Maior Tributo ao Legião Urbana do Brasil faz show em Goiânia

No dia 9 de dezembro, Goiânia vai receber um evento pra lá de emocionante e nostálgico! É o show cover da Legião Urbana, que acontece no palco do Centro de Convenções a partir das 21 horas. Considerado o maior tributo ao Legião do Brasil, o grupo começou as atividades ainda no início dos anos 2000, e vai trazer para o público goianiense os maiores hits da banda icônico, liderada pelo eterno Renato Russo.

Os ingressos já estão à venda no site Bilheteria Digital, com valores a partir de R$80,00. Não perca a chance de garantir seu lugar nessa experiência única de reviver os sucessos mais tocados através desse tributo.

Sobre O Legião Urbana Cover Brasil

Ao longo dos anos, a banda acumulou mais de um milhão de espectadores e construiu um repertório com mais de 70 músicas, incluindo os grandes hits que ainda ecoam nas rádios do país e os chamados “Lados B”, transformados em verdadeiros hinos pelos fãs mais dedicados.

Em 2004, o Legião Urbana Cover Brasil recebeu o prêmio “Ousadia e Arte” na categoria especial, uma homenagem a artistas que mantêm viva a imagem e a obra de Renato Russo. O prêmio foi entregue pelas mãos de dona Carminha Manfredini, mãe do saudoso cantor.

A formação atual da banda conta com Beto Sanches nos vocais, Joel Felipe na guitarra e violão, Teo Carvalho nos teclados, Eder Eichembergue na bateria e Cristiano Cruz no contrabaixo.

Serviço:

Maior Tributo ao Legião Urbana

Quando: 9 de dezembro

Onde: Centro de Convenções de Goiânia

Endereço: R. 4, 1400 – St. Central, Goiânia

Horário: às 21h

Ingressos: site Bilheteria Digital

Integrantes originais farão nova turnê em homenagem ao Legião Urbana

Outros dois discos lançados pelo grupo Legião Urbana vão ganhar homenagens com uma turnê que terá início em maio. As Quatro Estações, lançado em 1989, um dos álbuns mais importantes da banda, e V, que saiu em 1991, terão seus repertórios usados como base da turnê As V Estações. Os dois remanescentes do grupo, o guitarrista Dado Villa Lobos e o baterista Marcelo Bonfá, estão à frente do projeto. Recentemente, eles estiveram em Goiânia com um show que marcou o início da temporada de shows do Flamboyaint in Concert.

Quem vai interpretar o vocal na nova tour será o músico André Frateschi, já conhecido por participar de turnês sobre a Legião Urbana há oito anos.

Antes disso, os remanescentes da Legião se reuniram em 2012, em São Paulo, para uma apresentação em tributo a Renato Russo, mas com o ator Wagner Moura no vocal. A atuação de Wagner foi muito criticada até por fãs do grupo. André, que apresenta também um tributo a David Bowie, não teve tantos problemas. “Ele não está ali para imitar o Renato Russo, mas para ser ele mesmo”, explica Dado.

Sem retorno

É um tributo, uma homenagem, um reencontro ou uma reconexão, só não é a volta da Legião Urbana. E este é um detalhe importante, talvez mais para fins jurídicos relacionados aos embates travados entre os músicos Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, os dois remanescentes do grupo, e o filho de Renato Russo, Giuliano Manfredini, do que para os fãs – mas ele sempre retorna. “A Legião Urbana acabou, o que fazemos é uma homenagem a ela”, reforçam os músicos. Ninguém tem dúvidas. A Legião acabou no dia em que Renato Russo se foi, em 11 de outubro de 1996, aos 36 anos, vítima de complicações provocadas pela aids.

Mas, mesmo inviabilizado de prosseguir sem o magnetismo de seu grande líder, o grupo confirma ter um dos materiais afetivos mais poderosos dentre tudo o que se fez de rock nacional. E pode revalorizar isso de tempos em tempos. A nova turnê de Dado e Marcelo, As V Estações, ocorre com o repertório de dois álbuns: As Quatro Estações, de 1989, e V, de 1991. Duas realidades bem distintas de uma mesma banda. Do primeiro disco, que chegou a vender algo como 2 milhões de cópias, há feitos eternos e atuais provados por muitas revoluções, como Há Tempos, Pais e Filhos, Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto, Monte Castelo, Meninos e Meninas e Sete Cidades.

