Chapada Week: tudo sobre o evento que oferece descontos imperdíveis na Chapada dos Veadeiros

A Chapada Week 2024 está prestes a agitar a Chapada dos Veadeiros com sua terceira edição, prometendo atrair um grande número de visitantes para a região entre os dias 8 e 19 de março.

Com descontos tentadores que variam de 10% a 50%, este evento, promovido pela Associação Veadeiros, se consolida como uma iniciativa crucial para impulsionar o turismo local e oferecer experiências acessíveis às riquezas naturais desse patrimônio mundial da UNESCO.

 

Chapada Week: conexão com a natureza e economia

A Chapada Week não é apenas uma semana de descontos; é uma oportunidade imperdível e econômica para quem busca aventuras, contato com a natureza e momentos de reflexão em um dos cenários mais exuberantes do Brasil.

Além de proporcionar uma experiência única aos visitantes, o evento contribui significativamente para a economia local, beneficiando desde pequenos empreendedores até estabelecimentos de grande porte, todos preparados para oferecer a melhor hospitalidade goiana.

O Presidente da Associação Veadeiros, Lauro Jurgeaitis, destaca o papel fundamental do evento na promoção da sustentabilidade e conservação ambiental, alinhando os interesses econômicos com a preservação deste valioso patrimônio natural.

“Estamos entusiasmados em receber essa incrível notícia e aproveitar esse momento para apresentar a Chapada Week como uma experiência imperdível para todos os amantes da natureza”, afirma Jurgeaitis.

 

“Este reconhecimento nos motiva a tornar a Chapada Week um evento de baixa temporada fundamental no calendário oficial de turismo no Brasil.”

 

O que esperar da Chapada Week?

Durante a Chapada Week, os visitantes terão acesso a descontos especiais em diversas atrações, incluindo cachoeiras deslumbrantes e cartões-postais mundialmente conhecidos, como o Vale da Lua, Mirante da Janela, Cachoeira Almécegas, Cachoeira Raizama e o majestoso Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Além disso, restaurantes, pousadas, terapeutas, templos e serviços de guias especializados também participarão, proporcionando uma experiência ainda mais acessível e inesquecível. Confira a lista completa abaixo.

 

Chapada dos Veadeiros entre os destinos mais desejados do Brasil

Situada no estado de Goiás, a Chapada dos Veadeiros é reconhecida como um dos dez destinos turísticos mais cobiçados no Brasil.

Pesquisa do Ministério do Turismo revelou que a região se destaca por sua exuberante natureza e por ser um refúgio para os entusiastas de ecoturismo e aventura.

A pesquisa, realizada entre 7 e 11 de dezembro, apontou a Chapada dos Veadeiros à frente de destinos renomados como a Ilha do Marajó, no Pará, e Jalapão, no Tocantins.

A Chapada atrai turistas interessados em ecoturismo e aventura, sendo um destino famoso por suas cachoeiras, trilhas desafiadoras, formações rochosas únicas e rica biodiversidade.

 

Os Destaques da Chapada dos Veadeiros

  1. Vale da Lua: Formações rochosas que lembram a superfície lunar, com piscinas naturais perfeitas para um mergulho refrescante.
  2. Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros: Patrimônio Mundial da UNESCO, abriga trilhas que levam a cachoeiras espetaculares, como a Cachoeira dos Saltos e a Cachoeira Carioquinhas.
  3. Cachoeira do Cordovil: Uma das mais lindas no período das águas, localizada na estrada GO-239.
  4. Mirante da Janela: Oferece uma das vistas mais espetaculares do Parque Nacional, especialmente ao pôr do sol.
  5. Almécegas I e II: Cachoeiras magníficas localizadas na Fazenda São Bento, ideais para aventuras ou relaxamento.
  6. Cachoeira do Label: Uma das mais altas do país, com 187 metros, proporcionando uma paisagem impressionante.
  7. Santuário do Raizama: Passeio com vista entre os cânions do rio São Miguel e uma bela hidromassagem natural.
  8. Fazenda Touro Bravo: Campo para camping, cachoeiras calmas e mais privativas, ideal para paz e sossego.
  9. Lago Serra da Mesa: Água quentinha, ideal para passeios de barco com vista incrível e pôr do sol.
  10. Praia das Pedras: Local agradável para todas as idades, com caiaque no rio Tocantizinho e restaurante de comida regional.

 

A Chapada dos Veadeiros é reconhecida pela sua energia única, atraindo também interessados em turismo místico e renovação espiritual.

O turismo na região é marcado pelo respeito ao meio ambiente e práticas responsáveis.

 

Hospedagem na Chapada dos Veadeiros: Diversidade e Sustentabilidade

Com cerca de 30 hospedagens participando da Chapada Week 2024, a variedade impressiona, atendendo todos os gostos e orçamentos. Desde opções luxuosas até campings, a região oferece alternativas para todos os tipos de viajantes, promovendo práticas ecológicas.

