25/05/2018 11:55
Turismo / Turismo em Goiás

O que fazer na histórica Cidade de Goiás em 48 horas

Os melhores cantinhos para você curtir a cidade que é patrimônio da UNESCO e do coração dos goianos

por Curta Mais

Este conteúdo tem o apoio cultural da rede Bretas de Supermercados!

A Cidade de Goiás é conhecida nacionalmente por ser a morada de Cora Coralina e também a terra do Empadão Goiano. É também uma das cidades mais amadas pelos turistas, com inúmeras opções que agradam a todos os que por lá passam.

São tantos lugares que é impossível conhecer tudo em um só dia. Por isso, para não sermos injustos, escolhemos os melhores pontos turísticos da cidade para você conhecer em 48 horas, que irão passar antes que você perceba.

Leia também: 10 coisas que você não pode deixar de fazer na cidade de Goiás

 

Visitar o Museu Casa Cora Coralina

O Museu Casa Cora Coralina, também conhecido como Casa Velha da Ponte. Fica às margens do Rio Vermelho e preserva a memória de uma das maiores poetisas da literatura brasileira. O museu foi criado em 1989. A casa pertencera ao desembargador Francisco Lins dos Guimarães Peixoto, pai de Cora, adquirida no início do século XIX.

5f94b177c63df1853583678424d0cefe.jpg

Foto: Marcos Aleotti

 422768b5638ffae41068aaf9e6e34bea.jpg

Foto: Marcos Aleotti

 

Leia também: 9 lugares na Cidade de Goiás para fechar o clássico circuito vilaboense

 

Conhecer a Igreja do Rosário

Independentemente de sua religião – e mesmo que não pratique nenhum, você irá se interessar pela beleza e arquitetura das várias igrejas da cidade. E a Igreja do Rosário é uma das mais belas da cidade. Com arcos góticos e paredes de pedras, ela foi construída em 1761, depois demolida e reconstruída em 1934, quando sua fachada original foi totalmente restaurada.

61dbec18def4df93047ee9d01fb504c7.jpg

Foto: Marcos Aleotti

 

Passear pelas ruas do Centro Histórico

O Centro Histórico da Cidade de Goiás é um pedaço da história de Goiás e do Brasil preservada em casa um dos paralelepípedos que se encontram em suas ruas, testemunhas da colonização do Brasil Central entre os século XVIII e XIX. Andar pelo local é como visitar o passado, não somente pelas histórias que ali ocorreram, mas também pelo conjunto arquitetônico, paisagístico e urbanístico, que fizeram o lugar ser tombado pelo IPHAN em 1978 e pela UNESCO em 2001.

0ef79f3a45b9b469f0c5285339e47a9e.jpg

Foto: Marcos Aleotti

d074398097d74343c30e047172c4b831.jpg

Foto: Marcos Aleotti

 

 

Se encantar com o charme da Praça do Coreto

Ainda no Centro Histórico da Cidade fica a encantadora Praça do Coreto. Logo abaixo encontra-se uma sorveteria que funciona desde 1952, onde você pode apreciar o movimento da praça, cuja arquitetura apaixona todos os que a admiram. O nome oficial do local é Praça Dr. Tasso de Camargo.

85d4a7220731cdd847cc8d49233eb4c0.jpg

Foto: AnnaPrado / Flickr

 

Conhecer o Chafariz de Cauda

7ea6a96078701aee18f9a5c5ae145f1a.jpg

Foto: Marcos Aleotti

 

bb5d2bc46600b3778b47807b5c286884.jpg

Foto: Marcos Aleotti

 

Fundado em 1778, o Largo do Chafariz foi criado para abastecer a cidade. Localiza-se na Praça Brasil Caído, seguindo um padrão arquitetônico próprio do século XVIII. O nome "Chafariz de Cauda" se deu pelo fato do aqueduto que o abastece ser bastante parecido a uma enorme cauda, na sua parte posterior. Diz-se que é o “único chafariz de cauda do Brasil”.

 

Se deliciar no Mercado Municipal

378d4222bcca1da5b9e1066833817bba.jpg

A parte mais deliciosa da Cidade de Goiás – com os melhores empadões, o bolinho de arroz e outros sabores imperdíveis – foi restaurada recentemente. Com seus mais de 90 anos de existência, o projeto arquitetônico manteve-se como no original, inicialmente idealizado para comercialização de mercadorias entre os produtores rurais da região.

 

Visitar a Igreja da Matriz de Sant’ana

5cd6b372fde154c057f7454941d5bb36.jpg

Foto: Marcos Aleotti

A Igreja da Matriz de Sant´ana foi construída em 1743, planejada para comportar três vezes mais pessoas que a Catedral do Rio de Janeiro. Em 1759 o seu teto chegou a desabar. Atualmente, é uma das marcas registradas da tradição, da cultura e da fé existente na Vila Boa.

 

Apreciar o Museu das Bandeiras, onde encontra-se uma antiga cadeia

a346f063957787e339ae441717af45fe.jpg

Foto: Marcos Aleotti

O atual Museu das Bandeiras foi construído originalmente como Casa de Câmara e Cadeia da Província de Goiás. O local onde os presos eram encarcerados ficava no térreo.

 

Entrar no Palácio Conde dos Arcos

3b5cfed1f40acd5ee2954d21205e09e2.jpg

Foto: Vívian Marçal / Flickr

Antiga cara dos governadores de Goiás, recebe o nome do primeiro deles. O lugar apresentar uma encantadora arquitetura barroca, com o curioso apelido de “Casa Chata”, com aspecto alongado. É uma das estruturas mais belas da cidade.

 

Divertir-se muito no Balneário Santo Antônio

4ee8727eb2e57719b6a5e651106aa85f.jpg

Pagando uma pequena taxa para curtir o dia, você se diverte em piscinas aquecidas ou em um rui com águas cristalinas. Há também trilhas ecológicas e área de camping. Fica no sopé da Serra Dourada.

NOTÍCIAS RELACIONADAS


+ Turismo

Caminho da Mata Atlântica terá mais de 3 mil km e passará por 5 estados brasileiros

O caminho já tem um traçado macro que está sendo implementado, mas nada impede que ele cresça no futuro.


+ Turismo

Conheça Piranhas a cidade com uma das maiores cachoeiras de Goiás

Salto de São Domingos, uma cachoeira com 90 metros de queda d'água


+ Turismo

Conheça Teresina de Goiás o mais novo destino da Chapada dos Veadeiros

Considerada a capital do Caju em Goiás a cidade conquistou sua emancipação em 1988


+ Turismo

Os mais belos jardins japoneses para curtir ou fotografar em Goiás e região

Conheça os significados e sabia que nada em um jardim japonês está lá por acaso


+ Turismo

As 10 melhores cidades turísticas de Goiás

Confira as 10 cidades turísticas mais votadas em nossa enquete e as mais conhecidas de Goiás


+ Turismo

Ouroana: o santuário ecológico, turístico e dos esportes radicais que poucos conhecem em Goiás

São mais de 80 cachoeiras cercadas por piscinas naturais, lagos e riachos


+ Turismo

Cachoeira de Goiás um município de famílias tradicionais e refinadas

A segunda menor cidade do estado é o lugar para quem busca paz, calmaria e a simplicidade de um povo hospitaleiro


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.