Conheça a Buenos Aires de Goiás

Posse é uma cidade encantadora localizada no nordeste do estado de Goiás, Brasil. Situada a 550 km de Goiânia e a 318 km de Brasília, Posse é conhecida como a “Rainha do Nordeste Goiano” por ser o principal centro da região. A cidade tem uma população de pouco mais de 37 mil habitantes.

A história de Posse é fascinante. A cidade surgiu com a chegada de imigrantes nordestinos que fugiam da seca em busca de terras férteis no meio do século XIX. Inicialmente, o povoado foi chamado de Buenos Aires, localizado abaixo da confluência do Rio Corrente com o Rio Paraná. No entanto, um surto de malária fez com que os primeiros colonos se mudassem para terras mais altas ao pé da Serra Geral, onde formaram outro assentamento. O novo povoado recebeu o nome de “Posse” porque os habitantes haviam tomado posse das terras ao longo do córrego Passagem dos Gerais em 1830.

Um dos principais atrativos de Posse é o Poço Azul, uma cachoeira deslumbrante que é um verdadeiro tesouro natural34. O Poço Azul é um conjunto de três piscinas naturais com água cristalina, cheia de peixinhos e com tonalidades que variam entre azul turquesa e verde esmeralda. A trilha até as piscinas é um atrativo à parte, pois passa por cânions e pelo Rio Vermelho.

Posse é uma cidade com uma localização privilegiada, ao pé da Serra das Araras, com uma temperatura média de 25 °C e uma oferta de água mineral retirada das encostas das montanhas. A parte leste do município é atravessada pelo Rio Paranã e seus afluentes. As terras são férteis, com pastagens naturais e florestas ricas em madeiras nobres. As terras têm um fertilizante natural – fosfato – que ajuda a renovar o solo.

Portanto, se você ainda não conhece Posse, esta cidade encantadora tem muito a oferecer com sua rica história, paisagens deslumbrantes e o incrível Poço Azul. Vale a pena visitar!

32c4c517508632b04abf3fc1dafc0737.png

Foto: Prefeitura Municipal de Posse

A história de Posse começa no início do século XIX, quando imigrantes nordestinos chegaram à região procurando terras para cultivo de cereais. A região era conhecida como “Buenos Aires” e foi palco de atividades como pastoreio, lavoura e engenho. O nome era devido a proximidade com o Rio Prata e os moradores compararem com “La Plata”.

Infelizmente, a malária devastou a população logo nos primeiros anos de fundação da cidade. No entanto, os habitantes não se deixaram abater e se mudaram para a zona da chapada, onde formaram o novo povoado de Posse. Com o desenvolvimento da indústria rural, agricultura e criação de gado, a cidade se tornou distrito em 1855 e obteve sua autonomia municipal em 1872.

Hoje em dia, Posse é conhecida como a “Rainha do Nordeste Goiano” por ser o principal centro da região. E um dos seus principais atrativos é o Poço Azul, situado a apenas 12 km do centro da cidade. O poço é cercado por uma paisagem incrível e suas águas cristalinas são uma tentação para quem quer mergulhar e se refrescar em um dia quente de verão.

Preview

Poço Azul, em Posse, Goiás. Foto: @thomasaugusto73

Mas não é só isso: Posse também é um destino para quem gosta de aventura. A cidade conta com uma cachoeira de 35 metros, a maior das cinco cachoeiras que ficam em uma trilha de apenas 1 km. Além de muitas outras por perto! As paisagens únicas de Guarani de Goiás, que fica a apenas 20 km de Posse, também valem a visita.

Conheça o outro lado de Terra Ronca com cachoeiras exuberantes - Curta Mais

Foto: Luciano Guimarães

Posse é uma cidade que tem muito a oferecer, desde sua história surpreendente até suas paisagens deslumbrantes e seu poço azul apaixonante. Se você ainda não conhece esse tesouro do nordeste goiano, não perca mais tempo: planeje sua viagem e descubra tudo o que essa cidade encantadora tem a oferecer.

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Fotos de capa: @thomasaugusto73

Cachoeira na divisa entre Goiás e Mato Grosso impressiona com queda dupla de quase 100 metros de altura

O Salto Paraguassu, uma jóia escondida no município de Baliza, Goiás, a apenas 38 km do centro da cidade e cerca de 458 km da capital goiana, é uma experiência imperdível para os amantes da natureza. Com duas quedas majestosas de quase 100 metros de altura, enclausuradas por um imponente paredão, esta cachoeira se torna um ponto obrigatório para quem deseja explorar a região.

Cachoeira na divisa entre Goiás e Mato Grosso impressiona com queda dupla de 100 metros de altura

Foto: divulgação

Situada na divisa com o Estado de Mato Grosso, o Córrego Perdizes, que dá origem a esse espetáculo de cachoeira, também forma diversas cascatas, cachoeiras e poços paradisíacos antes de desaguar no célebre Rio Araguaia.

Para os visitantes, o acesso ao Salto Paraguassu é descomplicado, já que os veículos podem chegar a apenas 100 metros da cachoeira. Antes de alcançar o local, um mirante oferece uma vista espetacular da cachoeira, criando uma atmosfera de tirar o fôlego.

Cachoeira na divisa entre Goiás e Mato Grosso impressiona com queda dupla de 100 metros de altura

Foto: divulgação

O entorno da cachoeira assemelha-se a uma prainha, proporcionando um local perfeito para acampar e desfrutar de refeições ao ar livre, tendo como cenário essa maravilha natural.

Aqueles em busca de emoções mais radicais podem se aventurar no rapel pelo paredão, uma atividade conduzida por instrutores locais, com preços variando de R$ 120 a R$ 160, dependendo da agência operadora.

Cachoeira na divisa entre Goiás e Mato Grosso impressiona com queda dupla de 100 metros de altura

Foto: divulgação

Vale ressaltar que a visita ao Salto Paraguassu requer agendamento prévio via WhatsApp, pois o acesso é controlado e liberado apenas para grupos agendados.

A taxa de visitação é de R$ 40 por pessoa, enquanto o valor para acampamento é de R$ 60, ambos devendo ser pagos antecipadamente via Pix ou transferência para garantir a reserva. Crianças de 0 a 7 anos são isentas de pagamento. Grupos agendados devem retirar a chave da porteira e a autorização de entrada na cidade de Baliza.

Encante-se com a beleza natural e desfrute de momentos únicos no Salto Paraguassu. Agende agora sua visita e prepare-se para vivenciar esse paraíso na divisa entre Goiás e Mato Grosso.

 

Serviço

Cachoeira Salto Paraguassu – Baliza (GO)

Telefone: (66) 99648-8417 (WhatsApp)

Endereço: R. 3, 8 – Jardim Primavera, Baliza – GO

Instagram: @saltoparaguassu

Explore a região da Cachoeira em Goiás

Ao explorar a região de Baliza, os viajantes são brindados não apenas com a grandiosidade do Salto Paraguassu, mas também com a riqueza natural que permeia esse cenário deslumbrante.

