Brasília é citada em ranking internacional das melhores cidades para se viver no mundo

Cidades brasileiras ganharam destaque no novo ranking “Global Cities Index 2024“, realizado pela Oxford Economics. O relatório completo tem mil municípios de 163 países e elege os melhores, considerando 27 indicadores, entre as métricas econômica, de capital humano, qualidade de vida, meio ambiente e governança.

Na lista, São Paulo foi a cidade brasileira mais bem colocada, ficando na 294ª posição.

Além de São Paulo, há outras cidades brasileiras no ranking, como Brasília (309ª), Rio de Janeiro (356ª), Campinas (384ª) e Florianópolis (395ª).

Florianópolis é a cidade brasileira melhor classificada em qualidade de vida, na 423ª posição. Maceió, a última entre as brasileiras, está na 794ª posição, mas se destaca em meio ambiente, ocupando a 20ª posição.

As cidades listadas são centros econômicos, educacionais e políticos, representando 60% do PIB global e mais de 30% da população mundial em 2023.

Na América Latina, Santiago, Chile, lidera na 119ª posição, seguida pela Cidade do México (250ª), Buenos Aires (275ª) e Lima (283ª).

As melhores cidades do ranking geral são:
1. Nova Iorque, Estados Unidos
2. Londres, Reino Unido
3. San José, Estados Unidos
4. Tóquio, Japão
5. Paris, França
6. Seattle, Estados Unidos
7. Los Angeles, Estados Unidos
8. São Francisco, Estados Unidos
9. Melbourne, Austrália
10. Zurique, Suíça
11. Boston, Estados Unidos
12. Dublin, Irlanda
13. Washington, Estados Unidos
14. Estocolmo, Suécia
15. Copenhague, Dinamarca
16. Sydney, Austrália
17. Toronto, Canadá
18. Dallas, Estados Unidos
19. Oslo, Noruega
20. Vancouver, Canadá
21. Genebra, Suíça
22. Luxemburgo, Luxemburgo
23. Perth, Austrália
24. Denver, Estados Unidos
25. Houston, Estados Unidos

Para ver o ranking completo, clique aqui.

Com informações da Istoé Dinheiro e Só Notícia Boa.

6 lugares incríveis para você visitar de carro em Brasília

Você pode realizar passeios incríveis em Brasília. Tudo que você vai precisar é de um carro, disposição e se programar para desvendar esse cerrado lindo.

– Chapada Imperial

08380f1e4debb6fcd0af3d909e7030b8.jpg

A Chapada Imperial é um passeio que você deve fazer se você busca contato com a natureza. Chegando lá, você paga um pacote que inclui guia para trilhas, mais de 10 cachoeiras para banho e almoço. A estrutura do local ainda possui tirolesa, redário, e o contato com animais silvestres livres na natureza.

Endereço: A Chapada Imperial fica localizada no Distrito Federal, a 50km do centro de Brasília. Pegar direção a Brazlândia. Após 8 km entrar à direita na bifurcação, pegando a DF 001.Rodar 7 km de asfalto e mais 6 km de terra, virar à esquerda na DF 220 e continuar por mais 6 km.

 

– Torre de Tv Digital

a2393d7ed32910ffefd3e196cfb69665.JPG

A Torre de TV Digital de Brasília, conhecida como “Flor do Cerrado”, foi projetada para ser uma torre de transmissão televisiva do sistema de TV Digital para todo Distrito Federal e algumas cidades do entorno. Inaugurada em 21 de abril de 2012, é o último projeto de Oscar Niemeyer antes de sua morte. A torre possui 180 metros de altura e fica em um dos pontos mais altos do Distrito Federal. Nela, você pode ter uma visão panorâmica da cidade.

Endereço: Estrada Parque Contorno Grande Colorado, Sobradinho – DF

 

– Catetinho

612f8501453c64952e3b9acf55ef20e7.JPEG

Catetinho foi a primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek. O projeto museográfico procura retomar as referências de época, preservando-se alguns objetos e o mobiliário original. Imagens fotográficas, bem como outros objetos, complementam as ambientações com o objetivo de propiciar ao público um testemunho vivo da grande aventura que foi a construção de Brasília.

