Goiânia aparece com vários carros capotados em diversos pontos; entenda

Moradores e motoristas foram surpreendidos com diversos carros capotados espalhados pelas ruas de Goiânia. A ação é uma campanha do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) para o carnaval.

Segundo o órgão, 10 carros capotados foram instalados em avenidas da capital durante a madrugada de sexta-feira (2) e sábado (3). A campanha surpreendeu os motoristas e recebeu elogios nas redes sociais.

“Aqui na minha cidade o marketing é genial”, publicou Rafael Rodrigues nas redes sociais. “E eu pensando que eram acidentes de verdade! Graças a Deus que não aconteceu nada!”, comentou a cirurgiã-dentista Vivian Vianna.

Veja pontos onde os carros capotados foram instalados:

Avenida Castelo Branco;

Avenida 85;

Avenida 136;

Avenida Perimetral, próximo ao Passeio das Águas;

Avenida Leste/Oeste;

Avenida Consolação/GO.060;

Avenida T-63;

Avenida do Contorno (depois da Mangalô);

Avenida Vera Cruz, na rotatória de acesso ao Aldeia do Vale;

Avenida 4ª Radial, próximo à Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM);

Uma moto em frente ao Detran-GO (ainda em produção).

Em entrevista ao g1, o Delegado Waldir explicou que o objetivo da campanha, intitulada Vira, Vira, Vira, Virou: Não deixe o carnaval virar uma tragédia, é alertar os motoristas sobre os riscos de dirigir bêbado e em alta velocidade.

“Trouxemos essa imagem para sensibilizar os motoristas goianos. Beber e dirigir pode causar situações assim e mortes”, afirmou.

Os carros capotados ficarão nas avenidas até o fim de fevereiro. Segundo o presidente do Detran, as instalações ainda receberão novos itens para intensificar a campanha. “Vão receber novos ingredientes para apimentar”, afirma.

Infrações

Conforme dados do site do Detran-GO, em fevereiro de 2023, foram registrados 413 infrações por dirigir sob influência de álcool, 849 por recusa ao teste do bafômetro e mais de 174 mil por excesso de velocidade.

Até o dia 6 de fevereiro deste ano, o órgão já aplicou 216 multas por excesso de velocidade, 5 por recusa ao teste do bafômetro e uma por dirigir sob influência de álcool. Waldir diz que espera que os números se mantenham baixos.

 

*g1

Veja também:

 

 

 

Detran GO faz primeiro concurso público da história com mil vagas e salário inicial de R$ 4,2 mil

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) deve realizar o primeiro concurso público de sua história. O certame está previsto para o próximo ano com salário inicial de R$ 4.258. A criação de quadro próprio, com a estruturação da carreira, visa ampliar a rede de atendimento da autarquia e aperfeiçoar os processos de habilitação, educação de trânsito e fiscalização.

O projeto de lei de autoria da Governadoria, com a criação de mil cargos de Agentes de Trânsito e Examinadores, foi aprovado na última semana, em segunda votação, pela Assembleia Legislativa de Goiás. A iniciativa abre caminho para a realização concurso público. Criado em julho de 1980, o Detran-GO nunca realizou nenhum certame. Atualmente, a maioria dos servidores da autarquia é composta por comissionados e temporários.

Os cargos aprovados são de nível superior em qualquer área de formação. A carga horária de 40 horas semanais com possibilidade de trabalho em finais de semana e feriados conforme a necessidade e o interesse público. O projeto ainda deverá ser sancionado pelo governador Ronaldo Caiado.

“Estamos trabalhando para profissionalizar cada vez mais nossos serviços. O governador Ronaldo Caiado está investindo na melhoria e a ampliação dos atendimentos com inteligência. Em breve, teremos reforço nos quadros com técnicos e especialistas. Isso nos permitirá aperfeiçoar a formação de condutores e a fiscalização de trânsito”, pontua o presidente do Detran-GO, Delegado Waldir.

Uma das preocupações da administração é aumentar o número de bancas examinadoras com possibilidade de realização dos serviços nos 246 municípios goianos. “Queremos proporcionar mais dignidade e economicidade para todos cidadãos, evitando que tenham que se deslocar de seu município para realizar provas”, explica.

