Esse é o melhor filme que você verá esta semana na Netflix

Mavis Gary, a protagonista do filme “Jovens Adultos”, nos leva a uma jornada de autodescoberta e nostalgia na tela da Netflix. Interpretada brilhantemente pela atriz Charlize Theron, Mavis é uma ex-rainha da beleza do ensino médio que, apesar de seu sucesso profissional, enfrenta uma profunda infelicidade. Fique conosco até o final da leitura e saiba mais a respeito dessa obra cinematográfica.

Uma jornada de autodescoberta

Dirigido por Jason Reitman, este filme nos presenteia com uma história envolvente, escrita pela talentosa Diablo Cody, conhecida por seu trabalho em “Juno”. Em “Jovens Adultos”, somos levados a refletir sobre as agruras existenciais de Mavis, uma mulher que retorna à sua cidade natal em busca de respostas após receber uma foto da filha de seu ex-namorado.

Mavis enfrenta a solidão e a tristeza enquanto tenta lidar com as expectativas da vida adulta. No entanto, seu encontro com um antigo colega, interpretado por Patrick Wilson, e a inesperada amizade com Matt Freehauf, vivido por Patton Oswalt, trazem novas perspectivas para sua vida.

Uma atuação memorável

Charlize Theron entrega uma performance excepcional, dando vida a uma personagem complexa e profundamente humana. Seu retrato da luta interna de Mavis é ao mesmo tempo cativante e comovente, mantendo o espectador totalmente envolvido do início ao fim.

Além da brilhante atuação de Charlize Theron, “Jovens Adultos”, que está disponível na Netflix, oferece uma visão realista e por vezes irônica da vida adulta, explorando temas como nostalgia, amadurecimento e arrependimento. A abordagem franca e sem rodeios de Diablo Cody nos faz questionar nossas próprias jornadas e escolhas.

Outro aspecto interessante é a química entre os personagens, especialmente entre Mavis e Matt, cuja dinâmica peculiar adiciona camadas de profundidade à narrativa. O filme também conta com uma direção habilidosa de Jason Reitman, conhecido por sua capacidade de criar histórias envolventes e personagens memoráveis.

Curiosidades sobre a Produção

Durante as filmagens, Charlize Theron trabalhou de perto com a equipe de maquiagem e figurino para transformar sua aparência e incorporar totalmente a personagem de Mavis. Sua dedicação ao papel é evidente em cada cena, elevando ainda mais o impacto emocional deste filme da Netflix.

“Jovens Adultos” é mais do que apenas um filme, é uma jornada emocionante e reflexiva que fica gravada na memória do espectador. Com uma combinação de atuações brilhantes, roteiro afiado e direção habilidosa, esta é uma obra-prima do cinema contemporâneo. Disponível agora na Netflix, não perca a chance de assistir e se emocionar com esta história envolvente.

Sobre o Filme:

  • Título: Jovens Adultos
  • Direção: Jason Reitman
  • Ano: 2011
  • Disponível na Netflix
  • Gêneros: Comédia/Thriller
  • Nota: 9/10

Confira também: 

Novo filme da Netflix com Christian Bale promete manter espectadores em suspense e deixá-los sem fôlego

Jodie Foster Desvenda Mistério Macabro em Retorno Triunfante de True Detective

Aquaman 2: O Reino Perdido tem data confirmada para estrear na HBO Max

Série médica da Netflix promete fazer um grande sucesso em 2024

Filme sobre milagre da Netflix vai te emocionar do início ao fim

Desde os primórdios do cinema, histórias que retratam protagonistas envoltos em uma aura de mistério, esperando por um milagre que mude suas vidas, sempre cativaram o público. No filme sobre milagre da Netflix “O Que de Verdade Importa”, que já está disponível na plataforma, o diretor Paco Arango habilmente tece uma trama leve e cativante, repleta de redenção e reflexões sobre o que realmente importa na vida. Continue a leitura deste artigo até o final e saiba mais a respeito.

Alec Bailey e o milagre que o aguarda

A história do filme sobre milagre da Netflix se inicia com Alec Bailey, um engenheiro eletrônico, enfrentando os percalços do cotidiano enquanto tenta sobreviver em um mundo repleto de desafios. Interpretado pelo ator Oliver Jackson-Cohen, Alec é apresentado como alguém cuja vida está longe de ser perfeita, mergulhado em dívidas e enfrentando ameaças de mafiosos do Leste Europeu. É nesse contexto que um convite inesperado de um tio distante surge como um verdadeiro milagre em sua rotina.

Alec recebe uma oferta tentadora de seu tio Raymond Heacock, interpretado por Jonathan Pryce, que promete quitar todas as suas dívidas. Aceitando o desafio, Alec parte de Londres para Lunenburg, uma pequena cidade na Nova Escócia. Esse belíssimo filme sobre milagre da Netflix acompanha sua jornada de transformação, enquanto ele se adapta a uma vida bem mais simples e descobre habilidades surpreendentes, como a capacidade de consertar eletrodomésticos.

Amor, amizade e superação das adversidades

Ao longo da trama, o diretor Paco Arango habilmente entrelaça a evolução dos relacionamentos de Alec. Sua amizade com Cecília, a veterinária vivida pela atriz Camilla Luddington, se transforma em um romance apaixonado, enquanto sua relação com Abigail, uma jovem enfrentando uma batalha contra o câncer, revela-se comovente e inspiradora. É a mais pura celebração da essência humana.

No desfecho emocionante, Alec aceita completamente sua nova vida em Lunenburg, abraçando a simplicidade e a generosidade que ela oferece. O filme sobre milagre da Netflix “O Que de Verdade Importa” não apenas narra a jornada pessoal de Alec Bailey, mas também celebra os laços humanos, o poder do amor e a resiliência diante das adversidades.

Com reviravoltas emocionantes e descobertas inspiradoras, o filme oferece uma experiência cinematográfica extremamente cativante, que ressoa tanto com as tradições do cinema quanto com a essência do espírito do ser humano.

Conclusão

Em resumo, “O Que de Verdade Importa” é mais do que apenas um filme sobre milagre da Netflix, é uma jornada de autodescoberta, redenção e esperança que toca profundamente o coração dos espectadores. Não deixe de assistir.

Ficha Técnica:

  • Filme: O Que de Verdade Importa
  • Direção: Paco Arango
  • Ano: 2016
  • Gêneros: Drama/Romance
  • Nota: 8/10

Confira também: 

Estrela de “The Mentalist” surpreende em nova série da Netflix, assumindo papel radicalmente distinto do seu habitual

Netflix Brasil adquire com exclusividade série amada dos anos 2000 para estreia emocionante

Nova série da netflix toca os corações dos espectadores e tem final devastador

Jodie Foster Desvenda Mistério Macabro em Retorno Triunfante de True Detective

Idosa de 90 anos e neto de 23 celebram juntos a conclusão do mestrado

Confira os lançamentos coreanos na Netflix em 2024

Nos últimos anos, as produções coreanas têm vivenciado um grande crescimento em popularidade e reconhecimento. Com bons roteiros, excelentes performances e uma riqueza cultural única, filmes e séries coreanas têm conquistado não apenas os corações dos espectadores asiáticos, mas também de uma audiência internacional cada vez maior.

O sucesso de produções como “Parasita”, dirigido por Bong Joon-ho e vencedor de quatro prêmios Oscar, incluindo Melhor Filme, assim como a série de drama “Round 6”, que se tornou um fenômeno global, são apenas alguns exemplos do sucesso das produções coreanas no cenário cinematográfico. 

Diante desse cenário, a Netflix, uma das principais plataformas de streaming do mundo, reconhece o potencial das produções coreanas e está comprometida em trazer uma variedade de conteúdos coreanos para seu catálogo em 2024. Com a tão aguardada volta de “Round 6” e uma seleção cuidadosamente de novas séries, filmes e reality shows coreanos. 

