Aulão gratuito de atividades de saúde e bem-estar acontece em Goiânia

O Sesi está de volta com mais uma edição do Aulão das 4 Estações, e desta vez, é a Primavera que ganha destaque. No dia 23 de setembro, essa iniciativa chegará a Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis, trazendo um evento gratuito e aberto a toda a comunidade. Com uma proposta única, o Aulão das 4 Estações acontece a cada estação do ano, promovendo um ambiente descontraído para a promoção da saúde e bem-estar.

As unidades do Sesi prepararam uma programação especial para essa ocasião, repleta de atividades voltadas para a saúde e qualidade de vida. Os participantes poderão desfrutar de avaliações físicas com bioimpedância, palestras ministradas por nutricionistas experientes, e terão a oportunidade de saborear lanches saudáveis. Além disso, o projeto proporciona a entrega de medalhas personalizadas e a distribuição de brindes especiais.

É uma excelente oportunidade para se envolver em práticas saudáveis, aprender mais sobre nutrição e cuidados com o corpo, e se divertir com a comunidade local. Confira as unidades do Sesi participantes deste evento imperdível e junte-se a nós nesta celebração da Primavera!

 

Unidades Participantes:

Sesi Senai Aparecida – Inscrições: 64 3661-9255

Sesi Canaã – Inscrições: 62 3236-6900

Sesi Itumbiara – Inscrições: 64 3404-2901

Sesi Jaiara – Inscrições: 62 3333-3900

Sesi Multiparque – Inscrições: 62 3265-0100

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Fotos da matéria:  Divulgação/Sesi Goiás

Melhores colônias de férias para a diversão dos filhos e descanso dos pais

As colônias de férias são uma excelente opção para os pais que desejam manter seus filhos ocupados durante as férias escolares e permitir que eles se divirtam com segurança e sob supervisão adequada. Em Goiânia, existem diversas opções disponíveis para as crianças e jovens da região.

As atividades vão desde esportes e jogos ao ar livre até oficinas de artes e culinária, passando por atividades culturais e educativas, e seus valores variam de acordo com a programação oferecida e a duração do período de participação. É importante pesquisar e comparar os valores antes de escolher a colônia de férias ideal para seu filho.

Confira então, 10 colônias de férias em Goiânia que oferecem programações variadas para atender aos interesses e necessidades da galera!

 

Colônia de Férias SindSaúde

sindsaude

Entre as atrações, destacam-se gincanas recreativa e educativas, minijogos, esportes adaptados, caça ao tesouro, brincadeiras que buscam resgatar tradições, cantigas de rodas, além de emocionantes apresentações artísticas.
Além disso, haverá oficinas de artes. Vale ressaltar que as inscrições são limitadas, portanto é importante garantir a vaga o quanto antes. As inscrições podem ser realizadas de forma prática e rápida pela internet ou presencialmente na recepção do clube do Sindsaúde.

Data: 5, 6, e 7 de julho;

Horário: das 08 às 18h;

Faixa etária: de 04 a 14 anos;

Valores: R$ 70 (cada) para filhos de filiados e filiadas ao Sindsaúde, enquanto para a comunidade em geral o investimento sai a R$ 110;

Endereço: Rua 26, 521 – Jardim Santo Antonio, Goiânia – GO;

Contato: (62) 3231-0303.

 

Ctrl+Play

crtlplay

Para os amantes da tecnologia, as férias também serão recheadas de diversão, pois o Ctrl+Play trouxe como nos últimos anos, uma opção diferente para a garotada. A Escola
de Programação e Robótica oferece sua colônia especial de férias e cursos de
pequena duração. Serão abertas oficinas de Programação com Minecraft, Meu Primeiro Game, Meu Primeiro App, e Robótica. Lembrando que crianças com mais de 14 anos não participam da oficina de programação.

Data: 17 a 20 de julho e 24 a 27 de julho;

Horário: 4 aulas para cada uma das oficinas, com duração de 3 horas;

Faixa etária: de 7 a 17 anos;

Valores: R$ 320,00 cada oficina;

Endereço: Av. dos Flamboyants, nº 409, Parque das Laranjeiras;

Contato: (62) 98151-7941.

 

Sesi Campinas

sesi

 

Como todo ano, o grupo Sesi manterá a tradição e apresenta ua colônia de férias para a criançada. Com atividades recreativas, aquáticas, gincanas, desafios, oficina de
robótica, festa dos fantásticos e outros, o Sesi é sempre uma escolha para passar as férias!

Data: de 22 a 26 de julho

Horário: 13h30 às 17h30

Faixa etária: de 4 a 14 anos

Valores: R$ 120 – industriário, R$ 135 – conveniado, R$ 150 – comunidade;

Endereço: Avenida Geraldo Ney, Nº 662, Setor Campinas – Goiânia;

Contato: (62) 3236-9100.

 

Clube Jaó

Clube

Com uma das melhores colônias de férias da cidade, o renomado Clube Jaó
oferece brincadeiras,
passeio de pônei, caminhadas ecológicas, atividades no parque aquático infantil e parquinho, guerra de tintas e muito mais.

Data: todas as semanas de julho;

Horário: das 9h às 17h ou das 13h às 17h;

Faixa etária: de 2 a 17 anos;

Valores: de R$ 350,00 a R$ 958,00 – os valores variam conforme a quantidade de semanas, períodos escolhidos e variam de sócios para não-sócios;

Endereço: Av. Quitandinha, nº 600, Setor Jaó, Goiânia;

Contato: (62) 3269-8000.

 

Academia Bodytech

bodytech

Com monitores cuidando das crianças que são divididas por idade, as crianças
participarão de diversas atividades, como esportes, aulas de circo, escalada,
sessões de cinema, futebol de sabão e oficinas de culinária.

