Cidade a 180km de Brasília esconde verdadeiros tesouros naturais

Distante 180km de Brasília, o município mineiro de Unaí possui verdadeiras belezas naturais que surpreendem o visitante, sendo um destino muito indicado para o brasiliense passar um final de semana ou até mesmo fazer um rápido bate e volta.

O acesso até a cidade é feito pelas rodovias BR-251 e pela GO-010 e em pouco mais de duas horas o visitante chega ao local para desbravar as inúmeras belezas naturais:

Gruta do Tamboril

Do centro de Unaí até a gruta são aproximadamente 10km. Com 1.200 metros de extensão, ela é formada por sete salões ornamentados por estalactites e estalagmites. Há também um lago cristalino, com água sempre morna.

0d1cd9624d30b095144bfdaf4a7526a5.jpg

Gruta do Sapezal

Com fácil acesso, a gruta fica a 25km do centro da cidade. Formações de estalactites, estalagmites e um lago de água em tons de azul e 200 metros de diâmetro estão disponíveis para o visitante explorar.

a3ea391c25181a73540b1ef998848462.jpg

Cachoeira da Jibóia

Destino um pouco mais afastado, a cachoeira fica a 80km de distância, no município vizinho de Uruana de Minas. Apesar da distância, a queda d’água é de 144 metros e é possível a prática de rapel.

0517bacede604797b5e96e0da38c9671.jpg

Pedra do Canto

O complexo da Pedra do Canto tem altura aproximada de 150 metros e seu paredão de calcário se estende por cerca de 750 metros, o que torna o espaço perfeito para a prática de escaladas. Está distante 20km de Unaí e a paisagem se destaca no cenário seco do cerrado.

eb20a8202fcd7cc7777df6d985e08f3f.jpg

Cachoeira do Rio Preto

Também é conhecida como Cachoeira Maria das Dores e tem uma cascata de 50 metros de extensão, com quedas de 4 metros de altura. Às margens do rio ela possui uma pequena mata e é considerada ideal para banhos e passeios de barco.

55f9d5d2aa5e73c2cd7727e1bddaa2d9.jpg

Gruta do Gentio II

Está situada a 30km do centro de Unaí. Sua importância é enorme para o município, pois ela abriga vestígios de pinturas rupestres, dando indícios da vida em períodos pré-históricos. Pesquisas indicam que o homem dessa caverna viveu há mais de 10 mil anos atrás.

7852663f5f46b3dd22019531eb9d847b.JPG

b1989e88a383b9f28dd5b21078bb548c.JPG

Conheça a região mais ecológica do DF com cachoeiras e trilhas a 20 km do centro de Brasília

Localizada a pouco mais de 20 km do centro de Brasília, o Núcleo Rural Lago Oeste é nomeado como a região mais ecológica, com natureza exuberante e preservada, fazendo parte da Região Administrativa de Sobradinho. A área abriga a Reserva Biológica da Contagem e parte do Parque Nacional de Brasília.

A região preserva a vegetação nativa do cerrado, onde os caminhos, ruelas e travessas são de terra. As chácaras, com suas cercas vivas e plantações diversas, garantem a rusticidade e o clima de vida no campo, em uma integração harmoniosa com a natureza.

O local é cercado de trilhas para ciclismo, cachoeiras para banho, produção regional de cerveja, hospedagem em local paradisíaco, produtores agrícolas e uma chapada para chamar de nossa, a Chapada da Contagem.

Veja abaixo motivos excelentes para você conhecer e admirar o Lago Oeste:

Natureza preservada

Com altitude de até 1.254 metros, a Chapada da Contagem é uma APP – Área de Preservação Permanente, que protege as nascentes de diversos rios e córregos, como o ribeirão da Contagem e o córrego Paranoazinho, que fornecem água para a população de Sobradinho, e apresenta grande importância ecológica, protegendo nove diferentes fitofisionomias do cerrado. A Reserva da Contagem faz parte de um corredor ecológico entre o Parque Nacional de Brasília e a Bacia do Rio Maranhão, garantindo a ligação desta importante unidade de conservação com a bacia amazônica.

