Goiânia recebe edição de natal de feira sustentável com entrada gratuita

Os apaixonados pelo estilo de vida ecológico terão motivos de sobra para comemorar neste mês de dezembro! Marcado para o próximo sábado, dia 09, no Cepal Jardim América, a feira sustentável de plantas e brechós promete reunir o que há de melhor em moda e artigos para jardinagem.

Com entrada gratuita, a feira se destaca por sua ênfase na sustentabilidade, oferecendo aos visitantes uma experiência única. Os brechós participantes apresentam uma vasta seleção de roupas e acessórios exclusivos, proporcionando aos frequentadores a oportunidade de adquirir peças únicas com aquele toque que só os brechós possuem.

B

Foto: Divulgação

Além disso, os entusiastas da jardinagem encontrarão um verdadeiro paraíso de opções para aprimorar seus espaços verdes. Plantas a ferramentas e decorações para jardim, haverá uma variedade encantadora de itens disponíveis para criar ambientes mais vívidos e harmoniosos.

A previsão é de mais de 80 expositores durante esta edição.

A feira de brechós e plantas não é apenas uma oportunidade de compras, mas também um espaço de conexão entre pessoas que compartilham valores de sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente. E o melhor, com aquele clima que só natal tem!

Esta edição do evento contará com uma trilha sonora especial de natal, com músicas tradicionais dessa época do ano! A magia está no ar! Além de tudo, o festival também contará com praça de alimentação no local.

Foto: Divulgação

Goiânia recebe mais uma edição da Feira da Solidariedade com entrada gratuita

O Centro Cultural Octo Marques sedia, neste sábado (9/9), das 9h às 13h, a 12ª edição da Feira Jornada da Solidariedade. O evento será realizado no hall do espaço e vai oferecer ao público goianiense produtos e serviços de empreendedores goianos envolvidos em ações solidárias junto às minorias e pessoas em situação de vulnerabilidade. A entrada é gratuita.

O evento é promovido pelo produtor cultural Rômulo Vaz, com apoio do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás). Segundo a organização, o objetivo é divulgar o trabalho de empreendedores e entidades que atuam na área social para que alcancem maior visibilidade no mercado consumidor goiano. Além da exposição e vendas de produtos das áreas da saúde, beleza, culinária e brechós, a feira também conta com uma programação cultural para a população com apresentações das Fiandeiras. 

O público que comparecer a feira também poderá conferir a exposição Do Analógico ao Digital, do artista Hemerson Joca, que traz obras com diversas técnicas como acrílica, óleo, encáustica, colagem, serigrafia e plástico derretido que se misturam ao digital promovendo um estilo singular que incorpora elementos abstratos e orgânicos, com ênfase na textura e na forma. A mostra fica aberta à visitação pública até 30 de setembro, de segunda a domingo, das 9h às 17h, com entrada gratuita.

Expositores

– Oficina da Alquimia

– Brechó do Sr Carlos

– Tapetes da Elizete

– Vera Lúcia 

– Artesanatos Padma

– Beleza do Cerrado 

– Zoraide Roupas customizadas

– Brigadeiria

– As filhas de Lita (artesanato)

– Associação Tio Cleobaldo 

 

Programação artística

As Fiandeiras

 

SERVIÇO:

Assunto: 12ª Feira Jornada da Solidariedade

Quando: Sábado (09/09), 9h às 13h

Onde: Hall do Centro Cultural Octo Marques –

Edifício Parthenon Center, Rua 4, número 515, Centro

Entrada gratuita

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

 

Goiânia recebe Festival de Cafés Especiais com palestras, feira de expositores e degustação

O maior festival de cafés especiais do Centro-Oeste está de volta a Goiânia! É a 3ª edição do Café Fest, que acontece entre os dias 6 a 16 de Abril no Shopping Cerrado.

Com realização da Abrasel e Sindibares, neste ano o festival tem como tema ‘’Paladar Consciente’’, e será dividido em duas etapas contemplando todos os públicos, sejam consumidores ou profissionais.

O primeiro momento será a partir do dia 6 de abril com a ‘’Rota de Café em Café’’. Ao todo serão 16 cafeterias participantes que criarão pratos usando o café especial como ingrediente ou com a bebida como acompanhamento, o cenário são as cafeterias em si.

Os clientes poderão pedir o prato do festival e avaliar por meio de um formulário que estará disponível. O lugar melhor avaliado receberá um quadro de menção honrosa. Além disso, a cafeteria que mais vender o prato inscrito no período também será premiada e o criador do prato também.   

A segunda etapa será realizada no Shopping Cerrado, entre os dias 14 e 16. Ali, o consumidor poderá participar de palestras, oficinas, workshops, cursos e conferir as atrações musicais. Na sexta e sábado a programação será das 10h às 20h e no domingo das 11h às 20h.

Os ingressos já estão à venda pelo site Sympla, com valores a partir de R$ 25,00, ou por R$ 45,00 para os três dias de evento. Todos os ingressos dão direito à feira de expositores, palestras, Copa Koar e a degustação dos cafés especiais e cappuccinos.

Palestrantes

Entre as palestrantes confirmadas, estão Isabela Raposeiras do Coffee Lab SP e a jornalista especialista em café, Mariana Proença. Também haverá participação de cinco fazendas produtoras de cafés especiais, que estarão expondo seus produtos.

