Cidade goiana é hoje uma das maiores economias do Centro-Oeste

Uma cidade cujo PIB [produto interno bruto] cresceu praticamente 200% em apenas uma década, segundo levantamento do Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB). Esse é apenas um dos vários números que Aparecida de Goiânia deve celebrar neste próximo mês de maio, quando completa 102 anos de fundação.

Conforme o IMB, em 2010 o PIB aparecidense era de R$ 5,8 bilhões e em 2021 saltou para R$ 16,93 bilhões, uma elevação de de 192% em 11 anos. Mantendo esse ritmos de crescimento que registrou nos últimos 11 anos, estima-se que a cidade já deva ter ultrapassado Anápolis no Volume de riquezas geradas, tornando-se o segundo maior PIB Goiano.

Como resultado desse crescimento, o município ao longo dessa última década atraiu inúmeras empresas, em especial indústria e companhias dos segmentos do transporte e logística. A vocação por atrair esse tipo de negócio se deve, em muito, por sua localização estratégica no centro de um país continental como o Brasil.

A cidade, que está hoje entre as 100 maiores economias municipais do País e a 7º no Centro-Oeste, se consolida como um importante hub logístico.

Até o fim do ano, Aparecida de Goiânia deverá ter as obras concluídas de seu primeiro aeroporto executivo, voltado para todos os segmentos da aviação geral, o que inclui serviços táxi-aéreo, de UTIs aéreas, peças para aeronaves, serviços de manutenção, transporte aéreo de cargas, agro aviação e aviação regional.

Esse mega empreendimento que deve começar suas primeiras operações em 2025 é o Antares Polo Aeronáutico, um projeto com investimentos da ordem de R$ 100 milhões e capitaneado pelas empresas goianas Tropical Urbanismo, Innovar Construtora, CMC Engenharia, BCI Empreendimentos e Participações e a RC Bastos Participações.

Ocupando uma área de 209 hectares e podendo receber aviões do porte de um Boing 737 800, o Antares promete ser um marco na infraestrutura logística do País.

Ao falar sobre o porquê da escolha de Aparecida de Goiânia para receber o empreendimento, o empresário e também sócio-empreendedor do Antares, Marcos Bernardo Campos, explica que a cidade converge todas as potencialidades que um projeto como o Antares requer. Segundo ele, o potencial logístico do município está, não só na sua privilegiada localização geográfica, no Centro do Brasil, mas também na qualidade de sua infraestrutura.

“Aparecida é uma cidade altamente industrializada que está no coração do País. Estamos próximos de dois aeroportos internacionais, o de Brasília e o de Goiânia.

O município é cortado pela sexta maior rodovia do País, a BR 153, que é hoje a principal ligação rodoviária entre o Meio-Norte do Brasil e o Centro-Sul, o que a torna um importante canal de escoamento da produção. Estamos também a pouco mais de 70 quilômetros de Anápolis, o que nos conecta com a Ferrovia Norte-Sul, infraestrutura ferroviária com um total de 1.537 quilômetros já em operação”, detalha o empreendedor.

Infraestrutura aeroportuária

Com suas obras iniciadas em julho de 2021, o polo aeronáutico está sendo construído no leste da cidade de Aparecida de Goiânia, às margens do Eixo Leste-Oeste 4 e da BR-153. A pista de pousos e decolagens, principal infraestrutura do empreendimento, terá 1.980 quilômetros de extensão por 45 metros de largura, contará com PCN 43, índice de Classificação do Pavimento que garantirá condição estrutural para operações de aeronaves de grande porte, como os Boings 737 800.

O aeroporto do Antares será capaz de operar voos nos sistemas VFR (Visual Flight Rule ou Regras de Voo Visual), e também IFR (Instrument Flight Rules ou voo por instrumentos), o que possibilitará a realização de pousos e decolagens com total segurança, durante à noite e também em condições climáticas adversas.

Ainda segundo Marcos Bernardo Campos, a localização privilegiada de Aparecida de Goiânia faz com o Antares esteja a poucas horas de voos dos principais centros de consumo do Brasil.

“Estamos, por exemplo, a 2 mil quilômetros de capitais como Belém (no Norte) e de Porto Alegre (no Sul). Estamos ainda mais próximos de cidades litorâneas como Salvador, a cerca de 1,5 mil quilômetro; Rio de Janeiro, a pouco mais de 1,2 mil; ou então e a menos de mil quilômetros de distância de São Paulo, o maior centro de consumo do País”, lembra.

 

Veja também:

Onda de calor: Centro-Oeste terá temperatura “muito fora do normal” nos próximos dias

A sensação de que este é um outono com ares de verão deve permanecer nos próximos dias. O MetSul aponta que a quarta onda de calor no Brasil em 2024 terá impacto neste fim de semana. As altas temperaturas devem atingir, em particular, as regiões Centro-Oeste e Sudeste, com médias “muito fora do normal” para esta época do ano.

Nos próximos dias, a máxima em algumas cidades do país deve alcançar números “nunca registrados no fim de abril e em maio”. Resultado que poderá ser percebido também em Goiás.

O instituto indica que as altas temperaturas nas regiões são projetadas para os últimos dias deste mês e para a primeira semana completa de maio, ou seja, um período de, no mínimo, dez dias.

Brasil

O calor será especialmente intenso no interior do estado de São Paulo, onde máximas acima de 35ºC serão frequentes nos próximos dias. Na capital, os termômetros podem chegar a 31ºC a 33ºC em algumas tardes do fim de abril.

O estado do Rio de Janeiro também deve experimentar calor extremo. A temperatura na capital e na Baixada Fluminense deve variar entre 35ºC e 38ºC. Em alguns dias, especialmente na primeira semana de maio, as máximas podem ficar acima de 40ºC.

A previsão também é de muito calor em Minas Gerais e no Espírito Santo, ainda que as marcas não sejam “tão extremas” quanto em São Paulo e no Rio.

No interior de Minas, cidades mais a oeste e ao norte do estado devem experimentar as maiores máximas. Já Belo Horizonte pode ter temperaturas acima de 30ºC, quando a média máxima de maio é de 25,7ºC.

