19/02/2020 18:59
Curiosidades / Histórias

Guia definitivo para quem pretende morar em Uberlândia

Manual de sobrevivência em Uberlândia: conheça, explore e curta mais

Adelina
por Curta Mais

Uberlândia, 'Berlândia', 'Udi' ou 'Udão', não importa o apelido carinhoso ela é o coração do Triângulo Mineiro. Um berço para quem ama a natureza, a gastronomia, a história e a arte e que poderíamos resumir nesta pequena lista com lugares para você curtir todos os incríveis encantos desta fabulosa cidade mineira.

1. Curtir um dia de sol no Parque do Sabiá
2. Admirar a natureza na Cachoeira do Sucupira
3. Vislumbrar a arquitetura da Igreja do Espírito Santo do Cerrado
4. Conferir a cultura do Museu Universitário de Arte
5. Se encantar com o Teatro Municipal Oscar Niemeyer
6. Provar incríveis comidas mineiras no Mercado Municipal
7. Conhecer a história do Brasil no Museu do Índio
8. Se deliciar com os pratos da Avenida Rondon Pacheco

MAS...essa é a visão de quem visita esporadicamente ou escolhe Uberlândia como destino de férias. Porém, quem nasceu ou já mora há algum tempo na cidade, sabe que há mais coisas do que os olhos podem ver...por isso reunimos as descobertas de quem decide morar e se tornar uberlandense com direito a puxar o 'R' e tudo.

1. Terra dos puxadores de 'R'
Berlândia, apesar de ser uma cidade grande é pitoresca e agradável. Lar de verdadeiros mineiros ou 'mineiros raízes' mas principalmente de puxadores de ´´R`` (leia-se então Berrrrrrrrlândia), tem potencial para ser uma grande capital, assim que destruir Belo Horizonte e conseguir incorporar Araguari (há quem deseje incorporar Uberaba também). Oficialmente, dizem que o nome deriva das palavras em latim ubere e lândia (Terra da Fartura, da Prosperidade), ou simplesmente 'Terra do Uber' como é atualmente reconhecida.



2. Onde comprar 'brusinha' em Udão
Além da paixão do uberlandense pela palavra "shopping" (paixão essa surgida ao final da década de 80, quando instalou-se na cidade o Ubershopping, que conheceu dias de glória até meados dos anos 90, quando o Center Shopping foi inaugurado. Como uberlandense não resiste a uma novidade, o novo shopping ficou lotado e precisou sofrer várias ampliações, enquanto o antigo foi totalmente abandonado, nele prevalecendo apenas algumas atividades atípicas para uma galeria de compras, como o salão "Cassino Brasil" e uma faculdade), tem lugares ótimos para compras como a Feira da Lua de Uberlândia: maior feira coberta do estado de Minas Gerais com mercadorias de todas as partes do Brasil.

E o famoso centro, onde prevalecem as lojas de departamentos e segmentos diversos. Nos bairros, vigoram os brechós, as farmácias, açougues e empórios, mesmo que todo mundo prefira fazer compras em locais grandes ou recém-instalados na cidade.



3. Paixão por cerveja e churrasco (como todo bom mineiro)
Uberlândia tem o privilégio de abrigar gente de toda sorte do mundo que se reúnem nas praças, na universidade e em bares ao som ao vivo de música (geralmente alternativa regional ou sertanejo). Uma das atividades culturais mais cultuadas pelos uberlandenses, que envolve os setores alimentício, musical e geográfico são os festivais de cerveja, setor que causa grande inveja a todos os outros, pois vive em ascensão na cidade. As pessoas se dividem entre cervejarias e churrascarias. O uberlandense não resiste a uma promoção de churrasco: são famosas as filas de segunda a quinta na porta de vários estabelecimentos que oferecem preços promocionais. E incrivelmente, pelo porte da cidade, a cultura uberlandense não se resume a locais escuros como salas de cinema e teatros ou shoppings locais.

4. Orgulho Uberlandense


Mesmo sendo o tipo mais difícil de se encontrar nas ruas de Uberlândia visto que aproximadamente 80% da população é formada por pessoas de cidades circunvizinhas e mesmo longínquas em busca de oportunidades de emprego e estudo na capital do triângulo, o uberlandense é fácil de ser reconhecido pela peculiar característica do orgulho. O uberlandense raiz é naturalmente orgulhoso (leia-se: adjetivo de quem possui o "rei na barriga", qualidade de se achar melhor do que os outros mortais.) Parte desse orgulho é até justificável, pois Uberlândia estampa diversos rankings por aí como uma cidade mega desenvolvida e melhor em muitos aspectos, do que outras cidades de Minas.



