Oficial: franquia de O Senhor dos Anéis terá novo filme em 2026

A Warner Bros. anunciou nesta quinta-feira, 9, que está desenvolvendo um novo filme para a saga “O Senhor dos Anéis”. O longa, intitulado de “The Hunt of Gollum”, focará no icônico personagem Gollum, e será o primeiro de uma série de produções inéditas da franquia.

O cineasta Peter Jackson, que dirigiu a trilogia de “O Senhor dos Anéis” no início dos anos 2000, juntamente à Fran Walsh e Philippa Boyens, está produzindo o projeto. De acordo com a Variety, o CEO da Warner Bros, David Zaslav, diz que o trio “estará envolvido em todas as etapas”. Já a direção, ficará por conta de Andy Serkis, que viveu o personagem na trilogia original e em “O Hobbit: Uma Jornada Inesperada”.

O ator Andy Serkis confirmou a notícia em seu Instagram, mostrando seu entusiasmo com o novo projeto: ”We is baaaaak, Precious!#TheHuntForGollum #WorkingTitle Selfie by Us”, disse na legenda

Ao falar sobre a franquia como um todo, Zaslav disse: “O Senhor dos Anéis é uma das franquias mais bem-sucedidas e reverenciadas da história e apresenta uma oportunidade significativa para o negócio cinematográfico”.

O filme ainda está em seus estágios iniciais de produção, mas Zaslav afirma que o enredo irá “explorar histórias que ainda precisam ser contadas”.

A última empreitada da franquia foi O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder, a série da Prime Video criada por Patrick McKay e John D. Payne, que recebeu críticas em sua maioria positivas dos críticos e foi divisiva entre os fãs.

A série atualmente possui uma pontuação de 83% entre os críticos e 38% entre o público no site agregador Rotten Tomatoes, e é uma das cinco séries de TV mais caras já feitas.

A saga “O Senhor dos Anéis” é uma trilogia cinematográfica baseada na obra homônima de J. R. R. Tolkien. A história é considerada uma das precursoras do nicho fantástico, rendendo diversos trabalhos de arte, música, cinema e literatura inspirados pela franquia.

Os filmes estão disponíveis no streaming da MAX no Brasil.

 

Veja também:

Adeus ao lendário: Bruce Willis encerra carreira com espetáculo de suspense que está na Netflix

Bruce Willis, um ícone do cinema de ação, despede-se das telas com o filme “No Lugar Errado”, disponível na Netflix. O filme é um thriller que aborda temas de lealdade e vingança, capturando a atenção dos espectadores com um enredo tenso e performances cativantes. Com este filme, Willis marca o fim de sua carreira de ator antes de se aposentar devido ao diagnóstico de demência frontotemporal.

O filme “No Lugar Errado” não se destaca apenas por ser o último trabalho de Bruce Willis, mas também por sua impressionante ambientação e cinematografia. Optando por uma estética em preto e branco, o filme acentua dramaticamente a tensão e o drama. Este estilo visual não é apenas uma escolha artística, mas também um meio de aprofundar a atmosfera sombria e intensificar as emoções expressas, oferecendo um retrato visual intrigante dos temas mais sombrios da humanidade.

A narrativa central do filme envolve um ex-chefe de polícia que, após testemunhar um assassinato, enfrenta ameaças extremas ao tentar proteger sua família das consequências de seu testemunho. Este enredo usa habilmente elementos de suspense e ação para manter os espectadores engajados, criando uma história envolvente que explora as escolhas morais dos personagens em circunstâncias extraordinárias. A jornada do protagonista é intensificada pela perseguição de um criminoso determinado a silenciá-lo, culminando em uma luta desesperada pela sobrevivência e justiça.

“No Lugar Errado” é um exemplo eloquente de como o cinema pode utilizar o gênero de ação para explorar questões complexas, oferecendo não apenas entretenimento, mas também uma reflexão significativa sobre a condição humana e as complexidades das escolhas morais em momentos de crise. Este filme, portanto, serve como uma homenagem apropriada ao legado de Willis, conhecido por seus papéis intensos e memoráveis em filmes de ação.

 

Desde seu lançamento, “No Lugar Errado” tem recebido críticas variadas, com destaque para a atuação de Willis e a direção artística do filme. Algumas críticas apontam para a abordagem quase teatral do filme, onde a linha entre realidade e representação é constantemente questionada, proporcionando uma experiência única para o público. O estilo visual, especialmente o uso de preto e branco, é frequentemente mencionado como um ponto forte do filme, elevando a intensidade das cenas dramáticas e aprofundando a atmosfera tensa.

O filme “No Lugar Errado” se destaca não apenas como a obra final de Bruce Willis antes de sua aposentadoria devido a problemas de saúde, mas também como um exemplo notável de como thrillers de ação podem ser usados para explorar temas profundos e pessoais. Este filme encapsula um movimento no cinema moderno que busca abordar questões mais substanciais através de gêneros tradicionalmente focados em entretenimento.

O último ato heroico: Bruce Willis deslumbra em uma performance memorável no suspense 'No Lugar Errado

O último ato heroico: Bruce Willis deslumbra em uma performance memorável no suspense ‘No Lugar Errado

Bruce Willis, conhecido por seu papel icônico como John McClane na série “Die Hard”, tem uma longa carreira de sucessos que misturam ação e drama significativos. “No Lugar Errado” continua essa tradição ao incorporar uma narrativa envolvente e personagens complexos, oferecendo não apenas entretenimento, mas também uma plataforma para reflexão sobre a condição humana e escolhas morais em circunstâncias extraordinárias.

O que diz a critica sobre o último filme de Bruce Willis

A recepção crítica ao filme foi variada, mas muitos destacam o papel de Willis e a direção artística como pontos fortes. Este filme é significativo não só pelo desempenho de Willis, mas também pela abordagem estética e pela maneira como os temas são apresentados de maneira a desafiar as convenções do gênero de ação.

É um testemunho do talento e impacto de Willis na indústria cinematográfica, demonstrando sua habilidade em atrair audiências com performances que vão além do convencional herói de ação. Mesmo com a aposentadoria, “No Lugar Errado” assegura que o legado de Willis continue relevante, destacando sua capacidade de adaptar-se a papéis que exigem uma profundidade emocional significativa, enquanto ainda oferece a tensão e ação que seus fãs esperam.