Previsão do tempo

Durante o fim de semana no Rio haverá redução de nebulosidade, com poucas nuvens no céu e sem previsão de chuva. De acordo com o Alerta Rio, a máxima no sábado pode chegar a 33°C e a mínima 16°C. Já no domingo, a máxima pode chegar a 35°C e a mínima 19°C. Em São Paulo, a máxima para o sábado é 32ºC e mínima de 19ºC. No domingo, os termômetros ficam entre 33ºC e 21ºC.

Já no Mato Grosso do Sul e em partes de Minas Gerais e São Paulo, as temperaturas seguem elevadas por conta da passagem do anticiclone. O anticiclone é uma área de alta pressão atmosférica com um centro de alta pressão e circulação de ar divergente. Ou seja, uma área onde o ar desce da atmosfera superior para a superfície, criando condições de tempo estável e seco. O fenômeno atinge, desde a segunda-feira, a região centro-sul do país, com temperaturas ficando de 3°C a 5°C acima da média na maioria desses estados.

Segundo o Climatempo, o fenômeno já pode ser caracterizado como uma onda de calor. Para o Instituto Nacional de Meteorologia, no entanto, apesar das temperaturas mais elevadas, ainda não é possível fazer essa afirmação. O órgão explica que, para receber essa denominação, a temperatura deve ficar 5ºC acima da média mensal pelo período de, no mínimo, dois a três dias consecutivos.

De acordo com o Inmet, nesse momento há uma amplitude térmica — diferença entre a temperatura mínima e a máxima — e um monitoramento sobre onda de calor.

 

*Fonte: Agência O Globo

Veja também:

Capital do voo livre no Centro-Oeste recebe os melhores pilotos do Brasil

Jandaia será a capital do voo livre no Centro-Oeste pelos próximos três dias. Localizado a 120 quilômetros de Goiânia, o município goiano recebe, a partir desta sexta-feira (26/04), a 1ª Etapa do Circuito Centro-Oeste de Parapente (Cico) e da Copa Brasil de Pouso de Precisão (CBPP).

O evento segue até domingo (28/04), com patrocínio do Governo de Goiás, por meio da Agência Estadual de Turismo (Goiás Turismo). Os resultados ajudarão a formar o ranking dos pilotos que participarão das provas estaduais e do campeonato brasileiro da modalidade.

Cerca de 100 participantes de Goiás, Distrito Federal e Tocantins estão inscritos para a disputa. Os pilotos são divididos em três categorias: avançada, iniciante e feminina. Em Jandaia, a prova ocorre no local conhecido como Montanha Mágica. Posteriormente, Formosa e Jaraguá também sediarão etapas da competição.

O presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, lembra que iniciativas como esta fomentam o turismo, atraindo um público qualificado, inclusive internacional.

“Além de colorir o céu da cidade e movimentar toda a cadeia regional do turismo, os eventos deixam um legado de investimentos em cultura, conscientização, infraestrutura e melhorias duradouras para a população”, ressalta ele.

Circuito de Parapente colore o céu de Jandaia (GO) neste fim de semana (fotos: Goiás Turismo)

Ações sociais

O trabalho da organização do evento começa dias antes com ações sociais, entre elas palestras em escolas públicas com o tema “Voo Livre e Consciência Ambiental” e arrecadação de alimentos para distribuir cestas básicas a famílias carentes.

Em Jandaia, a bombeira Kamilla Monteiro, vencedora do reality show “Largados e Pelados”, tem palestra programada sobre sobrevivência e situações de risco. A conscientização ambiental também está presente, inclusive com distribuição de sementes nativas do Cerrado que os pilotos lançam durante o voo.

Um dos organizadores do Circuito, Daniel Vasconcelos destaca que “o apoio do Governo de Goiás é essencial para o desenvolvimento do esporte e do turismo”.

Segundo ele, pilotos do país inteiro movimentam as cidades anfitriãs e toda a região, gerando emprego e renda para a população. “Sem esse apoio, seria muito difícil a gente fazer o evento com tal magnitude. Somos muito gratos pelo reconhecimento do estado ao esporte”, afirma.

Goiânia é a segunda capital com mais ”cornos assumidos” do Centro-Oeste

Nesta quinta-feira (25/4), comemora-se o Dia do Corno! Apesar de ser um evento traumático para a maioria das pessoas, ser traído pode ser um fetiche para outros. Essa prática se chama ‘’cuckhold’’, que são homens que gostam de ver as parceiras tendo relações sexuais com outro. Nesse caso, ele pode participar ativamente ou apenas assistir o ato.

Dados do Sexlog, site de sexo e swing da América Latina, revelam que mais de 300 homens se declaram ‘’cuckholds’’. Entre os adeptos, há diferentes níveis de envolvimento, desde aqueles que participam ativamente até os que preferem apenas observar ou ouvir relatos.

Goiânia ocupa o segundo lugar entre as capitais do Centro-Oeste com o maior número de “cornos assumidos”, ficando atrás apenas de Brasília. A pesquisa revela que mais de 300 mil brasileiros confessam abertamente essa preferência. Brasília, Goiânia, Campo Grande, Cuiabá e Anápolis são as cinco mais interessadas no assunto na região Centro-Oeste, que totalizam 35.165 ‘’cuckolds’’.

Os dados mostram que o Sudeste lidera nacionalmente, com 171.129 adeptos assumidos. As cinco cidades com mais adeptos são em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas e Uberlândia. Na região Centro-Oeste, além de Goiânia e Brasília, também se destacam Campo Grande, Cuiabá e Anápolis.

O Nordeste aparece em segundo lugar, com 59.327. Os cinco municípios com mais adeptos do fetiche são: Fortaleza, Salvador, Recife, Natal e João Pessoa. O terceiro lugar fica com o Sul, com mais de 49 mil praticantes. As cidades que mais têm interesse são: Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, Maringá e Londrina.

O Norte aparece na última posição, contabilizando 19.385 cornos. O ranking conta com as seguintes cidades: Manaus, Belém, Boa Vista, Porto Velho e Macapá.

Mulheres

A pesquisa também ouviu as ‘’hotwives’’. 67% delas disseram que elas quem escolhem quem será o parceiro, chamado de “comedor”, porém com a ajuda dos maridos. Já 18% disseram que fazem isso sozinhas e 14% revelaram que os maridos que decidem.

