Mel Gibson arrasa nesse famoso filme de ação que quebrou mais um recode de audiência no Prime Video

Se você é fã de filmes de ação, vai adorar saber que um dos clássicos mais amados do gênero está fazendo um grande sucesso no Prime Video. Estamos falando de “Máquina Mortífera” (1987), um filme icônico estrelado por Mel Gibson. Recentemente, ele bateu mais um recorde de audiência na plataforma. Curioso para saber mais? Continue lendo e descubra por que esse filme é tão especial.

Um clássico que continua relevante

“Máquina Mortífera”, lançado em 1987, continua a conquistar novos fãs e a encantar os antigos. A química entre os personagens principais, Martin Riggs (Mel Gibson) e Roger Murtaugh (Danny Glover), é um dos fatores que fazem o filme ser inesquecível. Riggs é um policial que vive no limite, enquanto Murtaugh é mais tranquilo e próximo da aposentadoria. Juntos, eles enfrentam uma perigosa quadrilha de traficantes de drogas que era composta por ex-militares da Guerra do Vietnã.

A história de “Máquina Mortífera” (1987) é cheia de ação e momentos de tensão. Tudo começa quando Riggs e Murtaugh se tornam parceiros e precisam trabalhar juntos, apesar de suas personalidades completamente opostas. Riggs é imprevisível e tem tendências autodestrutivas, enquanto Murtaugh é um homem de família que só quer se aposentar em paz. Essa dinâmica cria muitas cenas emocionantes e cômicas ao longo do filme.

Personagens memoráveis

Mel Gibson e Danny Glover dão vida a personagens que se tornaram ícones do cinema de ação. Martin Riggs é um policial com um passado trágico, que o torna destemido e, muitas vezes, imprudente. Já Roger Murtaugh é o oposto, um veterano sensato que valoriza sua segurança e a de sua família. A interação entre esses dois personagens é cativante e é um dos principais motivos para o sucesso contínuo do filme.

Recentemente, “Máquina Mortífera” bateu mais um recorde de audiência na plataforma de streaming Prime Video, mostrando que a popularidade do filme não diminuiu com o tempo. Muitos novos espectadores estão descobrindo essa obra-prima do cinema de ação, enquanto os fãs de longa data aproveitam para revê-lo. Esse sucesso demonstra a atemporalidade da história e a qualidade do filme.

Por que assistir “Máquina Mortífera”?

Se você ainda não assistiu “Máquina Mortífera” (1987), aqui estão alguns motivos para dar uma chance a esse clássico:

Ação de qualidade: O filme é repleto de cenas de ação bem coreografadas que vão te manter na ponta do sofá.

Humor: A interação entre Riggs e Murtaugh proporciona momentos de alívio cômico que equilibram a tensão.

Trama envolvente: A história é cheia de reviravoltas e mantém o espectador envolvido com o filme do início ao fim.

Clássico atemporal: Assistir a “Máquina Mortífera” (1987) é uma oportunidade de apreciar um pedaço da história do cinema.

“Máquina Mortífera” (1987) é mais do que um simples filme de ação; é uma história emocionante que destaca a importância da amizade e da parceria. Com atuações memoráveis de Mel Gibson e Danny Glover, e uma trama que equilibra perfeitamente ação e emoção, não é surpresa que continue a atrair grandes audiências no streaming.

Então, prepare a pipoca, reserve um tempo e aproveite para assistir ou rever “Máquina Mortífera” (1987) no Prime Video. Garantimos que será uma experiência inesquecível.

Leia também:

Filmaço com Al Pacino e Johnny Depp é um tesouro (escondido) no catálogo da Netflix

Depois que você assistir esse incrível filme de drama com Sandra Bullock na Netflix, sua vida nunca mais será a mesma

Série brasileira com jeitão de novela (e ótima) chega ao top 3 mundial na Netflix

Filme de ação de sucesso já está no streaming poucas semanas após seu lançamento

Hoje em dia, muitos filmes que estreiam no cinema rapidamente chegam às plataformas de streaming. Isso é uma ótima notícia para quem prefere assistir filmes em casa. Recentemente, um filme de ação chamado “O Dublê” conseguiu um feito impressionante, sendo disponibilizado online poucas semanas após sua estreia nos cinemas.

