Escritor e folclorista Bariani Ortêncio morre aos 100 anos em Goiânia

ChatGPT

Faleceu em Goiânia, aos 100 anos, nesta sexta-feira (15), o renomado escritor e folclorista Waldomiro Bariani Ortêncio, mais conhecido como Bariani Ortêncio. Ainda não foram divulgadas informações sobre o velório e sepultamento, bem como a causa de seu falecimento permanece não informada.

Bariani Ortêncio, que também se destacou como jornalista, teve uma prolífica carreira literária, com mais de 50 obras publicadas. Ele celebrou seu centenário em julho deste ano. Sua jornada literária iniciou-se em 1956 com a obra “O que foi pelo sertão”, e se estendeu ao campo musical, onde compôs mais de 50 canções.

Segundo informações levantadas, Bariani Ortêncio faleceu em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC), enquanto estava em sua residência, em Goiânia, cercado por familiares.

Nascido em Igarapava, São Paulo, em 24 de julho de 1923, Bariani Ortêncio mudou-se para Goiânia em 1938. Ele era membro titular da Cadeira nº 9 da Academia Goiana de Letras. Deixa um legado cultural significativo e uma família composta por seis filhos.

Leia também:

Capital do Nordeste atrai goianos que querem sol, mar e muita curtição no réveillon

Capital do nordeste com mar azul turquesa conquistou o coração dos goianos que viajam com a família

Morre a jornalista Glória Maria aos 73 anos

A jornalista Glória Maria morreu, na madrugada desta quinta-feira (2), no Rio de Janeiro. A comunicadora da Rede Globo estava internada no Hospital Copa Star para tratar de um câncer no cérebro.

A doença foi descoberta pela jornalista em 2019. Na ocasião, ela precisou se afastar dos trabalhos na TV para tratar a doença. Glória, inclusive, foi submetida a um processo cirúrgico de emergência que tinha como finalidade a retirada de uma “lesão expansiva cerebral”, ou seja, a remoção do tumor.

Carreira

Na Globo desde 1971, a carioca foi a primeira repórter a entrar ao vivo e, em cores, no Jornal Nacional. De 1998 a 2007, apresentou o Fantástico e, desde 2010, integrava a equipe do Globo Repórter.

A jornalista também foi âncora do RJTV e Jornal Hoje. Glória também ficou conhecida por reportagens especiais ao redor do mundo como no deserto do Saara e na Palestina. Mostrou mais de 100 países em suas reportagens e protagonizou momentos históricos.

Glória Maria tinha 73 anos e deixa duas filhas, Maria e Laura.

Morre em Goiânia o jornalista Luiz Fernando Rocha Lima, o ‘Nando’

Morreu nesta quarta-feira (7), em Goiânia, o jornalista Luiz Fernando Rocha Lima aos 75 anos. Conhecido como Nando, ele foi diretor-geral do Grupo Jaime Câmara em Palmas e diretor de jornalismo da rede, e lutava contra um câncer no cérebro.

Há 5 anos, ele foi diagnosticado com leucemia e, no início deste ano, começou o tratamento contra o câncer. Nando deixa três filhas, três netos e a esposa, Regina Arantes Rocha Lima.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, prestou uma nota de pesar em suas redes sociais: ‘’ Com muito pesar, eu e Gracinha Caiado recebemos a notícia do falecimento do amigo Luiz Fernando Rocha Lima. Nando teve uma trajetória de grande destaque na comunicação no Centro-Oeste, tendo comandado por muitos anos o jornalismo dos veículos do Grupo Jaime Câmara em Goiás, Tocantins e Distrito Federal’’, lamentou o político.

Luiz Fernando nasceu em Goiânia em 28 de Abril de 1947 e era formado em direito pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e tinha especialização em Ciência Política.

Entrou no Grupo Jaime Câmara na década de 1980, logo depois de deixar a assessoria do deputado federal Jaime Câmara, em 1986. Ele assumiu vários cargos no grupo e chegou a diretor-geral. O afastamento da empresa se deu em 2016.

