De Berlim a Tóquio: 7 destinos imperdíveis para a elite inovadora de 2023

Em 2023, o universo das viagens corporativas renasceu das cinzas da pandemia, registrando um impressionante crescimento de 13,94% no segundo trimestre, culminando em um faturamento de R$ 3,35 bilhões, conforme apontado pela Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp). Esta reviravolta não é apenas um reflexo da recuperação econômica, mas também uma evidência clara do valor inerente às viagens de negócios na busca por inspiração e inovação.

Dentro deste contexto, profissionais que buscam experiências imersivas encontram nos destinos globais de tecnologia uma oportunidade para expandir suas perspectivas. “A inovação é mais do que apenas uma mentalidade; é a alma de uma organização. Viajar para hubs tecnológicos demonstra o investimento das empresas em seus talentos e compromisso com o futuro”, destaca Luiz Pinheiro, da Universidade Positivo.

Destinos Imperdíveis para Profissionais Visionários:

  • Berlim, Alemanha: A metrópole europeia está vibrando com mais de 3,5 mil startups tecnológicas, incluindo marcas renomadas como “N26” e “SoundCloud”.

 

  • Vale do Silício, EUA: Um símbolo do avanço tecnológico, abriga gigantes como Apple e Google. Cristiano Caporici da Tecnobank afirma que a experiência ali é inigualável para o desenvolvimento profissional.

  •  
  • Tel Aviv, Israel: Apelidado de “Silicon Wadi”, é um caldeirão de inovação, especialmente em cibersegurança e IA.

  •  
  • Londres, Reino Unido: Líder em inteligência artificial, Londres se destaca na fusão de tecnologia e globalização.

  •  
  • Tóquio, Japão: Lar da Sony e Toyota, é um epicentro de tendências tecnológicas.

  •  
  • Seul, Coreia do Sul: Cidade da Samsung e LG, Seul se destaca em inovação e qualidade de vida.

  •  
  • Cingapura: Uma ponte para mercados asiáticos emergentes, é um playground de inovação e diversidade.

Explorar estes destinos não é apenas uma questão de negócios, mas uma chance para enriquecer habilidades, vislumbrar novos horizontes e preparar profissionais para um futuro digitalmente interconectado.

 

Documentário sobre o Penta na Netflix é perfeito para entrar no clima da Copa do Mundo 2022

A Copa do Mundo no Catar começa AMANHÃ, dia 20 de novembro de 2022. O primeiro jogo é com o país sede: o Catar enfrenta o Equador às 13h no horário de Brasília. E para quem não aguenta esperar pelo jogo da seleção brasileira, que acontece no dia 24, temos a dica perfeita para entrar no clima da Copa rumo ao HEXA!

Trata-se do documentário da Netflix chamado ”Brasil 2002: Os Bastidores do Penta”, que mostra imagens inéditas e entrevistas de jogadores renomados daquela época da seleção brasileira como Ronaldo Fenômeno, Ronaldinho Gaúcho, Cafu e Roberto Carlos. Lançado este ano, o documentário mostra o caminho da Seleção Brasileira até a conquista do título da Copa do Mundo. O filme começa mostrando a derrota para a França em 1998 e termina com a grande atuação diante da Alemanha no estádio de Yokohama, no Japão.

A produção conta com cerca de 1h30 de duração, tem direção do norte-americano Luis Ara e está agradando os fãs de futebol. O filme parte contando como a Copa do Mundo é importante para o Brasil e como a Seleção de 2002 foi forjada dentro do caos absoluto, muito embora isso tenha sido contado de maneira muito vaga e sem a participação de pessoas importantes nesse processo.

Reviver a trajetória dessa última grande conquista da seleção faz com que o espectador seja transportado para um momento no tempo onde o ser brasileiro parecia não só mais tangível, como também mais digno de celebração. Para isso, o diretor entende a narrativa de superação como grande força motriz do esporte, e rastreia no fracasso do Brasil no mundial de 1998 a história de origem do time campeão, quatro anos depois.