Alto Paraíso de Goiás, São Jorge, Colinas do Sul, Teresina de Goiás e Cavalcante são as cidades base, proporcionando experiências desde relaxamento total até imersão na natureza.

 

Saúde e bem-estar na Chapada

A Chapada dos Veadeiros, com sua riqueza de cristais e energia vibrante, oferece um ambiente propício para terapias holísticas e de cura.

Terapias como cristalterapia, meditação ao ar livre e banhos de cachoeira são desenvolvidas aproveitando os recursos naturais e a atmosfera única da região.

A energia autêntica da Chapada atrai praticantes de diversas modalidades terapêuticas, como reiki e yoga, que encontram nesse ambiente uma fonte de inspiração e renovação.

A combinação da paisagem deslumbrante com águas revitalizantes e cristais energizantes cria um cenário ideal para práticas de bem-estar e tratamentos integrativos.

 

Experiência Musical na Chapada: Gota Sat Som, um Refúgio para Mente e Espírito

Na vastidão da Chapada dos Veadeiros, o Gota Sat Som se destaca como um refúgio para a mente e o espírito. Inaugurado em 1994, este santuário arquitetônico em forma de gota d’água cativa os sentidos com sua atmosfera envolvente. Palco de eventos musicais, meditativos e espirituais há décadas, o Gota Sat Som é um convite ao silêncio e à conexão com todos os sons através da Música Essencial.

 

Gastronomia na Chapada

A gastronomia na Chapada dos Veadeiros reflete a riqueza cultural e natural da região. Durante a Chapada Week 2024, restaurantes como o Baguá Bistrô, Santo Cerrado, Bistrô Cravo e Canela e Café com Graça se destacam, oferecendo pratos autênticos e promovendo uma imersão nos sabores locais.

O Restaurante da Minelci, na Comunidade Kalunga do Engenho II, proporciona uma autêntica experiência culinária rural, enquanto o Rancho da Ni e a Praia das Pedras oferecem deliciosas opções para todos os gostos.

 

Como Chegar à Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros é acessível a partir de Brasília e Goiânia, oferecendo opções de transporte, como ônibus, carro ou empresas de translado e passeios. Empresas como Circuito Central, Guia na Trilha, Travessia Ecoturismo, Trilheiras na Estrada e Maitreya Ecoturismo participam do Chapada Week 2024, oferecendo ofertas especiais.

Para quem prefere o ônibus, a rodoviária interestadual de Brasília é o ponto de partida, com empresas como Real Expresso e Viação Planalto oferecendo diversas opções de horários para Alto Paraíso de Goiás e São Jorge. Já quem parte de Goiânia pode escolher entre ônibus da Real Expresso, com viagens regulares de 5 a 6 horas.

Para mais informações sobre participantes, valores e descontos, acesse a página oficial do festival em visitveadeiros.com.br ou siga os perfis no Instagram @chapadaweek e @visitveadeiros.

 

Confira a lista completa de atrações e descontos:

(Alguns estabelecimentos terão descontos para produtos específicos)

Hospedagem:

🛌🏻 Teresina de Goiás:
(50%) @fazendatourobravo (61) 98292-4130

🛌🏻 Alto Paraíso:
(40%) @pousadacasadeshivaoficial (62) 99499-7677
(35%) @chalesrecantoparaiso (62) 99245-1717
(25%) @vila_cerrado (62) 99939-0117
(25%) @luaclarapousada (61) 98433-4960
(25%) @vilatoa (62) 99923-7671
(20%) @pousadameutalento (62) 98243-4589
(20%) @pousadacasarosaoficial (62) 3446-1319
(20%) @parikapousada (61) 99972-1808
(20%) @vilabonitaveadeiros (62) 98261-0964
(20%) @pousadaflordeanis (62) 99474-0571
(20%) @pousadarecantodagrandepaz (62) 3446-1452
(20%) @pousadadosguias (62) 3446-1231
(25%) @casadeluapousada.oficial (62) 99832-9198
(18%) @pousadaaltodaestancia (61) 98467-7484

🛌🏻Estrada GO – 239:
(30%) @chalesrecantodabaleia (62) 99943-1595
(30%) @pousadamorrodabaleia (62) 99856-6538
(20%) @pousadasaobento (62) 99954-9129

🛌🏻 Colinas do Sul:
(30%) @planeta.hotel (62) 99669-1587
(25%) @pousadaranchodani (62) 99651-3633

🛌🏻 Cavalcante:
(25%)@hostelportaldasfadas (61) 99639-4663
(25%) @pousadavaledasararas (62) 99901-3938
(20%) @chacaralapislazuli (62) 99826-7657
(20%) @varandadaserra_ (61) 99860-6864
(20%) @terragaia.chapada (61) 99818-1220