A ampliação do quadro de servidores da autarquia permitirá ainda que haja maior poder fiscalizatório. Atualmente, a fiscalização é realizada por meio de convênios com a Polícia Militar e a Guarda Civil Metropolitana de Goiânia. “Temos necessidade de atuar em várias frentes e a falta de pessoal termina sendo um empecilho”, ressalta Delegado Waldir.

Além da fiscalização de trânsito, a autarquia atua na fiscalização e controle das atividades dos permissionários – Centros de Formação de Condutores, clínicas, oficinas e empresas de desmonte e comércio de peças usadas. “Nossa meta é inibir atividades clandestinas, oferecendo maior segurança aos usuários dos serviços. Para isso, precisamos de mais profissionais”, finaliza.

Goiano dá seta? Especialista explica importância!

Goiás é um dos estados mais exuberantes do Centro-Oeste, quiçá do Brasil. É conhecido por muitas coisas: uma cultura rica, vibrante cena gastronômica e sua beleza natural, cheia de paisagens de tirar o fôlego. No entanto, quando se trata de trânsito, nos deparamos com uma realidade bem menos encantadora. 

O trânsito de Goiânia é um desafio diário para seus habitantes e visitantes, sejam os congestionamentos, ou até vias inadequadas, com buracos e falta de sinalização. O transporte público também é alvo de reclamações. Além da falta de educação (mesmo que pareça o mínimo) no trânsito.

A semana nacional do trânsito se inicia no dia 18 e vai até o dia 25 de setembro, e pensando nisso, o Guia Curta Mais conversou com Marcos Rothen, Engenheiro de Transportes e Professor do Instituto Federal de Goiás, para falar um pouco sobre a educação no trânsito e a falta do uso de setas.

“É facilmente observado em Goiânia que grande parte dos motoristas e motociclistas agem de forma egoísta, muitos não pensam que estão prejudicando os outros e culturalmente acham isso normal. A grande maioria sabe que existe a seta. Um exemplo é quando um pedestre vai atravessar numa via transversal e o motorista vai fazer a conversão, o motorista só dá a seta quando está próximo do pedestre, ou seja ele sabe a importância, mas não teve a preocupação de usá-la antes para orientar o pedestre.”, comentou o professor.

De acordo com dados do Detran-GO, de 2022 para 2023, os acidentes de trânsito no estado de Goiás cresceram 4,23% de janeiro a agosto deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Foram 63.445 em 2022 contra 66.127 em 2023.

ffd7ab34700b426fc46b173d7df8ef11.png

Foto: Reprodução

De acordo com Rothen, os problemas que a falta da seta podem causar são imensuráveis. “Em primeiro lugar vem a segurança, pois o outro motorista ou o pedestre pode ser surpreendido por um movimento que não fora avisado. Além do pedestre, um caso muito comum em Goiânia é o motorista parar no meio do fluxo, às vezes para procurar uma vaga para estacionar ou algum endereço, e para de repente, isso pode causar uma colisão na traseira pela surpresa do motorista que vem atrás.”, o especialista ainda cita alguns casos onde a seta (ou a falta dela) podem atrapalhar no fluxo do trânsito.

“Os motoristas também precisam entender que qualquer alteração no movimento que pretendam fazer devem ser feitas com antecedência. E devem sinalizar sempre e não só se acharem necessário. Eu sempre recomendo que até nas garagens o motorista deve usar a seta, pois com isso vai se habituando. Uma coisa comum são os motoristas reclamarem dos outros, mas não pensarem se estão fazendo a mesma coisa

O uso da seta é obrigatório. É uma lei de trânsito, e o não cumprimento, acarreta em multa para o motorista de R$ 195,23, além de perder cinco pontos Carteira Nacional de Trânsito (CNH).

“As pessoas sabem o comportamento que devem ter, mas falta de empatia com os demais usuários da via leva aos motoristas não terem o hábito de colaborar para um trânsito mais seguro e mais fluido.”, finalizou Marcos Rothen.

