Expo Fecomércio 2024: Investimento de R$ 200 milhões em negócios previsto para o maior evento comercial de Goiás

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO) planeja investir mais de R$ 200 milhões em negócios e alcançar 20 mil visitantes na edição da Expo Fecomércio 2024, que será realizada em outubro. O evento será lançado nesta quinta-feira (14), na sede da entidade, em Goiânia.

Uma das principais mudanças para a edição deste ano é a ampliação da duração da feira, que agora será estendida de três para cinco dias. Assim, de 16 a 20 de outubro, o Centro de Convenções de Goiânia será o epicentro dos negócios e do networking empresarial.

O motivo para essa expansão é claro: a demanda por espaços na Feira do Imóvel, que também contará com atendimento ao público no domingo, está em ascensão. Para acomodar confortavelmente os visitantes e proporcionar uma maior diversidade de expositores, a Expo Fecomércio 2024 ocupará os dois pavilhões do Centro de Convenções.

O presidente da Fecomércio-GO, Marcelo Baiocchi, está otimista quanto ao sucesso da edição deste ano, superando até mesmo o êxito da primeira. “Na edição inaugural, fomos positivamente surpreendidos pela resposta do público. Recebemos 16 mil visitantes e registramos mais de R$ 180 milhões em negócios. Para este ano, contamos com a confiança das marcas que estiveram conosco no ano passado”, afirmou o presidente.

Além da Expo Fecomércio, o evento será ainda mais enriquecido com a presença simultânea da Feira do Empreendedor, promovida pelo Sebrae Goiás, e a 17ª Feira do Imóvel, organizada pelo Sindicato das Imobiliárias e Condomínios do Estado de Goiás (Secovi-GO).

 

Carnaval não é feriado; entenda

O Carnaval, festa que traduz a essência da cultura brasileira, levanta sempre a mesma pergunta: afinal, é feriado ou não?

Desde os tempos coloniais, o Carnaval tem enraizado suas tradições na identidade brasileira, manifestando-se através de desfiles, músicas vibrantes e festividades extravagantes.

Apesar de muitos brasileiros associarem o Carnaval a um merecido descanso, a data não é considerada feriado nacional nem estadual. Empresas, escolas e serviços públicos frequentemente adotam esquemas especiais durante esses dias, mas a obrigatoriedade de conceder folga depende de legislações locais.

O presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-GO, Marcelo Baiocchi, esclareceu que o feriado não é uma realidade em Goiás. “Carnaval tem como princípio ser usual, porque todo feriado tem que haver previsão legal numa lei federal, numa lei estadual, numa lei municipal. E não há previsão na lei federal nem estadual. Alguns municípios, sim, fizeram essa previsão, que não é o caso de Goiás”.

E o trabalho no Carnaval?

Para muitos brasileiros, o Carnaval é sinônimo de descanso e diversão, marcando uma pausa na rotina diária. Empresas, escolas e serviços públicos frequentemente adotam um esquema especial de funcionamento durante esses dias. Sobre essas questões relacionadas ao trabalho, Baiocchi também esclareceu que não há obrigatoriedade de dar descanso ao funcionário.

“Nos dias de Carnaval, não há obrigatoriedade de dar o descanso ao funcionário. A não ser que devamos observar a convenção coletiva de trabalho do seu segmento, porque alguns segmentos substituem um dia de feriado pelo descanso na segunda-feira, como exemplo do comerciário”, apontou

“E a terça, que é a comemoração do Carnaval, normalmente ela é usual. E se for usual na sua empresa, você também não pode alterar essas regras. Agora, você pode também combinar e aplicar o banco de horas, se assim também estiver previsto. Portanto, avalie as particularidades do seu negócio”, finalizou Marcelo.

Quais são os direitos dos trabalhadores no Carnaval?

Mesmo não sendo feriado, muitas empresas acabam criando acordos coletivos para dar folga na segunda e na terça-feira aos empregados mediante compensação de banco de horas ou mesmo por dispensa. Por outro lado, não é ilegal que se cobre expediente normal, que é pago como dia normal, também.

