Atividades econômicas para casais: confira 4 opções

Em um mundo onde o cotidiano agitado muitas vezes nos leva a desafios financeiros, encontrar maneiras de aproveitar a companhia do parceiro sem gastar muito se torna uma arte valiosa. O tempo de qualidade, além de proporcionar mais intimidade ao casal, ser benéfico para os dois integrantes do relacionamento.

De acordo com uma pesquisa divulgada no American Journal of Medicine, ter o suporte de um do seu parceiro romântico pode diminuir o risco de angina. O estudo, que envolveu a análise de dez mil homens, concluiu que aqueles que se sentiam “amados e apoiados” por suas esposas apresentaram um menor risco de desenvolver angina. Outra pesquisa publicada na revista Psychosomatic Medicine indicou que passar tempo com uma pessoa amada pode reduzir a pressão sanguínea. Além disso, diversos estudos sugerem que pessoas casadas têm uma menor incidência de doenças cardíacas.

Pensando nisso, o Guia preparou uma lista com 4 atividades econômicas para casais que não só promovem momentos de conexão e diversão, mas também se encaixam perfeitamente no orçamento. Descubra como é possível fortalecer os laços afetivos sem comprometer a carteira. Vamos explorar juntos essas alternativas que fazem do tempo a dois uma experiência enriquecedora, sem exigir grandes gastos.

Pesquisa mostra que casais que vivem juntos por mais de um ano dobram o risco de engordar

Viver em casal traz muitas alegrias. Lucia, que define seu estado civil como um ‘feliz reencontro’, sabe bem disso. Ela leva uma vida tranquila, saindo aos fins de semana, jantando mais em casa e comendo duas vezes mais sushi do em relação aos tempos de solteira. Ela não reclama, mas espera o momento ideal para começar uma dieta ou pelo menos retomar alguns de seus hábitos de solteira. Lucia ganhou alguns quilos e aumentou o tamanho das roupas, mas prefere não colocar um número na balança. ‘’Eu não engordo’’, ele afirma.

Se as coisas vão bem, a vida a dois é como uma pizza: você engorda, não importa a hora que coma. Alguns estudos até indicam que a felicidade significa mais ganho de peso. Se as coisas derem errado, parece que podemos perder aqueles quilos extras na expectativa de “voltar ao mercado”.

Especialistas alertam que estudar o ganho de peso dos casais é um assunto particularmente difícil. Por um lado, geralmente há dados insuficientes sobre o consumo de alimentos a dois — nos ensaios apenas um de seus membros costuma participar a finco. Também não é fácil para os pesquisadores coletar informações sobre os hábitos que cada um tinha antes do relacionamento. Por fim, com a convivência costumam vir outros eventos vitais, como uma mudança de bairro, um novo emprego, outros amigos ou uma vida mais sedentária. Difícil calcular qual deles pode ser decisivo no ganho de peso.

Mas é possível chegar bem perto. Um dos primeiros estudo que associou a vida de casal ao ganho de peso foi publicado na revista Obesity. De acordo com os resultados, quanto mais tempo uma mulher passa em um relacionamento estável, mais quilos ela ganha. Para os homens, esse risco disparou nos dois primeiros anos de convivência e depois se estabilizou, mas as mulheres, alguns anos após começarem a viver juntos como casal, já dobravam o risco de obesidade em comparação com aquelas que ainda eram solteiras ou namoravam alguém.

A endocrinologista Ana de Hollanda, coordenadora da área de Obesidade da Sociedade Espanhola de Endocrinologia e Nutrição (GOSEEN), dá sua opinião sobre esse trabalho.

— O estudo mostrou que casais que começaram um relacionamento tinham tendência a ganhar peso, especialmente se a coabitação durou mais de um ano. É provável que uma situação mais estável facilite o ganho de peso, pois não estão procurando um parceiro. Provavelmente, o aumento da responsabilidade nos compromissos conjugais atrelado ao aumento da carga de trabalho, sedentarismo e estresse também podem explicar essas mudanças no peso.

Para os autores era impossível apontar um único culpado. Em vez disso, eles indicaram uma série de mudanças na vida: horários e logística mais complicados que impossibilitavam dedicar tempo aos esportes ou a um estilo de vida mais ativo, mais refeições em restaurantes com amigos e mais tempo no sofá assistindo TV. Acima de todos esses fatores paira uma característica do ser humano: comer em boa companhia nos deixa eufóricos, então se estamos com alguém que come mais do que nós, provavelmente nos servimos porções maiores do que quando estamos sozinhos.

