Conheça as melhores pizzarias do Centro de Goiânia

O Centro de Goiânia é um verdadeiro tesouro histórico e cultural. Com seus edifícios Art Déco e uma atmosfera que mistura o charme do passado com a vibrante energia urbana, essa região da cidade é um convite ao saudosismo e à nostalgia. Caminhar pelo Centro é como fazer uma viagem no tempo, onde cada esquina revela um pouco da história e da alma dessa capital tão querida.

Além de tudo isso, esse charmoso setor é lar de deliciosas pizzarias. Elas são um verdadeiro refúgio gastronômico para uma noite com amigos, um jantar romântico ou um momento de descontração com a família. Ao sentir vontade de comer fora de casa, a pizza é sempre uma escolha universal e irresistível. 

As pizzarias do Centro de Goiânia se destacam por suas receitas autênticas, massas bem preparadas e recheios deliciosos. Por causa disso, o Curta Mais as reuniu nessa lista, para que a próxima vez que você estiver passando pelo centro possa vivenciar experiências gastronômicas inesquecíveis.

Goiânia terá edição especial do Chorinho no fim de semana

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), promove no próximo sábado (27/4) o “Esquenta Centraliza”, com uma edição especial do Chorinho, a partir das 18h, no Grande Hotel, na Avenida Goiás, esquina com a Rua 3, no Centro da capital.

Sobem ao palco João Garoto e Grupo de Choro Brasileirinho, Sons Duo Brasil e Débora di Sá.

O projeto Chorinho volta ao Grande Hotel de forma especial para comemorar o Dia Nacional do Choro, celebrado no dia 23 de abril, data em que acontece mais uma edição do Centraliza, projeto realizado pela Prefeitura de Goiânia. “Estamos começando as ações do Centraliza.

O esquenta é só uma prévia das atrações que teremos no domingo. Todas elas gratuitas para a população, que poderá aproveitar shows, performances circenses, atividades esportivas e muito mais. Venham para o Centro, aproveitar com a família e os amigos um fim de semana de diversão e alegria”, afirma o prefeito Rogério.

Centraliza no Domingo

No domingo (28/4), o projeto Centraliza conta, a partir das 8h, com apresentações de circo com malabarista, equilibrista, mágico, palhaços, brincadeiras com as crianças e adultos, perna de pau, pintura de rosto facial e oficina de balões e personagens da Patrulha Canina.

Às 10h, tem espetáculo com Chocolate e Pimentinha, às 11h tem Banda Cascavelvet e Show Casquinha Rock. Para encerrar o domingo, às 17h30, tem Banda Liga Joe.

“O projeto Centraliza é uma excelente oportunidade para que as pessoas frequentem o Centro e aproveitem eventos promovidos na rua, ao ar livre, de graça, com acesso a todo o público. Vale pontuar que a Prefeitura oferece estrutura com banheiros, segurança, palco, iluminação e grandes atrações tanto da Cultura quanto de outras secretarias que também estão envolvidas para que quem esteja no Centraliza possa curtir e aproveitar bastante. Fiquem com nosso convite e saibam que serão muito bem-vindos”, pontua o secretário de Cultura, Eduardo de Souza.

Projeto Centraliza – Programação Cultural

Sábado – 27 de abril – Esquenta Centraliza
18h – Edição especial do Chorinho – Semana Nacional do Choro

Shows: João Garoto e Grupo de Choro Brasileirinho / Sons Duo Brasil / Débora di Sá

Domingo – 28 de abril
8h – Abertura Oficial

8h30 – Performances circenses (malabarista, equilibrista, mágico, palhaços, brincadeiras com as crianças e adultos, perna de pau, malabarista, pintura de rosto facial e oficina de balões e personagens da Patrulha Canina
10h – Espetáculo Circense com Chocolate e Pimentinha
11h – Banda Cascavelvet e Show Casquinha Rock
17h30 – Banda Liga Joe

Distribuição de pipoca e algodão-doce. Toda programação é gratuita para crianças, jovens e adultos.