 “Este ano, nossa lista de conteúdos coreanos oferece uma gama diversificada de títulos que capturam a verdadeira essência desses contadores de histórias. Sejam séries, filmes ou reality shows, compartilharemos experiências inesquecíveis com os fãs de entretenimento do mundo todo, tudo por meio de produções imperdíveis que você só encontra na Netflix” Afirma Don Kang, vice-presidente de conteúdo da Netflix na Coreia do Sul.

Confira os lançamentos coreanos na Netflix em 2024:

 

Round 6 – Temporada 2 

Ainda sem data de estreia definida, a aguardada segunda temporada de Round 6 chega ainda em 2024 no streaming. Desde sua estreia em 2021, a série sul-coreana Round 6 (Squid Game, no original) conquistou fãs ao redor do mundo e se tornou um fenômeno global. A série rapidamente se tornou uma das mais assistidas da Netflix, garantindo uma segunda temporada devido ao seu sucesso estrondoso. No entanto, poucas informações foram reveladas até agora sobre os novos episódios, o que tem deixado os espectadores bem ansiosos.

 

1º trimestre – Janeiro, Fevereiro e Março 

– Chicken Nugget (nova série)

– Rainha das Lágrimas (nova série)

– Médicos em Colapso (nova série – Estreia dia 25/02)

– Meu Nome é Loh Kiwan (novo filme – Estreia dia 01/03)

– A Killer Paradox (nova série – Já disponível)

– A Herdeira (nova série – Já disponível)

– Só para Adultos: Países Baixos e Alemanha (nova temporada – Estreia dia 20/02) 

– Reino da Conquista (nova série – Já disponível)

– A Batalha dos 100 – Desafio Subterrâneo (reallity show – nova temporada)

– Em Ruínas (novo filme – Já disponível)

 

2º trimestre – Abril, Maio e Junho 

– Parasyte: The Grey (nova série) 

– The 8 Show (nova série)

– Resident Playbook (título provisório) (nova série)

– Agents of Mystery (reallity show)

– Super-Ricos na Coreia (reallity show)

– Sweet Home (nova temporada) 

– Hierarchy (nova série) 

 

3º trimestre – Julho, Agosto e Setembro 

– A Criatura de Gyeongseong 2 (nova temporada) 

– Ventos de Inverno (nova série)  

– Batalha de Influencers (reallity show)

– O Agente Faixa-Preta (novo filme)

– Quando Ninguém Vê (nova série)  

 

4º trimestre – Outubro, Novembro e Dezembro 

– A Grande Inundação (novo filme)

– Solteiros, Ilhados e Desesperados (reallity show – nova temporada)

– Uprising (novo filme)

– Zumbiverso (nova temporada)

– Profecia do Inferno (nova temporada)

– The Trunk (nova série)  

– Mr. Plankton (nova série)  

 

>Veja Também<

Dorama escondido no catálogo da Netflix vai te deixar apaixonadinho

Novo dorama da Netflix tem uma explosão de paixões e intrigas e conquista corações e mentes dos brasileiros

Estréia da Netflix é a nova sensação dos apaixonados por doramas

 

Nova minissérie da Netflix traz reflexões sobre a vida e vai deixar o seu coração quentinho

Baseada no romance homônimo de David Nicholls, a Netflix lançou recentemente sua nova minissérie “Um Dia” (One Day). Mas esta não é a primeira adaptação do livro best-seller. Em 2011, a obra literária ganhou uma versão cinematográfica estrelada pelos astros Anne Hathaway e Jim Sturgess. Ao contrário do filme, a série mergulha mais profundamente na complexidade dos relacionamentos, explorando a vida dos protagonistas ao longo de duas décadas.

“Um Dia” conta a história de Emma Morley e Dexter Mayhew. Os dois se conhecem em 15 de julho de 1988, na noite da formatura, mas, no dia seguinte, cada um segue seu caminho. Onde será que estarão nesse mesmo dia no ano seguinte, no próximo e em todos os outros 20 anos? Em cada episódio, eles estão um ano mais velhos. A data é a mesma, e os dois vão evoluindo e mudando, se aproximando e se separando, vivendo alegrias e decepções.

A trama segue esse mesmo formato anual, revisitando os protagonistas no mesmo dia, mas ganha uma riqueza narrativa ao se estender por 14 episódios. Leo Woodall e Ambika Mod, nos papéis principais, cativam o público com performances envolventes, destacando-se por sua versatilidade e maturidade ao atravessar as décadas. A química entre os dois é o ponto alto da série, acrescentando camadas autênticas aos personagens e fazendo com que torçamos por seu sucesso, mesmo diante das adversidades.

A produção não é apenas uma adaptação; é uma expansão rica e emocional do universo criado em seu livro. Ao explorar mais profundamente cada ano da jornada de Emma e Dexter, a série se torna uma tapeçaria complexa de experiências e lições de vida, proporcionando um banquete emocional para os espectadores ávidos por uma narrativa envolvente.

Nostalgia

Além disso, “Um Dia” é uma ode visual à nostalgia, transportando-nos para o encanto dos anos 80 e 90, onde a estética cuidadosamente recriada adiciona uma dimensão extra à experiência. A série é um lembrete poético de que as histórias de amor podem transcender o tempo, mantendo sua relevância e beleza ao longo das décadas.

Assistir a “Um Dia” não é apenas consumir entretenimento; é embarcar em uma jornada que nos desafia a refletir sobre nossas próprias escolhas, relacionamentos e a natureza efêmera da vida.

Uma ponderação sobre as vidas que se cruzam com a nossa, a minissérie é como um soneto agridoce sobre a importância de viver intensamente todos os dias, na certeza de que sendo bons ou maus, cada um deles vale a pena ser desfrutado.

Prepare-se para rir, chorar e se perder na narrativa irresistível que essa minissérie oferece!

Assista ao trailer abaixo:

 

Veja também:

 

 

 

Nova série da netflix toca os corações dos espectadores e tem final devastador

A mais recente adição ao catálogo da Netflix, a série romântica “Um Dia”, tem deixado muitos espectadores emocionalmente abalados com sua história comovente e um desfecho de cortar o coração. Desde o seu lançamento, essa nova série da Netflix tem sido tema de conversas fervorosas, levando os telespectadores a uma montanha-russa de emoções com a trágica jornada de dois amantes cujo destino parece predestinado. Nos dê o prazer da sua honrosa companhia até o final da leitura.

Uma jornada romântica única

Composta por 14 episódios, a nova série da Netflix “Um Dia” acompanha a trajetória de Emma Morley (interpretada por Ambika Mod, de “This Is Going Hurt”) e Dexter Mayhew (interpretado por Leo Woodall, de “White Lotus”), cujo relacionamento evolui de uma amizade sincera para um amor profundo ao longo de uma década.

Baseada no livro de David Nicholls, que já tinha tido uma adaptação cinematográfica em 2011 com Anne Hathaway no papel principal, a versão da Netflix vem conquistando os corações dos espectadores com sua abordagem envolvente e emocionalmente cativante.

O enredo emocionante de “Um Dia” na Netflix

A narrativa se desenrola de maneira única, com cada episódio retratando o mesmo dia, o Dia de São Swithin, em 15 de julho, em diferentes momentos da vida do casal. Esta abordagem não convencional tem sido elogiada pelos fãs por sua originalidade e capacidade de quebrar padrões narrativos.

Emma e Dexter, inicialmente estudantes na Universidade de Edimburgo, representam polos opostos: ela, uma idealista determinada a mudar o mundo com suas convicções, e ele, um jovem privilegiado que encanta a todos com seu charme e beleza. No entanto, o destino reserva surpresas trágicas para ambos, levando a momentos de intensa emoção que têm deixado os espectadores com os corações partidos.

Reações dos fãs e impacto emocional

O penúltimo episódio desta nova série da Netflix deixa os espectadores atônitos com um trágico acidente que separa o casal. O momento é de partir o coração quando Dexter, ao ouvir uma mensagem emocionante deixada por sua falecida esposa, Emma, descobre que é tarde demais, pois ela é fatalmente atingida por um carro enquanto pedalava. O episódio final acompanha Dexter em sua jornada de luto e cura, com o espírito de Emma aparecendo para oferecer conforto e orientação.

