Curtas: Adriana tenta furar a bolha da esquerda, enquanto Gayer aposta no bolsonarismo

Prováveis adversários na disputa pela Prefeitura de Goiânia, Adriana Accorsi (PT) e Gustavo Gayer (PL) adotaram estratégias opostas. Procurada pela coluna, a petista informou, por meio de nota, que segue em contato com partidos de centro e de direita na tentativa de fortalecer sua base. Gayer, até o momento, permanece apostando suas fichas no mesmo bolsonarismo que o elegeu deputado federal.

Para Adriana, o desafio também está em unir a própria esquerda, uma vez que legendas historicamente próximas ao PT têm interesse em concorrer ao Paço. O PCdoB, por exemplo, lançou o ex-deputado estadual Fábio Tokarski para prefeito. No sentido oposto, o PV retirou a pré-candidatura de Cristiano Cunha para apoiar a petista. “São dois partidos importantes e com legitimidade para apresentar seus candidatos. Seguimos conversando com o PCdoB, uma vez que nossa convicção é pelo diálogo na construção de uma cidade mais democrática”, afirmou à coluna.

Considerado um dos principais apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Gayer ainda não demonstrou interesse em conversar com partidos fora da base do bolsonarismo. Para cientistas políticos, o maior desafio do parlamentar será romper as fronteiras do seu nicho e se mostrar como opção viável ao Executivo.

Quer diversidade
Adriana Accorsi também declarou que vai procurar outros setores da sociedade em busca de apoio. “Lançamos um movimento para reunir os mais diversos grupos, organizações e entidades”, garantiu à coluna.

Em alta
Oficialmente filiado ao MDB, o ex-prefeito Gustavo Mendanha é quem vai dar as cartas na escolha da nova direção do União Brasil, em Aparecida de Goiânia. A decisão é do próprio governador Ronaldo Caiado, que conta com o emedebista para fortalecer a legenda no município.

Ato pró-Bolsonaro
Caiado e Mendanha, inclusive, estarão juntos no ato convocado por Bolsonaro, que será realizado no próximo domingo (25), em São Paulo. Wilder Morais, Professor Alcides, Gustavo Gayer, Daniel Agrobom, Major Araújo, Major Vitor Hugo e Lissauer Vieira – todos do PL -, Magda Mofatto (PRD) e Márcio Corrêa (MDB) também já confirmaram presença.

Detalhe
Dos goianos que estarão no palanque de Bolsonaro, quatro são pré-candidatos às prefeituras de suas cidades. Além de Gayer, que concorrerá na capital, também estão em pré-campanha: Professor Alcides (Aparecida de Goiânia), Márcio (Anápolis) e Lissauer (Rio Verde).

Entrou no jogo
Dono do bordão “faço questão da sua companhia”, o jornalista Matheus Ribeiro (PSDB) anunciou o lançamento oficial de sua pré-candidatura a prefeito de Goiânia. O evento ocorrerá em 2 de março, no Secovi Goiás.

Concorrência?
Embora tenha a preferência do ex-governador Marconi Perillo, o jornalista não é o único interessado na vaga. A vereadora Aava Santiago, o ex-deputado federal Valdivino de Oliveira, e a ex-secretária de Educação, Raquel Teixeira, também são cotados.

Pra valer
Raphael da Saúde (DC) é o mais novo vereador de Goiânia. Assumiu a vaga de Gabriela Rodart, cujo mandato foi cassado por infidelidade partidária. Eleita pelo Democracia Cristã, Rodart migrou para o PTB, em mudança não reconhecida por sua legenda de origem. Raphael obteve 2.618 votos nas eleições de 2020 e estava na suplência do partido.

Legislativo:
Reconhecimento A Câmara de Goiânia aprovou projeto de lei para reconhecimento da Feira da Lua como Patrimônio Cultural Imaterial do Município. A autoria é do vereador Veloso (PL).

Lei Kethleen Carneiro – Os vereadores também aprovaram, em segunda votação, o projeto de lei proposto por Aava Santiago, que garante à paciente, durante atendimentos ginecológicos, a presença de profissional de saúde do sexo feminino ou de acompanhante pessoal indicado pela paciente.