A família ainda não divulgou informações sobre o horário e local do velório e enterro do jornalista.

 

Imagem: Lailson Duarte

Maurício Sampaio é condenado a 16 anos de prisão pela morte do radialista Valério Luiz

Após três dias de julgamento e dez anos após a morte do radialista Valério Luiz, o júri condenou quatro dos cinco acusados de planejarem e executarem o homicídio. As informações são do G1 Goiás.

Maurício Sampaio, Urbano Malta, Ademá Figueredo e Marcus Vinícius Xavier tiveram a prisão imediata declarada nesta quarta-feira, 9 de novembro.

A motivação do crime foram as críticas feitas pelo jornalista contra a direção do Atlético-GO, da qual o empresário Maurício Borges Sampaio fazia parte.

Dos cinco réus, foram condenados:

– Maurício Sampaio, apontado como mandante: condenado a 16 anos de reclusão;

– Urbano de Carvalho Malta, acusado de contratar o policial militar Ademá Figueredo para cometer o homicídio: condenado a 14 anos de reclusão;

– Ademá Figueredo Aguiar Filho, apontado como autor dos disparos: condenado a 16 anos de reclusão;

– Marcus Vinícius Pereira Xavier, que teria ajudado os demais a planejar o homicídio: condenado a 14 anos de reclusão.

O réu Djalma Gomes da Silva, que foi acusado de ter ajudado no planejamento do assassinato e também atrapalhado as investigações, foi absolvido.

valerio
Da esquerda para direita, os réus Urbano de Carvalho, Maurício Sampaio, Djalma da Silva e Ademá Figueredo; no canto inferior, a vítima, Valério Luiz,Goiás — Foto: Reprodução/Tribunal de Justiça do Estado de Goiás/G1 Goiás

Sentença

A sentença foi decidida pelos votos dos jurados, que foram realizados após a apresentação realizada pela acusação e defesa dos réus. Os votos foram realizados em uma reunião do Conselho de Sentença, de forma anônima. Na votação, os condenados obtiveram 4 votos a 3 para a condenação e o absolvido obteve 4 votos a 3 para a absolvição.

 

Imagem: Paulo Marcos

Federação Nacional de Jornalistas abre denúncia contra Leo Dias

A Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ) abriu uma denúncia contra o jornalista Leo Dias, do Metrópoles, após a divulgação de informações confidenciais sobre o caso envolvendo a gravidez, resultado de um estupro, e processo de entrega para adoção voluntária realizado pela atriz Klara Castanho.

De acordo com a nota oficial publicada pela FENAJ nesta terça-feira (28), a denúncia deve ser encaminhada ao Conselho de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF). “São fortes as evidências de que o colunista feriu o Código de Ética do Jornalista Brasileiro. Pela gravidade do caso, a diretoria executiva e a Comissão de Mulheres da FENAJ vão encaminhar denúncia contra o jornalista à Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal, que deverá apurar o caso”, diz o texto.

No entanto, o sindicato não listou quais são as possíveis punições aos jornalistas que não seguem o código de ética. 

Na manhã desta quarta-feira (29), a Comissão de Ética dos Meios de Comunicação da Associação Brasileira de Imprensa emitiu hoje um comunicado repreendendo a “exploração de vítimas de violência sexual” por jornalistas e veículos de comunicação. A nota advertiu especificamente o jornalista Leo Dias.

Confira abaixo a nota na íntegra:

A Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ), por meio da sua Comissão Nacional de Mulheres, vem a público solidarizar-se com a atriz Klara Castanho, que teve uma situação pessoal exposta pela mídia, resultando em ataques pessoais aos quais teve de se defender com uma carta aberta em seu perfil no Instagram.