Data: do dia 16 a 20 de julho;

Horário: 13h30 às 17h30;

Faixa etária: de 3 a 14 anos;

Valores: R$ 200,00 por semana ou R$ 170,00 por semana se a pessoa inscrever a partir de cinco crianças;

Endereço: Rua 147, nº 75, Setor Marista, Goiânia;

Contato: (62) 4013-6464.

 

Sesi Clube Ferreira Pacheco

Sesi

 

Com atividades recreativas, esportivas, culturais e aquáticas, a colônia de férias do Sesi Multiparque é uma das mais completas no quesito diversão. Conta também com oficinas de saltos ornamentais, tênis de campo, passeio ao cinema, apresentação teatral, festival de sorvete, brinquedos infláveis e paintball para turmas maiores

 

Data: 10 a 14 de julho;

Horário: das 8 às 18 horas;

Faixa etária: 4 a 14 anos;

Valores: R$ 240 para industriário, R$ 260 o conveniado e R$ 280 para a comunidade (inclui café da manhã, almoço, lanche e uma camiseta por criança);

Endereço: Av. João Leite, nº 915, Setor Santa Genoveva, Goiânia;

Contato: (62) 3265-0124.

 

Clube de Costura

clube

 

Novamente em 2023, o clube de costura volta a oferecer cursos variados para a população. Dessa vez as aulas que durarão o mês inteiro de férias, vão trabalhar fundamentos que vão desde o básico do desenho e da modelagem, até costura de fato, incluindo diversas aulas especiais de roupas para bichinhos de pelúcia! Irmãos ou amigos que fizerem a matrícula juntos, ainda serão contemplados com 10% de desconto nos cursos.

 

Data: Inicia no dia 03, e tem fim no dia 29;

Horário: Manhã/Tarde;

Faixa etária: Curso Infantojuvenil;

Valores: de R$ 130,00 até R$ 390,00;

Endereço: Rua 67-B, Setor Norte Ferroviário, Goiânia. 

Contato: (62) 98591-6597

 

Melhor Quintal

melhor

Com uma programação diversa, que vai de artesanato e esportes, até a festival de sorvete, a colônia de férias do Melhor Quintal é dividia por programações diárias, se tornando uma ótima opção para deixar seu filho durante as férias! O lugar ainda conta com espaço para eventos, assim como brinquedoteca coberta. Além dos valores normais, o local ainda conta com alguns pacotes promocionais: R$ 175,00 por 8h, R$ 250,00 por 12h, e
R$ 350,00 por 20h. E vale lembrar que irmãos tem desconto de  5% nos pacotes.


Data: Todos os dias da semana exceto domingo;

Horário: Seg-Sex das 09:00 as 18:00, e sábado das 09:00 ao meio dia;

Valores: 25 reais por hora, ou 85 reais o dia (período de 4hrs)

Endereço: Rua 1141, qd 246 – Lt 46 – St. Marista, Goiânia.

Contato: (62) 3911-6490

 

Sesc Universitário
 sesc

 A unidade do Sesc conta com uma programação exclusiva para as crianças nessas férias, com o tema “Fazendo Arte”. Com jogos, recreação e gincanas, além de brinquedos radicais como a parede de escalada, cineKids, estação de observação astronômica, HighJump water line, dentre outras atividades. O Sesc Férias Universitário será realizado somente durante 4 dias, e as vagas são limitadas. As inscrições iniciam no dia 20 de maio pela Central de Atendimento. O clube conta com área de piscinas, salão de jogos, refeitório, cinema e quadras poliesportivas, e campos de futebol para a prática de esportes. 

 

Data: dia 8 a 12 de julho;

Horário: das 08 às 17h;

Valores: R$120 para dependentes de trabalhadores do comércio,  R$160 para conveniados, e R$240 para o público geral;

Endereço: Avenida Universitária, n° 1749, no Setor Leste Universitário.

Contato: (62) 3522-6199

 

Casa da Praça

casa

Com brinquedoteca, buffet infantil e até cantinho do Wi-fi, o espaço recreativo Casa da praça é uma excelente opção de colônia de férias! Com oficinas de cupcakes, jardinagem,
contação de histórias,
brincadeiras tradicionaiscapoeira, e oficinas de música, eles prepararam uma programação especial para as férias.

 

Dias: todas as semanas de julho;

Faixa etária: de 5 a 9 anos;

Horário: das 8h às 12h e das 13h às 18h, podendo funcionar integral;

Endereço: Av. T-3, nº 1.955, Setor Bueno;

Valores: R$ 360,00, R$ 380,00 e R$ 650 para períodos matutino, vespertino e
integral, respectivamente;

Contato: (62) 99249-9249

 

 

 

 

Em resumo, as colônias de férias em Goiânia são uma excelente opção para os pais que buscam uma alternativa segura e divertida para seus filhos durante as férias escolares. Com diversas opções de programação e valores acessíveis, é possível encontrar a colônia de férias ideal para atender às necessidades e interesses da criança ou mesmo dos pais.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Estudantes goianos vencem mundial de robótica em Marrocos

Estudantes do Colégio Sesi, unidade Campinas, de Goiânia, conquistaram o título máximo no FIRST LEGO League Open International, realizado na cidade de Marrakech, no Marrocos, neste domingo (21). O grupo, denominado Robotic Engineers, destacou-se ao receber o primeiro lugar no Champions Awards, principal prêmio da competição, e o terceiro lugar no Desempenho do Robô.

Essa equipe de oito alunos é a única representante brasileira entre os 66 times de mais de 50 países participantes do evento, que teve início na última quinta-feira. A equipe retornará a Goiânia na próxima quarta-feira.

O Champions Awards é concedido à equipe que incorporou plenamente os valores da FIRST LEGO League, alcançando excelência e inovação tanto no Desempenho do Robô quanto no Design do Robô e no Projeto de Inovação.