O município, muitas vezes ofuscado por destinos mais conhecidos, é como um tesouro escondido, especialmente para aqueles que buscam escapar das trilhas turísticas convencionais.

Localizada no coração do cerrado, Baliza é uma cidade que compõe a região do Vale do Araguaia. Possui cerca de 1.780,173 km² de área territorial, e cerca de 3.351 habitantes.

Habitada anteriormente por garimpeiros, a cidade ainda conserva o traçado irregular nas ruas, formando meandros ao longo da margem do rio e suas casas guardam o estilo antigo, algumas abandonadas e em ruínas, permanecendo vivos, entretanto, os hábitos típicos da vida garimpeira.

A cidade fica a 1km do Rio Araguaia, em seu apogeu na época do Garimpo, recebeu nomes importantes como o Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon em 1930; a família real brasileira composta pelo Príncipe Dom Pedro de Alcântara Orleans e Bragança e seus filhos, que em 1936 passaram alguns dias como hóspedes da família Jacobson e o interventor federal Dr. Pedro Ludovico em 1940.

Baliza possui vários atrativos naturais, alguns quase intocáveis. Cânions, cachoeiras, corredeiras, construções histórias e ruas de pedras fazem parte dos atrativos locais. A pesca esportiva, turismo de aventura, ecoturismo são algumas das modalidades a serem praticadas na região.

Com uma população extremamente acolhedora, vale a pena conhecer essa terra envolta por mistérios e encantos, cujas belezas naturais são de encher os olhos e o caminhar por suas ruas estreitas cercadas de antigos casarões é uma verdadeira viagem ao passado.

 

O Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças. Consulte sempre antes de sair de casa!

Curta o feriado em contato com a natureza a pouco menos de duas horas de Goiânia

Pirenópolis, situada a cerca de 130 quilômetros de Goiânia, promete um feriado de finados repleto de atrações para os turistas que a escolherem como destino.

 

Com uma ocupação já alcançando os 85% e expectativa de atingir a capacidade máxima, a cidade encanta com sua natureza exuberante, gastronomia de alto padrão, rica história e vibrante cultura.

 

Com 22 cachoeiras, mais de 200 opções de hospedagem totalizando aproximadamente 8.000 leitos, e mais de uma centena de estabelecimentos gastronômicos, Pirenópolis oferece um leque diversificado de experiências para seus visitantes.

 

O Curta Mais listou alguns pontos turísticos para todos os gostos, aos amantes da natureza, de trilhas, de aventuras, aos que procuram o sucesso e para os pequenos também curtir o feriado com muita animação.

 

Fazenda Bonsucesso

Um dos destaques é a Fazenda Bonsucesso, a apenas 5 quilômetros do centro, que abriga um circuito de seis cachoeiras, sendo um dos pontos mais procurados. 

 

Para os pequenos, a Cachoeira do Açude é perfeita, com um poço raso e águas cristalinas. 

 

A Cachoeira do Landi impressiona com sua deslumbrante queda d’água. 

Enquanto a Cachoeira do Palmito proporciona um poço de 2 metros de profundidade, cercado por uma paisagem verdejante. 

 

A Cachoeira da Pedreira, com suas pedras reluzentes e águas verde esmeralda, oferece uma experiência refrescante.

 

A Cachoeira Bonsucesso, com uma queda imponente e águas azuladas, encanta os visitantes com uma profundidade de 7 metros. 

 

A Cachoeira Lagoa Azul, como o próprio nome sugere, é um convite para um mergulho em suas águas azuis, com uma profundidade de 5,5 metros.

 

Além das maravilhas naturais, a hospedagem em Pirenópolis é um capítulo à parte. 

 

A Villaê Pousada, inaugurada em dezembro de 2020, se destaca pela integração com a natureza e tranquilidade dos espaços, oferecendo um total de 50 acomodações divididas em três alas. 

 

Já o Quinta Santa Bárbara Eco Resort, movido pelo respeito ao meio ambiente, é o primeiro do gênero na cidade, proporcionando uma experiência única com suas unidades de 1 ou 2 quartos e mais de 5.000m² de área de lazer.

 

A Pousada dos Pirineus, com mais de 30 anos de tradição, sempre em busca inovação para tornar a estadia de seus hóspedes uma lembrança inesquecível. 

 

E a Pousada Tajupá, com sua fachada singela e aconchegantes 12 suítes, garante privacidade e charme aos seus hóspedes. 

 

A Pousada Cavaleiro dos Pireneus, no alto de um vale e cercada por belos jardins, oferece estilo, conforto e proximidade com a natureza, a apenas 3 quilômetros do centro histórico.

 

Por fim, a Rua do Lazer em Pirenópolis é um popular ponto de encontro para festas, shows, gastronomia e entretenimento. Localizada próxima à histórica Rua do Rosário, oferece uma variedade de restaurantes e bares em casas de estilo colonial, iluminadas por postes de luz amarelos. Muitos visitantes vêm especialmente para aproveitar a vida noturna e a agitação local.

Com tantas opções e a promessa de muita diversão e descanso, Pirenópolis se firma como um destino imperdível para um feriado prolongado.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

3 cachoeiras em Pirenópolis que são ideais para passeios com crianças e idosos

Pirenópolis é uma encantadora cidade histórica localizada a 130 km de Goiânia e a 150 km de Brasília. Sua beleza natural e arquitetura antiga chama a atenção de todos que passam por lá. 

Além de seu incrível centro histórico que atrai muitos olhares admirados, Pirenópolis conta com cachoeiras de tirar o fôlego. Várias dessas cachoeiras são ideais para crianças e idosos. Conheça algumas delas:

 

1- Cachoeira do Abade

 

Localizada em R. Pireneus, km 17- Zona Rural; a Cachoeira do Abade é uma das mais lindas de Pirenópolis, e por isso, uma das mais queridas e procuradas entre os turistas.

 

A Trilha do Abade é um dos caminhos que levam até a Cachoeira do Abade e é considerada uma trilha fácil por ser pavimentada e ter apenas 500m de caminhada, tornando essa a opção excelente para crianças e idosos já que é de fácil acessibilidade e segura.

 

O custo de entrada é de apenas R$30,00 por adulto, meia entrada para crianças de 6 a 12 anos e idosos acima de 60 anos, e grátis para crianças até 5 anos. 

 

2- Cachoeira das Araras 

Localizada na Rodovia GO-338, km 18, Zona Rural; a Cachoeira das Araras é o lugar ideal para se divertir em família. Ela possui uma parte rasa com praia, ideal para o banho de crianças e idosos, contando também com espaço para recreação e parquinho para os pequenos. 

Com o custo de apenas 40 reais por pessoa e grátis para crianças de até 7 anos, toda a família pode se divertir nessa beleza de lugar!

 

3- Cachoeira Santa Maria 

Localizada no km 9,0, Rod. Parque dos Pireneus – Vargem Grande; a Cachoeira Santa Maria dispõe de uma beleza sem igual, que te faz querer aproveitar o lugar o dia inteiro. 