Goiânia promove Festival Internacional de Cinema com inscrições gratuitas

Entre os dias 11 e 14 de maio, acontece o I Festival Internacional de Cinema de Goiânia – Goiânia International Film Festival (I GIFF), com o tema ‘’Cinema e Conexões’’, com destaque para produções latino-americanas que desempenham um papel de valorização às tradições locais. O festival é aberto para cineastas de todo o Brasil, que podem ter a chance de ver suas obras exibidas no evento, que acontece em formato online.

Com inscrições gratuitas, os interessados podem cadastrar curtas (até 49 minutos) e longas-metragens (a partir de 50 minutos), obras de diferentes gêneros e tipologias até o dia 7 de março, por meio do site giff.art.br.

Após essa primeira etapa, os filmes serão selecionados por uma curadoria diversa e especializada, que estará atenta às produções que evidenciam e valorizam a cultura e tradição latino-americana.

Após selecionados, serão divididos em mostras com recortes temáticos, onde não haverá categoria competitiva para esta primeira edição. As produções serão exibidas gratuitamente para toda a população goiana e brasileira.

A iniciativa é promovida pela CDS Filmes e realizada com recursos oriundos da Lei Aldir Blanc, captada por meio do Edital de Festivais e Eventos de Arte Aldir Blanc da Secretaria de Estado Cultura de Goiás.

Para mais informações, acesse o regulamento: giff.art.br/regulamento

 

Serviço:

I Festival Internacional de Cinema de Goiânia

Quando: inscrições até 7 de março no site oficial

Realização do festival: 11 a 14 de maio

Gratuito

 

 



Imagem: Getty Images / Ilustrativa

HBO lança minissérie com o 14 Bis do goiano Alan Calassa

A minissérie que será lançada no próximo dia 10 de novembro, terá 6 episódios de encantar os olhos, fazendo qualquer espectador se imaginar dentro do cenário lá do inicio doséculo XX. Ela conta com diversos arquétipos elaborados pelo goiano Luan Calassa, produzidos todos artesanalmente, sendo réplicas perfeitas dos aviões 14 Bis e Demoiselle.

O longa que conta toda trajetória do grande aviador Alberto Santos Dumont, a produção acompanha a trajetória do aviador desde a infância nos cafezais de sua família, no interior de Minas Gerais, até os requintados salões e aeroclubes da linda Paris, se passa em um cenário entre as décadas de XIX e inicio de XX em língua francesa. E segundo o diretor Estevão Ciavatt, foi bem difícil reproduzir ela no idioma francês. A série é lindamente interpretada pelo ator João Pedro Zappa que assume o papel do personagem principal na trama.

Rica em detalhes românticos, os roteiristas Pedro Motta Gueiros e Gabriel Mariani Flaksman tiveram todo cuidado e delicadeza ao contar a história do personagem de forma inerente, respeitando as singularidades da vida pessoal do protagonista e de suas grandes criações: O avião ’14 Bis’ e o famoso ‘Demoiselle’. No teaser dos bastidores do filme, o diretor do curta Estevão Ciavatt conta que apostaram muito em recriar tentando ser o mais fiel possível para transportar o espectador àquela época.

“É uma das séries mais complexas já feitas no Brasil”. Ele é um personagem muito enigmático. A gente tem pouca informação sobre a vida pessoal. O nosso desafio foi: como que a gente vai juntar esses pontos históricos?”, explica O diretor da minissérie: Fernando Acquarone.

O esplendoroso 14 Bis foi inventado no ano de 1906. Dumont realizou seu primeiro voo inaugural em 12 de novembro daquele ano, conquistando o Prêmio Archdeacon e o Prêmio do Aeroclube da França em Paris, ao realizar um voo de 220 metros. É exatamente este o momento mais marcante do longa, a criação da cenas de reprodução do primeiro voo com da engenhoca mais famosa do século XX, o fabuloso 14 Bis. Nos dias atuais existem no mundo apenas 3 réplicas fiéis do 14 Bis, e ninguém melhor que um goiano para criar uma engenhoca incrível dessas.