 

Lindas cachoeiras
O complexo de Cachoeiras do Rio da Palma formam um dos conjuntos de cachoeiras. No total são oito cachoeiras acessíveis – algumas com até 40 metros de queda d’água, dezenas de cascatas, piscinas naturais e corredeiras com águas cristalinas. As trilhas que levam as cachoeiras possuem diferentes graus de dificuldades.

 

Trilhas e ciclovias

O Parque Nacional de Brasília faz divisa com o Lago Oeste em toda a extensão da DF 001, proporcionando belas paisagens para quem transita pela rodovia, além de ser de fundamental importância para manter as características naturais e ecológicas do Lago Oeste. O percurso integra quatro unidades de conservação federal (UCs): Flona de Brasília, Apas do Planalto Central e do Rio Descoberto e Reserva Biológica (Rebio) da Contagem, uma das principais ferramentas de integração ambiental, social, de conservação e contemplação da natureza. O local também conta com ciclovia de 12 km de percurso.

 

Foto: Trilha do Calango

 

Destino pertinho de Brasília se destaca no turismo em Goiás com lagos azuis cristalinos, grutas e cachoeiras

A cerca de 80km de Brasília, a cidade de Formosa é um mundo a ser desbravado pelos espíritos aventureiros: grutas, cachoeiras, quedas livres, trilhas, e rampas de voo livre vão fazer você sentir um gostinho de adrenalina como nunca antes. Além disso, a cidade abriga sítios arqueológicos e recebe importantes festas religiosas ao longo do ano.

Com economia baseada na agropecuária, a cidade de Formosa tem grande potencial turístico. Curta Mais listou excelentes motivos pra você conhecer a cidade de Formosa nessas férias e elaboramos um roteiro completinho do que fazer na cidade. Pode fazer as malas e boa viagem!

Recanto das Cachoeiras

Recanto

Recanto das Cachoeiras

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Localizado em uma reserva particular, a 59km do centro de Formosa, o Recanto das Cachoeiras reúne duas quedas d’água, uma com aproximadamente 25 metros e outra com 2 metros de altura. As duas formam piscinas adequadas para banho.

Cachoeira Água Fria

Cachoeira

Cachoeira da Água Fria

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

c32a5d1f949511307138d46093d74250.jpg

Também localizada em propriedade particular, a Cachoeira da Água Fria possui impressionantes 80 metros de altura, formando um poço de água esverdeada. A cachoeira está localizada a 85km do centro da cidade.

 

Caverna Escaroba

Caverna

Caverna Escaroba

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Para ter acesso às belezas abrigadas na Caverna Escaroba, é preciso descer de rapel por uma claraboia. Lá dentro, formações rochosas e uma pequena cachoeira criam um cenário impressionante.

Caverna

Caverna Escaroba

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

 

Sítio Arqueológico do Bisnau

Sítio

Sítio Arqueológico do Bisnau

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Visitado por estudantes e pesquisadores, o Sítio Arqueológico do Bisnau é um lajedo de cerca de 2600m² de rocha de arenito, com inscrições rupestres em baixo relevo, datadas de 11 mil anos. O sítio fica a 54km do centro de Formosa, e está localizado em propriedade particular.

Sítio

Sítio Arqueológico do Bisnau

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

 Cachoeira do Bisnau

Cachoeira

Cachoeira do Bisnau

Foto: Aventuras Terrestres

Seguindo a mesma estrada que leva ao Sítio Arqueológico do Bisnau, encontra-se a Cachoeira do Bisnau, que faz parte de um conjunto de córregos que alimentam as bacias dos rios São Francisco e Tocantins-Amazonas.

Cachoeiras do Indaiá

Cachoeiras

Cachoeiras do Indaiá

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Localizadas em reserva particular, as Cachoeiras do Indaiá são uma série de quedas d’água, a maior delas com 30 metros de altura. Todas formam poços de água ideais para banho. As cachoeiras estão a 28km do centro de Formosa.

Cachoeiras

Cachoeiras do Indaiá

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Buraco das Andorinhas

Buraco

Buraco das Andorinhas

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Complexo de grutas de aproximadamente 250 metros de profundidade, o Buraco das Andorinhas é habitado por aves que lhe renderam o nome. No seu interior, corre um rio de água fresca e cristalina, que atrai mergulhadores. O Buraco das Andorinhas faz parte de uma reserva particular, localizada a 49km do centro de Formosa.