Os Robotic Engineers asseguraram sua participação no evento após se destacarem no 5º Festival Nacional de Robótica, realizado em março, em Brasília. A competição é voltada para alunos com idades entre 9 e 16 anos, que formam equipes de dois a dez integrantes para construir robôs com peças de Lego, os quais devem realizar uma série de atividades e acumular o máximo de pontos em três rodadas de dois minutos e meio. Além disso, as equipes são responsáveis por criar um projeto de inovação que aborde um problema real relacionado ao tema da temporada, que neste ano envolve a energia elétrica.

O projeto desenvolvido pelos estudantes recebeu o nome de Coldneers e consiste em um sensor de temperatura que aciona um sistema de resfriamento com uma bomba d’água, fixado com abraçadeiras de nylon e grampos tipo C, e controlado por um Arduino, uma plataforma de prototipagem eletrônica. Após testes e algumas adaptações, o sistema foi implementado em usinas gerenciadas pelo Grupo Eficiência Solar, resultando em um aumento de até 33% na eficiência energética de uma usina residencial de um cliente da empresa.

A equipe é composta pelos alunos Alissa Alves Amaral, Benício Oliveira dos Reis, Gustavo Pereira Herculano, Hugo Santhiago Lima do Carmo, João Carlos Filogonio Barbosa Rocha, João Pedro Pereira de Carvalho, João Vítor Gomes Oliveira e Yvelise Marques de Souza, juntamente com os professores Leandro Santos Hall e Alberto Roquete de Melo Junior. A diretora do Sesi Campinas, Michelle Bellei, e a gerente de Educação Básica do Sesi, Quissinia Freitas, também acompanharam a equipe durante toda a competição.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

SESI 70 anos: conheça 7 coisas que todo mundo precisa e o Sesi Goiás tem

Há 70 anos, o Sesi Goiás atua em todo o estado, fortalecendo a indústria e trazendo mais da qualidade de vida para o trabalhador da indústria e para a comunidade em geral. Nos últimos anos, Goiânia vêm se destacando cada vez mais em âmbito nacional com seu crescimento econômico e industrial. O Sesi Goiás, exerce um papel importante nesse marco. O Sesi Goiás oferece tudo o que você procura, do lazer a saúde, da educação ao bem-estar. Tem clube, clínica, escola, teatro e academia. São 70 anos fazendo parte de vários momentos da vida não só do trabalhador da indústria, mas também de toda a comunidade. 

 

O Sesi – Instituição do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG) – começou sua história em Goiás em 1953 com a missão de promover o desenvolvimento socioeconômico do Estado. Ano após ano, o Sesi foi se consolidando como uma referência em responsabilidade social, promovendo educação, saúde e segurança no trabalho, lazer e cidadania integradamente, com qualidade reconhecida por toda a sociedade. 

 

7 coisas que você precisa e que o Sesi tem

 

1- Educação: As escolas Sesi SENAI são exemplo de educação inovadora de qualidade com unidades espalhadas por todo o Brasil. Estamos falando da Escola de Campeões do Sesi Goiás, que desde 2013 se destaca em campeonatos estudantis nacionais e internacionais de robótica, ano em que a disciplina foi incluída na grade curricular. Além disso, as Escolas Sesi buscam formar estudantes para o mercado de trabalho e para o mundo.

 

 

2- Saúde: Para o Sesi Goiás, o bem-estar da população também é prioridade. Por isso, oferecem clínica médica com; consultas, exames, vacinas, etc. Além de tratamento odontológico. Assim, nos últimos anos o Sesi atuou em ações no combate a Covid-19, programa de vacinação em empresas, cartão Viva+, vacinas contra H1N1 e H3N2.

 

 

3- Esporte: O programa Sesi Esporte tem ações no meio esportivo e atividade física, para incentivar e educar os participantes para uma vida mais ativa e ocupando o tempo livre com práticas saudáveis. Além de promover o esporte em caráter sócio educativo. O programa atende trabalhadores da indústria, seus dependentes e comunidade em geral, e no âmbito esportivo oferece: natação, voleibol e futsal. Em parcerias;  basquetebol, futebol de campo, dança e judô. Além disso, para quem prefere praticar alguma atividade física, o Sesi oferece;  hidroginástica, ginástica localizada, jump, programa adulto em exercício, pilates e outros e musculação.

 

 

4- Lazer: Sabe aquele mergulho na piscina, para fechar bem o final de semana? Ou quem sabe um churrasco no clube. Além de;  camping, restaurante, hotéis. Para férias, ou temporada de pesca, as unidades Sesi Multiparque, Sesi Aruanã e Rio Araguaia oferecem lazer acessível e de qualidade pra todo mundo.

 

 

5- Cultura: O Teatro Sesi já é conhecido em Goiânia por trazer atrações incríveis e promover a cena cultural na cidade. Com teatro, música, shows, mostras e grandes espetáculos. Assim, promovendo arte e cultura. O Sesi Goiás, também buscar promover a cultura por meio das bibliotecas, projetos socioeducativos como o caminhão cultura.

 

 

6- Segurança do Trabalho:  O Sesi oferece um conjunto de soluções para problemas relacionados à segurança do trabalho e saúde. É a segurança que a sua empresa precisa, por capacitação, consultoria, vacinação, também a ginástica no trabalho. Afinal, investir em um ambiente que seja seguro, saudável e que possa proporcionar qualidade de vida ao trabalhador é imprescindível para elevar a produtividade da sua empresa. Por isso, estão disponíveis; o aplicativo Sesi Viva+, avaliações de saúde e programas de segurança dos trabalhadores da indústria.

 

 

7- Bem-estar: Além de todos os benefícios citados acima, o Sesi proporciona bem-estar! É um serviço que proporciona vivência sistemática de atividades organizadas em promoção da sáude e melhorar a qualidade de vida. É através da massagem que combate o stress. É o café da manhã, a aula de pilates, o grupo de corrida, a aula de dança, a palestra. Qualidade de vida tem demais no Sesi Goiás. 