Alan Calassa foi o primeiro engenheiro a replicar o avião com materiais idênticos aos originais, e ainda conseguiu fazer ele alçar voo. Suas réplicas ficaram famosas em todo o mundo, e hoje Paris (cidade de origem do primeiro voo do 14bis) e Portugal possuem duas peças em exposições permanentes nos museus: Musée de L’Air (Paris), e no Museu do Ar, em Sintra (Portugal). Mas não só de 14 Bis vive o engenheiro Alan Calassa, o gênio conseguiu reproduzir também o arquétipo do modelo Demoiselle (único modelo restante do acervo Santos Dumont) que inclusive sobrevoa também em algumas cenas da Minissérie. Demoiselle era um modelo bastante avançado para a época, que se aproximava da primeira Guerra Mundial, quando Dumont colocou fogo em todas as suas engenhocas, exceto o modelo Demoiselle. Por isso Alan teve grande dificuldade para criar artesanalmente outros protótipos do visionário. A produção da minissérie não economizou em tecnologia, utilizaram guindastes para construir a base do avião, e tecnologia de computação gráfica para deixar tudo mais realista possível.

4c673e27c9f7035c01d799b0fb8d98f6.jpg

“Mesmo com toda a tecnologia atual, foi difícil construir. imagine isso há um século”, compara Alan Calassa.

Uma engenhoca com tanta perfeição que o próprio Alan afirma que há 99% de originalidade em suas peças. Fato esse que encantou os produtores da série como explica um de seus diretores Fernando Acquarone “O Alan Calaça é a única pessoa no mundo que sabe pilotar um 14 Bis, é a única pessoa que sabe projetar um 14 Bis. Esse projeto não seria possível sem a presença dele”. expressa.

Os diretores do filme são: Fernando Acquarone e Estevão Ciavatta, produtores: Eduardo Zaca e Roberto Rios. E roteiristas: Pedro Motta Gueiros e Gabriel Mariani Flaksman.

Conheça ps segredos e construção por trás da série no vídeo!

 

9675b053fe987db3f47933431e627e15.jpgFoto: Miguel Filho

9a20146d6ced8cda128b79bd30c775b6.jpg

9fb15aab3c92efba7206d5260e08ada5.jpg

bcb080feb09bf336c10e3d1d4ca3e488.jpg

de7b3266b83e5a8560a74fa8fc97dfe0.jpgFotos: Alan Calassa / arquivo pessoal

2f60fe1a65beeb3c57293c9c1194f409.png

Siga Curta Mais nas redes sociais:

Curta Mais no Facebook

Curta Mais no Instagram

Curta Mais no Twitter

 

Goiânia recebe a 18ª Mostra Curtas com entrada gratuita

Escrito por Etielly Haag

 

Considerado um dos festivais de curtas-metragens mais expressivos dos país, a 18ª Goiania Mostra Curtas é composta por cinco mostras competitivas: Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás, Curta Mostra Animação, Curta Mostra Cinema nos Bairros e 17ª Mostrinha. A Mostrinha em especial é voltada inteiramente ao público infanto-juvenil e geral interessado, que articula a rede pública de ensino do estado e município.

O evento conta também com vasta programação paralela como lançamentos literários, palestras, debates, atividades de formação, painéis, mesas-redondas e oficinas que são essenciais para a formação, qualificação e amadurecimento das produções e dos profissionais participantes.

O festival continua cumprindo seu inquestionável papel na democratização, difusão, estímulo à produção e profissionalização do audiovisual goiano e nacional.

 

SERVIÇO:

18ª Goiânia Mostra Curtas

Data: 2 a 7 de outubro (terça a domingo)

Local: Teatro Goiânia – Av. Tocantins, 503-561 – St. Central, Goiânia – GO, 74015-005

Entrada franca.

 

Foto: divulgação

Cinema Lumiére exibirá três filmes em uma só sessão com entrada gratuita

No dia 2 de agosto, o Cinema Lumiére do Shopping Bougainville exibirá, em sessão única, três filmes em curta metragem realizados em Goiás por diretores goianos.

Serão lançados os filmes ‘Solo’ e ‘Ruína’, de Alailson Bernardo, e ‘Intocável’, de Matheus Medeiros.

O ator global Julio Rocha, que estrela ‘Ruína’, estará presente no lançamento.

6aeebaac7969457dd15a699940587513.jpg

A grande sessão terá início às 19h e a entrada é gratuita (ingressos limitados).

Vale lembrar que os Supermercados Bretas vendem ingressos 2D e 3D para os Cinemas Lumiére por valores menores que a meia entrada em suas unidades de Goiânia e Catalão. 