Lago

Lago cristalino no Buraco das Andorinhas

Foto: Viagem e Turismo

Buraco das Araras

Buraco

Vista aérea do Buraco das Araras

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Localizado a 42km do centro de Formosa, o Buraco das Araras é a segunda maior dolina de colapso do centro-oeste (depressão em formato circular formado pela dissolução das rochas) e uma das maiores do Brasil, e abriga no seu interior uma densa floresta úmida, com samambaias gigantes, e uma caverna secreta banhada por rios subterrâneos de água cristalina.

Formosa

Interior do Buraco das Araras

Foto: Goiás Turismo

Buraco

Lago de água cristalina no interior do Buraco das Araras.

Foto: Agência de Turismo Itakamã

Lagoa Feia

Lagoa

Lagoa Feia

Foto: Goiás Turismo

Ideal para a prática de esportes aquáticos como jet ski, pescaria, standup paddle, canoagem, passeio de lancha e pedalinho, a Lagoa Feia fica a apenas 5 km do centro de Formosa. Em alguns pontos, a Lagoa chega a 100 metros de profundidade.

Rampa de Voo Livre no Vale do Paranã

Vôo

Rampa de Voo Livre do Vale do Paranã

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Situada no Vale do Paranã, a rampa de voo livre recebe todos os anos uma etapa do Campeonato Nacional de Voo Livre. Localizada a aproximadamente 1300 metros de altura, a pista permite voos de até 3 mil metros. O clima ideal para a prática do voo livre, segundo os especialistas, é durante o mês de agosto. Para chegar até a rampa, é preciso seguir pela GO-118, que liga Formosa à Chapada dos Veadeiros.

Rampa

Rampa de Voo Livre do Vale do Paranã

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Salto do Itiquira

Salto

Salto do Itiquira

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Criado em 1981, o Parque Nacional do Itiquira abriga o incrível Salto do Itiquira. Localizado a 32km do centro de Formosa, o Salto possui 168 metros de altura, sendo o maior salto de fácil acesso do Brasil. O Parque abriga ainda várias corredeiras, mirantes, cânions e mais de 35 nascentes de água. A reserva conta com uma trilha que leva à base do Salto.

Salto

Salto do Itiquira

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Como chegar

Formosa fica a 83 km de Brasília, com acesso pela BR-020.

 

Conheça o Córrego do Urubu: uma pequena e linda cachoeira no centro de Brasília

Você sabia que em Brasília existe uma cachoeira dentro da cidade? Pois ela fica próximo ao Setor de Mansões do Lago Norte e o Varjão e chama-se CÓRREGO DOS URUBUS.

córrego

Ela não é muito divulgada e nem muito popular em Brasília, mas tem uma queda d’água excelente para um banho, com água limpa e cristalina. Frequentado por famílias e crianças, o local proporciona sombras embaixo das árvores, mas também sol livre de qualquer empecilho.

A trilha de acesso é curta e fácil. A entrada é gratuita. Nos feriados costuma ficar cheio, vale lembrar que a área de banho é pequena.

córrego

O Curta Mais Recomenda: É importante preservar a natureza e não deixar lixo no local. Leve uma sacola e no final do passeio recolha todo o seu lixo. 

Por ser um local público e carente de vigilância, é essencial que os visitantes estejam atentos a possíveis situações de furto aos carros no estacionamento. Não é muito comum, mas há relatos.

Local: Núcleo Rural do Córrego do Urubu. No setor de mansões do lago norte, fica no sentido de quem está indo para o Varjão vindo do Paranoá. Pegar estrada de terra vermelha na DF-005.

Entrada gratuita

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros começa a cobrar ingressos dos visitantes

A partir desta segunda-feira (8 de julho), o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO), distante cerca de 250km de Brasília e 400km de Goiânia, começa a cobrar entrada dos visitantes. Os valores foram regulamentados na portaria nº 831/2018, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O preço da entrada varia entre R$3 a R$34. Moradores de locais como moradores de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Colinas do Sul, Nova Roma, São João D’Aliança e Teresina de Goiás, vão pagar R$ 3 e demais brasileiros pagam R$17. Estrangeiros de países do Mecosul pagam R$26, enquanto visitantes de outras nações desembolsam R$34.