A atriz engravidou após um estupro e encaminhou a criança para adoção, cumprindo os trâmites legais. A situação, de caráter absolutamente particular e sigilosa, foi exposta pelo colunista do site Metrópoles, Leo Dias, no fim de semana.

Após a repercussão negativa, o link foi retirado do site. Mas a divulgação já havia desencadeado uma onda de ódio nas redes sociais, com novos ataques à honra da atriz, causando sua revitimização num já doloroso momento pessoal.

São fortes as evidências de que o colunista feriu o Código de Ética do Jornalista Brasileiro. Pela gravidade do caso, a Diretoria Executiva e a Comissão de Mulheres da FENAJ vão encaminhar denúncia contra o jornalista à Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal, que deverá apurar o caso, dando amplo direito de defesa ao profissional.

O caso serve para reafirmar a luta encabeçada pela FENAJ e Sindicatos de Jornalistas filiados pela criação do Conselho Federal de Jornalistas (CFJ), uma forma de garantir uma profissão digna, com um contrato público e ético com a sociedade. Temos lutado pelo Conselho Federal dos Jornalistas para que as próprias entidades sindicais possam controlar a emissão de registros profissionais e promover a cultura do respeito ao Código de Ética, por meio da fiscalização.

 

Imagem: Reprodução

Após 32 anos, o jornalista Chico Pinheiro deixa a Rede Globo

Após 32 anos de casa, Chico Pinheiro deixou a Globo nesta sexta-feira (29). A saída do âncora do Bom Dia Brasil foi comunicada internamente por Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo da emissora. As informações são do Portal Notícias da TV.

Na despedida, o executivo relembrou o bordão do apresentador nos encerramentos do telejornal às vésperas do fim de semana: “Graças a Deus, é sexta-feira!”. 

A reportagem apurou que a relação do jornalista com a Globo estava desgastada há alguns meses devido a comentários de Pinheiro a favor do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. A dispensa do apresentador já era esperada nos bastidores, e a saída da emissora foi em comum acordo.

Por enquanto, ainda não há um substituto para sentar na bancada com Ana Paula Araújo no Bom Dia Brasil. A escolha de quem vai para o lugar do âncora vai ter influência direta na dança das cadeiras da GloboNews, que perdeu José Roberto Burnier para o SP2 nesta semana –após Carlos Tramontina também deixar a empresa, na qual estava prestes a completar 44 anos.

Chico Pinheiro fez as transmissões do Carnaval na semana passada, algo que havia sido acordado para uma honrosa despedida. Nascido em Santa Maria da Boca Monte, no Rio Grande do Sul, Chico Pinheiro foi criado em Minas Gerais e se formou em Jornalismo pela PUC-MG (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais) em 1976. O jornalista começou a estagiar em redações em 1971 no Diário de Minas e na sucursal mineira do Jornal do Brasil. 

Em 1977, Pinheiro foi trabalhar na Globo Minas, onde começou como chefe de reportagem e se tornou repórter em Belo Horizonte do Jornal Nacional após uma pós-graduação em Navarra, na Espanha. Entre suas entrevistas mais marcantes estão Ulysses Guimarães (1916-1992) e o ex-ministro da Justiça Ibrahim Abi-Ackel, essa última censurada pela ditadura militar.

 

Imagem: Divulgação Globo

Radialista esportivo PVzinho da Galera morre aos 34 anos em Goiânia

O jornalista Paulo Victor Damasceno Pires, conhecido carinhosamente no meio esportivo como “PVzinho da Galera”, morreu na noite desta quinta-feira (17), aos 34 anos. O cronista, repórter e narrador se recuperava de uma cirurgia bariátrica realizada recentemente, mas teve complicações e não resistiu a uma embolia pulmonar. As informações são do portal Revista Factual.

Ao longo da carreira, PVzinho teve passagens por diversas emissoras de Goiânia, como a Rádio Difusora, Rádio Bandeirantes 820 e PUC TV Goiás. Nos últimos dois anos, ele integrava a equipe esportiva da Rádio BandNews Goiás.