Endereço: Km 0 – BR 040 / Gama – DF

 

– Paraíso na Terra

paraiso7

O Paraíso na Terra está situado na APA (Área de Proteção Ambiental) do Cafuringa, possuindo muitas nascentes, rios, dezenas de cachoeiras, uma rica vegetação de cerrado, campos e matas de galeria. O local possui ainda uma diversificada fauna com muitos pássaros e animais silvestres. Um dos destaques do local são as cachoeiras de águas límpidas, oriundas de nascentes que brotam na própria fazenda. Algumas cachoeiras possuem piscinas naturais.

Se você é ou está em Brasília deve ir para conhecer sem sombras de dúvidas. Excelente opção de bate e volta para o final de semana.

Endereço: O local fica a 60 km do centro de Brasília, nas proximidades de Brazlândia. Rodovia DF-220, Km 4 – Brazlândia/DF

 

– Salto do Tororó

c24ac1bc63af6d6f87024280ce716722.jpg

A Cachoeira do Tororó é localizada na região administrativa de Santa Maria, no Distrito Federal. É um local popular para a prática de rapel e caminhadas. Uma cachoeira bem pertinho de Brasília, o Salto do Tororó tem 18 metros de altura, com leito do rio pedregoso e um pouco acidentado. A paisagem é um convite aos esportes radicais, principalmente o rapel. A trilha até a queda são de aproximadamente 2km a pé, com algumas pedras e declives é de nível leve.

Endereço: A partir da QI-23 do Lago Sul, seguir pela DF-140 em direção a Unaí, Minas Gerais. Você passará por São Sebastião, pela entrada da Papuda e seguirá por mais 2 km. O ponto de referência é o Condomínio Mônaco. Pegar uma estrada de terra a direita da pista.

Ingresso: R$ 5,00 por pessoa

 

– Buraco das Araras

1458c52b96a327be2bdedae11b52d18d.jpg

O Buraco das Araras está localizado na regiao de Formosa a cerca de 16 Km do Distrito Bezerra, no estado brasileiro de Goiás. Fica a 110 km de Brasília.

Possui 105m de profundidade e 295m de largura, tem em seu meio uma densa floresta úmida, com samambaias gigantes típicas da idade primitiva – formação geológica e eco-história do local. Também há trilhas que levam a uma Caverna com um rio subterrâneo apropriado para mergulho. A descida de rappel possui aproximadamente 65 metros de altura. Para essa prática procure instrutores certificados.

Endereço: Cerca de 20 Km do Distrito Bezerra, Formosa, no estado brasileiro de Goiás. Fica a 110 km de Brasília.

Foto capa e matéria: Reprodução Internet

 

 

 

Inverno rigoroso: Veja como foi o dia em que nevou em Brasília

Você sabia que já nevou no Centro-oeste? Esse relato é de 1778, quando o então 5º governador e capitão-general da Capitania de Goiás registrou tudo no relato intitulado “Jornada que fez Luiz da Cunha Meneses da Cidade de Bahia para Vila Boa Capital de Goyaz”.

“Da Bandeira a Contage de São João das Três Barras 11 léguas, a saber ao Sítio Novo 2, ao Pipiripaô, 1 e 1/2, ao Mestre d’Armas 2, e 2 1/2 São João das Três Barras, sítio tão frio que no mês de junho, que é a maior forma de inverno, chega a cair neve”.

No entanto, em outubro de 1964 a capital federal registrou uma forte chuva de granizo que acabou deixando a cidade coberta de gelo, fazendo um tapete branco por todo Congresso Nacional, chamando a atenção dos moradores. O registro foi feito por um fotógrafo anônimo.

A título de curiosidade, a temperatura mais baixa registrada na capital foi no inverno de 1985, quando a estação convencional do Setor Sudoeste registrou 1,3º. Na ocasião, também foi registrada a primeira geada da capital.

Veja abaixo algumas fotos da neve na capital:

ab36129541469faed9edc6b99f943df4.jpg
300f95192239a2ca9599e322bce4cf29.jpg
799cc41f89c24bd944b89aeaa2f40ac5.jpg

 

Paisagem paradisíaca de deserto é real e fica pertinho do centro de Brasília

Esse lugar com cenário paradisíaco, é na verdade uma mineradora privada, localizada em Samambaia, a cerca de 20km do centro de Brasília. E foi há alguns anos que os proprietários abriram o espaço para os ensaios fotográficos, e foram os próprios fotógrafos que batizaram o local de: Dunas de Areia.