Quem acompanha e gosta de futebol já deve ter visto inúmeros documentários e reportagens sobre as Copas do Mundo vencidas pela Seleção Brasileira (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002). Seja por saudosismo ou pura curiosidade, é bom demais ver como o Brasil era dominante no futebol mundial.

Nós já assistimos e recomendamos este documentário que serve para lembrar o brasileiro de como era gostoso sonhar. E que, talvez, isso possa ser revivido ainda neste ano!

Confira abaixo o trailer:

 

 

Imagem: Alex Livesey

Goiânia recebe Festival Gastronômico com temática japonesa ‘Maid Café’

Chega a Goiânia um interessantíssimo evento gastronômico temático inspirado no “Maid Café”, segmento popular do Japão. A primeira edição do Sugoi Festival acontecerá no dia 17 de julho, das 11:00 às 20:00, no JapaHalls 

O que são Maid Café? São restaurantes e/ ou cafeterias temáticas populares no Japão, onde as garçonetes se vestem de empregadas da era vitoriana, sendo esse o diferencial. Criado em 2001, quando estavam em alta os animes e mangás que retratavam famílias milionárias com vários empregados vestidos neste mesmo estilo.

O Sugoi Festival trará essa energia para a capital goiana, em que o ponto mais interessante de tudo além de toda temática visual, é a interação entre funcionários e clientes que tornam tudo isso uma experiência bastante imersiva.

O evento contará com palco aberto para canto e dança, karaokê, K-pop random dance play, apresentação de Taekwondo, atendimento temático, games virtuais, jogos de mesa, quiz, gincana e competição de quem come mais, além de outras interações.

Além disso, o setor de alimentação terá o atendimento temático realizado por atendentes caracterizadas de maid, e o cardápio promete ser bastante diversificado, desde comidas orientais a pratos populares.

 

Serviço

Data: 17 de julho

Horário: das  11:00 às 20:00

Local: JapaHalls – Chácara do Japonês

Endereço: R. Direita, 326 – Vila Sol Nascente, Goiânia – GO, 74530-400

Ingressos: primeiro lote R$ 25,00 – disponíveis para compra via pix ou através do mercado pago(lotérica/boleto/cartão etc) entrando em contato com a página da Sugoi_Festival no instagram

Mais informações: (62) 98422-7645

 

FOTO: Reprodução / Klook

Na palma da mão

Acesse https://linktr.ee/guiacurtamais e fique por dentro do que há de melhor em conteúdo. O Curta Mais é a multiplataforma mais completa e confiável de cultura, gastronomia, entretenimento, política e negócios de Goiás.

Peixe servido vivo morde hashi em prato de restaurante no Japão; veja o vídeo

Um restaurante no Japão elevou o significado de “peixe cru” servindo uma comida viva para um cliente. O caso aconteceu em um restaurante de comida típica em Yanagawa, na região de Fukukoa, no Japão. Um cliente que fazia refeição no local, ao receber seu pedido na mesa, ficou surpreso ao notar que o peixe que havia pedido estava vivo e até mordeu o seu hashi.

 

Como mostra o portal de notícias UOL, o vídeo que viralizou na internet exibe o momento que o homem toca na criatura estranha — posteriormente identificada como um peixe chamado warasubo, comumente encontrado em águas costeiras da Ásia — que, por sua vez, abocanha o hashi com seus dentes afiados.

 

O vídeo foi publicado nas redes sociais pelo próprio cliente em 16 de fevereiro, mas só viralizou nos últimos dias. “Que raio de peixe feio é esse?” e “Está realmente cru”, foram comentários de alguns internautas que se divertiram com a situação.

 

Se tratando de uma culinária tipicamente fria, não é possível saber se o cliente pediu o peixe vivo ou se o acontecimento não passa de um acidente cômico.