Caso a empresa não conceda folga, o trabalhador só pode se ausentar mediante justificativa verdadeira, sob pena de receber advertência e, dependendo do caso, ser demitido.

 

Veja também:

 

Aplicativo ‘Minha Vaga!’ disponibiliza 4 Mil oportunidades de trabalho em Goiás

Em um esforço para desburocratizar e acelerar o processo de contratação de mão de obra em Goiás, o Governo do estado lançou o aplicativo “Minha Vaga!”. A ferramenta, que já conta com mais de 4 mil vagas de emprego disponíveis, foi apresentada ao setor produtivo goiano na sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO).

O aplicativo “Minha Vaga!” é leve e de fácil navegação, podendo ser utilizado em qualquer tipo de celular. Os empresários interessados em cadastrar vagas de emprego devem acessar o site redeindica.go.gov.br. A ferramenta foi desenvolvida pelo Colégio Tecnológico do Estado de Goiás (Cotec), sob a coordenação do Goiás Social, por meio da Secretaria da Retomada.

A partir de agora, todos os 246 municípios goianos contarão com uma ferramenta de intermediação de mão de obra. O aplicativo promete maior eficiência na intermediação de mão de obra, notificando os candidatos sobre oportunidades próximas a eles. Além disso, o aplicativo mostra a localização da empresa com vagas disponíveis, o que deve reduzir a evasão a entrevistas de emprego e também a desistência durante o período de experiência após a contratação.

O presidente da Fecomércio-GO, Marcelo Baiocchi, afirmou que o comércio em geral deve disponibilizar, em breve, cerca de 8 mil vagas temporárias no aplicativo. Ele destacou exemplos como uma indústria que tem mais de 500 vagas abertas, em Itaberaí e Nova Veneza, e a área de bares e restaurantes, também com mais de 500 postos de trabalho desocupados; ambos com dificuldade de contratação.

A Secretaria da Retomada vem reforçando a empregabilidade em Goiás com intermediação e capacitação de mão de obra. De agosto de 2020 até 2022, 180.081 vagas de emprego foram oferecidas por meio do Programa Mais Empregos. Nesse mesmo período, foram realizados 362.297 encaminhamentos para preencher as vagas. De outubro de 2021 a outubro de 2023, 67.322 certificados de capacitação profissional foram emitidos pelos Cotecs para trabalhadores goianos.

O aplicativo “Minha Vaga!” está disponível para IOS e Android, totalmente gratuito.

Com 230 mil cooperados Sicoob Nova Central de Goiânia é homologada pelo Banco Central

Nesta quinta-feira (1) se iniciam as atividades do Sicoob Nova Central. A instituição, foi homologada pelo Banco Central do Brasil, fruto da integração do Sicoob Goiás Central e Sicoob Planalto Central. 

A instituição nasce uma gigante, detendo mais de 21% das ações do Banco Sicoob, totalizando 25 cooperativas filiadas e uma rede de atendimento de 189 agências para atender os mais de 230 mil cooperados. Ela concentrará um total de R$ 11,4 bilhões de ativos, R$ 2,5 bilhões de patrimônio líquido e um volume total de depósitos de cerca de R$ 6,5 bilhões, entre outros grandes números. 

O atual presidente do Conselho de Administração do Sicoob, Miguel de Oliveira, comandará a instituição. “A nova central já é considerada uma disrupção no cooperativismo brasileiro. A sua criação redesenhou o futuro do Sicoob no Brasil”, ressalta. 

O presidente do então Sicoob Goiás Central, Marcelo Baiocchi Carneiro, assumirá a vice-presidência do Sicoob Nova Central. “Este momento estratégico foi estudado por dois anos e chegamos à etapa final certos de que essa integração trará enormes benefícios às cooperativas filiadas e aos seus cooperados. Isso impactará também a nossa sociedade, pois nas regiões onde há cooperativas o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é maior”, diz. 