A reação dos fãs nas redes sociais tem sido intensa, com muitos expressando sua tristeza e admiração pela série. Um espectador descreveu o impacto do final do episódio 13, dizendo: “’Um Dia’ na Netflix, você arruinou minha vida.”. Outro admitiu ter ficado acordado até tarde da noite para maratonar a série, pedindo que nunca mais lhe recomendasse algo tão emocionante.

Produção e fidelidade ao material original

A equipe de produção, liderada pela roteirista Nicole Taylor, optou por manter-se fiel ao final do livro original, uma decisão que, apesar de devastadora para os espectadores, foi amplamente elogiada pela profundidade emocional que trouxe ao enredo.

A nova série da Netflix “Um Dia” já está disponível nesta plataforma e promete ser uma das séries mais emocionantes e cativantes do serviço de streaming. Com uma narrativa envolvente, performances marcantes e um desfecho emocionante, esta série certamente deixará uma marca duradoura no coração dos espectadores. Prepare os lenços, pois “Um Dia” é uma jornada que você não vai querer perder.

Confira também: 

Reinado da Netflix é ameaçado com a ascensão de um novo queridinho do streaming

Famosa série da HBO está prestes a estrear na Netflix; descubra qual é

Qual a série com pior avaliação da Netflix?

 

Os 15 personagens mais odiados das séries

Desvendar os segredos das séries de televisão muitas vezes nos leva a uma montanha-russa de emoções. Desde a alegria até a raiva profunda, os personagens têm o poder de nos fazer sentir uma ampla gama de sentimentos.

E entre eles, estão aqueles que amamos odiar: os personagens mais odiados das séries. Vamos mergulhar na lista dos 15 mais detestados, de acordo com o público, e entender o que os torna tão repulsivos. Bora lá conferir?

15. Roose Bolton: O estrategista cruel de Game of Thrones

Em um universo repleto de personagens complexos, Roose Bolton, interpretado por Michael McElhatton em Game of Thrones, se destaca como um oponente formidável. Sua calma gélida e suas estratégias implacáveis o tornam irresistivelmente odioso para os fãs da série.

14. Paige McCullers: O caminho da aceitação em Pretty Little Liars

Embora tenha uma jornada de crescimento e aceitação ao longo de Pretty Little Liars, Paige McCullers (Lindsey Shaw) não escapou do julgamento dos fãs, que a consideram um dos personagens mais irritantes da série. O que será que desperta tanto incômodo em relação a esse personagem?

13. Petyr Baelish: A astúcia manipuladora de Game of Thrones

Petyr Baelish, interpretado por Aidan Gillen, é uma figura intrigante em Game of Thrones. Sua habilidade de manipulação e sua presença nos meandros políticos da trama o colocam como um dos personagens mais odiados das séries, apesar de sua cativante astúcia.

12. Ezra Fitz: O romance controverso de Pretty Little Liars

Ezra Fitz, vivido por Ian Harding, desperta controvérsias em Pretty Little Liars. Seu relacionamento romântico com uma de suas alunas trouxe à tona questões éticas e morais, o que contribuiu para sua posição na lista dos personagens mais detestáveis.

11. Ed Peletier: O abusivo de The Walking Dead

Ed Peletier, o marido abusivo de Carol em The Walking Dead, é uma presença constante de tensão na série. Suas ações perturbadoras e sua relação conturbada com outros personagens garantiram-lhe um lugar na lista dos mais odiados.

10. Livia Soprano: A mãe sinistra de The Sopranos

Em um universo repleto de personagens sombrios, Livia Soprano, interpretada por Nancy Marchand, se destaca como uma das mães mais detestadas da televisão. Sua crueldade e manipulação atingem níveis inimagináveis, tornando-a uma figura inesquecível.

9. Will Schuester: O diretor “chato demais” de Glee

Will Schuester, interpretado por Matthew Morrison, é o centro das atenções em Glee. Apesar de suas boas intenções, sua personalidade “chata” e suas atitudes questionáveis o tornam um dos personagens mais odiados das séries, segundo os fãs.

8. Caillou: A irritação infantil da telinha

Até mesmo entre os personagens infantis, há espaço para a irritação. Caillou, popular entre as crianças, desperta antipatia nos adultos devido a seus acessos de raiva e comportamento irritante, mostrando que nem todos os heróis dos desenhos são unanimidade absoluta.

7. Todd Alquist: O ar de desconforto de Breaking Bad

Todd Alquist, interpretado por Jesse Plemons em Breaking Bad, é um personagem que causa desconforto em cada cena que aparece. Sua imprevisibilidade e suas ações perturbadoras o transformam em um dos antagonistas mais memoráveis da televisão.

6. Rachel Berry: A ambição e ambiguidade de Glee

Rachel Berry, interpretada por Lea Michele, é uma personagem ambígua em Glee. Sua busca incansável pela fama e suas atitudes controversas dividem os fãs, tornando-a um dos personagens mais fascinantes e desprezíveis da série.

5. Shou Tucker: O desprezível em Fullmetal Alchemist: Brotherhood

Dentro do mundo dos animes, Shou Tucker se destaca por seus comportamentos desprezíveis em Fullmetal Alchemist: Brotherhood. Sua presença catalisa questões emocionais profundas, o que o torna um dos personagens mais odiados das séries pelos espectadores.

4. O Governador: Carisma e terror em The Walking Dead

O Governador, interpretado por David Morrissey em The Walking Dead, é um vilão carismático e aterrorizante. Sua habilidade de manter o controle nas situações mais desafiadoras o coloca como um dos grandes antagonistas da série de zumbis.

3. Cersei Lannister: Crueldade e determinação em Game of Thrones

Cersei Lannister, interpretada por Lena Headey, personifica a crueldade e a determinação em Game of Thrones. Sua sede implacável por poder e suas estratégias maquiavélicas a tornam um dos personagens mais odiados e, ao mesmo tempo, fascinantes da série.

2. Ramsey Bolton: A maldade cativante de Game of Thrones

Ramsey Bolton, vivido por Iwan Rheon, é um personagem que causa horror e fascínio em igual medida. Sua maldade e sua capacidade de manipulação o colocam como um dos antagonistas mais memoráveis de Game of Thrones.

1. Joffrey Baratheon: O abominável Rei de Game of Thrones

No topo da nossa lista está Joffrey Baratheon, interpretado por Jack Gleeson em Game of Thrones. Sua tirania e seu senso distorcido de poder o tornam o personagem mais odiado pelos espectadores, mantendo-os presos à tela em antecipação de suas próximas maldades e, eventualmente, de sua queda.

Nessa jornada pelos personagens mais odiados das séries, uma coisa é certa: apesar de despertarem sentimentos negativos, são esses personagens que mantêm viva a chama da discussão e da emoção em torno das séries que tanto amamos acompanhar.

Confira também: 

Jodie Foster Desvenda Mistério Macabro em Retorno Triunfante de True Detective

Famosa série da HBO está prestes a estrear na Netflix; descubra qual é

Estrela de “The Mentalist” surpreende em nova série da Netflix, assumindo papel radicalmente distinto do seu habitual

 

Reinado da Netflix é ameaçado com a ascensão de um novo queridinho do streaming

O mundo do entretenimento nunca foi tão dinâmico quanto nos dias de hoje, e uma das principais áreas de competição é o streaming de conteúdo. A Netflix, há muito tempo, reinou soberana nesse mercado, mas agora enfrenta uma concorrência cada vez mais acirrada.

Um dos mais recentes competidores a abalar o reinado da Netflix é o Paramount+. Com um catálogo vasto e diversificado, incluindo conteúdo original exclusivo, esta plataforma tem conquistado rapidamente uma base de fãs leais.

O Paramount+ tem se destacado não apenas pela qualidade do seu conteúdo, mas também pela diversidade de gêneros oferecidos. Desde séries dramáticas a comédias, passando por filmes de ação e animações, há algo para todos os gostos. Esse diferencial tem atraído a atenção de espectadores em busca de novas experiências de entretenimento. Fique conosco até o fim da leitura.

