22/06/2018 06:21
Notícias / Conteúdo

Goiana foi eleita uma das personalidades mais influentes do mundo pela Time

Celina Turchi e jogador Neymar são os únicos brasileiros na lista dos 100 mais influentes do mundo

por Curta Mais

Anualmente, a revista estadunidense 'Time' elege as 100 personalidades mais influentes do mundo. Neste ano, os brasileiros que figuraram na lista foram a médica goiana Celina Turchi e o jogador do Barcelona, Neymar.

A médica, natural de Goiânia, entrou pra história mundial da medicina ao descobrir a relação entre a microcefalia e o vírus da zika. Turchi foi reconhecida na categoria 'Pioneers' (Pioneiros, em português). Em dezembro de 2016, sua pesquisa teve notoriedade mundial pela revista 'Nature', quando apareceu no ranking dos 10 cientistas mais importantes do mundo.

"Turchi é apaixonada, motivada e um modelo de liderança global e de colaboração necessárias para a proteção da saúde humana.", afirma na publicação o ex-diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), Tom Frieden.

Entre os pioneiros, a lista é liderada por Riz Ahmed, ator e cantor britânico, Samantha Bee, apresentadora de TV norte-americana focada na luta das mulheres, e pelo rapper Chance the Rapper, conhecido por disponibilizar os seus álbuns na Internet em vez de os vender.

Confira aqui a lista completa.

Sobre Celina Turchi
Celina Maria Turchi formou-se em Medicina pela Universidade Federal de Goiás no ano de 1981, possui mestrado em epidemiologia pela London School of Hygiene & Tropical Medicine/UK e doutorado pelo Departamento de Medicina Preventiva da USP.

A pesquisa
Quando Celina e seus colegas começaram suas pesquisas o conhecimento sobre o zika era extremamente limitado, não havia consenso em relação à definição de microcefalia. "Nem em meu maior pesadelo como epidemiologista eu havia imaginado uma epidemia de microcefalia em bebês", pontuou a pesquisadora à revista 'Nature'.

Turchi integrou uma rede de epidemiologistas, pediatras, neurologistas e biólogos que levou a resultados "formidáveis", que permitiu gerar evidências suficientes para ligar a infecção por zika e a doença no primeiro trimestre da gravidez.

Sua ação contrariou parte da comunidade médica, que não acreditava em sua tese.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Torcedores brasileiros zoam Argentina em paródia de 'La casa de papel' e vídeo viraliza

'O Di Maria, o Mascherano, o Messi tchau, o Messi tchau, o Messi tchau, tchau, tchau'


+ Notícias

Galeria promove noite de jazz em Goiânia

Set list é realizado pelo DJ paulista Dudão Melo


+ Notícias

Com entrada gratuita, bazar de Desapego de Luxo acontece em Goiânia

O evento reunirá uma variedade em roupas, sapatos, bolsas e acessórios femininos e masculinos de grife


+ Notícias

Porão do Mané Garrincha terá evento especial durante Jogo do Brasil contra a Costa Rica na Copa

Os portões abrem às 8h e só devem fechar pouco antes da meia noite!


+ Notícias

Goiânia recebe turnê latino-americana do Led Zepagain

Vai ter atração de 'Rock and Roll' internacional na cidade



+ Notícias

Instagram anuncia plataforma de vídeos de longa duração

Após alguns boatos, finalmente a rede social disponibiliza novo suporte para videos de até uma hora



MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.