Leia também:

Descubra o filme da Netflix que está balançando as estruturas da Interpol com cenas de ação de tirar o fôlego

Comédia romântica sensacional conquista público da Netflix ao transformar casamento arranjado em amor verdadeiro

Filme Star Wars: A Ameaça Fantasma será exibido em cinema de Goiânia

Os fãs de Star Wars estão familiarizados com o dia 4 de maio, também conhecido como ‘Dia Star Wars’. Neste ano, a programação contará com o retorno de um dos filmes da saga para o cinema. “Star Wars: Episódio 1: A Ameaça Fantasma” será exibido também nos cinemas de Goiânia.

No Brasil, a distribuidora do filme anunciou que a produção “Ameaça Fantasma”, lançada em 1999, retorna às salas de cinema depois de 25 anos. Em Goiânia, até o momento, o Kinoplex do Goiânia Shopping vai exibir o longa em uma sessão legendada às 21h no dia 4. Os ingressos já estão em pré-venda no site Ingresso.com.

Sobre a saga

Para entender a ordem cronológica dos lançamentos é preciso saber que os primeiros filmes de Star Wars foram lançados no final dos anos 1970, sendo eles “Star Wars: Uma Nova Esperança” (1977), “Star Wars: O Império Contra-Ataca” (1980) e “Star Wars: O Retorno de Jedi” (1983).

Anos mais tarde, o diretor e criador da saga George Lucas decidiu lançar uma nova trilogia com acontecimentos anteriores aos três primeiros filmes, explicando a origem de alguns personagens clássicos e contando a história de Anakin Skywalker. Os filmes são “A Ameaça Fantasma” (1999), “Ataque dos Clones” (2002) e “A Vingança dos Sith” (2005). O longa que será exibido novamente é o primeiro da segunda trilogia.

“Star Wars Day” ou “May The Fourth”

A ação faz parte do “May The Fourth” ou “04 de maio”, uma expressão em inglês que lembra uma das frases célebres do filme. Isso porque o verbo “esteja” em inglês é “may”, que também significa o mês de maio. Além disso, a tradução do número 04 para “quarto” é “fourth” em inglês e lembra a palavra “força”, assim lembrando a frase “Que a Força esteja com você”.

Considerando essa coincidência, muitos fãs começaram a utilizar o dia 4 de maio para realizar atividades, encontros, exibições, maratonas, concursos de cosplay e assim por diante.

Sinopse

Em Star Wars: Episódio I, quando a maquiavélica Federação Comercial planeja invadir o pacífico planeta Naboo, o guerreiro Jedi Qui-Gon Jinn (Liam Neeson) e seu aprendiz Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor) embarcam em uma aventura para tentar salvar o planeta. Viajam com eles a jovem Rainha Amidala (Natalie Portman), visada pela Federação, pois querem forçá-la a assinar um tratado político.

Eles têm de viajar para os distantes planetas Tatooine e Coruscant em uma desesperada tentativa de salvar o mundo de Darth Sidious (Ian McDiarmid), o demoníaco líder da Federação que sempre surge em imagens tridimensionais (a ameaça fantasma).

Durante a viagem, Qui-Gon Jinn conhece um garoto de nove anos que deseja treiná-lo para ser tornar um Jedi, pois o menino tem todas as qualidades para isto. Mas o tempo revelará que nem sempre as coisas são o que aparentam.

Confira o trailer abaixo:

 

Veja também:

Com Wagner Moura, filme Guerra Civil é o destaque da semana nos cinemas de Goiânia

Com distribuição da Diamond Films Brasil, Guerra Civil, novo longa da A24 com Wagner Moura (Narcos) e Kirsten Dunst (Homem-Aranha), chega aos cinemas de Goiânia e região nesta quinta-feira (18).

Dirigido pelo premiado Alex Garland (Ex Machina), Guerra Civil apresenta uma mistura de ação e suspense, ambientado em um futuro não tão distante, quando uma guerra civil se instaura nos Estados Unidos.

Neste cenário, uma equipe pioneira de jornalistas de guerra, onde estão Lee (Kirsten Dunst) e seu colega de trabalho Joel (Wagner Moura), viajam pelo país para registrar a dimensão e a situação de um cenário violento que tomou as ruas em uma rápida escalada, envolvendo toda a nação.

No entanto, o trabalho de registro se transforma em uma guerra de sobrevivência quando eles também se tornam o alvo. O elenco conta ainda com nomes como Stephen McKinley Henderson, Jesse Plemmons e Nick Offerman.

Confira a programação nos cinemas de Goiânia e região:

Cinemark Flamboyant (XD Leg) [Sala 1] – 13h50| 16h20| 18h50| 21h20

Cinemark Flamboyant (Dub) [Sala 2] – somente quinta-feira e terça-feira 14h50| 17h15

Cinemark Flamboyant (Dub) [Sala 2] – menos quinta-feira e terça-feira 18h| 20h30

Cinemark Flamboyant (Leg) [Sala 8] – somente sábado e domingo 12h| 14h40| 17h10

Cinemark Flamboyant (Leg) [Sala 8] – menos quinta-feira, domingo e terça-feira 22h10

Cinemark Flamboyant (Leg) [Sala 8] – somente quinta-feira e terça-feira 18h| 20h30

Cinemark Flamboyant (Leg) [Sala 8] – somente sexta-feira, segunda-feira e quarta-feira 14h50| 17h15