O impacto da diversificação do mercado de streaming

Com a chegada de novos competidores como o Paramount+, o mercado de streaming está se diversificando rapidamente. Isso é uma boa notícia para os consumidores, que agora têm mais opções do que nunca para escolher. No entanto, também representa um desafio para os serviços estabelecidos, como a Netflix, que agora precisa se esforçar ainda mais para manter sua posição dominante.

A diversificação do mercado de streaming também significa que os criadores de conteúdo têm mais oportunidades do que nunca para encontrar um público para seu trabalho. Plataformas como o Paramount+ estão sempre à procura de novas séries e filmes para adicionar ao seu catálogo, o que abre portas para talentos emergentes no mundo do entretenimento.

A disputa pelo trono do streaming

Enquanto a Netflix continua sendo uma força dominante no mundo do streaming, ela agora enfrenta uma concorrência feroz de todos os lados. Além do Paramount+, há também outros concorrentes de peso, como o Disney+, o Amazon Prime Video, a Globo Play e o Hulu, todos lutando por uma fatia do mercado de streaming.

Essa competição acirrada é uma boa notícia para os consumidores, que se beneficiam da variedade de opções disponíveis. No entanto, também significa que as plataformas de streaming precisam se esforçar mais do que nunca para atrair e manter assinantes. Isso pode levar a uma maior inovação e qualidade de conteúdo, à medida que as plataformas buscam se destacar da concorrência.

A importância do conteúdo original

Uma das estratégias mais eficazes para as plataformas de streaming se destacarem da concorrência é investir em conteúdo original exclusivo. Isso não apenas atrai novos assinantes, mas também ajuda a reter os existentes, já que eles não podem encontrar esse conteúdo em nenhum outro lugar.

Tanto a Netflix quanto o Paramount+ têm investido pesadamente em conteúdo original nos últimos anos, e isso tem se mostrado uma estratégia bem-sucedida. Séries como “Stranger Things” e “The Crown”, da Netflix, e “Yellowstone” e “Star Trek: Discovery”, do Paramount+, conquistaram uma base de fãs dedicada e ajudaram a impulsionar o sucesso de suas respectivas plataformas.

O papel dos exclusivos no crescimento das plataformas

Os exclusivos desempenham um papel crucial no crescimento das plataformas de streaming. Eles não apenas atraem novos assinantes, mas também incentivam os existentes a permanecer fiéis ao serviço. Isso ocorre porque os exclusivos oferecem algo único e valioso que não está disponível em nenhum outro lugar.

Plataformas como a Netflix e o Paramount+ estão continuamente expandindo seu catálogo de exclusivos, garantindo que sempre haja algo novo e emocionante para os assinantes desfrutarem. Isso é essencial para manter a relevância no mercado de streaming em constante evolução.

O futuro do streaming

À medida que o mercado de streaming continua a crescer e evoluir, é provável que vejamos ainda mais concorrentes entrando na arena. Isso significa que a competição só vai ficar mais acirrada no futuro, o que é uma excelente notícia para os consumidores em busca de opções de entretenimento de alta qualidade.

No entanto, também significa que as plataformas de streaming precisarão trabalhar mais do que nunca para se destacar da concorrência. Isso pode levar a uma maior inovação e diversidade de conteúdo, beneficiando a todos os envolvidos.

Em última análise, o futuro do streaming parece brilhante e cheio de possibilidades emocionantes. Com tantas opções disponíveis, os consumidores estão no controle de como, quando e onde desfrutam de seu entretenimento favorito, e isso é algo verdadeiramente poderoso.

Confira também: 

Famosa série da HBO está prestes a estrear na Netflix; descubra qual é

Estrela de “The Mentalist” surpreende em nova série da Netflix, assumindo papel radicalmente distinto do seu habitual

Jodie Foster Desvenda Mistério Macabro em Retorno Triunfante de True Detective

 

Bom Dia Verônica: saiba tudo sobre a 3ª temporada da série

Os aficionados por suspense têm motivos para comemorar com o lançamento da terceira e última temporada de “Bom Dia, Verônica” na Netflix.

Batizada de “A Caçada Final”, a nova sequência promete envolver os espectadores em um desfecho épico para a intrigante história da detetive Verônica Torres, interpretada por Tainá Müller.

Bom Dia Verônica: saiba tudo sobre a 3ª temporada da série

Foto: divulgação/Netflix

Com apenas três episódios, a série encerra sua jornada na plataforma de streaming, mergulhando em uma investigação intensa que redefine o gênero.

 

Mergulhamos nos detalhes da 3ªtemporada, incluindo enredo, elenco estelar e a resposta crítica internacional.

 

Enredo e sinopse de Bom Dia Verônica

Bom Dia Verônica: saiba tudo sobre a 3ª temporada da série

Foto: divulgação/Netflix

Situada na agitada São Paulo, “Bom Dia, Verônica” acompanha a vida da escrivã Verônica Torres, que, após testemunhar um suicídio, se envolve em dois casos não resolvidos de violência contra mulheres.

Na nova temporada, a pergunta “Quem é Doúm?” orienta a narrativa, levando Verônica a uma busca pelo terceiro irmão enquanto enfrenta a ameaça da máfia em sua jornada.

 

Elenco estelar

Além da brilhante atuação de Tainá Müller como Verônica Torres, a série conta com Rodrigo Santoro, Klara Castanho, Maitê Proença, Reynaldo Gianecchini, Eduardo Moscovis e outros renomados nomes da televisão brasileira.

O elenco diversificado e talentoso adiciona camadas complexas aos personagens, tornando cada episódio uma experiência envolvente.

 

Assista ao trailer da 3ª temporada de Bom Dia Verônica

 

Leia Também

Quarta-feira de Cinzas é feriado?

 

Repercussão e críticas internacionais

“Bom Dia, Verônica” conquistou seu espaço como um dos maiores sucessos originais da Netflix no Brasil, acumulando indicações em prestigiosas premiações televisivas.

Com uma nota sólida de 7.5 no IMDb e uma aprovação de 69% no Rotten Tomatoes, a série cativou tanto o público quanto os críticos. No entanto, análises internacionais como a do Decider e do The Review Geek oferecem perspectivas mistas, destacando o potencial do personagem principal, mas pontuando desafios narrativos.

 

Em um panorama mais amplo, “Bom Dia, Verônica” se despede com um legado marcante, consolidando-se como um marco no cenário das séries brasileiras de suspense. A diversidade de opiniões reflete a complexidade da narrativa, que, apesar de suas críticas, deixa uma impressão duradoura nos espectadores.

Concluindo sua trajetória com “A Caçada Final”, a série oferece uma última oportunidade aos fãs de desvendar mistérios ao lado de Verônica Torres. A produção, que transcende as fronteiras nacionais, adiciona mais um capítulo fascinante à crescente lista de sucessos da Netflix.

 

 

Famosa série da HBO está prestes a estrear na Netflix; descubra qual é

Os fãs de “Sex and the City” têm motivos de sobra para comemorar, pois a famosa série da HBO está prestes a desembarcar na Netflix. Sob um acordo com a Warner Bros. Discovery, todos os episódios das seis temporadas da série, que conquistou o coração de muitos espectadores ao redor do mundo, serão disponibilizados em breve para os assinantes da plataforma de streaming. Continue a leitura até o final para saber mais a respeito.

HBO e Netflix Unem Forças para Expandir o Alcance de “Sex and the City”

Não é a primeira vez que a HBO e a Netflix se unem para levar séries de sucesso a um público ainda maior. Séries como “Ballers”, “Six Feet Under” (A Sete Palmos), “Insecure”, “O Pacífico” e “Irmãos de Guerra” (Band of Brothers) já migraram para essa plataforma de streaming, em uma estratégia que visa não apenas atrair novos públicos, mas também ampliar o alcance das produções originais, resultando em ganhos para ambas as partes envolvidas.

