GJ 504b: Você sabia que existe um planeta completamente cor-de-rosa?

Não, você não leu errado e essa imagem tampouco foi gerada por IA, o GJ 504b é um dos planetas mais lindos já descobertos pela Nasa! O ano era 2013 quando cientistas da Nasa se depararam com um corpo celeste cor-de-rosa intenso e peculiar, que podia ser avistado através do telescópio Subaru, no Havaí. 

GJ 504b

Usando dados infravermelhos do Subaru, astrônomos descobriram que o gigante gasoso orbitava uma estrela brilhante, pouco visível a olho nu, integrante da constelação de Virgem e ainda mais quente que o Sol: a GJ 504.

Pesquisadores estimam que o ‘novo mundo’, batizado como GJ 504b, tenha 160 milhões de anos de idade, o que torna este o planeta mais jovem do mundo. “Se pudéssemos viajar para esse planeta, veríamos um mundo brilhando com o calor de sua formação, com uma cor que lembra flores de cerejeira, um magenta escuro”, afirma Michael McElwain, pesquisador do Centro de Voo Espacial Goddard da Nasa, em Maryland, Estados Unidos.

Segundo os especialistas, sistemas solares jovens são alvos interessantes para estudos de imagem, porque seus planetas ainda não perderam muito do calor de sua formação, o que melhora a visibilidade. “O Sol está por volta da metade de sua vida de produção de energia. Estudar esses sistemas é como ver o nosso próprio sistema solar quando jovem”, diz McElwain.

 Planeta GJ 504b, planeta cor de rosa

Problemas teóricos orbitam o GJ 504b

Uma das teorias mais aceitas no meio científico aponta que colisões entre asteroides e cometas produzem um núcleo que, ao atingir massa suficiente, passa a atrair gás para si mesmo, formando um planeta. 

Porém, para essa teoria funcionar, o planeta deve estar distante de sua estrela tal qual a distância de Netuno ao Sol, cerca de 30 vezes a distância entre a Terra e o Sol. O novo planeta, apresenta uma distância em relação a sua estrela que é mais de 43 vezes a longitude entre Terra e Sol. 

“Este é um dos planetas mais difíceis de explicar segundo a teoria tradicional. Sua descoberta implica a necessidade de considerar seriamente teorias alternativas de formação, ou talvez rever alguns conceitos básicos na teoria atual”, afirma Markus Janson, integrante da equipe de pesquisadores.

Imagem: Reprodução Nasa

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Estudante de Goiás participa de programa feito em parceria com a Nasa e descobre asteroide

A estudante Mariana Milena, de apenas 18 anos, detectou um asteroide em um programa feito em parceria com a Administração Nacional do Espaço e da Aeronáutica dos Estados Unidos, a Nasa. As informações são do Portal G1 Goiás.

Milena, que é natural da cidade de Catalão, sudoeste goiano, e contou para o G1 sobre a descoberta, feita em fevereiro deste ano: “A gente acha que a ciência é uma coisa distante que está com os cientistas e dentro das universidades, mas não, a ciência está dentro das nossas casas e a gente pode contribuir com cientistas por meio de um computador, como eu fiz”.

A detecção foi registrada no site do projeto no dia 26 de fevereiro e concluiu os estudos no último dia 24 de março. Se trata do “Caça Asteroides”, um programa feito pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), em parceria com a Nasa e com o International Astronomical Search Collaboration (IASC).

“O programa envia pacotes de imagens para nós de um telescópio do Havaí e nós usamos um software para transformar essas fotos em um vídeo e procurar os asteroides. Eles são pontinhos mínimos e nós temos que prestar atenção em cada pixel da imagem”, explicou Mariana.

Conforme Silvana Copceski, coordenadora geral de popularização da ciência, tecnologia e inovação, do MCTI, os estudantes fazem uma primeira detecção, com imagens da maior lente de um observatório no mundo. Após essa etapa, pesquisadores analisam e levam entre 6 a 8 anos para o asteroide ser catalogado e nomeado.