🛌🏻 São Jorge:
(20%) @villagesaojorge (61) 99904-4880
(15%) @pousadamanhadesol (62) 99963-0179
(15%) @luzdosolpousadadateia (62) 99816-1583
(15%) @trilhavioletapousada (61) 99985-6544
(15%) @maloca.br (62) 99659-7807

Gastronomia:

– (30% – pratos especiais) @baguabistro (62) 99404-9314
– (20%) @restaurantedaminelci (62) 99949-2937
– (15% – chás especiais) @cafecomgracaveadeiros (62) 98252-6185
–  (10%) @santocerrado (61) 99974-1150
–  (10%) @bistrocravoecanela (62) 3446-1376
–  (10%) @voltadaserracachoeiracordovil (61) 9977-1886
–  (10%) @coffeeshopsaobento (61) 99997-8686

Atrativo Natural:

– Parque Nacional Chapada dos Veadeiros: Compre 1 ingresso e leve 2 – (11)
97279-5616
– Praia das Pedras: 100% – (61) 99935-6923
– Fazenda Touro Bravo: 50% – (61) 98292-4130
– Cachoeira do Label: 40% – (62) 98452-2402
– Santuário do Raizama: 25% – (62) 98464-6988
– Cachoeira São Bento: 25% – (62) 99954-1299
– Cachoeira dos Cristais: 25% – (62) 98414-9054
– Mirante da Janela: 20% – (62) 98464-6988
– Vale da Lua: 20% – (62) 99656-0459
– Caminho da Lua: 20% – (61) 99977-1886
– Cachoeira do Segredo: 15% – (62) 99623-1312
– Fazenda São Bento: 14% – (62) 99954-1299
– Fazenda Volta da Serra: 20% – (61) 99977-1886

Loja:

– Senhor das Trilhas: 10% – (62) 3446-1053
– Produtos Volta da Serra: 10% – (61) 99977-1886
Terapia:
– Associação dos Terapeutas (ATAP): 20% – (62) 98284-1298
– Gota Sat Som: 25% – (62) 99667-6613
Agência Operadora:
– Trilheiras na Estrada: 20% – (62) 99700-7376
– Guia na Trilha: 20% – (62) 99869-1858
– Logística Aventura: 20% – (61) 99941-2373
– Travessia Ecoturismo: 18% – (62) 3446-1595
– Circuito Central: 15% – (61) 98185-2744

Tirolesa:
– Vôo do Gavião: 10% – (61) 8248-405

 

Leia Também

Marcelo Albuquerque, fundador do guia Curta Mais, recebe Título de Cidadão Goiano

Correios abrem inscrições para Concurso Internacional de Cartas com prêmio de R$ 10 mil

Países na Europa super econômicos para fugir do tradicional

Conheça a cidade que é um pedacinho da Itália em Goiás

 

Serviço

Chapada Week – 3ª Edição

Quando: de 8 a 19 de março

Associação Veadeiros – [email protected]

Telefone: (61) 99997 8686

Mais Informações: www.visitveadeiros.com.br

*confira a lista completa dos participantes acima

Água termal de vila em Goiás está entre as 3 melhores do mundo

Um estudo recente realizado pela Universidade de Brasília (UNB) revelou que a água termal de uma vila em Goiás está entre as melhores do mundo.

As águas termais emergentes próximo ao encontro dos Rios São Miguel e Tocantinzinhos, na Chapada dos Veadeiros, estão classificadas entre as três melhores e mais saudáveis águas minerais do planeta. A vila é São Jorge, distrito de Alto Paraíso.

Essa descoberta oficial confirma a qualidade excepcional dessas águas, competindo diretamente com marcas renomadas mundialmente na categoria de águas termais dermocosméticas.

 

Saiba mais sobre a água termal de uma vila em Goiás

As análises conduzidas pelo Serviço Geológico do Brasil, em colaboração com pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) e Universidade Federal de Goiás (UFG), corroboraram estudos prévios destacando as propriedades físico-químicas dessas águas.

Localizadas próximo ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, as fontes termais na antiga Fazenda Água Quente Mirador são consideradas preciosidades naturais.

Além de apresentarem uma idade superior a 7 mil anos antes do presente, os testes evidenciaram a pureza desses recursos, marcada pela ausência do elemento químico trítio, gerado por explosões atômicas e ausente na natureza.

A exploração dessas águas está em sintonia com princípios de preservação ambiental e sustentabilidade, buscando minimizar impactos negativos e promover práticas transparentes em toda a cadeia produtiva.

A iniciativa também visa gerar benefícios para a comunidade local, impulsionando o desenvolvimento econômico e a geração de empregos.

 

Leia Também

Bom Dia Verônica: saiba tudo sobre a 3ª temporada da série

Quarta-feira de Cinzas é feriado?