Data de Estreia e Detalhes Sobre a Chegada de “Sex and the City” na Netflix

Embora ainda não haja uma confirmação oficial por parte das empresas envolvidas, fontes próximas ao assunto sugerem que a estreia da famosa série da HBO “Sex and the City” na Netflix está programada para o início de abril deste ano. Contudo, permanece incerto se o lançamento ocorrerá simultaneamente em todo o mundo ou se será segmentado por regiões.

O Universo de “Sex and the City”: Uma Jornada de Amizade e Autodescoberta em Nova York

Criada por Darren Star, a famosa série da HBO”Sex and the City” narra as vivências de Carrie Bradshaw (interpretada por Sarah Jessica Parker), uma jornalista na vibrante Nova York. Ao lado de suas melhores amigas – Samantha Jones (Kim Cattrall), Charlotte York (Kristin Davis) e Miranda Hobbes (Cynthia Nixon) -, Carrie enfrenta os desafios da vida adulta, abordando temas como trabalho, família, relacionamentos e, claro, sexualidade. A série conquistou legiões de fãs ao apresentar personagens distintas, porém complementares, cujas jornadas individuais se entrelaçam de maneira envolvente.

O Legado de “Sex and the City”: De Um Livro à Revival

Baseada no livro homônimo de Candace Bushnell, a série foi ao ar pela HBO entre 1998 e 2004, deixando uma marca indelével na cultura pop. Duas décadas após o seu encerramento, as icônicas personagens retornaram para um revival intitulado “And Just Like That”, disponível na HBO Max.

Este novo capítulo dessa famosa série da HBO acompanha as amigas em uma fase mais madura da vida, explorando novos desafios e dilemas contemporâneos. Apesar da ausência de Kim Cattrall, intérprete de Samantha Jones, na maior parte da série, sua breve participação na última temporada trouxe nostalgia aos fãs, enquanto a renovação para uma nova temporada promete mais momentos memoráveis.

Onde Assistir “Sex and the City” Enquanto Aguarda a Chegada na Netflix?

Enquanto aguardam ansiosamente a chegada de “Sex and the City” na Netflix, os fãs dessa famosa série da HBO podem reviver as aventuras de Carrie, Samantha, Charlotte e Miranda na HBO Max, onde todas as seis temporadas da série estão disponíveis, juntamente com o revival “And Just Like That”. Que rufem os tambores.

Confira também:

Após Netflix, mais um streaming começa a bloquear o compartilhamento de senhas

Jodie Foster Desvenda Mistério Macabro em Retorno Triunfante de True Detective

Você precisa assistir esse curta de 18 minutos da Netflix que foi indicado ao Oscar

Os 10 plot twists mais surpreendentes do cinema atual que vão te prender no sofá

Quando falamos em filmes de terror, muitos fogem para longe, com medo do trauma que vem junto com a obra. Mas qual o peso de um plot twist muito bem trabalhado pelos roteiristas e diretores? Praticamente o mesmo. Na verdade, em alguns casos, o plot twist pode ser ainda mais perturbador simplesmente por trazer finais impactantes de forma inesperada e insuperável.

O que são ‘Plot Twists’?

Plot twist é uma mudança radical na direção esperada ou prevista do enredo de um romance, filme, série de televisão, quadrinho, jogo eletrônico ou outra obra narrativa. É uma prática muito usada para manter o interesse do público na obra, para normalmente surpreendê-los com uma revelação surpresa.

Hoje, listamos para você 10 obras cinematográficas recentes que vão mexer com sua cabeça.

Confira – e tenha cuidado ao assistir:

 

Saltburn – Prime Video

O filme mais recente dessa lista é polêmico e pode ter deixado famílias inteiras traumatizadas na última ceia de Natal, em 2023. Dirigido por Emerald Fennell, o longa traz dois grandes protagonistas que interpretam seu papel com maestria: Barry Keoghan como Oliver Quick, e Jacob Eroldi como Felix Cotton. Além da fotografia impecável, o roteiro desenha perfeitamente uma trama dos anos 2000, no Reino Unido, onde o jovem pobre e universitário Oliver Quick se vê obcecado por Felix Cotton. Mas, calma, esse não é um romance adolescente. Essa é uma crítica poética e perturbadora, que ocupou as redes sociais por semanas a fio graças ao seu final super inesperado.

 

O Segredo de Marrowbone – Prime Video

Um filme estrelado por Anya Taylor-Joy e Mia Goth merecia maior reconhecimento da crítica, ainda mais por trabalhar uma história tão dolorosa de forma surpreendente. No longa, vemos quatro irmãos tentando sobreviver à morte da mãe. Apesar da dor da perda, paranoias e depressão que a segue, eles trabalham juntos para se manterem na fazenda Marrowbone que esconde tantos segredos obscuros e perigosos.

 

Colheita Sombria – Prime Video

Com inspirações na clássica série de filmes “Colheita Maldita” de 1984, o longa de fantasia e terror da Prime Video trabalha um plot twist revoltante sobre os segredos de uma pacata cidadezinha do interior. No pequeno município rural, um ritual mortal acontece todos os anos quando o pesadelo em forma de espantalho, Jack Dentes de Serra, se ergue do milharal e desafia jovens locais a uma luta sangrenta por dinheiro, um carro de luxo e, principalmente, a sobrevivência.

 

Morte Morte Morte – HBO Max e Prime Video

O que poderia dar errado em uma festinha organizada por um bando de jovens mimados, no meio do nada, né? Um grupo de jovens ricos de 20 e poucos anos se reúne durante uma tempestade para passar o final de semana em uma mansão afastada da cidade. A história começa quando Sophie decide fazer a turma se entrosar por meio de um jogo de Detetive, onde as luzes se apagam enquanto o assassino da rodada persegue suas vítimas, que podem ser “mortas” através de um toque. Sempre que alguém é morto no jogo, as luzes se acendem e os sobreviventes precisam descobrir quem foi o assassino. Mas a direção do jogo muda completamente quando um dos jovens aparece morto de verdade assim que as luzes se acendem. Ao longo do filme, sentimos a tensão dos personagens, mas, no final, quando tudo se esclarece, nos deparamos com um plot twist cômico e um tanto quanto crítico.

 

Não Se Preocupe, Querida – HBO Max e Prime Video

Alice, uma jovem dona de casa, bonita e amada por seu marido perfeito, vive em uma comunidade experimental, em um casamento ideal, um verdadeiro modelo para a sociedade. Mas toda essa perfeição faz com que a jovem comece a suspeitar. Ainda mais sobre o Projeto Vitória, parte da empresa de seu marido, que parece esconder segredos perturbadores. Apesar de não receber grandes aclamações da mídia, a obra, responsável por apresentar o cantor Harry Styles às telonas, trabalha críticas sociais atuais e importantes.

 

Boa Noite, Mamãe – Prime Video

A nova era do cinema parece viver de remakes e, um dos melhores, com certeza, é Boa Noite, Mamãe, um longa de suspense trágico e, conforme pontuado pela mídia, covarde. Com direção de Matt Sobel, a obra é uma adaptação bem trabalhada do filme austríaco de mesmo nome, lançado em 2014 e aclamado no circuito europeu. Mas, diferente da versão original, a trama estrelada por Naomi Watts (King Kong) cria um suspense capaz de fritar seus neurônios. Dois irmãos gêmeos, Elias e Lucas, retornam para a casa de sua mãe (Naomi Watts) após passar um tempo com o pai (Peter Hermann). No entanto, ao chegar em casa, as crianças encontram uma mãe diferente, e assustadora, uma característica que se fortalece ainda mais com as faixas pós-cirúrgicas que cobrem seu rosto. O desfecho da história afeta não apenas as crianças, como os telespectadores.

 

Fuja – Netflix

Você com certeza já conhece a trágica história de Gypsy Rose Blanchard, uma garota atordoada por sua mãe psicótica. O thriller “Fuja”, estrelado por Sarah Pulson, faz referência à história de Gypsy. No longa, vemos a protagonista Paulson após ao dar a luz à sua filha, quando ela descobre que algo está errado. No futuro, anos depois, descobrimos que a filha dela se tornou cadeirante. A explicação para o caso é chocante e revoltante.

