Brasil permitirá acesso de ucranianos a passaporte humanitário

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta segunda-feira (28) que o Brasil vai fazer uma portaria para garantir o acesso de ucranianos ao passaporte humanitário brasileiro. O anúncio foi feito em entrevista à rádio Jovem Pan e retransmitida nas redes sociais do presidente. “Nós faremos todo o possível para receber o povo ucraniano”, destacou.

Segundo Bolsonaro, a portaria que vai regulamentar a entrada de ucranianos por meio do passaporte humanitário deverá ser publicada nos próximos dias. O presidente disse que o Brasil vai continuar com a postura neutra em relação ao conflito entre Rússia e Ucrânia que teve início na última semana.

Nos últimos dias, o presidente já havia falado sobre o assunto, quando destacou que o Brasil tem sido claro sobre sua posição “em defesa da soberania, da autodeterminação e da integridade territorial dos Estados”.

Sanções

O presidente afirmou que não há previsão de imposição de sanções do Brasil para a Rússia em decorrência do conflito. Conforme Bolsonaro, o Brasil possui uma “dependência enorme” dos fertilizantes da Rússia e, em caso de sanções, o agronegócio seria “seriamente afetado”. “Acredito que essas sanções dificilmente prosperam”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro voltou a destacar o apoio do governo russo na preservação da soberania da Amazônia em discussões internacionais e disse que, sem os fertilizantes russos, o agronegócio brasileiro seria prejudicado, o que poderia gerar insegurança alimentar e inflação de alimentos.

Bolsonaro falou ainda sobre as críticas do representante da Ucrânia no Brasil e afirmou que o Brasil tem que ter o equilíbrio na relação entre os países.

Resgate de brasileiros

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) informou  que chegaram hoje a Varsóvia, capital da Polônia, oito servidores do Itamaraty para ajudar no processo de resgate dos brasileiros impedidos de retornar ao país por causa do conflito entre Rússia e Ucrânia. “Esta força-tarefa enviará destacamento a Lviv, na Ucrânia, onde será montado escritório de apoio aos brasileiros que estão tentando deixar o país”, diz a publicação, em redes sociais.

 

*Agência Brasil

Imagem: Marcelo Camargo

 

9 filmes estrangeiros famosos que foram gravados no Brasil

Os filmes hollywoodianos fazem sucesso no mundo todo, assim como as demais produções deitas fora do nosso país. Por isso, é provavel que você acabe assistindo muito mais filmes internacionais do que nacionais, e não é por falta de produções locais. Mas isso acontece com todos nós, não iremos te julgar. Acontece que, mesmo nem todos sabendo disso, muitas longas-metragens já foram gravadas no Brasil. E essas são algumas delas!

1 – 007 Contra o Foguete da Morte

sinopse: “Um avião carregando um foguete espacial sofre um acidente, mas quando o Serviço Secreto Britânico vai examinar os destroços não encontra nenhum vestígio da espaçonave. Assim, 007 (Roger Moore) tem a missão de investigar o caso e começa indo visitar o multimilionário que construiu a aeronave e tem idéias bastantes estranhas de qual deva ser o destino da raça humana.”

Classificação: 12 anos

Neste filme, de 1979, a lenda conhecida como James Bond visita o Rio de Janeiro. Fazendo com que uma das cenas clássicas do filme se passe em cima de um condinho no Pão de Açucar.

2 – Amazônia

Sinopse: “Castanha (voz de Lúcio Mauro Filho) é um macaco prego, criado em cativeiro, que é liberado na Floresta Amazônica. Seguindo o ponto de vista do animal, o filme revela os mistérios da fauna e da flora da região, destacando dificuldades enfrentadas pelo animal e ainda algumas amizades, como a com a macaca Gaia (Isabelle Drummond).”

Classificação: Livre

Além de carregar o nome de um território brasileiro tão importante como a Amazônia, a história também se passa no local. O filme francês foi dirigido por Thierry Ragobert, especialista em documentários relacionados à natureza. O que acabou ajudando com a beleza do cenário gravado na fauna e flora do Brasil.