 

A cachoeira fica a apenas 500 metros do estacionamento, e a trilha é totalmente pavimentada, facilitando a locomoção das crianças e idosos. O local conta com partes rasas e areia fina, onde crianças e idosos podem se divertir sem preocupação. 

Com o custo de apenas R$35,00 por pessoa você pode desfrutar desse lindo paraíso. (o ingresso é válido para duas cachoeiras)

 

Leia também:

As 10 cachoeiras mais lindas de Pirenópolis

10 pousadas em Pirenópolis com diárias de R$90,00 a R$240,00

Conheça Pirenópolis

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

 

 

Descubra a beleza do Poço Azul na cidade que é considerada a ‘Rainha do Nordeste Goiano’

A cidade goiana de Posse é um verdadeiro tesouro do nordeste goiano a 550 km de Goiânia e a 318 km de Brasília. Com uma história surpreendente e paisagens deslumbrantes, ela conta com um atrativo especial: o Poço Azul, uma cachoeira completamente apaixonante.

Se você ainda não conhece essa cidade encantadora, continue lendo e descubra tudo o que ela tem a oferecer. A cidade, com pouco mais de 37 mil habitantes, já foi conhecida como “Buenos Aires” de Goiás! Entenda porque!

32c4c517508632b04abf3fc1dafc0737.png

Foto: Prefeitura Municipal de Posse

A história de Posse começa no início do século XIX, quando imigrantes nordestinos chegaram à região procurando terras para cultivo de cereais. A região era conhecida como “Buenos Aires” e foi palco de atividades como pastoreio, lavoura e engenho. O nome era devido a proximidade com o Rio Prata e os moradores compararem com “La Plata”.

Infelizmente, a malária devastou a população logo nos primeiros anos de fundação da cidade. No entanto, os habitantes não se deixaram abater e se mudaram para a zona da chapada, onde formaram o novo povoado de Posse. Com o desenvolvimento da indústria rural, agricultura e criação de gado, a cidade se tornou distrito em 1855 e obteve sua autonomia municipal em 1872.

Hoje em dia, Posse é conhecida como a “Rainha do Nordeste Goiano” por ser o principal centro da região. E um dos seus principais atrativos é o Poço Azul, situado a apenas 12 km do centro da cidade. O poço é cercado por uma paisagem incrível e suas águas cristalinas são uma tentação para quem quer mergulhar e se refrescar em um dia quente de verão.

Preview

Poço Azul, em Posse, Goiás. Foto: @thomasaugusto73

Mas não é só isso: Posse também é um destino para quem gosta de aventura. A cidade conta com uma cachoeira de 35 metros, a maior das cinco cachoeiras que ficam em uma trilha de apenas 1 km. Além de muitas outras por perto! As paisagens únicas de Guarani de Goiás, que fica a apenas 20 km de Posse, também valem a visita.

Conheça o outro lado de Terra Ronca com cachoeiras exuberantes - Curta Mais

Foto: Luciano Guimarães

Posse é uma cidade que tem muito a oferecer, desde sua história surpreendente até suas paisagens deslumbrantes e seu poço azul apaixonante. Se você ainda não conhece esse tesouro do nordeste goiano, não perca mais tempo: planeje sua viagem e descubra tudo o que essa cidade encantadora tem a oferecer.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Fotos de capa: @thomasaugusto73

Ponte de Pedra: conheça o incrível monumento geológico na Chapada dos Veadeiros com uma cachoeira enorme

Se você adora trilhas e conexão com a natureza, precisa conhecer a Ponte de Pedra na Chapada dos Veadeiros. Essa incrível atração geológica reserva uma vista deslumbrante e uma cachoeira enorme de mesmo nome, para quem se aventura em percorrer sua trilha íngreme de 6 km (ida e volta). 

Preview

Vista Noturna da Ponte de Pedra. Foto: Daniel Paranayba

É importante ressaltar que o acesso é feito somente com carros 4×4. Se você for com carro de passeio, a trilha dobra de tamanho, ou seja, são 12 km (ida e volta).

Vamos descobrir mais sobre essa maravilha natural?

Localizada na Reserva Renascer, em Cavalcante, a Ponte de Pedra é um monumento geológico que parece mesmo com uma ponte. Mas, ao contrário do que muitos pensam, essa ponte não foi construída pelo homem, mas sim pela própria natureza há mais de 1,2 bilhão de anos.

0621fa5616999445bfe201350de71527.jpg

Foto: @reservarenascer

A trilha para chegar até lá pode ser um pouco cansativa, com uma subida bem íngreme, mas o esforço vale muito a pena. Durante o percurso, é possível observar a rica flora e fauna do Cerrado.

Chegando à Ponte de Pedra, a vista é realmente deslumbrante. A cachoeira que termina na ponte proporciona um visual incrível para quem está lá em cima. E as formações rochosas que compõem a ponte são um verdadeiro espetáculo natural.

No início da trilha já há um ponto de banho maravilhoso: o Poço Xamãnico. E tem quem prefira conhecer na volta, para se refrescar depois da longa caminhada.

Preview

Poço Xamãnico. Foto: Nicolas Braga

Além disso, por estar localizada em uma região preservada e protegida, a Ponte de Pedra é um exemplo de como podemos conviver harmoniosamente com a natureza. É uma oportunidade de aprender mais sobre a importância da preservação ambiental.

A Reserva Renascer conta também com hospedagem e atividades como yoga e massagens relaxantes. Vale a pena conhecer!

O ingresso curta 30 reais para curtir essa belezinha e a contratação de um guia local é indispensável!

 

Mais Informações

Endereço: Reserva Ecológica Renascer – Cavalcante – GO

Telefone: (62) 99853-9380

Site: www.reservarenascer.com.br

Instagram: @reservarenascer

Guia Local: Victor Vieira | Instagram: @rotasdachapada

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Fotos: @reservarenascer

Descobrimos cachoeiras pouco conhecidas na Chapada dos Veadeiros e desvendamos os acessos secretos

As cachoeiras da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, são muito conhecidas nacionalmente, mas essas quatro que descobrimos são acessíveis somente pela água e você precisa conhecer. Que tal remar no paraíso? O mais novo atrativo da Chapada é á remo, com canoas deslizando através da barragem da Serra da Mesa até o Rio Tocantinzinho por cerca de 10 km, é possível avistar esses verdadeiros paraísos, bem escondidinhos.

4277c2dd3b77cfd16a87f2ae83e404e0.png

Canoa a postos para começar a remada no Rio Tocantinzinho. Foto: Reprodução/@chapada_vaa

16074c39b65c423164dec8ee62ef9a2a.jpg

Cachoeira Pedra Rolada. Foto: Wender Macieira (Guia Zubu)

As cachoeiras Curralinho, Pedra Rolada, Quati e Cânion Sucuri são incríveis e acredite… a água é quentinha, ideal para um banho bem relaxante! O Rio Tocantinzinho  é um dos principais afluentes do Rio Tocantins e é muito utilizado pela galera que curte esportes aquáticos como o rafting. Fica localizado no município de Colinas do Sul de Goiás, pouco abaixo do famoso “Encontro das Águas” (do Ribeirão São Miguel com o Rio Tocantinzinho). Com suas águas esverdeadas o rio é considerado um dos mais bonitos do Brasil.