SERVIÇO
Cine Trinca – Lançamento dos curtas ‘Solo’, ‘Ruína’ e ‘Intocável’.
Quando: 2 de agosto
Onde: Cinema Lumiére do Shopping Bougainville
Horário: 19h
Ingressos: gratuitos

11 séries perfeitas para assistir em um só dia no Netflix

Tem fins de semana em que tudo o que queremos é passar os dias deitados e ligados no Netflix, não é verdade? Mas às vezes também dá muita preguiça de assistir a uma série sabendo que a sua história só vai concluir depois de cinco ou mais temporadas… É pensando em você que o Curta Mais separou onze séries curtinhas que você pode assistir até o fim em apenas um dia (às vezes, uma tarde!).

Confira:

Happy Valley

26df4c4f16c2a46991bc8c19a829ec00.jpg

Precisando de dinheiro, Colin Weatherill planejou o sequestro da filha de seu chefe, Ann Gallagher, mas acaba desistindo do plano. O que ele não esperava é que o crime realmente ia acontecer, pelas mãos de Ashley Cowgill, chefe do tráfico local. Agora cabe à policial Catherine Crowther (Sarah Lancashrie em atuação genial) resgatar a jovem, enquanto procura por Tommy Lee Royce, o homem que acredita que é responsável pelo estupro que levou sua filha ao suicídio.

Perfeita para quem adora um suspense de parar a respiração. A história da primeira temporada se encerra em seu último episódio, mas, caso goste muito (e com certeza vai gostar), a segunda temporada também está no Netflix.

American Crime Story

a18f929ec2d8ef02d90764a69f478afc.jpg

O julgamento de O.J. Simpson. Ex-jogador de Futebol Americano, Orenthal James foi acusado em 1994 de assassinar a esposa, Nicole Brown, e o amigo Ronald Goldman. Contado através da perspectiva dos advogados que conduziram o caso, a série explorara os acordos feitos de maneira informal e as manobras políticas conduzidas por ambos os lados envolvidos.

Prato cheio para entusiastas das excelentes histórias.

Freaks and Geeks

15af043ad7c01b5b2f2e23092fa66593.jpg

A jovem Lindsay Weir é uma das garotas mais inteligentes de sua escola, participando de grupos de estudos e competições de matemática. Após a morte da avó, ela muda seus hábidos e começa a conviver com um grupo de “ovelhas negras” do colégio, os freaks Daniel , Kim, Nick e Ken. Bem mais novo, o irmão de Lindsay, Sam também sofre com o dia a dia estudantil. Ao lado dos geeks Neal e Bill, ele convive com a chegada da adolescência.

Serve, além de horas de diversão, de registro histórico da estreia de Seth Rogen e James Franco.

Friends With Benefits

6de91ac9f40750d185a91c85bc330bc2.jpg

Friends With Benefits é a história de cinco amigos vivendo em Chicago, e os relacionamentos que estão buscando. Alguns procuram por relacionamentos sérios, e outros apenas por diversão. E algumas vezes eles até mesmo recorrem uns aos outros para apoio moral e até para alguns “benefícios extras”.

É tão boa que você não vai querer que acabe.

Making a Murderer

c41ca84a4ecfe52c6e69af9e58836ff9.jpg

O documentário conta a história de Steven Avery. Após ter passado 18 anos preso por um crime que não cometeu, ele consegue a liberdade devido a um exame de DNA que prova sua inocência. A história vira notícia e, quando está prestes a ganhar uma gigantesca indenização pelo Estado, Avery se torna o principal suspeito do assassinato da fotógrafa e jornalista Teresa Halbach. Em dez episódios, a série acompanha a investigação, o julgamento e todas as contradições que giram em torno do caso.

Sua nova chance de conferir a série que motivou uma série de debates sobre força policial e Justiça quando lançada.

Shadow of Truth

b7c3a524966dd3646740db04935f26fa.png

Um documentário em quatro partes que examina o misterioso assassinato de Tair Rada, uma colegial israelita que foi encontrada morta com traços de violência brutal no banheiro de sua escola em um dia comum.

Seguindo os traços de Making a Murderer, esta promete te chocar e impactar como poucos filmes em menos de quatro episódios.

The Driver

eb4b73737c1cdf9edf87579a5efb8726.jpeg

O taxista Vince Mckee vê sua vida tomar uma virada inesperada depois que ele aceita oferecer uma corrida para uma gangue de criminosos.

Esta é daquelas que fazem você lamentar não haver uma segunda temporada.