Seguindo algumas regras do local, é liberado a visitação para fotos diariamente. Tratando-se de um local onde funciona uma empresa de mineração com máquinas, tratores e caminhões de grande porte, é exigido o máximo de precaução para todos os visitantes.

b9894d9845108cecdb7f085696bac877.jpeg

Regras do local

1. No local onde as máquinas estiverem operando, não é permitido tirar fotos.

2. Se as máquinas estiverem no paredão, todos os fotógrafos descem para os lagos, e se as máquinas estiverem nos lagos, os fotógrafos deverão utilizar o espaço dos  paredões.

 3. As máquinas param de funcionar nos seguintes horários:

Segunda a quinta às 17h, sexta às 16h, Sábado 12h e Domingo às 8h

fcf5c3d61137187809fd26e1da462bf6.jpeg

Taxas

O local é privativo, por isso é cobrado taxas para utilização da paisagem paradisíaca. Os valores podem ser conferidos no Instagram @dunasdeareias

É importante ressaltar que é cobrado tanto a pessoa fotografada quanto os acompanhantes. Fotógrafo e assistentes também são contabilizamos. Os agendamentos precisam ser realizados com antecedência.

Foto em destaque: @candidofotografiaefilmagem / reprodução @dunasdeareia

Curiosidades sobre a Catedral de Brasília que talvez você não saiba

A Catedral é um dos pontos de visitação para turismo mais marcante da cidade. No entanto, você sabe exatamente o que tem na catedral além da óbvia arquitetura admirável? O Curta Mais vai te listar curiosidades sobre a Catedral, para que na próxima visita, ou quando você for apresentá-la para alguém, você saiba dizer exatamente o que cada parte do local significa.

1. O Templo:

cccc27dd112edaa0a43f6cbeb0acdbf0.jpg Foto: RaioXDF

Principal Templo Católico de Brasília, a Catedral é dedicada a Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Padroeira do Brasil e de Brasília. Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, desenha-se em linhas arquitetônicas singulares e originais, e guarda as marcas características do seu arquiteto: concreto armado, vidro e espelhos d’água. Descritivamente, ocupa uma área circular de 70 metros de diâmetro. Sua cobertura é sustentada por 16 colunas de concreto, num formato hiperbólico, medindo, cada uma, 42 metros de altura e pesando 90 toneladas.

2. A Cruz no topo do Templo:

c7bd95283253bccb394a2d0ad38bce42.jpg Foto: Curta Mais / Marcos Aleotti

Na parte superior externa do Templo, onde as colunas parabólicas se unem numa laje, repousa expressiva cruz metálica, símbolo da Igreja Católica. Medindo 12 metros de altura, foi ali colocada no dia 21 de abril de 1968. Benta pelo Papa Paulo VI, guarda no seu interior duas relíquias: um fragmento da Cruz de Cristo e a Cruz Peitoral do primeiro Arcebispo de Brasília, D José Newton de Almeida Baptista.

3. O Espelho D’água:

767ccc861833a7ee8ec4990d879f4dc0.jpg Foto: Reprodução Internet

O Espelho d’Água, sobre o qual a Catedral parece pousar, proporciona não apenas proteção, mas ajuda a refrigerar e garantir umidade ao ar seco do cerrado, além de refletir a beleza do Templo. Com 40 centímetros de profundidade e 12 metros de largura, tem capacidade para um milhão de litros de água. Circunda todo o Templo, ocultando a base das colunas e dando a impressão de que elas nascem dali. Os vidros da fachada-cobertura estão afastados do Espelho d’Água cerca de 50 centímetros. É por essa fresta que entra na Catedral a brisa do cerrado umidificada pela água do Espelho.