4213df19b5fbecfa8427360369e0d0f8.jpg

Cachoeira Quati. Foto: Wender Macieira (Guia Zubu)

Mais especificamente a 5 km do município de Colinas do Sul, 30km do Distrito de São Jorge e 70km de Alto Paraíso, fica a Fazenda Chapada Visão, que é de onde os barcos saem para as cachoeiras (veja a localização da fazenda aqui). É importante agendar o passeio com antecedência para não dar viagem perdida (mais informações no final da matéria). É possível remar por lá em qualquer época do ano, exceto em situações de grandes chuvas e tempestades elétricas.

b4079711aadee7e6d97ece8b70876616.jpg

Cachoeira Curralinho. Foto: Wender Macieira (Guia Zubu)

Apesar de 10 km remando parecerem muito, o passeio é leve e tranquilo, com paradas estratégicas para curtir banhos incríveis. Inclusive, os guias oferecem coletes salva-vidas e um treinamento básico com técnicas de remada e instruções, antes de iniciar o trajeto. É indicado levar itens como repelente, camisa com proteção solar, boné ou chapéu, óculos de sol, protetor solar, roupa de banho, 2 litros de água e lanches leves, já que o atrativo não oferece refeições inclusas. 

99f03e15950be76979db7ec7c1490e9a.png

Detalhe da canoa, com uma rede para descanso. Foto: @chapada_vaa

Além disso tudo, durante o trajeto ainda há uma parada para observar pinturas rupestres no Sitio Curicaca, também em Colinas do Sul, e um banho no Lago Serra da Mesa.

74322fd3b5278af2def90fd3f9be0362.jpg

Pinturas rupestres no Sítio Siricaca. Foto: João Amorim

O passeio dura aproximadamente 4 horas, iniciando as 8h da manhã e retorno por volta de 12h. O valor dessa atração é 175 reais por pessoa (a partir de duas pessoas), já moradores da região e crianças pagam R$ 80.

Em Colinas do Sul, não faltam opções de pousadas para pernoitar e lá mesmo é possível até conseguir o translado para a Fazenda Chapada Visão, se você estiver sem carro.

865aa6833b29efd09347569a28c82341.jpg

Cânion Sucuri. Foto: Tony Mateus

 

Mais Informações

 

Agência Chapada Va’a

Telefones/WhatsApp: (61) 981167921 | (61) 91484414

Instagram: @chapada_vaa

 

Fazenda Chapada Visão

Localização: Clique Aqui

 

Sítio Curicaca

Instagram: @sitio.curicaca

 

CAT – Centro de Apoio ao Turista de Colinas do Sul

Endereço: R. Dois – Colinas do Sul, GO, 73740-000

Telefone: (62) 3486-1117

 

Pousadas

 

Recanto das Flores

Telefone: (61) 999700941

Instagram: @recanto_dasfloress

Endereço: R. Sete de Setembro, 461 – Colinas do Sul

 

Vale das Araras

Telefone: (62) 998040489

Instagram: @valedasararas

Endereço: R. Oito, 158 – Colinas do Sul, GO, 73740-000

 

Bangalô da Colina

Instagram: @bangalodacolina

Endereço: Lt 06 Qd 52, Rua Rio Preto, Colinas do Sul

Telefone: (61) 99945-8441

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Foto de Capa: Reprodução/@chapada_vaa

 

Ingrid Guimarães curte folga e cachoeiras em Pirenópolis

No finalzinho desta última quarta-feira (16), Ingrid Guimarães compartilhou com seus seguidores no Instagram uma sequência de fotos mostrando a sua atual passagem por Pirenópolis, cidade pitoresca de Goiás conhecida pelo seu charme e cachoeiras.

Em sua legenda, ela escreveu: “Não sou menina do Rio, sou menina de rio. Ô Goiás, bom demais voltar procê”. Rafa Kalimann, que divide seu tempo entre a casa no Rio de Janeiro, e da sua família em Goiânia, deixou um comentário sobre: “Melhor lugar do mundo.”

 

*Casa e Jardim / Viagem

Imagem: reprodução CLAUDIA

Chapada do Veadeiros: 10 casas fantásticas para você aproveitar o fim do ano e conhecer Cavalcante

O município de Cavalcante, no Estado de Goiás, está localizado ao norte da Chapada dos Veadeiros, é uma daquelas cidades pacatas do interior, mas cheia de muitos encantos.  Fica há  500 km da capital do Estado, Goiânia, e a 320 km de Brasília. Entre suas atrações turísticas estão as  cachoeiras do Rio Prata, de Santa Bárbara, da Capivara, e as várias cachoeiras da fazenda Veredas e da Ponte de Pedra.

Apesar de não possuir  acesso direto ao Parque Nacional das Chapadas dos Veadeiros, Cavalcante abriga cerca de 60% da área total do Parque. É uma cidade com 9.725 habitantes, com 6.954 km² de extensão e que tem no turismo sua principal atividade econômica.

É uma ótima opção de viagem para as férias de final de ano ou de janeiro. Para você que tem interesse em conhecer esse pequeno paraíso cravado no coração de Goiás, Selecionamos 10 casas, disponíveis para locação via AirbnB, para você curtir com conforto e guardar boas memórias. Confira: 

Casa do Ivan

Casa

Casa ampla e aconchegante, localizada num terreno privativo de mais de 120.000m2 perto do centro de Cavalcante. Você terá a tranquilidade do campo e as facilidades da Cidade ao seu dispor A casa conta com mostra de quadros da artista Jordana Hermano que podem ser adquiridos pelos hóspedes. Piscina c/ SPA e Churrasqueira. Lavanderia e Cozinha completa, Camas com lençóis 300 fios. Do quintal você terá uma vista extraordinária da Chapada, onde poderá aproveitar tudo que a natureza tem para oferecer.

Saiba mais aqui

Casa jardim com ofurô

Casa

Nossa casa jardim é uma casa diferenciada, aconchegante e especial. É uma casa completamente integrada com o jardim! Há duas suítes com ótima privacidade, espaço de escritorio para duas pessoas com cadeira executiva e wi-fi. Varanda aconchegante com churrasqueira e cozinha completa. Sala com tv smart. Mas o melhor programa sem dúvidas é ver o céu estrelado! Na casa, também temos um espacinho de banho com ofurô de pedra elétrico para um delicioso banho à noite pós um dia de cachoeira.

Saiba mais aqui

Casa Flor da Vida

Casa

casa em local tranquilo com vista para a serra ideal para contato com a natureza. Espaços bem arejados com um quintal grande. A casa é toda exclusiva para o hóspedes. Nossa energia é solar não é permitido secador de cabelo, churrasqueira elétrica, sanduicheira, chapinha ou qualquer outro aparelho com resistência.

Saiba mais aqui

Titanic da chapada dos Veadeiros

Titanic

Este lugar especial fica perto de tudo e é ideal para planejar sua visita. fica no centro de Cavalcante próximo a restaurantes, padarias, farmácias.