 

Com potencial terapêutico e cosmético, as águas termais da Chapada dos Veadeiros prometem atrair turistas e investidores interessados em usufruir de seus benefícios, ao mesmo tempo em que contribuem para a preservação desse patrimônio natural único.

O destino se posiciona como uma joia natural a ser explorada, promovendo a valorização das riquezas do Brasil.

Complexo de cachoeiras na Chapada dos Veadeiros encanta visitantes com piscinas naturais de águas cristalinas

Na pitoresca Chapada dos Veadeiros, em Goiás, um achadinho da região tem roubado a cena: o Complexo Boqueirão. Recentemente reinaugurado, esse atrativo se destaca pelas suas cinco piscinas naturais de águas cristalinas, proporcionando uma experiência única para os visitantes que buscam um refúgio na natureza.

A apenas 76 km do centro de Cavalcante, inserido na deslumbrante Região Turística da Chapada dos Veadeiros, o Complexo Boqueirão emerge como uma pérola escondida e agora aberta ao público. Fica na mesma estrada sentido o Complexo do Canjica/TO.

Localizado em uma fazenda particular, os proprietários decidiram compartilhar essa preciosidade natural com mais pessoas, tornando-a acessível a quem busca uma experiência autêntica e revigorante.

Complexo de cachoeiras na Chapada dos Veadeiros encanta visitantes com piscinas naturais de águas cristalinas

Foto: Luciano Guimarães/Goiás Turismo

O acesso às cinco piscinas naturais se dá por uma trilha de apenas 300 metros, proporcionando um convite irresistível para um mergulho revigorante em suas águas cristalinas verde-esmeraldas.

Além dos poços de águas cristalinas, tem um escorrega natural, uma pequena borda infinita e locais para saltar.

Complexo de cachoeiras na Chapada dos Veadeiros encanta visitantes com piscinas naturais de águas cristalinas

Foto: Luciano Guimarães/Goiás Turismo

É importante citar que a visitação ao Complexo Boqueirão é permitida apenas com o acompanhamento de guias locais, uma medida essencial para garantir a segurança dos visitantes e preservar o ambiente natural. Esses guias são profissionais experientes que conhecem a região como ninguém, indicando os melhores pontos para explorar e capturar imagens inesquecíveis.

Complexo de cachoeiras na Chapada dos Veadeiros encanta visitantes com piscinas naturais de águas cristalinas

Foto: Luciano Guimarães/Goiás Turismo

O ingresso para essa experiência é de R$ 50,00 por pessoa, um valor justo pelo acesso a um local tão singular. Além disso, o Complexo Boqueirão oferece serviços de alimentação por encomenda, permitindo que os visitantes desfrutem de um delicioso almoço ou lanche durante o dia. Essa comodidade elimina a necessidade de preocupações com refeições, possibilitando uma visita mais despreocupada e prazerosa.

Se você ainda não teve o prazer de conhecer o Complexo Boqueirão, considere adicioná-lo ao seu roteiro de viagem. Essa é uma oportunidade de se maravilhar com a beleza natural da Chapada dos Veadeiros e desfrutar de um refúgio revigorante.

 

Mais Informações do Complexo Boqueirão

Goiás Turismo – Agência Estadual de Turismo

  • Instagram: @goiasturismo | @goiasturismonoticias
  • Telefone: (62) 3201-8100

Cat de Cavalcante

  • Telefone: (62) 34941507

Guias de Turismo

  • Coleci: (61) 9 98093603
  • Júnior: (62) 996720556
  • Neri Paulino: (62) 9680-1216
  • Marilene: (61) 9688-4700
  • Marioci: (62) 9672-1417
  • Mário: (62) 9685-0490

6 lugares para viajar no Brasil e fugir do calor em dezembro (1 é em Goiás!)

Com a chegada do verão e de Dezembro, o calor intenso se instala pelo Brasil, tornando as altas temperaturas um desafio para muitos viajantes em busca de destinos mais amenos. Nós separamos lugares para viajar e fugir do calor no Brasil e 1 é em Goiás. Continue lendo para descobrir!

Entretanto, escapar do calor não significa abrir mão de paisagens deslumbrantes e experiências enriquecedoras.

Neste guia, apresentamos seis destinos brasileiros que oferecem um refúgio refrescante, proporcionando uma fuga bem-vinda para aqueles que desejam evitar o calor excessivo.

 

1. Campos do Jordão

6 lugares para viajar no Brasil e fugir do calor em dezembro (1 é em Goiás!)

Foto: Seguro Viagem

No estado de São Paulo, Campos do Jordão, famoso por seu clima frio no inverno, surpreende como uma opção de refúgio mesmo durante o verão.

Com sua arquitetura encantadora e influência europeia, a cidade proporciona um ambiente acolhedor.

Além disso, a rica gastronomia e a decoração natalina tornam Campos do Jordão um destino ideal para famílias em busca de experiências memoráveis.

 

2. Monte Verde

6 lugares para viajar no Brasil e fugir do calor em dezembro (1 é em Goiás!)