Além do jornalismo esportivo, também era engajado com projetos sociais voltados à região Noroeste da capital, como a escolinha Bola de Ouro, idealizada pelo comunicador com o objetivo de oferecer mais oportunidades para crianças e adolescentes por meio do esporte.

Nas redes sociais, personalidades e clubes de futebol homenagearam o radialista:

 

 

Apresentadora Poliana Abritta é afastada da última edição do Fantástico; entenda

Âncora do Fantástico, Poliana Abritta foi substituída por Ana Paula Araújo neste domingo (26), após a apresentadora sentir sintomas gripais. Ela e o marido, o também jornalista Chico Walcacer, apresentaram os sintomas e, devido aos protocolos da emissora, a apresentadora acabou sendo afastada da última edição do ano do programa, causando correria nos bastidores. 

Ana Paula, que comanda o Bom Dia Brasil, integra a equipe de apresentadores substitutos da revista eletrônica. Ela antecipou o retorno da folga de Natal para cobrir a ausência da colega. 

O motivo da troca de âncoras não foi mencionado durante a atração, mas foi revelado pelo site TV Pop. No perfil do Instagram, a âncora oficial afirmou que veria a atração de casa. 

 

Durante a semana, Poliana Abritta chegou até a participar da produção da edição do domingo e apareceu em chamadas do jornalístico normalmente. Mas, conforme o portal Notícias da TV, começou a se sentir mal horas antes do início da atração. 

A jornalista comanda o Show da Vida desde 215. Neste período apresentou o programa ao lado de Tadeu Schmidt por seis anos e, atualmente, divide a bancada com Maju Coutinho. As duas fizeram história: é a primeira vez em que o Fantástico tem duas apresentadoras mulheres, sem nenhum homem. 

 

*Fonte Jornal Diário do Nordeste

Imagem: Reprodução

Veja também:

Zezé di Camargo revela qual é o maior artista do Brasil na atualidade e gera polêmica

Jornalista Arnaldo Jabor sofre AVC e está internado no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo

O jornalista Arnaldo Jabor, de 81 anos, deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na última quinta-feira (16/12) após passar mal e apresentar um quadro de Acidente Vascular Cerebral (AVC) agudo isquêmico.

De acordo com boletim médico divulgado nesta segunda-feira (20), “o paciente foi submetido a um procedimento vascular para desobstrução de coágulo e permanece em acompanhamento clínico ainda sob sedação, e está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Dr. Rogério Tuma”.

Nascido no Rio de Janeiro, em 1940, Arnaldo Jabor tornou-se conhecido como cineasta de filmes fundamentais brasileiros, como “Toda Nudez” Será Castigada, mas também trabalhou como técnico de som, crítico teatral, roteirista e colunista de jornais e televisão.

Jabor dirigiu “Eu sei que vou te amar” (1986), indicado à Palma de Ouro de melhor filme do Festival de Cannes. É colunista de telejornais da TV Globo desde 1991.

 

*Agência Estado e G1

Imagem: Reprodução

CNN Brasil anuncia a contratação de Boris Casoy

CNN Brasil anunciou, nesta terça-feira (14), a contratação do jornalista Boris Casoy. Com estreia marcada para janeiro de 2022, Casoy será comentarista no quadro ‘’Liberdade de Opinião’’, dentro do programa Novo Dia, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, entre 6h e 11h.

Antes, o quadro era apresentado por Alexandre Garciademitido após defender o chamado ‘tratamento precoce’ contra a covid-19. De acordo com o comunicado para a imprensa, a CNN Brasil nega que Casoy será o substituto de Garcia, embora o jornalista vá assumir o mesmo posto de comentarista ocupado pelo ex-funcionário.

Com passagem por grandes veículos de comunicação, Boris Casoy ficou conhecido pela sua atuação como âncora do TJ Brasil, do SBT, entre 1988 e 1997. Nesse período, o apresentador passou a emitir suas opiniões sobre as reportagens exibidas, o que era uma novidade para o telejornalismo brasileiro à época.