Um sucesso nas telas e nas plataformas

“O Dublê” é estrelado por dois atores que têm uma química incrível, garantindo muita diversão e emoção no streaming. O filme traz ação intensa e cenas bem elaboradas, algo que não vemos com tanta frequência hoje em dia. Com um custo de produção entre 125 e 150 milhões de dólares, “O Dublê” está a caminho de recuperar todo esse investimento apenas um mês após seu lançamento.

A Universal Pictures, distribuidora do filme, decidiu aproveitar o sucesso e lançou o filme digitalmente nos Estados Unidos, apenas algumas semanas após ele ter chegado aos cinemas. Isso permite que mais pessoas possam assistir ao filme de maneira conveniente, sem precisar sair de casa.

Uma homenagem aos heróis desconhecidos

“O Dublê” é uma nova versão da série “Duro na Queda”, de 1981. O filme conta a história de Colt Seavers, interpretado por Ryan Gosling, um dublê que finalmente tem a chance de mostrar suas habilidades. Ele trabalha no novo filme de sua amada, a diretora Jody, vivida por Emily Blunt. Mas Colt não está apenas atuando; ele também precisa resgatar a estrela do filme, interpretada por Aaron Taylor-Johnson, que desaparece misteriosamente.

Esse filme disponível no streaming é uma verdadeira homenagem aos dublês, esses heróis muitas vezes esquecidos que arriscam suas vidas para criar cenas de ação incríveis. “O Dublê” mistura acrobacias espetaculares com cenas de ação de tirar o fôlego, tornando-se uma celebração desses profissionais dedicados.

Uma versão estendida para os fãs

Além de estar disponível no streaming, “O Dublê” veio com uma surpresa especial: uma versão estendida que adiciona 20 minutos extras ao filme. Agora, o tempo total de duração é de quase duas horas e meia. Embora ainda não saibamos exatamente o que esses minutos adicionais trazem, a expectativa é grande. Os fãs estão curiosos para descobrir as novas cenas e se elas realmente fazem diferença na história.

Infelizmente, ainda não temos uma data de lançamento para essa versão estendida no Brasil. Mas os fãs brasileiros podem ficar tranquilos, pois em breve poderão assistir a essa versão especial diretamente de suas casas.

“O Dublê” não é apenas um filme de ação, é uma celebração das pessoas que tornam os filmes emocionantes. Com sua química perfeita entre os atores e cenas de ação impressionantes, ele conquistou rapidamente o público. E agora, com a versão estendida disponível no streaming, os fãs têm ainda mais motivos para comemorar. Se você ainda não assistiu, prepare-se para muita emoção e ação em um filme que homenageia os heróis desconhecidos do cinema.

Confira também:

Esse filme baseado em fatos reais reúne astros de Top Gun, O Senhor dos Anéis e Marvel

Conheça a franquia da Netflix que foi vista por 130 milhões de pessoas no mundo

Qual é o filme mais caro da história da Netflix

Primeiro filme de ação a custar 100 milhões de dólares é considerado um dos melhores de todos os tempos

Há exatos 30 anos, o mundo do cinema viu o lançamento do primeiro filme de ação a ter um orçamento de 100 milhões de dólares: “True Lies”. Este marco não só destacou a grandiosidade das produções cinematográficas da época, mas também estabeleceu novos padrões para filmes de ação. Com James Cameron na direção e Arnold Schwarzenegger no papel principal, o filme se tornou um enorme sucesso de bilheteria em todo o mundo.

A grandeza de “True Lies”

“True Lies” foi lançado em 1994 e surpreendeu a todos ao se tornar o primeiro filme de ação a custar 100 milhões de dólares. Algumas pessoas acreditam que “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final” , também dirigido por James Cameron, poderia ter sido o primeiro, mas seu custo ficou em torno de 94 milhões de dólares. Assim, “True Lies” levou o título, e entrou para o Guinness Book, o famoso Livro dos Recordes.

James Cameron comentou em uma entrevista ao Los Angeles Daily News que ele não gosta de discutir orçamentos. Para ele, avaliar um filme de ação pelo seu custo é um desperdício de tempo; o que importa é se o filme atinge seus objetivos e agrada ao público. E “True Lies” fez exatamente isso.

A trama envolvente

A história de “True Lies” gira em torno de Harry Tasker, interpretado por Arnold Schwarzenegger, um agente secreto que esconde sua verdadeira identidade de sua família por 15 anos. Sua esposa, Helen, está entediada com a rotina diária e acaba se envolvendo com um homem que ela acredita ser um espião. O que ela não sabe é que esse “espião” é apenas um vendedor de carros que se faz passar por um agente secreto para impressioná-la.