A coordenadora explicou que durante a pesquisa, cada participante faz um relatório da detecção, que passa por análise até por Harward, nos Estados Unidos. Por último, é reconhecido no International Astronomical Union, em Paris, na França.

Por enquanto, asteroide detectado por Mariana se chama “MMS003”, as iniciais do nome dela. Mas a jovem já tem planos para renomear a possível descoberta, ela quer colocar o nome da mãe, Walkiria Prado, que foi uma das incentivadoras do seu sonho na astronomia.

“Minha mãe é formada em biologia e dá aula de ciências, então ela sempre me incentivou. Sobre a astronomia, eu lembro da minha infância quando tinha aulas e tinham imagens do sistema solar na apostila, eram as aulas que eu mais gostava e achava mais interessantes”, contou a jovem.

Mas a paixão pela astronomia ganhou mais força durante a pandemia, sempre antenada na internet, Mariana descobriu um curso na Universidade de São Paulo (USP), onde começou os estudos espaciais.

“O ‘AstroMinas’, foi voltado para empoderar mulheres na ciência. A primeira aula foi de uma professora da USP de astronomia, naquela aula eu fiquei sorrindo igual criança que ganha doce, e pensei: ‘Eu realmente gosto disso’”, falou Mariana.

Com o ensino médio finalizado, Mariana alçou voos para seguir no sonho da astronomia. No momento, não tão longe quanto o asteroide que ela encontrou, mas a cerca de 100 km de sua cidade, na Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Relevância mundial

Silvana explicou que um dos objetivos do programa é formar cidadãos e engajar jovens com a ciência. Contudo, a participação não se limita a isso, segundo ela, pode até salvar vidas.

“Essas detecções podem salvar o planeta, porque a Nasa não tem tantas pessoas, por isso espalhou no mundo. Vamos supor que um asteroide nunca foi visto e pode estar na órbita da Terra, então a Nasa com toda sua tecnologia, pode desviá-lo”, ponderou a coordenadora.

Definido como um programa que abre portas, o Caça Asteroides fornece certificados. O documento é assinado pela Nasa, pelo IASC e pelo Ministro Marcos Pontes, do MCTI.

 

Imagem: Arquivo Pessoal

Aloha! 8 curiosidades sobre o Havaí que você provavelmente não sabia

O Havaí é um estado pertencente aos Estados Unidos, que fica localizado em um arquipélago no meio do Oceano Pacífico. O estado é conhecido pela sua beleza natural, praias, ondas gigantes e vulcões, mas não para por aí.

Com uma cultura muito rica, o Havaí é cheio de curiosidades que você provavelmente nunca ouviu falar, vamos viajar?

 

1. O Havaí é composto por oito ilhas principais

 Apesar do arquipélago possuir cerca de 132 ilhas, apenas 8 delas são habitadas. Além de Oahu, a ilha principal, existem outras sete ilhas: Niihau, Kauai, Maui, Molokai, Lanai, Kahoolawe e Hawaii, também conhecida como “Big Island”.

18f260d46c38821b59b702bf5880b3e0.png

 

2. O alfabeto havaiano possui apenas 12 letras

Chamado de ka pī‘āpā Hawai‘i no idioma local, o alfabeto havaiano é uma variedade do alfabeto latino. Apesar de parecer difícil é bem simples. Por mais engraçado e louco que possa parecer, consoantes e vogais aparecem sempre intercaladas, e além das cinco vogais existem apenas sete consoantes: H, K, L, M, N, P e W.

bedcfd75f9473abbd04b024829775e8b.png

 

3. O Havaí não para de crescer

Isso acontece porque a lava vulcânica faz com que o estado cresça aproximadamente 200 metros quadrados por ano, o que é mais do que um campo de futebol. O vulcão Kilauea é considerado o vulcão mais ativo do mundo, completando 36 anos de erupções, ele é o responsável pelo aumento constante das ilhas havaianas. 

f32fa4a3e0784329fdc3651fed373fb7.jpg

 

4. Não existem cobras no Havaí

Com a exceção das cobras no zoológico da cidade, não existem cobras no Hawaii. Contrabandear uma cobra para dentro do território havaiano é considerado crime federal, punível com até três anos de cadeia e multas de até 200 mil dólares. O que acontece é que as cobras trazem grandes ameaças para o equilíbrio ambiental das ilhas, já que se alimentam de animais locais e acabam dizimando-os.