Prédio histórico de Goiânia, Centro Cultural Grande Hotel recebe revitalização

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), concluiu a nova pintura externa do Centro Cultural Grande Hotel, localizado no encontro da Avenida Goiás com a Rua 3, no Centro da Capital. A manutenção foi realizada em parceria com a empresa Luztol Tintas. A previsão é que ainda neste ano o prédio receba também reforma na estrutura interna.

O prefeito Rogério ressalta que, apesar de ser gerido pela Prefeitura, o local tem uma questão administrativa e financeira pendente com Instituo Nacional do Seguro Social (INSS), que brevemente será concluída. “A Prefeitura está em negociação para que tudo seja quitado e resolvido o mais breve possível. Agora, com a doação da Luztol, o Grande Hotel está com pintura nova por fora. Afinal, é um bem da nossa cidade e precisa de cuidados da gestão pública. Esperamos que a população contribua para manutenção do local, já que o prédio é sempre alvo de muita pichação”, pontua.

A previsão é que o Grande Hotel receba em breve uma manutenção na área interna. “Estamos com projeto em andamento, com orçamento para reparos na estrutura interna. O prédio é muito antigo e nós temos que seguir as orientações do Iphan, respeitando o estilo Art déco, que não pode ser mudado em nada. Temos que ser cuidadosos com isso, afinal é um ponto de referência histórica, que guarda recordações e faz parte da cultura goianiense”, afirma o prefeito.

Símbolo da História de Goiânia

Inaugurado em janeiro de 1937, o Grande Hotel é o primeiro hotel de Goiânia. Desde 1991 é tombado como patrimônio histórico de Goiás pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e atualmente está em funcionamento como um polo da Secult, com atendimento aos alunos do curso de iniciação musical da Rede Municipal de Núcleos Musicais da Orquestra Sinfônica de Goiânia e aulas de dança de salão para adultos e idosos.

O hotel é símbolo do movimento arquitetônico Art Déco, que combinou estilos modernistas com habilidade fina e materiais ricos. Durante o seu auge, na época em que foi construído, o Grande Hotel representou luxo, glamour, exuberância e fé no progresso social e tecnológico.

Foram publicados dois editais para concorrência pública e arrendamento do Grande Hotel, já mobiliado e equipado. O contrato foi assinado por Maria Nazaré Jubé Jardim em 17 de fevereiro de 1937, pelo prazo de três anos. Também constava no contrato que o letreiro luminoso a gás néon da fachada deveria ser iluminado todas as noites.

Grand Hotel fez sucesso nos primeiros anos da formação da então nova capital – Foto: Reprodução/ IBGE

Com 60 quartos, sendo quatro de luxo, distribuídos em três pavimentos, o local recebeu nomes famosos como o antropólogo Claude Lévi-Strauss. Da construção original resta a estrutura da fachada, tendo o interior sido descaracterizado ao longo dos anos.

As instalações passaram por reforma em 2004, quando o Grande Hotel sediou o evento Casa Cor. Em 1991, o edifício foi tombado pelo Município como Patrimônio Histórico de Goiás sendo um dos 20 bens que formam o patrimônio do estilo arquitetônico Art Déco em Goiânia. Em 1998 foi tombado pelo Estado e em 2003 foi tombado pelo Iphan no Conjunto Arquitetônico Art Déco e Urbanístico de Goiânia.

O hotel se tornou um grande polo cultural de Goiânia, reunindo ali muitos visitantes que chegavam na cidade, seja a passeio ou a negócios. O hotel proporcionava o ambiente ideal para que os artistas se encontrassem com um público desprovido de locais formais para assistirem apresentações musicais.

Era, inclusive, a arrendatária Maria Nazaré quem tocava piano todas as noites para animar as reuniões da sociedade goianiense, que aconteciam nos salões do Grande Hotel. Estes eventos sociais, sempre seguidos de música, ocorriam com frequência, especialmente aos sábados.

O “Palácio Monumental”, como também era conhecido o Grande Hotel, foi palco dos primeiros bailes de carnaval da capital, onde se apresentavam a banda da 1ª Cia. da Polícia Militar, o Jazz Band Imperial e outros grupos.