 

 

Nos últimos 70 anos, o Sesi Goiás tem proporcionado mais educação, saúde, esporte, lazer, cultura, segurança do trabalho e qualidade de vida para o trabalhador da indústria e pra comunidade. Se tem SESI, tem o que você precisa, tem pra todo mundo! 

 

Foto: Alex Malheiros / Reprodução – Sesi Goiás

10 cursos gratuitos disponíveis no Senai Goiás para alavancar sua carreira profissional

É inegável o quanto a tecnologia mudou (e ainda está mudando) a nossa forma de ensinar e aprender. Porém, muitas pessoas ainda não sabem ou não conhecem a importância dos cursos online. A possibilidade de estudar de maneira remota abriu diferentes portas para pessoas que não tinham condições de ter acesso à educação de forma presencial, seja por falta de tempo ou dinheiro.

E engana-se quem pensa que os cursos online são apenas para quem quer aprender algo sobre o mundo digital. Há uma diversidade gigante de mercados mais tradicionais.

Além disso, hoje, é possível fazer um bom curso e com um custo muito mais baixo ou até 100% gratuitos, com direito a certificados. É o caso dos curos EaD do Senai Goiás, que oferecem diversos cursos online e gratuitos em diversas áreas diferentes para você se aperfeiçoar ou até começar uma carreira nova.

Selecionamos para você conhecer 10 ótimos cursos no Senai EaD para você começar agora mesmo. Confira:


Auxiliar de Recursos Humanos

auxiliar

Qualificar os participantes para executar processos pertinentes à área de Recursos Humanos, seguindo a legislação vigente, procedimentos internos, normas técnicas, ambientais, de qualidade e de segurança e saúde no trabalho.

160 horas

Mais detalhes, aqui

 

Analista de Redes de Computadores

analista

Capacitar pessoas da área de Informática, ou áreas afins, que buscam ampliar e aprofundar seus conhecimentos e experiências em redes de computadores, servidores proprietário e livre com o foco em instalação e configuração de serviços.

160 horas

Mais detalhes, aqui

 

Empreendedorismo

empreender

 

O curso de empreendedorismo tem por objetivo oferecer conhecimentos sobre o ato de criação de novos empreendimentos nos mais diversos setores da economia

14 horas

Mais detalhes, aqui

 

Fundamentos em Cibersegurança

cibersegurança

 

Descrever as características dos criminosos e heróis no reino da cibersegurança. Descrever como os princípios de confidencialidade, integridade e disponibilidade se relacionam com os estados dos dados e as contramedidas de cibersegurança. Descrever as táticas, técnicas e procedimentos utilizados por cibercriminosos. – Descrever como as tecnologias, produtos e procedimentos são usados para proteger a confidencialidade. Descrever como as tecnologias, produtos e procedimentos são usados para garantir a integridade. – Descrever como as tecnologias, produtos e procedimentos fornecem alta disponibilidade. Explicar como os profissionais de cibersegurança usam as tecnologias, processos e procedimentos para defender todos os componentes da rede. – Explicar o propósito das leis relacionadas com a cibersegurança.

40 horas

Mais detalhes, aqui

 

Noções básicas de Mecânica Automotiva

curso

 

Explorar os principais temas relacionados à mecânica automotiva, desde os conceitos básicos até a conceituação de funcionamento e funções dos sistemas complexos, como sistemas mecânicos principais e secundários.

14 horas

Mais detalhes, aqui

 

Redação Empresarial

redaçao

A comunicação eficiente, segura e clara é uma poderosa ferramenta. Importante para impulsionar a carreira, te ajuda a se destacar no trabalho e no mercado. Porém, às vezes, pode ser um enorme desafio e até mesmo motivo de vergonha e insegurança. Os meios digitais e a necessidade de compartilhar informações com agilidade, tornam a boa escrita, um dos recursos indispensáveis a qualquer profissional. Neste curso, são ensinados técnicas e procedimentos de linguagem escrita que tornam a redação empresarial mais sólida. Além de consistente, clara e objetiva, facilita e agiliza a comunicação na sua empresa.

30 horas

Mais detalhes, aqui

 

Segurança do Trabalho

seg

Sensibilizar os participantes do curso para as questões básicas da prevenção de acidentes e segurança do trabalho, de forma a criar uma mentalidade prevencionista.

14 horas

Mais detalhes, aqui

 

Operador de Sistemas de Computador

pc

Instalar configurar e reutilizar aplicativos de escritórios, sistemas operacionais cliente e softwares de internet, preparando profissionais para organizar a entrada e saída de dados em sistema de informação, de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade, segurança, higiene e saúde.

240 horas

Mais detalhes, aqui

 

Gestão de Pessoas

Compreender os desempenhos gerenciais e empresariais com o contexto atual da gestão de pessoas, analisando a situação dos indivíduos nas organizações, a liderança das equipes e a comunicação nas organizações.

gestao

30 horas

Mais detalhes, aqui

 

Tecnologia da Informação e Comunicação

ti

Compreender os processos da Tecnologia da Informação e Comunicação utilizados em um ambiente empresarial e industrial e conhecer os principais temas relacionados à infraestrutura de TI, serviços de redes, software, hardware, normas e padrões técnicos.

14 horas

Mais detalhes, aqui

 

Acesse a página do Senai para conhecer mais cursos! 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Estudantes de Goiânia criam minisatélites capazes de monitorar incêndios e lavouras

Jovens alunos do colégio do Serviço Social da Indústria (Sesi) Campinas, localizado na capital goiana, estão empenhados numa missão espacial inédita no Brasil. Eles foram aprovados para a próxima etapa da 1ª Olimpíada Brasileira de Satélites e terão os trabalhos lançados no espaço pela primeira vez, no dia 17 de setembro, durante a etapa regional da competição, em Goiás.