A pesquisa realizada pela plataforma revela ainda que a metade dos ‘’cuckholds’’ não tem problema em convidar amigos para ter relações com as esposas, chamadas de “hotwives”. Cerca de 62% revelam que nunca tiveram ciúmes delas; 21% sentiram o incômodo uma vez; e 17% já sofreram com o sentimento em mais de um momento.

 

*Com informações Correio Braziliense

Veja também:

Goiânia alcança o pódio da sustentabilidade e conquista segundo lugar no ranking do Centro-Oeste

Goiânia foi reconhecida como uma das principais sustentáveis do Centro-Oeste, conquistando o segundo lugar no Ranking Cidades Sustentáveis, que tem como base 40 indicadores oficiais que compõem o Internacional Organizations for Standardization (ISO) 37120.

A premiação foi anunciada pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos) durante o lançamento da campanha ambiental e artística “O mar começa aqui”. “Nossa cidade é rica em água, com seus vários mananciais que a cortam. Somos a capital mais verde do Brasil e fomos reconhecidos, recentemente, pela ONU como cidade árvore do mundo”, destacou.

O prefeito ressaltou, ainda, que a atual gestão trabalhar para tornar a capital mais sustentável, por meio do plantio de milhões de árvores plantadas. “Estamos abertos a projetos e queremos melhorar cada vez mais”, disse.

A primeira colocada no ranking foi Brasília, seguida por Goiânia, Cuiabá (MT), Itumbiara (GO) e Rio Verde (GO).  No total, foram avaliados 319 municípios com mais de 100 mil habitantes, a partir de 40 indicadores.

 Calor histórico: CIMEHGO alerta para onda de calor 5°C acima da média em Goiânia

A onda de calor que se intensifica no Centro-oeste, conforme alertado pelo Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (CIMEHGO), ganhará força a partir do fim de semana. No sábado, a formação de um bloqueio atmosférico dificulta a presença de nuvens de chuva, resultando em predomínio de sol, temperaturas máximas elevadas e declínio da umidade relativa do ar em todo o estado.

 

Na capital, a previsão é de sol predominante, com temperaturas máximas podendo atingir 35ºC e umidade relativa do ar variando entre 25% e 80%. O nascer do sol está previsto para às 05h35, e o pôr do sol às 18h25. 

 

No domingo, a situação persiste, com predomínio de sol, temperaturas máximas elevadas e umidade relativa do ar em declínio em todo o estado. Na capital, as temperaturas podem chegar aos 35ºC, com umidade variando entre 20% e 80%. O nascer do sol está programado para às 05h30, e o pôr do sol às 18h26. 

 

Segundo o gerente da CIMEHGO, a expectativa é que o próximo domingo (12) seja ainda mais quente. As projeções indicam que o pico da onda de calor atual deve ocorrer até o fim da próxima semana, com temperaturas ultrapassando os 42ºC em algumas cidades do Centro-Oeste. A população deve estar alerta e adotar medidas para lidar com as condições climáticas extremas.

Um alerta foi emitido, indicando um risco potencial leve à saúde da população devido à iminente onda de calor que afetará todas as regiões do Estado de Goiás.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

>Veja também<

https://www.curtamais.com.br/goiania/onda-de-calor-continua-e-os-termometros-podem-chegar-a-39-c-em-goiania

 

https://www.curtamais.com.br/goiania/prepare-o-guarda-sol-e-um-copo-d-agua-bem-gelado-a-onda-de-calor-promete-40-em-goias

 

Hub Goiás oferece cursos de empreendedorismo e inovação de graça à população

Ligado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o Hub Goiás promove qualificação gratuita para quem tem interesse em entrar no mundo do empreendedorismo e da inovação. A formação é feita por meio de workshops e palestras oferecidas pela Trilha Baliza, que possui programação semanal. Para participar, a inscrição é aberta para todas as pessoas, independente de terem negócios. Basta apenas se inscrever gratuitamente clicando AQUI. Todos os encontros são realizados na sede do Hub Goiás, no Setor Universitário, em Goiânia.

Ligado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o Hub Goiás é o primeiro centro público de excelência em empreendedorismo inovador do Centro-Oeste e atua no incentivo, atração e formação de novos negócios no estado. Neste sentido, a Trilha Baliza visa contribuir para a qualificação, por exemplo, de projetos apresentados nos editais lançados em Goiás.

Gerente de Inovação do Hub Goiás, Karolline Fernandes destaca a importância da programação da trilha para a formação de diversos profissionais e da comunidade como um todo. “Cada encontro é conduzido por um especialista que aborda os principais pontos para disseminar o entendimento sobre empreendedorismo e inovação, que ainda é uma pauta que necessita estar mais próxima das pessoas”, relata. 

O evento da Trilha Baliza iniciou no fim de outubro e já abordou dois temas importantes para os futuros empreendedores: “Introdução à Inovação” e “ Pitch e Oratória”. O próximo compromisso está marcado para o dia 08/11, às 19h e abordará o seguinte tema: “Tech para quem não é tech”.

A participação nas aulas também contará pontuação extra para pessoas e empresas interessadas em participar do edital de Negócios Inovadores de Impacto Socioambiental (NIIS), lançado pelo Governo de Goiás em 17 de outubro. O objetivo dessa iniciativa é fomentar negócios que reduzam ou solucionem problemas socioambientais. Podem participar negócios de todo o país, e inscrições podem ser feitas através do site do Hub Goiás.

 

Programação:

Trilha Baliza – empreendedorismo e inovação

 

08/11/2023 – Tech para quem não é tech

14/11/2023 – Concepção de Produto

22/11/2023 – Cultura de Impacto

28/11/2023 -Workshop de Pitch

06/12/2023 – Inspire-se Tendências e Oportunidades

 

Créditos da imagem de capa: Wesley Costa

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

>Veja Também<

Goiânia recebe exposição inédita com 100 obras de arte urbana com entrada gratuita

Goiânia recebe peça de teatro especial para ensino infantil

Goiás terá semana com calor extremo de até 40º

A previsão meteorológica para Goiás indica um cenário de calor e umidade que pode propiciar pancadas de chuvas isoladas nesta segunda-feira, 18 de setembro. De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), essas chuvas eventuais podem vir acompanhadas de rajadas de vento, raios e, em algumas situações, até granizo.