Casoy lançou o bordão “isso é uma vergonha”, que utilizou muitas vezes no fim de seus comentários relacionados a escândalos envolvendo políticos e autoridades públicas. Outra expressão famosa que criou foi “é preciso passar o país a limpo”, que marcou a época do impeachment do ex-presidente Fernando Collor de Mello, em 1992.

O jornalista iniciou sua carreira com 15 anos, como narrador esportivo na rádio Eldorado. No jornalismo impresso, foi editor de política, editor-chefe e colunista da seção Painel, sobre os bastidores políticos, na Folha de São Paulo. Aos 36 anos, assumiu o cargo de diretor de redação do jornal, onde permaneceu até o final dos anos 1980.

Na televisão, Casoy foi âncora de telejornais na RecordTV (1997 a 2005), Band (2008 a 2016) e RedeTV!, onde atuou até o 2020.

*Fonte CNN Brasil

Imagem: Divulgação

Morre jornalista Helvécio Cardoso em Goiânia

O jornalista, advogado e ilustrador Helvécio Cardoso, de 66 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (15/11). Sua ex-esposa, a jornalista Magali Carnot informou que Cardoso lutava contra um câncer no estômago.

Articulista com profundo conhecimento da realidade nacional, analista político e estudioso do direito e da história, Helvécio era formado em Direito pela Universidade Federal de Goiás (UFG), combativo e culto, e escreveu nos jornais Diário da Manhã, Opção e Folha de Goiás, onde também revelou seu talento como ilustrador.

Além disso, ele foi um dos mais primorosos profissionais de sua geração e sempre se mostrou diferenciado com suas análises fundamentadas sobre a conjuntura política, o contexto econômico e os desafios sociais. Como advogado, atuou no tribunal do júri em diversos estados.

Em nota, Ronaldo Caiado manifestou seu pesar pela morte do jornalista: ”Neste momento de profunda dor e consternação, eu e minha esposa Gracinha Caiado oramos a Deus para que, em sua infinita bondade, possa confortar a cada familiar, amigo e leitor desse intelectual e grande ser humano que Goiás tanto se orgulha de ter tido entre os seus mais brilhantes quadros”, finalizou o governador.

 

Imagem: Reprodução DMTV

Emocionado, Tadeu Schmidt se despediu do Fantástico na noite deste domingo (14)

Tadeu Schmidt se despediu oficialmente do Fantástico neste domingo (14). No final da atração da TV Globo, o apresentador passou o posto de “papai” dos Cavalinhos do Campeonato Brasileiro para Alex Escobar. “Essa é oficialmente a última vez que falo com vocês aqui no Fantástico. Obrigado pela parceria, os cavalinhos são um sucesso, graças a vocês. Esse sucesso todo continua agora com Alex Escobar. Vou curtir vocês de longe. Obrigado por tudo”, disse ele, que completou:

“Quero agradecer os telespectadores, que viveram comigo essa história. Principalmente, os que disseram um dia: ‘Eu nem gostava muito de futebol, mas passei a gostar pela forma com que você trata isso’. Foram 14 anos apresentando os gols. Vim para cá com uma missão difícil de dar um novo formato para os gols e me despeço com esse formato consolidado.”

A Globo anunciou que o jornalista Alex Escobar será o substituto de Tadeu Schmidt na apresentação dos gols do Campeonato Brasileiro no Fantástico, interagindo com os cavalinhos dos times. A mudança acontecerá na edição de 21 de novembro do programa.

“É um desafio dar continuidade a esse trabalho por tudo que o Tadeu representa. Ele deixou um legado no esporte do Fantástico, que quero aproveitar. Quero levar a alegria que estou sentindo e dar continuidade ao que ele fez todos esses anos. Mais do que um desafio, é uma felicidade enorme”, disse Escobar no programa do domingo (17).

