19/07/2018 19:41
Curiosidades / Notícias

Ronco é a terceira maior causa de divórcio, revela pesquisa

O problema só perde para traição e dinheiro nas separações

Marcelo
por Marcelo Albuquerque

Você que reclama de alguém que ronca, muita calma nessa hora. O problema é mais comum do que muita gente pensa. Quase metade dos homens de meia idade roncam, e até um quarto das mulheres também.

O ronco aparece quando, durante o sono, suas vias aéreas ficam semiobstruídas, a língua “desce” em direção à garganta, a boca abre e gera as vibrações – que incomodam todo mundo, menos o próprio roncador.

Problemas de saúde à parte, o fato é que roncar pode acabar até mesmo separar acabar com muitos relacionamentos.

Sim, atrás apenas da infidelidade e dos problemas financeiros, o ronco é a terceira maior causa de divórcios no Brasil e no mundo.

Leia também: Respirador minúsculo cura o ronco e ajuda pessoas com apnéia

Rosalind Cartwright, do Centro Médico Rush, em Chicago, pesquisa a relação entre casamento e apneia do sono. Com um dos casais que estudou, um exame de eficiência do sono revelou que o resultado da esposa que dormia com o marido roncador era de apenas 73%, sendo que o normal é acima de 85%. Seu sono era interrompido mais de trinta vezes pelos roncos; cada roncão mais alto resultava no acordar e significava 4 minutos de sono interrompido. Matematicamente: 2 horas insones por noite. Isso quer dizer que, de 8 horas que ela passava na cama, dormia de fato menos de 6 horas.

Além disso, o ronco tende a trazer um sério problema de comunicação: a "vítima" do roncador não consegue explicar o impacto do problema para si, porque a experiência de quem ronca é muito mais branda - e isso pode ser extremamente frustrante.

Diante deste problema, muitos casais optam por dormir em quartos separados. Na literatura, é comum encontrarmos este fato chamado de “divórcio do sono”, acompanhado do alerta de que costuma se tratar de uma perda progressiva da intimidade do casal, do ponto de vista sexual mas não somente: o momento antes de dormir é geralmente usado para fazer planos, tomar decisões e resolver problemas.

Ainda assim, uma pesquisa da Associação Brasileira do Sono revelou que, aproximadamente, só 10% dos roncadores busca tratamento

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Curiosidades

Este é o homem mais rico da história

Aos 54 anos, Jeff bezos, CEO da Amazon, acumula um fortuna pessoal de US$ 150 bilhões


+ Curiosidades

Presidente da Croácia paga do próprio bolso as despesas para ver a Copa e desconta dias de folga

Apaixonada por futebol, Kolinda, de 50 anos, ainda dispensou a tribuna de autoridades para curtir os jogos no meio do povão.


+ Curiosidades

Funerária belga dará caixão a primeiro morto na Bélgica em caso de eliminação do Brasil

'Em caso de vitória dos 'Diabos Vermelhos' hoje, a funerária Centre Ardenne oferecerá ao primeiro que faleça o serviço fúnebre com o caixão impresso nas cores da seleção'


+ Curiosidades

Novo aplicativo promete controlar a Internet do seu celular para fazer seu pacote durar o mês todo

O app desenvolvido pela google auxilia na economia de franquia de dados móveis


+ Curiosidades

1 em cada 10 usuários da Netflix utilizam senha do ex-namorado, segundo pesquisa

Estudo ainda revela outras informações surpreendentes sobre usurários da plataforma



+ Curiosidades

Twitter bane usuários que se cadastraram com menos de 13 anos de idade

A medida é resultado de uma mudança nas novas leis de privacidade


+ Curiosidades

Este detalhe no painel de combustível pode resolver um antigo problema ao abastecer seu carro

A setinha salvadora é quase imperceptível para a maioria dos motoristas


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.