Em relação à capital Goiânia, a previsão também aponta para o predomínio do calor, com a possibilidade de chuvas isoladas. As temperaturas máximas na cidade atingirão os 33ºC durante a tarde, enquanto a umidade relativa do ar variará entre 25% e 70%.

Entretanto, a partir da terça-feira, 19 de setembro, a previsão meteorológica aponta para um período de estabilidade no tempo em Goiás, com temperaturas elevadas e uma gradual queda na umidade relativa do ar durante as tardes.

Uma massa de ar extremamente quente está afetando diversos estados brasileiros, incluindo Goiás, elevando as temperaturas para valores superiores a 40ºC. Essa situação de calor intenso, prevista para esta época do ano, será ainda mais severa, especialmente na região Centro-Oeste. Segundo informações do MetSul Meteorologia, é esperado que ocorram recordes históricos de temperatura.

Goiânia, por sua vez, não escapará das altas temperaturas, com a média de temperatura na capital aumentando para 34ºC em comparação com o mês anterior. Nos próximos dias, as temperaturas máximas podem chegar a 38ºC.

Mas partir de quarta-feira, 20 de setembro, não há previsão de chuvas em Goiânia até o final do mês, conforme informações do Climatempo. A volta das precipitações está prevista apenas para o dia 29 de setembro. Além disso, a umidade do ar na cidade estará em níveis baixos, com valores mínimos em torno de 10% e máximos não ultrapassando os 50%.

 

Veja também:

Essas dicas vão salvar sua saúde durante essa temporada de calor

10 dicas importantíssimas para manter a saúde nos dias de muito calor

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Fantástica cidade goiana é uma jóia preciosa do Vale do São Patrício com aventura, cultura e história sensacionais

 

Situada a 182 km da vibrante Goiânia, Goianésia é o tipo de destino que surpreende a cada visita, com suas belezas naturais em harmonia perfeita com o crescimento sustentável e estruturado da cidade. Se você pensava que conhecia Goiás por completo, espere até conhecer esse paraíso que tem a dizer: “Você ainda não viu nada!”

A cidade, que abriga uma população calorosa de 71 mil habitantes, tem vivenciado uma expansão notável, solidificando sua presença no cenário nacional como um polo de produção sucroalcooleira e também sendo palco de um comércio pulsante que vibra nas ruas e avenidas de seus 36 bairros.

Um mergulho na história

Embora seja uma cidade em franco desenvolvimento, Goianésia não perde suas raízes. Tudo começou com o sonho de Laurentino Martins Rodrigues que, ao adquirir uma parte das terras da fazenda Calção de Couro, deu o pontapé inicial para o surgimento deste encantador município.

Hoje, cada pedacinho dessa terra tem uma história para contar, desde a elevação a distrito em 1949 até a sua emancipação política em 1953, fruto do esforço e dedicação de personagens emblemáticos como Salvador Leite.

Natureza e progresso em harmonia

Dona de um clima tropical úmido e situada em um planalto com altitude média de 641 metros, Goianésia oferece um cenário natural de tirar o fôlego. Suas paisagens são banhadas pelas águas da bacia do Rio Maranhão, que dão um toque de frescor e vida ao local.

Ao longo dos anos, a cidade soube equilibrar perfeitamente o progresso com a preservação de sua rica biodiversidade, uma verdadeira lição de como crescer com responsabilidade e respeito ao meio ambiente.

Cultura e tradição a cada esquina

Não podemos deixar de mencionar a cultura viva e pulsante que habita cada esquina de Goianésia. Conhecida carinhosamente como a “Princesa do Vale do São Patrício”, a cidade vibra com uma sociedade diversa, ordeira e extremamente hospitaleira.

Seja no esporte, na educação ou na saúde, Goianésia se destaca como um modelo de gestão, orgulhando-se de ser um lar acolhedor e propício para o crescimento e desenvolvimento de seus habitantes e visitantes.

Venha descobrir Goianésia

Mais que uma passagem, Goianésia é um destino. Um lugar que espera por você com os braços abertos, pronto para oferecer experiências inesquecíveis e um verdadeiro mergulho em uma cultura rica e acolhedora.

Convidamos você para descobrir Goianésia, um lugar onde cada detalhe conta uma história e onde o futuro é construído com base no respeito ao passado e à natureza.

Goianésia te espera para revelar todos os seus encantos. Venha desvendar esse tesouro do Centro-Oeste brasileiro. Venha para Goianésia, a cidade que tem tudo para se tornar o seu próximo destino favorito.

História

7ebf4ae641daefe7cd2c2c4053e323af.jpg

Matriz Nossa Senhora de Abadia, parte da história de Goianésia. Foto: Prefeitura de Goianésia

 

O território do município de Goianésia originou das fazendas: Calção de Couro, São Bento, Itája e parte da Lavrinha de São Sebastião. A fazenda Calção de Couro teve suas terras divididas entre vários compradores e dentre eles, o mineiro Laurentino Martins Rodrigues que, nominou sua gleba de, fazenda Laranjeiras. Mudou para fazenda com sua família, ergueu às margens do córrego Calção de Couro, um cruzeiro, dando início oficial ao povoado Calção de Couro;

O povoado Calção de Couro tornou distrito de Goianésia no dia 10 de agosto, de 1949, com a Lei n° 10, sancionada pelo prefeito de Jaraguá, Nelson de Castro Ribeiro.

Embora a criação de Goianésia deveu-se ao empenho, sonho e dinamismo de Laurentino, a emancipação política foi obra de articulação do farmacêutico Salvador Leite, publicada no diário oficial do estado de Goiás, a 24 de junho, de 1953, sob a Lei n° 747. O município  de Goianésia conserva a mesma denominação.

O progresso chegou juntamente com a lavoura de café que trouxe para o município os pioneiros que desbravaram estas terras.

e487d95fa3f9e1d3aefbadd9a57c2ddd.jpg

Avenida Goiás, em Goianésia. Foto: Prefeitura de Goianésia

 

Com a queda do café houve um êxodo populacional. Na década de 70 a economia era baseada na pecuária e no cultivo do arroz, milho e feijão que não oferecia postos de trabalho suficientes para toda população.