Saiba mais aqui

Casa Candaru

Casa

Nova, Confortável, iluminada e ventilada, com equipamentos, camas e enxoval novinhos! Beliches altura e largura tamanho especial solteirão, colchões de ótima qualidade , e na medida perfeita para pessoas altas, 2 Banheiros com blindex.

Varandas espaçosas, vista dos morros da chapada, redário, espaço para fogueira e mesinha para café da manhã na sombra de belíssimas mangueiras. Estacionamento espaçoso, wifi e belas araras na vizinhança.

Saiba mais aqui

Reserva Bacupari

Reserva

Venha ter uma experiência única e relaxante no Cerrado, vivendo em uma casa construída baseada nos ensinamentos da Permacultura, rústica mas aconchegante. Aqui você pode relaxar e desfrutar de uma linda vista para cachoeiras e o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros; e ainda terá a oportunidade de observar animais silvestres e conhecer plantas típicas da região.

Saiba mais aqui

Suíte na Fazenda

suite

Café da manhã orgânico e vegetariano com produtos da fazenda e de produção local, incluso no valor da diária.A Fazenda está localizada na cidade de Cavalcante, coração da Chapada dos Veadeiros, há apenas 2 Km da entrada da cidade. Acesso à cachoeira dentro da propriedade e próximo aos atrativos da região. Servimos refeições sob demanda, culinária orgânica e vegetariana. Bom para casais, aventuras individuais e pequenos grupos.

Saiba mais aqui 

Casa da Lucia

Casa

Casa rústica chique, com espaço de convivência bastante espaçoso, móveis de qualidade, camas box, todos eletrodomésticos. Espaço também disponível para eventos. Bela vista para a natureza.

Saiba mais aqui 

Casa de Pedra

Casa

Próximo ao centro, localizado no bairro morro encantado, na entrada da cidade, lugar tranquilo.

Saiba mais aqui

 Fazenda Miraflores

fazenda

Café da manhã orgânico e vegetariano com produtos da fazenda e de produção local, incluso no valor da diária. A Fazenda está localizada na cidade de Cavalcante, coração da Chapada dos Veadeiros, há apenas 2 Km da entrada da cidade. Acesso à cachoeira dentro da propriedade e próximo aos atrativos da região. Servimos refeições sob demanda, culinária orgânica e vegetariana. Bom para casais, aventuras individuais e pequenos grupos.

 

Saiba mais aqui

Leia também:

6 cachoeiras surreais em Cavalcante que todo goiano precisa visitar

9 Casas fantásticas do Airbnb para aproveitar a fabulosa Cavalcante em Goiás

Letícia Spiller posta foto toda nua e coleciona elogios no Instagram

Deusa, musa, maravilhosa… esses são apenas alguns dos elogios que a loira e ex-paquita da Xuxa, Letícia Spiller, recebeu no seu perfil do Instagram, depois de postar uma foto do tipo nude. Deitada em pedras de uma cachoeira, com a luz do sol valorizando ainda mais a beleza da atriz, os amigos e fãs não pouparam elogios. 

 

Na verdade, foram sequências de posts e fotos bem ousadas e artísticas feitas pelo marido dela, o músico uruguaio Pablo Vares. 

 

Leticia e Pablo estão juntos desde 2016. A atriz é mãe de Stella, de 8 anos, fruto da relação com Lucas Loureiro, e de Pedro Novaes, de 22 anos, do seu relacionamento com Marcello Novaes.  

Na legenda do carrossel de fotos: 

Muitas legendas para esta sequência de fotos rs :

1- Liberdade é…(complete a frase)

2- o bom de mergulhar nua é não ficar com o biquíni molhado rs

3- I’m so grateful for this moment

4- sim, temos nudes

5- Um começo de semana desses bicho

6- invente a sua

 

 

Programas incríveis para fazer mesmo neste calorão de Goiás

Nem dá para acreditar que no início do mês de julho, há pouco mais de dois meses, o estado de Goiás registrou temperaturas abaixo da casa dos 10º. Nos dias atuais, chegamos  na casa do 40º em algumas cidades, como Jussara, no Oeste Goiano, que virou notícia com uma fotografia do termômetro apontando 44º.  Para piorar a sensação térmica, temos também umidade relativa do ar que em setembro chega a níveis desérticos de 12%. 

 

Mas, tentamos sempre apontar o lado bom das coisas. O copo do Curta Mais está sempre meio cheio, e neste caso, cheio de dicas para você aproveitar o que tem de bom para fazer em qualquer estação do ano. 

Calor

Por exemplo, um calorão desses dá para aproveitar sem culpa uma taça gigantesca de sorvete. Aqui, listamos 10 endereços para você se esbaldar com a família.  E não tem desculpa de não querer sair de casa. Para quem não está podendo gastar ou ainda tem restrições por causa da pandemia, aposte nessa receitinha de sorvete caseiro com apenas três ingredientes. Se a sua pegada é uma coisa mais fitness e saudável, pode aproveitar essas açaiterias de Goiânia que tem de expressos à barcas do gelato feito do fruto. 

O

Ainda dentro da pauta gastronomia, nada melhor que manter uma alimentação leve nesse clima de 40º. Mais que senso comum, essa é uma recomendação geral de nutricionistas e nutrólogos e Goiânia está cheia de opções que oferecem ótimas saladas . Aproveita também para reforçar a hidratação da família toda com essas receitas de águas saborizadas super charmosas e gostosas. 

o

 

Uma das coisas boas de morar em Goiânia é ter muitas opções de bares de calçadas para aproveitar a brisa noturna e o céu estrelado. Só nessa matéria aqui temos 10 ótimos endereços para apreciar um ambiente arejado. Além deles, também tem esse achadinho aqui, que é uma super novidade no Setor Bueno, na calçada mais completa da cidade.  Como o chope geladíssimo é uma realidade em todo boteco da cidade, nossa dica para quem quer variar com um drink que combine com o calor, a dica é Moscow Mule. 

 

No fim de semana, quando as temperaturas devem se manter, nada melhor que curtir um clube com a família. Se você não é sócio de nenhum, veja aqui alguns que praticam o day use. Aquele ingresso só para passar o dia, sem necessidade de convite de associados. Recentemente alguns clubes públicos de Goiânia também voltaram a funcionar e são uma ótima pedida para essa época do ano. 

Clubes

 

 

Agora, o programão mesmo é ir para a cachoeira e Goiás está cheio delas. Nessa lista temos algumas que são pertinho de Goiânia. Tá disponível para ir mais longe, Conheça Caçu e seus passeios em rios e cachoeiras, ou quem sabe dê um pulo em Mambaí.  Deguste também esse cardápio com as mais belas quedas d’água de Goiás e escolha seu destino. 