Foto: Melhores Destinos

No sul de Minas Gerais, Monte Verde oferece um clima mais ameno e uma atmosfera encantadora.

Cercada por paisagens naturais deslumbrantes, a região conta com trilhas e caminhadas que levam a mirantes com vistas panorâmicas de montanhas e vales.

Em períodos festivos, a cidade promove eventos temáticos, adicionando um toque especial à experiência do visitante.

 

3. Petrópolis

6 lugares para viajar no Brasil e fugir do calor em dezembro (1 é em Goiás!)

Foto: ABIH RJ

Apesar de estar no estado do Rio de Janeiro, Petrópolis oferece um clima mais ameno, tornando-se um destino atraente para quem busca temperaturas mais agradáveis.

Como cidade imperial, Petrópolis preserva uma rica carga histórica, com arquitetura influenciada por estilos europeus, especialmente alemão e italiano.

 

4. Urubici

6 lugares para viajar no Brasil e fugir do calor em dezembro (1 é em Goiás!)

Foto: Sidi Tur Agência de Viagem e Turismo Oficial

Localizado na Serra Catarinense, Urubici é conhecido por suas belezas naturais, clima frio e paisagens deslumbrantes.

Atraindo turistas em busca de tranquilidade e contato direto com a natureza, a cidade oferece temperaturas mais amenas durante o verão, proporcionando uma experiência única para os visitantes.

 

5. Gramado

6 lugares para viajar no Brasil e fugir do calor em dezembro (1 é em Goiás!)

Foto: Gazeta do Povo

Reconhecida por sua arquitetura de origem europeia, Gramado é um destino fascinante para quem busca beleza e clima agradável nesta época do ano.

A cidade sediará diversos eventos ao longo do ano e é famosa por ter uma das maiores festas natalinas do país, recriando a atmosfera mágica dos Natais europeus.

Ótimos resorts em Gramado oferecem opções de hospedagem para aproveitar ao máximo essa experiência única.

 

6. Chapada dos Veadeiros

6 lugares para viajar no Brasil e fugir do calor em dezembro (1 é em Goiás!)

Foto: Melhores Destinos

Localizada no cerrado de Goiás, a Chapada dos Veadeiros é uma opção única para os amantes da natureza.

Com um clima mais tranquilo, a região destaca-se por sua biodiversidade, cachoeiras deslumbrantes e trilhas para os aventureiros de plantão.

A Chapada é um verdadeiro paraíso para o ecoturismo, proporcionando experiências inesquecíveis em meio à exuberância natural.

 

Ao considerar destinos que oferecem uma paleta diversificada de experiências, os viajantes podem desfrutar de um refúgio revigorante, escapando do calor enquanto exploram o que o Brasil tem de melhor a oferecer. Planeje sua fuga refrescante e descubra a riqueza cultural e natural desses destinos incríveis.

Destino paradisíaco do interior de Goiás vence o Prêmio Nacional de Turismo

Um destino do interior de Goiás venceu o Prêmio Nacional de Turismo. A Associação Kalunga Comunitária do Engenho II – AKCE, representante da Comunidade do Engenho II no Quilombo Kalunga, foi a vencedora da Categoria Turismo de Base Comunitária e Turismo Social.

A premiação aconteceu no Salão Nacional de Turismo, realizado entre os dias 15 e 17 de dezembro em Brasília, cujo tema foi “O turismo transformando vidas”. Foram premiadas 10 categorias de iniciativas de destaque e 9 categorias de profissionais.

Destino do interior de Goiás vence o Prêmio Nacional de Turismo

Foto: divulgação

Palestras, workshops, apresentações culturais, musicais, feira de artesanato e a exposição de diversos roteiros e rotas de todo o Brasil foram alguns dos atrativos do evento, que evidenciou a diversidade e singularidade das regiões brasileiras.

Única vencedora goiana, a AKCE atua no Turismo de Base Comunitária há mais de 20 anos, tornando-se uma referência para os povos tradicionais e originários no desenvolvimento do turismo.

Destino do interior de Goiás vence o Prêmio Nacional de Turismo

Foto: divulgação

Adriano Paulino, presidente da AKCE, dedicou o prêmio à comunidade e ao quilombo Kalunga, destacando que “sem a comunidade, não há turismo de base comunitária”. O Clube Trilheiras de Brasília ficou em segundo lugar, seguido pela Rede BATUC – Turismo Comunitário da Bahia.

 

Mais detalhes sobre o Quilombo Kalunga, destino de Goiás que venceu o Prêmio Nacional de Turismo

O Quilombo Kalunga é o maior quilombo do Brasil, com 262.000 hectares, 39 comunidades e aproximadamente 9000 pessoas.