Com o passar dos anos, o primeiro hotel de Goiânia se tornou ponto de encontro de diversas tribos urbanas, curtindo um samba ao vivo.

 

*Fontes: Secom; CNB Goiás

Veja também:

Goiânia recebe espetáculo infantil sobre a Páscoa com entrada gratuita

Para começar a entrar no clima da Páscoa, a Cia de Teatro Carlos Moreira apresenta, no domingo (24), a peça ”Páscoa em Apuros”, na segunda edição do Projeto Domingo tem Teatro 2024, que conta com o apoio da Prefeitura de Goiânia, por meio da Secult. As atividades são gratuitas.

Para assistir ao espetáculo, os interessados devem retirar os ingressos com antecedência pelo site Sympla e levar 1kg de alimento não perecível, a ser doado às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

“Com cenários e figurinos lindos, uma trilha sonora temática e com personagens surpresa, a peça resgata o verdadeiro sentido da Páscoa, com muita brincadeira e diversão para toda a família”, reforça o convite, a produtora Percia Ribeiro.

Dentre as atividades que alegram a criançada a partir das 9 horas, estão: pintura no rosto, brincadeiras e distribuição de pipoca e algodão doce.

O projeto Domingo tem Teatro é viabilizado por meio do apoio da Secult Goiânia e visa oferecer cultura, arte e diversão gratuitamente à população sempre no último domingo de cada mês, até dezembro de 2024.

Sinopse – Páscoa em Apuros

A peça narra a história do coelhinho Pascoal, que trabalha o ano inteiro para distribuir ovos para todas as crianças do mundo. Frustrado por não ver as crianças e seus familiares compartilhando o verdadeiro significado da Páscoa, resolve para a distribuição. Sua esposa Bibi, vendo a sua frustração, vai ao Sítio do Pica-Pau Amarelo pedir ajuda à Emília, que convida os amigos dos contos de fadas a ajudar na conscientização e tudo vira uma festa!

 

Goiânia recebe orquestra Concert In The Beatles com entrada gratuita

A Orquestra Jovem Joaquim Jayme  (OJJ)  e o Coro Juvenil de Goiânia (CJGO) vão reinventar o rock clássico no palco do Teatro Goiânia nesta quinta-feira (22/02), às 20h, com o Concert in The Beatles.

O repertório da noite é voltado para o rock dos anos 60, com sucessos da banda inglesa. A apresentação tem entrada gratuita, sujeita à lotação do espaço.

Sob regência da maestrina Ráimora Borges (OJJ)  e do maestro Gidalte S’óli Jr. (CJGO), os músicos interpretaram clássicos.  Entre eles, canções populares que marcaram a carreira dos astros como Let It Be, Imagine e Yesterday.

A entrada é gratuita, entretanto, é necessário retirar os ingressos na bilheteria do teatro partir das 18h.

 

 

Abertura do Carnaval em Goiânia terá concurso de Rei Momo e Rainha 2024

A prefeitura de Goiânia abre a programação do ‘Goiânia Tem Carnaval’ nesta quinta-feira (8/2), às 20h, com o Concurso de Rei Momo e Rainha do Carnaval 2024.

O evento será no Teatro Goiânia Ouro, na Rua 3, Centro, com a presença de representantes e baterias de todas as escolas de samba que participam da programação do carnaval municipal.

Já na sexta-feira (9/2), as atrações de carnaval têm início com o Carna Gyn 60+, às 13h, na Antiga Estação Ferroviária, e segue a partir das 17h na Praça Cívica, com o Encontro de Blocos de Rua, seguido pelo grande show da cantora Maristela Muller, com muito axé.

Todos os eventos da programação são gratuitos e abertos ao público de todas as idades.