 

 

Reprodução/Redes Sociais

‘Pedra da morte’ no Japão, que supostamente tem espírito maligno, se parte depois de quase mil anos

Um espírito de raposa malvado está à solta depois de se libertar de sua prisão de pedra — isto é, se você acredita na mitologia japonesa. Uma Sessho-seki, ou “pedra da morte”, foi encontrada rachada ao meio neste mês no Parque Nacional Nikko, cerca de 160 quilômetros ao norte de Tóquio. As informações são da CNN Internacional.

Segundo a mitologia, a pedra guardava um espírito de um demônio vingativo do mundo exterior e mata imediatamente qualquer pessoa que a toque, e no último dia 7 de Março, a pedra partiu-se ao meio sem nenhuma explicação concisa.

Os meses frios de inverno podem ter contribuído, disse Nick Kapur, professor associado de história da Universidade Rutgers em Camden, Nova Jersey. A cada inverno, a água poderia ter infiltrado na rachadura, ter sido congelada e depois expandida, disse ele.

Sobre a lenda

Registrada como local histórico em 1957, a rocha vulcânica, localizada em Nasu, na prefeitura (província) de Tochigi (região de Tóquio), seria o cadáver transformado de Tamamo-no-Mae. Ela era supostamente uma bela mulher, conhecida por responder a qualquer pergunta que lhe fosse feita, cujo espírito estava possuído por uma raposa de nove caudas, ou kitsune – um espírito demoníaco conhecido por truques e ilusões usando disfarces. Tamamo-no-Mae fazia parte de um plano para seduzir e matar o imperador Toba, que reinou entre 1107-1123. Toba ficou doente como resultado da trama.

Descoberto, o espírito da raposa foi exposto e caçado por dois guerreiros mitológicos, e acabou por se incorporar na pedra Sessho-seki como último recurso. Ele liberava um gás venenoso que matava quem o tocasse. Supostamente, o kitsune só se acalmou depois que um sacerdote budista realizou rituais para fazer o espírito descansar.

A lenda diz que se você tocar a pedra, você morre, daí o nome pedra da morte. Entretanto, não há provas das habilidades sobrenaturais da pedra, mas sua localização única pode ter dado substância aos rumores, disse Yoshiko Okuyama, professor de estudos japoneses da Universidade do Havaí em Hilo.

A pedra está perto de vários vulcões, então gases ocasionais que foram liberados podem ter matado alguns animais ou humanos ao longo dos anos.

 

Imagem: Reprodução CNN

Veja também: 

Igreja abandonada com ruínas do século passado é de dar arrepios a 90km de Goiânia

Terremoto no Japão dá susto e acorda jogadores da seleção brasileira de futebol

Após a disputa dos pênaltis contra o México e que garantiu a vaga para a final das Olimpíadas, a seleção brasileira ainda não conseguiu relaxar totalmente. Isso porque a cidade de Narita, onde a delegação está hospedada, foi atingida por alguns tremores por volta de 5h40 da manhã, dando susto e acordando alguns jogadores da seleção.

 

Segundo sites especializados, foram registrados terremotos de 4,7 e 6 graus na costa de Ibaraki, província que fica a cerca de 40 km de Narita. Jogadores acordaram e membros da comissão técnica relataram que sentiram o hotel tremer. Porém, também houve quem não notasse nada. 

 

Em matéria publicada no GE, Leomar Quintanilha, presidente da Federação de Tocantins e chefe da delegação da seleção brasileira masculina de futebol no Japão, relatou que foi uma das pessoas que nem conseguiu perceber os tremores: ‘’Realmente, algumas pessoas relataram isso, vi algumas delas comentando agora há pouco, inclusive. Mas eu não senti nada, e o Branco (coordenador de base da CBF), também não. As construções daqui são preparadas para isso, os prédios contam com amortecimento’.

 

Horas após o terremoto, a delegação seguiu para Yokohama, local da final contra a Espanha, que vai acontecer no sábado a partir das 8h30.