4. O Campanário:

2f22cbf6d1ad20b83bef19eedd2732d6.jpg Foto: Reprodução / Te Sigo Pelo Mundo

Situado à direita de quem entra, o Campanário apresenta-se de forma inovadora e ousada. Criado por Niemeyer para ser a Torre da Catedral, foi inaugurado em 1977, por D. José Newton de Almeida Baptista, então Arcebispo de Brasília. Mede 20 metros de altura e suporta quatro sinos de bronze, doados pelo Governo da Espanha. Três deles – Santa Maria, Pinta e Nina –, lembram as Caravelas de Cristóvão Colombo na descoberta da América. O quarto – Pilarica – é uma homenagem a Nossa Senhora do Pilar, muito cultuada naquele país. Desde 1987, controlados eletronicamente, os sinos tocam às seis, às doze e às dezoito horas.

5. A Cúpula do Batistério:

7ef25294653bd3cba03bfa392270039a.jpg Foto: Adilson Moreira

Ainda parte do conjunto arquitetônico da Praça de Acesso, à esquerda de quem entra situa-se a Cúpula do Batistério – uma construção de concreto armado, de forma ovóide, que protege e complementa o interior da Capela onde se realizam os batizados. Uma escada de mármore liga a parte externa do Templo ao Batistério, o que permite acesso direto a este, sem que seja necessário passar pela nave da igreja.

6. A Cúria Metropolitana:

ad3d13b8936fec69c00e992b979ea37f.jpg Foto: Reprodução Mapio.net

Complementa o conjunto arquitetônico da Catedral o edifício da Cúria Metropolitana de Brasília. Obra de Niemeyer, foi inaugurado em 2007 e abriga os diversos órgãos administrativos da Arquidiocese, como a Chancelaria, Comissões e Departamentos. Localiza-se na área de três mil metros quadrados posterior ao Batistério e se comunica internamente com a Catedral.

7. As Estátuas dos Evangelistas:

fc17033a8169bcca05763367d3181669.jpg  Foto: Luiz Trazzi Martins

Esculpidas por Alfredo Ceschiatti e Dante Croce, quatro estátuas de bronze, cada uma com três metros de altura, estão posicionadas à esquerda e à direita da entrada principal do Templo. Representam os quatro Evangelistas – Mateus, Marcos, Lucas e João – e o pergaminho que trazem à mão os identifica como os primeiros registradores da história de Jesus Cristo na Terra.

8. Os Anjos da Catedral:

149b6c274ed4d9b179543cee86e933b5.JPG Foto: Reprodução Internet

No interior da nave, estão as esculturas de três anjos, suspensos por cabos de aço, obras de Alfredo Ceschiatti, que pairam sobre os fiéis como se fossem seus protetores.

9. Os Vitrais da Nave:

cf06329e42cf1da4a94f7e4dc00060f7.jpg Foto: Mariana Heinz

A cobertura da nave tem um vitral composto por dezesseis peças em fibra de vidro em tons de azul, verde, branco e marrom inseridas entre os pilares de concreto. Cada peça insere-se em triângulos com dez metros de base e trinta metros de altura que foram projetados por Marianne Peretti e restaurados recentemente. Ao todo, são 2 mil metros quadrados de vitrais, que proporcionam uma sensação de bem-estar para quem está dentro da catedral. De acordo com a intensidade dos raios solares, as cores vão se alterando, o que proporciona um lindo espetáculo.

Foto capa: Curta Mais / Marcos Aleotti
Informações oficiais: Catedral.org.br

Conheça o incrível projeto da quadra modelo 308 sul em Brasília

A superquadra 308 sul é conhecida como a ‘quadra modelo’, porque ela seguiu à risca o projeto do urbanista Lúcio de Costa de como deveriam ser todas as quadras do plano piloto.

De um modo geral as quadras de Brasília seguem uma padronização. Todas os prédios das quadras das 400 possuem no máximo 3 andares. Os prédios das 200, 100 e 300 somente 6 andares. Já na 308 existe um projeto de um prédio com 4 andares.

7ab35dde155d44171b6cd97c68510064.JPG

Outro detalhe dos prédios são as grandes janelas de vidros na parte frontal, e o fundo do prédio composto por cobogós (parede vazadas com furos que permitem maior circulação de ar e entrada de luminosidade). Falando nisso, a disposição de todos os blocos foi pensada para que todas as salas e quartos fiquem posicionados para o lado do sol nascente.

