Descobrimos o dia que ‘nevou’ em Brasília; entenda

O retrato em destaque é de 1961

cmxtecnologia
Por cmxtecnologia

Em 1778, o quinto governador e capitão-general da Capitania de Goiás registrou a ocorrência de neve na região Centro-Oeste, em um relato denominado “Jornada de Luiz da Cunha Meneses da Cidade de Bahia para Vila Boa, a Capital de Goyaz”.

 

O texto impressionante traz a ocorrência de neve em uma região que hoje é conhecida pela seca entre maio e outubro. O relato também menciona as distâncias locais em léguas. Confira: “Da Bandeira a Contage de São João das Três Barras, um total de 11 léguas, passando pelo Sítio Novo (2 léguas), Pipiripaô (1 e 1/2 léguas), Mestre d’Armas (2 léguas) até chegar a São João das Três Barras. Esse local era tão gélido que, durante o mês de junho, o período mais rigoroso do inverno, testemunhava a queda de neve.” Fora o relato acima, não há outras provas de que realmente houve neve na época.

Já em 1961, a capital do país testemunhou uma chuva de granizo intensa que cobriu o Congresso Nacional com um tapete branco de gelo, conforme registrado em uma foto (em destaque) capturada por um fotógrafo anônimo na época.