25/05/2018 15:53
Serviço / Dicas

Mitos e verdades sobre o vírus H1N1

Esclarecimentos sobre as principais dúvidas em geral e no estado deGoiás

por Curta Mais

Muito se tem falado sobre o vírus H1N1, levando muitos goianos a buscar com urgência os centros de vacinação em diferentes pontos da cidade. Hoje, por exemplo, algumas pessoas levaram até cadeiras de praia e fizeram uso de máscaras de proteção enquanto aguardavam em filas para atendimento em uma clínica que está oferecendo a vacina em um dos shoppings mais famosos da capital.

Clique aqui para conferir onde se vacinar contra o H1N1 em Goiânia.

Mas será que todos sabem os mitos e verdades sobre o H1N1? Quanto de verdade e de mentira estão nas informações que circulam por grupos de Whatsapp e demais redes sociais? Confira a seguir uma lista com mitos e verdades sobre o vírus e fique por dentro de tudo!

1 | Gripe e resfriado são a mesma coisa

MITO: gripe é diferente de resfriado, que é uma infecção causada por vários tipos de vírus. É raro a aparecimento de febre em resfriado, mas é comum coriza, tosses e espirros. É mais brando, dificilmente gera complicações.

2 | A gripe pode matar

VERDADE: Se a gripe não for tratada a tempo, pode causar complicações graves, inclusive a morte, sobretudo nos grupos de alto risco, como crianças menores de cinco anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

3 | Lavar as mãos ajuda na prevenção contra a gripe

VERDADE: a lavagem das mãos exige certo cuidado e deve ser realizada com frequência. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o simples ato de lavar as mãos reduz em até 40% o risco de contrair doenças como gripe, diarreia, infecção estomacal, conjuntivite e dor de garganta.
Mas como lavar corretamente as mãos?
É recomendado usar água limpa e sabonete, lavar integralmente toda a superfície da mão, iniciando pelas palmas, com atenção também às pontas dos dedos, com o espaço entre eles, com as unhas, o dorso da mão e lavando até a região do punho. Esse processo pode ser complementado pela utilização de álcool em gel.

bcc1f17d391d0f5bc0b7d6b5f48ea2ba.jpg

Foto: Ilustração/Google/BlogHBPSCS.

4 | Beber bastante líquido ajuda a combater a gripe

VERDADE: beber bastante líquido (água, chá e sucos naturais) é fundamental para ajudar o organismo a combater a infecção causada pela gripe ou resfriado. A ingestão de líquido facilita ainda a eliminação da secreção que entope o nariz e deixa o pulmão carregado.

5 | Fumantes são mais vulneráveis ao vírus da gripe e resfriado

VERDADE: Isto acontece porque a toxina contida no cigarro degenera rapidamente o sistema imunológico. Os fumantes que estão com a gripe também têm mais propensão a desenvolver a fase mais grave da doença, uma vez que as células do pulmão estão mais danificadas, se compararmos com uma pessoa não-fumante.

6 | Pessoas a partir de 60 anos fazem parte do grupo prioritário de vacinação

VERDADE: além deles, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas aldeados, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas - e os funcionários do sistema prisional. As pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, incluindo pessoas com deficiências específicas, também devem se vacinar.

32ca081ddaebdd277df4a3e1ba7f7be6.jpeg

Foto: Ilustração/Google/brasil.gov.br

7 | Só quem pertence ao grupo prioritário ganha a vacina pelo SUS

MITO: O SUS oferece imunização para todas e todos. O que acontece é que a saúde pública trabalha com o conceito de saúde coletiva, que é pensar no bem estar do todo e não só do indivíduo. Neste momento de enfrentamento à gripe, após estudos dos dados epidemiológicos, concluiu-se que era mais viável imunizar estes grupos que são mais sensíveis aos sintomas da Influenza.

8 | É necessária a prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina para portadores de doenças crônicas

VERDADE: a prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina contra a gripe que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

9 | Há recomendações específicas para o tratamento de gripe ou resfriado para gestantes

VERDADE: A primeira delas - e a mais importante - é procurar uma Unidade de Saúde ou o médico que acompanha o seu pré-natal. O profissional de saúde lhe dará orientações personalizadas, de acordo com o seu histórico de saúde e do bebê. Além disso, é muito importante que a gestante não se automedique, beba bastante líquido e faça uma dieta equilibrada.

fc79c5c4f6aa7bed9a725036fbfc806d.jpg

Foto: Ilustração/Google/VIX.

