música 'Girassol', uma reflexão sobre o valor da vida

A letra da canção foi composta pelo youtuber em maio, após o falecimento do cantor e grande amigo dele, Gabriel Diniz


+ Notícias

Filme de Natal do Porta dos Fundos na Netflix gera polêmica e boicote de grupos cristãos

Mais de 1 milhão de pessoas já se uniram num abaixo assinado pedindo a retirada do filme.


+ Notícias

O comercial de fim de ano do vagalume do Bradesco que está fazendo todo mundo se emocionar; vídeo

A campanha #BrilheDoSeuJeito mostra a amizade de um vagalume que não brilha e uma criança com síndrome de Down


+ Notícias

10 coisas que todo turista precisa conhecer (ou fazer) em Goiânia

De pequi à pamonha, Goiânia tem a cultura mais rica do país


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.