Confira quem participa do Encontro de Blocos de Rua:

1- Bloco Coró de Pau

2- Bloco Coró Mulher

3- Bloco Desencuca

4- Bloco Do Caçador

5- Bloco Vida Seca

6- Bloco Negróide Baque Cerrado

7- Bloco Não É Não

8- Bloco Veraneio

9- Bloco da Capivara

10- Bloco/Grupo Fuliaços (Circo Lahetô)

11- Sambagô

12- Acadêmicos

13- Associação do Samba da Vila Nova

 

Veja também:

Cinema em Goiânia oferece programação especial de férias com entrada gratuita

Uma excelente opção para aproveitar em família a última semana de férias! Até a próxima sexta-feira, 26 de Janeiro, o Cine Cultura, em Goiânia, oferece uma programação especial para crianças e pais que curtem dias de folga na capital.

A iniciativa batizada de “Férias Animadas” coloca em cartaz filmes de grande sucesso nos cinemas. A classificação indicativa de todas as obras é livre, ou seja, não há restrição de idade, e a entrada é gratuita em todas as sessões.

Os filmes que estarão em cartaz são: A Noiva Cadáver; Mulan; Procurando Nemo; e Serviço de Entregas da Kiki. As sessões, sempre às 10 horas, contam com versões dubladas.

Unidade da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), o Cine Cultura está localizado no Centro Cultural Marietta Telles Machado, na Praça Cívica (Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira), no Centro de Goiânia.

Confira a programação e as sinopses abaixo:

23/01 – Terça-feira
10h00 – SERVIÇO DE ENTREGAS DA KIKI (Livre)

Uma jovem bruxa, em seu ano obrigatório de vida independente, acha difícil se adaptar a uma nova comunidade enquanto se apoia na administração de um serviço de correio aéreo.

24/01 – Quarta-feira
10h00 – A NOIVA CADÁVER (Livre)

Victor tem dúvidas acerca do seu iminente casamento com Victoria, casando-se acidentalmente com uma noiva já morta e conhecendo, pela mão dela, o mundo dos mortos. Mas o que começou como um equívoco pode tornar-se uma história de amor.

25/01 – Quinta-feira
10h00 – MULAN (Livre)

Para salvar seu pai da morte no exército, uma jovem solteira vai secretamente em seu lugar e se torna um dos maiores heróis da China no processo.

26/01 – Sexta-feira
10h00 – PROCURANDO NEMO (Livre)

Quando seu filho é capturado, um peixe-palhaço tímido embarca em uma viagem para trazê-lo para casa.

 

Simone Mendes faz show gratuito no Centro de Goiânia

Mais um grande evento, e totalmente grátis, acontece em Goiânia! No próximo dia 27, a cantora Simone Mendes irá se apresentar na capital com um show especial a partir das 20h. O evento será em comemoração ao Dia do Servidor (celebrado em 28 de outubro), e aos 20 anos do Mesa Brasil Sesc, e será realizado na Praça Cívica.

A artista fez dupla sertaneja com a irmã, Simaria. As duas cantavam juntas desde a infância, e foram backing vocals de ainda na adolescência. Após 7 anos trabalhando com o forró as duas decidiram se lançar na música. O DVD ‘Bar das Coleguinhas’, em 2012, foi um sucesso, e elas estouraram em todo país com o hit ‘Meu Violão e o Nosso Cachorro’.

Ao anunciar carreira solo Simone começou em primeiro lugar. O primeiro single do DVD ‘Cintilante’, ‘Erro Gostoso’, atingiu o primeiro lugar nos vídeos em alta do YouTube na época do lançamento.

 

 

SERVIÇO:

Simone Mendes em Goiânia

Quando: 27 de outubro

Onde: Praça Cívica, Centro

Horário: 20 horas

Entrada gratuita

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Após problema com alvará, Cine Ritz volta a funcionar em Goiânia

O Cine Ritz, cinema de rua que fica no centro de Goiânia, já está em funcionamento. Nesta sexta-feira, (4) o estabelecimento foi desinterditado pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) da Prefeitura de Goiânia. O local foi fechado por falta de alvará de localização.

Em nota, a Prefeitura de Goiânia afirmou que “as providências foram tomadas como medida emergencial dada a importância cultural do espaço. A administração do Cine Ritz agradeceu a prontidão das secretarias municipais em ajudar a resolver a questão com tamanha agilidade”.