Para o idealizador e organizador do festival, Pablo Jaime, o objetivo é ser um espaço interativo de experiência gastronômica e de acesso à informação, educação, conhecimento e relacionamento entre o público consumidor e profissionais do segmento de cafés de especialidades. “É um festival de caráter sociocultural com livre degustação de diversos cafés especiais e cappuccinos, preparado por baristas” destaca.

 

Confira abaixo todos as Cafeterias participantes:

POPCORN GOURMET CAFÉ E BISTRO COFFEE (@popcorngourmetcafegyn)

Este estabelecimento faz parte do Clube Curta Mais! Assine e garante benefícios exclusivos

 

ESTAÇÃO 14 (@estacao14_cafe)

ESTAÇÃO 14 ESCOLA DE BARISTA (@estacao14_cafe)

CAFÉ CARINO (@cafecarino)

LUIZ CAFÉ CONCEITO (@luizcafeconceito)

CAFÉ GAROA (@cafegaroa)

AILHA  CAFÉ E ACONCHEGO (@ailha.cafe)

BENDITA MADRE GASTRONOMIA (@benditamadregastronomia)

ÓPERA CAFÉ BISTRO (@operacafebistro)

CASA BARU (@casabaru.go)

SUBVERSO COFFEE (@subversocoffee)

RENSGA CAFÉ (@rensgacafe)

NOT BLACK COFFEE (@notblack_coffee)

ELEGIA CAFÉ (@elegia.cafe)

O PÃO DE MEL DA JÚ (@opaodemeldaju)

CAFFÈ SOSPESO (@caffesospesogo)

 

Empresas e Parceiras que estarão no evento nos dias 14, 15 e 16:

FORMAGGIO MINEIRO (@formaggiomineiro)

Este estabelecimento faz parte do Clube Curta Mais! Assine e garante benefícios exclusivos

 

MUY CAFÉ (@muycafe)

KING CAFÉS ESPECIAIS (@kingcafesespeciais)

ZANCANARO ESTATE COFFEES (@zancanaroestatecoffees)

BOX CAFÉ  (@boxcafe.go)

 

 cafe

 

SERVIÇO:

3ª edição Café Fest em Goiânia

Quando: de 6 a 16 de Abril

Onde: em cada estabelecimento participante

Palestras e workshops: 14 a 16 de Abril

Onde: Shopping Cerrado

Ingressos: a partir de R$ 25,00

Vendas: Sympla

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

A 10ª Feira de Talentos acontece com edição natalina

A Prefeitura de Goiânia promove a última edição de 2022 da Feira de Talentos, que em sua décima edição vem com uma temática natalina. O intuito do evento é a divulgação e comercialização de produtos feitos pelos servidores municipais. 

 

A feira conta com 140 bancas com uma variedade de produtos, como roupas, calçados e acessórios natalinos ou voltados para as festas de fim de ano. Além disso, tem muita comida boa para aproveitar no evento e apresentações culturais, como o Quinteto de Metais e a Bateria da Orquestra Sinfônica de Goiânia. O evento acontece nos dias 12 e 13 de Dezembro no Hall de conveniência do Paço Municipal e funcionará das 08h às 16h.

 

Serviço

Feira de Talentos

Data: 12 e 13 de Dezembro 

Horário: 08h – 16h

Local: Hall de conveniência do Paço Municipal 

Entrada Franca

 

 

Foto: Reprodução/Semad

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Prefeitura de Goiânia realiza ‘feira de talentos’ com artigos para viagens

Servidores da Prefeitura de Goiânia realizam, nesta quarta-feira (06) e quinta-feira 07), das 08h às 16h, feira destinada a vender produtos de fabricação própria, no hall de convivência do Paço Municipal, com foco em artigos para viagens nas férias. O evento é organizado pela Secretaria Municipal de Administração (Semad), e recebe o nome de “Feira de Talentos” que, a cada mês, tem um tema diferente.

A Feira de Talentos, que antes era realizada somente uma vez ao ano, terá 10 edições temáticas em 2022. Esta é a quinta edição do evento. Em todas as edições da Feira há espaço para apresentações culturais e dinâmicas com os participantes, sorteios de brindes e gincanas. Nos dois dias do evento, às 12h, haverá apresentação do Coro e Solistas da Orquestra Sinfônica de Goiânia.

Próximas edições

Edição dos Pais – 03 e 04 de agosto

Edição de Primavera – 09 e 10 de setembro

Edição do Servidor – 05 e 06 de outubro

Edição da República – 08 e 09 de novembro

Edição Natalina – 07 e 08 de dezembro

Serviço

Oque: Feira de Talentos 

Quando: Dias 06 e 07

Onde: Paço Municipal de Goiânia

Foto: Reprodução/ Semad

Jaraguá terá música clássica nas feiras livres

Durante o mês de junho a população de Jaraguá poderá apreciar apresentações de música erudita em suas feiras livres. Isso porque o projeto Lira nas Feiras está de volta com uma temporada de shows. As apresentações promovidas pela banda Lira Jaraguense têm retorno nesta sexta-feira, dia 11, a partir das 18h, na Feira da Criatividade, no Larguinho Santana. As apresentações também serão realizadas no dia 17, na Feira de Sexta na Praça do Cigano às 19h; e no dia 19, na Feira coberta de Domingo, a partir das 8h30h.