Quando Harry descobre a traição, ele decide investigar mais a fundo e acaba revelando a farsa do amante de Helen. Mas isso é só o começo. A trama se complica ainda mais quando terroristas de verdade entram em cena e sequestram a filha de Harry e Helen, levando a uma série de eventos cheios de ação e emoção.

Sucesso nas bilheterias

Com um orçamento tão alto, havia um grande risco de que “True Lies” não fosse bem nas bilheterias e pudesse prejudicar as carreiras de Cameron e Schwarzenegger. Porém, o filme de ação se provou um sucesso estrondoso. Ele arrecadou impressionantes 378 milhões de dólares nos cinemas, ficando entre os filmes mais lucrativos de 1994. Apenas “O Rei Leão” e “Forrest Gump” conseguiram arrecadar mais naquele ano.

O sucesso de “True Lies” não foi apenas uma questão de números. O filme conquistou fãs ao redor do mundo com sua mistura de ação, suspense e humor. Ele mostrou que filmes de ação poderiam ter histórias e personagens que cativam o público , elevando o padrão para futuras produções do gênero.

“True Lies” não é apenas um marco por seu orçamento gigantesco, mas também por sua contribuição ao gênero de filmes de ação. Ele mostrou que é possível combinar grandes cenas de ação com uma trama interessante e personagens bem desenvolvidos. Mesmo 30 anos após seu lançamento, “True Lies” continua sendo um exemplo de como fazer um filme de ação que agrada tanto o público quanto a crítica. Se você ainda não assistiu, vale a pena conferir e se divertir com essa história cheia de adrenalina e reviravoltas, que está disponível na Netflix.

Veja também:

Conheça a franquia mais bem-sucedida da Netflix e que foi vista por 130 milhões de pessoas no mundo

Filme de terror da Netflix tem 1h25 e nenhum diálogo

Descubra qual é a minissérie da Netflix que dividiu opiniões

Conheça o novo reality musical da Netflix

Filme ‘O Dublê’ é a grande estreia da semana nos cinemas de Goiânia

Nesta quinta-feira (2), o filme de ação/comédia O Dublê (The Fall Guy, no título original) estreou oficialmente nos cinemas de Goiânia, e todo o Brasil, pela Universal Pictures. O longa-metragem conta com o ator Ryan Gosling (de Barbie) e a atriz Emily Blunt (de Oppenheimer) no elenco principal.

Dirigido por David Leitch (de Trem-Bala), que assina o roteiro ao lado de Drew Pearce (de Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw), o titulo teve um orçamento total de 125 milhões de dólares.

Baseada na série Duro na Queda, sucesso dos anos 80, O Dublê gira em torno de Colt Seavers, interpretado por Gosling, um dublê de Hollywood que é obrigado a abandonar seu trabalho após um acidente. Mas, pouco tempo depois das lesões, ele é chamado para trabalhar em um filme dirigido por sua ex, Jody Moreno, vivida por Blunt.

Seu trabalho inicial seria realizar as cenas perigosas do protagonista do novo longa, Tom Ryder, interpretado por Aaron Taylor-Johnson (de Kraven – O Caçador). Porém, após descobrir que Tom foi sequestrado, sua tarefa se torna maior do que um simples trabalho como dublê.

Assim, para concluir as filmagens e salvar o protagonista, Colt precisa enfrentar o trabalho diário no set e uma conspiração criminosa ao mesmo tempo.

Confira a programação nos cinemas de Goiânia:

 