Top of The Lake

d711b0b97544f7b3136f56d56f1eea3e.jpg

A detetive Robin Griffin (Elisabeth Moss) precisa descobrir o que aconteceu com Tui Mitcham (Jacqueline Joe) e está decidida a encontrar o narcotraficante Matt Mitcham Peter Mullan), o pai da menina, para obter mais informações. Mas, no caminho, ela se depara com o líder espiritual GJ (Holly Hunter) e percebe que a cidade esconde mais segredos do que ela imaginava.

Essa segue o exemplo de Happy Valley, fazendo um sucesso tão grande que uma segunda temporada foi inevitável. Mas para quem tem pressa, uma temporada basta para que se entenda a história.

Ascension

9adf0c3ec6a1204d30302e858d12c128.jpg

Em 1963, o governo americano lançou uma missão espacial com centenas de homens, mulheres e crianças em uma longa viagem a bordo da espaçonave Ascension. 50 anos depois, quando eles estão perto de retornar, o misterioso assassinato de uma jovem mulher faz a população da nave questionar a verdadeira natureza da viagem.

Suspense de primeira que faz pensar por que não conquistou um público maior!

Terriers

57d58dfbae9e3cbbcdda5d706e19953d.jpg

Terriers gira em torno do ex-policial e ex-alcoólatra, Hank Dolworth e de seu melhor amigo, Britt Pollack, que se unem para iniciar um negócio de investigação particular não licenciado. Hank é um detetive particular que soluciona crimes usando a experiência de sua vida desregrada e Britt, um amigo nem sempre dentro da lei.

Até hoje nenhum de seus fãs entendeu por que a série não teve continuidade.

Easy

fbb1b2afda72aed64a29f3cec3ac44a6.jpg

Diferentes residentes de Chicago vivem suas vidas peculiares na cena cultural-tecnológica-amorosa-sexual da cidade dos ventos. Com uma história particular em cada episódio, a série investiga as novas configurações dos relacionamentos amorosos contemporâneos.

Assim como Black Mirror, essa você pode assistir aos episódios sem obedecer a uma ordem estabelecida, como se cada um fosse um filme em particular.

Janela de Curtas: sessão especial de curtas-metragens brasileiros acontece no Cine Cultura em Goiânia com entrada franca

Em parceria com a revista Janela, o Cine Cultura exibe nesta quarta-feira, 14 de dezembro, a ‘Janela de Curtas‘, uma sessão especial dedicada a alguns dos curtas-metragens brasileiros que mais circularam em festivais nos últimos anos, recebendo prêmios nacionais e internacionais.

A entrada é gratuita!

 

PROGRAMAÇÃO

Sessão DE BOA (classificação 16 anos) – 18h30

1. HANDEBOL (Anita Rocha da Silveira, 2010, 19 minutos)
2. INCÊNDIO (Karen Akerman e Miguel S, Lopes, 2013, 23 min)
3. QUINTAL (André Novais Oliveira, 2015, 20 minutos)
4. A OUTRA MARGEM (Nathália Tereza, 2015, 25 minutos)
5. TATAME (Daniel Nolasco e Felipe Fernandes, 2016, 21 minutos)

Sessão PROIBIDONA (classificação 18 anos) – 20h30

1. VINIL VERDE (Kleber Mendonça Filho, 2004, 16 minutos)
2. ZIGURATE (Carlos Eduardo Nogueira, 2009, 20 minutos)
3. SOB A PELE (Daniel Bandeira e Pedro Sotero, 2013, 19 min)
4. O MEMBRO DECAÍDO (Lucas Sá, 2012, 17 minutos)
5. O DESEJO DO MORTO (Ramon Porto Mota, 2013, 33 min)

 

S E R V I Ç O

Janela de Curtas

Quando: 14 de dezembro (quarta-feira)

Onde: Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Doutor Pedro Ludovico Teixeira, 2 – Centro

Horário: à partir das 18h30

Entrada franca

Premiado cantor pernambucano Johnny Hooker faz show gratuito em Goiânia

O premiado cantor pernambucano Johnny Hooker faz pocket show gratuito no Teatro Goiânia, no dia 06 de outubro, na abertura do 15º Goiânia Mostra Curtas a partir das 20h, um dos mais importantes festivais de cinema do estado de Goiás.