— Casal pede mais delivery para comer em casa — confirma a nutricionista especialista em transtornos do comportamento alimentar e obesidade, Azahara Nieto — E costumam pedir coisas que não são feitas em casa: pizza, hambúrguer, comida chinesa, sushi… tudo muito calórico — acrescenta.

O nutricionista Pablo Zumaquero, que acabou de publicar o livro ‘Na segunda-feira já começo a dieta’ explica o porquê morar junto do companheiro é capaz de modificar os hábitos de alimentação.

— Diga-me com quem você mora e eu lhe direi como você come — ele resume— O Junk food é mais agradável e se há um no casal que quer se cuidar e o outro não, o mais comum é que os maus hábitos vençam. Por outro lado, quando as pessoas vão morar juntas, as preocupações estéticas diminuem. Todo o peixe já está vendido.

Para o especialista, o descontrole começa pelo lanche.

— Pegue um vinho com batatas fritas como aperitivo ou assista a um filme da Netflix com sorvete e alguns biscoitos.

Em 2016, outro teste mostrou que quanto mais feliz um casal era, mais gordos ficavam. Quem estava chateado ou prestes a sair de um relacionamento começou a lutar contra o excesso de peso, antes mesmo de pronunciar o clássico “precisamos conversar”. A pesquisa confirmou que casais que viviam juntos há mais de quatro anos dobravam o risco de excesso de peso em comparação com aqueles que não se sentiam muito à vontade com o relacionamento. Ao longo de quatro anos, os felizes ganharam em média quatro quilos.

— É um indicador de que as pessoas estão confortáveis ​​e priorizam o bem-estar sobre questões estéticas e físicas. Os menos felizes já estão motivados a sair no mercado e querem atrair um novo parceiro em potencial, então investem novamente na academia e cuidam mais da alimentação — explica a professora de Psicologia da Hofstra University, e um dos coautores do estudo, Sarah Novak.

O ‘boicote’ do casal

Em casais é comum haver boicote. É assim que os nutricionistas entrevistados para esta reportagem chamam alguém que vai ao supermercado e compra tudo o que o outro não quer comer, ou alguém que insiste que faça duas refeições, porque não gosta de verduras, por exemplo.

— Na minha experiência, os boicotadores geralmente são homens, as mulheres são mais empáticas e facilitadoras, e estão mais acostumadas a cuidar da alimentação; é mais difícil para eles se adaptarem — diz Azahara Nieto.

Em suas consultas, Pablo Zumaquero vê um padrão se repetir. Homens que comem mal e são ativos e mulheres que comem melhor, mas são sedentárias.

— Elas estão acostumadas a fechar a boca e a estar sempre de dieta. Os homens acreditam que não tem problema ir as vezes à academia.

Zumaquero tem o hábito de iniciar suas consultas com uma pergunta: O que seu parceiro acha de você vir aqui? Segundo ele, as mudanças devem ser acordadas entre os três — médico e o casal.

— Sim, porque as mudanças têm que ser acordadas entre os três, eles e eu, e tenho que saber se estou pisando em terreno hostil. É muito difícil um casal fazer dieta — diz a nutricionista, que prefere não recomendar mudanças muito radicais para evitar a rejeição.

A endocrinologista e nutricionista do Hospital Clínic de Barcelona, Ana de Hollanda, afirma que quando uma família faz dieta e emagrece, há um “contágio” para os demais que não foram submetidos a nenhuma dieta. — Há dados espanhóis que comprovam isso. Se temos amigos que praticam esportes ou são obesos, é mais provável que também pratiquemos esportes ou sejamos obesos. Por isso, as intervenções para todo o grupo familiar podem ter um alcance maior do que as individuais.

— O bom e o ruim se espalham e os hábitos são reeducados — resume Nieto e alerta que nada será alcançado se as mudanças no estilo de vida não forem mantidas por mais de seis meses ou um ano. Outra questão é se os casais felizes querem deixar de ser felizes por perder alguns quilos.