Localizado na região turística da Chapada dos Veadeiros, abrange os municípios de Cavalcante, Teresina de Goiás e Monte Alegre de Goiás. Na comunidade do Engenho II, encontra-se a Cachoeira Santa Bárbara, considerada por muitos a cachoeira mais bonita do Brasil.

Com uma vasta rede comunitária de empreendedorismo turístico, a comunidade conta com cerca de 200 condutores de visitantes, 5 restaurantes, 3 meios de hospedagem e 17 transportadores turísticos, movimentando uma cadeia turística de milhões de reais ao ano. Esses recursos não apenas geram emprego e renda para a comunidade, mas também contribuem para o desenvolvimento comunitário.

Destino do interior de Goiás vence o Prêmio Nacional de Turismo

Cachoeira em Cavalcante, Goiás. Foto: Vamos Trilhar

De acordo com Dominga Natália, tesoureira da AKCE, parte dos recursos provenientes das entradas dos visitantes destinam-se a investimentos na infraestrutura comunitária, apoio à educação, saúde, esporte, cultura e na infraestrutura turística.

Dominga Natália comemora os avanços conquistados com os recursos turísticos, incluindo a aquisição de um caminhão e uma retroescavadeira para manutenção das estradas, apoio a torneios esportivos, festas tradicionais, compra de medicamentos de alto custo e financiamento de cirurgias para moradores em condição de vulnerabilidade.

O Quilombo Kalunga e a Comunidade do Engenho II participaram este ano do Programa Rede de Agentes de Roteiros Turísticos realizado pelo SEBRAE-GO, que incluiu um estudo de competitividade e o planejamento para o desenvolvimento de um Ecomuseu Kalunga, entre outras ações.

 

Cachoeira Santa Bárbara

Cachoeira Santa Bárbara. Foto: Matulla e Souvenirs

A estonteante Cachoeira Santa Bárbara destaca-se como a mais famosa de todas, especialmente pela incrível cor de suas águas. A queda, que se assemelha a uma obra de arte, é verdadeiramente deslumbrante, embora costume atrair muitos visitantes, especialmente durante feriados e a temporada turística. Para preservar esse tesouro natural e minimizar o impacto, foi estabelecido um limite diário de 150 visitantes, cada grupo com uma permanência máxima de 1 hora.

– Não deixe de explorar também a encantadora Santa Barbarazinha, situada em sua entrada.

– Uma dica: visite logo na abertura do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), pois de manhã a luz penetra mais intensamente em seu ambiente fechado e acolhedor, realçando ainda mais o azul-turquesa, ou, alternativamente, no contrafluxo, quando há a chance de encontrá-la vazia, proporcionando uma experiência mais exclusiva.

Quanto à trilha, ela pode ser classificada como moderada ou fácil, com extensão variando entre 1 e 6 km. Vale ressaltar a diferença: dependendo das condições da estrada e da disposição do motorista, é possível chegar muito próximo à entrada da trilha de carro. Contudo, em períodos de condições adversas, especialmente durante as chuvas, quando um pequeno córrego se forma, cortando a estrada, geralmente o veículo fica estacionado em uma área inferior.

Goiás abriga três fascinantes e inesquecíveis Patrimônios Mundiais reconhecidos pela UNESCO

Goiás, um estado brasileiro rico em cultura e história, abriga três sítios reconhecidos como Patrimônios Mundiais pela UNESCO, demonstrando a diversidade e a riqueza do patrimônio cultural e natural do Brasil.

A cidade de Goiás é um dos patrimônios da Unesco

A cidade de Goiás é um dos patrimônios da Unesco

O primeiro desses patrimônios é a Cidade de Goiás, também conhecida como Goiás Velho. A Cidade de Goiás, também conhecida como Goiás Velho, é um exemplo notável de arquitetura colonial brasileira e foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO em 2001. Este reconhecimento destaca a importância do conjunto arquitetônico, paisagístico e urbanístico da cidade, que preserva mais de 90% de sua arquitetura barroco-colonial original. O município, antiga capital do estado de Goiás, conserva esta arquitetura graças ao tombamento pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde os anos 1950​​.

Um dos eventos mais emblemáticos da Cidade de Goiás é a Procissão do Fogaréu, uma tradição religiosa que ocorre durante a Semana Santa. Esta procissão, reintroduzida nas celebrações em 1965 pela Organização Vilaboense de Artes e Tradições (OVAT), simboliza a busca por Jesus Cristo após sua prisão, onde participantes carregam tochas acesas pelas ruas. Em 2020, iniciou-se o processo de reconhecimento da Procissão do Fogaréu como patrimônio imaterial pelo Iphan, destacando sua relevância cultural e religiosa​​​​.

Além da Procissão do Fogaréu, a cidade é rica em cultura e história, com diversos eventos e locais de interesse. Um deles é a Casa de Cora Coralina, museu dedicado à vida e obra da famosa poetisa e doceira, que fica nas margens do Rio Vermelho. Este espaço cultural preserva a memória da escritora, expondo objetos pessoais, poemas, fotografias e promovendo eventos relacionados à literatura​​.