Desde 1968 a cana-de-açúcar já era plantada na região, na fazenda São Carlos e o açúcar era produzido na Usina Monteiro de Barros, atual Usina Goianésia. Em 1980 com a fundação da destilaria Goianésia Álcool S/A as terras foram tomadas por essa cultura.  A agroindústria movimentou a economia, em 1993 passou a ser Jalles Machado S/A. O mesmo grupo criou a Unidade Otávio Lage e a Codora Energia.

Os empreendimentos econômicos do município são apoiados por um bom sistema bancário.

 

A sociedade goianesiense é diversa em suas origens e costumes, mas, é ordeira, hospitaleira. A cidade oferece esporte, lazer, cultura, educação, saúde e é modelo de gestão. Devido ao seu progresso e sua organização é considerada a Princesa do Vale do São Patrício, o que enche de orgulho o povo que aqui vive. 

 

Turismo

Listamos os principais pontos turísticos que merecem sua visita em Goianésia.

Acompanhe essa roteiro por essa cidade goiana apaixonante:

 

Lagoa Princesa do Vale (Praia do Cerrado)

O espaço público tem uma estrutura completa para receber visitantes e oferece lazer e turismo de boa qualidade. No parque, há pista de caminhada asfaltada, área para ginástica, 2 quadras poliesportivas, 2 playgrounds e um espelho d’água de cair o queixo!

Além desses pontos, o local tem uma plantação de 18 mil mudas nativas do Cerrado que podem ser contempladas em bons momentos de descanso. 

O Parque é um cartão postal na cidade e rende, sempre, muitos cliques instagramáveis. 

Parque
Foto: Prefeitura de Goianésia

91dcb3b9956e412f94be2eae5461ebd8.jpg
Foto: Divulgação

 

Fazenda Itajá

Considerado um patrimônio histórico e cultural, o lugar é aberto à visitação e atrai quem aprecia a cultura rural e sua história. A fazenda de traços coloniais é datada de 1951 e coleciona itens da indústria de refinamento de açúcar Itajá, criada pelo empresário Jalles Machado, dono da fazenda na época. 

Sua empresa se tornou pioneira em Goiás na cogeração de energia a partir do bagaço da cana e a primeira empresa do setor sucroenergético a efetivar a venda de Créditos de Carbono nos anos 2000. 

Logo, 16 anos depois, a reserva passou por um período de reestruturação, sendo possível tornar um ponto turístico e cultural. Com o novo molde, quem passa pela cidade tem acesso livre e pode conhecer a história de Goianésia por dentro do casarão, tendo oportunidade de passear pelo museu e biblioteca.

Fazenda
Foto: Divulgação

 

Centro Cultural Bechiolina Rodrigues

Centro Cultural Bechiolina Rodrigues é um orgulho para os goianesienses. O lugar é considerado um espaço destinado a apresentações artísticas, seja com teatro, música e a dança.  

Mesmo que não tenha alguma apresentação artística, vale a pena ir conhecer o espaço por conta do mural,  com exposições itinerantes, que retrata em detalhes a história da cidade e homenageia artistas goianos com suas obras de arte.

Centro
Foto: Divulgação

 

Museu Histórico Mário Augusto Alves

Goianésia já possui um museu. Situado no segundo piso do Centro Cultural, o ambiente conta um pouco da história do desenvolvimento e da construção do município, a trajetória dos pioneiros e a conquista que tiveram sobre este local. Inclusive, o museu possui uma galeria de fotos em homenagem aos colaboradores que fizeram desta cidade tornar Goianésia. Além disso, o espaço conta com salas de estudos, que podem ser frequentadas por estudantes e moradores da região.

 A visita não necessita de agendamento prévio e a entrada é totalmente gratuita.

museu
Mural dos parlamentares do munícipio. Foto: Nossa Escola

de1ed7b10814e39b67aec59acf815a17.jpg
Foto: Nossa Escola

 

Paróquia Nossa Senhora da Abadia

Para aqueles que gostam de aconchego, ambientes que emanam paz ou apenas um lugar para contemplar uma vivência religiosa, a sugestão é essa aqui. A igreja foi construída  em 1957, na Praça Laurentino Rodrigues e é ponto obrigatório de visitação em Goianésia.

ccd83a66c976bf714a8c20b7e0d98a80.jpg
Foto: Divulgação


Paróquia
Foto: Divulgação

 

Mobi Cine Goianésia

Não é comum nas cidades do interior de Goiás ter um cinema, mas Goianésia não é uma cidade comum. A rede Mobi Cine se instalou lá e se tornou uma opção de lazer local e para moradores das cidades vizinhas.  O cinema traz salas 100% digitais, tecnologia 3D e som Dolby Digital.  

Mobi
Foto: Meganésia/Divulgação

 

Cachoeira Paraíso

Situado na GO 338, na saída de Goianésia, este ponto turístico é para aqueles que querem escapar do movimento da cidade. 

Conhecida por sua água gelada, o local possui profundidade de aproximadamente 6 metros, e vasta vegetação do cerrado. A água cristalina presente na cachoeira e nas piscinas naturais que formam ao longo do rio é o diferencial da reserva.

Para os interessados, o valor da entrada é apenas R$ 25,00 somente para os adultos e o cliente tem direito a visitar mais 2 cachoeiras e 8 piscinas naturais que ficam bem próximas do local. Não é permitida a entrada de comidas e bebidas no ambiente, pois o ponto possui um restaurante aberto ao público. 

Sobre o passeio na cachoeira, aqui vai uma dica: As crianças não pagam!

 

Cachoeira
Foto: Cachoeira Paraíso/Divulgação

 

Cachoeira
Foto: Cachoeira Paraíso/Divulgação

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa: Prefeitura de Goianésia

O Globo mostra Goiânia como destaque no mercado de luxo

O jornal O Globo destacou Goiânia como uma cidade de luxo e ‘’vitrine rica do país’’, na edição deste domingo (23). A capital no centro do país ostenta pujança econômica, com crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) acima da média nacional e uma população hoje 10,4% maior do que pouco mais de uma década atrás.

Impulsionada pelo agronegócio e pelo sucesso de sua música, além de contar com indústria automobilística e um polo farmacêutico nos arredores, a capital de Goiás, no centro do país, cresceu muito.