Do segundo, sem o mesmo estrondo e feito sob um contexto distópico do pós-Plano Collor, aparecem canções como Love Song, Metal Contra as Nuvens, O Teatro dos Vampiros e Vento no Litoral. “A Legião virou uma entidade, e essa entidade está aí. Só precisamos mantê-la viva”, diz Dado. O projeto que vai celebrar os dois álbuns começa a rodar o País a partir de 5 de maio, com um show no Recreativo Campestre, em Sorocaba. É curioso Dado e Bonfá fazerem a estreia de uma turnê, mais uma vez, em Sorocaba. “Mesmo quando ainda existia a Legião, fizemos muitas aberturas de turnês nessa cidade”, lembra o guitarrista. Os shows seguintes seguirão por São Paulo (6/5, na casa Unimed Hall), Brasília (13/5), Belo Horizonte (20/5), Porto Alegre (24/6), Rio (1/7), Curitiba (26/8), João Pessoa (15/9), Recife (16/9), Manaus (26/10), Belém (28/10), Teresina (24/11) e Fortaleza (25/11).

Frateschi nos vocais

Os vocais serão, mais uma vez, de André Frateschi. Os outros músicos do grupo são Lucas Vasconcellos (guitarra), Mauro Berman (baixo e responsável por uma importante direção musical, encarregada de costurar as músicas dos dois álbuns) e Pedro Augusto (teclado). O primeiro encontro com essa turma para uma homenagem se deu em 2015, ano em que o disco Legião Urbana completou 30 anos. Frateschi falou sobre a nova leva de shows em um texto enviado aos jornalistas.

“Em 2015, quando nos juntamos para essa celebração dos 30 anos de lançamento dos álbuns da Legião Urbana, o projeto previa algo em torno de 20 shows. Agiu, então, a lei do encontro; formamos uma banda que criou raízes e assim foram – até agora – sete anos, duas turnês e centenas de apresentações. E, agora, estamos prontos para embarcar numa próxima estação. Dado e Bonfá são a corporização disso tudo, e eu presencio a cada subida no palco, olhando nos olhos do público, o tamanho desse reencontro. São apresentações analógicas, cheias de som e fúria, que mantêm viva a chama do rock.”

Apesar de não se tratar de um show da Legião, a força do reencontro pode estar sendo subestimada pelos programadores de festivais do País. Mesmo com uma oferta grandiosa de eventos, o projeto não aparece em nenhum deles. “A gente nunca participou desses festivais, acabávamos enchendo estádios sozinhos”, diz Marcelo Bonfá. A turnê anterior, segundo o baterista, foi vista por 400 mil pessoas.

Pais e filhos

Há de fato, e isso é sempre dito pelos fãs e pelos músicos, um poder quase natural de atualidade das canções de Renato Russo, algo que parece ganhar mais força com o passar do tempo. “A gente acabou criando uma questão universal das canções populares de uma forma que elas não se apagam”, observa Dado. Pais e Filhos, um dos momentos mais fortes do repertório do grupo, está nas memórias do guitarrista como algo que chegou “quase sem querer”.

“Eu e o Bonfá íamos ser pais, e víamos muito a revista Pais&Filhos na época. Tinha aquele nome, e então usamos uma ideia de um riff de uma música da Tracy Chapman, e Renato veio com uma letra que era triste, originalmente sobre suicídio.” Pais e Filhos se tornou uma das canções mais emblemáticas de uma geração. Sobre os possíveis policiamentos ou comparações que podem ser feitos entre André e Renato Russo, os músicos argumentam que André “não está ali para imitar Renato, ele apenas interpreta como acha que deve fazer”. Não tentar o caminho do cover é uma boa escolha. Há algo poderoso em André que colabora para que a memória de Renato seja fortalecida, enriquecida, eternizada.

 

*As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá tocam Legião Urbana em Goiânia

Marcando a estreia da temporada 2023 do Flamboyant in Concert, em Goiânia, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, trazem um show especial nesta terça-feira, dia 28 de março. Os artistas se apresentam na capital goiana tocando Legião Urbana com o projeto “As V estações”, turnê anunciada recentemente para o Brasil. Todos os ingressos encontram-se esgotados.
 