Os adolescentes são alunos do Ensino Fundamental e Médio, e estão divididos em cinco equipes. Eles criaram minissatélites capazes de monitorar incêndios urbanos, queimadas florestais, evolução de lavouras de soja, ameaças à integridade de terras indígenas e quilombolas, e também de gerar internet para povoados distantes.

Pode parecer muito para um adolescente, mas os alunos já estão engajados nos testes finais de cada um dos projetos, na sala de robótica do Sesi Campinas, sob tutela do professor Leandro Hall e com auxílio de especialistas amigos, como engenheiros mecatrônicos e programadores.

5833d43712db828f1572530d6d9b709b.jpeg

Os equipamentos serão levados por balões meteorológicos, também chamados de balões estratosféricos, a uma altura de até 22 Km. 

A competição foi iniciada em abril do ano passado e contou com 352 inscrições de todo o país. As equipes goianas ficaram entre as primeiras colocadas, até então, e estão otimistas para a próxima etapa.

As fases regionais, com o primeiro lançamento dos minissatélites na atmosfera, serão a etapa 3 da competição. Os vencedores de cada local serão levados à final nacional, que ocorrerá em novembro, quando será feito um novo lançamento orbital. Os equipamentos possuem capacidade para serem levados a uma altura de até 35 km.

A olímpiada foi criada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e é organizada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da Universidade de São Paulo (USP).

Entre os cinco projetos desenvolvidos pelos alunos do Sesi, em Goiás, dois são focados no monitoramento de incêndios e queimadas. Outros dois grupos desenvolvem trabalhos voltados para a identificação e manutenção da integridade de territórios de povos indígenas e quilombolas. O quinto projeto dos alunos do Sesi Campinas é de um satélite para acompanhar a evolução de plantações de soja e, com isso, delimitar as diferentes fases da lavoura, a partir da coloração da planta.

Hoje, o comum é que isso seja feito por meio de drones e deslocamento de equipes de técnicos especializados. Com o satélite Canagro, projetado pelos adolescentes, a ideia é que tudo seja feito de maneira automática e on-line.

 

Créditos das fotos: Reprodução/Vinicius Scmidt

Fieg vai investir R$ 560 milhões em benefícios para a indústria goiana até 2026

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) deve investir R$ 560 milhões em ações para beneficiar a indústria goiana até 2026. Uma das principais ações é a revitalização das 33 unidades do SESI e SENAI, com investimento de R$ 147 milhões. “Também vamos investir na construção de novas unidades, o que mostra nosso compromisso com os trabalhadores de Goiás”, afirma o presidente da entidade, Sandro Mabel.

Espaços como oficinas, laboratórios e salas de aula receberão melhorias. Outras áreas, como espaço makers, salas temáticas, laboratórios industriais com os conceitos da indústria 4.0, robotização, simuladores, e equipamentos didáticos também serão contemplados. Nesse sentido, serão investidos R$ 103 milhões.

Na educação básica, a expectativa é de que sejam realizadas 20 mil matriculas por ano até 2026, o que representa o dobro da capacidade atual. Na educação profissional, presencial e à distância, o objetivo é ainda maior: 300 mil matriculas por ano. “Goiás contará com mais de 300 mil trabalhadores qualificados da educação básica a profissional, por meio da criação de centros universitários, novos cursos técnicos e expansão das nossas unidades”, ressalta o presidente da Fieg.

A entidade também investirá em sustentabilidade: serão R$ 30 milhões que serão utilizados em uma central de energia fotovoltaica que, a partir de 2024, vai gerar 7,65 megawatts de potência, o que deve representar uma economia de R$ 41 milhões nos próximos dez anos. 

Na palma da mão
Acesse https://linktr.ee/curtamais e fique por dentro do que há de melhor em conteúdo. O Curta Mais é a multiplataforma mais completa e confiável de cultura, gastronomia, entretenimento, política e negócios.

 

Inteligência artificial será a próxima novidade nas escolas do Sesi e Senai

O processo de aprendizagem nas escolas do Sesi e Senai em Goiás contará com uma novidade importante: a inteligência artificial. A proposta pretende modernizar a evolução tecnológica e levar benefícios principalmente no meio educacional e empresarial. 

 

Neste sentido, o Sistema Fieg iniciou estudos para implantação da ferramenta nas escolas Sesi e Senai, bem como difundir sua ação nas indústrias. O assunto, inclusive, já foi tratado em reunião com participação do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, o superintendente do Sesi e diretor regional do Senai, Paulo Vargas,  o diretor de Educação e Tecnologia, Claudemir José Bonatto, o diretor da Faculdade Senai Fatesg, Weysller Matuzinhos de Moura, e o professor Francisco Calaça.

 

Para o presidente da Fieg, Sandro Mabel, a iniciativa é de extrema relevância e reveste-se de caráter estratégico. “Nossas escolas já utilizam a tecnologia em todas as áreas. Contar com ferramentas de inteligência artificial é, de fato, interessante e útil”, afirma. 

 

Mabel sugere, ainda, que a equipe do Sistema Fieg estude uma metodologia destinada a incentivar o empresário à utilização da ferramenta. “Para melhorar o futuro, temos que pensar e trabalhar o presente. Precisamos influenciar as pessoas a implantar a tecnologia nas empresas, trabalhando cada vez mais no desenvolvimento da plataforma. Por exemplo: caso uma indústria de pasteurização de leite enfrente um problema, a inteligência artificial já deve ter identificado o obstáculo e sugerido a solução. A maneira de conseguirmos esse avanço é justamente estudando a realidade do chão de fábrica”.

 

Segundo o professor da Faculdade Senai Fatesg, Francisco Calaça, que integra o grupo de trabalho responsável pelos estudos, a ideia é implantar algoritmos que possam identificar tanto os problemas eventualmente enfrentados por alunos do Sesi e Senai em uma disciplina específica, como também identificar os contratempos dentro das indústrias, a fim de coletar dados e posteriormente disponibilizar soluções de forma mais rápida e coerente.