O barulho de construção quase constante explica em parte os números gigantes revelados pelo Censo. Goiânia chegou a 1,4 milhão de moradores, um crescimento populacional de 10,4% em pouco mais de uma década. Além dos olhares do país, a cidade atrai novos moradores e investidores atrás dos sinais explícitos do vigor econômico: o PIB do estado subiu 6,6% em 2022, acima da média nacional, de 2,9%.

Goiânia ganhou estatura urbana com edifícios de 52 andares — o mais alto. Nesse prédio, há um apartamento de 482 metros quadrados em cada piso. Condomínios de alto padrão e casas suntuosas viraram lugar comum. Algumas celebridades arrastam seguidores não só por seus conteúdos mas também por abrir a porta de suas mansões para a curiosidade alheia, como o cantor Gusttavo Lima e a influenciadora Virgínia Fonseca. Goiânia virou vitrine rica e parece gostar de ser vista.

O que se observa hoje é uma nova versão é de uma cidade com rooftops badalados, que tem fila para compra de Porsches, toda a sorte de marca de luxo e até atendimento premium em hospitais de ponta.

 

Para ler a matéria na íntegra, acesse: https://oglobo.globo.com/brasil/noticia/2023/07/23/vitrine-rica-do-pais-goiania-vive-boom-do-consumo-de-luxo-com-rooftop-badalado-e-fila-para-porsche.ghtml

 

Veja também:

Grá Bistrô: gastronomia internacional com a vista mais alta de Goiânia

 

 

Imagem de Capa: Grá Bistrô Rooftop – Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Roberto Carlos em Trindade: tudo sobre o show do Rei na Romaria do Divino Pai Eterno

A Romaria do Divino Pai Eterno é o maior evento religioso do Centro-Oeste, e acontece na cidade de Trindade (GO). O evento, este ano, acontece entre os dias 23 de Junho até 2 de Julho com o tema “O Pai Eterno nos Chama e Envia”.

A festividade acontece no período de Pentecostes, que é cinquenta dias após a Páscoa. Durante a celebração, são realizadas diversas atividades religiosas, como missas, novenas, procissões e coroações, além de muitas manifestações culturais, como apresentações de grupos folclóricos, shows musicais e barracas de comidas típicas.

Tradição

Trindade é conhecida como um importante centro de peregrinação religiosa, e a Festa do Divino Espírito Santo é um dos principais eventos do calendário da cidade. A Romaria atrai milhares de fiéis todos os anos, que vêm em busca de bênçãos e graças, e para agradecer as graças recebidas.

A tradição mais conhecida é a caminhada pela Rodovia dos Romeiros (GO-060), quando muitos devotos percorrem, a pé, o trajeto entre os municípios de Goiânia e Trindade, chegando até o Santuário Basílica (aproximadamente 18 km), como forma de pagar promessas, pedir graças e agradecer bênçãos alcançadas. Os peregrinos também partem de outras cidades e estados.

romaria
Desfile de Carreiros (Foto: reprodução Pai Eterno)

 

Show com Roberto Carlos

E por falar na programação musical, a grande novidade deste ano é o possível show inédito e gratuito com o Rei Roberto Carlos. O evento está previsto para acontecer entre 25 e 27  de Junho, e será uma oportunidade única e inesquecível para conferir a apresentação de um dos maiores cantores da música romântica do Brasil. O show acontece no Estacionamento da Basílica, a partir das 21 horas, e com entrada gratuita. De acordo com fontes do Curta Mais está quase tudo certo para acontecer 

É válido ressaltar que o show está no projeto de patrocínio da festa, mas ainda não consta na agenda oficial do cantor.

De acordo com o Secretário de Comunicação de Trindade, Rodrigo Bueno, a especulação existe desde a coletiva de imprensa com a Igreja e outros setores que envolvem a Romaria. ”A Prefeitura ainda não está sabendo, mas a Igreja deve ter dado andamento ao show”.

Em breve traremos mais informações.

robert
(Foto: Manuela Scarpa/BrazilNews)

 

Programação

Ao todo, serão realizadas cerca de 100 missas e mais de 46 novenas, além de procissões, batizados, vigílias, alvoradas e confissões. Toda a programação da Romaria também será transmitida pela TV Pai Eterno.

romaria
(Foto: reprodução Afipe)

 

SERVIÇO:

Romaria 2023 – Festa do Divino Espírito Santo

Quando: 23 de Junho a 2 de Julho

Onde: Trindade-GO

Programação musical:

Show com Roberto Carlos

Quando: 25 de Junho

Onde: Estacionamento da Basílica

Horário: 21 horas

Entrada franca

O Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Festival Italiano de Nova Veneza já tem data para acontecer

Um pedacinho da Itália fica logo ali, a menos de 30 km de Goiânia! É a cidade de Nova Veneza, conhecida por possuir a maior população de descentes italianos do Centro-Oeste, e que já está se prepara para um dos principais e mais tradicionais eventos culturais do estado: a 17ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza com o tema “Uma Itália em Nova Veneza”, que acontece nos dias 1º a 4 de Junho.

Neste ano o evento trará novas receitas, mais estandes e incrementos na programação cultural. Cerca de 120 mil pessoas são esperadas pela cidade ganhará nesses quatro dias a atmosfera de seus fundadores, imigrantes italianos que chegaram na região em 1912. 

O prefeito da cidade, Valdemar Batista Costa, destaca que esses costumes tornaram-se uma tradição e foi abraçada não apenas pelos descendentes, que compõem cerca de 60% da população, mas também por todos os moradores não descendentes, como ele. 

“Eu, por exemplo, como um bom comedor de pequi, me divirto com essa festa. Afinal, quem não gosta de comer um tradicional macarrão italiano?”, brincou. O prefeito acredita que o Festival Italiano, neste ano, tem tudo para bater um novo recorde de público novamente, com o arrefecimento da pandemia, que permitiu também mais tempo para a organização do evento. “Em todo lugar que eu vou, o pessoal já pergunta a data, como vai ser o festival este ano, todo mundo animado para mais uma edição”, espera. Ano passado, foram 120 mil visitantes nos quatro dias, 20% a mais que nos anos anteriores.