Cinemark Flamboyant (Leg) [Sala 8] – 19h40

Cinemark Passeio das Águas (Dub) [Sala 1] – 18h| 20h30

Cinemark Passeio das Águas (Dub) [Sala 1] – somente sábado e domingo 15h30

Cinemark Passeio das Águas (XD Dub) [Sala 4] – 16h20| 18h50| 21h20

Cinemark Passeio das Águas (XD Dub) [Sala 4] – somente domingo 13h40

Cinemark Passeio das Águas (XD Dub) [Sala 4] – menos domingo 13h50

Cinemark Passeio das Águas (Dub) [Sala 7] – 17h10

Cinemark Passeio das Águas (Dub) [Sala 7] – menos domingo 22h10

Kinoplex Goiânia Shopping (Leg) [Sala 1] – 13h40| 16h| 18h20| 20h40

Kinoplex Goiânia Shopping (Leg) [Sala 4] – 16h40| 19h| 21h20

Cinépolis Shopping Cerrado (Dub) – 15h30| 18h| 20h30

Cinépolis Shopping Cerrado (Dub) – somente sábado e domingo 13h

Cinépolis Shopping Cerrado (Macro XE Dub) – 14h| 16h30| 19h| 21h30

CineX Centro Cultural Oscar Niemeyer (2D Leg) [Sala 1] – 21h

CineX Centro Cultural Oscar Niemeyer (2D Dub) [Sala 1] – menos quinta-feira 14h| 16h20

Cinemais Shopping Bougainville – (2D Dub) [Sala 1] – 16h30

Cinemais Shopping Bougainville – (2D Leg) [Sala 1] – 20h30

Cinemais Shopping Bougainville – (2D Dub) [Sala 4] – 21h10

Cinemais Shopping Bougainville – (2D Leg) [Sala 4] – 21h30

MovieCom Buriti Shopping (Dub) [Sala 2] – 17h| 19h15| 21h30

MovieCom Buriti Shopping (Leg) [Sala 4] – 21h50

Cine Lume Ritz – (Dub) – 15h30 | 19h30

Cine Lume Ritz – (Leg) – 21h30

Cineflix Aparecida Shopping

18/04
Salas 1 e 2 DUB: 14:30
Salas 1 e 2 DUB: 16:30
Salas 1 e 2 DUB: 19:00
Salas 1 e 2 DUB: 21:30

 

O Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças. Consulte sempre antes de sair de casa!

O fantástico filme sobre a magia das fadas que é destaque na Netflix

No vasto universo do cinema, é notável como certas produções conseguem transcender os limites da tela e tocar profundamente os corações do público. Uma dessas notáveis obras é “Uma Fada Veio Me Visitar”, dirigido pelo talentoso Lucas Belvaux. Este filme não é apenas uma produção cinematográfica comum; é uma verdadeira joia que mescla habilmente a magia da fantasia com a profundidade emocional de uma narrativa cativante. Neste artigo, embarcamos em uma jornada para explorar as nuances e os encantos desta obra cinematográfica que conquistou tanto os espectadores quanto a crítica especializada.

No cerne de “Uma Fada Veio Me Visitar” encontra-se uma história que vai muito além do convencional. A trama segue a jornada de Sofia, uma jovem cheia de sonhos e aspirações, que se vê confrontada com desafios pessoais e familiares. É neste contexto de incertezas e questionamentos que uma fada misteriosa entra em sua vida, interpretada de forma magistral pela renomada atriz Isabelle Huppert. A partir desse encontro inesperado, Sofia é levada a uma jornada de autodescoberta, enfrentando seus medos e descobrindo o verdadeiro significado da esperança e do amor.

O que torna “Uma Fada Veio Me Visitar” verdadeiramente especial é a maneira como Belvaux tece habilmente os elementos de fantasia e realidade em uma trama coesa e envolvente. A magia do filme não está apenas nas cenas deslumbrantes e nos efeitos visuais impressionantes, mas sim na maneira como a história ressoa com o público em um nível emocional profundo. Cada momento é carregado de significado, cada diálogo ecoa com verdades universais sobre a vida, o amor e a esperança.

Além da narrativa envolvente, “Uma Fada Veio Me Visitar” também se destaca pela sua estética visualmente deslumbrante e pela sua trilha sonora arrebatadora. Cada cena é meticulosamente elaborada para transmitir não apenas a beleza da fantasia, mas também a emoção crua dos momentos mais íntimos e pessoais dos personagens. A música, cuidadosamente selecionada, complementa perfeitamente as imagens, elevando ainda mais a experiência cinematográfica.

Ao explorar as profundezas emocionais de “Uma Fada Veio Me Visitar”, somos levados a refletir sobre os temas atemporais que permeiam a experiência humana. Desde a busca pela felicidade até a superação dos obstáculos da vida, o filme nos convida a reavaliar nossas próprias vidas e a redescobrir a magia que existe ao nosso redor, mesmo nos momentos mais difíceis.

O filme nos transporta para um universo mágico onde a fantasia se entrelaça com a realidade de forma surpreendente. A trama gira em torno de Sofia, uma jovem sonhadora que, em meio a desafios pessoais e familiares, recebe a visita inesperada de uma fada encantada. Interpretada de maneira encantadora por Isabelle Huppert, a fada conduz Sofia por uma jornada de autodescoberta e superação, deixando para trás um rastro de magia e transformação.

A narrativa habilmente construída por Belvaux oferece uma reflexão delicada sobre temas universais, como esperança, amor e aceitação. Ao mesmo tempo em que nos encanta com suas sequências de fantasia deslumbrantes, o filme também nos emociona com sua sinceridade e profundidade emocional. Através das performances magistrais do elenco e da direção habilidosa, “Uma Fada Veio Me Visitar” nos convida a reavaliar nossas próprias vidas e a redescobrir o poder da imaginação e da fé.

Além da riqueza de sua narrativa, o filme também se destaca por sua estética visual deslumbrante e sua trilha sonora envolvente. Cada cena é meticulosamente elaborada para capturar a essência da magia e da beleza que permeiam o mundo de Sofia, enquanto a música deixa uma impressão duradoura, elevando ainda mais a experiência cinematográfica.

No contexto atual, marcado por desafios e incertezas, “Uma Fada Veio Me Visitar” surge como um raio de luz, lembrando-nos da importância de manter viva a nossa capacidade de sonhar e de acreditar na magia que nos cerca. É um convite para nos reconectarmos com nossa criança interior e para abraçarmos a esperança, mesmo nos momentos mais sombrios.

Em suma, “Uma Fada Veio Me Visitar” não é apenas um filme, mas sim uma experiência cinematográfica envolvente e inspiradora que ressoa além das telas. Com sua mensagem tocante e sua beleza estética, esta obra encanta e emociona, deixando uma marca indelével naqueles que têm o privilégio de testemunhá-la.