Alunos do Sesi Goiás representam Brasil em mundial de robótica

Oito estudantes do Sesi Vila Canaã, de Goiânia, embarcam no próximo domingo (17/04) para Houston, nos Estados Unidos, para competir em um dos maiores torneios juvenis de tecnologia e inovação do mundo: a First Championship, que será realizada entre os dias 22 e 23. É a segunda vez que a equipe representa o Brasil no mundial de Houston.

O torneio deve reunir 160 times de 75 países. Os integrantes da Geartech Canaã vão competir na modalidade First Tech Challenge, com idade entre 14 e 18 anos. O desafio inclui projetar, programar e construir robôs de até 19 quilos, com diferentes materiais, para que eles cumpram tarefas em uma arena de maneira teleoperada e autônoma, por meio de programação.

O time conta com 12 integrantes, sendo que oito vão para Houston. São eles: Erica Siqueira de Oliveira, Gabriel Craveiro de Oliveira Garcia, Miguel de Souza Ramos, Luiz Guilherme Ferreira Soares, Marcos Denner Araújo Lima, Matheus Aires Amorim, João Vitor dos Santos Soudré e Letícia Suede Souza. Os demais integrantes do time são Gustavo Nogueira Rodrigues, Heloisa Souza Silva, Maria Laura Silva Caldeira e João Henrique Cardoso de Sousa.

Criada em 2018, a equipe da Escola Sesi Canã, em Goiânia, conta com três tricampeonatos brasileiros (vencedora do Festival Sesi de Robótica nas temporadas 2018-2019, 2019-2020 e 2020-2021). O time também foi premiado no próprio mundial de Houston de 2019 e no Asia Pacific Open Championships 2021, que ocorreu de forma online.

Foto: SESI

Empresários criam conselho em prol da educação do futuro da indústria de Goiás

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) lança dia 7 de março, o  Conselho Pensadores da Educação do Futuro, no âmbito da Fieg, do Sesi e Senai, com o objetivo de  fomentar o desenvolvimento da indústria goiana, a inovação e a solidariedade no setor produtivo, ancorado em uma educação empreendedora. 

 

A missão é promover reflexão e inspiração para orientar as instituições do Sistema Indústria em Goiás na construção de estratégias e iniciativas educacionais que respondam às megatendências.  “Atuar na vanguarda é primordial, principalmente com as mudanças que temos vivido nos últimos anos, devido à pandemia da Covid-19, à aceleração da transformação digital e às mudanças significativas no mundo do trabalho”, justifica o presidente da Fieg e dos Conselhos Regionais do Sesi e Senai, Sandro Mabel. 

 

Nesse contexto, ele elenca a necessidade de as instituições, antecipadamente, mapear e identificar as novas habilidades exigidas dos trabalhadores da indústria do futuro; compreender cenários quanto ao perfil das novas gerações de estudantes; subsidiar o mapeamento das tecnologias disruptivas para uma educação que impacte cada vez mais no futuro das pessoas, dos processos produtivos e na sociedade e, com isso, criar modelos de educação de referência.

 

O dirigente da Fieg cita estudo do Fórum Econômico Mundial que aponta habilidades como criatividade, liderança, pensamento analítico e crítico, resolução de problemas, programação, aprendizagem ativa, entre outras, como fundamentais no perfil dos trabalhadores do futuro. Por definição, o conselho visa identificar as necessidades da educação em consonância com as exigências do mundo do trabalho, a partir das perspectivas da 4ª Revolução Industrial e do avanço dos sistemas digitais, por exemplo. 

 

O time de pensadores

1) ALEXANDRE CAMPOS SILVA

PhD em Gestão do Conhecimento e Google Cloud Innovation in Education Brazil

2) CLAUDIO SASSAKI

Mestre pela Stanford University, cofundador e CEO da Geekie

3) CELSON PANTOJA LIMA

Doutor em Ciências da Computação e professor da UFOPA

4) EDUARDO DESCHAMPS

Doutor em Engenharia Elétrica e ex-presidente do Conselho Nacional de Educação

5) EDWARD MADUREIRA BRASIL

Doutor em Agronomia e ex-reitor da Universidade Federal de Goiás

6) JEFERSON DE OLIVEIRA GOMES

Doutor em Engenharia Mecânica UFSC/Aachen Alemanha e superintendente de Inovação da CNI

7) LÚCIA GOMES VIEIRA DELLAGNELO

Doutora em Educação por Harward e presidente do Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB)

8) MARIA HELENA GUIMARÃES DE CASTRO

Mestre em Ciência Política e presidente do Conselho Nacional de Educação

9) MOZART NEVES RAMOS

Pós-Doutor em Química pela Politécnica de Milão e membro do Conselho Nacional de Educação

10) RAFAEL LUCCHESI

Economista pela Universidade Federal da Bahia e diretor de Educação e Tecnologia da CNI, diretor-geral do Senai e superintendente do Sesi Nacional

11) PAULO VARGAS

Diretor regional do Senai e superintendente do Sesi

12) SANDRO MABEL

Presidente da Fieg e dos Conselhos Regionais do Sesi e Senai Goiás

 

Leia também:
Como o conflito no Leste Europeu pode afetar a balança comercial no Brasil
Goiás fica entre os 10 melhores estados no ranking nacional de exportações
Indústria goiana terá missões internacionais na Alemanha e Israel em 2022

 

Foto de capa: Alex Malheiros

Sesi Goiás assume gestão de escola pública em Alto Horizonte

O Serviço Social da Indústria (Sesi Goiás) inicia o ano letivo com experiência inédita no Sistema Indústria brasileiro, ao assumir a gestão de uma escola pública, a primeira no País, em parceria com a prefeitura de Alto Horizonte, no Norte do Estado. 