 

Voltando para Goiânia, todo mundo sabe que essa é a cidade dos parques, mas alguns combinam especialmente com o tempo seco por oferecer uma boa caminhada ao longo de represas e fontes de água

 

Todas as listas:

10 sorveterias em Goiânia para escapar do calorão do cerrado nesta época do ano – Curta Mais 

Receita fácil de sorvete caseiro leva apenas 3 ingredientes – Curta Mais

8 açaís em Goiânia para se refrescar com saúde e sabor – Curta Mais

15 restaurantes em Goiânia que oferecem comidas leves e refrescantes para o calor – Curta Mais

5 receitas de águas saborizadas para se manter hidratado com charme e elegância – Curta Mais

10 bares em goiânia para comer ao ar livre – Curta Mais

Buena Brasa: achadinho no Setor Bueno em Goiânia serve espetinho raiz e carnes nobres com preço de boteco – Curta Mais

5 lugares para se refrescar com Moscow Mule em Goiânia – Curta Mais 

6 clubes na grande Goiânia que recebem não associados para um programa em ambiente arejado – Curta Mais 

Clubes do Povo e Morada Nova retomam atividades em Goiânia – Curta Mais

10 cachoeiras mais bacanas nos arredores de Goiânia – Curta Mais

Descobrimos um paraíso no interior de Goiás que esconde rios e cachoeiras incríveis – Curta Mais

Conheça Mambaí: o paraíso das cachoeiras surreais no cerrado goiano – Curta Mais 

As melhores e mais lindas cachoeiras de Goiás: a lista! – Curta Mais

11 parques de Goiânia com lago ou nascente de água ideais para caminhar durante o tempo seco de Goiás – Curta Mais 

 

 

Minaçu: a cidade com potencial para ser o próximo pólo turístico de Goiás

Banhada pela Serra da Mesa e pelo Lago de Cana Brava, Minaçu é uma cidade de aproximadamente 30 mil habitantes e contém diversos atrativos naturais que ainda estão sendo desbravados pela própria população.

Na divisa com Tocantins, no norte goiano, Minaçu fica a 504km de Goiânia, 407km de Brasília e apenas há 1 hora da Chapada dos Veadeiros. A cidade tem uma forte ligação com a mineração, sendo berço do Amianto no Brasil. 

A cidade conta com locais históricos como a Paróquia Nossa Senhora Aparecida e a Vila de Furnas. Além disso, cachoeiras, gruta, trilhas, clubes e uma praia artificial dentro de uma ilha fazem deste lugar um forte candidato a novo pólo turístico de Goiás.

No entanto, o complexo turístico da cidade não é muito bem aproveitado pelo poder público. Por conta disso, reunimos aqui em imagens as maravilhas que a cidade tem a oferecer. Além dessas, muitos outros candidatos a ponto turístico na cidade ainda estão para serem desbravados.

Vale ressaltar que para chegar nas cachoeiras é preciso conhecer algum morador local, além de enfrentar algumas trilhas (nível iniciante). 

Receba notícias do Curta Mais diretamente no seu WhatsApp (clique aqui)

Principais pontos turísticos da cidade: 

Matriz Nossa Senhora Aparecida

4038a8b7e9367a23e3acd40ae2ae7ab2.jpg(Foto: Vicente Queiroz)

Vila de Furnas

Vila criada para abrigar os funcionários da Usina na década de 70, e conta com várias casinhas na madeira, algumas até coloridas enfeitando as ruas.

caa498333bef221c092f85e781f096cd.jpg(Foto: Prefeitura/Divulgação)

Praia do Sol

Praia artificial é banhada pelo Lago de Cana Brava e é ponto de encontro de toda a cidade para refrescar nos dias mais quentes. No local contém bares, quiosques, práticas esportivas, e é claro, muita festa.

c666d34ab7140bc345ff37993404a9db.jpg

870606c13a6279d639f2e6af48e9fdf7.jpgFotos: Prefeitura/Divulgação

Há quem diga que lá tem o por do sol mais bonito do estado

57464ed21f5496a6ff180edf84931366.jpgFoto: Gabriel Henrique

Mirante da Praia:

miranteFoto: Delcides Seabra

Lago Serra da Mesa

Prática de pesca na época de temporada é muito comum e é um dos atrativos do Lago.

cbbbab60ed09ea749f2e9e9297ace623.jpgFoto: jumpic.com

Usina Hidrelétrica Serra da Mesa

bfec91a7991f6cb3bcd2a08590607017.pngFoto: Felipe Kunde

Usina Hidrelétrica de Cana Brava

9bae925a6fec410bc5fe29918c285d0d.jpgFoto: Apous/Divulgação

Cachoeiras da Cartola

2282289e903953a8bee37179c1534f96.jpgFoto: Sabrina Machado

9e618e0e5a523cb3792dbc38f34dfab1.jpg

6d0891e9e5d72b1418ef848b37a62d86.jpgFotos: Jorge Marinho

Cachoeira da Fumaça

eb91fa4faeb74b8124a136dcd9207d62.jpgFotos: Junner Cesar Matos

8bcc37daaa71b1887c7491aa51b2fa63.jpgFoto: José Junior

Cachoeira do Jorge

3d799a0361e0dc2438a6ff0b1bf22266.jpgFotos: Junner Cesar Matos

8dee8a943c425c12bb3e9a1a7635f6e7.jpg

6019fd4d4c3d2c213660f55f46736b71.jpgFotos: Jorge Marinho

Cachoeira do Matula

7c0373c7a5d1ec15dedcae652d4abfa9.jpgFotos: Junner Cesar Matos

bc5e1d6f9fb19763842b04400a64a71a.jpgFoto: Jorge Marinho

Serra da Matula

7859ee093ccab67c17fd9dc2199b7fad.jpgFoto: Danilo Cortezia

Cachoeira do Rio Bonito

93aff9900ee3f39f08e45c08dae19ed5.jpgFotos: Junner Cesar Matos

Corredeira do Boiadeiro

ac4c9565c2c18b127b56b921d5c3ac95.jpgFotos: Junner Cesar Matos

Corredeiras do Derval

3d204cf590b05b8a6b1f7e6d0f78cfe4.jpgFotos: Junner Cesar Matos

Corredeiras do Lageado

fa614ad36d004a9de23d171469025390.jpgFotos: Junner Cesar Matos

Cachoeira do Rajado

8195905d57e0bdb0e85aecb605e72b9a.jpgFoto: Edipo Michel

20b67343d63d7f304e67c9a2235ad73c.jpg

Corredeiras do Rasga Bunda

b8e3f66bd461e0b6244567bab1d2401e.jpgFotos: Junner Cesar Matos

0b636ce427b5c7e3ecde9c11294057ce.jpegFoto: Sabrina Machado

Poço do Sabino

38ba6581ce61355fd6009b96cf8e2eea.jpgPiscina natural com água cristalina do Sabino / Foto: Benevald Costa

Cachoeira do Rio Santo Antônio

Eldorado Camping Club

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Eldorado Camping Club (@eldoradocampingclub) em 17 de Mai, 2020 às 9:56 PDT

Lagoa Azul

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Venha curtir e se refrescar com sua família nesse natal conosco Estaremos abertos nos dia 24 e 25

Uma publicação compartilhada por Clube Lagoa Azul – Minaçu Go (@lagoaazulminacu) em 23 de Dez, 2019 às 2:37 PST

Gruta do Ataide

2d67cfe1950461d6d8f71ddf30afcbba.jpgFoto: Junner Cesar Matos

Bônus: 

Onde hospedar:

* Hotel Serra da Mesa – Avenida Cana Brava, Quadra 51 – Setor Central, Minaçu
(62) 3379-1074

* Hotel Cadore – Ginásio de Esportes, R. 14, 260 – Centro, Minaçu – GO
(62) 3379-1328

* Av. Ceará, 1034 – Centro, Minaçu – GO
(62) 3379-3570

* Crisotila Hotel – Av. Piauí, 115 – Setor Centro, Minaçu – GO
(62) 3379-5202

Onde comer: Restaurante Serra da Mesa, Pizzaria Jane, Espetinho Araguaia, Sorveteria Creme Mel, Macaxeiras Bar e Restaurante, Restaurante Vila Verde.