Idosos com 60 anos ou mais e crianças de até 12 anos não pagam (acompanhadas de adultos). Estudantes e acompanhantes de estabelecimentos de ensino com visitas pré-agendadas; populações extrativistas beneficiárias da unidade de conservação; colaboradores ou membros de instituições colaboradoras estão isentos da taxa, assim como os pesquisadores autorizados pelo ICMBio; os servidores de órgãos públicos em serviço; os guias de turismo regularizados pelo Ministério do Turismo e os condutores de visitantes cadastrados na unidade de conservação.

O valor arrecadado nas bilheterias vai ser usado para reformas e compra de equipamentos, além da manutenção do parque, Patrimônio Mundial da Unesco, com 240 mil hectares de área protegida.

Foto: Zarpo Magazine

Cachoeiras em Brasília passam por mutirão de limpeza neste fim de semana

Neste domingo (30 de junho), algumas cachoeiras da região de Brasília passam por mutirões de limpeza e os moradores estão organizando verdadeiros mutirões de limpeza para preservação destas belezas naturais da região.

No Altiplano Leste, região próxima ao Jardim Botânico, os moradores preparam atividades para o encerramento do Mês da Natureza. O mutirão na cachoeira daquela região tem como objetivo proteger e preservar o patrimônio natural do Altiplano.

A concentração será no Centro Holístico Altiplano (CHA), a partir das 8h30. A saída do grupo será às 9h. Do Centro, os interessados seguem por uma trilha leve. A indicação da organização é que cada participante vá preparado com água e lanches leves, roupas adequadas para trilha e luvas e sacos plásticos para recolher o lixo. Os interessados devem entrar em contato pelo telefone (61) 99988-7594.

Na Ceilândia, a galera do Rolezinho Ambiental organiza a terceir edição da trilha no parque metropolitano do PSul. O ponto de encontro será em um supermercado da região, às 7h. A trilha para limpeza do local está marcada para 8h.

A organização pede que os participantes levem sacos para recolher o lixo, protetor solar, água, lanches e roupas apropriadas para trilha e para o banho após a limpeza. Os interessados devem entrar em contato pelos telefones (61) 99254-7929 e (61) 98425-7266.

ffe892491839e0e9af08d8d5c9ac8150.jpg

ac44a8191f51833367b72b39f90486c9.jpeg

Fotos: Descobertas Bárbaras

5 programas em Brasília e arredores para quem quer fugir do Carnaval

O Carnaval está chegando e a festa contagia grande parte da população, com blocos que levam várias pessoas para as ruas. Outras preferem o sossego e a calmaria de programas com menos gente e acabam fugindo das aglomerações e marchinhas do Carnaval.

O Curta Mais elaborou uma lista com cinco programas para quem não quer participar da folia neste ano. Confira:

1 – Visite uma exposição
O CCBB de Brasília recebe até o dia 28 de abril, a exposição 50 Anos de Realismo, com cerca de 90 obras das últimas décadas e um recorte inédito da realidade na arte. A entrada é gratuita e a visitação acontece das 9h às 21h.
No catálogo estão pinturas, esculturas, vídeos e instalações interativas. A exposição é dividida em etapas demarcadas pela temporalidade das obras e traz vários artistas separados por momentos diferentes de atuação.

6da4787f6beffa12bfcee31e8c3c6177.jpg

Foto: CCBB/Divulgação

SERVIÇO
50 Anos de Realismo
Local: CCBB (Setor de Clubes Sul)
Data: até 28 de abril (domingo)
Horário: das 9h às 21h
Entrada gratuita
Informações: CCBB

2 – Leve as crianças para uma tarde com brincadeiras
O Slime virou uma febre entre a criançada. Até o dia 6 de março o Shopping Iguatemi recebe o evento gratuito ‘Slime é Nick Experience’, para crianças de 5 a 13 anos brincarem com a massa de modelar.
Os pequenos podem participar de um circuito com várias atividades que vão entretê-los. As brincadeiras acontecem das 14h às 20h (segunda a sexta-feira) e das 12h às 20h (sábado e domingo).

ce06481379462a0cf414b414ea765900.jpg

Foto: Nickelodeon/Divulgação

SERVIÇO
Slime é Nick Experience
Local: Shopping Iguatemi (Lago Norte)
Data: até 6 de março
Horário: 14h às 20h (segunda a sexta) e 12h às 20h (sábado e domingo)
Entrada gratuita
Informações: Iguatemi Shopping

