Cantora faz tour onde tocará em todos os países do mundo

É muito comum grandes bandas anunciarem que farão um tour por todo o mundo mas que, na verdade, só passará pelos países principais ou mais ricos. Joss Stone, cantora inglesa, resolveu então fazer uma world tour verdadeira. 

A cantora começou há 5 anos o projeto “Total World” onde pretendia tocar em todos os 195 países do globo. 

De grandes estádios a pequenos pubs, de Barcelona ao Nepal… Joss Stone tem percorrido o mundo para completar sua tour. 

Até na fechadíssima Coréia do Norte a inglesa já tocou. 

Cantora se apresentou para grupo de turistas em Pyongyang Foto: Simon Cockerell / Koryo Tours / Instagram / Reprodução / CP

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Joss Stone (@jossstone) em

 

 

Joss recentemente não conseguiu tocar no Irã. O país proíbe que mulheres cantem em público e a cantora foi barrada no aeroporto.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Joss Stone (@jossstone) em

 

 

Apesar do que aconteceu no Irã e nos diversos locais onde já tentaram proibi-la de tocar, Joss Stone já consegiu se apresentar em 175 países e está cada dia mais próxima da sua meta.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Joss Stone (@jossstone) em

Trinidad e Tobago

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Joss Stone (@jossstone) em

 

China

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Joss Stone (@jossstone) em

 

Nepal

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Joss Stone (@jossstone) em

 

Acompanhe a saga de Joss Stone pelo seu Instagram @jossstone

 

Siga Curta Mais nas redes sociais:

Curta Mais no Facebook

Curta Mais no Instagram

Curta Mais no Twitter

Saiba quando e como será possível ver o eclipse solar em Goiânia

Na próxima segunda (21), acontece o primeiro eclipse solar vísivel do Brasil em sete anos. Em 2010, ele pôde ser visualizado parcialmente no sul do país; em 2017, o privilégio será dos moradores da metade norte.

Goiânia é uma das 18 capitais brasileiras que serão parcialmente atingidas pelo fenômeno, mas não fique muito animado: ficamos justamente no limiar da zona em que a Lua fará sombra na Terra e somente 3% de visibilidade máxima é esperada para a nossa região. A próxima vez em que poderemos ver um eclipse com melhor vista na cidade será em 2 de julho de 2019.

Segundo as previsões, o eclipse deste ano na capital goiana terá início às 17h03. Ele atingirá o seu máximo às 17h11 e terminará às 17h31.

Confira o mapa:

e6209deaff5e85e01b799b17f3510f0d.jpg

Imagem: MSN

Especialistas não recomendam o uso de telescópios e binóculos, recomendando a preferência por óculos especiais e viseiras de soldador, disponíveis em casas especializadas, para ver o fenômeno.

Eclipse lunar total e superlua serão visíveis em Goiânia dia 27 de setembro

Preparem as câmeras fotográficas: na noite do dia 27 de setembro, o Brasil inteiro poderá acompanhar a olho nu a combinação de um eclipse lunar total e uma superlua no mesmo dia, uma oportunidade imperdível para os amantes e apreciadores de astronomia, e para todos que se encantam com as belezas da natureza.

O eclipse lunar total será visível em Goiânia e no estado de Goiás no período das 20h do dia 27 de setembro até as 02h do dia 28 de setembro, aproximadamente – porém, prepare-se com antecedência para não perder nem um segundo desse belo fenômeno natural.

O fenômeno será visível a olho nu em todo o território nacional: não é preciso ter telescópio, binóculos e nenhum outro artifício, basta botar a cara pra fora – é claro que se você quiser uma visão ainda maior, não está proibido usar os instrumentos mencionados. A dica é procurar um lugar aberto, com o céu limpo, que forneça a visibilidade mais clara possível.

 

Eclipse

Eclipse Lunar por Brendan Alexander.

 

Eclipse

Eclipse Lunar em Pike’s Peak, Colorado, EUA, registrado por Chris May.

 

Como acontece um eclipse lunar total?

Um eclipse lunar acontece quando a Lua é totalmente ou parcialmente escondida pela Terra. Isso ocorre quando nosso planeta fica alinhado entre a Lua e o Sol, fazendo com que a Lua Cheia fique escura por alguns minutos. Os eclipses lunares são geralmente visíveis a olho nu, e são um fenômeno visual incomparável.

 

Composição

Composição fotográfica mostrando todos os níveis de um eclipse lunar.

Fotos de Ahmad van der Breggen do eclipse lunar total de 20 de fevereiro de 2008, registrado no Canadá.

Fonte: Wikipédia.

 

O que é uma Superlua?

Chamamos de superlua o fenômeno que acontece quando a Lua Cheia está muito próxima da Terra, e por isso, parece maior e mais brilhante que o normal. Este ano registra 3 superluas: uma no dia 29 de agosto, a do dia 27 de setembro e mais uma no próximo dia 27 de outubro.

 

Comparação

Comparação entre uma lua normal e uma superlua.

Fonte: Wikipédia

 

Como fotografar a Lua?

A vontade de guardar para sempre um fenômeno astronômico tão belo é mais que natural, então, está liberado fazer o maior número possível de fotografias da superlua e do eclipse lunar. Para garantir que as suas fotos sejam fiéis à beleza do fenômeno, lembre-se de usar uma lente longa, usar o foco manual e, se possível, um tripé para garantir que a foto não saia tremida. Para dicas mais profissionais, visite o Fotografia Profissional, que separou 10 dicas de como fotografar a Lua.

 

Eclipse Lunar Total e Super Lua

Quando: 27/09

Horário: a partir das 20h, até as 02h do dia 28/09

Onde ver: O eclipse e a super lua serão visíveis a olho nu de qualquer ponto do Brasil – recomenda-se áreas de céu aberto e limpo