Intensa massa de ar polar chega a Goiás na próxima semana

Na próxima semana, uma intensa massa de ar polar deve atingir o Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, incluindo Goiás. Esta onda de frio, que avança pelo país, fará com que as temperaturas caiam significativamente em diversas regiões, com possibilidade de chegar até o Norte. As informações são do portal Meteored (tempo.com).

A previsão é de que a primeira quinzena de julho registre temperaturas extremamente baixas, ainda não observadas neste inverno. A chegada tardia do frio agora se manifesta com sucessivas e intensas ondas de frio.

Segundo especialistas, a neutralidade no Oceano Pacífico Equatorial, influenciada pela demora do El Niño e o enfraquecimento do La Niña, contribui para essa variabilidade climática. Atualizações da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (em inglês: National Oceanic and Atmospheric Administration – NOAA) indicam uma chance de 65% para a instalação do La Niña entre julho e setembro, o que poderia intensificar ainda mais o frio.

De acordo com as simulações mais recentes do Centro Europeu de Previsões Meteorológicas em Médio Prazo (ECMWF), a onda de frio se destacará na primeira quinzena de julho em boa parte do Brasil. As projeções mostram anomalias negativas de temperatura, com áreas em azul no mapa, desde o Rio Grande do Sul até Rondônia.

O frio se espalhará e se intensificará ao longo da semana, principalmente a partir de meados da semana, com a onda de frio avançando de forma continental.

Especificamente em Goiás, a previsão é de que o frio se intensifique ao longo da próxima semana, com um risco elevado de geadas que podem causar danos a culturas agrícolas como café, milho e hortaliças. Entre quarta-feira (10) e sexta-feira (12), espera-se que as temperaturas caiam abaixo de 4°C em diversas localidades do estado.

Na madrugada de quarta-feira (10), há possibilidade de temperaturas negativas no sul do Rio Grande do Sul, com os termômetros marcando até -3°C, e temperaturas abaixo de 4°C em diversas localidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. As condições climáticas adversas continuarão na quinta (11) e sexta (12), com possibilidade de baixas temperaturas persistentes.

Para o sábado (13), são esperadas temperaturas negativas em uma área abrangente no Sul do Brasil, incluindo a campanha gaúcha e o planalto paranaense. Além disso, áreas ao sul de Mato Grosso do Sul e São Paulo também serão afetadas pela onda de frio, resultando em um fim de semana gelado.

Em Goiás, as temperaturas podem chegar a 6°C em algumas regiões.

 

Temperatura volta a cair em Goiás e pode chegar a 10º

Nesta sexta-feira (28), a temperatura mínima em Goiás voltou a cair para 10°C, oferecendo uma trégua ao tempo quente e seco que tem predominado. De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), a capital Goiânia não será significativamente afetada por essa mudança.

A região Leste do estado deve experimentar as temperaturas mais baixas, com mínimas previstas em torno de 10°C. O Sul e Sudoeste seguirão com 13°C, enquanto a região Central terá 14°C. As regiões Oeste e Norte devem registrar 17°C e 18°C, respectivamente.

As quedas de temperatura mais acentuadas devem ocorrer em áreas elevadas ou próximas a corpos d’água. Formosa e Cristalina, no Leste, podem chegar a 13°C, enquanto Luziânia deve registrar 15°C e Cocalzinho, 16°C.

Pirenópolis, situada no centro do estado, deve alcançar mínimas de 12°C. Já em Caldas Novas, as mínimas serão de 13°C, oferecendo um contraste interessante para suas águas termais.

Anápolis e Goiânia devem registrar mínimas de 14°C, com máximas previstas de 28°C e 31°C, respectivamente. A região Oeste de Goiás será a mais quente, com mínimas de 18°C e máximas que podem chegar a 36°C.

Foi emitido um alerta sobre a baixa umidade do ar, que variará entre 22% e 80%, com um declínio significativo durante a tarde. Recomenda-se aumentar a ingestão de água e evitar exposição ao sol nos horários de pico.