19a054db0667d7ef7d7476df04ab13f8.jpg

 

5. O “aloha state of mind” é garantido por lei

A importância do Aloha Spirit na cultura havaiana é tão grande que é firmada pela lei no Estatuto do Havaí. Há um trecho do Estatuto que diz: “Aloha significa respeito e afeto mútuo (…). Aloha está na essência dos relacionamentos, onde cada indivíduo possui uma importância fundamental para todos os outros e para a existência coletiva. Aloha significa ouvir o que não pode ser dito, ver o que não pode ser visto e conhecer o desconhecido. Ao exercer seu poder em nome do povo e no cumprimento de suas responsabilidades, obrigações e serviços, o legislador, governador, vice-governador, chefe de justiça, diretores de departamento, devem contemplar e fruir a força vital, sempre considerando o Espírito Aloha.”

76db21bbe4adf603938a77b6a83ed90b.jpg

 

6. O Havaí é o centro populacional mais isolado do mundo

Visitar o Havaí requer um pouco de paciência e dinheiro, sua capital e maior cidade, Honolulu, localiza-se a mais de 3100 km de qualquer outro Estado norte-americano e mais de 6.400 km do Japão. Por conta de sua localização e da poluição quase inexistente na região, é um lugar adorado pelos cientistas. Não à toa o arquipélago abriga um dos maiores observatórios astronômicos do mundo.

e8164ae8660c34f1ff4221d500405ff3.jpg

 

7. Duas das oito ilhas são proibidas de se visitar

Kaho’olawe é a menor das oito ilhas que fazem parte do arquipélago e não é habitada. Durante a Segunda Guerra Mundial foi usada para testes de bombas e ficou conhecida como a “ilha alvo”. Ni’ihau também é fechada para visitantes, os únicos que podem chegar lá são funcionários do governo norte-americano e da Marinha.

76f53eac5f48e75326b7accc3b6fd655.jpg

 

8. O Havaí tem a montanha mais alta do mundo

A montanha mais alta do mundo, medida da base, que fica no fundo do Oceano, até o pico é o vulcão Mauna Kea, cujo nome significa Montanha Branca, em havaiano. A montanha possui no total 10.105 metros de altura, sendo 5.898 metros abaixo da superfície e outros 4.207 acima.

a8286e92eb9fa3690aabb197218a0acb.jpg

 

POKE HONOLULU

Depois de aprender essas curiosidade sobre o Havaí, bateu aquela vontade de explorar suas ilhas paradisíacas, mas a distância encarece as passagens e acaba sendo inviável para algumas pessoas. Você sabia que não precisa sair de Goiânia para conhecer o Havaí? Uma das melhores formas de se conhecer outras culturas é pela culinária! O restaurante Poke Honolulu trouxe a diversificada culinária havaiana pra bem pertinho, aqui mesmo na capital goiana. E como gostamos de te oferecer o que há de melhor na cidade, assinantes do Clube Curta Mais ganham 30% de desconto em todo o cardápio do Poke Honolulu, exceto bebidas. Aproveite e pegue carona para esta viagem incrível!

Poke Honolulu: Descubra as delícias da culinária havaiana em Goiânia

Com um clima praiano, plaquinha de “Aloha”, uma cabana de praia e uma comida super saudável, o Poke Honolulu é um convite a conhecer as delícias do havaí.