 

Presidente do Detran elogia atuação do Sindicato de Despachantes

A história do Sindicato dos Despachantes do Estado de Goiás (Sindego) tem início em 17 de fevereiro de 1986, quando ainda era apenas uma associação. Já em 13 de maio de 1996, graças ao trabalho incansável e persistente de Idelton Gomes da Silva, a entidade conseguiu a obtenção da Carta Sindical e esse registro garantiu ao Sindego a personalidade jurídica necessária para fortalecer a categoria, tanto para os usuários quanto para o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran). O sindicato foi estruturado e foram criados serviços eficientes para atender os despachantes, sendo executadas melhorias físicas e ampliação do espaço da sede do sindicato, que abriga hoje os serviços de apoio como Secretária da Fazenda (SEFAZ), venda de materiais de uso exclusivo dos despachantes, banco, área administrativa, comunicação, apoio aos despachantes, solicitação de serviços, revisão de processos e emissão de DUA’s e boletos para os associados. 

Com tantos anos de atuação, a forte relação desenvolvida entre o Sindego e o Detran é um dos principais motivos da melhoria da qualidade do serviço prestado à população, segundo o presidente do Detran-GO, Eduardo Machado. “Depois que o sindicato começou a trabalhar conosco, o nível de satisfação do usuário aumentou bastante”, pontua o presidente do Departamento de Trânsito. “O importante para o Detran é facilitar a vida dos proprietários de veículo. No momento em que fazemos essa parceria, automaticamente melhora a qualidade atendimento prestados já que ampliamos o nosso leque de serviços e o nível de acessibilidade dos usuários. Atualmente, existem mais de 200 empresas de despachantes em todo o Estado de Goiás, então sentimos que estamos sendo duzentas vezes mais representados ao ter os despachantes fazendo esses serviços que, em outras épocas, só poderiam ser realizadas no próprio Detran. Então, hoje, com o suporte e auxílio que temos do Sindego, essa parceria é excelente para o Detran e principalmente para a população. A gente conseguiu chegar no nível de excelência ainda maior exatamente por termos os despachantes para ajudar o Detran nesse fluxo de trabalho”, explica Machado sobre a importância da atuação do sindicato na prestação de serviços à população goiana. 

Para o diretor de atendimento do Detran, Coronel Aylon José de Oliveira Junior, a parceria entre a entidade e o Sindego é extremamente importante para viabilizar um tratamento mais próximo e direto com a população. “Para 2023, pretendemos estender essa parceria e estamos dispostos a melhorar nossos serviços, estamos sempre de portas abertas para escutar e discutir sobre onde podemos atuar para trazer mais excelência ao fortalecer nossa parceria com o Sindego”, pontua o diretor.

Segundo o presidente do Sindicado de Despachantes, Divino Eterno dos Santos, “há planos futuros para incrementar ainda mais a parceria entre o Detran, o Sindego e faculdades para ministrar cursos de formação e capacitação de despachantes, visando aprimoramentos constantes de nossa classe empresarial, lembrando que doravante os despachantes que não estavam inscritos até 28.12.2021, hão de serem portadores de Diplomas de Curso de Formação de Tecnólogo, nos termos da Lei 14.282, publicada no Diário Oficial da União de 29.12.2021”. 

Além das atividades sindicais, o Sindego atua no apoio aos empresários que representa, principalmente ao participar do fórum empresarial para o desenvolvimento de Goiás, por meio da Fecomércio-GO, que é presidida por Marcelo Baiocchi e integra a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), presidida por José Roberto Trados.

 

Foto: Ascom

Detran vai intensificar Balada Responsável no fim de semana em Goiânia

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) intensifica a Balada Responsável neste final de semana. Serão realizadas blitzes simultâneas em diferentes pontos da capital com o intuito de coibir a combinação de álcool e direção. Durante as ações, educadores de trânsito distribuirão material educativo e alertarão os condutores para os perigos do desrespeito às leis de trânsito. 

As blitzes educativas precedem a fiscalização e serão realizadas nesta sexta-feira, das 19h à 0h, no sábado, das 18h à 0h e no domingo, das 16h às 20h, em locais estratégicos da capital. Já as ações fiscalizatórias ocorrerão em diversos pontos e horários. 