5. Festas (E não é só o CAMARU)


Quem pensa que o uberlandense só escuta Bruno e Marrone e só assiste a shows no CAMARU, está terrivelmente enganado. Há quem faça isso sim, ou só conheça os estilos musicais: pagode, axé e sertanejo. Mas há também que curte outros gêneros, sendo a cidade privilegiada constantemente com grandes atrações internacionais como Camila Cabello, Jon Secada, New Order, Slash e futuramente Scorpions, Whitesnake e Megadeth.

6. Rolês em Udi


Em dias quentes e ensolarados, as cachoeiras são a melhor pedida, (e NÃO, a única corredeira de UDI não é a Av. Rondon Pacheco quando chove.) Além dos parques, que não se resume apenas no Parque do Sabiá, mas há pelo menos nove parques municipais e o Parque Estadual do Pau Furado, para quem quer sair da mesmice no rolê.



Já para quem quer "procurar remédio na vida noturna" há diversos barzinhos, baladas e restaurantes tocando as melhores músicas de duplas sertanejas e grupos de pagodes por metro quadrado da Rondon Pacheco principalmente. Um ou outro se diferencia com o bom e velho rock ou vibes mais positivas com o reggae.



7. Curiosidades


- Pra quem ainda não sabe, existe uma rua do loteamento Jardim Célia, bairro Panorama, zona oeste, chamada Amor Agarradinho;

- Pra quem não sabe a fábrica da AMBEV em Uberlândia foi projetada para ser a maior do mundo;

- Pra quem não sabe Uberlândia ficou em 1º lugar no ranking de saneamento básico de Minas e a 3ª do Brasil, acima de muitas capitais do país;

- Pra quem não sabe, Uberlândia foi apontada entre as 100 cidades mais verdes do mundo no ranking do CDP (Carbon Discloudure Projet);

- Pra quem não sabe o Aeroporto de Uberlândia está entre os 20 mais movimentados do Brasil, segundo a Infraero;

- Pra que não sabe muitas personalidades como Alexandre Pires, Cora Pavan Capareli, Marta Pannunzio, Neto, Grande Otelo, irmã Odélcia e Xavantinho, da dupla com Pena Branca e a MARTA GOLPISTA são de Uberlândia.



Udi é a segunda maior do estado, gera empregos, tem belezas naturais, busca incentivar o esporte e a saúde. E o Curta Mais, através dessa pequena homenagem parabeniza essa joia do território mineiro, pelos seus 131 anos desejando mais progresso, êxito e desenvolvimento. E pra finalizar, nunca esqueça:

Fotos: Redes Sociais/Uberlândia da Depressão

Com informações de Des

Siga Curta Mais nas redes sociais:

Curta Mais no Facebook

Curta Mais no Instagram

Curta Mais no Twitter

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Curiosidades

Hamster de estudante da UFU fica entalado em ralo, é resgatado por bombeiros e história viraliza no Twitter

Equipe que atendeu a emergência foi acionada em meio ao desespero e tentativas frustadas de resgate


+ Curiosidades

Campeonato de Assobio dará 15 litros de chopp ao vencedor da disputa em Uberlândia

Interessados, de qualquer idade, podem se inscrever de forma gratuita


+ Curiosidades

Voluntários dão exemplo e promovem ações de conservação em cachoeiras de Uberlândia

O grupo percorre cachoeiras da cidade realizando limpeza e instalando placas de sinalização


+ Curiosidades

Evento reúne pessoas com boa memória para ajudar na identificação de fotografias antigas de Uberlândia

'Chá com Memória' será realizado na Casa da Cultura e faz parte da programação da semana 'Uberlândia tem Memória'


+ Curiosidades

Projeto leva pessoas com dificuldade de locomoção para passeio de bicicleta em Uberlândia

 'Bike do Bem' oferece voltas de bicicleta para idosos e pessoas com deficiência no Parque do Sabiá


+ Curiosidades

Empatia e combate à fome: projeto 'Geladeira Solidária' chega em Uberlândia

A geladeira funciona 24 horas por dia para atender pessoas necessitadas


+ Curiosidades

Homem carrega idoso nas costas até o destino dele em Uberlândia

Momento foi flagrado por um fotógrafo que passava pelo local


+ Curiosidades

Estudante de Uberlândia é selecionado para fazer cobertura da Brazil Conference em Harvard

Ele é um dos dois estudantes brasileiros que participarão da cobertura jornalística da conferência


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2020. Todos os direitos reservados.