21/04/2019 19:18
Notícias / Conteúdo

Prefeito de Minaçu tem os bens bloqueados pela justiça de Goiás

Nick Barbosa é acusado de montar um esquema por meio de simulação de processo seletivo para contratar engenheiro ilegalmente

Bianca
por Bianca Stephania

Agenor Ferreira Nick Barbosa (DEM), juntamente com o servidor público municipal Adelcides de Souza são acusados pelo Ministério Público de montar um esquema para contratar o engenheiro Gabriel Junqueira por meio de simulação de processo seletivo, que acabou sendo suspenso pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O engenheiro também foi contratado ilegalmente para um cargo temporário.

O promotor de Justiça Darkson Albuquerque pediu a condenação do prefeito e do engenheiro à perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, no valor de R$ 15.4009,62; perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil, proibição de contratar com o poder público, ressarcimento dos danos e o pagamento por dano moral coletivo, no valor de R$ 50 mil.

Notícias sobre:

NOTÍCIAS RELACIONADAS



+ Notícias

Cidades do interior de Goiás ganham aplicativo de transporte alternativo com corridas a partir de R$ 6

Pirenópolis, Jaraguá, Uruaçu, Ceres, Rialma, Goianésia, Barro Alto e Niquelândia serão as primeiras cidades a receber o serviço


+ Notícias

Após 20 anos, Palmirinha se emociona ao reencontrar Ana Maria Braga 'Hoje Posso Morrer'

"Eu aprendi muito com você. Foi quando eu pude aprender a falar na televisão. Eu falava 'xicra' e você me ensinou a falar 'xícara', Aninha", relatou Palmirinha


+ Notícias

Morre o produtor cultural Marcos Fayad, um dos fundadores do Martim Cererê em Goiânia

Diretor recebeu várias homenagens na internet. Fayad deixa um grande legado das artes em Goiânia



+ Notícias

Marco Feliciano protocola pedido de impeachment do vice-presidente Mourão

Deputado Federal fiz que Mourão é "desleal" ao Presidente Jair Bolsonaro


+ Notícias

Passagem de ônibus em Goiânia e região metropolitana aumenta e passa a custar R$ 4,30

Ao todo foram 7 votos a favor e 2 contra na reunião pela CDTC no Paço Municipal


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.