 

A ação nas feiras tem o objetivo de promover cultura, valorizar a educação musical e o potencial de novos talentos, além de democratizar o acesso à música erudita e popular, aproximando diferentes públicos: agricultores, crianças, idosos, população em geral, tornando as feiras um ambiente de entretenimento e arte.

 

Lira Jaraguense é uma tradicional banda do município que oferece gratuitamente aulas de educação musical para jovens e crianças. A iniciativa é do Maestro Euripedes José dos Santos, militar da reserva da Aeronáutica que, juntamente com amigos, fundou a Associação dos Músicos de Jaraguá em 2010 e, com recursos próprios e doações, criou a banda e este projeto social. Hoje, o multi-instrumentista Ciro Celestino, filho do maestro, é professor na Banda e auxilia no dia a dia da instituição. 

 

Serviço:

 

LIRA NAS FEIRAS – Jaraguá-GO

 

·         Dia 11 de Junho – sexta-feira

Horário: 18h

Local: Feira da Praça da Criatividade (Larguinho Santana)

 

 

·         Dia 17 de Junho – sexta-feira

Horário: 19h

Local: Feira de Sexta (Praça do Cigano)

 

 

·         Dia 19 de Junho – domingo

Horário: 8h30

 

Local: Feira coberta.

 

Foto: Assessoria de imprensa

Feira em Goiânia apresenta peças de cerâmica, macramê e mais neste sábado. Confira

O público que visitar a Feirarte vai encontrar uma grande variedade de artesanatos, com preços acessíveis. São peças em cerâmicas, mosaico, vidro fusão, porcelanas, escultura em papel, tecidos, bordados, macramê e objetos decorativos. Durante o evento ainda terá sorteios de brindes e oficinas gratuitas, com certificação. Peças em cerâmicas, mosaico, vidro fusão, porcelanas, escultura em papel, tecidos, bordados, macramê e objetos decorativos vão estar expostos na Feirarte. Os valores variam de R$5,00 a R$ 300,00

 

A EFG em Artes Basileu França com o objetivo de promover o empreendedorismo cultural realiza mais uma edição da Feirarte. Os expositores desta feira de artes são os alunos do curso de artesanato de Artes Visuais, da instituição. O evento acontece neste sábado (30/04), no pátio da Moura, no setor Jaó de Goiânia-GO. As atividades começam às 12h e seguem até às 20h, com entrada franca.

 

“A feira proporciona oportunidades, de vivência profissional, contatos com o público consumidor, como montar e organizar uma feira. Toda essa experiência ajuda a formar um profissional completo para atender o mercado e oferece novas possibilidades de trabalho”, explica a coordenadora dos cursos de Artes Visuais Gisele Jacinto.

Serviço

Data: sábado (30/04)

Horário: 12h às 20h

Local: Pátio da Moura – Avenida Rui Barbosa, Qd. 141, St. Jaó

Mais informações: @escolabasileufranca

FOTO: Reprodução / A Redação

Feiras livres e especiais em Aparecida de Goiânia para cada dia da semana

Todo dia em Aparecida de Goiânia é dia de feira. E não é brincadeira ou trocadilho com a música da banda Skank. A cidade tem 74 feiras, sendo 9 delas, do tipo especial, aquelas que tem de tudo, de comidinhas deliciosas a roupas e acessórios. As demais 65, são as que conhecemos como feiras livres, ideais para reabastecer a geladeira com frutas, verduras, carnes, além de fazer aquele lanche caprichado com pastel e caldo de cana.

O Curta Mais foi atrás desses endereços e lista aqui para você que mora, trabalha ou visita a cidade metropolitana, ter reunido bem facinho o roteiro completo separado por dia da semana.

 

Segunda-feira

Feira livre Retiro do Bosque – Rua Aroeira Qd 10 c/ Av 15 de novembro (noturna) 

 

Terça-feira 

Feira Livre American Park – Rua J – 44 Qd 09 (noturna)

Feira Livre Cidade Vera Cruz II – Avenida V – 01 Qd 224 (noturna)

Feira Livre Jardim Alto Paraíso – Rua Santa Izabel Qd 84 (noturna)

Feira Livre Setor Colina Azul – Avenida Dom Fernando Qd 23 (noturna)

Feira Livre Setor dos Afonsos – Rua Campos Belos (noturna)

Feira Livre Vila Maria – Avenida Odorico Neri Qd 59 (noturna)

Feira Livre Colina Sul – Av. Rodolfo Tavares com Nevada (noturna) 

Feira Livre Tangará – Rio das Pedras (noturna)

 

Quarta-feira 

Feira Livre  Célia Maria – Rua das araras c/ Av. Santana (noturna)

Feira Livre  Cidade Vera Cruz I – Av. V – 07 Qd 139 c/ Rua H – 55 (noturna)

Feira Livre  Cruzeiro do Sul – Rua do Canavial Qd 13 (matutina) 

Feira Livre  Independência Mansões – Avenida Arão de Souza Qd 172 (noturna – a partir das 16h)

Feira Livre  Jardim Nova Era – Avenida Mineira Qd 06 (noturna)

Feira Livre  Jardim Olímpico – Av. Monte Carlos Qd 41 Lt 01(noturna)

Feira Livre  Jardim Tiradentes – Avenida D Qd 56(noturna)

Feira Livre  Setor Garavelo – Avenida da Fraternidade Qd 32 (noturna)