O Sicoob Nova Central terá sede em Goiânia (GO) e uma unidade em Brasília (DF), com 121 colaboradores na capital de Goiás e 75 colaboradores na capital do país. A central será comandada por quatro diretores; além de 18 membros do Conselho de Administração e por 4 conselheiros fiscais. 

 

O Sicoob

Instituição financeira cooperativa, o Sicoob tem mais de 6,7 milhões de cooperados e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. Oferecendo serviços de conta-corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, market place, dentre outras soluções financeiras, o Sicoob é a única instituição financeira presente em 360 municípios. É formado por 348 cooperativas singulares, 14 cooperativas centrais e pelo Centro Cooperativo Sicoob (CCS), composto por uma confederação e um banco cooperativo, além de processadora e bandeira de cartões, administradora de consórcios, entidade de previdência complementar, seguradora e um instituto voltado para o investimento social. Ocupa a primeira colocação entre as instituições financeiras com maior quantidade de agências no Brasil, segundo ranking do Banco Central, com 4.146 pontos de atendimento em mais de 2 mil cidades brasileiras. Acesse o site para mais informações.

 

Foto: Divulgação

Com Marcelo Baiocchi reeleito, nova diretoria da Fecomércio será empossada nesta quarta em Goiânia

A Diretoria eleita para o quadriênio 2022-2026 da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO) será formalmente empossada nesta quarta-feira (30), em dia marcado por extensa programação, com início às 10h30. As atividades serão comandadas pelo presidente reeleito da entidade, Marcelo Baiocchi Carneiro.

 

A solenidade de posse será realizada na noite de quarta-feira, às 19 horas, na Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), no Jardim Goiás. A programação começa às 10h30, na Assembleia Legislativa, com a entrega dos títulos de Cidadão Goiano e Cidadão Goianiense ao presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), José Roberto Tadros.

 

Às 13 horas, os presidentes Marcelo Baiocchi e José Roberto Tadros e a diretoria da Fecomércio-GO inauguram, nas dependências da Assembleia Legislativa, o Restaurante Escola do Senac Goiás. Às 15 horas, a comitiva entrega a nova Sede Integrada do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac Goiás, na Avenida 136. A programação se encerra com a posse solene às 19 horas.

 

A entrega da Sede Integrada marca a passagem entre os dois quadriênios da gestão de Marcelo Baiocchi na Fecomércio-GO: o tradicional prédio da entidade, símbolo da arquitetura contemporânea goianiense, recebe a companhia do novo edifício da Diretoria Regional do Sesc-Senac. A unificação dos locais de funcionamento das instituições visa ampliar a qualidade, a quantidade e a eficiência das atividades do sistema, com economia de recursos.

 

Fazer mais com menos e com mais qualidade é a diretriz central da atual gestão. Reeleito presidente da Fecomércio-GO em 20 de maio deste ano, por meio de pleito realizado com chapa única, com 29 votos e a unanimidade dos presentes, Marcelo Baiocchi afirma que “a Fecomércio Goiás começa com a letra S de sindicatos”, uma referência à atuação da diretoria para ampliar e qualificar a representação classista.

 

“Seguiremos trabalhando em parceria com as instituições públicas e as diversas entidades do setor produtivo para fortalecer e ampliar a representação classista, fundamental para a retomada econômica, para a geração de empresas e empregos e para a ampliação da renda”, afirma Marcelo Baiocchi.

 

A Fecomércio-GO, que tem por presidente Marcelo Baiocchi, integra a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), presidida por José Roberto Trados.

 

Foto: Divulgação

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Fecomércio confirma parceria para a segunda edição do Prêmio Curta Mais em 2023

Chegou ao fim a espera para saber quais são os melhores da gastronomia em Goiânia. O 1º PRÊMIO CURTA MAIS – O MELHOR DA CIDADE 2022, o Oscar da gastronomia da capital goiana, revelou na noite dessa terça-feira (23/11) os vencedores de 52 categorias entre restaurantes, comidinhas, barzinhos e personalidades da gastronomia, eventos e turismo. A cerimônia aconteceu no Restaurante Cora, no terraço da nova sede da Assembleia Legislativa de Goiás, com apresentação da jornalista Mariana Martins.