3 – Anaconda

Sinopse: “Grupo entra na Floresta Amazônica com o objetivo de fazer um documentário sobre uma tribo indígena e, durante a jornada, conhecem Paul Sarone (Jon Voight), um insano caçador que deseja capturar viva uma anaconda, uma cobra que pode atingir doze metros de comprimento.”

Classificação: 14 anos

Na história, um grupo de jornalistas é atacado por uma cobra gigante e assustadora que vive na Amazônia. Apesar da época em que foi feita fazer com que os gráficos não sejam dos melhores, e que as críticas não tenham contribuído, o filme ainda é muito conhecido.

4 – Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal

Sinopse: “Indiana Jones (Harrison Ford) e seu ajudante Mac (Ray Winstone) escapam por pouco de um encontro com agentes soviéticos, em um campo de pouso remoto. Agora Indiana está de volta à sua casa na Universidade Marshall, mas seu amigo e reitor da escola, Dean Stanforth (Jim Broadbent), explica que suas ações recentes o tornaram alvo de suspeita e que o governo está pressionando para que o demita. Ao deixar a cidade Indiana conhece o rebelde jovem Mutt Williams (Shia LaBeouf), que tem uma proposta: caso o ajude em uma missão Indiana pode deparar-se com a caveira de cristal de Akator. Agentes soviéticos também estão em busca do artefato, entre eles a fria e bela Irina Spalko (Cate Blanchett), cujo esquadrão de elite está cruzando o globo atrás da Caveira de Cristal.”

Classificação: 12 anos

O filme de 2008, protagonizado por Harrison Ford, gravou algumas de suas cenas no município de Foz do Iguaçu. Elas foram feitas nas Cataratas e no seu Parque Nacional.

5 – O Incrível Hulk

Sinopse: “Vivendo escondido e longe de Betty Ross (Liv Tyler), a mulher que ama, o cientista Bruce Banner (Edward Norton) busca um meio de retirar a radiação gama que está em seu sangue. Ao mesmo tempo ele precisa fugir da perseguição do general Ross (William Hurt), seu grande inimigo, e da máquina militar que tenta capturá-lo, na intenção de explorar o poder que faz com que Banner se transforme no Hulk.”

Classificação: 12 anos

Durante a trama, enquanto Bruce Banner está pesquisando sobre a cura para a sua transformação no Hulk, a favela em que ele está escondido foi gravada em Tavares Bastos, no Morro da Nova Cintra. A atriz brasileira débora Nascimento também participou do filme.

6 – Os mercenários


Sinopse: “Barney Ross (Sylvester Stallone) é o líder de um grupo de mercenários, que realiza qualquer missão desde que ela seja bem paga. Entre seus companheiros usuais estão o especialista em facas Lee Christmas (Jason Statham), Bao Thao (Jet Li) e Gunnar Jensen (Dolph Lundgren), que têm demonstrado instabilidade emocional durante as missões. Um dia, Barney e sua trupe são contratados para derrubar o general Garza (David Zayas), ditador da ilha de Vilena. Barney e Lee vão ao local e encontram Sandra (Gisele Itiê), que deseja derrubar o governo. Só que logo eles são atacados pelas forças de Garza e de Monroe (Eric Roberts), um empresário americano que financia o governo local. Barney e Lee deixam Vilena e abandonam a missão, mas a persistência de Sandra, que deseja ficar para lutar pela liberdade, mexe com os até então inexistentes princípios de Barney.”

Classificação: 12 anos

Lançado em 2010, o filme conta a história de um grupo de mercenários liderados por Barney Ross, contratado para matar o ditador de uma ilha, que fica na América Larina. Parte das gravações foram feitas no município de Mangaratiba, no Rio de janéiro, e outros lugares deste estado. Gisele Itié, atriz brasileira, também participou do fime.

