26/04/2019 11:37
Curiosidades / Saúde

Sexo faz cérebro gerar mais neurônios, aponta estudo

Talvez sexo seja a solução para aquele crush que parece ter um neurônio a menos

Bianca
por Bianca Stephania

Ao contrário do que os cientistas pensavam, o seu cérebro não para de produzir neurônios a partir de uma certa idade.

Alguns estudos, como o do King’s College de Londres, apontam que é possível fazer esses processos de neurogênese adulta – que podem reforçar os neurônios e melhorar o cérebro – com hábitos de vida saudáveis como dieta, exercícios físicos, praticando sexo, lendo mais e tendo amigos.

Sandrine Thuret, neurocientista do King’s College de Londres, afirma com contundência que o hipocampo continua gerando neurônios fundamentais para os processos de aprendizagem e memória durante toda a vida.

Veja 5 dicas que vão te ajudar neste processo:

1. Caminhar 5 vezes/semana

Cientistas da Universidade de Jyväskylä, na Finlândia, descobriram que é uma das técnicas mais adequadas para aumentar a neurogênese. A corrida ou os exercícios de resistência se revelam uma prática adequada, mas é suficiente “caminhar a bom ritmo cinco vezes por semana”, segundo Pablo Irimia.

2. Dieta saudável

Apostar na dieta mediterrânea e em planos hipocalóricos parece ser, de novo, a decisão mais acertada. Outros estudos também citam os flavonoides como alimentos que propiciam a neurogênese adulta. Chá verde, uvas roxas e, sem dúvida, alimentos ricos em antioxidantes devem ser incluídos na dieta habitual por seus efeitos positivos para evitar a degeneração celular.

3. Sexo

O estudo publicado pela US National Library of Medicine comprovou que o hipocampo produz neurônios novos quando o corpo fica exposto à prática do sexo de forma continuada, melhorando assim a função cognitiva. Mas avisam: “A experiência sexual repetida pode estimular a neurogênese adulta desde que esta persista no tempo”. Cabe a cada um estabelecer os horários.

4. Controle estresse e ansiedade

Isso também é um fator determinante para o correto funcionamento do cérebro, para a manutenção da plasticidade neuronal e para o fomento de processos de neurogênese mais relevantes. Cientistas da Universidade de Oregon apontam que a meditação, entendida como um exercício que controla e elimina a tensão, é uma prática que desencadeia a geração de novos neurônios em idade adulta. Em conclusão: alguns minutos por dia para deixar a mente em branco ajudarão o cérebro tanto em curto como em médio e longo prazos.

5. Amigos e leitura

“A aprendizagem gera conexões entre as diferentes regiões do cérebro e por isso é fundamental para que este possa evitar sua deterioração”, explica o neurologista Irimia, que acrescenta: “Não se trata unicamente de ler muito, mas também de manter uma interação social habitual e estimular constantemente o cérebro”.

Via: Só Notícia Boa e El País

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Curiosidades

O desabafo desta operadora de telemarketing vai te fazer enxergar essa profissão com outro olhar

"Quando você para de se alimentar por não sentir fome, ou não consegue dormir a noite, quando seu estresse passa a ser máximo, quando você começa a passar mal tendo crises de ansiedade e ataque de pânico, você entende que não se preparou para aquilo"


+ Curiosidades

Dia de São Jorge: 13 curiosidades sobre o santo guerreiro

O dia é celebrado em 23 de abril devido o seu falecimento, que aconteceu neste mesmo dia


+ Curiosidades

Pai desmaia durante parto, mãe cai na risada e fotos viralizam na internet

"Quando o bebé nasceu ele mudou de cor, ficou branco", conta a mãe aos risos


+ Curiosidades

Estudantes de Goiânia se mobilizam e arrecadam alimentos para as vítimas do ciclone na África

Um verdadeiro exemplo de empatia a ser seguido na cidade


+ Curiosidades

Existe Amor em GYN: mais de 4 mil balões são espalhados em Goiânia levando mensagens de amor

Iniciativa de cerca de 250 jovens que se uniram em um único propósito de levar mais empatia, união, e claro, muito amor!


+ Curiosidades

Violinista de Goiás é selecionada para participar de festivais internacionais de música

Vida Altoé é a primeira instrumentista, tanto da Escola de Música e Artes Cênicas (EMAC) da UFG quanto da OSJGO, a ter a oportunidade de participar desses renomados festivais


+ Curiosidades

Aos 12 anos, atleta de Goiânia vai disputar Sul Americano de Karatê

Apesar da pouca idade, Caio, único representante do estado a integrar a delegação brasileira que viajará para Bolívia para a competição


+ Curiosidades

Autista relata sobre como é ter uma namorada e o resultado vai aquecer seu coração

"Ela é o caminho que eu sigo em meio a tantos estímulos e tanta confusão sensorial devido a minha hipersenbilidade."


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.