Entre a divulgação de vencedores e campeões de cada categoria, o presidente do Sistema Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO) Sesc-Senac, integrante da Confederação Nacional do Comércio (CNC) Marcelo Baiocchi anunciou que a instituição será parceira novamente do Prêmio Curta Mais – o melhor da cidade no ano de 2023.

“O Curta Mais e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO) têm muito em comum. Antes de tudo, o que nos une é essa paixão por Goiânia, suas tradições e sua gente. A pouco mais de um ano de completar 90 anos de fundação, nossa capital oferece o melhor da gastronomia, do entretenimento e do lazer no país”, afirma Baiocchi.

baiocchi

O 1º PRÊMIO CURTA MAIS – O MELHOR DA CIDADE 2022 contou com o reconhecimento e apoio do Sicob-Secovicred, do Sebrae e do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac.

Os indicados e premiados no 1º PRÊMIO CURTA MAIS – O MELHOR DA CIDADE 2022 refletem a alta qualidade em categorias concorridas e nos estabelecimentos instalados em Goiânia. E quem ganha com isso é o público goianiense, que voltou a encher às casas para poder se deliciar com os sabores da nossa culinária.

“O 1º PRÊMIO CURTA MAIS – O MELHOR DA CIDADE 2022 não podia vir em melhor hora, o momento em que estamos celebrando a volta à normalidade e temos, mais do que nunca, de reconhecer e promover o trabalho de tantos empreendedores e empreendedoras, trabalhadores e trabalhadoras que dedicam suas vidas e energias a fazer e mostrar o que Goiânia tem de melhor e mais bonito. Parabéns a todos os envolvidos e, em especial, aos ganhadores de todas as 52 categorias, que representam todos os demais estabelecimentos e profissionais de cada segmento em nossa cidade”, concluiu o presidente do Sesc-Senac. 

Além da entrega da placa para os 52 vencedores, o Curta Mais também lançou um site (curtamais.com.br/omelhordacidade) e uma edição comemorativa do guia impresso com mais de 350 endereços de bares, restaurantes e comidinhas que será disponibilizado em hotéis e pontos estratégicos da cidade e de grande circulação na cidade.

Confira AQUI os 52 vencedores do 1º PRÊMIO CURTA MAIS – O MELHOR DA CIDADE 2022

Marcelo Baiocchi é eleito vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi, foi eleito nesta quinta-feira (22/09), o vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Ele integra a chapa escolhida por unanimidade, que tem como presidente José Roberto Tadros. O novo mandato vai até novembro de 2026.

Atualmente, Baiocchi exerce seu segundo mandato à frente da Fecomércio. Ele foi eleito, em maio deste ano, por unanimidade.

A confederação
A CNC foi fundada em 1945 e representa cinco milhões de empresas do comércio de bens, serviços e turismo, setores que, juntos, respondem por quase 1/4 do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e geram aproximadamente 25 milhões de empregos diretos e formais. A sede da entidade fica localizada em Brasília. 

Importante ressaltar que a CNC trabalha de forma integrada com 37 Federações, sendo 27 estaduais e sete nacionais, que reúnem mais de mil sindicatos empresariais. A entidade administra, ainda, o Serviço Social do Comércio (SESC) – considerado um dos maiores sistemas de desenvolvimento social do Brasil -, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), principal agente da educação profissional voltada para o setor do comércio de bens, serviços e turismo.

Foto: Divulgação

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Marcelo Baiocchi é reeleito presidente da Fecomércio

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi, foi reeleito nesta sexta-feira (20/05), para um novo mandato de quatro anos (2022-2026) à frente da entidade. O pleito foi realizado com chapa única, e Baiocchi obteve 29 votos, a unanimidade dos presentes. Na eleição passada ele teve 15 votos.