Além de proporcionar uma imersão cultural voltada às tradições italianas, o Festival Italiano de Nova Veneza movimenta também toda a economia local: supermercados, padarias, posto de gasolina, restaurantes, hotéis e produtores. “Todos os segmentos, sem exceção, são impactados positivamente. O evento representa o 14º salário para a população”, finaliza. 

 nova

 

SERVIÇO:

17º Festival Italiano de Nova Veneza

Quando: 1º a 4 de junho de 2023

Onde: Praça Matriz de Nova Veneza (GO)

Horários: A partir das 18h; no sábado e domingo, a partir de 12h

Entrada franca

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Tradicional time de futebol goiano completa 80 anos de história

O Goiás Esporte Clube é um clube de futebol brasileiro natural de Goiânia. Fundado há exatos 80 anos, em 6 de abril de 1943, o clube tem como cores o verde e o branco e comanda seus principais jogos no estádio Serra Dourada, que tem capacidade para cerca de 50.000 espectadores.

Fundado por um grupo de jovens, liderados por Pedro Ludovico Teixeira, que mais tarde seria governador do Estado de Goiás, o clube começou a disputar campeonatos amadores e regionais, até que em 1950 se profissionalizou.

O Goiás disputou sua primeira partida oficial no dia 8 de julho de 1945, contra o Vila Nova, clube rival da capital goiana. A partida terminou empatada em 1 a 1. O primeiro título do clube veio em 1950, quando venceu o Campeonato Goiano.

O Goiás é um dos clubes mais tradicionais do futebol goiano e já conquistou 28 títulos estaduais, sendo o maior campeão do estado. O clube também tem em seu currículo duas conquistas da Série B do Campeonato Brasileiro (1999 e 2012) e uma da Copa Centro-Oeste (2000). 

Além disso, o clube também foi vice-campeão do Brasileirão Série B em 1994 e em 2018.

 

Curiosidades

O mascote do Goiás é o Periquito, que foi escolhido em 1973 em uma votação popular. O Periquito é representado por uma ave verde, que simboliza a liberdade, a agilidade e a capacidade de superação. Desde os anos 70, o mascote já passou por algumas mudanças.

mascote

mascote

mascote
Mascote do Goiás adaptada por uma Inteligência Artificial

O técnico mais vitorioso da história do Goiás foi Hélio dos Anjos, que comandou o clube em quatro passagens distintas e conquistou diversos títulos, incluindo a Série B do Brasileirão em 1999.

helio

 

Ídolos

O maior ídolo da história do Goiás é o goleiro Harlei, que defendeu o clube em três passagens distintas e conquistou diversos títulos, incluindo a Série B do Brasileirão em 1999 e 2012. Harlei também é o jogador que mais vestiu a camisa do Goiás, com mais de 800 jogos.

Outros jogadores importantes que passaram pelo Goiás incluem Túlio Maravilha, que jogou no clube entre 1993 e 1994 e marcou 57 gols em 49 jogos. Nascido no dia 2 de junho de 1969, em Goiânia (GO), Túlio começou a carreira de jogador profissional no Goiás. Ao lado do ponta-direita Niltinho, dos meias Tiãozinho e Luvanor, do volante Uidemar, Túlio logo se destacou na equipe esmeraldina.

tulio
(Bons jogadores já passaram pelo Goiás: agachados, da esquerda para a direita, o primeiro é Túlio Maravilha, o quarto é Guga e o quinto Luvanor. Foto: Gilvannewton Souza)

Outro ídolo de destaque foi o jogador Fernando Lúcio da Costa, mais conhecido como Fernandão. Nascido em Goiânia, em 18 de março de 1978, Fernandão começou sua carreira nas categorias de base do Goiás e se destacou como um atacante de grande habilidade e visão de jogo.

Fernandão estreou pelo time profissional do Goiás em 1995, aos 17 anos de idade, e rapidamente se tornou um dos principais jogadores da equipe. Com sua habilidade e visão de jogo, ele se destacou no Campeonato Goiano e no Campeonato Brasileiro, atraindo a atenção de clubes de maior expressão.

fernandão

Em 2005, Fernandão voltou ao Brasil para jogar novamente pelo Goiás. Sua passagem pelo clube foi marcada por grandes atuações e gols importantes, como na final do Campeonato Goiano de 2006, quando marcou dois gols na vitória por 3 a 2 sobre o Vila Nova.

Fernandão faleceu em um acidente de helicóptero em Goiás, em 7 de junho de 2014, aos 36 anos de idade. Sua morte foi uma grande perda para o futebol brasileiro e para o Goiás Esporte Clube, clube que o revelou e onde ele teve uma passagem marcante.

 

Rivalidade e jogos marcantes contra o Vila Nova

Goiás Esporte Clube e Vila Nova Esporte Clube são os dois clubes de futebol principais de Goiânia e são considerados rivais históricos. A rivalidade entre os clubes surgiu na década de 1940, quando o Goiás ainda era um clube amador e o Vila Nova já era um clube profissional e mais estabelecido.

Com o passar dos anos, a rivalidade foi se intensificando, especialmente a partir dos anos 1960, quando ambos os clubes se consolidaram como os principais do estado de Goiás. A rivalidade se estende tanto para o futebol profissional quanto para o futebol amador e as outras modalidades esportivas. Os jogos entre Goiás e Vila Nova costumam atrair grande público e muita emoção por parte dos torcedores.

O clássico jogo entre os rivais já proporcionou diversos momentos marcantes ao longo da história:

. Goiás 3×0 Vila Nova (Campeonato Goiano de 1976): esse jogo ficou marcado por ser a final do Campeonato Goiano daquele ano. O Goiás venceu por 3 a 0, com gols de Niltinho, Nei e Danilo. Foi o primeiro título goiano conquistado pelo Goiás após 15 anos de jejum.

. Vila Nova 3×2 Goiás (Campeonato Brasileiro Série B de 1994): esse jogo foi disputado na última rodada da Série B do Brasileirão de 1994 e valia o acesso para a Série A do ano seguinte. O Vila Nova venceu por 3 a 2, com gols de Geraldo, Glauber e Lira, e conquistou o acesso, enquanto o Goiás ficou na terceira colocação e não subiu.

. Goiás 5×1 Vila Nova (Campeonato Goiano de 1997): esse jogo foi marcado pela grande atuação do atacante Araújo, que marcou quatro gols na partida. O Goiás venceu por 5 a 1 e conquistou o título goiano daquele ano.