 


Foto: Lucas Figueiredo / CBF

 

 

Veja também: Rebeca Andrade será porta-bandeira no encerramento das Olimpíadas de Tóquio

 

Ilustrador japonês recria personagens brasileiros e faz sucesso na internet

Ko Takeuchi é um designer de videogame e ilustrador muito conhecido no Japão, mas que há alguns dias vem chamando a atenção de brasileiros. Isso porque ele divulgou em sua página no Twitter e no Instagram novas ilustrações de personagens conhecidos aqui no Brasil como a Mônica da Turma da Mônica, O Menino Maluquinho, a Emília do Sítio do Pica-Pau Amarelo e a Rayssa Leal, nossa Fadinha do Skate.

 

 

Os desenhos ganharam as graças na internet e chamou a atenção de ninguém menos que Maurício de Sousa que agradeceu ao ilustrador pela homenagem prestada: ‘’Obrigada por nos homenagear, Ko Takeuchi’’ disse Maurício no Twitter. O japonês agradeceu e respondeu o tweet dizendo: ‘’Tenho orgulho de você, Maurício de Sousa. Eu amo o Brasil!’’

 



 

Takeuchi também é famoso por seu trabalho na Nintendo, responsável pelo design de games famosos como ‘’WarioWare’’ e ‘’Super Smash Bros’’.



 

Veja abaixo mais iliustrações:

 



 





 

 

 

 

 

Veja também: 5 animes para quem é fã de cultura oriental assistir na Netflix

 

Pokémon vai ganhar série Live Action produzida pela Netflix

Coreia do Norte se retira das Olimpíadas de Tóquio

 
A Coreia do Norte não participará da Olimpíada de Tóquio deste ano por causa do temor do novo coronavírus (covid-19), informou o Ministério dos Esportes do país nesta terça-feira 6. O anúncio frustou a esperança da Coreia do Sul de que o evento pudesse dar ensejo a uma retomada das conversas de paz interrompidas.
 
Será a primeira vez que a Coreia do Norte se ausenta de uma Olimpíada de Verão desde que boicotou a edição de Seul de 1988 em meio à Guerra Fria.
 
O presidente sul-coreano, Moon Jae-in, torcia para que os dois países, ainda tecnicamente em guerra porque seu conflito de 1950-53 terminou em uma trégua, não um tratado de paz, apresentassem uma delegação conjunta em Tóquio e reencontrassem o ímpeto para melhorar as relações.
 
A retirada de Pyongyang dos Jogos também é um contratempo para os planos acertados em uma cúpula de 2018 entre Moon e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, de uma proposta coreana conjunta para sediar os Jogos de 2032.
 
Quando a Coreia do Sul sediou a Olimpíada de Inverno de Pyeongchang em 2018, Kim enviou a irmã para comandar a delegação do país, atletas dos dois lados marcharam sob uma bandeira unificada na cerimônia de abertura e um time feminino binacional de hóquei no gelo competiu.
 
As tensões na Península Coreana se elevaram no mês passado, quando Pyongyang retomou testes de mísseis, embora depois dos lançamentos as duas partes tenham dito que querem continuar dialogando.
 
O Ministério da Unificação sul-coreano, encarregado dos assuntos intercoreanos, disse que Seul esperava que a Olimpíada de Tóquio fosse uma chance de “fomentar a paz e a reconciliação entre as duas Coreias”.
 
Agência Brasil 
 
Foto: Bandeira da Coreia do Norte – Freepick 

Universidade cria dispositivo inusitado que reproduz quase todos os sabores de comida

Lamber um aparelho eletrônico pode não ser a coisa mais legal do mundo, né? Uma invenção de cientistas da Universidade de Meiji, no Japão, promete ser capaz de criar quase todos os sabores de comidas.

O dispositivo chamado Norimaki cria um gel de cada sabor básico (doce, azedo, salgado, amargo e umami) para recriar o gosto de quase todos os alimentos. A surpresa vem no tal “Umami”, o famoso sabor do glutamato monossódico – aquele gosto de miojo ou tempero de Sazón – que não é exatamente salgado, mas faz você passar mais vontade. 

