19/04/2019 19:50
Notícias / Conteúdo

Paciente com doença grave se casa dentro de hospital em cerimônia inusitada

Élida sofre de desnutrição e está se preparando para uma cirurgia de risco. Por medo decidiu realizar seu sonho o quanto antes!

Bianca
por Curta Mais

Tudo começou quando a noiva Élida Pereira Martins, funcionária pública de apenas 40 anos resolveu se adiantar e casar antes de uma cirurgia de alto risco. O caso chamou bastante a atenção e comoveu até os funcionários do hospital.

Élida sofre de transtornos com desnutrição e fraqueza, causados por uma cirurgia de redução de peso, realizada há cerca de 3 anos atrás. Devido a este problema, estava previsto uma cirurgia de resgate nutricional entre os dias 2 e 5 de dezembro e está internada desde o dia 22 de outubro para se preparar.

d2bb18a8217730c0774ec81e51e9fcd8.jpg
Imagem: Facebook | Reprodução

A funcionária pública ficou preocupada se conseguiria se casar com seu noivo e resolveu realizar a cerimônia ali mesmo, no Hospital Evangélico Goiano, em Anápolis. Acontece que a paciente é católica e por isso fez um pedido especial para que um padre realizasse a Cerimônia, o que foi atendido pela diretoria.

Eu realmente pensei que por sermos de religiões diferentes, o pedido seria negado, mas eles [a direção] permitiram. Eu sou muito grata a direção do hospital e a equipe de enfermagem, todos foram muito carinhosos e atenciosos comigo”, explica.

O casamento foi realizado no auditório da unidade de saúde no último sábado (3), e reuniu pessoas que acompanham de perto a realidade do casal. A cerimônia foi organizada por amigos e familiares dos noivos. Toda a decoração, buquê, docinhos e salgados foram doados para a realização do matrimônio.

d6ac94fb11a27b220701b48742d52702.jpg
Imagem: Facebook | Reprodução

Desnutrição Severa

A paciente foi diagnosticada com Desnutrição Severa após procurar um médico e realizar os exames, descobriu um ressecamento em parte de seu intestino o que impossibilitava a absorção dos nutrientes necessários. A intervenção cirúrgica será realizada devido ao tratamento atual – mudança na alimentação e uso de medicamentos – não ter surtido os efeitos necessários, mas o médico verificou que a moça ainda não havia recuperado peso suficiente (50 quilos) para levá-la para o centro cirúrgico. Para dar início ao procedimento, a moça deve alcançar o peso ideal, logo a cirurgia não tem previsão de ser realizada.

Imagens: Facebook | Reprodução

Notícias sobre:

NOTÍCIAS RELACIONADAS


+ Notícias

Cidades do interior de Goiás ganham aplicativo de transporte alternativo com corridas a partir de R$ 6

Pirenópolis, Jaraguá, Uruaçu, Ceres, Rialma, Goianésia, Barro Alto e Niquelândia serão as primeiras cidades a receber o serviço


+ Notícias

Após 20 anos, Palmirinha se emociona ao reencontrar Ana Maria Braga 'Hoje Posso Morrer'

"Eu aprendi muito com você. Foi quando eu pude aprender a falar na televisão. Eu falava 'xicra' e você me ensinou a falar 'xícara', Aninha", relatou Palmirinha


+ Notícias

Morre o produtor cultural Marcos Fayad, um dos fundadores do Martim Cererê em Goiânia

Diretor recebeu várias homenagens na internet. Fayad deixa um grande legado das artes em Goiânia



+ Notícias

Marco Feliciano protocola pedido de impeachment do vice-presidente Mourão

Deputado Federal fiz que Mourão é "desleal" ao Presidente Jair Bolsonaro


+ Notícias

Passagem de ônibus em Goiânia e região metropolitana aumenta e passa a custar R$ 4,30

Ao todo foram 7 votos a favor e 2 contra na reunião pela CDTC no Paço Municipal


+ Notícias

Ex-presidente peruano morre após atirar em si mesmo antes de ser preso

Alan García deu um tiro na cabeça após a chegada de policiais


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.