Tadeu Schmidt deixa o Fantástico para se dedicar à apresentação do Big Brother Brasil, no lugar de Tiago Leifert que saiu da Globo. Já para o lugar de Tadeu na apresentação geral do programa, quem assume é a jornalista Maju Coutinho, que fará dupla com Poliana Abritta.

 

 

 

 

 

*Fonte UOL

Imagem: Reprodução

Jornalista Cristiana Lôbo morre aos 63 anos de idade

Morreu nesta quinta-feira (11), a jornalista e colunista de política Cristiana Lôbo. Aos 63 anos, ela foi vítima de um meiloma múltiplo, do qual se tratava há alguns anos, agravado por uma pneumonia contraída nos últimos dias. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Cristiana atuou no jornalismo por mais de 30 anos. Começou a carreira cobrindo a política do estado de Goiás, até se mudar para Brasília. Contratada pelo jornal “O Globo”, foi setorista do Ministério da Saúde — época em que viu ser criada a carteira de vacinação. Acompanhou de perto também as decisões do Ministério da Educação. Ainda no “Globo”, trabalhou na coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no jornal, assumiu a coluna política do jornal o “Estado de S. Paulo”.

 

Alex Escobar é o escolhido para apresentar os ‘Gols do Fantástico’ com os cavalinhos

Alex Escobar é o novo apresentador do quadro ”Gols do Fantástico” junto com os cavalinhos. O jornalista vai assumir o lugar de Tadeu Schmidt a partir do dia 21 de novembro, na mesma data em que Maju Coutinho vai estrear ao lado de Poliana Abritta.

alex

Durante o programa deste domingo, Alex Escobar falou sobre o desafio de substituir Tadeu: ”É um desafio dar continuidade a esse trabalho por tudo que o Tadeu representa. Ele deixou um legado no esporte do ‘Fantástico’, que quero aproveitar. Quero levar a alegria que estou sentindo e dar continuidade ao que ele fez todos esses anos. Mais do que um desafio, é uma felicidade enorme”, comentou o apresentador.

Escobar estreou na Rede Globo em 2008 depois de cinco anos como comentarista do SporTV. Ele já participou da cobertura de Copas do Mundo e de Jogos Olímpicos, comentou o Esporte no Bom Dia Rio e no Bom Dia Brasil, apresentou o Esporte Espetacular, ancorou as transmissões de Carnaval e há 10 anos está como titular do Globo Esporte no Rio de Janeiro.

alex

 

Imagens: João Cotta / TV Globo

Imagem de capa: Divulgação

Veja também:

Maju Coutinho terá salário dobrado quando assumir a bancada do Fantástico

Fernanda Montenegro é candidata única à cadeira da Academia Brasileira de Letras

Marcelo Cosme, da GloboNews, anuncia noivado com namorado no Instagram

Um dos principais nomes da Globo News, o jornalista Marcelo Cosme usou as redes sociais para anunciar seu noivado com o médico Frankel Brandão. A foto que causou frisson no Instagram foi postada com a legenda cheio de carinho.

“Aliança por si só, significa um acordo, um pacto entre duas partes. Aqui, uma aliança entre duas pessoas. É a celebração um acordo de cumplicidade, amor e fidelidade. Te amo”, escreveu o jornalista.

Eles já namoram há dois anos e resolveram entrar na nova fase do relacionamento. A data do casamento ainda não foi marcada.

Vários seguidores fizeram questão de parabenizar a união dos dois.

O jornalista revelou sua orientação sexual recentemente ao vivo na própria emissora e fez um desabafo em uma live em 28 de junho, dia do orgulho LGBTQIA+. “Eu fiquei reprimido durante 28 anos por morar muito perto da minha família. Ir para Brasília me deu uma segurança muito maior, porque eu lembro de me esconder até de mim mesmo no início”, contou durante a transmissão.