Pelas redes sociais, o Cine Ritz informou o retorno de suas atividades e agradeceu a comoção feita pelo público goianiense. Na publicação, o estabelecimento disse que “é um cinema que preza pela qualidade, pela acessibilidade, pela diversidade, pela família, pela alegria e beleza. Pela arte e diversão, valores estes fundamentais e legítimos a todo cidadão. Valores estes, que acreditamos, deveriam e devem ser apoiados’’.

Além disso, o Cine Ritz revelou as dificuldades para se manter como um dos principais cinemas de Goiânia: ‘’Desde a pandemia sofre com os altos gastos gerados por aluguel, impostos, pagamentos de várias contas mensais, funcionários, distribuidoras e lutando para sobreviver”, informou a publicação.

Programação

Neste sábado (5), o Cine Ritz já conta com uma super estreia em sua programação de filmes. MEGATUBARÃO 2 em 3D, continuação de Barbie em diversas sessões, Oppenheimer em sessões especiais, a animação Elementos e, ainda, sessão especial de Missão Impossível – Acerto de Contas.

Confira:

SALA 1
11h – OPPENHEIMER – DUBLADO
14h -BARBIE – DUBLADO
16h15 – MEGA TUBARÃO 2 – 3D DUBLADO
18h30- BARBIE – LEGENDADO
21h – MEGA TUBARÃO 2 – 3D DUBLADO

SALA 2
11h – MISSÃO IMPOSSÍVEL 7 – DUBLADO
13h30 – ELEMENTOS 2D DUBLADO
15h45 – BARBIE 2D DUBLADO
18h -OPPENHEIMER 2D – LEGENDADO
21h – BARBIE 2D DUBLADO

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

FOTO: LETÍCIA COQUEIRO

Goiânia recebe feira de brechós com entrada gratuita no fim de semana

Neste fim de semana, sábado e domingo (22 e 23/7), Goiânia recebe mais uma edição do Encontro de Brechós. O evento especial de férias será realizado na Rua 8, entre as Ruas 2 e 3, do Centro da Capital, e reunirá mais de 200 brechós e desapegos. Com entrada gratuita, a feira começa a partir das 10 horas. 

Entre as opções à venda, roupas, calçados, acessórios, artesanatos, entre outros itens para adultos e crianças. Os preços são atrativos e, a exemplo do que foi visto nas edições anteriores, o Encontro de Brechós também reúne peças novas.

A edição de férias do Encontro de Brechós faz parte do projeto Viva o Centro, que vai levar várias atrações para o Centro de Goiânia no fim de semana. Entre as atrações estão apresentações musicais, exposições artísticas e a famosa ‘carreta furacão’.

 

SERVIÇO:

Encontro de Brechós – Edição especial de Férias

Quando: sábado e domingo, 22 e 23 de julho

Onde: Rua 8, Centro – Goiânia

Horário: a partir das 10h

Entrada franca

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Chorinho retoma programação gratuita em Goiânia

A programação de 2023 do tradicional Chorinho, que acontece no centro de Goiânia, começa nesta sexta-feira, 14 de Abril com entrada gratuita. Assim como no ano passado, o evento continua sendo realizado na Antiga Estação Ferroviária, na Praça do Trabalhador, e o primeiro show acontece a partir das 19 horas com o Quinteto Regional Choro Canção. Em seguida, às 20h30 sobe ao palco o grupo Os Levados do Samba.

A organização do evento estima a presença de 2 mil pessoas, a cada edição. A realização do Chorinho tem o apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

A novidade é que, neste ano, a programação do projeto, coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), começa em abril e segue até setembro. “Antes, o Chorinho era realizado de setembro a dezembro, só por três meses e sempre em períodos muito chuvosos, o que de certa forma dificultava com que as pessoas curtissem os shows”, afirma o secretário municipal de Cultura, Zander Fábio.

“Então, optamos por um novo formato em seis meses, que normalmente esperamos menos chuvas. Produzimos com todo cuidado e carinho para que seja um evento familiar, seguro, com estrutura de banheiros, tenda, cadeira, e, claro, diversão garantida”, completa o titular da Secult.