Feira Livre Village Garavelo – R. do Arco do Triunfo Qd 26 Lt 19(noturna)

Feira Especial Jardim Esmeralda – Rua Cuiabá (noturna a partir das 16h)

Feira Livre Bairro Independência – Avenida Atlântida (matutina)

 

Quinta-feira 

Feira Livre Bairro Hilda – Av. Ilda Praça Carlos Leopoldo Qd 23 (noturna)

Feira Livre Bairro Nova Cidade – Avenida 21 de Abril Qd 18(noturna)

Feira Livre Caraíbas – Avenida Aragoiânia Qd 31 (noturna)

Feira Livre Conjunto Planície – Al. Geraldinho Franco Qd 51 (noturna)

Feira Livre Parque das Nações – Avenida das Nações Qd 30 (noturna)

Feira Livre Parque Trindade – Av. Wilton pinheiro Qd 47 c/ 46 (noturna)

Feira Livre Setor Garavelo – Rua 15 Qd 147 (noturna)

Feira Livre Vila Brasília  – Rua Timbiras Qd 15 (noturna)

Feira Especial Vila Brasília – Avenida Anápolis Qd 26 (noturna)

Feria Especial Jardim Luz – Av. José Leandro da Cruz Qd 95 (noturna)

 

Sexta-feira 

Feira Livre Aparecida – Centro  – Avenida Dom Abel Ribeiro (matutina) 

Feira Livre Conjunto Santa Fé – Rua Alto Qd 44 (noturna)

Feira Livre Jardim dos Buritis – Rua do Cravo Qd 07  (noturna)

Feira Livre Morada dos Pássaros – Avenida Uirapuru  (noturna)

Feira Livre Setor Papilon Park – Rua L-14 e L-17 Qd 38  (noturna)

Feira Livre Setor Santo André – Avenida Adalberto Ferreira Qd 19  (noturna)

Feira Livre Setor Serra Dourada – Avenida Rita de Campos Qd 01  (noturna)

Feira Livre Vila Souza – Avenida Nossa Senhora Qd 09  (noturna)

Feira Especial Setor dos Afonsos  – Rua Jandaia Qd 125  (noturna)

Feira Especial Setor Garavelo  – Avenida Tropical (noturna)

Feira Livre Jardim Buriti Sereno – Rua General Glicério QD 116  (noturna)

Feira Livre Ibirapuera / Cascata  Avenida Central  (matutina) 

Leira livre Pontal sul – Avenida Anchieta Qd 05 Lt 04 (noturna)

 

Sábado  

Feira Livre Conjunto Estrela do Sul – Avenida V- 03 Qd 163 (noturna)

Feira Livre Feira Coberta – Cid. Vera Cruz – Avenida V – 05 c/ V – 06 (noturna)

Feira Livre Jardim Alto Paraíso  – Avenida São Marcos Qd 36 (noturna)

Feira Livre Jardim Buriti Sereno – Avenida Ribeirão Porto Qd 279 (matutina) 

Feira Livre Jardim Rosa do Sul – Rua Sempre Viva Qd 07  (noturna)

Feira Livre Setor Colina Azul – Avenida Flamingo Qd 23 (matutina)

Feira Livre Setor Cruzeiro do Sul – Rua do Canavial Qd 279 (matutina)

Feira Livre Setor Expansul  – Av. Cel. Eduardo A. Barros Qd 27 (noturna)

Feira Livre Setor Garavelo – Avenida Aragoiânia Qd 25 (matutina)

Feira Livre Setor Veiga Jardim  – Avenida Major Brandão Qd 91 (matutina)

Feira Livre Vila Alzira – Rua Araruama Qd 39 (noturna)

Feira Especial Setor Cruzeiro do Sul –  Rua do Canavial Qd 13 (noturna)

Feira Especial Jardim Bela Vista   – Avenida Bela Vista  (noturna)

Feira Livre Santa Luzia – Atrás do Atlanda – (matutina)

Feira Livre Vila Oliveira – Depois do Colégio –  (matutina)

Feira Livre MonteCristo (noturna)

Feira Livre Terra prometida (noturna)

Feira Livre Cidade Satélite Luiz – Praça da Av. Graça Aranha   (matutina)

Feira Livre Pontal Sul III – Avenida das Nações (matutina)


Domingo  

Feira Livre  Cidade Livre – Avenida Dom Fernando Qd 11 (matutina)

Feira Livre  Independência Mansões – Avenida Arão de Souza Qd 172  (matutina)

Feira Livre  Jardim Olímpico – Avenida Olímpica Qd 25  (matutina)

Feira Livre  Jardim Tiradentes – Rua 02 Qd 19  (matutina)

Feira Livre  Setor Garavelo – Avenida Tropical Qd 25  (matutina)

Feira Livre  Setor Papilon Park – Rua J – 16 c/ J – 02  (matutina)

Feira Livre  Vila Brasília – Rua Recife Qd 69 (matutina) 

Feira Especial Aparecida – Centro – Praça da Av. João Batista de Toledo (noturna)

Feira Especial Nova Era – Avenida Mineira Qd 06 (noturna) 

Foto ilustrativa. Não representa os lugares da lista. 

