Bicicletas compartilhadas podem ajudar a desafogar o trânsito de Goiânia

Chamamento público deve ser aberto pela prefeitura até o mês de junho

Rafael Vaz
Por Rafael Vaz
Bicicletas compartilhadas podem ajudar a desafogar o trânsito de Goiânia
Bicicletas compartilhadas podem ajudar a desafogar o trânsito de Goiânia

As bicicletas compartilhadas estão no radar da Prefeitura de Goiânia como estratégia para desafogar o trânsito. Um chamamento público deve ser aberto até o mês de junho. A medida faz parte do Plano de Mobilidade (PlanmobGyn) e tem como principal objetivo atrair a população ao uso de deslocamentos em modos ativos, ou seja, a pé ou de bike.

Conforme divulgado pela Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), a prefeitura apresentará os pontos de interesse para que as bicicletas sejam instaladas. No entanto, as empresas também poderão sugerir os locais.

A previsão é que, inicialmente, sejam criadas pelo menos 20 áreas de compartilhamento, sendo cada um com um total de 10 a 20 bikes. De acordo com a prefeitura, não haverá ônus para o município, uma vez que o projeto deve ser de responsabilidade da empresa.

“Todo o ganho da empresa será a divulgação da sua logomarca”, explica chefe de Gabinete da Seplanh, Verônica Mansur. Para alavancar a iniciativa, ciclovias, ciclo-rotas e ciclofaixas da capital serão revitalizadas. Haverá, ainda, maior fiscalização em áreas de maior fluxo.

Receba no seu WhatsApp as melhores dicas da cidade e as notícias mais interessantes em primeira mão!

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? Basta clicar aqui e entrar no canal do WhatsApp do Curta Mais.