26/04/2018 02:26
Notícias / Conteúdo

Goiana foi eleita uma das personalidades mais influentes do mundo pela Time

Celina Turchi e jogador Neymar são os únicos brasileiros na lista dos 100 mais influentes do mundo

por Curta Mais

Anualmente, a revista estadunidense 'Time' elege as 100 personalidades mais influentes do mundo. Neste ano, os brasileiros que figuraram na lista foram a médica goiana Celina Turchi e o jogador do Barcelona, Neymar.

A médica, natural de Goiânia, entrou pra história mundial da medicina ao descobrir a relação entre a microcefalia e o vírus da zika. Turchi foi reconhecida na categoria 'Pioneers' (Pioneiros, em português). Em dezembro de 2016, sua pesquisa teve notoriedade mundial pela revista 'Nature', quando apareceu no ranking dos 10 cientistas mais importantes do mundo.

"Turchi é apaixonada, motivada e um modelo de liderança global e de colaboração necessárias para a proteção da saúde humana.", afirma na publicação o ex-diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), Tom Frieden.

Entre os pioneiros, a lista é liderada por Riz Ahmed, ator e cantor britânico, Samantha Bee, apresentadora de TV norte-americana focada na luta das mulheres, e pelo rapper Chance the Rapper, conhecido por disponibilizar os seus álbuns na Internet em vez de os vender.

Confira aqui a lista completa.

Sobre Celina Turchi
Celina Maria Turchi formou-se em Medicina pela Universidade Federal de Goiás no ano de 1981, possui mestrado em epidemiologia pela London School of Hygiene & Tropical Medicine/UK e doutorado pelo Departamento de Medicina Preventiva da USP.

A pesquisa
Quando Celina e seus colegas começaram suas pesquisas o conhecimento sobre o zika era extremamente limitado, não havia consenso em relação à definição de microcefalia. "Nem em meu maior pesadelo como epidemiologista eu havia imaginado uma epidemia de microcefalia em bebês", pontuou a pesquisadora à revista 'Nature'.

Turchi integrou uma rede de epidemiologistas, pediatras, neurologistas e biólogos que levou a resultados "formidáveis", que permitiu gerar evidências suficientes para ligar a infecção por zika e a doença no primeiro trimestre da gravidez.

Sua ação contrariou parte da comunidade médica, que não acreditava em sua tese.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Bailarina de Goiânia é indicada ao prêmio máximo do balé

Amanda Gomes possui várias premiações pelo mundo, mas não esperava ser indicada por um prêmio tão grandioso


+ Notícias

Aos 87 anos mulher conquista diploma de nutrição

Imigrante italiana escreveu o trabalho de conclusão de curso todo à mão


+ Notícias

Pico da Neblina ponto mais alto do Brasil volta a receber turistas a partir deste ano

Atividades serao realizadas pelo povo Yanomami que aposta no turismo para afastar ameça de garimpo


+ Notícias

5 receitas incríveis para convidar a galera e aproveitar sua panela elétrica de arroz

Amplie seus horizontes para além do arroz, tá mais que na hora de colocar sua panela pra trabalhar de verdade


+ Notícias

Alexandre Pato paga 6 meses de tratamento com injeções de R$ 18 mil contra câncer de internauta

Pato preferiu a discrição e se limitou a postar uma foto sua com a legenda: 'O amor é a força mais sutil do mundo'



+ Notícias

Projeto que torna Pit Dogs patrimônio histórico e cultural é aprovado em Goiânia

Prefeitura ficará impedida de remover os estabelecimentos caso o projeto seja aprovado em segundo turno


+ Notícias

Casados há 82 anos idosos adoecem e pedem para serem internados juntos no DF

"[quinta] perguntamos a ele se, quando casaram, se amavam muito. Meu avô respondeu que ainda ama, que é muito apaixonado por ela".


TV Curta Mais

MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.