O restaurante que já ganhou o prêmio de revelação do ano em Goiânia, agora entra para a seleta lista de experiências do Clube Curta Mais. Assinantes premium do Clube tem 30% de desconto em todo o cardápio de alimentos.

e9d360d16f6fb34b2d24d4f99823426d.jpgFoto: Marcos Aleotti/Curta Mais

Renato, o Japa, em uma viagem ao Havaí descobriu que além das praias de Honolulu, o Havaí também é um paraíso das comidas saudáveis. Lá conheceu o Poke, peixe em cubos com frutas, misturado em um Boal de coco. Facinado pela riquesa do cardápio, decidiu pesquisar a fundo sobre a culinária local e trazer esse conceito para Goiânia. Um lugar com hospitalidade, culinária, beleza e a simplicidade do Havaí, para relaxar e curtir.

Encontrou na alameda Ricardo Paranhos um simples barracão e o transformou em uma linda barraca de praia, com plaquinhas de madeira e muitas plantas. Simples e aconchegante, bem ao estilo havaiano.

Produziu pratos tradicionais e com seus molhos irresistíveis. Os preferidos dos clientes são:

Poke Honolulu

735a9f941be0287d41bfde836750445a.jpgFoto: Marcos Aleotti/Curta Mais

Pacific Salmão

44f459939466cff68c469b1c074c4485.jpgFoto: Marcos Aleotti/Curta Mais

 

Ocean BLUE (atum)

d88784bcce16834d3f85c90d3c9678b6.jpgFoto: Marcos Aleotti/Curta Mais

 

O sucesso da casa foi instantâneo e todos amam a descoberta desta explosão de sabor havaiano com uma mãozinha do tempero brasileiro.

38ea15a37995f55b0a113495475961fe.jpgFoto: Marcos Aleotti/Curta Mais

Conheça o Poke Honolulu, uma novidade e raridade gastronômica. Um lugar perfeito para conhecer e apreciar a culinária havaiana, para fugir do óbvio e se surpreender!

E o melhor, O Poke Honolulu é o novo parceiro do Clube Curta Mais e reforça a nossa seleção de experiências exclusivas. Assinantes premium ganham 30% de desconto em todo cardápio da casa, exceto bebidas.

Serviço : Poke Honolulu

Endereço: Alameda Ricardo Paranhos, 1016 – St. Marista, Goiânia – GO, 74175-020​

Horário de Funcionamento: Terça a Domingo de 11:30 à 00:00hrs.

Telefone: (62) 3434-3042​​

Foto capa: Marcos Aleotti/Curta Mais

Universidade do Havaí oferece bolsas de estudo para estrangeiros

Já imaginou estudar na paisagem paradisíaca do Havaí? A Universidade do Havaí em Hilo, nos Estados Unidos, oferece bolsas de estudos para estrangeiros com valores de US$2 mil por semestre, destinados para estudantes estrangeiros de graduação nos anos de 2016 e 2017. As inscrições para a UH Hilo International Student Scholarship vão até o dia 18 de março de 2016.

Para participar, é preciso ter visto do tipo F-1 para os Estados Unidos, e antes de se inscrever para concorrer à bolsa, o estudante deve se inscrever em algum curso de graduação da universidade e comprovar proficiência em inglês. Para saber mais sobre o processo, clique aqui.

Mineirinho garante mais um título mundial de surfe ao Brasil

Demorou dez anos, mas Adriano de Souza finalmente alcançou sua glória máxima e conquistou pela primeira vez o Circuito Mundial de Surfe (WCT). Integrante mais experiente da Brazilian Storm, expressão criada em 2011 pela imprensa americana para se referir à nova geração de surfistas brasileiros que vem se destacando no cenário internacional, ele contou com a ajuda de Gabriel Medina, que eliminou Fanning na semifinal, superou o havaiano Mason Ho em Pipeline e entrou para a história da modalidade.

Mineirinho chegou ao Havaí dependendo apenas de si para terminar com o título, e foi dessa maneira que conquistou o WCT. Com uma campanha irretocável em Pipeline, no Havaí – foi melhor que Mick Fanning, Filipe Toledo e Julian Wilson – o brasileiro leva o segundo troféu consecutivo para o Brasil e chega à final contra Medina para tentar coroar o triunfo com chave de ouro.