Flamboyant (XD Leg) [Sala 1] – somente domingo 11h| 13h50| 16h45| 19h45

Flamboyant (XD Leg) [Sala 1] – somente sábado 12h

Flamboyant (XD Leg) [Sala 1] – menos domingo 14h50| 17h45| 20h45

Flamboyant (Leg) [Sala 6] – menos sábado e domingo 18h45

Passeio das Águas (XD Dub) [Sala 4] – somente domingo 10h55| 13h50| 16h50| 20h

Passeio das Águas (XD Dub) [Sala 4] – somente sábado 11h55

Passeio das Águas (XD Dub) [Sala 4] – menos domingo 14h40| 17h30| 20h15

Passeio das Águas (Dub) [Sala 7] – somente domingo 15h30| 20h45

Passeio das Águas (Dub) [Sala 7] – menos domingo 16h20| 21h45

Goiânia Shopping (Leg) [Sala 1] – somente sábado e domingo 13h10

Goiânia Shopping (Leg) [Sala 1] – menos sábado e domingo 14h50

Goiânia Shopping (Leg) [Sala 5] – 18h20

Goiânia Shopping (Leg) [Sala 5] – 18h20

Goiânia Shopping (Leg) [Sala 5] – menos sábado e domingo 21h

Goiânia Shopping (Leg) [Sala 5] – somente sábado e domingo 21h10

Goiânia Shopping (Dub) [Sala 5] – 15h40

Shopping Cerrado (Dub) – 16h| 19h| 22h

Shopping Cerrado (Macro XE Dub) – 15h45| 18h45| 21h45

Shopping Bougainville (Dub) [Sala 5] – 15h30| 18h10| 20h50

Shopping Bougainville (Dub) [Sala 1] – 16h| 21h30

Shopping Bougainville (Leg) [Sala 1] – 18h50

Centro Cultural Oscar Niemeyer (2D Leg) [Sala 1] – 13h30| 21h10

Centro Cultural Oscar Niemeyer (2D Dub) [Sala 1] – 18h40

Buriti Shopping (Dub) [Sala 2] – 21h20

 

*O Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças. Consulte sempre antes de sair de casa!

Exclusivo no streaming – Liam Neeson brilha em seu melhor filme de ação até hoje

Há filmes que se tornam ícones instantâneos, mas há aqueles que resistem ao teste do tempo, continuando a cativar audiências mesmo após anos desde seu lançamento. “Busca Implacável” é um desses casos, mantendo-se como um dos melhores filmes de ação na carreira de Liam Neeson.

Liam Neeson, um dos atores mais versáteis de Hollywood, conhecido por papéis que variam desde dramas intensos até aventuras épicas, conquistou os corações dos espectadores em diversos filmes. Porém, foi em “Busca Implacável” que ele deixou sua marca de maneira indelével. E hoje, esta joia cinematográfica está disponível para ser apreciada no Star+. Continue conosco até o final da leitura.

O Thriller que Definiu uma Carreira

Lançado em 2008, “Busca Implacável” não apenas arrecadou significativamente nas bilheterias, mas também desencadeou duas sequências e uma série, solidificando sua posição como um dos melhores filmes de ação da década.

E mais do que isso, marcou um ponto de virada na carreira de Neeson, que desde então se tornou um rosto frequente nos filmes do gênero. Embora seja uma história simples, “Busca Implacável” é uma montanha-russa de adrenalina, mantendo o público à beira de seus assentos do início ao fim.

Busca Implacável: Uma Corrida Contra o Tempo

O enredo gira em torno de Bryan Mills (interpretado por Neeson), um ex-agente da CIA determinado a deixar para trás sua vida de violência e se dedicar à sua filha Kim (interpretada por Maggie Grace), que vive com sua mãe (interpretada por Famke Janssen).

No entanto, quando Kim e sua amiga são sequestradas enquanto viajam pela Europa, Bryan é lançado de volta ao mundo sombrio que ele tentou deixar para trás. Determinado a salvar sua filha, ele embarca em uma busca desesperada, enfrentando uma rede de tráfico de pessoas determinada a vendê-las como mercadorias.

A Luta de Um Pai Pela Justiça

O que torna “Busca Implacável” tão envolvente não são apenas as cenas de ação, mas também a motivação do personagem principal. Bryan Mills não é apenas um herói de ação convencional; ele é um pai desesperado, disposto a enfrentar o submundo mais sombrio para proteger sua filha. Essa dimensão emocional adiciona uma camada de profundidade à narrativa, tornando-a muito mais do que apenas uma sequência envolvente.

O Legado de “Busca Implacável”

Desde seu lançamento, “Busca Implacável” tornou-se um marco nos filmes de ação, estabelecendo um padrão para o gênero. Sua influência pode ser vista em filmes posteriores que tentaram replicar seu sucesso, mas poucos conseguiram capturar a mesma intensidade e emoção que o original ofereceu.

Ao longo dos anos, o filme ganhou um status de cult, continuando a atrair novos espectadores e reafirmando sua posição como um dos melhores exemplos do gênero. E no canal Star+, ele encontra uma nova vida, permitindo que uma nova geração de espectadores aprecie a magia que o tornou tão especial.

O Impacto Duradouro de “Busca Implacável”

À medida que a busca de Bryan Mills se desenrola na tela, somos lembrados do poder do amor de um pai e da determinação de um homem em enfrentar todos os obstáculos para proteger sua família. É uma história que ressoa com muitos, tocando em temas universais de coragem, sacrifício e redenção.