10 | Algumas crianças tomam a vacina em duas etapas

VERDADE: De acordo com o Ministério da Saúde, o esquema de vacinação de duas doses da vacina contra a gripe é recomendado para as crianças de seis meses a menores de nove anos de idade (que tenham doença crônica, por exemplo, pois se encaixam no grupo prioritário) que serão vacinadas pela primeira vez, devendo-se agendar a segunda dose para 30 dias após a primeira.

11 | Quem já pegou a gripe H1N1 não precisa tomar a vacina

MITO: Quem foi infectado fica imunizado por um tempo, mas depois pode voltar a contrair a doença.

12 | Quem recebeu a vacina no ano passado precisa se vacinar novamente

VERDADE: A constante mudança dos vírus Influenza requer uma frequente reformulação da vacina, de forma que é necessário se vacinar anualmente contra a gripe.

5c6e1c5ac01b3d47f167eabb2d6a08f9.jpg

Foto: Ilustração/Google/g1.globo.com.

13 | Gestores locais da saúde têm autonomia para definir estratégias de vacinação da população prioritária

VERDADE: A partir do recebimento das vacinas, os gestores locais têm autonomia para definir estratégias de vacinação da população prioritária, observando a reserva adequada do produto para a campanha nacional. A entrega das vacinas aos municípios é de responsabilidade dos Estados. Quando o município necessita de mais doses, ele deve acionar o setor de imunização da Regional de Saúde Estadual que o atende.

14 | O Brasil possui um programa nacional para imunização

VERDADE: o Brasil possui o Programa Nacional de Imunizações (PNI), que não só oferece uma gama muito abrangente de vacinas, como essas são conservadas e aplicadas de forma adequada, não havendo justificativa técnica para não se deixar vacinar nas Unidades de Saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). Os êxitos alcançados pelo PNI renderam reconhecimento e respeitabilidade mundial ao Brasil.

15 | Há uma epidemia, atualmente, em Goiás

MITO: no momento, existe apenas a possibilidade de epidemia H1N1 em Goiás, caso o aumento no número de casos persista nas próximas semanas.

16 | Ainda não há previsão para chegada das vacinas pelo SUS em Goiás

MITO: segundo a gerente de vigilância epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Magna Maria de Carvalho, o período de vacinação está previsto para o próximo dia 23 e vai até o dia 1º de junho.

Clique aqui e saiba como diferenciar um resfriado de uma gripe comum ou uma gripe H1N1.

Para a produção desta matéria, foram retiradas informações somente de sites de organizações públicas de saúde do Brasil.
Fotos de capa: fila de espera pela vacina hoje pela manhã, em Goiânia/Ilustração-Google.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Serviço

IFG abre concurso para contratação de 21 professores com salário de até R$ 9,5 mil, em Goiás

A carga horária é de 40 horas semanais e estão disponíveis vagas para diversas cidades do estado


+ Serviço

Sine Municipal oferta 145 vagas de emprego disponíveis em Goiânia

Há vagas para armador de estrutura de concreto, cozinheiro industrial, corretor de imóveis, estoquista e muito mais, confira!


+ Serviço

Fundação Getúlio Vargas oferece mais de 40 cursos online gratuitos com certificado de horas

Ao todo, são mais de 50 cursos em diversas áreas, como Economia e Finanças, Educação e Humanidades, Direito, Relações Internacionais, Marketing e Vendas


+ Serviço

Novidade na recarga do Cartão Fácil promete aumentar a segurança dos usuários de ônibus em Goiânia

RedeMob ampliou as formas de pagamento em terminais da cidade


+ Serviço

Grupo oferece aulas de dança gratuitas em Goiânia

As imersões são abertas para todas as pessoas


+ Serviço

7 clínicas que oferecem atendimento psicológico gratuito em Goiânia

Iniciativas acessíveis para pessoas de todas as idades na cidade


+ Serviço

Onde comprar os queijos recheados que estão na moda em Goiânia

Recheio de doce de leite, goiabada e mais!


+ Serviço

Confira o cronograma de vacinação 2018 contra o H1N1 em Goiás

Vacina trivalente também protege contra o H2N3 e o influenza B


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.