Contra Mason Ho, algoz de Filipe Toledo e sobrinho do campeão mundial Derek Ho, Mineirinho não teve muitas dificuldades para vencer a bateria e garantir o título. Com ondas fracas, o brasileiro liderou durante todo combate e, com um somatório maior (6,83 x 4,70), avançou à final e pode comemorar com a torcida verde-amarela nas areias de Pipeline, considerada a Meca do surfe mundial.

“Queria agradecer muito Deus por esse momento, fui muito abençoado por ele. Dedico esse troféu ao Ricardo dos Santos. Fiz uma tatuagem para ele e, por isso, estará comigo para sempre. Sei que está lá em cima olhando por mim. Agradeço também ao meu irmão, que comprou uma prancha de R$ 30 para mim quando era criança e hoje estou no topo do mundo. Muito obrigado! Eu te amo e amo toda minha família”, disse Mineirinho, com lágrimas nos olhos após sair do mar.

Mineirinho terminou o ranking geral com 57.700 pontos. O vice-campeonato ficou com o australiano Mick Fanning, com 54.650. Gabriel Medina fechou o pódio com 51.600 no terceiro lugar. Filipe Toledo, que sonha com o título em Pipeline, foi quarto, com 50.950.

Via ESPN Brasil.

10 motivos pra você não perder o 23º Luau do Castro’s

Está chegando a 23ª edição de uma das mais tradicionais festas de Goiânia: o Luau do Castro’s Park Hotel. A festa, que acontece no sábado, 29 de agosto, a partir das 16h30 no Castro’s Park Hotel, é uma tarde na beira da piscina embalada ao som de reggae e surf music, acompanhada por drinks e comidinhas, com muita gente bonita e interessante para conhecer. Se tudo isso não é razão suficiente para te convencer a ir, listamos 10 motivos pra você não perder o 23º Luau do Castro’s:

 

1. O Luau é a festa mais tradicional de Goiânia

Se a prática leva à perfeição, 23 anos de história são suficientes pra fazer do Luau do Castro’s uma das festas mais perfeitas de Goiânia: o Luau é a festa mais tradicional da capital, com 23 edições consecutivas – é festa que não acaba mais.

 

2. Os maiores nomes do reggae nacional e internacional já tocaram no Luau

Planta e Raiz, Natiruts, Tribo de Jah e até Junior Marvin (guitarrista da The Wailers Band, banda do Bob Marley) já tocaram para o público do Luau do Castro’s ao longo das 23 edições da festa. Este ano, a música fica com a banda Maskavo.

 

3. A banda Maskavo, o DJ Renato Mex e o VJ Minhoca vão colocar todo mundo pra dançar

Por falar na Maskavo, a banda de Brasília se apresenta pela segunda vez no Luau, e vem comemorar com o público seus 15 anos de carreira e o lançamento do segundo DVD –  pode esperar muito reggae pra dançar a noite inteira, com letras sobre amor, natureza e espiritualidade. Além da banda, o DJ Renato Mex e o VJ Minhoca vão fazer todo mundo dançar com setlists de house e surf music.

 

4. O Luau tem bebidinhas à vontade…

Vodca, cerveja, espumante, vinho, coquetéis e batidas – tudo incluso no open bar do Luau pra você curtir durante a festa inteira. E pra quem não bebe álcool, também tem água, refrigerante e suco pra ficar bem hidratado.

 

5. …E comida também!

Open bar pode até ser comum, mas festa com open food cinco estrelas é só no Luau do Castro’s: além de petiscos como salgadinhos e frios, patês e pães, dá pra se esbaldar com o buffet de massas, risotos e salpicão, as sobremesas e os caldos, e tem até salada pra quem tá de dieta – tudo incluso no valor do ingresso.