 

Hellraiser: Renascido do Inferno – Paramount+, Telecine e Prime Video

Onde a ganância leva as pessoas? Qual seu preço? Nessa nova versão de Hellraiser, vemos um milionário que deseja ainda mais luxo e poder. Para isso, ele usa a caixa dourada dos lamentos para sacrificar outras pessoas em busca de realizar seus desejos. Porém, tudo tem seu preço.

 

Parasita – HBO Max, Telecine e Prime Video

Vencedor do Oscar e aclamado pela mídia, Parasita (2019) mostra uma família em situação de completo desespero, desempregada e vivendo em um porão sujo e apertado. Tão logo, o filho da família começa a dar aulas particulares de inglês a uma garota de família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe, filho e filha bolam um plano para se infiltrar também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custarão caro a todos.

 

A Avó – Prime Video 

Gore e ousado, esse filme vai te deixar em completo estado de choque. Se você não tem estômago forte, sugiro que não assista. Susana (Almudena Amor) é uma modelo que deixa sua carreira em Paris e volta para casa, em Madrid, após descobrir que sua avó Pilar (Vera Valdez), que a criou depois que seus pais morreram, acaba de sofrer um AVC. Ao retornar a sua cidade natal, Susana tenta encontrar uma cuidadora para Pilar, mas passar apenas alguns dias com sua avó se transforma em um pesadelo inesperado, quando Pilar começa a agir de forma estranha e acontecimentos assustadores se apresentam.

 

Estrela de “The Mentalist” surpreende em nova série da Netflix, assumindo papel radicalmente distinto do seu habitual

O renomado ator Simon Baker, conhecido por seu papel como o charmoso detetive Patrick Jane em “The Mentalist”, surpreende o público com sua transformação irreconhecível na nova série da Netflix “Garoto Devora Universo”. Abandonando o estereótipo de galã que o consagrou, Baker mergulha de cabeça em um papel totalmente distinto, interpretando um pai atormentado pelo alcoolismo e pela amargura.

Antes de se tornar um ícone do cinema mundial como Patrick Jane, Baker já havia pavimentado seu caminho em produções como “Heartbreak High” e “The Guardian”. No entanto, foi como o astuto e carismático consultor independente em “The Mentalist” que ele conquistou os corações dos telespectadores ao redor do mundo. Durante sete temporadas, ele personificou o brilhante investigador que, inspirado por seu próprio trauma pessoal, auxiliava a polícia a desvendar os mais complexos mistérios.

Após o término de “The Mentalist” em 2015, Baker deu uma pausa significativa em sua presença nas telas, fazendo apenas uma aparição episódica na série da AppleTV+, “Roar”. No entanto, agora ele retorna às raízes, estrelando na nova série da Netflix “Garoto Devora Universo”, como Robert, um homem devastado pelo alcoolismo e pelas vicissitudes da vida. Saiba mais a respeito deste assunto lendo este artigo até o final.

A Surpreendente Metamorfose de Galã The Mentalist em Robert

Em contraste com a imagem polida e elegante de Patrick Jane, Robert é um retrato de desolação e desespero. A barba por fazer, a postura abatida e o olhar marcado pela amargura transformam completamente a persona de Simon Baker. É um testemunho de sua versatilidade e comprometimento com a arte, abandonando a segurança do reconhecimento público para abraçar um papel desafiador e visceralmente humano.

Uma Narrativa Intensa e Profunda

Na nova série da Netflix, a trama de “Garoto Devora Universo”, Robert enfrenta uma relação distante com seus filhos, Eli e Gus, após a separação de sua esposa, Frankie. No entanto, sua vida sofre uma reviravolta dramática quando Frankie é presa após seu namorado traficante ser sequestrado, deixando Robert responsável pela guarda dos filhos. É nesse contexto de caos e responsabilidade inesperada que a jornada de redenção de Robert se desenrola.

O Desafio de Ser Pai e Redescobrir a Vida

A nova série da Netflix mergulha fundo na jornada de Robert em busca de redenção e reconciliação. Confrontado com os demônios do passado e os desafios do presente, ele luta para se reconectar com seus filhos e encontrar um propósito renovado na vida. É uma exploração sincera e comovente das lutas humanas, temperada com momentos de esperança e redenção.

Uma Série Cativante e Relevante

“Garoto Devora Universo” já está disponível na Netflix, oferecendo aos espectadores uma experiência envolvente em sete episódios emocionantes. Com performances poderosas e uma narrativa cativante, a nova série da Netflix promete prender a atenção do público do início ao fim, enquanto Simon Baker brilha em seu novo e desafiador papel, afastando-se da imagem de galã para abraçar a complexidade e a profundidade de um personagem à beira do abismo.

Com sua marcante transformação e sua entrega apaixonada ao papel de Robert, Simon Baker demonstra mais uma vez por que é um dos atores mais talentosos e versáteis de sua geração. “Garoto Devora Universo” não é apenas a nova série da Netflix, mas uma jornada emocionante e relevante, que toca os corações e as mentes do público, deixando uma marca indelével que perdurará muito além dos créditos finais.

Você precisa assistir esse curta de 18 minutos da Netflix que foi indicado ao Oscar

A Netflix tem no catálogo “E Depois?” (The After), um curta-metragem de aproximadamente 18 minutos que conquistou sua indicação ao Oscar. E nós achamos que você precisa assistir essa produção!

A trama, envolta em uma narrativa delicada, lança a provocativa pergunta: O que você faria se sua vida perfeita fosse abruptamente interrompida por uma tragédia inimaginável, como a perda de sua filha em um crime brutal?

 

Uma Abordagem Sensível – Curta ‘E Depois?’ da Netflix

Você precisa assistir esse curta de 18 minutos da Netflix que foi indicado ao Oscar

Foto: divulgação/Netflix

“E Depois?” não é apenas mais uma história de luto. Sob a direção de Misan Harriman, o filme mergulha nas complexidades do protagonista, Dayo, interpretado de maneira excepcional por David Oyelowo.

Após a devastação do trauma, testemunhamos sua jornada de transformação, passando de um executivo de sucesso a um motorista de aplicativo, buscando reconstruir uma vida despedaçada.

 

Impacto Visual e Sonoro – Curta ‘E Depois?’ da Netflix

Duas cenas destacam-se pela intensidade: a tragédia inicial e o choro angustiante do protagonista, intensificados pela trilha sonora envolvente “Let It All Go”, composta por Birdy and Rhodes.

Em apenas 18 minutos, Harriman consegue criar uma experiência catártica, desafiando a indiferença do espectador.

 

Além da Dor: Uma Lição de Empatia no curta ‘E Depois?’ da Netflix

Você precisa assistir esse curta de 18 minutos da Netflix que foi indicado ao Oscar

Foto: divulgação/Netflix

“E Depois?” transcende a dor individual, transformando-se em um ensaio sobre empatia e o desconhecimento das jornadas alheias.

O filme, além de revelar a resiliência do protagonista, é uma lição sobre o amor ao próximo, sua história e legado. Uma experiência breve, mas profunda, que merece ser apreciada.

 

Onde Assistir “E Depois?”

O curta-metragem “E Depois” está disponível no catálogo da Netflix desde sua estreia, em 25 de outubro de 2023.

 

Assista ao trailer do curta ‘E Depois?’ da Netflix

 

Sinopse

Dayo (David Oyelowo) trabalha como motorista pelas ruas do Reino Unido, mas, internamente, enfrenta uma difícil jornada de luto após perder um membro da família para um crime violento.

Durante seus trajetos, ele conhece uma passageira que o obriga a encarar sua jornada de dor e enfrentar o passado.