A lógica da invenção é similar ao monitor, que combina três luzes (ciano, magenta e verde) para recriar as cores que a gente vê. Sendo assim, o sintetizador de sabores do Norimaki é capaz de causar a impressão de estarmos comendo alimentos. Segundo os criadores, a ideia é criar um dispositivo parecido com o cigarro eletrônico.

Com informações da Hypeness

Conheça a árvore rosa púrpura de 150 anos considerada a mais bonita do mundo

Uma Glicínia com 150 anos, no Japão, é a árvore preferida de turistas do mundo todo. Localizada no Ashikaga Flower Park, em Tochigi, ela tem raízes fortes que sobreviveram ao tempo, um verdadeiro espetáculo da natureza.

Nos meses de abril e maio, ela se destaca com seu esplendor. Segundo o site Hypeness, as flores caem verticalmente até quase tocar o chão e criam uma nuvem rosa púrpura que paira sobre a grama. Durante a noite, quando o parque fica iluminado, uma pessoa distraída pode até achar que se trata de uma exposição artística. Por causa da idade, a árvore ganhou vigas de sustentação nos galhos, o que ficou ainda mais mágico, parecendo um guarda-chuva de flores. Uma paisagem de conto de fadas!

O Ashikaga Flower Park foi inaugurado em 1968 e já foi nomeado como um dos 10 destinos de sonho no mundo. Em uma reportagem feita em 2014, a rede de televisão CNN comparou a árvore com um cenário do filme Avatar. Este ano, devido à pandemia do coronavírus, no entanto, o parque permaneceu fechado sem turistas.

e7e89f7a32e03c13674ebb7191c8107a.png

c202509e7cf9acf5a32b37b08ccf4f7c.png

39dc24c161e9a89aa8fea14e3a122e05.png

79ee86326f3ae8b4a412563485231680.png

Fotos: Hypeness/Reprodução

Bunka Matsuri, festa da cultura japonesa, anuncia edição 2020 totalmente online

Quer conhecer a cultura japonesa? O Bunka Matsuri, festival que ocorre anualmente no bairro da Liberdade, em São Paulo, vai ganhar uma edição totalmente online esse ano, por causa da pandemia do coronavírus.

O evento online está marcado para os dias 23 e 24 de maio, a partir das 13h, com transmissão pelo youtube e facebook. A programação conta com receitas da culinária típica do Japão, apresentações culturais e bate-papo com especialistas dos universos do mangá e do anime.

As chefs Telma Shiraishi (Restaurante Aizomê) e Simone Xirata (Jojo Ramen) apresentam deliciosas receitas que podem ser feitas em casa. Para conversar sobre animes e mangás do “Universo Otaku”, o festival conta com a Editora JBC e Gabi Xavier. 

A arte nipônica será muito bem representada pelos artistas e grupos Clarice Matsunaga, Takeshi Nishimura, Mizuho Wadaiko, Hilton Cassiano e Sansey Yosakoi Soran.

Mais informações: @festivalbunkamatsuri 

Foto: Bunka Matsuri/Divulgação

Japonês cria pijama com metade camisa para reuniões por chamada de vídeo

Quem nunca se vestiu formalmente apenas na parte de cima para reuniões por vídeo chamada? Pensando nisso, uma agência japonesa criou um pijama que faz essas duas funções. Você fica confortável e bem vestido (a) para a videoconferência.

O conjunto de moletom imita uma camisa apenas na metade da parte de cima, a que aparece na câmera. Genial, né?

A ideia foi desenvolvida pela agência japonesa Whatever Inc. em parceria com o estilista da marca LOKITHO, Akihiko Kimura. São três opções disponíveis: cinza com branco, rosa com preto e listras azuis com cinza escuro.

f28bf9914d5e67c260df6d1a78edf02a.png

73427ffd04c4bcacf1fb5dfd34d24248.png

b8e8d1e7857486778077a433f2779f0a.png

Primeiro-ministro do Japão diz que COI aceitou o pedido para adiar as Olimpíadas por um ano

O primeiro-ministro japonês, Abe Shinzo, confirmou nesta terça-feira (24) que pediu o adiamento de um ano dos Jogos Olímpicos para o Comitê Olímpico Internacional.

