21/09/2019 03:01
Turismo / Turismo em Goiás

O que fazer em Alto Paraíso em Goiás

Um dos destinos turísticos mais procurados de Goiás tem vibe alternativa e inúmeras belezas naturais

por Curta Mais

Destino com ares místicos e inúmeras belezas naturais, Alto Paraíso é uma das cidades mais significativas para o turismo de Goiás. Abrigando a porta de entrada da Chapada dos Veadeiros, a cidade é célebre por sua vibe alternativa, que atrai muitos místicos: eles acreditam que as vibrações magnéticas do subsolo, geradas por uma grande placa de quartzo, sejam o motivo da cidade ser tão especial, recebendo visitas de alienígenas e fazendo da cidade um chacra do mundo. Por lá, é fácil encontrar locais que oferecem terapias alternativas, como o reike.

Além do esoterismo, Alto Paraíso conta com 120 cachoeiras catalogadas e outras riquezas naturais, que fazem da cidade um destino também procurado pelos fãs de aventuras e esportes radicais.

Seja pela pegada zen ou pelo lado aventureiro, Alto Paraíso já conquistou o coração de muitos viajantes ao redor do Brasil e do mundo. Com tantas riquezas, é difícil resumir os motivos para se apaixonar por Alto Paraíso. Curta Mais selecionou 10 razões para amar Alto Paraíso, em uma lista com os principais pontos turísticos da cidade e algumas novidades nem tão conhecidas assim. Pode arrumar as malas, chamar os amigos, e boa viagem!

 

Povoado de São Jorge

9º

9º Encontro de Culturas Tradicionais | Foto: thiagooferreira

Distrito de Alto Paraíso, o charmoso povoado de São Jorge é perfeito para quem quer diminuir o ritmo e curtir o contato com a natureza. O povoado é a única entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, recebendo inúmeros turistas todos os anos. Rica em quartzo, a vila também tem aura mística, que se espalha também para as águas das cachoeiras que abriga. Um dos períodos mais movimentados em São Jorge é durante o mês de julho, quando é realizado o tradicional Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros.

 

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Chapada

Foto: Goiás Turismo

Criado em 1961 para proteger mais de 65 mil hectares de natureza típica do cerrado, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros também foi declarado Patrimônio Mundial Natural em 2001 pela UNESCO. Localizado entre os municípios de Alto Paraíso e Cavalcante, a Chapada dos Veadeiros atrai turistas de todos os perfis: aventureiros, tranquilos, esotéricos e céticos se encontram em um local cheio de cachoeiras, trilhas e muitas outras belezas naturais.

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

Como chegar: Atualmente, o único acesso à Chapada dos Veadeiros se dá pela vila de São Jorge, distrito de Alto Paraíso. Alto Paraíso fica a 444km de Goiânia, com acesso pela BR-060 e BR-010. São Jorge fica a 30km de Alto Paraíso, com acesso pela GO-239.  A entrada para a Chapada dos Veadeiros fica a 1km de São Jorge e 36km de Alto Paraíso.

Visitação: A visitação ao Parque acontece a partir das 08h, com entrada liberada até às 12h e saída até às 18h. É permitido o acesso a apenas 500 pessoas por dia, então fica a dica: para períodos de grande visitação, como o carnaval, chegue cedo ao local. Não é necessário ter guias para fazer as trilhas da Chapada dos Veadeiros, mas a visita guiada é recomendada em períodos chuvosos. Os guias cobram R$150 por dia para grupos de até 10 pessoas. O período ideal de visitação do Parque é de junho a novembro, entre os períodos de seca e chuva.

 

Vale da Lua

Vale

 

Foto: Gus Valentim

Talvez um dos atrativos mais conhecidos de Alto Paraíso seja o Vale da Lua, que com suas formações rochosas e águas cristalinas, o local é nacionalmente reconhecido por sua beleza e é um dos destinos preferidos do público que visita Alto Paraíso, São Jorge e a Chapada dos Veadeiros. Localizado a 20km de Alto Paraíso e 10km de São Jorge, é cobrada uma taxa de R$20 por pessoa para ter acesso ao local.

 

Trilha dos Saltos do Rio Preto e Mirante da Janela

Salto

 

Foto: Goiás Turismo

Dentro da área de reserva da Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso, é possível fazer três trilhas diferentes, uma delas é a Trilha dos Saltos do Rio Preto.  Com 11km de ida e volta, a trilha é considerada de difícil acesso. Nela é possível ver a impressionante queda d’água do Rio Preto, que tem 120m de altura, e o Salto de 80m, onde é possível tomar banho. Um dos primeiros atrativos da Chapada dos Veadeiros, o Mirante da Janela proporciona a vista mais espetacular dos Saltos do Rio Preto, mas, para ter essa visão impressionante é preciso se esforçar: são 8 km de trilha, partindo de São Jorge, em um território com resquícios de garimpo de cristais.