 

Trata-se do Colégio Municipal Militarizado Prof. Divino Bernardo Gomes, cuja estrutura inclui turmas do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, totalizando 771 alunos. A iniciativa pode tornar-se “espelho” para outras administrações municipais, segundo o diretor regional do Senai e superintendente do Sesi, Paulo Vargas, e o diretor de Educação e Tecnologia das instituições, Claudemir Bonatto.

 

Para a governança da unidade escolar em Alto Horizonte – cidade com cinco escolas e população estimada em 6,6 mil habitantes –, o Sesi assumiu com o prefeito Luiz Borges da Cruz compromissos como a nomeação da diretora, professora Suelma Maidana, responsável pela gestão pedagógica e administrativa da escola, e o desenvolvimento do  projeto político pedagógico alinhado à proposta pedagógica do sistema estruturado de ensino do Sesi Nacional.

 

O Sesi ainda cuidou da seleção do quadro de colaboradores técnicos e docentes e colocou em andamento plano de investimento de melhoria da infraestrustura física (espaços de aprendizagem, espaço maker, laboratório de robótica, biblioteca e outros necessários para o alinhamento ao conceito da Escola Sesi de referência); e a implantação da Escola Trilíngue, inserindo inglês e programação como disciplinas.

 

Leia também: 
Navio cargueiro com milhares de carros de luxo da Porsche e da Bentley está em chamas e à deriva no Atlântico

Cine Cultura altera programação a partir de segunda-feira, dia 20 –

10 móveis lindos que representam o jeito hospitaleiro das casas goianas

Foto: Alex Malheiros 

Sistema S de Goiás apresenta melhores resultados do País

O Sistema S de Goiás é o que apresenta os melhores resultados do Brasil, cujo desempenho é confirmado por sucessivas premiações nacionais e internacionais. A avaliação foi feita na manhã desta quarta-feira, em reunião promovida pela Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), com gestores e equipe técnica do Sesi, Senai e Iel Goiás para acompanhar os demonstrativos de resultados do Sistema Indústria.

No encontro híbrido (virtual e presencial), cada unidade apresentou suas perspectivas e decisões para o ano de 2022, com o objetivo de otimizar resultados, com foco na qualidade dos serviços oferecidos. No ano passado, o Senai de Goiás foi considerado o “Número um” do Brasil, melhor entre todas as unidades do País, pontuou o presidente da Fieg, Sandro Mabel.  

“O trabalho das nossas unidades do Sistema S é de excelência e quero agradecer a todos parceiros e colaboradores pelos resultados que estamos obtendo, que elevam o nome de Goiás em todo o Brasil”, sublinhou também o presidente.

Leia tampém: 
IEL oferece mais de 1,6 mil vagas de estágios em Goiás para níveis médio, técnico e superior;

Prédio histórico de Goiânia será centro de saúde e educação de primeiro mundo do Sesi Senai  

Alunos do Sesi Goiás vencem torneio mundial de robótica

Alunos do Sesi de Crixás de Goiás vencem torneio internacional de robótica

Seis alunos do Serviço Social da Indústria (Sesi) de Crixás, cidade do interior do estado de Goiás, venceram, nesta quarta-feira (12), a etapa internacional da competição virtual de robótica CoderZ League, na categoria Júnior, que reúne estudantes do 4º ao 9º ano. O evento utiliza uma plataforma de codificação ‘gamificada’ que desenvolve o pensamento computacional e as habilidades criativas de resolução de problemas. O objetivo é competir para desbloquear novos desafios e levar seus robôs virtuais às finais.

Somente no Brasil, 52 equipes com cerca de 300 competidores participaram das fases iniciais da CoderZ League, sendo que 32 se classificaram para as etapas nacionais e somente a equipe Takamassa Numuro pontuou para a disputa internacional. 

Para o técnico, Felipe Tosta, de 13 anos, estar em um evento tão grande é emocionante. “Não foi fácil. Nos dedicamos muito, acabamos aprendendo e nos divertindo enquanto participávamos”, conta o aluno.

Erica Soares, professora de Educação Tecnológica do Sesi Crixás, explica que o CoderZ é um simulador muito completo em que é possível progredir em programação do básico ao avançado de maneira gradual. “Conseguimos explorar as leis da física, assuntos matemáticos e interpretação”, diz. A professora pontua que, na competição, o trabalho em equipe e a cooperação são habilidades importantes, já que parte do torneio depende da contribuição individual de cada um para que a equipe consiga uma boa pontuação e avance para a próxima fase.

CODERZ

Com a pandemia de Covid-19 no Brasil, foram necessárias adaptações em diversas áreas. Na educação, por exemplo, o Serviço Social da Indústria (Sesi) buscou novos métodos para ministrar as aulas, sem descumprir o distanciamento social. A instituição, que é conhecida por oferecer estrutura de qualidade nas mais de 500 unidades da rede de ensino em todo o País, investiu na educação a distância (EAD) e até as aulas de robótica migraram para salas virtuais. Foi aí que os estudantes passaram a contar a plataforma de programação e simulação, CoderZ.

A plataforma utiliza metodologia STEAM (sigla em inglês que significa Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) e atividades gamificadas para incentivar a educação tecnológica e preparar jovens de todo o mundo para o futuro. A plataforma pode ser acessada por todos os estudantes da instituição, desde que estejam matriculados nos anos finais do ensino fundamental e no primeiro ano do ensino médio. A estimativa é de que até 90 mil estudantes utilizem a CoderZ.

Para guiar os jovens e planejar as atividades, o Sesi capacitou 296 professores, além da equipe técnica pedagógica, nos 27 estados do Brasil em 2020. Como os alunos do Sesi passaram a ter acesso à plataforma no ano passado, esta foi a primeira vez que participaram da competição, que reúne usuários da plataforma de todo o mundo.

Leia também: 
Goiânia encerra 2021 com 290 mil empresas ativas e incremento de 13% na abertura de novos CNPJs 

Fieg distribui cartilha para reforçar protocolos sanitários durante epidemias de gripe e Covid-19

Chuvas em Goiás: Fieg entrega 4,5 toneladas de alimentos a desabrigados do norte e nordeste goiano

 

Prédio histórico de Goiânia será centro de saúde e educação de primeiro mundo do Sesi Senai

O Palácio da Indústria, um dos prédios históricos do Centro de Goiânia, construído em 1958, passa a abrigar a Clínica Médica Sesi e o Núcleo de Educação a Distância (EaD) Sesi Senai. Os dois projetos estão entre as mais modernas apostas do Sistema Fieg nas áreas de educação e saúde que serão inauguradas oficialmente no dia 16 de dezembro, às 17 horas,  mesmo dia quem que Federação das Indústrias do Estado de Goiás completa (Fieg), completa 70 anos.

Situado no cruzamento das Avenidas Anhanguera e Tocantins, localização estratégica, que facilita o acesso de trabalhadores em busca dos serviços, o prédio de cinco andares, térreo e subsolo atualmente sedia o Sesi Goiânia.

 

A Clínica Médica Sesi irá suprir demandas que envolvem prevenção e assistência à saúde do trabalhador da indústria, bem como da comunidade em geral. O local tem capacidade para atender mais de 5 mil consultas por mês, divididas em mais de 18 especialidades, além de realizar exames especializados. O modelo integrado, em local único, proporciona aos pacientes conforto, bem-estar, rapidez e segurança.

Com o novo espaço, o Sesi Goiás busca um atendimento destinado à saúde integral da população, no âmbito de sua missão institucional voltada para a promoção da saúde e qualidade de vida no trabalho. Com tabela diferenciada para trabalhadores da indústria, a Clínica Médica Sesi irá oferecer valores acessíveis para toda a população.

EaD

Em meio à crescente demanda das indústrias por mão de obra à altura das novas competências exigidas nos perfis profissionais, a inauguração das novas instalações do Núcleo de Educação a Distância amplia e diversifica as possibilidades de atendimento aos clientes, com foco na qualidade e em maior oferta de cursos e vagas, em ação conjunta com as Unidades do Sesi e Senai

Com investimentos de 1,2 milhão, o núcleo conta com modernos recursos tecnológicos, digitais e inovadores. A Educação a Distância, de forma dinâmica, promove a flexibilização nos estudos, rompendo barreiras geográficas e temporais, possibilitando que profissionais sejam cada vez mais bem preparados e absorvidos pelo mundo do trabalho, contribuindo com as empresas em suas necessidades de mão de obra e na inserção na Indústria 4.0, com qualidade e competitividade.

 

Palácio da Indústria

Um dos marcos históricos da presença do Sistema Indústria em Goiás, o Palácio da Indústria passou recentemente por revitalização e reforma e recebeu a denominação de Edifício José Aquino Porto em homenagem ao pioneiro da industrialização goiana (presidente da Fieg entre 1980 e 2010). Licitada em setembro de 2018, a obra resgata e reforça elementos característicos do estilo arquitetônico art déco, marca histórica das construções do Centro da capital, acervo hoje considerado referência nacional. O projeto incluiu completa ‘limpeza’ da fachada do prédio, o que contempla a chamada Lei Cara Limpa, iniciativa da Prefeitura da capital, destinada a regulamentar o uso das fachadas comerciais no Centro e em Campinas, além do trecho da Avenida Anhanguera que liga as duas regiões, no âmbito das propostas do Reviva Goiânia.

O prédio forma um conjunto de edificações com o mesmo conceito, que remonta aos tempos áureos da jovem capital, fundada em 1933, incluindo o Teatro Goiânia, em frente, e o Edifício Concórdia, à sua esquerda. Segunda e mais longeva sede da Fieg, o Palácio da Indústria foi palco de eventos econômicos, sociais e políticos de grande importância até o início dos anos 2000, quando, em seu lugar, entrou em cena a Casa da Indústria, no Setor Vila Nova, concentrando as administrações integradas das instituições que formam hoje o Sistema Indústria em Goiás.

Leia também 

IEL oferece mais de 1,2 mil vagas de estágio em Goiás

Antiga Estação Ferroviária de Goiânia ganha iluminação especial de Natal

Estudante brasileira recebe certificado da Nasa após detectar 46 asteróides  

Foto: divulgação 

Alunos do Sesi em Goiás ganham prêmio nacional em torneio de robótica

Alunos goianos do Sesi conquistaram dois prêmios na primeira competição off-season da modalidade FIRST Robotics Competition (FRC), nesta terça-feira,7. Os 15 estudantes da unidade Canaã de Goiânia, que formam a equipe Infinity BR,  garantiram o prêmio Rookie All Star e o Rookie Game Changer.

 

Ao todo, 23 equipes, que somaram cerca de 300 estudantes – oriundos de escolas públicas, privadas, da rede Sesi e de ONGs de todo o Brasi –  se inscreveram para participar da competição. Seis  equipes garantiram vaga para a etapa final, realizada nesta terça-feira.

 

A FRC é conhecida como a olimpíada de robótica. A competição internacional da organização sem fins lucrativos FIRST (For Inspiration and Recognition of Science and Technology) combina a adrenalina dos esportes com o rigor da ciência e da tecnologia. Alunos do ensino médio formam equipes compostas por, pelo menos 10 estudantes, que, com apoio de técnicos e mentores, constroem um robô, com até 55 kg e 1,5 metro de altura, para enfrentar o desafio da temporada na arena.

 

O presidente da Fieg, Sandro Mabel, se diz orgulhoso com mais essa conquista e afirma que muitas outras conquistas são esperadas como consequência dos investimentos que estão sendo feitos na educação dos alunos do Sesi.

 

Para saber mais sobre os cursos do Sesi, acesse este link