A Balada Responsável acontece diariamente com ações de educação e de fiscalização. O programa tem o objetivo de sensibilizar os condutores para a adoção de comportamentos seguros no trânsito e de coibir a circulação de condutores embriagados, contribuindo para a segurança no trânsito. Neste ano, 6.056 condutores foram autuados por dirigir sob o efeito de álcool. O número já corresponde quase a metade dos registros feitos em 2021, quando ocorreram 12.183 flagrantes. 

O etilômetro utilizado pelo Detran-GO possui bocal descartável com a tecnologia “one way”, o que elimina o risco de contaminação. Esse modelo não deixa o ar retornar ao bocal, evitando que o condutor aspire qualquer partícula presente no aparelho, que é higienizado a cada teste. 

Tolerância zero

O condutor flagrado dirigindo sob o efeito de álcool ou que se nega a fazer o teste do bafômetro é autuado administrativamente. Terá que pagar multa no valor de R$ 2.934,70 (podendo dobrar em caso de reincidência) e responderá processo que pode resultar na suspensão de 12 meses do direito de dirigir. O veículo também fica retido até que seja apresentado um outro motorista habilitado. 

Caso seja constatada a embriaguez, quando o bafômetro acusar valor igual ou superior a 0,34 miligramas por litro de ar (descontada a margem de erro) ou se o exame de sangue marcar resultado igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue (6 dg/L), o motorista é enquadrado em crime de trânsito. Além das punições administrativas, ele é preso em flagrante.

 

Foto: Detran

Guardas civis metropolitanos poderão fiscalizar o trânsito em Goiânia

Um convênio firmado entre a Agência da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia (AGCM) e o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) permitirá que guardas civis metropolitanos executem funções de fiscalização de trânsito da capital. Para isso, os profissionais passarão por curso de capacitação específica.

Segundo o presidente da Controladoria-Geral do Município (CGM), Comandante Wellington Paranhos Ribeiro, as atribuições já são previstas pela Lei 13.022/2014, que dispõe sobre o Estatuto das Guardas Municipais, além da Lei Complementar n° 180/2008, que cria a Agência da GCM Goiânia. “Entre outras competências previstas em lei, estão aquelas de trânsito que forem conferidas aos guardas, em vias e logradouros municipais, em atenção ao convênio celebrado com órgão de trânsito estadual, no nosso caso, o Detran Goiás, sempre nos termos do Código Brasileiro de Trânsito”, explica.

Também consta, no Decreto nº 360, de 20 de janeiro de 2021, que aprova o Regimento Interno da Agência da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia, a competência de orientar, fiscalizar, autuar e controlar o tráfego e o trânsito de veículos e transportes, sob orientação dos órgãos responsáveis pelo trânsito e transporte, no âmbito do município. Quanto à capacitação, o Comandante Paranhos pontua que o intuito é que todos os guardas participem. 

Outra disposição do acordo prevê a disponibilização e atualização dos dados cadastrais de veículos registrados e condutores habilitados para fins de notificação de autuação; imposição e notificação de penalidades e arrecadação de multas; recebimento das informações sobre aplicação de penalidade de multa, assim como pagamento ou cancelamento por recurso; atos de bloqueio e desbloqueio da transferência e do licenciamento dos veículos; comunicação e recebimento das informações de pontuação, como estabelecido no CTB.

Foto:  GCM 

 

Goiás prorroga prazo para as inscrições da CNH Social

O Governo de Goiás prorrogou para até o dia 14 de março as inscrições para o programa CNH Social. Ao todo, são ofertadas 11.010 vagas e os interessados podem se cadastrar através do site ou presencialmente na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), em Goiânia. 

O Detran-GO realizará na próxima semana um mutirão para auxiliar os interessados que não têm acesso à internet. O atendimento será realizado de segunda a quarta-feira (14 a 16/02), Coordenadoria do Programa CNH Social, Bloco 15, na Sede do Detran-GO em Goiânia, das 8h às 17h. Será necessário apresentar documentos pessoais, comprovante de endereço, número do CadÚnico (NIS) e ter e-mail. 