*Agência O Globo

Parque Vaca Brava terá programação especial no Dia dos Namorados e entrada gratuita

Em celebração alusiva ao Dia dos Namorados, a Prefeitura de Goiânia preparou programação especial para casais. No próximo domingo, dia 12 de junho, a partir das 10h, acontece uma apresentação musical no Parque Vaca Brava, localizado no Setor Bueno. O público terá, ao seu dispor, ambientes “instagramáveis” para tirar fotos e registrar o momento nas redes sociais. 

A apresentação será do grupo Ressoar, que é capitaneado pela cantora Paula Simões e que, desde 2008, se apresenta na capital. Os músicos prepararam repertório romântico para ocasião. A equipe operacional da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), que organiza o evento, confeccionou pergolado e balanço, que estarão decorados com flores e balões em formato de coração, para que os namorados tirem boas fotos. 

“Este é um presente que a prefeitura dará aos casais de Goiânia”, afirma o prefeito Rogério Cruz. “A ideia é promover mais ocasiões como essa, que promovam interação, bem-estar, acesso a cultura e convivência em espaços públicos, tudo ao mesmo tempo”.

 

Foto: Amma

Chalé suspenso para curtir a dois une glamour e rusticidade pertinho de Goiânia

A necessidade de escapar do barulho da cidade e buscar refúgio junto a natureza tem feito muita gente procurar novas opções de hospedagem com total privacidade e conforto no meio do mato. E é exatamente esta a proposta do mais novo achado do Curta Mais em Pirenópolis, o Quinta dos Goyazes, a cerca de 100 quilômetros de Goiânia, pouco mais de 1 hora de carro. Uma reserva particular banhada pelo Rio das Almas com piscinas naturais, quedas d’água, mirantes e pertinho de cachoeiras famosas como Abade e Usina Velha. O primeiro (e até agora o único) chalé da propriedade ficou pronto há duas semanas e rapidamente se tornou o queridinho para curtir a dois na região.

A Oka do pequi fica na exuberante Serra dos Pireneus a apenas 600 metros do asfalto a apenas 3 km do centro de Piri. Uma cabaninha suspensa erguida em meio a dois pequizeiros com tudo pensado para garantir conforto e comodidade para aquele programa romântico inesquecível. Do lado de fora, o deck de madeira com piscina privativa aquecida por placa solar, hidromassagem e borda infinita, além de um jardim com fogueira, fonte e muito, muito verde. Dentro da propriedade, ainda é possível se refrescar nas piscinas naturais do belíssimo Rio das Águas, além de visitar alguns mirantes no próprio local, tudo com total privacidade.

Do lado de dentro, o conforto foi pensado nos mínimos detalhes. Cozinha gourmet, adega, quarto com vista panorâmica e uma cama king com lençóis de 600 fios! Banheiro com vista panorâmica e amenidades de luxo para o hóspede.

Outro cantinho super especial é o rooftop de fácil acesso para contemplar o por do sol e as noites estreladas de Piri.

Os valores podem variar entre dias de semana e finais de semana e as reservas são feitas exclusivamente pelo Airbnb.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Quinta dos Goyazes (@quintadosgoyazes)

quinta

quinta

Quinta

Quinta

quinta

quinta

Quinta

Quinta

10 Sex Shops em Goiânia ótimos para apimentar a relação

O número de adeptos aos sex shops vem crescendo em todo o Brasil. Não é à toa que o mercado de produtos eróticos chegou à marca de R$ 1,7 bilhões em receitas, de acordo com a Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme).

Apesar de ainda ser um tabu, engana-se quem acredita que os sexy toys são apenas para os solteiros ou para uso naquele momento de prazer individual. Incluir esses brinquedinhos na rotina do casal também pode ser incrível e traz diversos benefícios, até para a saúde.

Em Goiânia também não faltam boas opções de sex shops para você se aventurar e dar aquela apimentada na relação, ou se divertir sozinho(a) mesmo.

via GIPHY

 

Confira:

 

1. Quente Caliente

Rua 210, qd. 79, lt. 21, Setor Coimbra

Contato: (62) 98601-8970

Site: quentecaliente.com.br

Instagram: @quentecaliente

 

2. Salacité Sensual Store

Avenida T-9, nº 229, Galeria Via T9, sala 7, Setor Marista

Contato: (62) 99186-0280

Site: sexshopp.com.br

Instagram: @salacitestore 

 