3 – Visite a Água Mineral
Criado em 29 de novembro de 1961, o Parque Nacional de Brasília surgiu da necessidade de se proteger os rios que fornecem água potável à Capital Federal e também de manter a vegetação em estado natural.
Sua área de 42.389,01 hectares abrange as regiões de Brasília, Sobradinho e Brazlândia, além do município goiano de Padre Bernardo. Sua área contribui para o equilíbrio das condições climáticas e evita a erosão dos solos no Distrito Federal.
Durante o Carnaval o parque funciona das 8h às 16h, com as piscinas e trilhas abertas ao público. A entrada custa R$14 e crianças abaixo de 12 anos não pagam.

8658c264b7133783f90048c358e93a1e.jpg

Foto: Agência Brasília

Localização

 

4 – Aproveite um festival gastronômico
Para aqueles que não dispensam uma boa experiência gastronômica, acontece na cidade até o dia 3 de março o Festival Panelas da Casa, com receitas elaboradas usando ingredientes que retratam toda a riqueza gastronômica do nosso país em menus exclusivos.
Um dos participantes é o El Paso, que serve um menu com o melhor da cozinha latina e mexicana. A refeição completa custa R$52 (entrada, prato principal e sobremesa).
A lista completa de restaurantes está disponível na internet.

b2f31f717734834d00a61ba246291540.jpg

Foto: Romulo Juracy

SERVIÇO
8° Festival Panelas de Casa
Data: 7 de fevereiro a 3 de março
Valores: menu completo por R$52
Informações: página do festival

5 – Curta o sossego de uma cachoeira
Próximo a Formosa (GO) e distante cerca de 68km de Brasília, está a microbacia do Rio Itiquira. O caminho até o complexo de cachoeiras abriga a Cachoeira do Indaiá, com 15m de queda e 1km de trilha.
De Brasília até o local, o caminho é feito pela BR-020, que passa por Sobradinho e Planaltina. O caminho final é feito por uma estradinha de chão de cerca de 8km até a fazenda onde está o paraíso.
A entrada custa R$20 e o visitante percorre cerca de 7km de trilhas para visitar todas as belezas do complexo (Indaiá, Véu de Noiva e Mirante do Salto do Itiquira). A dica é levar muita água e alimentos leves, já que a estrutura não dispõe de restaurante.

d9a8ac07110d1538607a4c4d5618abab.jpg

Foto: Tripadvisor

Localização

Cachoeira do Indaiá: um verdadeiro presente da natureza nos arredores de Brasília

Na região próxima a Formosa, aproximadamente 68km de Brasília, a microbacia do Rio Itiquira é um grande presente para os apreciadores das paisagens naturais e das quedas d’água.

Saindo de Brasília, pegue a saída Norte pela BR-020 com destino a Formosa, passando por Sobradinho e Planaltina. Após 9km siga como quem vai para São João da Aliança e Chapada dos Veadeiros, fazendo a volta por debaixo do viaduto. O caminho continua pela BR-010/GO-118 por cerca de 15km até a estrada de chão. Por fim, são mais 8km em estrada de terra até a fazenda.

O complexo de cachoeiras reserva uma trilha de 7,2km (considerando ida e volta). A primeira parada é a Cachoeira do Indaiá, com 15m de queda e 1km de trilha. Em seguida é a vez da Cachoeira Véu de Noiva, que tem 30m e fica a 2km de trilha. O verdadeiro presente fica guardado para o fim, com o Mirante do Salto do Itiquira, uma das maiores quedas d’água do país, com 168m de altura.

Os visitantes podem aproveitar a paisagem para contemplar a flora e a fauna local, além de fazer rapel na Cachoeira Véu de Noiva e aproveitar as águas refrescantes para um banho em um dia de verão. Para entrar no local é cobrado R$20.

2dddb86fc21e2e934f26acd72061d0f1.jpg

507561ac275fdecbf70d6820d2770f26.jpg

9056434c51d51ffba68455da4a53df79.jpg

Fotos: reprodução internet

 

 

Cachoeira de Mumunhas é uma ótima opção nos arredores de Brasília

Distante 60km do centro de Brasília em direção a Brazlândia, o Paraíso na Terra abriga cerca de 20 cachoeiras, sendo a mais famosa a de Mumunhas. O complexo ecológico está situado dentro da Área de preservação Ambiental (APA) de Cafuringa, com 46,5 mil hectares e é um lugar  repleto de nascentes e vegetação típica do cerrado.