Leia mais: 

Maior rede de atacarejos de Goiás faz sucesso com preço baixo, comodidade e atendimento personalizado – Curta Mais

Bottega Cervejaria é um oásis no Bela Vista em Goiânia pra quem ama carne de porco, cerveja e rock – Curta Mais

Achadinho no Setor Bueno tem chope triplo malte a R$ 4,90, brinquedoteca, climatização e é petfriendly – Curta Mais 

Por que Aparecida de Goiânia tem esse nome se ela é mais antiga que Goiânia? – Curta Mais

Aparecida de Goiânia registra recorde em abertura de empresas em 2021 – Curta Mais

Entorno da Fé: conheça a história da igreja matriz que fundou Aparecida de Goiânia – Curta Mais

Feiras Hippie e da Madrugada funcionam nesta quarta e sexta-feira que antecedem o Dia das Crianças

As feiras Hippie e da Madrugada vão funcionar nesta quarta-feira (6) e sexta-feira (8), que antecedem o feriado do Dia das Crianças, da próxima terça-feira, 12 de outubro. A prefeitura de Goiânia ampliou o funcionamento a pedido dos próprios feirantes, que esperam na data uma oportunidade de aumentar o faturamento.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec), esses dias que antecedem o feriado devem ter fluxo intenso na região, que também engloba o comércio da Rua 44. ”A liberação das feiras na semana que antecede o Dia das Crianças vem para ajudar o feirante, com mais esse dia de venda dos seus produtos. Sabemos que o fluxo na região é intenso em períodos que antecedem os feriados, e o feirante pede muito por isso. O prefeito Rogério Cruz, está à disposição para atender aos pedidos da população”, disse o titular da Sedec, Paulo Henrique R. Silva.

A montagem da Feira da Madrugada começa a partir das 20h desta terça-feira e o funcionamento será das 4h de quarta-feira até as 22h de quinta-feira (7/10). Já a montagem da Feira Hippie começa a partir de 00h de sexta e funcionará das 6h de sexta-feira até as 15h de domingo (10/10). 

Além disso, a prefeitura ainda reforça que todos os protocolos sanitários de funcionamento deverão ser obedecidos.

 

Imagem: Divulgação 

Porque Goiânia é considerada a capital da roupa barata

Quem mora em Goiânia sabe bem: na capital goiana não faltam opções para quem procura roupa boa, bonita e barata. Mas quem também sabe disso são lojistas de outros estados, que viajam até Goiânia para garantir produtos no atacado e revendê-los nas suas cidades.

 

A cidade, que reúne mais de um polo atacadista, é um dos maiores centros comerciais de moda do Brasil. As centenas de lojas no segmento de vestuário recebem clientes de todo o país, além dos próprios goianos, que sabem onde encontrar peças de qualidade com preços baixos e desfrutam do privilégio de viver na capital da roupa barata.

 

Segundo dados divulgados em 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Goiânia é o segundo maior polo de vendas de roupas e calçados do Brasil, atrás apenas de São Paulo. O levantamento referente a 2018 mostrou que, naquele ano, a capital goiana recebeu 3,74 milhões consumidores em busca de itens de vestuário.

 

01feec015b43adb7cb2cc44cce135a63.jpg

Região da 44. Foto: AER-44/Divulgação

Atualmente, o maior polo atacadista de moda de Goiânia, e também do Centro-Oeste, é a Região da 44, que abrange três avenidas e nove ruas no setor Norte Ferroviário, onde se encontram diversas bancas, lojas e galerias que oferecem uma enorme variedade de roupas baratas. A região conta com 21 mil pontos de venda, segundo a Associação Empresarial da Região 44 (AER-44).

 

784b294f2d733b0a695413e8779d348c.jpg

Shopping Estação da Moda. Foto: Divulgação

Na Região da 44 se encontram ainda os shoppings populares, como o Shopping Gallo, o Mega Moda, o Goiás Center Modas e o Estação da Moda. Nesses polos confeccionistas é possível encontrar peças de roupas dos mais variados estilos, desde vestuário infantil até o masculino e feminino adulto, além de bolsas, sapatos e acessórios. Juntos, os quatro shoppings somam mais de 2 mil lojas do ramo modista.

 

Anteriormente ao destaque da Região da 44, as regiões da Avenida Bernardo Sayão e de Campinas demonstravam a vocação da capital goiana para a produção e distribuição no ramo modista. Esses antigos polos de moda, no entanto, perderam sua potência e deram espaço para o crescimento da Região da 44, para onde migrou a maior parte dos lojistas que ocupavam a Bernardo Sayão. 

 

Outro fator que contribui para o título de capital da roupa barata são as feiras especiais, que surgiram há mais tempo que a Região da 44 e os shoppings populares e continuam atraindo turistas e goianienses (convenhamos, a gente ama uma feira!). 

 

7de132e84439f9b6be7a293c0d51cfc0.png

Feira Hippie. Foto: Divulgação

A Feira Hippie, a mais antiga delas, integra a Região da 44 e conta com 8 mil barracas, segundo a AER-44. Localizada na Praça do Trabalhador, ela acontece todos os finais de semana, de sexta-feira a domingo, e é a maior feira ao ar livre da América Latina, além de somar aproximadamente sessenta anos de existência. 

 

Além da Feira Hippie, se destacam a Feira da Lua e a Feira do Sol, ambas no Setor Oeste, que também fazem parte da história de Goiânia e são referência na venda de roupas baratas. Ainda que em menor escala, não podemos deixar de mencionar também as feirinhas de bairros, que acontecem espalhadas pela cidade em diferentes dias da semana e são uma ótima opção para quem mora perto das mesmas.

