24/02/2020 04:42
Curiosidades / Inovação e Tecnologia

Gatos vs Cães: Segundo estudo, amantes de gatos são mais inteligentes que amantes de cachorro

Há uma antiga rivalidade entre “Amantes de cão” e “amantes de gato” e este estudo promete acirrar ainda mais este atrito. 

Tainá Luíza
por Tainá Luíza Barreto Marques

Há uma antiga rivalidade entre amantes de cães e amantes de gatos. Este estudo prova que os grupos realmente tem personalidades bem diferentes.

A equipe de pesquisadores de psicologia da Universidade de Carroll em Waukesha, Wisconsin, entrevistaram cerca de 600 estudantes universitários e perguntaram se eles se identificam como amantes de cães ou amantes de gatos, e quais são as qualidades de seus animais de estimação que eles achavam mais atraentes. Além disso, os participantes também responderam uma série de perguntas para avaliar sua própria personalidade.

No geral, mais pessoas se declararam amantes de cães do que amantes de gatos: cerca de 60% dos participantes se identificaram como amantes de cães, em comparação a 11% que disseram ser amantes de gatos. Além disso, os apreciadores de gatos pontuaram mais no quesito inteligência quando comparados aos de cães.

Os adoradores de cães elegeram o companheirismo como a qualidade mais atraente de seus animais de estimação, enquanto os donos de gato disseram preferir a afetividade de seus pets.

Segundo o pesquisador Denise Guastello, uma das justificativas para as diferenças de personalidade pode estar nos tipos de ambientes frequentados pelos donos, fazendo sentido donos de cães serem mais animados, porque eles costumam sempre estar em ambientes externos, passeando com o animal e conversando com outras pessoas, enquanto os donos de gatos não precisam passear com seu animal, preferindo ler um livro em casa e se mostrando mais introvertido. 

Dessa forma, as pessoas que disseram preferir cães, tendiam a ser mais animadas, energéticas e extrovertidas, além disso, também tendiam a seguir as regras de forma mais rigorosa. Por outro lado, os amantes de gatos se mostraram mais introvertidos, compreensivos e sensíveis, além de preferirem a conveniência ao cumprimento de regras, tendendo a serem não-conformistas. 

É possível que as pessoas escolham animais com base em sua própria personalidade, disse Guastello. Por exemplo, os gatos são muitas vezes vistos como animais independentes e cautelosos quanto aos outros. "Se você é assim, você aprecia isso em um animal, e essa será a melhor escolha para você", disse Guastello.

É difícil saber se os resultados se aplicam a outros grupos etários, já que a pesquisa envolveu estudantes universitários, mas estudos anteriores com outras pessoas de diferentes faixas etárias, tiveram resultados semelhantes. Segundo Guastello, entender as razões que levam as pessoas a se identificarem com gatos ou cães podem ajudar a melhorar a terapia assistida por animais de estimação, promovendo um melhor relacionamento entre donos e seus pets. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Curiosidades

12 curiosidades sobre a história do Carnaval que você provavelmente não sabia

Diferentemente do Natal e da Páscoa, pouca gente sabe o significado dessa festa


+ Curiosidades

Artista europeu ilustra monumentos de Goiânia: 'arquitetura fabulosa' diz ele

Confira a arquitetura de Goiânia através dos olhos e mãos de André Chiote


+ Curiosidades

Dj goiano que tocou por mais de 31 horas sem parar em 2019 promete dobrar o tempo este ano

Com este tempo, Alan hoje tem o oitavo maior set do mundo e o terceiro maior do Brasil


+ Curiosidades

Mas é verdade que o bairro Jardim Novo Mundo, em Goiânia, foi construído por americanos?

Os nomes das ruas e avenidas do bairro fazem referência as cidades e personalidades do continente americano


+ Curiosidades

Afinal, a década termina em 2019 ou 2020?

As retrospectivas tomaram conta da internet e também o debate sobre quando (de fato) termina a década


+ Curiosidades

17 maiores salários das estrelas de Hollywood em 2019

Inegavelmente, a sétima arte foi uma das maiores locomotivas econômicas desse ano


+ Curiosidades

Sabrina Sato mostra o lado real da maternidade e admite: 'Não é tudo maravilhoso'

Sabrina fala da perda de apetite sexual após maternidade mas garante que o relacionamento vai bem


+ Curiosidades

Ouvir música pode reduzir estresse de quem está começando a dirigir, diz estudo

Estudo brasileiro, conduzido por pesquisadores da Unesp, incluiu apenas mulheres recém-habilitadas


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2020. Todos os direitos reservados.