Saindo de Brasília basta seguir pela Estrutural no sentido Brazlândia e continuar pela DF-220. Uma estrada de terra de 4km separa o visitante do santuário natural.

O local também é um reduto espiritual administrado pelo Instituto Teosófico de Brasília (ITB), uma sociedade sem fins lucrativos e filantrópica, e conta com templos de arquitetura grega, iglus, salas de meditação e espaço para relaxar.

O dia dentro do santuário ecológico custa R$70 e R$95 e incluem visitação guiadas às cachoeiras e trilhas ecológicas e refeições como café da manhã e almoço ovolactovegetariano.

5863b5d55fc8ccddd78ee21c91d49261.jpg

437c4971ad674715a0b323f004ed4139.jpg

e05502fdbf5b5df1f6a0d4ca72278745.jpg

b6820a4cab9d67b023830255ec3d409f.jpg

2b0f22be0020166a23a32ecd7f6094a5.jpg

LOCALIZAÇÃO

7 destinos próximos de Brasília para curtir o feriadão

Cocalzinho de Goiás

4eb0d3fc66e05aed42150b8633bfcba1.png

O município é cortado por vários córregos e rios. Na região são produzidos vinhos que surpreendem enólogos e apreciadores da bebida. Em seu território está uma das áreas mais preservadas da Serra dos Pireneus. Entre seus atrativos estão ainda grutas, cachoeiras, montanhas, serras e a Caverna dos Ecos, que abriga o maior lago subterrâneo da América Latina. A distência é de 105 km de Brasília, pela BR – 070.

Olhos d’água

22ab156cb100d6a03e8f948fc4cc869d.jpg

É uma cidade rústica e aconchegante com sua arquitetura e lindas cachoeiras. O lugar é marcado pelo famoso evento anual, chamado “Feira do Troca”. Comidas típicas goianas, pingas, artesanatos e a calmaria são garantidos ali. A distência é de 100 km de Brasília, pela BR – 060.

São João D’Aliança

fd533db107a177a8ec14147c2ac975e7.jpg

É o primeiro município da Chapada dos Veadeiros. O local possui belas cachoeiras, canyons, rios e piscinas naturais. A distência é de 155 km de Brasília, pela BR – 020.

Poço Azul

0d5ff1ab7d289ba1848a4df617f67b8c.jpg

É um lugar bonito, com um poço de água completamente azul, transparente e cristalina. Sua temperatura não é tão fria comparada a outras cachoeiras. O poço tem uma extensão aproximada de 15 por 10 metros e uma profundidade de cerca de 7 metros. Uma dica é fazer mergulho com máscaras e snorkel, pois dá para apreciar peixes pequenos que ali habitam.  A distência é de 36 km de Brasília, pela DF- 001.

Cavalcante

dd9dfc3f491578500f38ee54717f23b9.JPG

Em Goiás está a cachoeira “Santa Bárbara”, uma das cachoeiras mais belas do Brasil, com suas águas azuis, que encantam todos que por ali vão. O município é regado de cultura, dança, alegria, harmonia e verde. A distência é de 320 km de Brasília, pela BR- 020.

Cristalina

0739d69103011182d5d16ac0ad537504.jpg

Local abriga o Poço Azul, que está localizado na Reserva Particular do Patrimônio Natural Linda Serra dos Topázios. Além das cachoeiras Rio Topazio e da Garganta e do Canyon da Garganta. A cidade ainda conta com lindas peças de jóias feitas com pedras naturais. A distência é de 131 km de Brasília, pela BR – 040.

Mimoso

6bec7536a8cfb8730aada9c4874a9504.jpg

A nascente do Rio Bom Jesus tem água cristalinas, onde pode se ver o leito repleto de peixes. A temperatura da água é de 23º. O rio está localizado na Fazenda da Vovó, local particular, onde é disponibilizada infraestrutura para hospedagem, alimentação e diversão .A distência é de 135 km de Brasília, pela BR – 080.