 

O grande número de lojas no ramo da moda em Goiânia é possibilitado pela significativa presença de empresas de confecção em todo o estado. Segundo dados da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG), Goiás possui cerca de 8 mil confecções, que produzem aproximadamente 60 milhões de peças por mês, comercializadas no atacado e no varejo.

 

Somado a isso, a capital goiana conta com uma logística privilegiada por estar no centro do país, o que faz com que seja acessível pela maior parte dos estados do Brasil. Juntando esses ingredientes, os goianienses fizeram uma receita de sucesso, e tornaram a cidade a capital da roupa barata.

 

Você também vai gostar de saber: 

Goiânia, capital das feiras: conheça as feiras livres, especiais e orgânicas da cidade

30 feiras especiais para você aproveitar o comércio popular de Goiânia

Bom, bonito e barato: 6 feiras de fim de semana para visitar (e economizar) em Goiânia

Brechós: o guia completo para garimpar em Goiânia

Melhores lojas em Goiânia para comprar bugiganga barata

Segundo maior polo de confecção e moda do país, 44 ganha o Shopping mais bonito da região

As 21 melhores comidinhas de feiras livres de Goiânia

 

 

Porquê Goiânia é conhecida como a capital das feiras

Grandes em tamanho e movimento, algumas feiras fazem parte da economia e da história local da cidade de Goiânia que chegou a ficar conhecida como a “capital das feiras” devido a grande quantidade dessa forma de comércio existente na cidade. Com mais de 122 feiras espalhadas pela região, algumas delas consideradas patrimônio cultural e tradicional da cidade, opção é o que não falta! 

 

Distribuídas por todo o território de Goiânia e em diferentes dias da semana, as feiras contam com uma grande diversidade de produtos, onde você pode encontrar hortifrutis, roupas, calçados, acessórios, artesanatos e muitos mais. Todos esses produtos com preços que chamam a atenção de turistas do Brasil inteiro que visitam a capital com o objetivo de realizarem compras nas feiras da cidade. Dentro do contexto de feiras da capital destacam-se as feiras livres e as feiras especiais. 

 

As feiras livres são as famosas “feiras de bairro”, normalmente realizadas semanalmente e frequentadas pelos moradores da região. São espaços que oferecem produtos e serviços para todos os gostos e públicos, e costumam chamar a atenção e se destacarem pelo caráter bairrista, além de servirem como um momento de interação entre os moradores e os feirantes, além de um simples espaço comercial. Alguns especialistas afirmam que em 500 a.C. essa atividade já era realizada no Oriente Médio. Outros teóricos dizem que essa atividade, na verdade, surgiu na Idade Média e se relacionava às festividades religiosas.

 

Feira

 

Por sua vez, as feiras especiais se destacam por seu caráter mais comercial sendo quase sempre mais extensas e com uma maior variedade de produtos. Na cidade de Goiânia destacam-se dentro do contexto de feiras especiais a Feira do Sol, a Feira da Lua e a Feira Hippie, que atraem visitantes do país inteiro e são consideradas como um dos principais atrativos turísticos da cidade. 

 

A Feira do Sol ocorre todos os domingos das 15 hrs às 21 hrs, na Praça do Sol localizada no setor Oeste, em Goiânia.  O espaço surgiu de uma ideia inovadora quando um grupo de pintores e artesãos se uniram para mostrar à população como eram produzidas as peças artesanais e as pinturas em tela ao ar livre. Desse encontro semanal de artistas na Praça do Sol surgiu a feira que foi devidamente registrada em abril de 1990. Inicialmente a comercialização de produtos industrializados era proibida, atualmente, por lá, os visitantes encontram barraquinhas de alimentos, vestuário, bijuterias, antiguidades, flores e artesanato. 

 

Feira

 

A Feira da Lua é considerada a segunda maior feira de Goiânia e acontece todos os sábado das 16 hrs às 22 hrs na Praça Tamandaré, também no Setor Oeste. Funcionando todos os sábados desde 1992, o espaço conta com mais de mil feirantes que comercializam desde vestuários e calçados até alimentos, para visitantes da capital e turistas do Brasil inteiro. 

 

Feira

 

Por fim,  a Feira Hippie é um dos maiores polos comerciais do Brasil e da América Latina. Com início na década de 60, quando alguns hippies se uniam para expor suas peças no Parque Mutirama, e posteriormente migraram para a praça universitária e para a Praça Cívica até se fixarem na Praça do Trabalhador, onde ocorre até hoje. Considerada a maior feira a céu aberto da América Latina, a Feira Hippie conta com cerca de 5 mil feirantes cadastrados no sistema da prefeitura e fica localizada entre a Rua 44 e o Terminal Rodoviário de Goiânia, no Setor Norte Ferroviário. Com a pandemia de Covid-19, a feira ficou quase cinco meses sem funcionar em 2020, mas seguindo os decretos atuais a feira voltou a funcionar aos sábados das 05 hrs às 19 hrs, e aos domingos das 06 hrs às 14 hrs. 

 

Feira

 

Vale lembrar que devido a pandemia os horários e dias de funcionamento das feiras em Goiânia pode variar conforme a liberação de novos decretos do estado e da prefeitura. 