 

 

Jardim de Maitreya

Jardim

Foto: Goiás Turismo

A 20km de Alto Paraíso, o Jardim de Maitreya foi batizado assim pelos místicos, em homenagem àquele que eles acreditam que será o Novo Messias, o Cristo Cósmico do Terceiro Milênio. O Jardim fica no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, mas a grande vereda com fileiras de buritis, emoldurada pelo horizonte e pelas montanhas, só pode ser admirada do mirante que fica à margem da estrada.

 

Jardim Zen – Paralelo 14

Paralelo14

 

Foto: Immagine

Pequeno jardim de pedras em meio ao campo, no entorno da Chapada dos Veadeiros, o Jardim Zen está próximo do Pouso Alto, o ponto mais alto do Planalto Central, e também é o ponto por onde passa o Paralelo 14, coordenada que corta também a mística Machu Pichu, no Peru, fazendo do local um dos pontos preferidos pelos esotéricos para encontros e fotos.

 

Almécegas I e II

Almécegas

Almécegas I | Foto: Bruno do Val

Duas das cachoeiras mais procuradas em Alto Paraíso, as Almécegas I e II atraem turistas de todo o Brasil e de fora. Almécegas I tem 45m de queda em forma de véu de noiva e é ótima para a prática do cachoeirismo. Almécegas II, por sua vez, tem apenas 15m de queda, com poços perfeitos para banho.

Almécegas

Almécegas II | Foto: Fernando Stankuns


Cachoeira dos Cristais

Cachoeira

Foto: Nailton Barbosa

A 8km de Alto Paraíso, mais uma dica é fazer a trilha da Cachoeira dos Cristais. São 400 metros de nível fácil, com acesso a 8 poços naturais de hidromassagem e uma cachoeira, perfeitas para banho. É cobrada uma taxa de R$15 por pessoa e não é necessário acompanhamento de guia.

 

Cachoeira das Loquinhas

Loquinhas

Foto: Goiás Turismo

Localizada a 5km de Alto Paraíso, a trilha de Loquinhas conta com 7 cachoeiras. O trajeto é de nível fácil, indicado para adultos e crianças: são 800 metros em deck suspenso de madeira. O lugar também tem uma aura mística, e é perfeito para observação de pássaros. Não há necessidade de guia para o passeio e é cobrada uma taxa de R$17 por pessoa.

 

Catarata dos Couros

Catarata

Foto: Goiás Turismo

Durante a visita à Alto Paraíso, vale conhecer a Catarata dos Couros, que reúne uma sequência incrível de corredeiras, cachoeiras e poços formados pelo Rio dos Couros. Localizada a 52km de Alto Paraíso, a visitação à Catarata é gratuita, mas é obrigatório estar acompanhado de guia.

 

Alto Paraíso

Como chegar: Alto Paraíso fica a 444km de Goiânia, com acesso pela BR-060 e BR0-10.

Informações de hospedagem e alimentação: Central de Atendimento ao Turista de Alto Paraíso: (62) 3446-1159 | Central de Atendimento ao Turista de São Jorge: (62) 3455-1090

 

Notícias sobre:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

Centro histórico de Goiânia ganha nova galeria de arte a céu aberto com entrada gratuita

Espaço Ursulino Leão: antes lote baldio e destino de lixo e entulho, agora, uma galeria de arte a céu aberto


+ Turismo

Laboratório: uma trilha de Mountain Bike perfeita dentro de Goiânia que provavelmente você não sabia que existia

Localizada há 10 minutos do Centro, a Trilha do Laboratório é considerada uma das melhores dos arredores da capital goiana


+ Turismo

Descobrimos um parque que é um verdadeiro complexo esportivo em Goiânia

Parque Odilon Soares, na região sudoeste, possui a primeira quadra para a prática de tênis gratuito em Goiânia


+ Turismo

Villa Cavalcare

Um pedacinho do Velho Oeste que reúne Restaurante Bar e Centro Equestre em Goiânia


+ Turismo

Conheça o Vale do Capão, um achadinho na Chapada Diamantina na região central da Bahia

Um refúgio da correria goiana em um paraíso natural com diversas particularidades


+ Turismo

Conheça a Vila Hípica Werner Haberkorn, um paraíso para os amantes de cavalos no Brasil

Repleto de história, a hípica surgiu do amor pelos cavalos e hoje é uma das principais atrações do Resort


+ Turismo

Destinos em Goiás para se divertir e descansar em contato com a natureza

Olhar árvores pela janela, tomar um banho de cachoeira, ou ouvir o canto dos pássaros pode aliviar a tensão do dia a dia


+ Turismo

Maior praia artificial com águas naturalmente quentes do mundo se encontra em Goiás

Localizada no interior de Goiás, na cidade de Rio Quente, a Praia do Cerrado é uma atração reconhecida mundialmente


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.