 

Elenco e Ficha Técnica

  • Elenco Principal:
    • David Oyelowo
    • Jessica Plummer
    • Amelie Dokubo

 

  • Ficha Técnica:
    • Título Original: The After
    • Direção: Misan Harriman
    • Roteiro: Misan Harriman, John Julius Schwabach
    • Gênero: Drama
    • País: Reino Unido
    • Ano: 2023
    • Duração: 18 minutos
    • Classificação: 16 anos

 

Leia Também

Divisa de Goiás e Tocantins guarda uma prainha pouco conhecida que parece um oásis no Cerrado

Você precisa conhecer essa praia paradisíaca que fica bem pertinho de Goiás

Menor rio da América Latina fica pertinho de Goiás e impressiona com águas azuis cristalinas

Goiás recebe 1ª unidade da gigante chinesa Weichai na América Latina

 

Esteja preparado para uma experiência cinematográfica que transcende as barreiras do tempo, deixando marcas profundas e reflexões duradouras.

“E Depois?” é mais do que um simples curta-metragem; é um convite à empatia e à compreensão das complexidades da jornada humana.

 

O que é Netflix?

Se você ainda não sabe, mas está a fim de aprender, a Netflix é uma plataforma de streaming de vídeo americana, conhecida no Brasil e no mundo por disponibilizar milhares de filmes, séries e documentários para seus assinantes.

A empresa americana conta com mais de 2.926 filmes e 950 títulos de séries. Tudo isso disponível apenas no Brasil.

A plataforma também conta com mais de 100 milhões de assinantes em todo mundo. É muita gente, não é mesmo?!?

Em seu catálogo, estão disponíveis inúmeros títulos de filmes e séries de todos os gêneros, disponíveis de maneira online e em diversas plataformas, como na smart TV e aplicativos para smartphones e tablets.

 

Mais sobre Netflix

A Netflix foi fundada por Reed Hastings e Marc Randolph, em 1997. O projeto inicial da empresa tem origem na ideia de alugar DVDs, pelo correio. Sendo assim, um ano depois, foi lançado o site da companhia, para cumprir esse objetivo. Em 1999 estreou um tipo de serviço de assinatura e, com isso, os DVDs poderiam ser alugados sem um limite mensal ou multa por atraso.

Atualmente, a Netflix oferece o streaming de vídeo — o que permite o acesso instantâneo a filmes, séries, documentários, shows e animações presentes no catálogo. O serviço está disponível em 190 países e em mais de 30 idiomas. Com isso, a somatória de assinantes pelo mundo é de cerca de 200 milhões, segundo a plataforma.

O modelo atual de negócio teve início em 2007. De acordo com a empresa, a missão da Netflix é permitir que o acesso a filmes e outros conteúdos seja simples. Sendo assim, basta fazer o cadastro no site e escolher um dos planos disponíveis, com pagamentos mensais, para ter acesso ilimitado aos títulos.

A Netflix chegou ao Brasil em 2011, mesmo ano em que surgiram os primeiros controles remotos com um botão direto para o serviço, ao acessá-lo pela TV. Além de assistir aos conteúdos em Smart TVs, também é possível vê-los por meio dos aplicativos para consoles e dispositivos móveis, com os sistemas operacionais iOS e Android.

Desde 2013, além da transmissão de filmes e séries de terceiros, a Netflix oferece produções originais, como House of Cards, Orange is the New Black, Stranger Things, Narcos e 13 Reasons Why. O primeiro filme original da marca, Beasts of No Nation, foi lançado em 2015.

Ao longo do tempo, a companhia também investiu em ferramentas para melhorar a experiência do usuário. Em 2016, o recurso de download foi adicionado e permitiu o acesso offline.

No ano seguinte, foi incluída a opção de pular a abertura dos títulos. Em 2018, o bloqueio por meio de um código PIN foi oferecido como um dos recursos de controle dos pais. Já em 2020, foi lançado o TOP 10, uma lista que exibe os conteúdos mais assistidos.

De forma contínua, a empresa faz melhorias no app, a fim de se destacar como a melhor plataforma de streaming.

 

Como funciona a Netflix?

Se você tem dúvidas sobre o que são os serviços streaming, explicaremos tudo certinho agora.

Antigamente quando queríamos assistir um filme na TV ou no computador precisávamos comprar um DVD ou baixar um arquivo pela internet.

Com a tecnologia de streaming isso deixou de ser necessário.

Não é mais preciso ter o arquivo salvo no computador ou no DVD, pois ele será enviado pela internet em tempo real para seu dispositivo.

Assim como os outros dados enviados pela Internet, os dados de áudio e vídeo são divididos em pacotes de dados. Cada pacote contém uma pequena parte do arquivo.

Se a sua conexão de internet for boa, as informações chegarão na sua TV, celular, tablet ou computador em um fluxo contínuo.

Quando você faz streaming de um filme pelo Netflix, você não está baixando o arquivo inteiro, está baixando peça por peça em tempo real e por isso a necessidade de ter um bom plano de internet em casa.

Se você tiver uma conexão de internet excepcionalmente rápida, o download do arquivo poderá ser concluído antes de você terminar de assistir o vídeo.

Dito isto, é importante lembrar que o serviço de streaming não armazena permanente o arquivo no seu dispositivo, apenas pedaços de arquivo durante a transmissão.

 

Planos disponíveis

Agora que você já sabe o que é Netflix e como ele funciona, vamos explicar sobre o que você precisa fazer para contratar a Netflix.

Você pode fazer a assinatura da Netflix em diferentes formatos, pois eles se dividem entre os pacotes básico, padrão e premium.

Veja quais as diferenças entre cada um:

Pacote Básico

Se você está interessado em conhecer e se familiarizar com a Netflix, esse é o pacote ideal. Isso porque ele tem um preço acessível em relação a quantidade de produtos que oferece.

Sendo assim, por um valor mensal de R$ 21,90 você tem acesso a toda a programação da Netflix, em qualidade padrão de definição, disponível em apenas uma tela.

Ou seja, você pode assistir sua programação em apenas um dispositivo por vez.

Netflix Pacote Padrão

O pacote padrão é ideal para família que compartilha a conta da Netflix, isso porque com o pacote padrão é possível abrir até duas telas ao mesmo tempo. E o melhor: em qualidade HD.

Dessa forma, cada tela pode ser aberta em diferentes dispositivos pois elas são independentes. Portanto, a criança pode estar assistindo a seu filme infantil enquanto outro membro da família assiste a alguma série.

O pacote padrão custa R$ 32,90 por mês.

 

Netflix Pacote Premium

Já o pacote premium garante as mesmas coisas que o pacote padrão, com o diferencial de disponibilizar quatro telas simultâneas em alta definição.

O preço mensal é de R$ 45,90.

 

Como assistir Netflix grátis?

Se você está interessado em conhecer o produto de pertinho, tem um jeito de assistir Netflix grátis.

Você pode experimentar o período de degustação da plataforma sem pagar nada. Funciona assim:

Você contrata um plano da Netflix e ganhar 30 dias de degustação. Se não gostar do produto, basta você pedir o cancelamento antes desses 30 dias e nada será cobrado de você.

Mas atenção, se você não fizer o cancelamento após esse período de degustação, você começará a pagar a mensalidade na sua fatura do cartão de crédito. Veja no final do post como cancelar a assinatura.

 

Como assinar Netflix

A assinatura de planos Netflix só podem ser feitas através de cartão. A empresa não aceita pagamento por boleto, nem que eles estejam em débito automático.

Novo dorama da Netflix tem uma explosão de paixões e intrigas e conquista corações e mentes dos brasileiros

“Reino da Conquista”, o mais recente dorama sul-coreano a estrear na Netflix, imergiu o público em uma trama rica em história e política ambientada na era Joseon, capturando a atenção com uma narrativa que entrelaça romance e intriga desde os primeiros episódios. A série segue a trajetória de Lee In (interpretado por Cho Jung-Seok), um rei enredado em lutas internas pelo poder, cuja vida se transforma ao se envolver com Kang Hee-Soo (Shin Se-Kyung), uma enigmática espiã em busca de vingança. O que começa como uma aliança estratégica, rapidamente se desdobra em uma paixão profunda, introduzindo um elemento de amor inesperado à complexa teia de conflitos políticos e sociais da série​​.