Segundo o Governo do Estado, a iniciativa tem como objetivo auxiliar a população de baixa renda a obter a primeira habilitação, mudar ou adicionar categoria gratuitamente. As inscrições, até então, eram feitas exclusivamente por meio do site do Detran-GO. “Nosso objetivo é que todos possam concorrer às vagas com as mesmas oportunidades”, pontua o presidente do Detran, Marcos Roberto Silva, ao lembrar que o programa já beneficiou aproximadamente 17 mil goianos. 

Modalidades 

Cada pessoa poderá se candidatar em apenas uma das modalidades do programa, divididas em Estudantil, Urbana e Rural. Poderão se candidatar à CNH Social Estudantil pessoas com até 25 anos que tenham cursado todo o ensino médio em escola da rede pública estadual de Goiás, com CadÚnico ativo.

As modalidades Urbana e Rural são destinadas, respectivamente, a moradores da área urbana e rural com inscrição ativa no CadÚnico. Os candidatos não podem ter praticado, nos últimos 12 meses que antecedem à inscrição, infração de trânsito de natureza gravíssima, grave ou reincidente em média. 

Os contemplados recebem isenção de taxas como inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático, exame médico e psicológico. A pessoa com deficiência classificada dentro do número de vagas também se abstém de pagar pelo exame toxicológico e junta médica, exigidos para categoria profissional. 

Por meio de parcerias com os Centros de Formação de Condutores (CFCs), são oferecidos ainda o curso teórico de legislação de trânsito, as aulas práticas de direção e até três retestes gratuitos. 

 

Imagem: Rodrigo Sanches

Governo de Goiás faz leilão de 9 mil veículos do Detran

O Governo de Goiás, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), leiloará mais de nove mil veículos entre os dias 8, 9 e 10 de dezembro. Entre os itens, estão automóveis recuperáveis, além de sucatas e aproveitáveis com motor inservível. 

Visitas aos veículos que serão comercializados devem ser realizadas em dois períodos: de 29 de novembro a 3 de dezembro e 6 e 7 de dezembro, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no pátio da leiloeira. O espaço fica situado na Rua 23, n° 40, no Jardim Santo Antônio.

O leilão tem respaldo na Resolução nº 623/2016 e na Lei 12.977/2014 e será realizado pela Leilomaster. A iniciativa integra o programa de limpeza de pátios, que visa reduzir os focos de proliferação de vetores de doenças, diminuir os impactos ambientais e zerar o estoque de automóveis e motocicletas aptos para leilões.

Importante ressaltar que, antes da realização do leilão, os proprietários de veículos poderão reivindicá-los, desde que os problemas que resultaram na retenção sejam solucionados. Antes de enviar qualquer veículo para leilão, o Detran notifica o responsável legal pelo carro ou motocicleta para que ele tenha a oportunidade de reaver o bem. O processo de venda só é aberto quando todas as tentativas previstas na legislação sejam esgotadas.

Os interessados no leilão podem entrar em contato pelo telefone (62) 3249-9800. Mais informações estão disponíveis nos sites www.leilomaster.com.br e www.detran.go.gov.br.

 

Rota de trânsito da 44 sofre alterações por conta da Feira Hippie neste fim de semana

A Prefeitura de Goiânia anunciou mudanças no trânsito do Setor Norte Ferroviário por conta da Feira Hippie, que acontece neste fim de semana. As alterações começaram na noite desta sexta-feira e segue até domingo (3), às 14h.

O tráfego será permitido no sentido Vila Nova até o cruzamento da Rua 44. A opção de acesso será pela Rua 44 sentido Estação Rodoviária. Não há previsão para a realização do bloqueio na Avenida Leste Oeste e a Avenida Contorno.

Confira como fica o trânsito na região:

– Bloqueio total do cruzamento da Av. Leste Oeste x Rua 44

– Bloqueio na Avenida Leste Oeste x Rua 74 (sentido Oeste leste). Direcionando o trânsito para Avenida Independência

– Bloqueio da Rua 74 sentido Sul/Norte x Av. Leste-Oeste (cruzamento da Câmara Municipal);

– Bloqueio Avenida Leste-Oeste x Rua 68 sentido Oeste/Leste

– Bloqueio Rua 44 sentido Norte Sul em frente a Base da AGCM.