80220a8b1118b6fbc11d6c0d8c611361.JPG

Os pilotis- que são aquela área livre embaixo dos prédios, que foram pensados para gerar a circulação dos moradores e o contato social -, são padronizados com o piso de mármore escuro e colunas de mármore na cor branca.

A famosa ’igrejinha’ (Igreja Nossa Senhora de Fátima) também compõe o projeto da quadra.

a82a5f3b4872dadabdadaa478612d9ee.JPG

A primeira Escola Classe implementada em Brasília foi a da quadra 308 sul, tendo sua inauguração no dia 12/09/1959. Já na Escola Parque, o que chama atenção são suas colunas de sustentação em formato V.

b3f9ad7158e7af9bc9c9766a5401587d.JPG

a2f52299b253128d281ad973efa2d9b3.JPG

No entanto o charme da quadra fica escondida no bloco F, um lindo espelho d’água com alguns peixes criado por Burle Marx.

189074b3c270db60632ac028c8a38cea.JPG

980eb4ba8657424d213a1a6030f301c6.jpg

Comente esse assunto em nossas redes sociais e acompanhe o Curta Mais no Facebook, Instagram e Twitter

Foto capa: Reprodução Internet/ Fotos matéria: Bsb na Trilha

 

Você conhece o significado das principais siglas de Brasília?

Que Brasília pode parecer confusa pelas coordenadas cartesianas isso ninguém questiona. Mas como fazer para se achar em uma cidade cujos endereços também são siglas?

Vamos desvendar as principais siglas da cidade.

AOS – Área Octogonal Sul

CLN – Comércio Local Norte

CLS – Comércio Local Sul

CLSW – Comércio Local Sudoeste

EPDB – Estrada Parque Dom Bosco

EPIA – Estrada Parque Indústria e Abastecimento

EPNB – Estrada Parque Núcleo Bandeirante

EPTG – Estrada Parque Taguatinga

EQN – Entrequadra Norte

EQS – Entrequadra Sul

ESAF – Escola de Administração Fazendária

ML – Mansões do Lago

QI – Quadra Interna

QL – Quadra do Lago

QNA – Quadra Norte A (em Taguatinga)

QRSW – Quadra do Sudoeste

SAIN – Setor de Áreas Isoladas Norte

SAIS – Setor de Áreas Isoladas Sul

SBN – Setor Bancário Norte

SBS – Setor Bancário Sul

SCEN – Setor de Clube Esportivo Norte

SCES – Setor de Clube Esportivo Sul

SCN – Setor Comercial Norte

SCS – Setor Comercial Sul

SDS – Setor de Diversões Sul

SHIN – Setor de Habitações Individuais Norte

SHIS – Setor de Habitações Individuais Sul

SHN – Setor Hoteleiro Norte

SHS – Setor Hoteleiro Sul

SHTN – Setor de Hotéis e Turismo Norte

SIA – Setor de Indústria e Abastecimento

SIG – Setor de Indústria Gráfico

SMU – Setor Militar Urbano

SOF – Setor de Oficinas

SQN – Super Quadra Norte

SQS – Super Quadra Sul

SRTN – Setor de Rádio e Tv Norte

SRTS – Setor de Rádio e Tv Sul

A propósito, você sabia que a sigla BSB é o código IATA do Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek para a cidade Brasília.

Destino encantador nos arredores de Brasília é perfeito para conhecer no feriado

Famosa pela ocorrência do mineral quartzo no subsolo e até mesmo na superfície, o munícipio de Cristalina (GO), distante cerca de 120km de Brasília, guarda a Cachoeira do Arrojado, uma beleza natural perfeita para visitas rápidas no fim de semana.

Um dos locais mais visitados e conhecidos do município, a cachoeira tem queda d’água de 10 metros de altura e é formada pelas águas do Ribeirão Arrojado, reconhecido como fonte de piscinas naturais e água cristalina.

Ela está distante aproximadamente 15km do centro da cidade, e o acesso se dá pela rua Otaviano de Paiva – sentido BR 040. Em seguida é necessário pegar a estrada que leva ao bairro Cristal e seguir até a Cachoeira do Arrojado.

A visitação é gratuita e por não haver uma estrutura grande no local, é importante que o banhista separe e jogue o seu lixo em local apropriado, para a conservação dessa paisagem natural.