Leia também:

Com inspiração em Shakespeare série norueguesa conquista corações na Netflix

A verdadeira história por trás de ‘O Que Jennifer Fez?’ que está bombando na Netflix

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban será relançado nos cinemas do Brasil

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban será relançado nos cinemas brasileiros em comemoração aos 20 anos da estreia filme, que vai ser exibido no dia 4 de junho nas principais salas do país.

A Warner Bros. já havia relançado os dois primeiros títulos da franquia, “Pedra Filosofal” e “Câmara Secreta”, para a mesma comemoração em 2021 e 2022, respectivamente.

Prisioneiro de Azkaban foi lançado em 2004, com a direção do vencedor do Oscar, Alfonso Cuarón, escrito por Steve Kloves e produzido por Chris Columbus. O filme faturou cerca de US$ 804 milhões em todo o mundo, sendo um grande sucesso de bilheteria.

Apesar de ser o filme da saga com a menor bilheteria, “Prisioneiro de Azkaban” é um dos favoritos entre os fãs. Além disso, o longa é o segundo título da franquia com melhor recepção da crítica especializada, conquistando 90% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Baseado no livro homônimo escrito por J.K. Rowling, sendo o terceiro filme da série Harry Potter, de oito filmes. A produção foi indicada a dois Oscars – Melhor Trilha Sonora Original e Efeitos Visuais na premiação da Academia, em 2005.

Ainda não foi divulgado em quais redes de cinema o filme será reexibido.

Sinopse

É o início do terceiro ano na escola de bruxaria Hogwarts. Harry, Ron e Hermione têm muito o que aprender. Mas uma ameaça ronda a escola e ela se chama Sirius Black. Após doze anos encarcerado na prisão de Azkaban, ele consegue escapar e volta para vingar seu mestre, Lord Voldemort. Para piorar, os Dementores, guardas supostamente enviados para proteger Hogwarts e seguir os passos de Black, parecem ser ameaças ainda mais perigosas.

Cinema em Goiânia promove sessão especial para crianças autistas

A primeira edição do “Cine+ Azul” de 2024, que promove sessões adaptadas para receber pessoas com Transtorno do Espectro Autistas (TEA), acontece neste sábado, 13 de abril no Cinemais do Shopping Bougainville, em Goiânia. Abril foi o mês escolhido justamente por ser focado na conscientização sobre o autismo. O projeto foi idealizado com objetivo de conscientizar e promover um ambiente aconchegante preparado para que as crianças estejam à vontade e com liberdade de se expressarem como quiserem.

O filme que será exibido ao público e suas famílias será a sequência de uma das franquias mais amadas pela criançada, “Kung Fu Panda 4”. E a sessão, que será exibida às 14h, conta com som mais baixo, iluminação especial durante toda a sessão, temperatura amena, além de liberdade do público andar, dançar e se divertir como quiser.

“Vale dizer que tanto a pessoa com TEA, quanto um acompanhante, têm direito à meia-entrada mediante apresentação de carteira de identificação ou laudo”, explica Luciana Maciel, coordenadora de marketing do Bougainville.

Os ingressos custam R$ 28,00 e podem ser adquiridos na bilheteria loca. Tanto a pessoa com TEA, quanto um acompanhante, têm direito à meia-entrada mediante apresentação de carteira de identificação ou laudo.

Sobre o filme

Grande Dragão Guerreiro é escolhido para se tornar o Líder Espiritual do Vale da Paz. A escolha já problemática ao colocar o mestre de kung fu mais improvável do mundo em um cargo como esse e, além disso, ele precisa encontrar e treinar um novo Dragão Guerreiro antes de assumir a honrada posição. Como se os desafios já não fossem o bastante, a Camaleoa, uma feiticeira perversa, tenta trazer de volta todos os vilões derrotados por Po do reino espiritual.

Evidências do Amor é o destaque da semana nos cinemas de Goiânia

Estreia nos cinemas de Goiânia, nesta quinta-feira (11), o filme “Evidências do Amor“. Dirigido por Pedro Antônio, traz como protagonistas Sandy e Fábio Porchat, que também assina o roteiro junto com o diretor, Álvaro Campos e Luanna Guimarães. Trata-se de uma coprodução da Warner e da Framboesa Filmes que promete reviravoltas inesperadas, quando se pensa na letra da música “Evidências”, de José Augusto e Paulo Sérgio Valle, imortalizada por Chitãozinho e Xororó, que acompanha toda a história.

A trama traz como personagens Laura (Sandy) e Marco Antônio (Porchat). Eles se conheceram, exatamente, cantando “Evidências” no karaokê – uma situação tão típica no Brasil, já que é uma das mais cantadas, a plenos pulmões, pelos cantores amadores (e profissionais também). O casal, na história, vive altos e baixos que colocam à prova o relacionamento. Até que, prestes a subir no altar, Laura diz que não quer mais se casar com Marco Antônio.

Depois do término, nessa fase de recompor a vida, Marco Antônio percebe que uma coisa inusitada acontece com ele: toda vez que escuta “Evidências”, volta a situações do passado, mais especificamente em momentos de discussões com Laura. São lembranças indesejadas que rondam a cabeça dele, que inicia uma jornada com o intuito de superar sua ex e se livrar dessa maldição: a música nunca mais foi a mesma. Ele tenta ainda recuperar o amor de Laura: o caminho possível encontrado para reverter tudo isso. “Mas pra que viver fingindo/ Se eu não posso enganar meu coração?/ Eu sei que te amo!”, já sugere a música.

Outro destaque

Outra estreia de destaque da semana é o filme Ghostbusters: Apocalipse de Gelo, da franquia Os Caça-Fantasmas e sequência de Ghostbusters: Mais Além, lançado em 2021.

No novo filme, a família Spengler retorna para a icônica estação de bombeiros em Nova York, onde toda a história começou. A ideia é se reunir com os caça-fantasmas originais, que desenvolveram um laboratório ultra secreto de pesquisa para levar os seus trabalhos a outro nível.

No entanto, a situação se complica quando um artefato antigo libera uma força do mal e os Caça-Fantasmas antigos e novos precisam se unir para salvar Nova York e o planeta de uma segunda Era do Gelo.