 

Foto: Divulgação/Mobilidade

Veja também:

Goiânia prorroga prazo de cadastro de feirantes da Feira Hippie

Detran Goiás abre edital para vagas temporárias com salários de R$ 4,6 mil

O Governo de Goiás divulgou edital para seleção de 78 profissionais para atuarem no Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO). As vagas são de cargo temporário e os salários variam entre R$ 1,5 mil até R$ 4.665,82. Realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Administração (Sead), o processo seletivo terá duas etapas, começando com análise curricular, de caráter eliminatório e classificatório. Na segunda fase, os selecionados passarão por entrevistas.

 

As inscrições para o concurso se inicia no próximo dia 15 de setembro e vai até o dia 25. As taxas de pagamento vão de R$ 10,00 a R$ 25,00, e serão realizadas exclusivamente pela internet, no Portal de Seleção

 

Conforme o edital, as vagas são de caráter temporário e o período máximo do contrato é de três anos, que pode ser prorrogado por até cinco anos. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais para todos os cargos.

 

Os servidores contratados farão parte da equipe do Detran-GO, mais informações sobre a seleção também estão disponíveis no Portal de Seleção.

 

 

Veja também:

 

Escolas do Futuro estão com mais de 8 mil vagas abertas para cursos gratuitos em Goiás

 

MPF abre vagas de estágio em Goiás com bolsa de R$ 850,00

 

CNH Social: Prazo para matrícula online encerra nesta quinta-feira, 2

O prazo para que os selecionados efetuem matrícula na segunda chamada da 4ª etapa do programa CNH Social, termina nesta quinta-feira, 2 de setembro. Para garantir a habilitação de forma gratuita, o selecionado precisa efetivar sua inscrição pelo site do Detran. 

 

Ao todo, foram disponibilizadas cerca de 3 mil vagas para o programa e, para as vagas remanescentes, foram convocados 902 candidatos. A lista dos selecionados está disponível no site www.detran.go.gov.br e os classificados devem ficar atentos aos prazos para não perder o benefício.

 

O prazo final para a entrega de toda a documentação está previsto em edital para o próximo dia 17 de setembro. Os documentos devem ser entregues presencialmente nas unidades do Vapt Vupt por meio de agendamento no site do órgão, ou em uma Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), também por marcação prévia, no site do Detran.

 

O programa CNH Social é destinado à população de baixa renda e permite obter, adicionar ou mudar a categoria da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de forma gratuita. As vagas são para modalidade estudantil, urbana e rural.

 

Além disso, os contemplados ficam isentos às taxas do Detran-GO, como a de inclusão no Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach), Licença de Aprendizagem de Direção Veicular e agendamentos de provas teórica e de exame prático e psicológico.

 

 

Imagem: Reprodução

 

Veja também:

 

Caiado quer cobrar de presos o custo das tornozeleiras eletrônicas

 

Cine Ritz volta a pedir ajuda para não fechar as portas em Goiânia

 

Restaurante Escola do Sesc será implantando na nova sede da Assembleia Legislativa de Goiás

Carteira de motorista vencida ganha novos prazos para renovação

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou na última sexta-feira (23/07), novo cronograma estabelecendo data limite para a renovação de CNHs vencidas a partir do mês de março de 2020. Os prazos estavam suspensos desde o ano passado devido ao período de pandemia. A Deliberação 232 do Contran, que entra em vigor no dia 2 de agosto deste ano, estabelece um cronograma escalonado.

 

 

Os documentos de habilitação vencidos em 2021 terão 12 meses para a renovação junto ao Departamento Estadual de Trânsito de Goiás. Para efeitos de fiscalização de trânsito, a carteira vencida neste ano terá validade até o mês de aniversário em 2022.

 

O motorista com a CNH com validade até agosto de 2021, por exemplo, terá até agosto do próximo ano para renová-la. Os cronogramas abrangem CNHs, Permissão Provisória para Dirigir (PPD) e Autorização para Conduzir Veículos Automotores(ACC). 