7 – Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1

sinopse: “Bella Swan (Kristen Stewart) e Edward Cullen (Robert Pattinson) enfim se casam, em cerimônia com a presença de amigos e familiares. O casal resolve passar a lua de mel no Rio de Janeiro e, logo em seguida, Bella engravida. O que eles não esperavam era que a gravidez seria tão complicada, colocando em risco a vida do bebê e da própria mãe.”

Classificação: 14 anos

A série de filmes, que fez bastante sucesso depois do seu primeiro lançamento em 2008, utilizou a cidade do Rio e de Paraty para servir como o cenário da lua de mel da bella e do Edward. Na ficção, o lugar se chama ‘Ilha Esme”.

8 – Turistas

Sinopse: “Os irmãos Alex (Josh Duhamel) e Bea (Olivia Wilde), ambos americanos, estão entre os passageiros de um ônibus brasileiro, que carrega turistas e brasileiros. Eles estão com Amy (Beau Garrett), a melhor amiga de Bea, com todos decididos a aproveitar da melhor maneira possível os encantos do Brasil. Porém o motorista perde o controle do ônibus e o trio por pouco não consegue escapar do acidente, antes que o ônibus caísse em um penhasco. O trio se junta à australiana Pru (Melissa George) e aos britânicos Finn (Desmond Askew) e Liam (Max Brown), que também sobreviveram ao acidente. O grupo decide ir até a praia para encontrar um bar que Finn e Liam ouviram falar, ao invés de esperar com os moradores locais por um novo ônibus. Lá, eles encontram bebidas exóticas e pessoas dançando, o que faz com que todos se divirtam. Porém logo eles começam a se sentir mal e desmaiam, acordando horas depois sozinhos na praia. O grupo foi roubado, sendo que agora todos estão sem seus passaportes e sem dinheiro algum. Eles chegam à uma cidade próxima, onde reencontram Kiko (Agles Steib), um adolescente brasileiro que conheceram na festa da noite anterior. Kiko lhes oferece uma casa na floresta, onde todos podem se hospedar. Eles aceitam a oferta, já que na vila há pessoas que usam métodos brutais e não têm nenhuma compaixão por turistas. Quando percebem, eles caem nas garras de uma quadrilha de tráfico de orgãos e o pesadelo está só começando.”

Classificação: 16 anos

Além de ter sido gravado no Brasil, a trama do filme também acontece no nosso país. Na história, um grupo de jovens gringos vem passar suas férias por aqui e acabam sendo roubados, sequestrados e atormentados por um psicopata. O filme, que é do gênero terror, foi lançado em 2006 e gerou muita polêmica na época por mostra uma visão negativa da nação. Ele foi gravado em São Paulo, Bahia e Rio de Janeiro.

9 – Velozes e Furiosos 5

Sinopse: “Dominic Toretto (Vin Diesel) foi resgatado da prisão por sua irmã Mia (Jordana Brewster) e Brian O’Conner (Paul Walker), que realizam um ousado resgate sobre rodas. Logo em seguida, ele desaparece. Brian e Mia vão até o Rio de Janeiro, onde encontram Vince (Matt Schulze). Ele propõe ao casal o roubo de carros que estão sendo levados em um trem, algo que, segundo ele, será uma operação simples que renderá um bom lucro. Durante a operação, Dominic reaparece e diz à irmã que os planos mudaram. Ela então leva um dos carros a um esconderijo em plena favela carioca, deixando Dominic e Brian enfrentando policiais e bandidos. Ao desmontar o carro, o trio descobre que ele contém um chip com todas as operações ilegais de Hernan Reis (Joaquim de Almeida), incluindo onde guarda o dinheiro arrecadado. É o suficiente para que eles elaborem um plano para roubar a fortuna de Reis, contando com a ajuda de vários amigos.”

Classificação: 12 anos

A sequência da famosa série de filmes, Velozes e Furiosos, se passa no Brasil. Algumas de suas cenas foram gravadas no Rio de Janeiro, em locais como a Praia de Ipanema, Lapa, Corcovado, entre outros locais da cidade. Mas, ainda que a trama se passe no nosso país, grande parte foi feita na Costa Rica e em Porto Rico.