. Vila Nova 1×0 Goiás (Campeonato Goiano de 2005): esse jogo ficou marcado por ser a final do Campeonato Goiano daquele ano. O Vila Nova venceu por 1 a 0, com gol de Agenor, e conquistou o título estadual.

. Goiás 2×1 Vila Nova (Campeonato Goiano de 2018): esse jogo foi a final do Campeonato Goiano daquele ano e foi disputado no estádio Serra Dourada. O Goiás venceu por 2 a 1, com gols de Rafael Moura e Léo Sena, e conquistou o título goiano pela 28ª vez na história.

 

Torcida

A torcida organizada Força Jovem Goiás foi fundada em 23 de Maio de 1997, em Goiânia. A torcida é considerada uma das mais antigas e tradicionais do estado e é conhecida por sua paixão e apoio incondicional ao clube.

Ao longo dos anos, a Força Jovem Goiás se tornou uma das principais torcidas organizadas do estado de Goiás e, atualmente, conta com milhares de membros espalhados por todo o Brasil. A torcida é conhecida por suas festas e coreografias nas arquibancadas e por sua participação ativa na vida do clube.

A torcida também é conhecida por suas ações sociais e beneficentes em prol da comunidade. A torcida realiza frequentemente campanhas de arrecadação de alimentos, roupas e brinquedos para doação a instituições de caridade e comunidades carentes.

No entanto, assim como outras torcidas organizadas, a Força Jovem Goiás também já esteve envolvida em algumas polêmicas, como brigas com torcidas rivais e incidentes de violência em jogos de futebol.

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Goiano é finalista em concurso para escolher nova bandeira do Museu de Arte do Rio de Janeiro

O artista goiano Hal Wildson foi selecionado como um dos cinco finalistas do concurso para escolha da nova bandeira do Museu de Arte do Rio (MAR). Ele concorre com a obra intitulada ‘Re-Utopya: Teko Porã e Ubuntu’, que busca reconstruir e reinventar o país por meio da força da memória e da valorização da história.

Hal Wildson é um artista multimídia e poeta de origem mestiça, que nasceu no vale do Araguaia, região fronteiriça de Goiás com Mato Grosso. Sua obra emerge de sua vivência no sertão do centro-oeste, abordando questões sociopolíticas que sustentam o Brasil profundo.

hal

A instituição, que comemora os 10 anos este ano, agora pede para o público decidir qual a arte vai estampar o topo do prédio com sua obra, votando pelo site. O público pode votar na obra até esta sexta-feira, dia 31 de março.

A história dos outros concorrentes pode ser acompanhada no Instagram do museu: @museudeartedorio. Vale lembrar que a bandeira atual foi criada por Rosana Paulino, um dos principais nomes da arte brasileira contemporânea, que traz o conceito de “Pretuguês” da filósofa Lélia Gonzalez, que propõe reflexões sobre o lugar de fala da mulher negra e ancestralidade afro-brasileira: a imagem de perfil de uma mulher negra cuspindo espadas de São Jorge.

O ou a artista vencedora vai ser exposta no mastro instalado na cúpula do prédio histórico do Pavilhão de Exposições, o pavilhão Dom João VI, além de um prêmio em dinheiro.

 

*Informações Diário de Goiás

Imagens: divulgação

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Goiânia é a cidade mais sustentável do Centro-Oeste em 2023

A sustentabilidade é uma questão importante para as cidades em todo o mundo, e muitas estão trabalhando para se tornarem mais sustentáveis em várias áreas, como transporte, energia e gestão de resíduos. Uma cidade sustentável é aquela que atende às necessidades de sua população atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atender às suas próprias necessidades.

A sustentabilidade é alcançada através da integração de três pilares principais: social, econômico e ambiental. Além disso, uma cidade sustentável deve estar em conformidade com as leis e regulamentações ambientais, estar comprometida com a redução de emissões de gases de efeito estufa e com a mitigação dos impactos das mudanças climáticas.

Goiânia atendeu todos esses pilares de acordo com o Ranking Cidades Sustentáveis, levantamento realizado pela Bright Cities baseado em 40 indicadores oficiais que compõem o International Organizations for Standardization (ISO) 37120. O anúncio aconteceu na Smart City Expo Curitiba 2023, realizado na tarde desta quinta-feira (23).

Goiânia obteve o primeiro lugar dentre as cidades do Centro-Oeste seguida de Brasília (DF), Cuiabá (MT), Itumbiara (GO) e Sinop (MT). Foram avaliados 326 municípios com mais de 100 mil habitantes a partir de 40 indicadores, divididos em cinco pilares temáticos: prosperidade, gestão, bem-estar, segurança e infraestrutura e serviços básicos, que compõem o ISO 37120.

Representação

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, participou do evento e foi convidado a discursar para os presentes. Ele destacou os avanços obtidos na área do transporte público com o uso da tecnologia para implantação de uma série de cartões diferenciados no sistema de transporte coletivo: Cartão Família, Bilhete Único, Passe Livre do Trabalhador e Meia-Tarifa, que contemplam Senador Canedo, Nerópolis, Trindade, Goianira e Aparecida de Goiânia. “Promovemos economia para o cidadão utilizando a tecnologia para otimizar o funcionamento de todo sistema”, disse o prefeito.

goiania
(Foto: Lucas de Godoi)

Além disso, Rogério Cruz foi recebido pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca, com quem conversou sobre investimentos em sustentabilidade, inteligência tecnológica e assistência social. Greca convidou Rogério Cruz para conhecer usina de geração de energia solar construída sob aterro sanitário desativado, e elogiou o Bus Rapid Transport (BRT), que entrará em operação em Goiânia no final deste semestre.

“O BRT tem a vantagem de ser mil vezes mais barato que o metrô e cem vezes mais barato que o trem urbano, e agora, com o advento da tecnologia, todos os ônibus a diesel podem se tornar elétricos”, disse.

 

 

Veja também:

Cidade goiana é destaque nacional em produção de melancia

6 construções sustentáveis em Goiânia que ajudam a tornar o mundo melhor

Goiânia está entre as 5 primeiras capitais em ranking de desenvolvimento sustentável no Brasil

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.