Em última análise, “Busca Implacável” não é apenas um filme de ação emocionante; é uma história sobre o que significa ser humano. E é essa profundidade que o torna uma experiência cinematográfica verdadeiramente inesquecível.

Seja você um fã de longa data ou alguém que está descobrindo este clássico do cinema pela primeira vez, “Busca Implacável” é uma escolha imperdível. Com uma mistura perfeita de ação frenética, emoção palpável e uma performance memorável de Liam Neeson, este filme continua a cativar e emocionar espectadores em todo o mundo. Então, prepare-se para uma aventura emocionante e mergulhe no mundo implacável de Bryan Mills, que não vai te desapontar.

 

O filme de ação que conquistou Quentin Tarantino está na Netflix

Anualmente, Quentin Tarantino presenteia seus fãs com sua indicação de filme favorito, uma tradição aguardada ansiosamente pelos fãs do renomado diretor de cinema. Hoje, um dos filmes indicados pelo diretor como um espetáculo chega ao catálogo da Netflix. Trata-se de “Top Gun: Maverick”.

Quentin Tarantino pode ser visto como uma bússola confiável para muitos amantes de cinema, afinal, Tarantino é um realizador, roteirista, produtor, ator, diretor de fotografia e crítico de cinema americano. É vencedor de dois Oscars de Melhor Roteiro Original e foi eleito o 19° maior diretor de cinema dos últimos 25 anos segundo o levantamento da Quartz através do Metacritic. Com um currículo de peso como esse, a indicação do diretor pode ser seguida cegamente.

Durante uma entrevista ao podcast Reelblend, Tarantino não poupou elogios a “Top Gun: Maverick”, dirigido por Joseph Kosinski e estrelado por um elenco de peso, incluindo Tom Cruise, Miles Teller, Jennifer Connelly e John Hamm. O filme é sequência do clássico e icônico filme de 1980. Com entusiasmo, o cineasta descreveu a experiência proporcionada pelo filme, agora disponível na Netflix, como “um verdadeiro espetáculo cinematográfico”, algo que ele acreditava não ser possível testemunhar novamente nas salas de cinema.

Ao longo do podcast, Tarantino não poupou elogios ao filme. Ele deu destaque para a direção de Kosinski, que se assemelha ao estilo de direção de Tony Scott, diretor do primeiro filme, que infelizmente já faleceu. Ele expressou admirável respeito pelo trabalho do diretor, afirmando que este filme é a forma mais próxima de reviver o estilo cinematográfico único de Scott. 

No longa podemos acompanhar Pete “Maverick” Mitchell de volta depois de mais de 30 anos de serviço como um dos principais aviadores da Marinha. Apesar de ser conhecido como o capitão mais desobediente da Marinha, o Almirante Kazansky, conhecido como “Iceman”, acredita que Maverick ainda tem algo a oferecer à marinha. É então que, a pedido do Almirante, ele assume o posto de professor da nova elite de pilotos de caça. Agora, no mundo contemporâneo das guerras tecnológicas, Maverick precisa provar que o fator humano ainda é essencial.

 

 

Lançado três décadas após o original, “Top Gun: Maverick” não apenas se tornou um dos maiores sucessos de 2022, mas também uma produção que transcendia expectativas. Com uma arrecadação global de 1,493 bilhão de dólares, o filme conquistou o título de maior bilheteria do ano, um feito notável antes de ser ultrapassado por “Avatar: O Caminho da Água” em 2023. 

Tarantino também falou sobre a paciência de Tom Cruise, que estava ansioso aguardando o momento ideal para retomar o universo de “Top Gun”. Cruise revelou ao cineasta que a demora na produção da sequência era uma busca pela abordagem mais adequada, uma busca que, segundo Tarantino, alcançou seu objetivo. 

A novidade é empolgante para os fãs que, assim como Tom Cruise, estavam ansiosos para o filme. Agora, existe a oportunidade de desfrutar de “Top Gun: Maverick” no conforto de suas casas, já que o longa-metragem está disponível no catálogo da Netflix.

 

>Veja Também<

Blonde: Filme sobre a vida de Marilyn Monroe estreia na Netflix e exalta atuação brilhante de Ana de Armas

‘Agente Oculto’: o filme mais caro da história da Netflix acerta na ação e erra no roteiro

Uma Linda Vida: o filme da Netflix que vai aquecer seu coração