05/12/2019 16:22
Notícias / Conteúdo

Bolsonaro diz que Legislativo quer deixá-lo como rainha da Inglaterra

Ele se referia a projeto que limita suas indicações para agências

Marianne
por Marianne Paim

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (22) que o Poder Legislativo tem cada vez mais “superpoderes” e que quer transformá-lo em “rainha da Inglaterra”, que reina mas não governa.

“Querem me deixar como rainha da Inglaterra? Este é o caminho certo?”, questionou. Bolsonaro conversou com a imprensa na manhã de hoje no Palácio do Planalto, em Brasília, onde fez exames de rotina em um posto médico, antes de viagem para o Japão na próxima semana.

O presidente fez o comentário ao dizer que foi informado que a Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que torna a indicação de integrantes de agências reguladoras privativa do Parlamento. “Se isso aí se transformar em lei, todas as agências serão indicadas por parlamentares. Imagina qual o critério que vão adotar. Acho que eu não preciso complementar”, afirmou.

Sobre a viagem para o Japão, onde ocorrerá a reunião do G20, Bolsonaro disse que estarão presentes “vários líderes mundiais”, que querem fazer reuniões bilaterais. Ele disse que, junto com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, tentará um encontro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. No último dia 19, Bolsonaro adiantou que terá reunião privada com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Reforma da Previdência
Sobre a reforma da Previdência, Bolsonaro disse que os investidores esperam pela aprovação para a volta da confiança. “[Em] todas as minhas andanças pelo mundo, parece que a palavra mágica passou a ser reforma da Previdência. Muita gente quer investir aqui. Gente de dentro do Brasil também.”

“Se a [reforma da] Previdência sair, nós voltamos a ter confiança, e os investimentos virão. E aí, atrás disso, vem emprego. O pessoal cobra de mim, [mas] quem emprega não sou eu. Eu emprego em cargo de comissão e quando faço concurso. E [o ministro da Economia] Paulo Guedes decidiu basicamente que poucas áreas terão concurso por que não tem como pagar mais”, afirmou.

Reeleição
Bolsonaro disse ainda que, se for feita uma “boa reforma política”, aceitaria acabar com a reeleição para presidente. Mas, sem essa reforma, Bolsonaro admitiu que pode concorrer à reeleição. “Se, em 2022, eu estiver razoavelmente bem, eu venho. Caso contrário, estou fora. Não existe bom governo com má economia. O Paulo Guedes está confiando que, ao entregar essa nova Previdência, a gente vai deslanchar na economia”, afirmou.

 

*Com informações da Agência Brasil

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Cantor conhecido pelas músicas 'Arrebita' e 'Bate o pé' morre aos 67 anos em SP

"Um português bem brasileiro", diz o filho mais velho do cantor


+ Notícias

Gotham City brasileira: nuvem cobre a cidade e faz o 'dia virar noite' em São Paulo

A cidade 'está dentro de uma nuvem' desde às 15h da tarde e o fenômeno assusta moradores; entenda o que está acontecendo


+ Notícias

Queda de temperatura em SP: Cinco moradores de rua são encontrados mortos

O frio é causa mais provável para a elevação no número de mortes


+ Notícias

23º Parada LGBT em SP: Veja o trajeto do desfile e quais ruas estarão fechadas neste domingo (23)

A concentração do público começará às 10h, no MASP


+ Notícias

Incêndio atinge depósito de instituição de caridade na Zona Leste de SP

Fogo atingiu o Mercadotudo das Casas André Luiz, uma das principais fontes de renda da instituição filantrópica


+ Notícias

Supermercado explode e pega fogo na Zona Sul de São Paulo

Homem teve cerca de 50% do corpo queimado


+ Notícias

VillaMix Festival, que terá apresentação de Maroon 5, é adiado em São Paulo

As novas datas do festival devem ser anunciadas até a próxima semana


+ Notícias

Vestibulinho em São Paulo: Inscrições para vagas das Etecs no 2º semestre terminam na quarta (15)

Inscrições podem ser feitas apenas pela internet. O valor da taxa é de R$ 30


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.