10 Filmes estrangeiros para fugir de Hollywood disponíveis na Netflix

As férias finalmente chegaram e antes que você morra de tédio nesse tempo de ócio, vem dar uma conferida nesses filmes que separamos para você assistir e fugir um pouco do circuito hollywoodiano:

1. Eu Não Sou um Homem Fácil (2018 | + 14)

Comédia dramática francesa — Um xavequeiro profissional é transportado para uma outra realidade e toma do seu próprio veneno quando percebe que foi parar em um mundo no qual os papeis são invertidos: uma sociedade matriarcal, onde tudo é voltado para elas.

2. O Bar (2017 | +16)


(Neuchâtel International Fantastic Film Festival)

Comédia de suspense espanhola — Tarantino espanhol: Madrilenhos tomam seu café da manhã em um bar no centro da cidade, quando um dos clientes leva um tiro na cabeça ao sair do estabelecimento. Agora, eles estão presos no local, com medo de sair do bar e também serem mortos.

3. Thelma (2017 | +16)


(Houston Film Critics Society Awards)

Drama norueguês — Uma jovem e tímida estudante de uma cidade do interior da Noruega deixa sua família extremamente religiosa, para estudar em Oslo. Ela começa a desenvolver estranhas convulsões, depois de se apaixonar por uma colega de classe. Com o tempo ela percebe que as crises vêm junto a inexplicáveis e perigosas habilidades sobrenaturais.

4. Handia (2017 | +14)


(Goya)

Drama basco — Baseado na vida do Gigante de Altzo, Joaquín Eleizegui, um dos primeiros casos relatados na Europa de gigantismo, que viveu em meado do século 19. Seu irmão, Martín, voltou da guerra incapacitado e descobriu que Joaquín tornou-se um “gigante”. Ele decide então, transformá-lo em uma atração de circo, em um roteiro sensível impressionante.

5. O Guardião Invisível (2017 | +16)


(Yoga Awards)

Suspense espanhol — Uma mulher é assassinada sob circunstâncias estranhas em Navarra. A investigadora Amaia Salazar volta a sua cidade natal para solucionar o mistério do assassinato. Ali, ela é forçada a enfrentar seus demônios do passado.

6. Bem-vindo a Marly-Gomont (2016 | + 10)

Comédia dramática francesa — Um médico congolês recusa um emprego promissor, porém corrupto, de ser o médico pessoal do presidente de seu país e se oferece para preencher a vaga de médico em uma cidadezinha abandonada da França. Marly-Gomont tratava-se de uma vila isolada onde os moradores nunca haviam visto uma pessoa negra antes.

7. Julieta (2016 | +14)


(Festival de Cannes e Goya)

Drama espanhol — Um filme de Pedro Almodóvar, adaptado da trilogia de Alice Munro. Julieta é uma madrilenha que está prestes a se mudar para Portugal com seu marido, quando um encontro inesperado com uma amiga de sua filha faz com que ela desista da mudança.

8. Barakah com Barakah (2016 | +14)


(Festival do Rio e Berlin International Film Festival)

Comédia romântica árabe — Um roteiro pontuado de ironias que não segue o script comum que vemos em comédias românticas. Uma blogueira milionária e um funcionário público se apaixonam. Ela, está prestes a assinar um contrato milionário de publicidade. Ele, vem de uma família muito ligada às tradições, mas discorda de muitas regras.

9. Raw (2016 | +18)


(London Film Festival)

Drama e terror psicológico belga — Todo mundo na família de Justine é veterinário, e vegetariano. Ela ingressou na faculdade de veterinária aos 16 anos e, em seu trote, teve que ir contra os princípios de sua família e comeu carne crua. Depois do ocorrido, ela é dominado por uma vontade devastadora de comer carne em qualquer forma.