3. Sex Shop Deu Match

Avenida Anhanguera, nº 574, Setor Morais

Contato: (62) 99637-6717

Site: deumatch.goiania.br

 

4. Erotic Store

Avenida Contorno, nº 165, Shopping Mega Moda, Setor Norte Ferroviário

Contato: (62) 99637-1487 / 99171-6104

Site: eroticstore.com.br

Instagram: @eroticstoremega

 

5. Cupido Distribuidora

Rua do Salmão, qd. 19, lt. 01, Sobreloja, Jardim Atlântico

Contato: (62) 99340-9766

Site: cupidodistribuidora.com.br

Instagram: @cupidodistribuidora

 

6. Sex Life Sex Shop

Rua Ipameri, nº 718, Setor Campinas

Contato: (62) 98208-7114

Site: sexlifegoiania.com.br

Instagram: @sexlifegoiania

 

7. Sex Shop Puro Prazer

Avenida Botafogo, esquina com Avenida 2ª Radial, Setor Pedro Ludovico

Contato: (62) 98342-1623

Instagram: @sexyshop_puroprazer

 

8. Venenosa Sex

Avenida Bernardo Sayão, nº 237, Setor Campinas

Contato: (62) 3942-0666 / 99408-4892

Site: venenosasex.com.br

Instagram: @venenosasex

 

9. Via Sexy

Avenida Assis Chateubriand, Praça do Cigano, nº 2074, Setor Oeste

Contato: (62) 3092-7927 / 99636-1275 / 99981-0517

Instagram: @viasexybrasilia_goiania

 

10. Sex Shop Fruta Proibida

Avenida São João, qd. 6, lt. 1, Condomínio Parque America Havai – Aparecida de Goiânia

Contato: (62) 99108-8702

 

Na palma da mão

 

Acesse linktr.ee/guiacurtamais e fique por dentro do que há de melhor em conteúdo. O Curta Mais é a multiplataforma mais completa e confiável de cultura, gastronomia, entretenimento, política e negócios de Goiás.

 

 

10 filmes em que os casais da ficção também namoraram na vida real

Diário de uma Paixão – Netflix

O operário Noah Calhoun e a rica Allie se apaixonam desesperadamente, mas os pais da jovem não aprovam o namoro.

 

 

A Última Música – Disney Plus

A adolescente Ronnie não fica nada satisfeita quando a mãe decide enviá-la a uma cidade litorânea para passar o verão com o pai, e acaba se apaixonando por um rapaz.

 

 

O Espetacular Homem-Aranha

Peter Parker está tentando saber mais sobre sua origem. Ele encontra uma pasta que pertenceu ao seu pai e quer descobrir por que seus pais desapareceram. 

 

 

Barraca do Beijo – Netflix

O primeiro beijo de Elle vira um romance proibido com o garoto mais bonito do colégio, mas acaba colocando em risco a sua relação com seu melhor amigo.

 

 

Sr. e Sra, Smith – Globo Play

Um casal de assassinos profissionais esconde um do outro a verdadeira profissão. O casamento está em crise, mas a rotina de fato muda quando recebem a missão de matar um ao outro.

 

 

Diário de um Jornalista Bêbado – Prime Video

Paul é um jornalista que, cansado do ritmo de Nova York, se muda para Porto Rico. Chegando lá, se apaixona pela ilha paradisíaca.

 

 

Crepúsculo – Netflix

A estudante Bella Swan conhece Edward Cullen, um belo mas misterioso adolescente. Edward é um vampiro, cuja família não bebe sangue, e Bella, longe de ficar assustada, se envolve em um romance perigoso com sua alma gêmea imortal.

 

 

Ela dança, eu danço

Após depredar um colégio, Tyler Gage é enviado para fazer serviços comunitários em uma escola de artes. Lá ele conhece Nora Clark por quem se apaixona.

 

 

Lanterna Verde – Netflix

Hal Jordan, um vaidoso piloto de testes, recebe um poderoso anel e é recrutado por um esquadrão intergaláctico chamado Lanterna Verde para lutar contra um feroz inimigo que ameaça acabar com o equilíbrio do universo.

 

 

High School Musical – Disney Plus

Estudantes conspiram contra uma estrela do basquete e uma tímida novata, para evitar que eles cantem em uma produção musical.