De acordo com o Baiocchi, a entidade continuará atuando pelo fortalecimento dos sindicatos e a oferta de produtos e serviços sintonizados com as demandas do mercado. “Continuaremos trabalhando em parceria para fortalecer e ampliar as conquistas alcançadas. Vamos dialogar com o setor produtivo e as autoridades das diferentes esferas para contribuir com o crescimento de Goiás e do Brasil”, afirmou logo após a proclamação do resultado. 

Em seu primeiro mandato (2018-2022), Marcelo Baiocchi e a diretoria trabalharam pela união, fortalecimento e ampliação do colégio de sindicatos e dos produtos e serviços ofertados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e pelo Serviço Social do Comércio (Sesc). Nesse período, o número de entidades associadas à Fecomércio Goiás saltou de 29 para 33, e as direções de Sesc e Senac foram unificadas como ponto de partida para uma reestruturação completa de suas atividades. “Todos os compromissos foram cumpridos”, garante o dirigente.

Para o presidente, premissa “fazer mais, melhor, com menos e mais rápido” deu o tom e o leme da gestão, diretriz que possibilitou a ampliação da oferta de cursos, das parcerias com outras instituições para realização de atividades de educação e cultura e da qualificação de colaboradores. Segundo Baiocchi, a Fecomércio Goiás também ampliou sua interlocução com o setor público, participando da construção de ações e projetos voltados para o fomento da economia. 

Novo mandato
Entre outras medidas anunciadas pelo presidente, é que o Instituto Elias Bufáiçal oferecerá produtos e serviços para os trabalhadores do comércio oferecerá produtos e serviços para os trabalhadores do comércio, por meio de convenções coletivas, com foco na qualidade dos trabalhadores, com a oferta de seguro de vida, telemedicina, kits escolares, e cursos de aperfeiçoamento, dentre outros. 

Também está prevista ainda para este mês a criação da Fecomex, o braço de comércio exterior da federação. A Fecomex atuará diretamente na promoção dos negócios e da troca de conhecimento no exterior, com foco em investimentos, novas possibilidades de comércio e oportunidades de pesquisa.

No sistema Sesc-Senac, a gestão vai modernizar e ampliar as unidades do serviço social e de aprendizagem e inaugurar ainda em 2022 dois restaurantes escola, um no Tribunal de Justiça e outro na nova sede da Assembleia Legislativa. “Com a superação da pandemia, estamos preparados para uma nova fase de crescimento. São muitas as oportunidades que se abrem e o Sistema Comércio Goiás está pronto para essa nova etapa de nosso desenvolvimento, local e nacional”, afirma.

 

Fecomércio firma parceria com o Curta Mais para premiar os melhores da cidade

Marcelo Albuquerque, editor do Curta Mais, reuniu-se nesta quarta-feira, 18, com o presidente da Fecomércio, Marcelo Baiocchi, para acertar os detalhes do apoio da entidade ao 1º Prêmio Curta Mais – o melhor da cidade em 2022. “O evento terá o apoio do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac, pois entendemos a importância de colaborar com estes segmentos – gastronomia, entretenimento e turismo – que são fundamentais para a nossa cultura e para o nosso Estado”, ressaltou Baiocchi.

“Ter instituições de tão grande prestígio como o Sistema Fecomércio, Sesc e Senac nos apoiando na realização da nossa premiação é uma honra e um gesto de reconhecimento à trajetória do Curta Mais, que está comemorando 15 anos de pioneirismo em divulgar o que a cidade tem de melhor para os goianienses e para o turista”, destaca Marcelo Albuquerque.

Na reunião, o editor do Curta Mais ressaltou ainda que, além da comemoração dos 15 anos da plataforma, outra meta do 1º Prêmio Curta Mais é fomentar a qualificação do mercado, estimulando-o a uma corrida pela excelência.  

 

Fonte: Redação Curta Mais/Fecomércio