Localização:

Receba notícias do Curta Mais diretamente no seu WhatsApp (clique aqui)

SIGA O CURTA MAIS NAS REDES SOCIAIS

Facebook | Instagram | Twitter 

Descobrimos a Cachoeira Itambé em Aloândia, uma paisagem incrível e ideal para rapel em Goiás

O município de Aloândia fica localizado a 150Km de Goiânia – 2 horas e 20 minutos de carro – e a quase 40km de Goiatuba, a maior cidade nos arredores. O número de habitantes aloandenses é de 2.071, segundo estimativa de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Aloândia tem como principal atração turística, a cachoeira do itambé, mas sua principal fonte de renda é a agricultura.

3e9915557c47d01533e5433780e9d73c.jpgFoto: Prefeitura de Aloândia/divulgação

Cachoeira do Itambé

Com cerca de 60 metros de altura, a cachoeira do Itambé é ideal para a prática de rapel, pois seus pontos de ancoragem são bem firmes e o visual é de extrema beleza. Para chegar até a cachoeira existem duas trilhas diferentes: a primeira passa por dentro de uma fazenda particular (500 metros), mas precisa de autorização para entrar. A segunda opção é a mais utilizada, o acesso é fácil, com uns 2 km de caminhada, é preciso deixar o veículo na beira da estrada e seguir a pé até a cachoeira. A entrada é gratuita!

ec1aa7a67e792c9d64698474ed07acb6.jpegFoto: @fabioarol/instagram

b8474344d433dcbabcd8b3cedaf51ca4.jpgFoto: @fabioarol/instagram

896e9fac75ab3c9d79425b222ce14968.jpgFoto: @fabioarol/instagram

Pra quem quer tomar banho na Cachoeira tem que descer, porque na parte de cima não tem essa opção. O visitante pode escolher descer pelo rapel ou fazer a descida por uma vala, uma estrutura criada nas paredes (10 minutos de descida). Os idosos e crianças podem não conseguir fazer essa descida, por ser de dificuldade moderada. No local da cachoeira não possui restaurante e nem banheiros, será necessário cada participante levar seu lanche e água para passar todo o dia.⁣ 

b7f37fd6e21ce1e2b6d36d4f812464a7.jpegFoto: @fabioarol/instagram

a07972a075649197554f806e9c9987fb.jpegFoto:@goiasvertical/instagram

e84ee9991e15348f0b36c76e365cee84.jpegFoto:@goiasvertical/instagram

Dicas:
Use calçados apropriados;
Leve água, repelente, chapéu e filtro solar;
Leve lanches para poder ficar um tempo maior;
Uma pequena mochila é suficiente para o passeio. Evite pesos desnecessários;
Não deixe lixo no local, não faça fogueiras;
Respeite a natureza.

Informações para o rapel: 

É perfeitamente possível descer, praticar rapel, mesmo que você nunca tenha feito anteriormente. Toda a instrução é dada no momento. É fácil, simples e prazeroso.⁣ Para garantir vaga é necessário entrar em contato e realizar o depósito no valor de R$ 80,00.  Para pagamentos no cartão de crédito o valor é de R$ 90,00. A empresa fornece todos os equipamentos para a prática do rapel.⁣ No valor está incluso equipamentos de segurança individual e duas descidas de rapel. O transporte não é incluso. (Em caso de chuva forte o evento será remarcado.⁣)

Whatsapp/reservas: (62) 9850-9556 – Victor ou no instagram @goiasvertical

*Confira os valores antes de ir, podem sofrer alteração sem aviso prévio.

Maiores informações: Prefeitura de Aloândia – (64) 3496-1130 

Como chegar: Seguir a BR 153 em direção a São Paulo até a entrada para Pontalina. Aloândia fica distante cerca de 30Km depois de Pontalina. No local todos conhecem essa cachoeira, por isso é mais fácil pedir informações no caminho. Evite pegar a estrada em períodos de chuva. 

Descobrimos uma cachoeira surreal em Goiás que é um verdadeiro cenário de filme

Buscando fazer uma imersão no turismo de Goiás, a equipe do Curta Mais desta vez foi até a cidade de Formosa, através de um convite feito pelo @visiteformosa, fomos até lá conferir de perto essa beleza natural e trazer todas as informações, dicas e fotos do local para que você possa se organizar e planejar uma visita à esse paraíso que é motivo de orgulho para todos os goianos e que ainda é pouco explorado.

Com uma enorme quantidade de pontos turísticos com paisagens de tirar o fôlego, e com inúmeras opções de bares e restaurantes, Formosa vem se destacando cada vez mais no turismo.

Cerca de 80 quilômetros de Brasília, e a 282 quilômetros de Goiânia, a cidade de Formosa é um mundo a ser desbravado pelos espíritos aventureiros: grutas, cachoeiras, quedas livres, trilhas, rapel e rampas de voo livre vão fazer você sentir um gostinho de adrenalina como nunca antes.

Além do Salto do Itiquira, o atrativo mais conhecido da região, o município possui outros achados maravilhosos de encher os olhos. Dessa vez descobrimos um verdadeiro pedaço do paraíso, ainda pouco explorado na região e que reserva belas paisagens. Trata-se dos incríveis Poços Verdes, um achado de tirar o fôlego e ideal para quem gosta de ter contato com a natureza.

Os Poços Verdes ficam na Fazenda Bisnau Ecoturismo, no distrito de Bezerra (município de Formosa). Além dos poços, o local tem diversas cacheiras, cavernas, Mirantes, sítio Arqueológico, muro de pedra colonial, grutas e diversas trilhas, o local é um verdadeiro refúgio para os amantes do ecoturismo, que você pode explorar e passar o dia.

O Bisnau Ecoturismo é formado pela junção de dois rios: um que nasce no povoado Barreiro, atravessa a BR 020 e leva o nome de Bisnau e outro de nome Bisnausinho, formadores da cachoeira do Bisnau e que, juntos, formam os Poços Verdes.