 

 

 

 

 

 

Segundo pesquisa, casais que jogam Mario Kart juntos permanecem unidos

A empresa Century Link decidiu realizar uma pesquisa para analisar o impacto que os jogos de videogame podem causar em relacionamentos amorosos. 

A pesquisa foi realizada através de entrevistas com mais de 1 mil pessoas, com idades entre 18 e 24 anos, e de todos os jogos citados, o que teve um efeito mais positivo foi o Mario kart, seguido por Call of Duty e Skyrim. 

Além disso, a pesquisa também revelou que apenas 4% dos entrevistados relataram rompimentos devido à prática de jogar videogames, os outros 96% relataram que jogar trouxe benefícios a seus relacionamentos.

Não há mais desculpas para não convidar seu player 2 para um passeio na Rainbow Road ou até mesmo em Solitude.

10 filmes novos no Netflix e nada clichês para ver a dois

Casados, namorados, ficantes, pretendentes ou um rolo, quando vão escolher filmes para assistir, geralmente acabando parando no clichê “romântico-casais-felizes-para-sempre”. Que tal mudar um pouco? Pensamos em uma lista com 10 filmes do Netflix NADA clichês para casais assistirem. Se você pegar dois desses filmes para ver por fim de semana, terá mais de um mês com longas premiados e gêneros alternativos (pode até ter uma pitada de romance, mas não vai ficar só nisso).

10 filmes nada clichês para ver a dois no Netflix

1 – A Grande Aposta (2015)

Michael Burry (Christian Bale) é o dono de uma empresa de médio porte, que decide investir muito dinheiro do fundo que coordena ao apostar que o sistema imobiliário nos Estados Unidos irá quebrar em breve. Tal decisão gera complicações junto aos investidores, já que nunca antes alguém havia apostado contra o sistema e levado vantagem. Ao saber destes investimentos, o corretor Jared Vennett (Ryan Gosling) percebe a oportunidade e passa a oferecê-la a seus clientes. Um deles é Mark Baum (Steve Carell), o dono de uma corretora que enfrenta problemas pessoais desde que seu irmão se suicidou. Paralelamente, dois iniciantes na Bolsa de Valores percebem que podem ganhar muito dinheiro ao apostar na crise imobiliária e, para tanto, pedem ajuda a um guru de Wall Street, Ben Rickert (Brad Pitt), que vive recluso.

 

2 – Elysium (2013)

Com os brasileiros Wagner Moura e Alice Braga, em 2159, o mundo é dividido entre dois grupos: o primeiro, riquíssimo, mora na estação espacial Elysium, enquanto o segundo, pobre, vive na Terra, repleta de pessoas e em grande decadência. Por um lado, a secretária do governo Rhodes (Jodie Foster) faz de tudo para preservar o estilo de vida luxuoso de Elysium, por outro, um pobre cidadão da Terra (Matt Damon) tenta um plano ousado para trazer de volta a igualdade entre as pessoas.

 

3 – Cidade de Deus: 10 anos depois (2013)

Como o próprio título já diz, resgata os dez anos passados desde o lançamento de Cidade de Deus (2002), longa de Fernando Meirelles e Kátia Lund que recebeu quatro indicações ao Oscar. Procura mostrar as transformações vividas pelos atores do longa na última década. Deram entrevistas atores como Seu Jorge, Alice Braga, Leandro Firmino da Hora, Darlan Cunha, Roberta Rodrigues, dentre outros.

 

4 – Versos de um crime (2013)

Allen Ginsberg (Daniel Radcliffe) sai da casa dos pais rumo à universidade, precisando lidar com o sentimento de culpa por ter deixado sua mãe (Jennifer Jason Leigh). Seu sonho é tornar-se um escritor, mas logo sente-se incomodado pelo modelo “certinho” de poesia que o curso ensina. Não demora muito para que ele conheça Lucien Carr (Dane DeHaan), um jovem provocador que apresenta Allen ao mundo da contracultura. Logo nasce uma grande amizade entre os dois, que se torna algo mais quando Allen passa a sentir atração por Lucien.

 

5 – Escobar – Paraíso perdido (2014)

O surfista Nick (Josh Hutcherson) viaja para a Colômbia e fica encantado com as lagoas, as praias de marfim, as ondas perfeitas e a bela Maria (Claudia Traisac), por quem se apaixona perdidamente. Tudo parece um verdadeiro paraíso, até que a jovem o apresenta ao seu tio: Pablo Escobar (Benicio Del Toro).