10. Ele Tem Mesmo os Seus Olhos (2016 | +12)

Comédia francesa — O casal afro-francês Sali e Paul estão prestes a adotar um bebê. O novo integrante da família acaba gerando certos desentendimentos entre a família e amigos, além dos problemas que precisam enfrentar com a assistente social, tudo devido à cor de sua pele. Uma produção leve, porém crítica, que brinca com a ideia de que, normalmente, é o contrário que acontece: um casal caucasiano adota um bebê negro.

Jornalista inglês critica repórteres da Globo na cobertura da Copa: ‘quanto antes saírem, melhor’

Em sua conta no Twitter, o jornalista Jonathan Wilson, que escreve para o The Guardian e também para sua própria publicação, o The Blizzard, demonstrou estar nada satisfeito com o convívio com os repórteres da TV Globo durante a cobertura da Copa do Mundo na Rússia. A postagem foi feita em tom de desabafo na manhã desta segunda-feira (02).

“Não tenho nenhum sentimento real contra o Brasil, mas quanto antes a TV Globo sair deste torneio, melhor”, disse ele. “Milhares deles… barulhentos e grosseiros onde supostamente deveria ser uma área de trabalho”, completou.

A crítica foi complementada pelo também jornalista Andrew Downie, da agência de notícias Reuters. “‘Intitulados’ é a palavra, na minha humilde opinião”, disse ele, se referindo à ideia de que os jornalistas da Globo se comportam como ‘donos’ do campeonato.

Horas depois, ele amenizou a declaração: “Para ser sincero, a maioria deles fazem um trabalho excelente”.

As postagens tiveram recepção mista entre os internautas. Enquanto muitos concordavam com os jornalistas, outros defenderam a equipe de correspondentes da TV brasileira:

“A Inglaterra será eliminada em breve e aí vocês poderão descansar em paz e silêncio por um bom tempo”

 

 

11 artistas internacionais que já fizeram show em Goiânia

Apesar de não ser um dos destinos mais importantes dos artistas internacionais no Brasil, Goiânia já recebeu alguns shows muito importantes.

Os mais recentes, como os de Paul McCartney e Demi Lovato, ainda estão frescos na memória do público goianiense. Outros, parece que nem existiram de tão poucas notícias que se têm a respeito, como o de 50 Cent, em 2010.

Confira abaixo 11 deles!

 

50 Cent (2010)

1d021b335f1bfecbc465f87ea30ad16d.jpg
Esta é uma das mais surpreendentes. O rapper, autor de clássicos como ‘Candy Shop’ e ‘In Da Club’, se apresentou na Faculdade FASAM para um público de cerca de mil pessoas. Magro devido à gravação de um filme, 50 Cent estava irreconhecível.

Cindy Lauper (2011)

bf73063a3dabebdb2e43cd9bc9582c34.jpg
Uma das divas dos anos 80 desembarcou na cidade para se apresentar no Atlanta Music Hall. Com pessoas vindas de vários lugares, a casa ficou lotada.

Scorpions (2008)

46260a6502014cb24b505290aed79202.jpg
A primeira banda de hard rock da Alemanha e uma das maiores do mundo também já pôs os pés em Goiânia.

Paul McCartney (2012)

2914d7477ee92371af93a15c546e40ba.jpg
Em um dos shows mais emblemáticos da história da capital, Paul McCartney tocou os grandes sucessos dos Beatles para um público de 40 mil pessoas no Serra Dourada.

Deep Purple (2003)

f00c5d0bd169371b0111282976c150d4.jpg
Os gigantes do Deep Purple estão no hall dos ilustres que já apresentaram no Goiânia Arena.

Simple Plan (2009)

24f8667bac23a06b9dca1ce97c633413.jpg
Os canadenses do Simple Plan apresentaram seus hits emo, como ‘Perfect’ e ‘Welcome to my Life’ para um público emocionado no Clube Jaó.

Nazareth (2012)

1a12d536582eecd04d8d5821919268d1.jpg
Os escoceses do Nazareth também já se apresentaram na capital de Goiás. O show aconteceu para um público animado no Bolshoi Pub.