 

Frio deve continuar até o fim de semana em Goiás

Nesta terça-feira (18), algumas cidades de Goiás registraram temperaturas inferiores a 12ºC durante a madrugada. Jataí, situada no sudoeste do estado, marcou a menor temperatura, atingindo 10,5ºC.

Segundo o Centro de Informações Meteorológicas de Goiás (Cimehgo), diversas localidades foram impactadas pela onda de frio, incluindo Morrinhos com 11,1ºC, Itapaci com 11,3ºC, Pires do Rio com 11,4ºC e Alto Paraíso de Goiás com 12ºC.

André Amorim, gerente do Cimehgo, atribuiu esse fenômeno a uma massa de ar polar e que as temperaturas frias pela manhã devem diminuir a intensidade ao longo da semana.

“Friozinho pela manhã e esquenta de tarde, isso é bem clássico do nosso período de estiagem. Por enquanto, nessa semana, esse ar frio de origem polar fica sondando a região do Brasil Central e deve perder a intensidade até domingo. Além disso, estamos com a velocidade do vento um pouco maior e isso acaba intensificando a sensação térmica’’, explicou em entrevista para o jornal O Popular.

De acordo com o Instituto Nacional de Metereologia (Inmet), o inverno começará oficialmente às 17h51 desta quinta-feira, 20 de junho, e se estenderá até 22 de setembro, quando a primavera terá início.

A estação em Goiás é uma ‘’definição astronômica’’ já que é baseada na definição astronômica, baseada na posição da Terra em relação ao Sol, e não implica grandes mudanças de temperatura. “Teremos temperaturas mais baixas pela manhã e mais altas à tarde, especialmente em agosto e setembro”, afirmou Amorim.

Que gelo! Goiás registra temperatura mínima de 10°C; confira a previsão para esta semana

Goiás se prepara para receber uma frente fria a partir de amanhã, terça-feira (18). O estado terá predomínio de sol, com temperaturas mais baixas pela manhã e elevação ao longo do dia. A umidade relativa do ar deve cair, principalmente à tarde. A previsão é do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo).

As regiões mais afetadas pelo frio serão Leste e Sul, com mínimas de até 10°C. No Norte, a temperatura mínima prevista é de 17°C, enquanto no Oeste os termômetros podem marcar 16°C. Nas regiões Sudoeste e Central, as mínimas ficam em torno de 12°C e 14°C, respectivamente.

Confira abaixo os municípios com menor temperatura:

Cristalina (Oeste): 10°C

Ipameri: 11°C

Formosa, Iporá e Chapadão do Céu: 12°C

Jataí e Davinópolis: 13°C

Anápolis, Goiânia, Ouvidor, Goiandira, Três Ranchos, Nova Aurora, Santa Helena, Palmeiras de Goiás, Caiapônia, Doverlândia, São João da Paraúna, Firminópolis, Palminópolis e Cocalzinho: 14°C

Catalão, Rio Verde e Itumbiara: 15°C

Por outro lado, Porangatu, no Norte do estado, pode registrar a maior temperatura do dia, com 34°C. Cavalcante, Aruanã e Araguapaz também devem ter temperaturas elevadas, chegando a 33°C.

 

 

Veja também:

Frio de origem polar causa queda nas temperaturas em Goiás

Nesta sexta-feira (31), os moradores de Goiás experimentarão uma queda nas temperaturas mínimas devido à chegada de uma massa de ar frio de origem polar. As temperaturas devem variar entre 10 °C e 20 °C em diversas localidades.

De acordo com o boletim divulgado nesta quinta-feira (30), pelo Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), a cidade de Jataí e Lagoa Santa devem registrar as temperaturas mais baixas, com mínimas de 10 °C e máximas de 27 °C. Em Rio Verde, as temperaturas oscilarão entre 11 °C e 27 °C.

Em Goiânia, capital do estado, os termômetros indicarão entre 14 °C e 29 °C. Anápolis apresentará um cenário semelhante, com temperaturas variando entre 14 °C e 27 °C.

Nas cidades de Pirenópolis, Caiapônia e Itumbiara, as mínimas previstas são de 14 °C, com máximas atingindo até 29 °C.

Por outro lado, Araguapaz e Porangatu deverão registrar as temperaturas mais altas do dia, variando entre 20 °C e 33 °C, e 19 °C e 34 °C, respectivamente.

Além das baixas temperaturas, os goianos também devem se preparar para a baixa umidade relativa do ar, que deve ficar entre 21% e 30% na maior parte do estado, especialmente no final da tarde.

 

Veja também:

Onda de calor: Centro-Oeste terá temperatura “muito fora do normal” nos próximos dias

A sensação de que este é um outono com ares de verão deve permanecer nos próximos dias. O MetSul aponta que a quarta onda de calor no Brasil em 2024 terá impacto neste fim de semana. As altas temperaturas devem atingir, em particular, as regiões Centro-Oeste e Sudeste, com médias “muito fora do normal” para esta época do ano.

Nos próximos dias, a máxima em algumas cidades do país deve alcançar números “nunca registrados no fim de abril e em maio”. Resultado que poderá ser percebido também em Goiás.

O instituto indica que as altas temperaturas nas regiões são projetadas para os últimos dias deste mês e para a primeira semana completa de maio, ou seja, um período de, no mínimo, dez dias.

Brasil

O calor será especialmente intenso no interior do estado de São Paulo, onde máximas acima de 35ºC serão frequentes nos próximos dias. Na capital, os termômetros podem chegar a 31ºC a 33ºC em algumas tardes do fim de abril.

O estado do Rio de Janeiro também deve experimentar calor extremo. A temperatura na capital e na Baixada Fluminense deve variar entre 35ºC e 38ºC. Em alguns dias, especialmente na primeira semana de maio, as máximas podem ficar acima de 40ºC.

A previsão também é de muito calor em Minas Gerais e no Espírito Santo, ainda que as marcas não sejam “tão extremas” quanto em São Paulo e no Rio.

No interior de Minas, cidades mais a oeste e ao norte do estado devem experimentar as maiores máximas. Já Belo Horizonte pode ter temperaturas acima de 30ºC, quando a média máxima de maio é de 25,7ºC.

Previsão do tempo

Durante o fim de semana no Rio haverá redução de nebulosidade, com poucas nuvens no céu e sem previsão de chuva. De acordo com o Alerta Rio, a máxima no sábado pode chegar a 33°C e a mínima 16°C. Já no domingo, a máxima pode chegar a 35°C e a mínima 19°C. Em São Paulo, a máxima para o sábado é 32ºC e mínima de 19ºC. No domingo, os termômetros ficam entre 33ºC e 21ºC.

Já no Mato Grosso do Sul e em partes de Minas Gerais e São Paulo, as temperaturas seguem elevadas por conta da passagem do anticiclone. O anticiclone é uma área de alta pressão atmosférica com um centro de alta pressão e circulação de ar divergente. Ou seja, uma área onde o ar desce da atmosfera superior para a superfície, criando condições de tempo estável e seco. O fenômeno atinge, desde a segunda-feira, a região centro-sul do país, com temperaturas ficando de 3°C a 5°C acima da média na maioria desses estados.

Segundo o Climatempo, o fenômeno já pode ser caracterizado como uma onda de calor. Para o Instituto Nacional de Meteorologia, no entanto, apesar das temperaturas mais elevadas, ainda não é possível fazer essa afirmação. O órgão explica que, para receber essa denominação, a temperatura deve ficar 5ºC acima da média mensal pelo período de, no mínimo, dois a três dias consecutivos.

De acordo com o Inmet, nesse momento há uma amplitude térmica — diferença entre a temperatura mínima e a máxima — e um monitoramento sobre onda de calor.

 

*Fonte: Agência O Globo

Veja também:

Sol, chuva e calor: novembro começa com contrastes climáticos

O clima em Goiás está para peixe, se o peixe gostar de surpresas! De acordo com o mais recente boletim da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD), a quarta-feira promete ser um verdadeiro carrossel meteorológico.

Goiânia: O Termômetro Vai Ferver

Na capital, o céu não se decide: nebulosidade variável, raios de sol e ainda um toque de drama com possíveis pancadas de chuva. A temperatura? Prepare o ar-condicionado, pois pode chegar a 34°C. Quanto à umidade, ela vai do seco ao “pode lavar o carro” variando de 35% a 90%. Ah, e para os madrugadores e poetas, o sol nasce às 5:39 da manhã e se despede às 18:21.

Incêndio: Um Visitante Indesejado

Nem tudo são flores. O risco de incêndio oscila de moderado a alto em várias regiões do Estado. Um alerta para não transformarmos o paraíso natural de Goiás em palco de chamas.

Cenário de Filme de Ação: Tempestades

E como em todo bom filme, temos um plot twist. Em algumas áreas, o clima se junta para formar tempestades completas com rajadas de vento e raios. Portanto, melhor não arriscar aquela caminhada ao ar livre sem antes conferir a previsão.

Um Passeio Pelas Regiões de Goiás

  • Região Oeste: Espera-se 10 mm de chuva e termômetros variando entre 24o e 38o.
  • Região Sudoeste: Chuva um pouco mais generosa, com 15 mm, e temperaturas entre 21o e 34o.
  • Região Norte: Mesmos 10 mm de chuva do oeste, com a temperatura podendo chegar a um escaldante 38o.
  • E mais: Leste, Central e Sul também terão sua dose de chuva e calor, cada uma com suas peculiaridades.

E Nos Municípios?

De Porangatu a Catalão, passando por Jataí e Anápolis, a receita é similar: variação de nebulosidade e possibilidade de chuvas

Sol e chuva no mesmo dia? Goiás dança no ritmo do clima e meteorologia acende sinal de alerta

Ei, você aí! Já preparou o seu guarda-chuva e o óculos de sol? Em Goiás, o clima decidiu brincar de “esquenta e molha” nesta terça-feira, 16 de outubro. Enquanto o sol brilha alto e faz o termômetro subir, as nuvens ensaiam uma dancinha e prometem trazer algumas gotinhas para refrescar. Mas, atenção: os termômetros andam bem animadinhos e podem marcar até 35°C na capital!

Goiânia, Terra do Sol e da Chuvinha! Por aqui, o sol dá as caras cedinho, às 05:48hs, e só se despede às 18:17hs. Então, se você está na capital, não esqueça do protetor solar e talvez, só talvez, de um guarda-chuva para aquela chuvinha surpresa!

De Olho no Fogo! A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SEMAD acendeu o alerta vermelho! O clima seco e quente é como um convite para incêndios. Por isso, cuidado com as fogueiras e bitucas de cigarro, hein?

E por Falar em Temperatura…

  • Região Oeste: Entre um sorvete e outro, espere de 24°C a 39°C.
  • Região Sudoeste: Um clima de 22°C a 36°C, perfeito para um churrasquinho ao entardecer.
  • Goiânia: Entre uma paleta mexicana e um picolé, os termômetros variam de 22°C a 35°C.

Preservar é a Palavra de Ordem! No dia 17/10/2023, o alerta continua. Lembre-se: o fogo pode começar com uma pequena fagulha. Vamos juntos cuidar da nossa terra e evitar queimadas. A natureza agradece, e nós também!

Então, Goiás, preparados para mais um dia de aventuras climáticas? Mantenha-se seguro, hidratado e, claro, sempre estiloso sob o sol (ou a chuva)!

Onda de calor continua e os termômetros podem chegar a 39 °C em Goiânia

Nos últimos dias, o calor tem sido a marca registrada em Goiânia, a cidade está sentindo na pele os efeitos de uma onda de calor contínua que tem deixado os termômetros em alerta máximo. As previsões apontam para temperaturas impressionantes de até 39 °C, um cenário que não apenas dificulta as atividades ao ar livre quase, mas também representa um risco para a saúde, o que enfatiza a urgência de adotar medidas eficazes para lidar com as altas temperaturas. Vamos descobrir até quando o calor continuará sendo protagonista em Goiânia, e saber mais sobre a previsão do tempo para essa semana.

 

Recorde de Temperatura em Goiânia

Em 1961, um marco importante foi estabelecido em Goiás com o início das medições diárias de temperatura e umidade do ar. Desde então, a mais alta temperatura registrada em Goiânia foi no dia 07 de outubro de 2020, os termômetros registraram uma temperatura máxima surpreendente de 41,2 °C, marcando esse dia na memória da cidade. Para essa semana, após ser emitido um alerta vermelho para uma onda de calor extrema, tornou-se possível alcançar este recorde, com as previsões indicando uma máxima prevista de 39 °C. Esse fato nos mostra o desafio que a região, assim como todo o país, tem enfrentado em relação às altas temperaturas. 

 

Prognóstico Semanal e Alerta

Hoje em Goiânia, ainda teremos predomínio de sol, temperatura máxima podendo chegar aos 38 °C e umidade relativa do ar em declínio no período da tarde, variando entre 16% a 65%. 

 

Durante o restante da semana, ainda persiste o cenário de temperaturas elevadas “onda de calor” com umidade relativa do ar baixa no período da tarde, com índices podendo chegar a 14%. Existe um alto índice para risco de incêndio em várias regiões do Estado de Goiás. 

 

É importante lembrar que essa onda de calor extrema é passageira. De sexta-feira para sábado teremos a redução das temperaturas, desencadeada pelo avanço de uma frente fria pela região sudeste do Brasil, que vai propiciar pancadas de chuvas em nosso Estado, lembrando que estas chuvas podem ser localmente fortes, com rajadas de vento, raios e eventualmente granizo, por isso mantenha-se atento. 

 

Saúde e Segurança

Diante da onda de calor extrema esperada para a semana, é fundamental tomar precauções para enfrentar as altas temperaturas. Por isso, vista-se adequadamente se estiver trabalhando ou passando tempo ao ar livre, são recomendáveis roupas leves, respiráveis e que absorvam o suor. 

 

O índice UV de está muito alto, se possível use roupas com proteção UV, use filtro solar e tente evitar exposição direta ao sol entre 11h e 16h. Beba bastante líquidos para se manter hidratado e tenha atenção redobrada com crianças, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, pois são mais propensos a ter problemas com o excesso do calor. 

 

A persistente onda de calor que assola Goiânia, com a ameaça de os termômetros atingirem impressionantes 39 °C, destaca a importância da conscientização sobre as mudanças climáticas e a necessidade de medidas para reduzir seus impactos. Somente por meio de ações conscientes podemos enfrentar com sucesso os desafios que vem com aumento das temperaturas e garantir um futuro mais seguro e saudável para todos.

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

 

>Veja Também<

 

5 maneiras de economizar energia com o ar-condicionado ligado no calor de Goiânia

 

7 drinks gelados com deliciosas frutas típicas do cerrado pra se refrescar do calor

 

10 oásis refrescantes em na região metropolitana de Goiânia para fugir do calor com as crianças

Goiás terá semana com calor extremo de até 40º

A previsão meteorológica para Goiás indica um cenário de calor e umidade que pode propiciar pancadas de chuvas isoladas nesta segunda-feira, 18 de setembro. De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), essas chuvas eventuais podem vir acompanhadas de rajadas de vento, raios e, em algumas situações, até granizo.

Em relação à capital Goiânia, a previsão também aponta para o predomínio do calor, com a possibilidade de chuvas isoladas. As temperaturas máximas na cidade atingirão os 33ºC durante a tarde, enquanto a umidade relativa do ar variará entre 25% e 70%.

Entretanto, a partir da terça-feira, 19 de setembro, a previsão meteorológica aponta para um período de estabilidade no tempo em Goiás, com temperaturas elevadas e uma gradual queda na umidade relativa do ar durante as tardes.

Uma massa de ar extremamente quente está afetando diversos estados brasileiros, incluindo Goiás, elevando as temperaturas para valores superiores a 40ºC. Essa situação de calor intenso, prevista para esta época do ano, será ainda mais severa, especialmente na região Centro-Oeste. Segundo informações do MetSul Meteorologia, é esperado que ocorram recordes históricos de temperatura.

Goiânia, por sua vez, não escapará das altas temperaturas, com a média de temperatura na capital aumentando para 34ºC em comparação com o mês anterior. Nos próximos dias, as temperaturas máximas podem chegar a 38ºC.

Mas partir de quarta-feira, 20 de setembro, não há previsão de chuvas em Goiânia até o final do mês, conforme informações do Climatempo. A volta das precipitações está prevista apenas para o dia 29 de setembro. Além disso, a umidade do ar na cidade estará em níveis baixos, com valores mínimos em torno de 10% e máximos não ultrapassando os 50%.

 

Veja também:

Essas dicas vão salvar sua saúde durante essa temporada de calor

10 dicas importantíssimas para manter a saúde nos dias de muito calor

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Frente fria continua e sensação térmica pode chegar a 10 graus neste fim de semana em Goiás

O final de semana em Goiás promete ser marcado pela ação de uma massa de ar polar, que trará temperaturas mais baixas em todo o estado. A previsão indica que a sensação térmica poderá chegar a 10ºC, especialmente nas regiões mais afetadas pela frente fria, como a cidade de Jataí.

No sábado, o tempo permanecerá estável e com predomínio de sol em todas as regiões goianas. Durante a manhã, é esperado que as temperaturas mínimas sejam mais baixas, com destaque para a região Centro-Sul. No entanto, ao longo do período vespertino, a umidade relativa do ar apresentará queda, podendo registrar índices inferiores a 20%, caracterizando um estado de alerta.

Em Goiânia, espera-se um dia ensolarado e com a predominância do sol. A temperatura máxima poderá alcançar os 29ºC, enquanto a mínima ficará em torno de 14ºC. A umidade relativa do ar varia entre 20% a 75%. O nascer do sol está previsto para às 06:46hs, e o pôr do sol ocorrerá às 17:59hs.

tempo

 

tempo

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Não guarde o casaco! Frio continua durante a semana e pode marcar 6°C em Goiás

Uma nova frente fria está se aproximando de Goiás, o que significa que os goianos podem se preparar para dias mais frios a partir de terça-feira (13). De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), a região sudoeste do estado poderá registrar uma mínima de 6°C.

Essa frente fria, que está avançando pela região sudeste do país, também afetará o centro-oeste e trará consigo um aumento gradual da nebulosidade em Goiás, podendo até mesmo resultar em chuvas, algo incomum para essa época do ano.

À medida que a frente fria progride, a nebulosidade se dispersa e abre espaço para a possibilidade de chuvas isoladas na região sul de Goiás. As previsões do Cimehgo indicam que Jataí e Catalão poderão registrar mínimas de 6°C no final da semana, com chances de geada.

A previsão para esta segunda-feira (12) em Goiânia é mínima de 17ºC e máxima de 30ºC, com possibilidade de pancadas de chuva isoladas. Em Jataí, região que fará mais frio, as temperaturas oscilarão entre 14ºC e 30ºC, também com chance de chuvas.

Ainda quanto à capital, os goianienses poderão sentir temperaturas mínimas de 13°C a partir do próximo sábado (17).

 

Veja também:

9 programas para curtir o frio em Goiânia

10 lojas em Goiânia para garantir a roupinha do seu Pet e protegê-lo do frio

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Termômetros podem chegar a 11º em Goiás

De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), é esperado que haja um declínio nas temperaturas nesta semana em algumas cidades de Goiás, levando os goianos a se prepararem com cobertores.

As manhãs serão frias, com temperaturas em torno de 11ºC, enquanto as tardes serão quentes. Segundo André Amorim, gerente do Cimehgo, esse resfriamento matinal é resultado de uma frente fria que passou pelo país na última semana.

Nesta segunda-feira (5), terá predomínio de sol em todas as regiões de Goiás, as temperaturas serão baixas pela manhã e elevadas no período da tarde. A umidade relativa do ar estará em declínio no período vespertino.

A previsão é que o frio chegue com mais intensidade na região sudoeste, nas cidades de Rio Verde e Jataí, com termômetro marcando na casa dos 14 Cº e 11Cº respectivamente. Ao longo do dia, a temperatura deve subir, chegando a 29ºC. Em Goiânia, os termômetros podem chegar a 15Cº pela manhã.

tempo

 

Veja também:

10 lojas em Goiânia para comprar roupas de frio boas e baratas

9 programas para curtir o frio em Goiânia

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Frio deve continuar e temperaturas podem chegar aos 12 ºC em Goiás

Segundo o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), as primeiras horas do dia continuarão frias até sexta-feira (19). Apesar da temperatura poder chegar aos 15°C, o tempo permanecerá seco ao longo do dia, e é importante cuidar da saúde, mantendo-se hidratado(a) e bebendo bastante água. A umidade do ar pode cair para 25%.

Conforme explicou André Amorim, gerente do Cimehgo, a tendência até o final da semana é que a amplitude térmica dos últimos dias prevaleça. Embora a temperatura caia durante a madrugada e nas primeiras horas da manhã, ela sobe rapidamente à medida que o sol se fortalece, deixando o tempo seco.

Para todo o estado, espera-se predominância de sol com uma massa de ar seco em todo o Brasil Central. Pode haver pancadas isoladas de chuva no Norte e Nordeste de Goiás, porém com precipitações que não devem ultrapassar 5 milímetros. Pode ocorrer nebulosidade pela manhã, mas segundo o Cimehgo, isso não afetará a visibilidade de forma significativa.

Em Goiânia, a temperatura máxima prevista é de 29°C, enquanto a mínima fica em torno de 15°C. A umidade do ar varia de 85% a 25%.

Confira as previsões para outras cidades: Porangatu terá mínima de 20°C e máxima de 34°C, Rio Verde pode registrar mínima de 12°C e máxima de 28°C, Itumbiara tem mínima prevista de 14°C e máxima de 31°C, Morrinhos também apresenta mínima esperada de 12°C e máxima de 28°C, e em Goiandira as temperaturas devem oscilar entre 15°C e 29°C. Em todo o estado, a umidade do ar será de no máximo 85% e no mínimo 25%.

 

Veja também:

Região da 44: 10 lojas em Goiânia para comprar roupas de frio boas e baratas

9 programas para curtir o frio em Goiânia

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Frente fria volta a Goiânia e temperatura pode chegar a 15º esta semana

Uma massa de ar fria está a caminho da região sudeste do Brasil e deve derrubar as temperaturas em Goiás. A previsão indica que os termômetros devem marcar 15º em Goiânia nesta sexta-feira (21), feriado de Tiradentes.

O Centro de Informações Metereológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), ainda alerta para o risco de geadas na em algumas cidades no estado. A expectativa é que, na região Sudoeste de Goiás as temperaturas cheguem a 12ºC.

O gerente do Cimehgo, André Amorim, aponta que imagens de satélite mostram o avanço da frente fria entre os estados de São Paulo e Minas Gerais, gerando instabilidade em Goiás. “De quarta para quinta a instabilidade atua em várias regiões do estado. O ar frio de origem polar, a partir do dia 21, traz temperaturas mais baixas para a região centro-sul”, diz.

Nesta quarta-feira (19), o avanço da frente fria já permite o aumento da nebulosidade, que combinado com o calor, irá favorecer a formação de áreas de instabilidade. Com isso, haverá pancadas de chuvas isoladas que podem vir acompanhadas de rajadas de vento e raios.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.