 

Johnny Hooker

Ganhador do prêmio de melhor cantor da 26ª Edição do Prêmio da Música Brasileira, Johnny Hooker une o rock a elementos da música popular, como o frevo e o samba, criando ritmos e refrões poderosos. Suas composições foram trilha sonora para o filme nacional “Tatuagem” e a canção “Amor Marginal” foi utilizada como trilha sonora da novela “Babilônia”, da Rede Globo.

 

Ouça “Amor Marginal”, de Johnny Hooker

 

Goiânia Mostra Curtas

Em sua 15ª edição, um dos maiores festivais de cinema do estado continua sua missão de valorizar a arte local, promover o cinema goiano e qualificar os profissionais da área: além das mostras de produção cinematográfica local, o Goiânia Mostra Curtas promove também cursos, oficinas e debates.

 

Pocket show com Johnny Hooker, na abertura do 15° Goiânia Mostra Curtas

Quando: 06/10

Horário: A partir de 20h

Onde: Teatro Goiânia

Endereço: Avenida Tocantins com Avenida Anhangüera, Qd. 67 Lt. 32 Setor Central

Evento Gratuito

Informações:Goiânia Mostra Curtas

Confira a programação completa do festival clicando aqui.

Festival Internacional de Documentários em Goiânia

Começa hoje, na Sala Eduardo Benfica do Cine Goiânia Ouro, o II Festival Fronteira- Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental em Goiânia. Serão 110 filmes exibidos, em sua maioria inéditos no Brasil.  O público poderá conferir exibições em DCP (Digital Cinema Package), 35mm e 16mm, mostras especiais, debates e sessões comentadas. Para a abertura do Festival foram selecionados dois destaques do cinema: “Ragazzi”, do argentino Raul Perrone, e “Hit 2 Pass”, do canandense Kurt Walker, que não estará competindo com os demais. O objetivo do Fronteira é difundir e gerar uma reflexão sobre o cinema documental e experimental, desafiando os limites da linguagem e do gênero. Para conferir a programação completa visite: www.fronteirafestival.com

 

Aproveite!

Quando:  De 20 a 29 de Agosto 

Horário: A partir das 19hs

Onde: Cine Goiânia Ouro 

Endereço:  Rua Três,  Nº 1016 – Centro

Informações: 62 3524-2542

Entrada Franca

 

Todo conteúdo desse site é de direito reservado ao Curta Mais.

Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização expressa e formalizada do veículo.

Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.

Curta Mais – Todos os direitos reservados.

 

Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças na programação ou localização aqui divulgados.

Ligue sempre com antecedência para confirmar as informações e não perder viagem.

Goiânia Mostra Curtas recebe inscrição de filmes até quinta-feira

Mais de 700 filmes produzidos nas cinco regiões brasileiras já estão participando do processo seletivo da 15ª Goiânia Mostra Curtas, realizada entre 6 e 11 de outubro, deste ano. Os candidatos podem se inscrever até o dia 30 de julho para as cinco mostras competitivas do festival. De acordo com o edital, cineastas de todo o país poderão inscrever curtas-metragens nos gêneros ficção, documentário, experimental e animação, realizados a partir de 1º de janeiro de 2014. Para participar, os filmes precisam ter formato digital e duração máxima de 25 minutos. O regulamento completo e o formulário online para inscrição estão disponíveis no site www.goianiamostracurtas.com.br.

A lista de filmes classificados para a edição comemorativa dos 15 anos do festival será conhecida em 1º de setembro, data marcada para o lançamento oficial da Goiânia Mostra Curtas. Na ocasião, além dos curtas selecionados, o Icumam também dará publicidade à programação geral do festival, incluindo a temática especial desta décima quinta edição. Os trabalhos selecionados vão integrar a programação da Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás, Curta Mostra Municípios, Mostrinha e Curta Mostra Cinema nos Bairros. Viabilizada por meio de parceria com a indústria cinematográfica, a premiação compreende produtos e serviços que incentivam a produção de novos curtas-metragens.

O 15° Festival Goiânia Mostra Curtas é uma realização da Icumam – Instituto de Cultura e Meio Ambiente – com patrocínio da Petrobras e busca outros parceiros junto a empresas e organizações do terceiro setor.  

 

SERVIÇO

15ª Goiânia Mostra Curtas – Abertura de inscrições

Prazo: Até 30 de julho de 2015

Mais informações e regulamento: www.goianiamostracurtas.com.br