A partir de um setlist preparado especialmente para o In Concert, o público poderá conferir André Frateschi (vocal), Lucas Vasconcellos (guitarra), Mauro Berman (diretor musical e baixista) e Pedro Augusto (teclados). Trata-se da mesma formação que acompanha os dois músicos desde 2015, quando Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá protagonizaram o primeiro encontro em celebração aos 30 anos do álbum de estreia dos músicos com a icônica banda de Brasília (o disco Legião Urbana, de 1985).
 
Além disso, o público goianiense pode esperar por grandes sucessos da Legião que se tornaram clássicos do rock nacional, como ‘Meninos e meninas’, ‘Pais e filhos’, ‘Metal contra as nuvens’, ‘Vento no litoral’ e ‘O teatro dos Vampiros’, dentre outros.

Oportunidade única para celebrar e reviver a genialidade de Renato Russo.

 

SERVIÇO:

Flamboyant In Concert
Show: Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá tocam Legião Urbana
Ingressos esgotados
Data: 28 de março
Horário: 19h30
Local: Deck Parking Sul – Piso 1
Classificação etária: livre
Informações: (62) 3546-2000

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Crítica: O romance de Eduardo e Mônica e a deliciosa incursão à icônica música da Legião Urbana

Depois de lançar Faroeste Caboclo em 2013, o diretor René Sampaio traz aos cinemas a adaptação de outro grande clássico da banda Legião Urbana: Eduardo e Mônica. Depois de vários adiamentos por conta da pandemia da Covid-19, o longa entrou em cartaz no fim de janeiro e expande a letra da música de Renato Russo como um romance fofo e divertido, impulsionado pela boa química entre os protagonistas vividos por Alice Braga e Gabriel Leone.

A comédia romântica ambientada nos anos 80, mostra o jovem Eduardo que conhece a excêntrica Mônica em uma festa. Ela, mais velha e cheia de ideias de luta, enquanto que ele ainda é um ‘’moleque’’ e bastante imaturo. Assim, parte do longa retrata essa dualidade entre o casal. No entanto, eles se apaixonam, apesar de serem completamente diferentes. Para que essa história de amor vingue, é preciso que ambos amadureçam e aprendam a superar as diferenças.

Mesmo fiel a cada verso da música desde a hora em que “Eduardo abriu os olhos, mas não quis se levantar” e que “Mônica tomava um conhaque no outro canto da cidade”, a obra aproveita para preencher sua 1h54 de duração com diálogos e cenas que não estão na letra, mas que se encaixam e funcionam muito bem.

Grande parte desse acerto se concentra nas atuações emocionantes e certeiras da dupla de protagonistas, além do trabalho impecável de maquiagem – que fizeram com que o ator de 28 anos, realmente se transformasse em um adolescente de 16 -, os dois possuem uma boa química em tela que faz o público torcer pela união do casal.

A letra da canção é interminável e o roteiro absorve tudo que ela oferece, mas é interessante observar como as liberdades acrescentadas estão de acordo com o que já sabemos dessa história.

Enquanto Eduardo e Mônica tentam lidar com os opostos de cada um, toda a sensibilidade da trama floresce, junto com os personagens secundários, por isso, não há como deixar de se emocionar. Em dias tão difíceis quanto os atuais, a experiência de ver um casal tentando superar todos os desafios para darem certo é mais do que suficiente para aquecer o coração do telespectador.

Dito isso, para fãs ou não de Legião Urbana, não há dúvidas de que o filme acerta no tom e vale o ingresso. Eduardo e Mônica está em cartaz nos cinemas de Goiânia.

Confira o trailer abaixo:

 

Imagem Extraída do Google

Veja também:

Casal que inspirou música Eduardo e Mônica está junto há 42 anos

10 filmes apaixonantes na Netflix para assistir com (ou sem) um mozão

‘Eduardo e Mônica’ é a grande estreia da semana nos cinemas de Goiânia; confira a programação

A adaptação de uma das canções mais célebres da banda Legião Urbana, o filme ‘’Eduardo e Mônica’’ finalmente chegou aos cinemas de todo o Brasil nesta quinta-feira (20/1). O longa-metragem, finalizado ainda em 2019, foi impedido de ser lançado em 2020 por causa da pandemia de Covid-19. Dirigido por René Sampaio, o mesmo que em 2013 adaptou para as telonas outra canção de Renato Russo, ‘’Faroeste Caboclo’’, o filme já circulou em festivais internacionais, desde o ano passado.