A Cidade de Goiás, com sua rica história, arquitetura única e tradições culturais, é um destino valioso para turistas e entusiastas da história brasileira. Seus eventos tradicionais, como a Procissão do Fogaréu, e locais históricos, como a Casa de Cora Coralina, oferecem uma visão fascinante da herança cultural do Brasil.

Além da Cidade de Goiás, o estado abriga outros dois patrimônios mundiais naturais: o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e o Parque Nacional das Emas. Ambos são reconhecidos por sua biodiversidade excepcional e paisagens naturais impressionantes.

A Cachoeira do Guardião na Chapada dos Veadeiros é encantadora. Crédito: Governo de Goiás

A Cachoeira do Guardião na Chapada dos Veadeiros é encantadora. Crédito: Governo de Goiás

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, localizado no nordeste do estado de Goiás, é uma área de preservação com uma biodiversidade e geodiversidade notáveis. Criado em 1961 pelo Presidente Juscelino Kubitschek, o parque originalmente abrangia 625 mil hectares, mas ao longo do tempo passou por várias mudanças de tamanho e nome, chegando a proteger 240 mil hectares desde 2017. Esta expansão teve como objetivo proteger 17 espécies de flora e 32 espécies de fauna ameaçadas de extinção, incluindo o lobo-guará, a onça-pintada e o pato-mergulhão, além de 466 nascentes na região, conhecida como “a caixa d’água do Planalto Central”​​.

O parque é conhecido por suas impressionantes formações geológicas, incluindo o Vale da Lua, que se assemelha a uma paisagem lunar, e suas várias cachoeiras com águas cristalinas, como a Cachoeira das Sete Quedas. Esta última é parte de uma trilha de 23,5 km que oferece a oportunidade de explorar o Cânion I e II, além das próprias Sete Quedas. Essa trilha pode ser percorrida em um a três dias, dependendo do ritmo e disposição do visitante, com uma área de camping próxima às cachoeiras​​​​.

A região também é um ponto de destaque para a observação astronômica, devido ao seu céu noturno escuro e livre de poluição luminosa, oferecendo condições ideais para a contemplação das estrelas​​.

Para a preservação do ecossistema local, o parque promove práticas de ecoturismo sustentável, incluindo a conscientização sobre a importância da conservação da natureza e a adoção de trilhas com baixo impacto ambiental​​.

Além disso, a Chapada dos Veadeiros oferece atividades para visitantes de diferentes gostos e idades, incluindo caminhadas ao ar livre, natação em cachoeiras, e contato com a natureza. A visitação é aberta ao público de junho a novembro, sendo recomendada a contratação de um guia credenciado para enriquecer a experiência​​​​.

Para informações detalhadas sobre a visitação, incluindo o agendamento de passeios e a aquisição de ingressos, os visitantes podem consultar o site oficial ou a bilheteria do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros​​.

Entre as atividades oferecidas no parque estão trilhas para caminhadas, passeios de bicicleta e safáris para observação da vida selvagem. Um dos fenômenos mais fascinantes do parque é a bioluminescência dos cupinzeiros, que ocorre entre outubro e novembro.

Entre as atividades oferecidas no parque estão trilhas para caminhadas, passeios de bicicleta e safáris para observação da vida selvagem. Um dos fenômenos mais fascinantes do parque é a bioluminescência dos cupinzeiros, que ocorre entre outubro e novembro.

O Parque Nacional das Emas, por outro lado, é um exemplo magnífico do Cerrado, um dos biomas mais antigos e diversos do mundo, oferecendo uma experiência única para observação da vida selvagem e ecoturismo.

O Parque Nacional das Emas, localizado na região sudoeste de Goiás, é uma reserva natural que oferece uma visão espetacular do Cerrado brasileiro, um dos biomas mais antigos e diversos do mundo. Criado em 1961, o parque abrange uma área de aproximadamente 132.787 hectares e é considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO desde 2001.

O parque se destaca pela sua rica biodiversidade, abrigando cerca de 800 espécies de plantas e 300 de aves e mamíferos, muitos dos quais estão sob risco de extinção. Entre os animais mais notáveis encontrados no parque estão o tamanduá-bandeira, o lobo-guará, a onça-parda e a onça-pintada, além do cervo-do-pantanal.

As paisagens do Parque Nacional das Emas são variadas, incluindo campos limpos, campos sujos, veredas e matas ciliares. Além disso, o parque preserva rios de importantes bacias hidrográficas, como os rios Taquari e Araguaia. A observação de animais, a presença de cupinzeiros e a rica flora são algumas das principais atrações para os visitantes.

