05/12/2019 16:19
Turismo / Turismo em Goiás

O que fazer na cidade de Paraúna em Goiás

Dicas de programas na misteriosa cidade das pedras

por Curta Mais

Muitos mistérios cercam Paraúna. A pouco mais de 100km de Goiânia, a cidade abriga histórias e lendas repassadas pelos moradores das redondezas, que afirmam que a região é visitada ou habitada por seres estranhos (alguns até vindos de outros planetas). O misticismo está relacionado às grandes formações rochosas e às construções antigas que a cidade abriga, principal cartão-postal e atrativo turístico da cidade. Realidade ou ficção, o que se pode afirmar é que Paraúna é cheia de belezas naturais que merecem ser vistas de perto. Confira agora algumas das atrações turísticas de Paraúna e programe-se para conhecer a cidade!

 

Morro da Igrejinha e Cristo Redentor

Morro

Morro da Igrejinha e Cristo Redentor em Paraúna

Foto: Overmundo

Dentro da cidade, vale visitar o Morro da Igrejinha, que abriga a Capela de Nossa Senhora da Guia. Ao lado da igreja está a imagem do Cristo Redentor, que tem mais de 10m de altura. O Morro da Igrejinha oferece uma vista única da cidade de Paraúna.

 

Sítio Arqueológico Serra das Galés

PEdra

Pedra do Cálice, na Serra das Galés em Paraúna

Foto: Goiás Turismo

Reconhecida desde 1996 como Reserva Particular do Patrimônio Natural, a Serra das Galés abriga formações rochosas que intrigam o público visitante e formam a principal atração turística da cidade. As imagens formadas pelas rochas impressionam pela semelhança com objetos, pessoas e animais, como a Pedra da Tartaruga, o Lorde Francês, a Máquina de Escrever e a formação rochosa mais famosa da Serra e cartão-postal de Paraúna: o Cálice de Pedra, que tem cerca de 15m de altura. A Serra das Galés também é ideal para trilhas.

Pedra

Pedra da Tartatura, na Serra das Galés

Lorde

Lorde Francês, na Serra das Galés

 

Serra da Portaria

Serra

Serra da Portaria, em Paraúna

Foto: Caroline Constantino | Do Cerrado

Localizado no Parque Estadual de Paraúna, a Serra da Portaria também abriga resquícios de construções de pedra e outros vestígios de antigas civilizações, que podem ter ligações com os povos maias e incas. Ao pé da Serra há um salto que forma uma piscina natural, adequada para banho.

 

Serra da Arnica

Serra

Serra da Arnica, em Paraúna

Foto: J. A. Fonseca

Nome recebido em virtude da grande quantidade da plantinha “arnica” no local, a Serra da Arnica é mais um espaço que abriga formações rochosas de grande mistério, como um monumento formado por pedras que se elevam como uma fortaleza e uma incrível figura que lembra um felino em posição de esfinge. A Serra da Arnica também é frequentada por atletas para a prática de trilhas de motos.

 

Muralha de Pedra

Muralha

Muralha de Pedra em Paraúna

Foto: J. A. Fonseca

Conjunto de rochas alinhadas que formam uma estrutura semelhante a um grande muro, a Muralha de Pedra tem mais de 80 km de extensão e chama a atenção dos visitantes pelo formato, que parece com degraus.

 

Ponte de Pedra

Ponte

Ponte de Pedra, em Paraúna

Foto: Caroline Constantino | Do Cerrado

Na divisa de Paraúna com Rio Verde, a força das águas do Rio Ponte de Pedra esculpiu uma ponte natural de pedra. Por baixo dela, por onde passa o rio, formou-se uma caverna cheia de estalactites e estalagmites de grande beleza e interesse científico - uma verdadeira obra de arte criada pela natureza.

Rio

Rio da Ponte de Pedra

Foto: Goiás Turismo

 

Cachoeiras do Cervo e do Desengano

Cachoeira

Cachoeira do Desengano, em Paraúna

Foto: Goiás Turismo

A Cachoeira do Cervo pode ser vista de longe: abrigando um complexo de saltos e cachoeiras, que formam poços adequados para banho, perfeito para relaxar. Uma das quedas do complexo tem 12 metros de altura. Com nascente na Serra das Divisões, a Cachoeira do Desengano é uma de três quedas d’água do complexo e uma das mais visitadas da cidade.

 

Paraúna

Como chegar: Paraúna fica a 126km de Goiânia, com acesso pela BR-060.

Informações de hospedagem e alimentação: (64) 3957-7045

Foto de capa: Pedra do Cálice, na Serra das Galés, em Paraúna, por Aalaorbr

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

Descubra como é voar de Parapente e sentir a adrenalina do alto em Goiás

O Curta Mais traz para você essa indescritível experiência de liberdade com dicas e informações


+ Turismo

Parque Ecológico Indaiá: Um roteiro de cachoeiras incríveis para fugir da vida urbana

Uma imersão da Curadoria do Curta Mais no complexo de cachoeiras incríveis de Formosa (GO)


+ Turismo

Conheça a Catedral de Formosa, um exemplar de fé e arquitetura em Goiás

A construção data da primeira metade do século 19 e já passou por restaurações


+ Turismo

Conheça duas cidades de Goiás que comemoram aniversário neste sábado

Itaberaí e Pires do Rio estão assoprando velinhas. Conheça um pouco de suas economias e o que fazer em cada uma delas


+ Turismo

Conheça a Trilha dos Mirantes em Goiás e surpreenda-se com uma das mais belas paisagens do cerrado

Caminho é simples, rápido e não requer muitos esforços


+ Turismo

Descobrimos uma cachoeira surreal em Goiás que é um verdadeiro cenário de filme

Conhecemos de perto um verdadeiro oásis em meio ao cerrado goiano


+ Turismo

Centro histórico de Goiânia ganha nova galeria de arte a céu aberto com entrada gratuita

Espaço Ursulino Leão: antes lote baldio e destino de lixo e entulho, agora, uma galeria de arte a céu aberto


+ Turismo

Laboratório: uma trilha de Mountain Bike perfeita dentro de Goiânia que provavelmente você não sabia que existia

Localizada há 10 minutos do Centro, a Trilha do Laboratório é considerada uma das melhores dos arredores da capital goiana


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.