A-Ha (1991)

4088726d72a22aa76c3c0f277b8e2fac.jpg
Uma das bandas pop de maior sucesso dos anos 80 desembarcaram no Brasil no auge da carreira e batendo récordes. Foi a maior turnê de uma grande banda no país, com nada menos que 14 shows. Goiânia foi uma das cidades felizardas a vê-los tocarem ao vivo as batidinhas de ‘Take on Me’.

Demi Lovato (2017)

a229337c26efc98ea3b0fcce911b0f89.jpg
Até hoje alguns têm dificuldade de acreditar que uma das maiores estrelas pop da atualidade se apresentou em um dos nossos mais icônicos festivais sertanejos. Mas é isso: Demi Lovato tocou para um público de 40 mil pessoas no Villa Mix 2017.

Alanis Morissette (2012)

055bcbb3793e1e95aeb13d3f73f7366e.jpg
A ex-hippie canadense pisou no palco do Goiânia Arena em 2012. Apesar de não estar mais no auge da carreira, a cantora emocionou o público de fãs presente.

Shakira (1996)

efbe7f4d16fe29b6c9128e3984d80f41.jpg
A primeira turnê da Shakira, que estourava no mundo com o hit ‘Estoy Aqui’, também passou por Goiânia. Por aqui, o show aconteceu no Estádio Antônio Accioly.

 

Elton John (2014)

Elton

O Público lotou o ginásio Goiânia Arena para conferir o show do astro britânico. No repertório, 27 sucessos, em duas horas e meia de espetáculo, que emocionaram os fãs goianienses.

Universidade do Havaí oferece bolsas de estudo para estrangeiros

Já imaginou estudar na paisagem paradisíaca do Havaí? A Universidade do Havaí em Hilo, nos Estados Unidos, oferece bolsas de estudos para estrangeiros com valores de US$2 mil por semestre, destinados para estudantes estrangeiros de graduação nos anos de 2016 e 2017. As inscrições para a UH Hilo International Student Scholarship vão até o dia 18 de março de 2016.

Para participar, é preciso ter visto do tipo F-1 para os Estados Unidos, e antes de se inscrever para concorrer à bolsa, o estudante deve se inscrever em algum curso de graduação da universidade e comprovar proficiência em inglês. Para saber mais sobre o processo, clique aqui.

O que é que o brasileiro tem? Pesquisa revela o que os estrangeiros mais gostam no povo daqui

Uma pesquisa inédita feita pelo Ministério do Turismo com mais de 44 mil estrangeiros que visitaram o Brasil em 2014, mostra um dado importante sobre como os turistas avaliam a receptividade dos brasileiros. Segundo a pesquisa, 97,2% dos turistas consideram a hospitalidade do brasileiro boa ou muito boa. A comida brasileira ficou em segundo lugar na avaliação. A hospitalidade é o fator mais bem avaliado pelos estrangeiros quando vem ao Brasil.

Segundo a pesquisa, em 2014 o Brasil recebeu mais de 6,4 milhões de turistas estrangeiros, sendo que 28,7% vieram da Europa e 13,1%, da América do Norte. Uma particularidade que a pesquisa constatou é que turistas ficam em média, 20 dias. Os turistas foram entrevistas em aeroportos internacionais e fronteiras com outros países.

Praia, natureza e futebol

A pesquisa revelou que a maioria dos turistas vieram ao Brasil em 2014 para curtir as praias, principalmente as cariocas.  A segunda motivação no ano passado foi a Copa do Mundo. Natureza, ecoturismo ou aventura ficou em terceiro lugar na pesquisa.

Ponto negativo?

Os preços cobrados pelos serviços turísticos teve a pior avaliação. Os norte-americanos são os que mais gastaram quando vem ao Brasil. Dados da pesquisa revelam que cada turista estrangeiro que veio ao Brasil no ano passado gastou em média de R$ 1.165 em lazer e de R$ 1.618 em compras.