7fe31e1589e37ed65dddde866dfa7385.jpg

7f69fa63da7891fbb3ee546fc00b8ea1.jpg

 

Lugares para você realizar sua cerimônia de casamento ao ar livre em Brasília

O Curta Mais separou uma pequena lista com lugares maravilhosos para os noivos que estão a procura de um local para realizar a celebração do matrimônio fora da igreja. Lugares rústicos, sofisticados, ao ar livre com uma vista de tirar o fôlego. Confira abaixo nossa lista:

Villa Giardini

O Ecoparque Villa Giardini é um espaço único em Brasília, muito bem localizado, à 10 km da ponte JK, com uma vista deslumbrante do lago.
A estética visual dos eventos Villa Giardini é de autoria da Decoradora e Artista Plástica Dhyana Aguiar e seu sócio, o Arquiteto Cauê Mauricio.

9914a3a947ea2ea521cb97fac7fb992c.jpg Foto: Site oficial

Local: SMLN MI 13, Núcleo Rural Córrego do Tamanduá chácara 261A – Brasília – DF

Espaço Renascença

O Renascença oferece um cenário privilegiado, em uma das áreas mais nobres de Brasília, com dois amplos e sofisticados espaços que acomodam confortavelmente até 300 convidados. Inaugurado em 2001, o local oferece o apoio de profissionais experientes, que estão dispostos a auxiliar os noivos em cada escolha, sempre com serviços com alto padrão de qualidade. A infraestrutura charmosa garante o conforto e segurança de todos, além de causar grande impacto aos convidados,  com um encantador jardim e uma exuberante cascata e um flamboyant pode ser decorado com velas suspensas.O Renascença também oferece uma suíte exclusiva para os noivos, com jardim de inverno.

e558ba6e5dba0c24fa0f1350f368a566.jpg

Local: SMPW Quadra 13, Cj 01 – Casa 06 – Setor de Mansões Park Way

Garten Haus Café Colonial 

O Garten Haus está localizado às margens do Lago Paranoá, oferecendo um ambiente acolhedor e vista deslumbrante. O mobiliário antigo, a equipe com trajes típicos, a culinária, tudo remete os convidados ao clima dos autênticos Cafés Coloniais de Santa Catarina – um sinônimo de bem-estar, hospitalidade e aconchego. O pacote de serviços inclui: DJ, mesa do bolo e doces, cerimonial, etc. e é personalizado para cada cliente.

ee1a6d3798120501779df6ec63ec973f.jpg

Local: SMLN ML4, Conjunto 2, Lote 8 – Brasília

Foto capa: Paulo Victor Lago

 

Conheça a Praia das Pedras, um lugar paradisíaco na Chapada dos Veadeiros

A Praia das Pedras é o nome de um resort paradisíaco escondido na Chapada dos Veadeiros, a 28 KM da Vila de São Jorge. O local dá acesso ao rio Tocantinzinho onde a margem é feita com areia e muitas pedras incríveis.

9c381b0186828ca52ac329f72663f120.jpg

No local você pode se hospedar em um bangalô, tem área de campping, passeio de caiaque, trilha, redário, lojinha com produtos artesanais e o banho no rio.

a700bdc8ce715002456881a3ca61cef6.jpg

O local oferece um delicioso almoço feito com os pratos regionais, a típica comida caseira feita em fogão a lenha, e as verduras e legumes são colhidas na hora do preparo.

e9dcaf8a176fa54bbfdb5cbf15f72c3f.jpg

 

094516c88b052280d168a3509dca91ef.jpg

E se você busca algo de recordação, ainda pode dar uma passada na lojinha com artesanatos confeccionados na região. Produtos variados e artesanais.

af67c8fa7bf7051f866216abc07c5095.jpg

A praia das pedras ainda é pouco conhecida na região e por isso o local abriga diversos animais da flora e da fauna do cerrado, que convivem em extrema harmonia, liberdade e respeito com o ser humano visitante.

Serviço

Praia das Pedras
Local: Entre Alto paraíso e Colinas do sul a 28 quilômetros da vila de São Jorge – GO
Telefone de contato: 61 9935-6923