 

6 – Espíritos Famintos (2007)

Um casal retorna ao Estados Unidos para o funeral de um familiar após ter se mudado para a China três anos atrás. Assim que eles chegam, Sam, seu filho começa a ver fantasmas e ser possuído, adoecendo logo depois. Preocupados, os pais levam Sam ao hospital, mas a medicina não irá curá-lo. Desesperada, Sarah procura por um misterioso farmacêutico que afirma que seu filho está sendo mantido como morto-vivo e para ajudá-lo ela deverá descobrir o que os espíritos realmente querem.

 

7 – Time Lapse (2014)

Um casal e seu melhor amigo dividem uma casa em um condomínio e descobrem na residência vizinha uma misteriosa máquina fotográfica gigante que fotografa o futuro 24 horas adiante. O trio conspira para utilizar a engenhoca para benefícios pessoais, até que imagens perturbadoras começam a surgir.

 

8 – Reportagem exclusiva (2015)


Korean Movie 특종: 량첸살인기 (The Exclusive: Beat the… por filmow

Ao descobrir que seu furo de reportagem sobre um serial killer se baseou em informações falsas, Moo-Hyuk começa a disseminar ainda mais mentiras para encobrir seu erro.

 

9 – Road Trip: caindo na estrada (2000)

Josh (Breckin Meyer) está em sérios apuros. Uma fita de vídeo que mostra Josh traindo sua namorada foi enviada, por engano, para sua namorada. Agora Josh e mais três amigos precisam partir numa louca viagem, de Nova York até Austin, no Texas, a fim de recuperar a comprometedora fita de vídeo e salvar seu relacionamento.

 

10 – Oz, mágico e poderoso (2013)

Oscar Diggs (James Franco) trabalha como mágico em um circo itinerante, é bastante egoísta, mas é seu envolvimento com mulheres que o acaba levando para uma mágica aventura na Terra de Oz. Chegando lá, ele conhece a bruxa Theodora (Mila Kunis), que o apresenta para a irmã Evanora (Rachel Weisz). Acreditando que estaria fazendo um bem para a população local, ele decide enfrentar a bruxa Glinda (Michelle Williams), mas descobre que ela lembra um amor do passado e seu comportamento em nada se assemelha ao de alguém realmente malvado.

Aplicativo ‘Par Perfeito’ estima crescimento de 35% com o Dia dos Namorados

Ainda está solteiro às vésperas do Dia dos Namorados? Que tal uma ajudinha de um aplicativo de relacionamento? O Par Perfeito, que  está próximo de atingir a marca de um milhão de downloads do seu aplicativo, estima um crescimento de 35% em número de novos usuários até o Dia dos Namorados. Segundo os donos do app o aumento na busca já é tendência nesse período do ano: em 2015, por exemplo, o crescimento em cadastros foi de 30% na semana anterior à data, em comparação com a média diária do ano; em 2014, a alta foi de 21%.

Para quem ainda está sonhando em encontrar seu par perfeito, essa pode ser hora de encontrar solteiros em busca de um relacionamento sério (ou um encontrinho breve).

 

Com informações do Globo. 

Mulher larga emprego para amamentar o namorado fisiculturista

Jennifer e o namorado, Brad Leeson | (Reprodução/Facebook)

A atitude parece inusitada, mas uma mulher decidiu largar o emprego para amamentar o namorado, um fisiculturista de 36 anos, a cada duas horas. Segundo Jennifer Mulford, a amamentação do adulto cria um “laço mágico” entre eles. “No momento em que eu sabia que era o meu companheiro para a vida, eu e ele queríamos a mesma coisa para o relacionamento: um laço mágico que apenas a amamentação poderia alcançar”, explicou Jennifer ao “Sun”.

Jennifer amamenta Brad Leeson a seco a fim de forçar o seu corpo a produzir leite. “Eu dei um tempo no meu trabalho porque quis me dedicar a esse trabalho (amamentar)”, afirmou ela. Brad, por sua vez, espera obter melhor condição física com a amamentação frequente.

Amamentação de Brad

Amamentação de Brad | Reprodução/Facebook(Jennifer Mulford)

O casal de Atlanta (EUA) não está sozinho nessa atividade. Existe um movimento chamado “Adult Breastfeeding Relationship”, nos quais adultos aprofundam a sua relação adotando a amamentação. Algumas mulheres usam medicamentos que induzem o fluxo de leite materno.