Confira a programação nos cinemas de Goiânia e região:

Evidências do Amor

Flamboyant (Nacional) [Sala 5] – somente domingo 18h25| 20h50

Flamboyant (Nacional) [Sala 5] – menos domingo  19h25| 21h50

Flamboyant (Nacional) [Sala 8] – somente domingo 12h| 14h30| 17h| 19h30

Flamboyant (Nacional) [Sala 8] – somente sábado 13h| 18h10| 20h40

Flamboyant (Nacional) [Sala 8] – menos domingo 15h30

Flamboyant (Nacional) [Sala 8] – menos sábado e domingo 18h| 20h30

Passeio das Águas (Nacional) [Sala 3] – somente domingo 15h20| 17h45| 20h15

Passeio das Águas (Nacional) [Sala 3] – somente quinta e sexta-feira 21h10

Passeio das Águas (Nacional) [Sala 3] – menos domingo 16h20| 18h45

Passeio das Águas (Nacional) [Sala 5] – somente domingo 13h40

Passeio das Águas (Nacional) [Sala 5] – menos domingo 15h| 17h30| 20h| 22h30

Goiânia Shopping (Nacional) [Sala 4] – 14h20| 16h40| 19h| 21h20

Shopping Cerrado (Nacional) – somente sábado 13h45

Shopping Cerrado (Nacional) – 14h30| 17h15| 20h

Shopping Cerrado (Nacional) – 16h15| 18h45| 21h15

Centro Cultural Oscar Niemeyer (Nacional) [Sala 1] – 18h30| 20h40

Buriti Shopping (Nacional) [Sala 3] – 20h10

Buriti Shopping (Nacional) [Sala 5] – somente sábado e domingo 14h50

Buriti Shopping (Nacional) [Sala 5] – 17h| 19h10| 21h20

Aparecida Shopping:

11/04/2023 – Quinta-Feira: 14:35h – 17:00h – 19:25h – 21:50h

12/04/2023 – Sexta-Feira: 14:35h – 17:00h – 19:25h – 21:50h

13/04/2023 – Sábado: 14:35h – 17:00h – 19:25h – 21:50h

14/04/2023 – Domingo: 14:35h – 17:00h – 19:25h – 21:50h

15/04/2023 – Segunda-Feira: 14:35h – 17:00h – 19:25h – 21:50h

16/04/2023 – Terça-Feira: 14:35h – 17:00h – 19:25h – 21:50h

17/04/2023 – Quarta-Feira: 14:35h – 17:00h – 19:25h – 21:50h

 

Ghostbusters: Apocalipse de Gelo

Flamboyant (XD Leg) [Sala 1] – menos sábado e domingo 13h50| 16h25| 19h| 21h35

Flamboyant (XD Leg) [Sala 1] – somente sábado 13h40| 16h15| 18h50| 21h30

Flamboyant (XD Leg) [Sala 1] – somente domingo 12h40| 15h15| 17h50| 20h30

Flamboyant (Dub) [Sala 1] – menos domingo 14h50| 17h30| 20h15

Flamboyant (Dub) [Sala 1] – somente domingo 13h50| 16h30| 19h15

Passeio das Águas (Dub) [Sala 2] – somente quinta, sexta e sábado 16h45| 19h30

Passeio das Águas (Dub) [Sala 2] – somente domingo 16h45| 19h30

Passeio das Águas (Dub) [Sala 2] – somente segunda, terça e quarta-feira 20h30

Passeio das Águas (Dub) [Sala 4] – somente domingo 12h55| 15h30| 18h10| 20h50

Passeio das Águas (Dub) [Sala 4] – 13h55| 16h30| 19h10| 21h50

Goiânia Shopping (Dub) [Sala 5] – somente sábado e domingo 13h30

Goiânia Shopping (Dub) [Sala 5] – 16h

Goiânia Shopping (Leg) [Sala 5] – 18h30| 21h

Shopping Cerrado (Dub) – menos sábado 16h30

Shopping Cerrado (Dub) – 21h45

Shopping Cerrado (Macro XE Dub) – 15h15| 18h| 20h45

Buriti Shopping (Dub) [Sala 2] – somente sábado e domingo 14h30

Buriti Shopping (Dub) [Sala 5] – 16h50| 19h20| 21h40

Aparecida Shopping:

11/04/2023 – Quinta-Feira: 16:40h – 19:20h – 22:00h

12/04/2023 – Sexta-Feira: 16:40h – 19:20h – 22:00h

13/04/2023 – Sábado: 14:00h – 16:40h – 19:20h – 22:00h

14/04/2023 – Domingo: 14:00h – 16:40h – 19:20h – 22:00h

15/04/2023 – Segunda-Feira: 16:40h – 19:20h – 22:00h

16/04/2023 – Terça-Feira: 16:40h – 19:20h – 22:00h

17/04/2023 – Quarta-Feira: 16:40h – 19:20h – 22:00h

 

O Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças. Consulte sempre antes de sair de casa!

Filme que conta a história do Clube da Esquina estreia em cinema de Goiânia

Entra em cartaz nesta quinta-feira (28/3) no Cine Cultura, em Goiânia, o documentário ”Nada Será Como Antes”, de Ana Rieper, que explora a criação do álbum Clube da Esquina.

O enredo traz entrevistas com personalidades que formaram o grupo nos anos 1960, em Belo Horizonte, como Milton Nascimento, Lô Borges e músicos do porte de Nivaldo Ornelas, Toninho Horta, Beto Guedes, Robertinho Silva, Flavio Venturini, Wagner Tiso, Marcio Borges.

Também estreia o representante da Turquia para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, Ervas Secas, novo filme do prestigiado diretor Nuri Bilge Ceylan que chega ao Cine Cultura, em Goiânia.

O longa, que recebeu o prêmio de Melhor Atriz para Merve Dizdar no Festival de Cinema de Cannes de 2023, estreia nesta quinta-feira (28/3). Outra novidade da programação é No Submundo de Moscou, um filme russo de investigação, dirigido por Karen Shakhnazarov.

No fim de semana haverá sessões especiais e gratuitas de clássicos. No sábado (30/3), às 14h, será exibido o hilário Victor ou Vitória?, clássica comédia de 1993, dirigida por Blake Edwards. E no domingo (31/3), às 14h, Mulan, em sua encantadora versão original de 1998. A sessão é dublada e a classificação é livre.