Conheça 5 projetos brasileiros premiados em uma feira de ciências dos EUA

Nos últimos dias, ocorreu a Regeneron ISEF 2021, nos Estados Unidos. Esta é a maior feira internacional de ciências e engenharia de nível pré-universitário, para se ter uma ideia participaram cerca de 1.800 jovens de 65 nacionalidades. Dentre as premiações, há cinco projetos científicos do Brasil.

Desenvolvidos por seis estudantes do ensino médio e técnico dos estados da Bahia, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, os projetos receberam alguns dos prêmios mais cobiçados pelos 1.800 jovens da feira.

Durante o evento, foram apresentados e avaliados 1.480 projetos em 21 categorias. Os quatro primeiros colocados, em cada categoria, receberam de US $3.000 a US $500 como prêmios.

Os critérios analisados foram: rigor científico, competência e clareza demonstrada no desenvolvimento dos projetos, além da capacidade criativa e pensamento científico dos estudantes.

Por causa da pandemia da covid-19, neste ano a mostra e a avaliação dos projetos na Regeneron ISEF foram realizados a distância.

Por isso, para participar da feira, cada estudante brasileiro ganhou notebook, fone de ouvido, pacote de dados e uma camiseta, oferecidos pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil, que patrocinaram a delegação brasileira, composta por 14 estudantes que apresentaram nove projetos.

Pois bem, como esses jovens chegaram lá? Todos os projetos brasileiros que venceram na Regeneron ISEF 2021 foram selecionados pela Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia) a principal mostra nacional de projetos científicos da qual participam estudantes do ensino fundamental, médio e técnico de todas as unidades da federação.

Do Brasil, o destaque foi o projeto da estudante Rafaela Curcio de Jundiaí (SP), que ficou em terceiro lugar na categoria “Engenharia Ambiental”.  Outros três projetos ficaram em quarto lugar nas categorias “Ciências Sociais e Comportamentais”, “Microbiologia” e “Botânica”. Eles foram desenvolvidos por estudantes das cidades de Osório (RS), Salvador (BA) e Toledo (PR).  Veja abaixo mais informações sobre os projetos e seus autores.

Vencedores Brasileiros:

3º lugar em Environmental Engineering – Prêmio de US$ 1.000

Rafaela Curcio

feira

Projeto: Análise de água automatizada: desenvolvimento de um drone à base de microcontroladores

Orientadores: José Roberto Cunha Jr. e Ricardo Murilo de Paula

Escola: ETEC Benedito Storani, Jundiaí – SP

Cidade: Jundiaí, SP

 

4º lugar em Behavioral and Social Sciences – Prêmio de US$ 500

Victórya Leal Altmayer Silva

feira

Projeto: FIDERE: desenvolvimento de um App voltado à economia circular de brechós e associações do litoral norte gaúcho

Orientadores: Flávia Santos Twardowski Pinto e Cláudius Jardel Soares

Escola: IFRS – Campus Osório, Osório – RS

Cidade: Osório, RS

 

4º lugar em Microbiology – Prêmio de US$ 500

Ana Carolina Gonçalves Selva

projeto

Projeto: Potencial fungitóxico de diferentes extratos vegetais sobre o desenvolvimento in vitro do fitopatógeno causador da antracnose em frutos de bananeira – Fase IV

Orientadora: Dionéia Schauren

Escola: Colégio Estadual Jardim Porto Alegre – Unidade II, Toledo

Cidade: Toledo, PR

 

4º lugar em Plant Sciences – Prêmio de US$ 500

Nicole Melo de Almeida e Yasmin Barreto Teles Fonseca

premio

Projeto: Tecnologia alternativa para aumento germinativo e potencialização de compostos bioativos em culturas de coentro a partir da biomassa de Dunaliella salina incorporada ao biofilme polimérico

Orientadores: Fernando Leal Barreiros Moutinho e Jamile da Cruz Caldas

Escola: SESI Piatã – Escola Djalma Pessoa, Salvador – BA

Cidade: Salvador, BA

 

Menção Honrosa da International Council on Systems Engineering – INCOSE

Henrique Rodrigues Hissa Amorim (16)

premio

Projeto: Tecnologias imersivas no ensino de astrobiologia

Orientadores: Tiago Bode e Sandra Maria Rudella Tonidandel

Escola: Colégio Dante Alighieri, São Paulo – SP

 

Cidade: São Paulo, SP

 

Imagens: Reproduzidas das Redes Sociais

 

Prefeitura de Goiânia prepara retorno das Feiras Hippie e da Madrugada para Praça do Trabalhador

A Prefeitura de Goiânia informou na tarde desta terça-feira que criou um grupo de trabalho especial para tratar das mudanças e alocação no retorno das feiras Hippie e da Madrugada para a Praça do Trabalhador. Atualmente elas estão funcionando entre a Rua 44, Viela da Rua 44, Avenida Leste Oeste e Avenida Goiás, Setor Norte Ferroviário, enquanto obras estão em andamento na antiga ocupação. 

 

Os membros do grupo também serão responsáveis por definir novos dias e horários de montagem, desmontagem e funcionamento das feiras. Além disso, aprovarão os modelos padronizados de bancas, forma e critérios de alocação e localização delas. 