Entre as atividades oferecidas no parque estão trilhas para caminhadas, passeios de bicicleta e safáris para observação da vida selvagem. Um dos fenômenos mais fascinantes do parque é a bioluminescência dos cupinzeiros, que ocorre entre outubro e novembro. Durante este período, larvas de vagalumes se abrigam nos cupinzeiros e emitem luzes esverdeadas à noite.

O parque também oferece passeios de bote e boia cross no Rio Formoso, que são formas emocionantes de explorar o ambiente aquático do parque. Para os entusiastas da astronomia, há a oportunidade de observar a Via Láctea e outros corpos celestes, graças ao céu noturno escuro e limpo da região.

É importante notar que algumas atividades no parque requerem a presença de guias credenciados e agendamento prévio. Além disso, o Parque Nacional das Emas não possui pousadas ou campings em seu interior, então é necessário planejar a hospedagem nas cidades próximas.

Visitar o Parque Nacional das Emas é uma oportunidade única de se conectar com a natureza e aprender sobre a importância da conservação do Cerrado, um bioma essencial para a biodiversidade e a ecologia do Brasil.

Leia também:

Versão brasileira do Deserto do Saara fica no Cerrado e é apaixonante

Lagoa exuberante na cor azul turquesa é um verdadeiro oásis no coração do Cerrado

Goiás quer ter ‘Angra dos Reis do Cerrado’

Oásis Azul da Chapada dos Veadeiros revela segredos entre cachoeiras e cultura centenária

Nas profundezas do coração de Goiás, a 512 km da capital Goiânia e aproximadamente 320 km de Brasília, repousa um tesouro pouco explorado pelos amantes da natureza: Cavalcante, uma joia cintilante na coroa da Chapada dos Veadeiros. embora a viagem possa ser um desafio devido às estradas irregulares, as recompensas são inúmeras e deslumbrantes.

O Caminho até Cavalcante

A aventura começa na estrada. A viagem de Goiânia a Cavalcante, percorrendo 512 km, é uma jornada de descobertas. Da capital federal, Brasília, a distância se reduz para cerca de 320 km, oferecendo uma rota mais acessível para os viajantes vindos de fora do estado.

Além do Convencional

Cavalcante não ostenta a fama de Alto Paraíso ou São Jorge, mas compensa isso com sua autenticidade e cachoeiras de tirar o fôlego. A cidade, apesar de sua simplicidade, serve como um portal para algumas das mais espetaculares quedas d’água da região.

A Majestosa Cachoeira Santa Bárbara

A principal atração da região é a Cachoeira Santa Bárbara. Suas águas de um azul intenso, comparáveis às cores caribenhas, oferecem um espetáculo visual único. A cachoeira é um convite irresistível para um mergulho refrescante e momentos de pura contemplação.

Explorando a Biodiversidade

Cavalcante é mais do que suas cachoeiras; abriga 70% da área do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Este parque, reconhecido como Patrimônio Mundial pela UNESCO, é um santuário de biodiversidade e belezas naturais. Trilhas, fauna e flora ricas em espécies endêmicas, e paisagens de cortar a respiração são apenas alguns dos seus atrativos.

Cultura e História

Além da natureza, Cavalcante é rica em cultura e história. A cidade tem uma forte presença de comunidades quilombolas, cujas tradições e modos de vida oferecem uma visão única do Brasil ancestral. Visitar essas comunidades é uma forma de enriquecer sua experiência, aprendendo e interagindo com a história viva da região.

Dicas para Visitantes

  • Planejamento é essencial: Verifique as condições da estrada antes de viajar e considere um veículo adequado para estradas de terra.
  • Respeite a natureza: Mantenha a Chapada limpa e preservada, levando seu lixo de volta.
  • Explore com consciência: Considere visitar com guias locais, apoiando a economia da região e garantindo uma exploração segura.

Cavalcante, com suas maravilhas ocultas e a autenticidade de suas paisagens e povo, é mais do que um destino; é uma experiência de imersão na natureza e na cultura brasileira. Uma viagem a Cavalcante não é apenas uma fuga da rotina, mas um encontro com a beleza bruta e intocada do Brasil.

f699b93c8f6180b4a2ba285105ee2899.jpg

Foto: Monique Rene

Além da Santa Bárbara, boas pedidas são a Cachoeira da Capivara, a Cachoeira Candaru, as cachoeira do Complexo do Prata (onde está a Cachoeira Rei do Prata), a Cachoeira da Ave Maria, a Cachoeira Veredas, a Cachoeira Poço Encantado e a Cachoeira São Bartolomeu.

3f86f8f41b240606b95b72db3a023307.jpg

Foto: Monique Rene

Para conhecer as principais atrações de Cavalcante serão necessários três ou quatro dias. O melhor a se fazer é se hospedar na cidade mesmo.

 

Mais Informações

Centro de Apoio ao Turista – CAT Cavalcante

Telefone: (62) 3494-1507

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa: Monique Rene

Guia para observar o céu e as estrelas em Goiás