E para quem não viu ainda, seguem em exibição no roteiro da sala os filmes Dias Perfeitos, A Menina Silenciosa e As Bestas.

O Cine Cultura é uma unidade da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás), e está localizado no Centro Cultural Marietta Telles Machado, na Praça Cívica, com funcionamento inclusive nos fins de semana.

Para os filmes do circuito comercial da sala o ingresso tem valor de R$10 (inteira) e R$ 5(meia). As entradas devem ser adquiridas na bilheteria da unidade, apenas em dinheiro. Lembrando que toda segunda-feira tem ingresso único de meia-entrada.

Sinopses

1º – Ervas Secas (2024, Turquia, 14 anos, 197 min, dir: Nuri Bilge Ceylan)
Samet é um jovem professor em um vilarejo remoto na Anatólia. Enquanto espera sua transferência para Istambul por quatro anos, uma série de acontecimentos o faz perder as esperanças. Até o dia em que conhece Nuray, uma jovem professora como ele.

2º – Dias Perfeitos (2024, Japão/Alemanha, 12 anos, 125 min, dir: Wim Wenders)
Hirayama leva uma vida feliz, conciliando seu trabalho como zelador dos banheiros públicos de Tóquio com sua paixão por música, literatura e fotografia. Sua rotina estruturada é lentamente interrompida por encontros inesperados que o forçam a se reconectar com seu passado.

3º – A Menina Silenciosa (2023, Irlanda, 14 anos, 96 min, dir: Colm Bairéad)
Cáit é uma menina de nove anos que tem uma família enorme, pobre e disfuncional. Com a aproximação de mais um parto de sua mãe, ela é enviada para a casa de parentes distantes, onde a menina silenciosa faz uma dolorosa descoberta.

4º – As Bestas (2024, França/Espanha, 16 anos, 137 min, dir: Rodrigo Sorogoyen)
Um casal francês se muda para uma vila no interior da Galícia. Eles levam vidas sossegadas, mas não têm uma boa relação com os vizinhos. Uma recusa, especificamente, acentua o desentendimento com dois irmãos, levando a situação ao limite.

5º – Monster (2023, Japão, 12 anos, 127 min, dir: Hirozaku Koreeda)
Uma mãe exige respostas do professor quando seu filho começa a agir de forma estranha.

6º – No Submundo de Moscou (2024, Rússia, 14 anos, 129 min, dir: Karen Shakhnazarov)
Moscou, 1902. O famoso diretor de teatro Konstantin Stanislavsky, em busca de inspiração para encenar uma nova peça, decide conhecer a vida “do submundo” da cidade. Ele pede ajuda a Vladimir Gilyarovsky, um reconhecido especialista no submundo de Moscou.

7º – Nada Será Como Antes (2024, Brasil, 10 anos, 79 min, dir: Ana Rieper)
O filme mergulha na musicalidade de um excepcional time de músicos – Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, Toninho Horta e outros – para entender como referências musicais diversas, e influências de paisagens, história e poesia refletiram em cada um deles e na música atemporal que criaram.

8º – Victor ou Vitória? (1982, EUA, 14 anos, 134 min, dir: Blake Edwards)
Paris, 1934. Victoria Grant é uma cantora lírica desempregada que conhece Carroll Todd, um cantor homossexual que foi recentemente demitido. Juntos, eles articulam um plano em que ela se faz passar por um homem, Conde Victor Grezhinski, que é um transformista, com o intuito de conseguir um emprego.

9º – Mulan (1998, EUA, Livre, 87 min, dublado, dir: Tony Bancroft e Barry Cook)
Para salvar seu pai da morte no exército, uma jovem solteira vai secretamente em seu lugar e se torna um dos maiores heróis da China no processo.

Confira a programação de 28/03 a 03/04:

Dias 28/03 e 29/03
14h – Dias Perfeitos (12 anos)
16h30 – No Submundo de Moscou (14 anos)
19h – Ervas Secas (14 anos)

Dia 30/03
14h – Clássico do Cultura: Victor ou Vitória (1982), de Blake Edwards (14 anos) – entrada gratuita
16h30 – Ervas Secas (14 anos)
20h – Dias Perfeitos (12 anos)

Dia 31/03
14h – Clássico Animado: Mulan (Livre) – entrada gratuita
15h45 – Nada Será Como Antes (10 anos)
17h20 – Dias Perfeitos (12 anos)
19h45 – As Bestas (16 anos)

Dia 01/04
14h – Dias Perfeitos (12 anos)
16h30 – No Submundo de Moscou (14 anos)
19h – Nada Será Como Antes (10 anos)
20h40 – A Menina Silenciosa (14 anos)

Dias 02/04 e 03/04
14h – Nada Será Como Antes (10 anos)
15h45 – Monster (12 anos)
18h10 – A Menina Silenciosa (14 anos)
20h – As Bestas (16 anos)

 

Veja também:

Adeus, Johnny Depp? Novo filme da franquia Piratas do Caribe será um Reboot

Uma das franquias live-action mais populares da Disney, a saga Piratas do Caribe já está a um bom tempo na geladeira, com rumores de um sexto filme a caminho há anos. Agora, no entanto, um dos produtores da saga – Jerry Bruckheimer – confirmou que o longa será um reboot, e não trará de volta nenhum personagem clássico.

Recentemente, Bruckheimer conversou com o Comic Book e foi questionado a respeito de algumas das franquias que produz – como Top Gun e Piratas do Caribe. Sobre os próximos filmes de ambas as sagas, ele deixou claro tudo depende do momento certo, e confirmou que Piratas 6 será um reboot:

“É difícil de dizer. Quando você não sabe, você realmente não sabe. Você não sabe quando eles vão se reunir. Você só não sabe. Porque com ‘Top Gun’, você tem um ator brilhante e icônico. E quantos filmes ele fez antes de ‘Top Gun’, eu não sei te dizer. Mas vamos fazer um reboot de ‘Piratas [do Caribe]’, então é mais fácil porque você não tem que esperar por certos atores.”