 

De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Economia Criativa, Paulo Henrique, a transferência deve ocorrer após a conclusão e entrega definitiva das obras da praça. “Nosso objetivo é apresentar propostas de cronograma, promover análise, ouvir a opinião de todos para que possamos fazer um trabalho de excelência nessa retomada da Feira Hippie na Praça do Trabalhador”, explica. 

 

Coordenado pela Sedec, o grupo deverá promover e definir sobre o cadastro de regularidade, autorizações, legislação e normas vigentes relativas às feiras especiais Hippie e Madrugada. “A Sedec terá toda a prerrogativa de fazer os encaminhamentos dentro desse trabalho, tudo irá passar pela pasta. Após as discussões, nós iremos viabilizar essa retomada”, explica Paulo Henrique.

 

Formato da comissão: 

 

4 representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento

 

1 representante Secretaria Municipal de Governo

 

3 representantes da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação

 

1 representante da Procuradoria-Geral do Município

 

1 representante da Agência da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia

 

1 representante da Secretaria Municipal de Mobilidade

 

1 representante do Ministério Público do Estado de Goiás

 

2 representantes da Câmara Municipal de Goiânia

 

1 representante da Associação dos Feirantes da Feira Hippie e Liga dos Amigos da Praça do Trabalhador

 

1 representante da Associação Luta pela Feira Hippie

 

1 representante da Associação Goiânia dos Montadores de Bancas

 

1 representante da Associação da Feira Especial da Rua 44

 

1 representante da União dos Camelôs e Ambulantes da Região da 44

 

1 representante da Associação Empresarial da Região da 44

 

1 representante da empresa responsável pela administração/gestão do Terminal Rodoviário de Goiânia

 

Foto: Reprodução 

Novo decreto devolve dias e horários para as feiras especiais de Goiânia

O novo decreto publicado na noite desta quinta-feira, 22, pela prefeitura de Goiânia, que determina medidas do enfrentamento da pandemia do novo coronavirus, libera o funcionamento do comércio em geral na Capital, incluindo as feiras especiais, que voltam aos seus dias e horários tradicionais. Com isso, as Feira do sol, da Lua, do Cerrado e Universitária, por exemplo, já devem ser retomadas este final de semana. 

 

No último dia 13, a prefeitura havia autorizado o funcionamento da Feira da Lua, do Sol e Universitária distribuídos em dias da semana através de uma portaria, já que o decreto vigente suspendia essas atividades nos finais de semana.    

 

A partir desse final de semana, elas voltam aos seus itinerários de antes, mas seguindo as regras e protocolos de segurança sanitários determinados pelo novo decreto. Ou seja, a redução para 50% de ocupação, sem consumo no local das feiras para que não haja aglomeração, além de manutenção de distanciamento mínimo de 1,5 m entre as barracas e disponibilização obrigatória de álcool em gel.

 

Leia mais:  

Feira Hippie de Goiânia começa a funcionar sexta-feira, 23. 

Bares podem funcionar com música 

Feiras de Goiânia 

Foto: Reprodução TripAdvisor 

Feiras especiais passam a funcionar às sextas-feiras em Goiânia

A prefeitura de Goiânia atendeu ao pedido dos feirantes e, através de uma portaria, autorizou novos dias e horários para o funcionamento das feiras especiais de final de semana, que estavam suspensas conforme decreto municipal, publicado em 14 de abril.

As feiras especiais que tradicionalmente funcionam aos sábados e domingos em Goiânia passam a funcionar às sextas-feiras. As regras e protocolos de segurança sanitários continuam os mesmos: redução para 50% de ocupação, sem consumo no local das feiras para que não haja aglomeração. Além de manutenção de distanciamento mínimo de 1,5 m entre as barracas, além da disponibilização obrigatória de álcool em gel.

Segundo o secretário interino da Sedec, Rafael Meirelles, a solução foi construída por meio de diálogo com os trabalhadores ao longo da semana. “O prefeito Rogério Cruz determinou que todos fossem ouvidos, as propostas colhidas, para assim estudarmos a possibilidade de alteração nos dias de funcionamento. Ele tem sido muito sensível e escutado todos os segmentos, por isso, a Prefeitura vai fazer a alteração nos dias”, afirma Meirelles. Rafael explica que uma das preocupações do Município era em relação ao trânsito na Assis Chateaubriand às sextas-feiras, mas a Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM) foi consultada.

De acordo com o titular da SMM, Horácio Mello, a Assis não será fechada, por isso, o impacto no trânsito será minimizado com a presença dos agentes de trânsito orientando quem circula pelo local e transparência nas informações por meio das redes sociais, parceira com plataformas de direcionamento veicular como Waze e Google Maps dos desvios estudados pela Engenharia de tráfego, que serão disponibilizado pela pasta. “Esse é um fechamento que já ocorre, portanto a comunicação à sociedade será suficiente para mitigar os transtornos para o trânsito e garantir o funcionamento da Feira da Lua”.

Veja como ficam os dias e horários

Terça-feira
Feira do Setor Universitário – 16h às 22h

Sexta-feira
Feira das Rosas – 16h às 22h
Feira das Nuvens – 16h às 22h
Feira da Lua – Montagem a partir das 17h – Funcionamento das 18h às 23h
Feira Hippie – Montagem a partir da 00h de sexta – Funcionamento a partir das 6h às 20h de sexta

Quinta-feira
Feira do Sol – 16h às 22h

Foto: Reprodução