A partir da letra da canção, o público vai acompanhar a história de duas pessoas bem diferentes que se apaixonam e vivem um romance improvável. A comédia romântica se passa em Brasília, na década de 1980, quando uma série de coincidências levam Eduardo (Gabriel Leone) a conhecer Mônica (Alice Braga), tendo como pano de fundo uma festa estranha com gente esquisita.

Uma curiosidade é despertada entre os dois e, apesar de não serem parecidos, eles se apaixonam perdidamente. Ambos são completamente diferentes, além da discrepância de idade, signos diferentes e cores de cabelo diferentes, eles também têm gostos diferentes. Apesar de começarem um relacionamento, esse amor precisará amadurecer e aprender a superar as diferenças.

O filme entrou em cartaz nos principais cinemas de Goiânia. Confira a programação:

Kinoplex Goiânia Shopping
16:00, 18:30 e 21:05

Cinemark Flamboyant  
13:20, 16:10, 18:50 e 21:30

Cinemark Passeio das Águas
16:10, 18:50 e 21:30

Cinépolis Shopping Cerrado
15:45, 18:15 e 21:00

Cine Lume Ritz
16:40 e 21:20

Moviecom Buriti Shopping
14:30, 16:50, 19:10 e 21:30

Cinemas Lumière Cinex – antigo Banana Shopping
14:20, 16:40, 19:00 e 21:15

 

Veja o trailer abaixo:

 

 

Imagem: Divulgação

Veja também:

10 filmes incríveis disponíveis no Prime Video que provavelmente você não assistiu

10 músicas do Renato Russo para relembrar a obra desse ícone do Rock brasileiro

Renato Russo é, ainda hoje, considerado um dos melhores compositores e artistas brasileiros de todos os tempos. Natural de Brasília, o líder da Legião Urbana, banda que consagrou inúmeros hits dos anos 80 e 90, foi constante nos top 10 das rádios brasileiras durante muitos anos. 

legião

A Legião Urbana mantém um grande número de fãs fiéis, que sentem muito a falta do genial Renato Russo. Durante o tempo que esteve na ativa (com os integrantes da formação original), a banda lançou excelentes discos e hits, que são ouvidos até os dias de hoje. 

Em homenagem à esse grande artista, que nos deixou há exatos 25 anos, em 11 de Outubro de 1996, e sua obra atemporal, selecionamos para vocês relembrarem, ou conhecerem, as 10 músicas mais marcantes de Renato Russo. Confira:

1. Será (1985)

 

2. Ainda é Cedo (1985)

 

3. Geração Coca-Cola (1985)

 

4. Quase Sem Querer (1986)

 

5. Eduardo e Mônica (1986)

 

6. Tempo Perdido (1986)

 

7. Índios (1986)

 

8. Que País é Este? (1987)

 

9. Eu Sei (1987)

 

10. Faroeste Caboclo (1987)

 

 

 

 

Polícia encontra músicas inéditas de Renato Russo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro (RJ), durante operação nesta quarta-feira (9)  localizou e recuperou material inédito do músico Renato Russo. Estavam escondidas 91 tapes na empresa de depósito Iron Mountain, na zona norte do Rio de Janeiro.

Em outubro, produtores musicais que trabalharam com a obra de Renato Russo – em vida e após sua morte, em 1996 – negaram que os materiais do artista citados em um relatório encontrado durante a ação tenha músicas inéditas.

Segundo a CNN Brasil, o material será entregue ao filho dele, Guiliani Manfredini. A operação “Tempo Perdido” é continuação da anterior, a operação “Será”. A suspeita da PCRJ era de que obras inéditas da lenda do rock nacional estavam escondidas após o filho de Renato Russo, detentor dos direitos autorais do pai, denunciar o caso.

Foram feitas buscas em diversos endereços. A corporação, entre diversas testemunhas, escutou um produtor musical que trabalhou com Russo nos últimos de vida cantor.

 

Foto: Divulgação / Legião Urbana Produções

 

Goiânia recebe maior cover de Legião Urbana nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira, 28, Goiânia recebe um cover do Legião Urbana, lá no Café Nice. O show será orquestrado pela banda Renato Quase Russo, com uma apresentação especial. Os músicos reúnem os melhores clássicos do grupo brasiliense liderado por Renato Russo.