Essa é uma estratégia que faz sentido levando em conta tudo que veio até aqui, especialmente com Johnny Depp e suas polêmicas (que envolvem desde a longa batalha judicial contra sua ex-esposa, Amber Heard, até casos mais recentes de suposta agressão verbal e psicológica do ator – recentemente, o ator foi acusado de ter agredido a atriz Lola Glaudini, quando os dois filmavam Profissão de Risco, de 2001).

Há meses, se fala no futuro da franquia Piratas do Caribe. Originalmente, acreditava-se que Margot Robbie iria estrelar o sexto filme da franquia, mas o estúdio parece ter desistido do projeto. Por ora, ainda não sabemos qual é a história do novo filme e nem quais personagens iremos acompanhar.

Por outro lado, o roteiro do longa teria sido finalizado antes da Greve dos Roteiristas do ano passado, e muitos rumores indicam que Ayo Edebiri (de O Urso e Clube da Luta para Meninas) pode ser a protagonista desse novo projeto.

Sucesso de bilheteria

A franquia de fantasia é um dos grandes sucessos da Disney, com faturamento de mais de US$ 4,5 bilhões em venda de ingressos.

De 2003 a 2017, a Disney lançou cinco filmes de “Piratas do Caribe”. O de maior bilheteria foi “Piratas do Caribe: O Baú da Morte” (2006), o segundo da franquia, que sozinho arrecadou US$ 1,06 bilhão de bilheteria global.

Com elenco composto por Johnny Depp (Jack Sparrow), Keira Knightley (Elizabeth Swan) e Orlando Bloom (Will Turner), a série de filmes fez um sucesso absoluto em todo o mundo.

Hoje, os cinco filmes da franquia estão disponíveis na Disney+.

 

*Fontes: Legião dos Heróis; Popline

Veja também:

Remake da Saga Crepúsculo está confirmada (mas não da forma como a gente imagina)

Em abril de 2023, os fãs da saga descobriram que uma nova adaptação dos livros de Stephenie Meyer estava em desenvolvimento, desta vez em formato de série e temos novidades envolvendo a produção. Entretanto, Michael Burns, vice-presidente do estúdio Lionsgate, confirmou que o projeto será uma animação.

“Em breve vamos nos reunir com emissoras e serviços de streaming para vender o projeto do remake de Crepúsculo, que será uma série animada. Acredito que vamos atrair muito interesse com essa produção”, declarou Burns em uma conferência para mídia.

Ainda sem informações sobre uma possível data de estreia, elenco ou plataforma de exibição, a única confirmação oficial é que o enredo será baseado na história escrita por Stephenie Meyer – que conta com quatro livros sobre a história de Edward e Bella.

Vale lembrar que, em 2020, a saga voltou para lista de mais vendidos com Sol da Meia-Noite, que trouxe a narrativa do primeiro livro no ponto de vista de Edward.

Sucesso em todo mundo

Os cinco filmes da franquia se tornaram um fenômeno da cultura pop e arrecadaram mais de US$ 3,4 bilhões em todo o mundo.

O último longa, ‘A Saga Crepúsculo: Amanhecer – O Final‘, foi lançado em 2012 e arrecadou US$ 829,7 milhões pelo mundo, a partir de um orçamento de US$ 120 milhões.

Os filmes inspirados na obra de Meyer foram estrelados por Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner e se tornando um verdadeiro fenômeno entre o público até hoje.

Será que a nova produção conseguirá repetir o mesmo sucesso?

 

Veja também:

 

Grandes destaques no Oscar 2024, filmes ”Pobres Criaturas” e ”Anatomia de uma Queda” estreiam no streaming

Chegou nesta quarta-feira (20) ao streaming, mais precisamente no Star+, o filme ‘’Pobres Criaturas’’, dirigido por Yorgos Lanthimos e protagonizado por Emma Stone.

O longa, sobre uma mulher que questiona o mundo à sua volta, depois que é trazida de volta à vida por um cientista, levou quatro estatuetas no Oscar 2024: melhor atriz (Stone), maquiagem e cabelo, figurino e desenho de produção – o visual do filme impressiona.

Já nesta quinta-feira (21), chega ao Prime Video o longa ‘’Anatomia de uma Queda’’, dirigido por Justine Triet. O enredo mostra uma mulher (Sandra Huller, indicada à estatueta de melhor atriz) que se torna a principal suspeita da morte do marido e tem seu relacionamento com ele, assim como sua vida pessoal, revirada no julgamento.

A produção venceu o Oscar de melhor roteiro original (Triet e Arthur Harari), depois de premiado com a Palma de Ouro na última edição do Festival de Cannes.

No dia 31, é a vez de ‘’Zona de Interesse’’ chegar ao Prime. O longa de Jonathan Glazer, sobre um comandante de Auschwitz que vive uma vida tranquila com a família ao lado de um campo de concentração, foi vencedor nas categorias de melhor filme estrangeiro (Reino Unido) e melhor som, um dos destaques da produção.

Também no Prime, está disponível ‘’Ficção Americana’’, dirigido por Cord Jefferson e vencedor do Oscar de melhor roteiro adaptado (Jefferson) e que nem chegou a ser exibido nos cinemas brasileiras.

No caso do melhor filme eleito no ano pelo Oscar, “Oppenheimer”, que também venceu prêmios no Globo de Ouro e no BAFTA, estreia no Prime Video no próximo mês, em 7 de abril. No mesmo dia, o longa também ficará disponível no Telecine.

 

*Com informações Elle Brasil

Veja também:

Fica 2024 atrai produções de cinema de cinco continentes

Mais de mil filmes estão inscritos no Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica 2024). O evento será realizado de 11 a 16 de junho, na Cidade de Goiás, e vai destinar premiações que variam de R$ 5 mil a R$ 35 mil, além de troféus e menções honrosas. No total, serão selecionados seis longas-metragens e oito curtas-metragens, entre os quais, três são goianos.

A competição contará com produções de 76 países de continentes, com filmes para a Mostra Internacional Washington Novaes vindos de países da Ásia, América, África, Europa e Oceania. “O número de participantes superou nossas expectativas. Isso mostra a importância do Fica para o audiovisual brasileiro e de outros países”, avalia a secretária de Cultura, Yara Nunes.