 

6. O Luau do Castro’s é luau de verdade

Pode esquecer essa ideia de que luau tem que acontecer à noite – segundo a tradição havaiana, um luau deve acompanhar o pôr do sol, e não começar depois dele. O Luau do Castro’s respeita a tradição e começa às 16h30, pra dar tempo suficiente de todo mundo encontrar o lugar perfeito na beira da piscina pra ver o sol se pôr.

 

7. Inspiração havaiana dos pés à cabeça

Já que o Luau do Castro’s é um luau de verdade e a inspiração da festa é a cultura havaiana, pode se preparar para encontrar a ambientação da área da piscina (onde tudo vai acontecer) totalmente inspirada no Havaí. Quem quiser ir a caráter, tá liberado: o traje é livre, e vale usar colar e coroa de flores, camisa colorida e até chinelo pra entrar no clima.

 

8. Modo de segurança máximo: ativado

Com tanta gente aglomerada, é difícil não se preocupar com a segurança. Mas, pode ficar tranquilo: o Castro’s reforça a vigilância no fim de semana da festa e mobiliza uma equipe própria para atuar no dia do evento, com seguranças na entrada, responsáveis pela revista, e com seguranças dentro da festa, para evitar possíveis confusões e brigas – e que algum malandrinho se jogue na piscina do hotel.

 

9. Estrutura cinco estrelas

Além da estrutura cinco estrelas do próprio Castro’s Park Hotel, onde o Luau vai acontecer, a organização do evento preparou na área da festa uma estrutura de dar inveja: um telão de LED gigante e um sonzão de primeira vão animar o público do Luau, com exibições de vídeos e muito reggae, surf music e house.

 

10. Conhecer gente nova e fazer amigos

Sabe quando você vai a um lugar e já sabe quem vai encontrar por lá? São sempre as mesmas caras, as mesmas pessoas… No Luau do Castro’s isso não existe: já que a festa acontece em um hotel, pode ter certeza que você vai encontrar gente nova e fazer novos amigos, já que parte do público da festa é composto dos próprios hóspedes do hotel e visitantes que fazem reserva por lá só para acompanhar a festa.

 

Não tem como perder o 23º Luau do Castro’s, né? Então corre e compra logo o ingresso – já chegou no segundo lote! O ingresso feminino custa R$150 e o masculino custa R$220, à venda no Castro’s Park Hotel e no Espaço EBM – decorado do Gran Finestra, na Alameda Ricardo Paranhos. Mais informações pelos telefones 3096-2000 e 3096-2300.

 

DICA: Você não precisa ser de Goiânia pra curtir o Luau do Castro’s: o hotel tem pacotes especiais de hospedagem para você aproveitar a festa (com alimentação inclusa). Os pacotes também são uma boa pedida pra quem é de Goiânia mas não quer se preocupar em dirigir depois de beber e dançar a noite toda.

Pacotes de Hospedagem em Apartamento Standard duplo com convite para a festa, café da manhã e almoço do dia seguinte à entrada: a partir de 3 x R$ 204 por pessoa | Check-in dia 28/08 a partir das 18h e check-out dia 30/08 até as 18h | Informações: 3096-2000 | 3096-2300

 

Não perde!

23 º Luau do Castro’s Park Hotel com banda Maskavo, DJ Renato Mex e VJ Minhoca

Quando: 29 de agosto

Horário: a partir das 16h30

Onde: Castro’s Park Hotel

Endereço: Av. República do Líbano, N 1520, Setor Oeste

Ingressos: 2º Lote: Feminino R$150 | Masculino R$220

Pontos de venda: Castro’s Park Hotel | Espaço EBM – decorado do Gran Finestra, na Alameda Ricardo Paranhos

Informações: 3096-2000 | 3096-2300

 

Todo conteúdo desse site é de direito reservado ao Curta Mais.

Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização expressa e formalizada do veículo.

Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.

Curta Mais – Todos os direitos reservados.

 

Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças na programação ou localização aqui divulgados.

Ligue sempre com antecedência para confirmar as informações e não perder viagem.