Os jogos estavam programados para o dia 24 de julho. Abe fez o anúncio a jornalista depois de uma entrevista telefônica com o presidente COI, Thomas Bach. Segundo ele, o COI aceitou o pedido.

Foto: AP Photo/Eugene Hoshiko

Incêndio criminoso deixa mais de 20 mortos em estúdio de anime, no japão

A sede administrativa do estúdio de animação Kyoto Animation foi incendiado na manhã desta quinta-feira (18/07), na cidade de Kyoto, no Japão. Homem de 41 anos é suspeito pela ação criminosa e já está em custódia da polícia local.

Cerca de 70 pessoas estavam nos estúdios da Kyoto Animation por volta das 10h30 no horário local (22h30 em Brasília) quando um homem não identificado entrou no imóvel de três andares e jogou um líquido inflamável. Conforme relatos, o homem jogou gasolina ao redor do prédio e também em algumas pessoas, durante a ação, ele gritou: “Morram”.

O autor do ataque se feriu durante o ato e foi levado sob custódia para um hospital. Ainda não se sabe o vínculo do suspeito com a empresa e nem o que o motivou a incendiar o prédio, mas o presidente do estúdio, Hideaki Hatta, afirmou ter recebido e-mails com ameaças de morte.

Os trabalhos das equipes de resgate já foram encerrados, no total foram confirmadas 33 mortes e 37 pessoas feridas, sendo dez em estado grave. Cerca de 40 caminhões de bombeiros foram mobilizados para conter as chamas.

A Kyoto Animation, mais conhecida como KyoAni, foi criada em 1981 e é responsável por produções como “K-ON!”, “A Melancolia de Haruhi Suzumiya” e ” “Lucky Star”. Estúdio também esteve envolvido em trabalhos secundários de animação para “Pokemon” e “Winnie the Pooh”.

Muitos fãs estão utilizando a hashtag “#PrayForKyoani”, em solidariedade à empresa:

Bolsonaro libera visto de turistas de EUA, Austrália, Canadá e Japão para entrar no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro formalizou em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) publicada há pouco a dispensa – unilateral – de visto para turistas norte-americanos entrarem no Brasil. A medida consta de decreto assinado por Bolsonaro e será estendida também a visitantes de Austrália, Canadá e Japão, também de forma unilateral. O decreto só entrará em vigor em 17 de junho deste ano.

Na semana passada, o governo já havia dito que o fim do visto para os norte-americanos seria umas das medidas a serem anunciadas por Bolsonaro durante a visita ao presidente daquele país, Donald Trump. Bolsonaro já está em solo americano e o encontro com Trump deve ocorrer amanhã.

De acordo com o decreto, a dispensa do visto de visita apenas se aplica aos nacionais dos quatro países que sejam portadores de passaportes válidos para: “entrar, sair, transitar e permanecer no território da República Federativa do Brasil, sem intenção de estabelecer residência, para fins de turismo, negócios, trânsito, realização de atividades artísticas ou desportivas ou em situações excepcionais por interesse nacional; e estada pelo prazo de até noventa dias, prorrogável por igual período, desde que não ultrapasse cento e oitenta dias, a cada doze meses, contado a partir da data da primeira entrada no País”.

O ato também flexibiliza o poder dos ministros da Justiça e Segurança Pública e das Relações Exteriores para a dispensa de vistos. Diz a nova redação: “Ato conjunto dos Ministros de Estado da Justiça e Segurança Pública e das Relações Exteriores poderá, excepcionalmente, dispensar a exigência do visto de visita, para nacionalidades determinadas, observado o interesse nacional”. O texto anterior já trazia essa possibilidade, mas os ministros só poderiam dispensar o visto com a definição de prazo determinado. Com a nova regulamentação, os titulares precisam apenas determinar as nacionalidades e não mais o tempo de validade da dispensa dos vistos.