 

Em se tratando dos documentos vencidos em 2020, 

os condutores com CNHs vencidas entre março e abril de 2020 têm até 31 de agosto de 2021 para revalidar o documento. Carteiras vencidas entre maio e julho de 2020 deverão ser renovadas até 30 de setembro deste ano, as de agosto, setembro e outubro de 2020 tem até 31 de outubro de 2021, de novembro de 2020 até 30 de novembro de 2021 e de dezembro de 2020 até 31 de dezembro de 2021. 

701ce6f3522b3a684cb425f0ea5d1f4b.jpeg

Prazos recursais

Na prática, a deliberação publicada no dia (23/07) revoga a Portaria 206 do Contran de março deste ano. Assim, vai impactar também sobre os prazos que atingem os infratores autuados por órgãos executivos de trânsito ou rodoviários do Estado de Goiás. Ela restabelece o prazo para a apresentação de defesa prévia e indicação de real condutor (transferência de pontuação). Também retoma o prazo para que os motoristas com notificação de penalidade já expedida possam apresentar recurso.

 

O Contran também determinou a retomada da multa de recibo. Ou seja, proprietários que adquirirem veículos a partir de 2 de agosto deste ano, voltam a ter 30 dias para efetuar a transferência, registro ou licenciamento, conforme preconiza o artigo 132 do Código de Trânsito Brasileiro.  

 

Serviço:

A quem se aplica? 

Aos condutores habilitados pelo Detran-GO; Aos veículos registrados ou que venham a ser registrados em Goiás; Às infrações de trânsito autuadas por órgãos executivos de trânsito ou rodoviário do Estado de Goiás. 

 

O que muda?

Prazo para apresentação de recurso e indicação do condutor infrator estendido até 31/08/21 para notificações de penalidades já expedidas (com datas finais previstas para o período de 17/03/21 até 02/08/21); Prazo para apresentação de recurso estendido até 31/08/21 para notificações nos processos de suspensão do direito de dirigir e de cassação já expedidas (com datas finais previstas para o período de 17/03/21 até 02/08/21); O veículo novo adquirido entre 2 de março e 1º de agosto de 2021 deve ser registrado e licenciado até 31 de agosto de 2021; A transferência de propriedade de veículo adquirido entre 12 de fevereiro e 1º de agosto de 2021 deve ser efetuada até 30 de setembro de 2021.

 

Imagen: reprodução Casa Civil 

 Leia também: 

Novo Mundo investe em funcionários com universidade própria e vira queridinha do mercado de trabalho

10 siticons escondidas no streaming para você chorar de rir 

Mergulhadores encontram cepa de levedura em garrafas de cervejas naufradas

Parque Areião passará a se chamar Washington Novaes

Pedal Retrô defende a vida no trânsito em passeio ciclístico neste domingo em Goiânia

O Pedal Retrô Goiânia e o Departamento de Trânsito do Estado de Goiás (Detran-GO) promovem neste domingo (30/5) um passeio ciclístico em defesa da vida no trânsito. A ação marca o encerramento do movimento mundial Maio Amarelo, que tem como tema “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

 

Durante todo o mês de maio foram realizadas atividades para promover a reflexão sobre o papel de cada um na construção de um trânsito mais seguro. O objetivo é incentivar a adoção de comportamentos capazes de contribuir para a diminuição do número de acidentes. 

 

O Pedal Retrô, realizado pelo Pedal Retrô Goiânia e Detran-GO, em parceria com a Secretaria de Esportes e Federação Goiana de Ciclismo, começa às 8h, com concentração na Praça Cívica. O trajeto sairá do centro da cidade em direção ao Parque Flamboyant, no Jardim Goiás. De lá, os ciclistas retornarão para a Praça Cívica. 

 

Os participantes devem ir com bicicletas retrôs ou vintages, e sugere-se o uso de vestimentas amarelas, em alusão ao movimento mundial pela redução dos acidentes de trânsito. 