A banda Legião Urbana foi fundada em Brasília, com os integrantes Renato Russo (vocal), Marcelo Bonfá (bateria), Dado Villa-Lobos (guitarra) e Renato Rocha (baixo). A banda surgiu em 1982 e teve seu fim em 1996, onze dias após a morte de Renato Russo, seu vocalista e letrista.

Aqui você confere uma palhinha do cover de amanhã:

SERVIÇO

Quando: 28/12 – sexta-feira
Horário: Aberto a partir das 18h, show às 23h
Valor: R$20
Local: Café Nice, Avenida T-11, Quadra 112, Lote 03, 110 – St. Bueno, Goiânia
Mais Informações : (62) 3541-4690

Tributo a Legião Urbana e especial Lulu Santos acontece em Goiânia

Os músicos Anderson Richards vocalista da banda Mr. Gyn e Henrique de Oliveira se apresentarão juntos, mais uma vez, no dia 23 de outubro, no palco do Café Nice, espaço tradicional da música POP e do Rock em Goiânia. Os dois têm realizado este show com excelente resposta do público, tanto em Goiânia, quanto no interior do estado. O repertório tem os principais Hits da Legião Urbana e de Lulu Santos, ícones dos anos 1980, e que têm suas canções eternizadas por tantas vozes até os dias de hoje. Eles estarão acompanhados por dois grandes músicos: Marcos César na bateria e Marcelo Dinelza nos violões. Henrique e Anderson também se acompanham nos violões. O show começa às 23h e a entrada custa R$20,00.

Esta parceria já está consolidada. Anderson e Henrique se apresentaram várias vezes juntos nos últimos anos, algumas participações especiais, um nos shows do outro ou dividindo o palco. O público é sempre um espetáculo à parte. Se envolvendo com os artistas, todos participam cantando e elevando o astral e a energia dos eventos.

Serviço:

Data: 23 de outubro
Local: Café Nice – Bar e Restaurante (AV T11, NO. 110, SETOR BUENO)
Valor: R$20
Informações: (62) 3541-4690

Filme inspirado em ‘Eduardo e Mônica’ já tem protagonistas

Depois de muitos testes, seleção de direção e diversos adiamentos da produção, finalmente a produção do longa Eduardo e Mônica será iniciada. Bem, pelo menos é o que parece, já que os protagonistas foram, enfim, selecionados.

Segundo Marina Caruso, colunista do jornal O Globo, e confirmado pela produtora Gávea Filmes, Alice Braga e Gabriel Leone darão vida ao apaixonado casal Eduardo e Mônica. No que se refere à seleção dos próximos atores, em breve serão confirmados.

A previsão é de que as filmagens comecem em junho deste ano, e de chegar aos cinemas em 2019.

Este será o segundo filme baseado em uma canção de Renato Russo, líder da Legião Urbana. O primeiro foi Faroeste Caboclo (2013), sob a direção de René Sampaio.

 

Turnê ‘Legião Urbana XXX Anos’ volta a Goiânia com novo show em outubro

Goiânia recebe, pela segunda vez este ano, uma das turnês mais bem sucedidas do ano, Legião Urbana XXX. O show acontece no dia 29 de outubro no Centro de Convenções, com ingressos a partir de 65 reais.

Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá, remanecentes da formação original da banda, celebram os 30 anos do disco de lançamento do Legião Urbana na primeira parte do show e os maiores sucessos da banda na segunda fase da apresentação.

SERVIÇO:

Legião Urbana XXX

Quando: 29 de outubro, sábado.

Que horas: 20h00

Onde: Centro de Cultura e Convenções de Goiânia.

Endereço: Rua 4, nº 1400 – Setor Central. Telefone: (62) 3219-3333

Pontos de venda: Tribo, Seven Rock Shop, Detroit Steakhouse (da Av. 136) e Shuffle Mix.

Vendas on-line: Meu Bilhete.

 

Marcelo Bonfá vira piada na internet após tocar bateria em programa ao vivo com Legião Urbana

 

Legião Urbana faz apresentação desastrosa em programa ao vivo. Marcelo Bonfá tentou inovar em uma participação ao vivo do novo porjeto da banda Legião Urbana no noticiário no almoço, da Rede Bahia, e virou piada na internet.

ceedbf4239682351dc58c4feafd31934.png

Ele tentou tocar bateria usando um aplicativo de celular e o resultado foi bem desastroso. Os outros integrantes da banda logo perceberam o problema e começou o estranhamento. Veja o vídeo:

 

Veja os tweets: