17/10/2019 09:47
Bem-Estar / Saúde

Já ouviu falar do STRIORT? Conheça o novo método de tratamento para estrias que está fazendo sucesso

O procedimento promete remover 80% das estrias em apenas uma sessão, de forma não invasiva, não cirúrgica e praticamente indolor

Tainá Luíza
por Tainá Luíza Barreto Marques

Que as estrias são o pesadelo de muitas mulheres, todos sabemos, mas você sabe o que exatamente são as estrias e como tratá-las? A gente te explica!

 

O que são as Estrias?

As estrias são “rasgos” que surgem na pele por conta do rompimento de suas fibras internas. Esse rompimento ocorre pela falta de colágeno e elastina na região, que pode se dar por diversos motivos, como ressecamento da pele, condição genética, gravidez ou até mesmo má alimentação.

Inicialmente as estrias surgem como linhas avermelhadas, esta é a fase inflamatória. Na sua segunda fase, a estria cicatriza, o sangue para de circular na região, tornando-a branca. Quando estão em sua fase inicial, são mais fáceis de serem tratadas, já que ainda não cicatrizaram. 

 

E o STRIORT, o que é?

Diversos tratamentos para estria foram desenvolvidos, mas em sua maioria são caros, dolorosos, invasivos e ineficientes. Pensando nisso, a Dra. Ana Carolina Almeida desenvolveu uma técnica que promete remover 80% das estrias na primeira sessão e o melhor, sem morrer de dor. 

O Striort é uma técnica ortomolecular, que defende o uso de uma maior quantidade de minerais e vitaminas, seja por dieta equilibrada, suplementos, cremes e loções corporais a base de produtos naturais. O objetivo desta terapia é fortalecer o corpo e evitar radicais livres, os causadores do envelhecimento das células no nosso organismo.

Ou seja, o tratamento combina a alta tecnologia (aparelhos estéticos sofisticados) com o uso dos conceitos da terapia ortomolecular (dietas, suplementos, loções). A técnica consiste em estimular a circulação do sangue nas estrias, tornando-as vermelhas novamente e curando-as na fase inicial.

 

Como o procedimento funciona?

Agora que você já sabe o que é, vamos ver como ele funciona na prática? 

O procedimento é dividido em duas etapas:

 

  1. Aparelho a vácuo

A primeira parte do procedimento deve ser feita em uma clínica estética credenciada. O objetivo desta etapa é utilizar um tubinho a vácuo na estria para que o sangue volte a circular na região possibilitando sua regeneração.

Durante o processo as estrias ficam inchadas, vermelhas e expostas. Ao final do procedimento, elas ficam parecendo feridas, significando que o sangue está circulando novamente no local. O inchaço e a vermelhidão somem após 10 dias em média. 

O método é praticamente indolor e já está ganhando muitos adeptos por não ser invasivo ou cirúrgico, como os tratamentos já propostos anteriormente.

 

  1. Cuidados em casa

Esta etapa tem como objetivo usar produtos específicos com certos cuidados pessoais  para que a regeneração da pele seja um sucesso. Esta é a parte mais importante, pois para ter um resultado satisfatório é necessário seguir a risca as orientações da esteticista.

O uso de sabonete de argila preta, bepantol e loções rejuvenescedoras são geralmente os mais indicados no tratamento, mas a esteticista pode recomendar outros tipos de produtos de acordo com o seu tipo de pele. Além de usar os produtos diariamente nos horários estabelecidos, também será recomendado evitar certos tipos de alimentos que interferem na produção de colágeno, tomar sol por 15 dias e jamais remover as casquinhas que se formarem na região da estria. 

 

Onde encontrar o procedimento em Goiânia?

Ficou interessado no método e não sabe onde encontrar? Deixa com a gente!

A clínica estética Bel Lasmar é certificada e qualificada para aplicar o procedimento e ainda conta com diversos tipos de massagens, peelings e cuidados corporais e faciais. Além disso, assinantes do Clube Curta Mais ganham 30% de desconto neste e em um monte de outros procedimentos. 

A clínica fica localizada na Rua 4, n° 286 - Setor Oeste e você pode ter mais informações sobre seus procedimentos pelo site ou pelo número (62) 3932-3048.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Bem-Estar

Campanha de vacinação contra o sarampo: 70 salas de vacina com doses disponíveis em Goiânia

Previne-se contra essa doença viral, que pode levar o indivíduo a morte


+ Bem-Estar

Grande descoberta evita queda de cabelo durante sessões de quimioterapia

Um estudo de laboratório de Ralf Paus, do Center for Dermatology Research, leva a explorar propriedades da nova classe de medicamentos que se chama inibidores de CDK4/6


+ Bem-Estar

Pesquisa revela que tomar chá regularmente evita danos no cérebro

A descoberta envolveu testes cognitivos em 36 adultos,acima de 60 anos, entre os anos de 2015 a 2018


+ Bem-Estar

Banco de Sangue do Hugol necessita de doadores de todos os tipos

O hospital recebe diariamente pacientes graves, politraumatizados ou acometidos de doenças que necessitam de reposição sanguínea


+ Bem-Estar

Cera do ouvido pode diagnosticar câncer, revela estudo da UFG

Cerca de 102 voluntários participaram do estudo que chamou atenção de profissionais de saúde referência quando o assunto é câncer


+ Bem-Estar

5 postos de coleta do leite humano que as mamães goianas precisam conhecer

É preciso incentivar as mães sobre a importância do aleitamento materno e da doação para outros bebês


+ Bem-Estar

Paciente internada em Goiânia recebe visita surpresa do seu cãozinho e se emociona

Ao ver o bichinho de estimação, criado como um filho, a mulher, que estava abatida, ficou mais animada para continuar lutando pela saúde


+ Bem-Estar

Pode ou não pode? Famosos recebem críticas sobre hábito de dar selinho nos filhos

A prática divide opiniões entre os internautas. Alguns comentários afirmam que isto pode causar confusão na mente das crianças


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.