“O Chorinho é mais uma programação cultural feita com investimento e dedicação para que a população aproveite momentos de boa música, lazer e entretenimento com segurança”, afirma o prefeito Rogério Cruz, ao destacar que “o evento já conquistou os goianienses”.

Bandas

Inspirado nos memoráveis regionais de Choro como o de Benedito Lacerda (1934), Canhoto (1951) e Conjunto Época de Ouro (1964), o Grupo Regional Choro Canção é composto pela flauta de Lamartine Tavares, o violão de sete de Gustavo Amui, o violão de seis de Lucas Barbosa, o cavaco e o bandolim de Wygner Amorim e o pandeiro de Anderson Nogueira.

O grupo se dedica ao estudo do repertório clássico do Chorinho, apresentando músicas de Pixinguinha, Waldir Azevedo, Jacob do Bandolim e Altamiro Carrilho. A formação é fruto do encontro de chorões, professores e estudantes de música do Instituto Federal de Goiás, por meio de projetos de ensino e extensão desenvolvidos pela instituição.

Já o grupo Os Levados do Samba trabalha com clássicos da música brasileira, com o intuito de fomentar o samba. Nasceu de conversas despretensiosas que alguns dos integrantes tiveram e perceberam a necessidade de formação reduzida da bateria de uma escola de samba.

O projeto ocorre de abril a setembro de 2023, com shows quinzenais e gratuitos.

Confira abaixo o cronograma:

28/04/2023
Grupo Borandá – 19h20
Thainá Janaina – 20h30

12/05/2023
Grupo São Elas – 19h20
Grupo Dona da Roda – 20h30

26/05/2023
Quinteto Flor do Cerrado – 19h20
Fernando Boi e Samba – 20h30

 

SERVIÇO:

Chorinho 2023

Onde: Antiga Estação Ferroviária, Praça do Trabalhador, Centro

Quando: Sexta-feira (14/04)

Horário: a partir das 19h

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Um dos primeiros comércios de Goiânia está guardado na memória afetiva da cidade

Goiânia é hoje uma referência nacional quando o assunto é comércio. Com cerca de 16 mil pontos de venda, possui a maior concentração de empreendedorismo por metro quadrado. Sendo o maior polo de confecção e moda do Centro-Oeste e o segundo maior do país.

O maior shopping horizontal da América Latina está localizado na Avenida Bernardo Sayão, no Setor Central de Goiânia. A maior feira livre da América Latina, a Feira Hippie, também faz seu nome e constrói sua história no local.

Mas a história do comércio em Goiânia começou a cerca de 90 anos atrás. Na antiga Rua 20, conhecida pela terra vermelha, ergueu-se a Casa Berquó.

casa

casa

Próximo ao Interventor Federal, Pedro Ludovico, o Doutor Antenor Berquó foi um dos primeiros comerciantes da nova capital de Goiás. Um ano após a fundação da cidade, Ludovico Teixeira convidou o Doutor para criar a primeira loja na capital.

Na esquina com a Avenida Anhanguera, o espaço recém-inaugurado tinha por objetivo auxiliar no desenvolvimento da cidade. Funcionaria como um atrativo para outros investidores.

casa

O Serviço Social do Comércio (SESC) chegaria à cidade anos mais tarde, em 1947.

Até hoje, os prédios fazem parte da herança da família. Projetados sob os ideais modernistas do Art Déco em solo goiano, as fachadas atuais receberam os aspectos de uma arquitetura mais contemporânea.

Antenor Berquó se considerava um grande amante de Goiânia. “Espero que as próximas gerações da família possam ter o mesmo amor, responsabilidade e afeto que tenho por essa cidade. Aqui eu me encontrei. E por ela (Goiânia), se for preciso, lutarei!”.

casa

casa

casa

Imagens: reprodução

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Feira de Vinil com entrada gratuita é atração do fim de semana em Goiânia

Neste sábado (11/3), o Centro de Goiânia terá uma feira de vinil com direito a discotecagem, arte, cultura e totalmente gratuito ao público. Trata-se da 8ª edição do Centrão que acontece das 14h às 23h na Rua 8.