No total, foram inscritas 900 propostas para a Mostra Internacional Washington Novaes; 103 para a Mostra de Cinema Goiano; 21 filmes da cidade de Goiás; e 54 para a Mostra Indígena e de Povos Tradicionais. Entre os brasileiros, estão produções de Roraima, Amazonas, Bahia, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

A 25ª edição do Fica é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em correalização com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE). O festival também conta com apoio do programa Goiás Social; das secretarias de Estado da Retomada; de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti); e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad); Universidade Estadual de Goiás (UEG), Instituto Federal de Goiás (IFG); Serviço Social do Comércio (Sesc) e Prefeitura da cidade de Goiás.

A programação é gratuita e contará com mostras competitivas, debates com grandes nomes do cinema nacional e internacional, atividades de cunho ambiental, além das atrações culturais.

Ela vai voltar! Personagem mais importante da franquia retorna em Pânico 7

”Hello, Sidney!” É ela mesmo, que está de volta para o próximo filme da franquia Pânico. A atriz Neve Campbell confirmou oficialmente seu retorno como Sidney Prescott em “Pânico 7”, após estar ausente no sexto filme da franquia lançado em 2023. A atriz fez o anúncio em suas redes sociais, revelando sua retomada do icônico papel da protagonista nos filmes slasher.

“Oi, pessoal! Estou muito animada para anunciar esta notícia!!! Sidney Prescott está voltando!!!! Sempre foi uma grande alegria e uma honra interpretar Sidney nos filmes “Pânico”. Meu carinho por esses filmes e pelo que eles significam para mim nunca diminuiu. Estou muito feliz e orgulhosa de dizer que me pediram, da maneira mais respeitosa possível, para trazer a Sidney de volta às telas e eu não poderia estar mais emocionada!!!”, celebrou a atriz.

Personagem Sydney Prescott retorna para ”Pânico 7” (foto: divulgação)

Além do retorno da atriz, a notícia traz outra novidade significativa: Kevin Williamson assumirá a direção do novo longa da franquia. Criador da história e responsável pelos roteiros dos primeiros quatro filmes, dirigidos por Wes Craven. O quinto e sexto longa ficaram a cargo de Tyler Gillett e Matt Bettinelli-Olpin.

Polêmicas anteriores

O diretor norte-americano Christopher Landon deixou o projeto um mês após a atriz Melissa Barrera, protagonista da nova era da franquia, ser demitida por postagens nas redes sociais em que presta apoio à Palestina. Jenna Ortega, que protagonizava o longa ao lado de Barrera, também deixou o projeto, alegando conflitos de agenda.

A volta de Neve Campbell como Sidney promete revitalizar a franquia e trazer uma nova dimensão à história, sob a direção de Williamson. Até o momento, a data de estreia de Pânico 7 não foi divulgada.

 

Veja também:

 

 

Cinema em Goiânia exibe clássico ”Duna” com entrada gratuita

O Cine Cultura, em Goiânia, terá duas sessões especiais de clássicos durante o fim de semana, ambas com entradas gratuitas.

No sábado (16/3), às 14h, será exibida a primeira versão de Duna, dirigida por David Lynch e lançada em 1984. Uma ótima oportunidade para fazer paralelo com a atual adaptação dirigida por Dennis Villeneuve.

Já no domingo (17/3), tem a sessão “Clássico Animado”, com a exibição de O Serviço de Entregas da Kiki, animação de 1989 e uma das mais ternas do mestre japonês Hayao Miyazaki, que foi agraciado no Oscar 2024 com seu novo filme, O Menino e a Garça.

Além disso, começa nesta quinta-feira (14/3) a Cinesemana do Cine Cultura, com a estreia do aguardado filme Monster, do prestigiado cineasta japonês Hirozaku Koreeda, que recebeu o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes de 2023. Na programação tem ainda a 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos, que será realizada de 18 a 21 de março, com entrada gratuita.

Ainda no roteiro da sala segue em cartaz os longas-metragens Priscilla, de Sofia Coppola; Bizarros Peixes das Fossas Abissais, dirigido por Marão; Folhas de Outono, do diretor Aki Kaurismäki, e Culpa e Desejo, da diretora Catherine Breillat.

Unidade da Secretaria de Estado da Cultura, o Cine Cultura está localizado no Centro Cultural Marietta Telles Machado, na Praça Cívica, com funcionamento inclusive nos fins de semana. Para os filmes do circuito comercial da sala o ingresso tem valor de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

As entradas devem ser adquiridas na bilheteria da unidade, apenas em dinheiro. Lembrando que toda segunda-feira tem ingresso único de meia-entrada.

Programação de 14 a 21/03:

Dias 14 e 15/03
14h15 – Bizarros Peixes das Fossas Abissais (Livre)
15h45 – Folhas de Outono (14 anos)
17h30 – Monster (12 anos)
20h – Culpa e Desejo (16 anos)

Dia 16/03
14h – Clássico do Cultura: Duna (1984), de David Lynch (14 anos) – entrada gratuita
16h30 – Bizarros Peixes das Fossas Abissais (livre)
18h – Monster (12 anos)
20h30 – Folhas de Outono (14 anos)

Dia 17/03
14h – Clássico Animado: O Serviço de Entregas da Kiki, de Hayao Miyazaki (Livre) – entrada gratuita
16h – Priscilla (16 anos)
18h15 – Folhas de Outono (14 anos)
20h – Monster (12 anos)

Dia 18/03
13h45 – Monster (12 anos)
16h15 – Culpa e Desejo (16 anos)
18h – 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos: Coquetel e cerimônia de abertura
19h30 – 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos: Nas Asas da Pan Am (Livre) – entrada gratuita

Dia 19/03
09h – 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos: Um Filme de Verão (14 anos) – entrada gratuita
14h – Monster (12 anos)
16h30 – Culpa e Desejo (16 anos)
19h – 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos: Curtas 1 (14 anos – entrada gratuita

Dia 20/03
09h – 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos: Curtas 2 (14 anos – entrada gratuita
14h – Monster (12 anos)
16h30 – Culpa e Desejo (16 anos)
19h – 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos: Curtas 3 (14 anos) – entrada gratuita

Dia 21/03
14h – Monster (12 anos)
16h30 – Culpa e Desejo (16 anos)
19h – 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos: A Bolsa ou a Vida (10 anos) – entrada gratuita