Saiba o que é Glaucoma, a doença que levou Marrone para a sala de cirurgia

Fernanda Cappellesso
Por Fernanda Cappellesso
glaucoma 1

Recentemente, o cantor Marrone, da dupla sertaneja Bruno & Marrone, passou por uma cirurgia ocular para tratar o glaucoma. A notícia reacendeu a atenção sobre essa condição que, se não tratada adequadamente, pode levar à perda de visão. Mas afinal, o que é o glaucoma, como ele se desenvolve, e quais são suas formas de tratamento?

 O que é o Glaucoma?

O glaucoma é uma doença ocular que causa danos progressivos ao nervo óptico, essencial para a visão. Geralmente, esse dano está relacionado ao aumento da pressão intraocular (PIO). O nervo óptico transmite informações visuais do olho para o cérebro, e qualquer dano a essa estrutura pode resultar em perda de visão.

 Tipos de Glaucoma

Existem vários tipos de glaucoma, sendo os mais comuns:

1. Glaucoma de Ângulo Aberto: É o tipo mais comum. Ocorre quando o sistema de drenagem do olho fica entupido, resultando em aumento gradual da PIO. A progressão é lenta e a perda de visão periférica é inicialmente imperceptível.

2. Glaucoma de Ângulo Fechado: Menos comum, é caracterizado pelo fechamento súbito do ângulo de drenagem, o que pode causar um aumento rápido e doloroso da PIO. Requer atenção médica imediata.

3. Glaucoma Congênito: Presente desde o nascimento, ocorre devido a uma formação inadequada do sistema de drenagem do olho.

4. Glaucoma Secundário Resulta de outra condição médica, como inflamações oculares, traumas ou uso de certos medicamentos.

Fatores de Risco do Glaucoma

Diversos fatores podem aumentar o risco de desenvolver glaucoma, incluindo:

Idade: Pessoas acima de 60 anos têm maior risco.
Histórico Familiar: A presença de glaucoma em familiares próximos.
Condicionantes Médicas: Diabetes, hipertensão e doenças cardíacas.
Raça: Afrodescendentes e pessoas de ascendência asiática têm maior predisposição.

Sintomas do Glaucoma

Os sintomas variam conforme o tipo de glaucoma. No glaucoma de ângulo aberto, a perda de visão é tão gradual que muitas vezes não é percebida até que ocorra um dano significativo. Já no glaucoma de ângulo fechado, os sintomas podem incluir dor intensa nos olhos, náusea, visão turva e halos ao redor das luzes.

Diagnóstico do Glaucoma

O diagnóstico precoce é crucial para evitar a progressão do glaucoma. As principais formas de diagnóstico incluem:

– Tonometrias: Medem a PIO.
– Exames de Campo Visual: Avaliam a perda de visão periférica.
– Oftalmoscopia: Inspeção do nervo óptico para verificar sinais de dano.
– Pachimetria: Mede a espessura da córnea, que pode influenciar a PIO.

 Tratamento do Glaucoma

O tratamento do glaucoma visa reduzir a PIO para prevenir mais danos ao nervo óptico. As opções incluem:

Medicação : Colírios e comprimidos que reduzem a produção de humor aquoso ou aumentam sua drenagem.
Laser: Procedimentos que melhoram a drenagem do humor aquoso.
Cirurgia: Em casos onde os tratamentos anteriores não são eficazes, procedimentos cirúrgicos podem ser necessários. Marrone, por exemplo, optou por essa via para controlar sua condição.

O glaucoma é uma doença séria que pode levar à cegueira se não tratada. A história de Marrone serve como um alerta para a importância do diagnóstico precoce e do tratamento adequado. Consultas regulares com um oftalmologista são essenciais, especialmente para aqueles que apresentam fatores de risco. O avanço da medicina permite que muitas formas de tratamento sejam efetivas, proporcionando uma melhor qualidade de vida aos pacientes.

Leia também:

Novo Mapa do Turismo de Goiás passa a ter 86 cidades; saiba quais

Essa encantadora cidade do interior de Goiás está atraindo turistas do Brasil inteiro