Os primeiros episódios de “Reino da Conquista” estabelecem uma premissa aparentemente simples, que se aprofunda em uma complexa narrativa de oposição política, traição e uma crise de sucessão. Com visuais deslumbrantes e uma trilha sonora envolvente, a série desenvolve seus personagens principais de maneira eficaz, transformando-os de figuras íntegras a indivíduos marcados pelas circunstâncias adversas. A série é dirigida por Jo Nam Gook, conhecido por “The Good Detective” e “Untouchable”, com roteiro de Kim Sung-Deok, prometendo uma mistura fascinante de romance histórico, intriga política e atuações impressionantes​​.

“Reino da Conquista” é programada para ter um total de 16 episódios, com lançamentos semanais que alinham a disponibilidade na Netflix com a exibição na Coreia do Sul. Até o momento, a Netflix confirmou as datas de lançamento para os episódios até o número 10, com a expectativa de que os episódios finais sigam o mesmo padrão de lançamento semanal. Cada episódio tem cerca de 60 minutos de duração, permitindo um desenvolvimento detalhado tanto da trama quanto dos personagens​​.

Esta série promete ser uma adição valiosa para os fãs de doramas e para aqueles fascinados por dramas históricos e intrigas políticas, proporcionando uma experiência imersiva na cultura e história coreanas através de uma narrativa emocionante e personagens memoráveis.

Série de 9 temporadas quebra recorde de ‘The Office’ como a mais assistida dos streamings; saiba qual

A série de drama jurídico “Suits”, disponível no catálogo da Netflix, conquistou o título de mais assistida em streaming nos Estados Unidos em 2023, de acordo com dados da Nielsen, renomada empresa global de análise de dados e audiência.

Este feito marcou a ascensão de “Suits”, desbancando o antigo líder, o seriado de comédia “The Office”.

No decorrer do ano passado, “Suits” acumulou impressionantes 57,7 bilhões de minutos de visualização, estabelecendo um novo recorde e superando os 57,1 bilhões de minutos vistos de “The Office” em 2020.

Essa conquista pode ser atribuída à presença da série nos catálogos tanto da Netflix quanto do Peacock, ampliando sua acessibilidade e alcance.

É válido ressaltar que a análise da Nielsen se concentra exclusivamente nos televisores dos EUA, excluindo dados provenientes de dispositivos móveis e de outros países.

Além disso, a duração dos episódios desempenhou um papel significativo nessa classificação, visto que cada episódio de “Suits” tem aproximadamente uma hora de duração, enquanto “The Office” apresenta episódios com cerca de 30 minutos.

No panorama geral, o domínio das séries da Netflix foi evidente nos rankings de audiência, consolidando ainda mais a posição da plataforma como líder no mercado de streaming. Além de “Suits” e “The Office”, outras séries populares, como “Bluey”, “NCIS”, “Grey’s Anatomy” e “The Big Bang Theory”, também se destacaram como altamente assistidas ao longo de 2023.

Sobre Suits

A série conta a história de Mike Ross (Patrick J. Adams) é um garoto que abandonou a faculdade de direito mas, brilhante como é, consegue uma entrevista com o respeitado Harvey Specter (Gabriel Macht), um dos melhores advogados de Manhattan. Quando percebe o talento nato e a memória fotográfica do garoto, Harvey o contrata e, juntos, eles formam uma dupla imbatível. Mesmo sendo um gênio, Mike ainda tem muito a aprender sobre o Direito. E mesmo sendo um advogado tão competente, Harvey irá aprender com sua nova dupla a ver seus clientes de outra maneira.

A princípio, ambos mentem para que Mike possa trabalhar na firma Pearson Hardman, um escritório de advocacia com uma política de aceitar apenas ex-alunos da Escola de Direito de Harvard.

Além da parceria no âmbito profissional, Harvey e Mike criam um forte laço de amizade um com o outro à medida em que resolvem novos casos todos os dias. Rachel Zane (Meghan Markle) é filha de um dos advogados mais influentes da cidade e, apesar de ter uma vaga garantida na empresa do pai, resolve trabalhar na Pearson Hardman, onde se aproxima de Mike e Harvey.

 

Veja também:

 

“A Grande Ilusão”, série da Netflix, bate recordes de audiência global

A corrida pela atenção do público nas plataformas de streaming está mais intensa do que nunca, e o mais recente fenômeno a conquistar o coração dos espectadores é a intrigante série “A Grande Ilusão” (Fool Me Once) da Netflix. Em uma reviravolta surpreendente, ela não apenas alcançou o primeiro lugar no ranking de séries mais vistas, mas também desbancou a até então imbatível “Reacher” do Prime Video. Continue a leitura até o final e saiba mais a respeito.

O Desbancamento de “Reacher” e a Ascensão de “A Grande Ilusão”

Após quatro semanas consecutivas no topo da audiência, a série “Reacher” sofreu uma reviravolta inesperada, cedendo espaço para a ascendente “A Grande Ilusão”. Os números não mentem, e na semana de 1º de janeiro, a série da Netflix acumulou uma impressionante marca de mais de 3 bilhões de minutos assistidos. Essa conquista notável a tornou o primeiro título original a ultrapassar essa barreira desde o sucesso de “O Agente Noturno” em março do ano passado, durante seus oito envolventes episódios.

Mais do que Números, Uma Experiência Única

O fenômeno “A Grande Ilusão” não é apenas um sucesso estatístico; é uma experiência que transcende os números. A trama envolvente, os personagens cativantes e a narrativa inteligente conquistaram não apenas a atenção, mas também o tempo dos espectadores. A série não apenas desbancou a concorrência, mas estabeleceu um novo padrão de excelência no universo do streaming. Confira o trailer.

O Declínio de Reacher e a Ascensão de “A Grande Ilusão”

“Reacher”, que reinava soberana no topo do ranking, agora se encontra na distante segunda posição, acumulando 1,4 bilhão de minutos assistidos em seus 14 episódios. Enquanto isso, “A Grande Ilusão” não só alcançou, mas ultrapassou a marca dos 3 bilhões de minutos assistidos, consolidando-se como a favorita do público. Essa mudança dramática reflete não apenas a qualidade da produção, mas também a preferência do público por narrativas envolventes e surpreendentes.

Com três títulos adicionais da Netflix no Top 10, incluindo “The Crown”, “Irmãos Sun” e “Você é o que Você Come”, a plataforma de streaming reforça sua posição como líder incontestável no mercado. “A Grande Ilusão”, no entanto, se destaca como o carro-chefe, mostrando que é mais do que uma série; é um fenômeno cultural que transcende as barreiras do entretenimento convencional.

O Universo de A Grande Ilusão: Uma Maratona Emocionante Aguarda os Espectadores

Se você ainda não se entregou ao fascínio de “A Grande Ilusão”, prepare-se para uma maratona emocionante. A série não apenas conquistou o título de mais assistida, mas também se tornou a queridinha dos espectadores, superando até mesmo os renomados títulos do Prime Video. A Grande Ilusão está, sem dúvida, ditando as regras da cena do streaming e redefinindo o que significa cativar a audiência.

Enquanto outras séries famosas lutam por uma posição de destaque, “A Grande Ilusão” continua a resistir ao teste do tempo, mantendo-se como o centro das atenções. Com sua trama envolvente e reviravoltas emocionantes, a série não apenas conquistou os números, mas também os corações dos espectadores. Em um universo saturado de opções, “A Grande Ilusão” se destaca como uma experiência única e imperdível para os amantes do entretenimento de qualidade. Portanto, mergulhe nessa ilusão cativante e descubra por que ela se tornou a mais recente sensação da cultura pop.

 

Confira também:

Oscar 2024: confira a lista completa dos indicados para a mais importante premiação do cinema mundial

Filme da Netflix com Bradley Cooper e Spielberg Brilha no Oscar 2024 com 7 Indicações

Jodie Foster Desvenda Mistério Macabro em Retorno Triunfante de True Detective