O evento é realizado em parceria com três locais da Rua 8, sendo a Muquifu Cultural, espaço com loja de discos, ateliês artísticos e estúdio de tatuagem, e os bares Zé Latinhas e Casa Liberté.

Durante o evento, os bares estarão abertos para as vendas de comidas e bebidas. Além disso, a rua, que estará fechada, terá uma tenda para os expositores dos discos de vinil, a fim de evitar sol forte ou chuvas.

A programação de discotecagens terá a participação do Dj Tudo (SP), um dos mais reconhecidos deste seguimento, que toca das 17h às 18h30, e das 21h30 às 22h30. O line-up também tem o DJ Rodzilla, o coletivo Odara Vinil, DJ Giras, e DJ Sabará.

 

SERVIÇO:

8ª Edição do Centrão –  Goiânia

Quando: Sábado, 11 de Março

Horário: Das 14h às 23h

Onde: Rua 8, Centro

Entrada franca

Residência Abdala Abrão é um ícone modernista no coração de Goiânia

Que o centro de Goiânia é um local histórico isso você já sabe. No entanto, O Curta Mais está aqui para te apresentar os detalhes e as construções que trazem mais cor e estrutura à essas histórias.

Na década de 1950, David Libeskind assinava o projeto que constituia o Conjunto Nacional de São Paulo. Uma década mais tarde o artista e arquiteto desenvolve o plano de construção de uma residência modernista em Goiânia. Localizada na Rua 84, a casa se tornou parte integrante do acervo histórico da capital.

residência

Com esboços marcantes da arquitetura modernista, a Residência Abdala Abrão atrai olhares curiosos através de sua fachada impelida pelo concreto armado e alvenaria de blocos cerâmicos. Para esse projeto o arquiteto dispõe-se a trabalhar com uma distribuição em área delimitada no formato de quadrado complementada por um ‘puxadinho’ ao fundo.

Os espaços fluídos e com escassez de compartimentos, traz um charme especial ao projeto. Os níveis são condecorados por escadas pequenas, sendo essa uma marca registrada de Libeskind. A horizontalidade tão comum em casas modernistas também se faz presente nesta construção.

residência

A prova da assinatura de David Libeskind, mais do que os singelos níveis desenhados em escadas, são os materiais utilizados na construção. A casa reúne de maneira cautelosa madeira, vidro, pedras e elementos cerâmicos. 

Essa obra serviu de sede ao Iphan durante alguns anos. Desativada durante o ano de 2019, a casa foi escolhida por galeristas para servir como um novo espaço de arte em Goiânia. Os conhecedores de arte escolheram a residência Abdala Abrão após realizarem um mapeamento da cidade e a entenderem como uma referência residencial na região central de Goiânia.

A galeria Cerrado procura exibir trabalhos de artistas nacionais que se dedicam verdadeiramente à arte. Para a inauguração, a casa passou por algumas reformas acompanhadas de perto pelo arquiteto goiano Leo Romano, uma grande personalidade da arquitetura na década de 1960.

residencia

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Imagens: Letícia Coqueiro 

Centro de Goiânia terá Carnaval de Rua com entrada gratuita

As festas de Carnaval prometem agitar Goiânia nesta semana! Com entrada gratuita, bailinhos e muitas fantasias, e com objetivo de ocupar as ruas da cidade, o Carnaval da Rua 8, no Centro da capital, acontece entre os dias 17 a 22 de Fevereiro. Durante os dias da festa, a rua estará fechada no período das 14h às 22h para oferecer segurança e comodidade aos foliões.

Os bares Zé Latinhas e Casa Liberté estarão abertos para oferecer cervejas, drinks e petiscos variados, com todo apoio da Müquifü Cultural. Também será imprescindível que o público leve seus próprios copos e canecas para evitar lixos nas ruas.

Na programação terá DJs locais e grupos de forró.

Confira abaixo:

 

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.