16fbdd25440a13b1fe80f07bd7b8e325.jpegRaphael Thomas/Curta Mais

438315f84572644554461f6a49ea6abf.jpg

43d23af479626a42c4dea827db4f4f34.jpg

7a2b5238041d46f2e13357affbbe82a8.jpg

0b3c976483f853ab70c654f3426805f6.jpg

ac506975abc56fc7feb0dd97585a59b6.jpg

56772cf212bd7db831f8e3f1aee0d465.jpg

d17e40d3e1b9e1b686847b68545e60c3.jpg

Como Chegar:

Saindo de Goiânia chegando até Brasília, vá em direção à saída para (Sobradinho) para pegar a BR-020, seguindo em direção à Formosa e continue pela BR-020, passará pelo ao Distrito de Bezerra, cerca de um pouco mais a frente continuando pela BR-020 chegará ao povoado de Bisnau, haverá uma placa a direita informando a entrada para a Fazenda Bisnau (nesse local tem alguns comércios, como restaurante e pamonharia), de Formosa até essa entrada, são cerca de 47 km. A partir da entrada, pegue a estrada de chão que se inicia ao lado da pamonharia, após um mata burro, por mais 1 km chegará a sede da fazenda que administra o local, por lá tem água, banheiros e onde fará o pagamento da entrada.

Trilha:

A trilha é de mata intensa, sendo parte dela a beira rio, de nível fácil. É possível realizar a trilha sem guia, é auto-guiada, bem marcada e sinalizada por setas vermelhas.
Mais é sempre indicado contratar um guia da região, além de ter mais segurança, o passeio fica mais rico e ninguém conhece o local melhor do que ele, além disso, o guia oferecerá informações detalhadas sobre o local.
A trilha é cerca de 1,5 km(ida) quem possui um carro 4×4 é possível chegar mais perto dos poços, diminuindo a trilha para 700 m.
A trilha é decorada com várias flores exuberantes e plantas nativas em uma caminhada plana no meio da vegetação do cerrado.

Poços Verdes:

Enfim, chegando ao final da trilha você estará de frente aos deslumbrantes Poços Verdes, com as águas de tons esverdeado, a queda d’água forma uma piscina natural que parece uma miragem!
Os Poços Verdes são formados por dois poços, o primeiro que chama Poço Libriana Lua e logo abaixo, cerca de 100 metros fica o segundo que se chama Poço da Lontra. Os Poços Verdes é para quem não abre mão de aventuras para conhecer um lugar paradisíaco.

O Poço Libriana Lua é formada por uma pequena queda d’água e cercada por uma vegetação exuberante de árvores altas. Mas o espetáculo mesmo fica por conta da piscina natural com uma temperatura agradável e de alguma pedras grandes que ficam ao redor, que são perfeitas para aquelas fotos incríveis!

d87bb28439abe3933aece6c80d3d1fa6.jpg

O segundo poço (Poço da Lontra) fica dentro de um pequeno cânion, com uma queda d’água de aproximadamente 7 metros, na parte de cima tem uma hidromassagem natural próximo à queda d’água. O local é de beleza única e admirável. Ela forma uma incrível piscina natural, que encanta a todos que passam por lá. Os Poço Verde destaca-se pelos seus impressionantes poços para banhos.

be03392992a551fa2686a048dc6aada2.jpg

O Poços verdes foram descobertos a pouco tempo, pelo guia Noel Trilhas em levamento da área em meados de 2017 e vem se tornando cada vez mais conhecido por sua beleza que é de tirar o fôlego e tira mesmo, não é exagero nenhum. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Curta Mais® (@guiacurtamais) em 31 de Out, 2019 às 10:58 PDT

Dicas:
Use calçados apropriados;
Leve água, repelente, chapéu e filtro solar;
Leve lanches para poder ficar um tempo maior;
Uma pequena mochila é suficiente para o passeio. Evite pesos desnecessários;
Não deixe lixo no local, não faça fogueiras;
Respeite a natureza.

Serviço:
Km de Formosa Até o povoado de Bisnau (onde começa a estrada para a fazenda): Cerca de 47 km (asfalto)
Km do povoado de Bisnau até a sede da fazenda: 1 km (estrada de terra)
Km da sede da fazenda até aonde os carros param para iniciar a trilha: cerca de 5 km( estrada de terra)
Trilha: Cerca de 1,5 km
Nível: Fácil
Guia: Não é obrigatório, mais é recomendável
Entrada por pessoa: 35,00

(Confira os valores antes de ir, podem sofrer alteração sem aviso prévio)

Maiores informações:
Fazenda Bisnau Ecoturismo: Site
Informações sobre contratar guia, sobre a cidade de Formosa e dentre outros atrativos:

Secretaria de Turismo: (61) 3981-1234

Fotos: Marcos Aleotti/Curta Mais

2f60fe1a65beeb3c57293c9c1194f409.png

Siga Curta Mais nas redes sociais:

Curta Mais no Facebook

Curta Mais no Instagram

Curta Mais no Twitter

Descobrimos um novo e inexplorado paraíso de águas azuis em Goiás

O Complexo Águas Lindas e Canjica reúne inúmeras piscinas naturais perfeitas para um banho refrescante em suas águas azuis esverdeadas (ou verdes, azuladas) com poços que podem chegar a 10m de profundidade. Uma verdadeira lagoa azul! Dependendo a posição do sol na água, ela pode refletir tons de cores diferentes. 

8d4a1c5abc9eabc2db04bb11a7ba03f2.jpega340027e32b1740518f24c01df6c6091.jpeg

A trilha é longa. Pode chegar à 5,5 km e com nível de dificuldade moderado, mas fazê-la vale cada passo. Ela termina em uma cachoeira de 70 metros de altura (Cachoeira Canjica) de tirar o fôlego. 

f2339bf20caa02fac669f9363a484961.jpegcafa254a33370d7302c1fb6cc5624aa6.jpeg

Além disso tudo ainda tem o Poço das Pedras, os mirantes e cavernas. Tudo isso em um único complexo. 

Águas lindas ainda é pouco explorada, pois aos poucos os turistas estão descobrindo todas as belezas de Cavalcante e os moradores da região estão criando estrutura para recebê-los. 

e90a04f9143a9256c129fe00a4e3e414.jpeg07ee51802237b3f08823433d8902f95d.jpegb958c88608036d92d3db89754f8d0c77.jpeg

Neste complexo, por exemplo, já tem área para camping, almoço (delicioso com alimentos produzidos lá mesmo) e um trilha sinalizada. 

Lembrando que o almoço custa R$ 30,00 (por pessoa) e a entrada é R$ 20,00. Mas é obrigatório a visita acompanhada de um guia credenciado.

Serviço

Complexo Águas Lindas

Onde: Fazenda Lages, Cavalcante, Chapada dos Veadeiros, Goiás.

Entrada: R$ 20 (com opção de camping)

Funcionamento: Todos os meses do ano, mas em épocas de chuva alguns locais ficam fechados.

Maiores Informações

@Silvana_Guia – 62 998313872 

@dougguiadachapada

CAT Cavalcante:(62) 3494-1507 

CAT Comunidade Kalunga:(62) 99802-4122

CAT Alto Paraíso (62) 3446-1159

 

Siga Curta Mais nas redes sociais:

Curta Mais no Facebook

Curta Mais no Instagram

Curta Mais no Twitter