 

Além disso, a organização destaca a importância dos cuidados para a prevenção da disseminação do coronavírus: todos os ciclistas devem usar devidamente a máscara facial e higienizar as mãos com álcool 70.

 

Serviço

Pedal Retrô

Data: 30/05 – domingo

Horário: 8h

Local: Concentração na Praça Cívica

Balada Responsável do Detran-Go adota tom educativo e medidas de segurança para servidores

 

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), a exemplo do que já ocorre em outros estados, volta a realizar blitzes da Balada Responsável e implementa mudanças. Desde ontem, as blitzes adotaram foco educativo, voltando-se para a fiscalização, sendo operacionalizadas apenas quando o condutor apresentar sinais notórios de embriaguez ou atitude suspeita. 

 

As ações serão desenvolvidas pelas Gerências de Educação de Trânsito e de Fiscalização do Detran-GO com as mesas dos servidores com distanciamento maior, e os motoristas não descerão do veículo para ter os documentos checados. Os policiais militares utilizarão o smartphone próprio e não manusearão os documentos físicos dos condutores.

 

Caso seja detectada alguma irregularidade ou o condutor apresente sinais de embriaguez, ele será convidado a descer do veículo para fazer o teste do bafômetro. O etilômetro utilizado pelo Detran-GO possui bocal descartável com a tecnologia “one way”, o que elimina o risco de contaminação. Esse modelo não deixa o ar retornar ao bocal, evitando que o condutor aspire qualquer partícula presente no aparelho, que será higienizado a cada teste. 

 

Entenda as 10 principais mudanças no código de trânsito que começam a valer nesta segunda-feira

De mudança no prazo para revalidação da CNH à alteração nas normas de uso do dispositivo de segurança infantil e ampliação no número de pontos toleráveis,  o novo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), vai afetar consideravelmente a rotina da população.  As mudanças foram sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro em outubro do ano passado, quando ficou definido que a vigência passaria a ocorrer 180 dias após a sanção, ou seja, nesta segunda-feira, 12 de abril, quando o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), lança uma cartilha digital com as novas regras para ajudar a esclarecer a população goiana sobre a Lei 14.071/2020.

 

A cartilha on-line ficará disponível nos sites do Detran-GO (www.detran.go.gov.br) e da OAB Goiás (www.oabgo.org.br).  

 

Enquanto a cartilha não chega, o Curta Mais separou as 10 mudanças que devem impactar mais no seu dia a dia. A última tem a ver com segurança pública. Leia até o fim. 

 

1 – Revalidação da CNH – Motorista de até 50 anos terão prazo ampliado de 5 para 10 anos. O prazo diminuiu para 5 após os 50 anos e para três após os 70. 

 

2 – Pontos da CNH – A suspensão da CNH se dará quando o infrator alcançar 40 pontos. Desde que não tenha nenhuma infração gravíssima. 

 

3 – Identificação do Infrator – O condutor do veículo terá 30 dias para fazer a transferência de pontos. Antes eram 15. 

 

4 – Desconto na multa – Motoristas que instalarem o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, habilitarem a notificação automática de multas e reconhecerem terem cometido a infração, não ingressando com recurso, terão 40 % de desconto no pagamento. 

 

5 – Advertências – Para infrações leves ou médias, sem reincidência, devem receber apenas advertências no lugar de multas. 

 

6 – Recalls – Motoristas que não atenderem recalls da montadoras não vão renovar licenciamento. 

 

7 – Dispositivo de segurança infantil – A cadeira será obrigatória para crianças de até 10 anos com menos de 1,45 metro de altura. Atualmente a obrigatoriedade era até 7 anos e seis meses. 

 

8 – Faróis – Carros que não tem luz diurna devem manter faróis acesos mesmo durante o dia em estradas. 

 

9 – Ciclistas – Motoristas ficam obrigados a reduzir a velocidade ao ultrapassar um ciclista. A norma deixa de ser uma infração leve e passa a ser gravíssima. 

 

10  – Segurança pública – As novas regras proíbem que condutores condenados por  homicídio culposo ou lesão corporal sob efeito de álcool ou outro psicoativo tenham pena de prisão convertida em  alternativas.