Após repercussão na internet, Jennifer fez um post no facebook afirmando que tem consciência da atitude, mas pedindo por respeito a sua privacidade em seu perfil.

 

 

Fonte: Blog do Globo 

Casais que vão a igreja juntos são mais felizes, revela pesquisa

O Instituto de Estudos da Família divulgou um estudo esta semana intitulado “Better Together” [Melhor juntos], coordenado pelos professores W. Bradford Wilcox, da Universidade da Virgínia e Nicholas H. Wolfinger, da Universidade de Utah.

A pesquisa mostra que os casais que frequentam um templo juntos – ou quando apenas o homem vai – são mais felizes do que casais em que nenhum dos dois frequenta – ou apenas a mulher vai.  Para efeitos do estudo, o termo “templo” equivale a qualquer tipo de reunião religiosa.

Entre as principais descobertas, está o fato que 78% dos casais que vão regularmente aos templos, afirmam que estão ‘muito satisfeitos’ ou ‘muito felizes’.

Por outro lado, consideram-se ‘felizes’ apenas 67% dos homens e mulheres em relacionamentos em que nenhum frequenta um templo. O número cai para 59% entre os casais onde apenas a mulher frequenta regularmente.

Explicando sobre qual a diferença nas relações quando está em questão a fé do homem, Wilcox e Wolfinger atribuem isso ao fato do que é ensinado pelas religiões. “Nossas descobertas sugerem que a prática religiosa dos homens é particularmente benéfica para os seus relacionamentos, porque eles são incentivados a investir em suas famílias”.

Esta não é a primeira vez que Wilcox realiza uma pesquisa sobre a ligação entre felicidade e vida religiosa ativa. Em 2008, ele conduziu um estudo que mostrava que as pessoas que frequentam reuniões religiosas regularmente estavam mais propensas a se descrevem como “muito feliz”. Com informações Christian Post e Gospel Prime.

Casais brigam mais quando estão com fome

Sabe aquelas briguinhas sem sentido que você tem com seu/sua namorado/namorada, que parecem acontecer do nada e não ter razão de ser? Segundo um estudo realizado pela da Universidade Estadual de Ohio, elas podem ser resultadas da fome.

De acordo com o estudo, o cérebro gasta muita energia para funcionar corretamente, e quando não comemos temos menos energia, e assim, o cérebro não funciona como deveria. De imediato, perdemos uma função importantíssima para os relacionamentos: o autocontrole. E aí, podem começar as brigas.

Para chegar à conclusão, os pesquisadores, que incialmente estudavam a relação das taxas de açúcar no sangue com o nível de agressão no casamento, separaram 100 casais que então responderam um questionário sobre sua relação. Após essa etapa, eles receberam um boneco vodu com 51 alfinetes e foram solicitados a espetar o boneco de acordo com seu nível de satisfação com o parceiro. O resultado foi que os que estavam com fome espetaram muito mais agulhas nos bonecos que aqueles que estavam bem alimentados.

 

Com informações da GQ.

Quatro casais criaram uma vila para envelhecer ao lado dos melhores amigos

Quatro casais que têm sido amigos pelos últimos 20 anos decidiram criar uma vila autossustentável para viverem próximos um dos outros até o fim das suas vidas. Parece sonho, né? Eles compraram um terreno às margens do rio Llano, a aproximadamente uma hora de viagem da cidade de Austin, no Texas, Estados Unidos, e contratam um arquiteto, Matt Garcia, para desenhar quatro casinhas e uma área comum, tudo planejado para diminuir o impacto ambiental. Eles batizaram a vila de “Llano Exit Strategy” (Estratégia de Saída do Llano, em tradução livre) e “Bestie Row”, algo como linha dos melhores amigos, ou vila dos melhores amigos. Dá só uma olhada no projeto:

Llano

Parte do grupo de amigos que decidiu viver juntinho até o fim.

Llano

“Bestie Row”: a vila dos melhores amigos, no Texas.

Llano

O Rio Llano é o cenário da vila dos melhores amigos.

Llano

Llano

Llano

Planejadas pelo arquiteto Matt Garcia, as quatro casinhas são cheias de charme.

 

Fotos: Alexander Stross. Fonte: Mail Online.